17 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Em cerimônia marcada por alegria e gratidão, Funsat encerra 1ª etapa do Programa Mulheres Mil, no Cras Vida Nova – CGNotícias

4 min read

Em cerimônia emocionante, marcada por alegria e gratidão, a Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Funsat (Fundação Social do Trabalho), encerrou nessa quinta-feira (23) a 1ª etapa do Programa Mulheres Mil, realizada no Cras do Jardim Vida Nova. No local, cerca de 100 mulheres participaram do curso de Assistente Administrativo, promovido pela Escola de Educação Profissional da Funsat.

Durante o encerramento, elas receberam seus diplomas e tiveram a oportunidade de conferir as vagas ofertadas pela Funsat no balcão de empregos montado no Cras, especialmente para essa data. Foram 40 dias de curso, com carga horária de 160h e taxa de evasão mínima – apenas 5% de desistência. Entre os incentivos para a permanência nas aulas, as alunas tiveram direito a lanches e recreadores para as crianças que permaneciam no local, enquanto as mães estudavam.

“Gostei muito do curso, dos professores, de toda a equipe da Funsat, aprendi muita coisa e pretendo abrir um negócio de marmitas. Agora, através desse curso, tenho confiança que vai dar certo. Eu já tinha esse objetivo e agora tive esse empurrãozinho”, conta Cleide Maria da Silva, 58 anos, moradora do bairro Vida Nova.

“O curso é maravilhoso, eu recomendo para qualquer mulher. Uma das coisas que eu mais gostei de aprender foi como controlar as finanças, porque um negócio que eu não sabia era controlar o meu dinheiro. Eu aprendi e já estou praticando”, acrescenta a formanda.

Rosana da Silva de Araújo, 44 anos, buscou a qualificação para voltar ao mercado de trabalho. “A parte que eu mais foquei e a mais importante para mim, foi a administrativa. Aprendemos como administrar o seu negócio, sua vida pessoal e até mesmo empresas. Esse curso foi um fator muito importante na minha vida”, afirma Rosana, que tem experiência como recepcionista e atendente. “Sempre trabalhei mais nessa área, então o curso é um impulso para voltar ao mercado. Foi uma preparação que mexeu comigo, me trazendo alegria”.

Moradora do bairro Nova Lima, Zilda de Fátima Neto, 48 anos, aponta que o curso fortalece as mulheres. “Temos capacidade para muita coisa e não podemos desistir nunca do que queremos. Fiz o curso para ter mais oportunidades, novas conquistas pela frente”.

Além disso, a formanda destaca que participar das aulas ajudou psicologicamente muitas mulheres. “A convivência com as outras tirou a gente da rotina, nós interagimos e aprendemos. Passamos por momentos muito bons aqui dentro, de felicidade e desenvolvimento”.

O Programa Mulheres Mil é uma parceria com o Governo Federal que tem por objetivo promover a formação profissional e tecnológica, aliada ao aumento da escolaridade de mulheres em situação de vulnerabilidade social. A 2ª etapa da iniciativa já está em andamento no Cras do Jardim Noroeste, onde cerca de 50 mulheres participam do curso totalmente gratuito para o público feminino.

A diretora da Escola de Educação Profissional da Funsat, Elaine Dias, frisa que essa é a 1ª turma do Mulheres Mil, não só em Campo Grande, mas em Mato Grosso do Sul. “Conseguimos formar cerca de 100 mulheres aqui, sempre presentes. Muitas mamães também, que contaram com o nosso auxílio. Esse curso veio para aumentar o nível de escolaridade dessas mulheres e promover um novo sentido na vida delas. Tenho certeza que elas estão saindo daqui muito diferentes das mulheres que eram meses atrás”.

Conforme o diretor-presidente da Funsat, João Henrique Bezerra, além de ser uma oportunidade de investir na profissão, o curso auxilia na formação de futuras empresárias. “Enriquece a nossa comunidade, com geração de renda e melhora na qualidade de vida das famílias. Hoje são cerca de 100 mulheres se formando aqui, e esse é só o começo”, diz João Henrique, acrescentando que o objetivo é atender também a região do Anhanduizinho e Bandeiras, atingindo pelo menos 355 qualificações até dezembro deste ano.

“Tivemos o menor índice de evasão do país, o que é um presente. Isso mostra que as mulheres de Campo Grande realmente querem uma oportunidade. Elas foram verdadeiramente capacitadas e estão tendo a chance de transformar suas vidas por meio do trabalho”, declarou a prefeita Adriane Lopes, durante o evento.

 

 

#pratodosverem A imagem de capa mostra Zilda de Fátima segurando o certificado da capacitação. A primeira foto interna é de Cleide Maria. A segunda foro mostra Rosana Silva. A foto seguinte é do balcão de empregos da Funsat. A próxima imagem é da diretora da Escola de Educação Profissional da Funsat, Elaine Dias. A imagem posterior é do diretor-presidente da Funsat, João Henrique Bezerra. E a última mostra a prefeita Adriane Lopes no momento de fala as alunas. 

Não perca