24 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Polícia Científica mobiliza ‘Dia D’ de combate à dengue na próxima quarta-feira – Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

3 min read

A Polícia Científica de Mato Grosso do Sul promove na próxima quarta-feira (20) uma mobilização nas suas 14 unidades localizadas no interior do Estado, assim como nas duas sedes da Capital, para o evento conhecido como “Dia D” de combate ao mosquito transmissor da dengue. Esta iniciativa tem como propósito fiscalizar, prevenir e orientar a população sobre as medidas essenciais para conter a proliferação do vetor.

 

Na Capital, essa ação contará com o apoio da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Serviço de Educação em Saúde (CCEV) da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), reforçando ainda mais a importância e o alcance desta iniciativa.

 

Segundo José de Anchieta Souza Silva, coordenador-geral de Perícias, “a Polícia Científica não trabalha apenas para garantir a justiça por meio da ciência, mas também para proporcionar qualidade de vida aos cidadãos que frequentam as unidades e aos servidores. Estas ações são fundamentais e fazem parte da parceria que buscamos  com a Secretaria Estadual de Saúde  e as Vigilâncias Sanitárias municipais para combatermos a dengue, começando pela conscientização em nosso local de trabalho”, pontua.

 

Para Adriana Valéria Arruda da Silva Medeiros, diretora do Departamento de Apoio às Unidades Regionais (Daur), “a prevenção é a chave para evitar a propagação da doença e proteger a saúde de todos, sendo a melhor forma de combatermos a dengue e suas consequências”.

 

A ação também envolverá a colaboração de agentes da vigilância sanitária, juntamente com os servidores, que percorrerão os espaços nas instalações das unidades da polícia científica, verificando possíveis focos do mosquito em áreas como depósitos de materiais, caixas d’água, esgotos e outros locais propícios à reprodução do mosquito transmissor da dengue.

 

Combate às arboviroses

 

O controle do mosquito Aedes aegypti é uma missão importante, pois além da dengue, esse vetor também é responsável pela transmissão de duas doenças graves: Zika e Chikungunya. Para conter a proliferação do mosquito, é necessário adotar medidas preventivas simples, porém eficazes. É essencial evitar o acúmulo de água parada em qualquer recipiente, como tonéis, caixas d’água e pneus, e realizar a limpeza regular de calhas e vasos de plantas. Além disso, manter piscinas adequadamente tratadas e garantir o descarte adequado do lixo em sacos plásticos fechados são medidas a serem tomadas. A colaboração de todos é fundamental para prevenir a propagação dessas arboviroses. Afinal, cuidar da saúde coletiva é uma responsabilidade compartilhada por cada cidadão.

 

Papel essencial

 

As Unidades Regionais de Perícia e Identificação (URPI), presentes em cidades como Aquidauana, Amambai, Bataguassu, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, juntamente com os institutos que compõem a Polícia Científica na capital – Instituto de Análises Laboratoriais Forenses (IALF), Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL) e o Instituto de Identificação (II), desempenham um papel essencial na prestação de serviços periciais e de identificação civil e criminal.

 

Diariamente, essas unidades recebem em média cerca de 2 mil pessoas em busca de uma variedade de serviços. Isso inclui exames de corpo de delito realizados no Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL), e nos Núcleos Regionais de Medicina Legal (NRML) e o Instituto de Identificação (II),além da confecção de carteiras de identidade, realização de perícias em veículos e coleta de amostras de DNA em pessoas vivas, entre outros atendimentos essenciais.

 

Maria Ester Jardim Rossoni – Assessoria Polícia Científica

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca