23 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Campo Grande gerou quase um terço dos postos formais de trabalho na indústria de MS – CGNotícias

2 min read

O conjunto da atividade industrial foi responsável pela abertura de 2.252 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul no mês de janeiro, resultado de 9.231 contratações e 6.979 demissões, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. Seiscentos e oitenta e cinco vagas foram geradas em Campo Grande, ou seja, 30,41% do total das vagas de trabalho.

Em Campo Grande, um dos grandes impulsos para a industrialização é a Lei do Prodes, que concede benefícios fiscais e extrafiscais para quem quer investir na Capital. Somente nos primeiros meses deste ano, foram aprovados 11 projetos que preveem injetar cerca de R$ 220 milhões na economia da Capital. Apenas um deles destravado na primeira reunião do Codecon de 2024 prevê investir R$ 110 milhões e gerar 80 novas vagas de emprego.

“Nós estamos muito felizes e contentes, porque todo empresário visa o crescimento e os empecilhos burocráticos se estenderam. Agora, com essa aprovação do Conselho, daremos continuidade ao nosso projeto”, explica Maximino Antonio Scandiuzzi, proprietário da Pantanal Agrícola.

Para a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, a cada nova reunião do Codecon há melhores expectativas de investimentos e crescimento para Campo Grande. “O objetivo da administração municipal é de transformação e desenvolvimento econômico da cidade e, para isso, além do trabalho realizado por meio do Prodes, a Prefeitura aprovou recentemente a lei de redução do ISS para franqueadores, a fim de garantir a Lei da Liberdade Econômica. Desenvolvimento é geração de renda e garantia de melhores condições de vida para todos que vivem em Campo Grande”, afirma.

O secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Adelaido Vila, enfatiza que uma das principais conquistas é a geração de novos postos de trabalho. “Esses números demonstram o potencial dos projetos aprovados em promover a inserção e a qualificação profissional dos campo-grandenses e de quem escolher viver aqui no mercado de trabalho”, reflete.

Entre as cidades com saldo positivo de emprego em Mato Grosso do Sul, destacam-se: Campo Grande (+685), Ribas do Rio pardo (+362), Nova Andradina (+205), Dourados (+182), Corumbá (+147), Aparecida do Taboado (+87), Três Lagoas (+79), Rio Brilhante (+62), Aquidauana (+59), Maracaju (+56), Sidrolândia (+48), Paranaíba (+47), Eldorado (+45) e São Gabriel do Oeste (+45).

A atividade industrial responde por 24% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de Serviços, que emprega 257.550 trabalhadores com participação equivalente a 39%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca