17 de julho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Queda na procura permite Prefeitura fechar os ‘dengários’

2 min read

Ariane Caldas


Secretaria de Saúde

Com a queda de 70% na procura por atendimento nos dois “dengários” montados rapidamente pela Prefeitura de São José dos Campos para o enfrentamento da epidemia da dengue na cidade, a Secretaria dee Saúde decidiu encerrar as atividades nos locais e ofertar os serviços nas UBS, Upas e hospitais. Os “dengários” serão fechados a partir das 23h59 deste domingo (16).

Toda a rede de saúde está preparada para atender os pacientes com eficiência e agilidade. As UBSs mantêm o atendimento normalmente, com consultas, realização de testes NS1 se necessário e orientações para os pacientes iniciarem o tratamento imediatamente. Nesses locais, também é feita hidratação com soro para os que necessitam.

Os endereços e horários de funcionamento das UBSs Resolve e das UPAs estão disponíveis no site da Prefeitura. Atualmente, 34 UBSs Resolve estão com horário estendido até às 19h para ampliar os atendimentos.

Na última semana, a cidade registrou 1.905 atendimentos nos dois centros de referência da dengue, uma queda acentuada em comparação ao período de 8 a 14 de abril, semana de maior pico de atendimento com 6.373 casos suspeitos.

Dengário

Os Centros de Referência para Atendimento aos pacientes de dengue foram abertos estrategicamente no Hospital de Clínicas Sul, no Parque Industrial, e no auditório do Centro de Reabilitação Lucy Montoro, ao lado do estacionamento do Hospital Municipal, na Vila Industrial.

Juntos, os dois espaços atenderem 48.368 pessoas entre adultos e crianças em 87 dias de funcionamento, uma média diária de 555 pessoas.

Para garantir assistência à população, o município investiu em estrutura, insumos e mão de obra para dar mais agilidade no atendimento dos casos suspeitos da doença.

Os dengários reduziram o tempo de espera e atendimento dos pacientes, com um fluxo diferenciado que começava na triagem, classificação de risco e encaminhamento para as poltronas de hidratação, de acordo com a intensidade dos sintomas e sinais vitais.

Os dengários tinham equipe dedicada 24 horas, testes rápidos de NS1, exame de sangue e o reidratação e medicação (via oral ou venosa).


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Saúde