23 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Mães solo do Residencial Vista do Verde são beneficiadas com ações de cidadania da Semhab

3 min read

A Secretaria de Habitação de João Pessoa (Semhab) realizou, nesta terça-feira (04), uma ação de cidadania que beneficiou mães solos que moram nos Residenciais Vista do Verde Um e Dois, no Bairro das Indústrias. A atividade ocorreu em parceria com a Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho (Sedest).

Socorro Gadelha, secretária de Habitação, frisou que a parceria com a FPB é antiga e tem resultado em inúmeros benefícios para os moradores dos residenciais construídos pelo Município. “Essa parceria tem sido importante, pois disponibilizamos serviços para essas comunidades e os estagiários colocam em prática o que aprendem em sala de aula. Na nossa ação de hoje, o público-alvo foram mulheres chefe de família que cuidam dos filhos sozinhas, educando, orientando e provendo as necessidades da família”, comentou.

A atividade fez parte do projeto de conclusão do curso de Serviço Social de Daniela Oliveira e Glayckenia Barbosa, que acompanharam as equipes da Semhab durante um ano e meio. O tema do projeto foi ‘As mães solo do Residencial Vista do Verde e as dificuldades que elas enfrentam dentro do Residencial’. “Essas mulheres não têm a ajuda de um companheiro ou parente próximo, e muitas vezes estão desempregadas”, afirmou Daniela.

As assistentes sociais em conclusão de curso explicaram que essas mães estão encontrando apoio no trabalho feito pela Semhab, através da equipe técnica social, que oferece a oportunidade delas se qualificarem para o mercado de trabalho e garantir uma fonte de renda.

“Nosso trabalho deu uma ênfase especial às mães solo negras, que além dos problemas que enfrentam no dia a dia, também acabam sendo vítimas de racismo. Esperamos ter ajudado essas mulheres a terem uma nova compreensão da condição social em que elas vivem”, afirmou Glayckenia Barbosa.

Ela relatou que também é mãe solo e negra e já foi obrigada a enfrentar o racismo para poder atuar como mãe e profissional. “A intenção é passar informações para essas mães, para ajudá-las no dia a dia, inclusive orientando sobre como se comportar para disputar uma vaga no mercado de trabalho”, explicou a universitária.

A professora Juliana Lisboa disse que a participação dos alunos de enfermagem, fisioterapia e das estagiárias de Serviço Social nas ações da Semhab são de grande importância na formação acadêmica. “É a oportunidade de colocar em prática o que aprendem na teoria em sala de aula e também de vivenciar como será a atuação como profissionais em suas respectivas áreas. Para os alunos é uma nova oportunidade de aprendizado e bom para a população, que se beneficia com os serviços oferecidos”, comentou.

Eu Posso Aprender – As mães também participaram de uma palestra com Sandra Carvalho Diniz, diretora do Programa ‘Eu Posso Aprender’, da Sedest. A capacitação abordou a forma de como se apresentar no momento de buscar uma vaga de emprego, como elaborar um currículo e quais as informações pessoais e profissionais que devem ser apresentadas. “A nossa palestra tem como objetivo orientar essas mulheres, tanto no que diz respeito à capacitação como na apresentação na hora de concorrer a uma vaga no mercado de trabalho”, afirmou.