22 de julho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Prefeitura de Sorocaba promove encontro de gerações em ação voltada ao Junho Violeta, campanha de prevenção e combate à violência contra idosos

3 min read



14 de junho de 2024

18:09

Por: Rose Campos

Fotos: Secid/Divulgação

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Chácara do Idoso, equipamento ligado à Secretaria da Cidadania (Secid), é convidada a participar de um encontro intergeracional, nesta quinta-feira (14), entre jovens e idosos, na E.E. “Zélia Dulce Campos Maia”, em celebração ao dia 15 de junho, considerado o Dia Mundial de Conscientização e Combate da Violência contra a Pessoa Idosa.

A iniciativa partiu da diretora Ana Custódia de Sá Muniz e da vice-diretora Luciana Senhorinho Montanari, que entraram em contato com o coordenador da Chácara do Idoso, Sergio Marcelo Soler Sauer, com a proposta de realizar um encontro intergeracional na escola, para debater o tema. Assim, foi organizado o primeiro “Encontro de Gerações e Interações: Amor, Respeito e Experiências”, que reuniu todos os alunos do período da manhã, contando também com a presença da coordenadora do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) São Bento, Elaine, e os participantes da Chácara do Idoso.

“Os idosos da Chácara do Idoso ficaram muito felizes com o convite e ensaiaram diversas atrações, assim, puderam revezar com os alunos da escola nas apresentações. Ao chegarem à escola, foram recebidos com muito carinho pelos alunos, que fizeram até um cartaz de boas-vindas e prepararam um delicioso café da manhã com comidas típicas de festa junina”, conta o coordenador Marcelo.
A Sra. Heleninha, que foi acompanhada de seu marido, Sr. José, do grupo Mistura Fina, elogiou a iniciativa e os pratos. “A canjica estava deliciosa, lembrava minha juventude, quando fazíamos em casa”, opinou.

A abertura para as apresentações contou com as palavras da diretora da escola, Ana Custódia de Sá Muniz, e também da vice-diretora, Luciana Senhorinho Montanari, seguido pela recitação de poesia do aluno Rafael, do 1º ano. A aluna Isabella Shenider, do 9° ano, fez solo de uma bela canção, seguido da apresentação do grupo Flautolinos, alunos da professora Cecília da Chácara do Idoso.

Houve também uma belíssima coreografia das alunas das professoras Bianca, Yasmin e Beatriz, com o tema “Borboleta e o leque”, que junto com aos alunos da professora de dança apresentaram uma expressão do tema do filme “Crepúsculo”.

 

Música, dança e muita confraternização

O Coral dos alunos de inglês da Chácara do Idoso, “The Power Singers”, contou com a participação do grupo Flautolinos e músicas em inglês e italiano, sendo muito aplaudidos.

E a professora de música, Bene, caprichou em clássicos do cancioneiro nacional, acompanhada por violino e flauta. Depois foram as apresentações das alunas da professora Bianca, com Dança Urbana e Dança do Ventre, que fizeram sucesso entre o público.

O professor Demétrio e seus violeiros, além disso, também relembraram músicas tradicionais paulistas, resgatando nossas raízes sertanejas e rurais, e a aluna da professora Bianca também pôde mostrar a alegria do ritmo Carimbó, manifestação cultural brasileira de origem afro-indígena, típica do estado do Pará e representado pela aluna Vitória.

Já o Grupo Mistura Fina também encantou o público com músicas empolgantes que colocou os idosos e alunos da escola lado a lado para dançarem, na quadra de esportes.

O “gran-finale” ficou a cargo de professora Lucy, que apresentou um numero de Dança Cigana, que ao final levou todos, alunos e idosos a dançarem juntos o sucesso “Baila-me”, que ficou conhecido na interpretação do grupo Gipsy Kings e a amiga Valéria encerrou as atrações ensinando a todos a coreografia de “Dancing queen” do grupo Abba.

“Foi maravilhoso ver a motivação e a disposição dos idosos que compareceram e interagiram com nossos alunos. O adolescente precisa perceber o quanto a experiência dos avós é importante para seu futuro, Agradecemos imensamente a presença, participação e disponibilidade em participar conosco desse dia e desse trabalho de conscientização. E vejo que todos aqui estão maravilhados com essa presença”, encerrou falando a vice-diretora Luciana Senhorinho Montanari.

Assim, estudantes e um grande grupo de pessoas idosas puderam vivenciar na prática a importância da integração intergeracional. E essa é a melhor forma de fomentar o respeito e a proteção mútua entre eles.