14 de julho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Nova Iguaçu ganha mais um Centro de Atenção Psicossocial

3 min read

Durante os últimos dois anos, Edivânia da Silva, de 43 anos, precisava de duas conduções para levar o filho Lorenzo Miguel da Silva Leite, de 5 anos, para tratamento do transtorno do espectro autista na unidade do Centro de Atenção Psicossocial (Capsi), no bairro da Luz. Moradora de Miguel Couto, hoje ela comemorou a chegada de uma nova unidade em seu bairro. O Capsi Miguel Couto foi inaugurado pela Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu (Semus), nesta sexta-feira (21) e terá capacidade para cerca de 500 atendimentos/mês.

“Parece um sonho. Lorenzo é autista e tem fobia de locais fechados e ônibus. Toda vez que precisávamos ir para o tratamento, era um sofrimento para ele e para mim, mas era necessário. Nesses dois anos ele evoluiu muito e, agora, acredito que vai melhorar muito mais. Podemos até vir a pé, coisa que ele adora fazer. A unidade está linda, confortável, ampla e colorida. Como mãe atípica, me sinto acolhida”, elogia.

A nova unidade do Capsi Miguel Couto, que funciona dentro da Casa do Menor, vai oferecer atendimento em saúde mental para crianças e adolescentes até 18 anos com sofrimento psíquico, como autismo e outros transtornos de desenvolvimento intelectual. Também vai atender adolescentes com problemas relacionados ao uso de álcool, drogas e situações clínicas psicológicas.

O Capsi conta com equipes multiprofissionais de terapeutas ocupacionais, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, musicoterapeutas e médicos psiquiatras especializados em infância e adolescência. Os atendimentos serão individuais e domiciliares, em grupos, com atenção às famílias e suporte às escolas.

“É um orgulho entregar à população um equipamento público tão importante, que sem dúvidas irá ajudar muitas famílias. Temos feito uma reestruturação nos atendimentos voltados para saúde mental, especialmente em crianças e adolescentes. Hoje, Nova Iguaçu já conta com 17 unidades com especialistas em neuropediatria e o projeto Teabraçar, que atende crianças autistas, vem crescendo cada vez mais”, afirma o secretário de Saúde, Luiz Carlos Nobre Cavalcanti.

O espaço funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, por demanda espontânea ou encaminhamento da rede de saúde municipal e rede intersetorial (educação, assistência social, justiça).

 

Mais uma unidade de saúde é reformada

Também nesta sexta-feira (21), a Semus entregou mais uma Clínica da Família é reformada, a sexta dentro do projeto de revitalização das unidades da rede de atenção primária. Desta vez foi a CF Júlia Távora, em Vila Santo Antônio. As obras aconteceram sem a interrupção dos atendimentos.

Com uma média de 500 atendimentos ao mês, a unidade, que existe há mais de 35 anos no local, foi totalmente reestruturada, ganhando novos consultórios, uma farmácia, uma sala de espera mais ampla e climatização em todos os ambientes. O local atende nas especialidades de clínico geral, pediatria, ginecologia, cardiologista, alergista, dermatologista, neurologista, além dos atendimentos domiciliares com as visitas dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

A Clínica da Família Júlia Távora funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Travessa Júlia Távora, 67, no bairro de Vila Santo Antônio.

Novo Centro de Imagem do Hospital Geral de Nova Iguaçu

Uma das principais referências em saúde da Baixada Fluminense, o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) conta agora com um Centro de Imagem amplo e totalmente novo. A Prefeitura finalizou uma das maiores reformulações dentro da unidade, com a entrega, nesta sexta-feira (21), da nova recepção. Todos os serviços foram realizados sem interromper qualquer tipo de atendimento aos pacientes.

Com a conclusão desta obra, o Centro de Imagem do HGNI se torna um dos maiores e mais modernos da Baixada Fluminense, com capacidade para realizar cerca de 20 mil exames mensais. O setor conta com duas salas de tomografia, duas de ecodoppler, três de radiografia (raio-x) e uma de ultrassonografia, além de modernos equipamentos que aumentam a possibilidade de diagnósticos através dos exames por imagem.