22 de julho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Móveis sustentáveis feitos em presídio de Coxim vão auxiliar projeto que atende mulheres artesãs

2 min read

Expositores e prateleiras produzidos no EPMC (Estabelecimento Penal Masculino de Coxim) foram entregues a representantes da Associação Grupo Girassol. Confeccionados com mão de obra de custodiados, que utilizam e reaproveitam paletes descartados, os materiais irão auxiliar na exposição de artesanatos produzidos por mulheres artesãs de baixa renda, que complementam a renda familiar através da confecção e venda de artesanatos nas diversas feiras livres da região.

A iniciativa representa uma contribuição significativa da unidade da Agepen(Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) à sociedade local.

Empregando mão de obra prisional, a ação não só diminui a ociosidade dos custodiados com serviços que colaboram com a coletividade, mas também promove a sustentabilidade ambiental ao reaproveitar madeiras descartadas.

Para diretor do presídio, Jean Cunha, a iniciativa beneficia diretamente a comunidade, oferecendo uma segunda chance aos custodiados e contribuindo para a sustentabilidade.

“É gratificante ver que o trabalho realizado aqui dentro pode ter um impacto tão positivo lá fora”, afirmou durante a entrega dos primeiros móveis.

Segundo a presidente do Grupo Girassol, Vânia Regina Spiguel Costa, que procurou a direção do presídio buscando este apoio, a doação irá diminuir os custos das mulheres, que gastam cerca de 300 reais com o aluguel de mesas a cada exposição.

“Essa ajuda é inestimável para nossas artesãs, que agora podem investir mais em seus materiais e produtos, aumentando suas rendas e a qualidade de vida de suas famílias”, agradeceu a presidente. A meta é que sejam confeccionados 20 mesas e dez prateleiras para atender às artesãs.

Comunicação Agepen