21 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Com mais de 140 ações, Junho Prata conscientiza sobre combate à violência contra população idosa

3 min read

Casa cheia para o lançamento do calendário de ações Junho Prata. Nesta segunda-feira (3), a Cidadania apresentou junto aos parceiros, a programação da campanha que busca conscientizar sobre o combate a todas as formas de violência contra a população idosa.

Instituído pela Lei Estadual 5.215/2018, Junho Prata é o mês escolhido para reflexão sobre os cuidados e o acolhimento que a sociedade deve ter com a pessoa idosa.

Desde então, o sexto mês do ano reúne Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Cidadania; Assembleia Legislativa, pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; UEMS e demais parceiros na construção das políticas públicas de prevenção e enfrentamento às violências.

Da esquerda para a direita, reitor da UEMS, Laércio Carvalho, secretária de Estado da Cidadania, Viviane Luiza e o secretário de Educação, Helio Daher. (Foto: Matheus Carvalho/Cidadania)

Secretária de Estado da Cidadania, Viviane Luiza relembra que a campanha começou pequena, e hoje é composta por mais de 100 ações nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

“Nós vamos trabalhar nos municípios, porque o nosso desafio agora é trabalhar para que todas as pessoas entendam o fluxograma de políticas públicas para a pessoa idosa”, frisou Viviane.

A secretária ainda ressaltou que o Estado já tem municípios como Vicentina, onde 82,9% da população está acima dos 60 anos. “Nós precisamos olhar para todos, dentro da transversalidade, fortalecendo a política pública e o hoje, para que a gente tenha uma base para o amanhã”, destaca.

Secretário de Educação, Helio Daher, reforçou que o Governo do Estado vem observando a necessidade de trazer a realidade da população acima dos 60 anos para a educação. 

Lançamento de calendário foi realizado no auditório da UEMS, em Campo Grande. (Foto: Matheus Carvalho/Cidadania)

“Seja na Educação Básica, através dos EJA’s (Educação de Jovens e Adultos), ou na universidade como a UEMS começou a pensar nos idosos. Queria aqui dizer o orgulho que o Governo do Estado tem desse trabalho que é tão importante. E hoje, vamos anunciar a ampliação dessa parceria, que vai chegar agora em Dourados”, revelou Helio.

O Junho Prata foi oficialmente aberto durante o II Encontro Junho Prata e UMA/UEMS: Promovendo a Educação, Saúde e Bem-estar Intergeracional, em Campo Grande.

Coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, o deputado estadual Renato Câmara, ressaltou que o entrosamento entre executivo, legislativo e universidades, contribui para uma efetivação das políticas públicas. 

“A cada ano o Junho Prata cresce mais e consegue trazer mais instituições, o que demonstra a importância do tema, e a necessidade da gente discutir a violência contra a pessoa idosa e a dinâmica. Precisamos ter um entendimento, ver, aprender e então apresentar as políticas públicas”, resumiu.

Apresentações culturais, mostras, exposições e rodas de conversa compõem programação do Junho Prata. (Foto: Matheus Carvalho/Cidadania)

Programação

Dentro do Junho Prata, um extenso calendário de ações toma conta dos municípios do interior do Estado, e também da Capital, fortalecendo o protagonismo da pessoa idosa dentro de todos os territórios. 

Subsecretária de Políticas Públicas para Pessoa Idosa, Zirleide Barbosa explica que a programação está repleta de atividades, como exposição de fotografias, apresentações culturais, mesa redonda e conferência e painéis de projetos. 

“Estamos muito felizes porque hoje conseguimos lançar o calendário do Junho Prata. Toda a rede de atendimento à pessoa idosa para o enfrentamento às violências estará fazendo um trabalho intenso, cada um da sua forma, e população pode participar. Sairemos deste Junho Prata mais unidos e potentes no combate à violência”, pontuou Zirleide.

Para conferir o calendário na íntegra, clique aqui.

Paula Maciulevicius, da Comunicação da Cidadania.

Não perca