22 de julho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Servidores participam do 1° curso de Patrulhamento Tático Motorizado da Capital – CGNotícias

3 min read

Com 79 servidores inscritos, iniciou nesta segunda-feira (3) o 1° curso de Patrulhamento Tático Motorizado de Campo Grande – Patamo. Serão 28 dias de capacitação

A formação recebe não apenas guardas civis da capital de Mato Grosso do Sul, mas do interior como Dourados e Bonito, além de outros estados brasileiros, como Paraná.  contribuirá para capacitação da Guarda Civil Metropolitana e demais agentes de segurança pública. A aula inaugural ocorreu nesta segunda-feira (3), no Auditório Multiuso da UFMS.

Conforme o secretário Especial de Segurança e Defesa Social, Anderson Gonzaga, a Capital é a terceira cidade do País a realizar a capacitação de 28 dias, que envolve desenvolvimento técnico e psicológico, além de treinamento físico e fundamentos éticos.

“Esses servidores irão aprender mais sobre questões alinhadas ao respeito, companheirismo, ética e da moral. Além do treinamento da capacidade técnica e do sistema emocional, abrangendo o psicológico daquele servidor. O curso é intenso, inclusive temos guardas das cidades de Jandira-SP, São Paulo-SP e Santo André-SP”, destaca o secretário.

Segundo o gestor da Sedes, a ideia é patentear Campo Grande, como uma cidade de formação da Romu (Ronda Ostensiva Municipal). Após finalizar o curso, os servidores sairão com a patente para atuar nas ruas das cidades. A formação será realizada em diversos locais, como o Centro de Treinamento da GCM, localizado no Bairro Tiradentes e estande de tiro, onde os servidores irão receber qualificação para direção defensiva e ofensiva evasiva.

Um dos instrutores da capacitação, o GCM Jair Viana de Oliveira, destaca que a capacitação é intensa, exigindo dos alunos foco.

“Ele vai exigir o condicionamento físico, vai exigir a parte psicológica e vai exigir muita querência, porque o operador tático, é base dos três pilares, que é postura, conduta e capacidade técnica. Esses três pilares devem estar alinhados. ”

O policial penal federal, Lucas da Silva Alves, destaca que o curso irá acrescentar na carreira de servidor. “Esse curso vem para poder acrescentar um conhecimento. O nosso órgão, a Polícia Penal Federal, passou a ter essa exigência e necessidade de buscar um patrulhamento especializado, ainda que seja restrito às áreas penitenciárias. Por isso, esse curso agrega ao nosso órgão com esse tipo de conhecimento. Com essa nova conversão da Constituição Federal, nós precisamos desse conhecimento, e a formação é de suma importância”, disse.

Willian do Nascimento é servidor da GCM há 15 anos, e destaca que o objetivo é chegar até o final do curso formado. “Já queria fazer esse curso de formação. É uma realização profissional adquirir o conhecimento para transmitir até mesmo para os próprios colegas que não puderam participar do curso, agregar uma melhor aplicação do serviço para a população. Então, todas as equipes que estão presentes, não só eu, buscam esse conhecimento. Sabemos que não é um caminho fácil, mas necessário para aprimorar as ações dentro da Capital e proteger a nós mesmos e a própria sociedade”.

 

 

#pratodosverem A imagem de capa mostra os cursistas em formação adentrando ao espaço do auditório. A primeira foto interna mostra os servidores sentados no auditório lotado. A segunda foto mostra o secretário Gonzaga ao microfone e de fundo os cursistas. A foto seguinte é do instrutor Viana. A próxima foto é do aluno Lucas e a seguinte do aluno Willian. A última foto é do grupo em formação com o estandarte do curso. 

Não perca