23 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

No intuito de fomentar a economia, Prefeitura participa de reunião com Aena, empresa argentina e ministro do Chile – CGNotícias

4 min read

Visando impulsionar a economia, desenvolver as possibilidades da Rota Bioceânica e promover negócios entre empresas da Argentina e do Chile, a Prefeitura participou de uma reunião no Aeroporto Internacional de Campo Grande nesta segunda-feira (08). A concessionária Aena, responsável pela gestão aeroportuária de 11 aeroportos pelo Brasil, realizou uma apresentação sobre o projeto de expansão na Capital e demonstrou estar apta a ativar o terminal de cargas para operação devido à abertura de mercados da Rota. A empresa deseja impulsionar mais voos regionais e, futuramente, estudar a possibilidade de voos diretos para a Argentina.

A Prefeitura de Campo Grande recebeu as comitivas do Chile e da Argentina e posteriormente seguiu para a reunião com a Aena. A prefeita Adriane Lopes, o secretário de Obras Marcelo Miglioli, o ministro da carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores João Carlos Parkinson de Castro e representantes da Avia Serviços Aeronáuticos da Argentina participaram do encontro.

Durante sua apresentação, o gerente de Operações, Segurança, Serviços e Manutenção da Aena em Campo Grande, Usiel Paulo Vieira, destacou que o município está no coração da América Latina e tem vocação para investimentos, já que o Produto Interno Bruto (PIB) local possui crescimento exponencial. Além disso, citou o fato de a Capital ser produtora de bovinos, suínos e outros produtos do agronegócio, além de ser o portal do Pantanal, contribuindo para a economia turística.

“Nós somos responsáveis por três aeroportos em Mato Grosso do Sul, sendo o de Campo Grande, Corumbá e Ponta Porã. Destacamos aqui que Campo Grande possui pleno emprego, é um polo para a Rota Bioceânica e claramente apresenta um grande potencial econômico. Hoje, o Aeroporto daqui está diretamente conectado aos de Cuiabá, Brasília, Curitiba e aos três aeroportos de São Paulo. E temos aqui um terminal de carga pronto e inoperante. Queremos atrair clientes para ativar esse terminal e iniciar as operações”, destacou o gerente, que também explicou aos argentinos e aos chilenos que, para isso acontecer de fato, os interessados também deveriam se encaixar nos trâmites burocráticos da Receita Federal.

A prefeita Adriane Lopes frisou que o objetivo da Prefeitura é estabelecer conexões entre empresas de outros países e de Campo Grande, o que resultará em benefícios, como investimentos adicionais em infraestrutura, plano de recuperação da malha ferroviária da União, e, consequentemente, o início das atividades do Porto Seco da Capital, além da geração de emprego e renda por parte das empresas.

“A Prefeitura visa fomentar esses negócios e impulsionar de maneira efetiva a integração com esses países, que vêm somar com Campo Grande. Tudo que está sendo feito neste momento gerará resultados no futuro, e isso é o mais importante. Reuniões como essa são essenciais porque esses empresários agora têm noção do potencial econômico da Capital”, ressaltou a prefeita.

Durante a reunião, a Avia Serviços Aeronáuticos da Argentina também realizou uma apresentação institucional sobre os valores, missão e visão. Um dos integrantes da empresa levantou a possibilidade de, futuramente, Campo Grande realizar voos diretos até a província de Jujuy, localizada na região Norte/Nordeste da Argentina, a cerca de 1500km de Buenos Aires, e que faz fronteira com Bolívia e Chile. Atualmente, os moradores de Jujuy que viajam para o Mato Grosso do Sul têm que passar por conexões em Buenos Aires, Curitiba e São Paulo antes de chegar à Capital, o que demanda quase dois dias de percurso.

As comitivas visitaram as instalações do Aeroporto, incluindo o terminal de cargas inoperante. A ideia foi mostrar que a concessionária deseja clientes para esse espaço de logística, que está pronto para entrar em operação.

As equipes do Executivo de Campo Grande vêm trabalhando para demonstrar a vocação da Capital em ser o coração da Rota Bioceânica, ampliando as possibilidades de desenvolvimento econômico para a cidade junto aos países vizinhos. A Comitiva do Chile visitou por vários dias o estande da Prefeitura na 84ª Expogrande, onde conheceu mais sobre o mercado agropecuário e vislumbrou negociações nos setores de exportação e importação, já que o corredor ligará o Oceano Atlântico ao Pacífico, encurtando caminhos e impulsionando a economia entre os envolvidos.

Conforme a Aena, o aeroporto tem um terminal de passageiros de 7.215 metros quadrados e recebe mais de 1,5 milhão de viajantes anualmente. No projeto de expansão, estão programadas obras que devem começar no segundo semestre de 2024, com previsão de entrega em 2026.

Dentre os investimentos, estão planejadas a criação de uma sala de embarque no piso superior, reforma do pátio, mantendo 11 posições e requalificação da última posição para que todas atendam aeronaves classe C. Também serão instaladas 3 pontes de embarque e desembarque. Entre as melhorias, a empresa cita a adequação da iluminação, instalação de ar-condicionado em todas as áreas do terminal, melhoria dos banheiros e outras áreas comuns.

 

 

#pratodosverem A matéria possui três fotos. A primeira imagem de capa mostra o gerente da Aena realizando sua apresentação em um slide. A segunda foto mostra os integrantes da reunião sentados em círculo e a terceira imagem é da Avia, empresa argentina, em seu momento de apresentação dos serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca