23 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Museu Vivo terá paçoca, tear de pregos e música sertaneja

2 min read

Avelino Israel


Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Como acontece todas as tardes de domingo, o Museu do Folclore de São José dos Campos receberá, neste final de semana (17), um novo grupo de representantes da cultura popular regional para mais uma edição do Museu Vivo.

O Museu Vivo valoriza e dá visibilidade aos saberes e fazeres destes representantes, particularmente nas áreas do artesanato, culinária e música, oferecendo ao público a oportunidade de conhecer e vivenciar diferentes manifestações culturais.

A atividade é aberta ao público e ocorre na área externa do museu, das 14h às 17h. Durante este período a exposição de longa duração do museu também estará aberta para receber visitas espontâneas.

Tear de pregos

A paranaense Mirna Tominaga

A novidade será a presença da paranaense Mirna Tominaga, 64 anos, natural de Paranavaí e moradora de São José dos Campos desde os 4 meses de idade. No domingo, ela compartilhará seus saberes no artesanato em um tear de pregos.

Mirna já exerceu a profissão de advogada, mas agora se dedica completamente ao tear e à sua outra paixão, as figuras de barro. “Aprendi o artesanato em tear com a minha mãe, Thereza de Oliveira Tominaga”, conta ela.

Música sertaneja

Na música, os irmãos Mariana Costa, 20 anos, e Júlio Nero, 17 anos, participarão do encontro mais uma vez. Nascidos em São José, eles contam que a vida na roça, na casa dos avós, no Paraná, os influenciou a gostar da música sertaneja. Mariana e Júlio tocam desde criança.

Paçoca no pilão

Laudeni de Souza com o grupo Mistura da Raça

E como é costume nesta época do ano, por conta da Quaresma, o preparo da paçoca ficará por conta de Laudeni de Souza, 63 anos, natural de Barra do Piraí (RJ) e mestre do grupo de Jongo Mistura da Raça.

Laudeni veio para São José dos Campos em 1997, mas nunca esqueceu o que seu pai, Dovalino de Souza, lhe ensinou. Hoje, ele ainda reúne a família para produzir paçoca no pilão, iguaria que ele fará domingo no Museu Vivo.

Gestão

O Museu do Folclore de São José dos Campos é um espaço da Fundação Cultural Cassiano Ricardo que funciona desde 1997 no Parque da Cidade. Sua gestão é feita pelo CEPC (Centro de Estudos da Cultura Popular), organização da sociedade civil sem fins lucrativos.

 

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Santana (Parque da Cidade)

(12) 3924-7318 ou (12) 3924-7354


MAIS NOTÍCIAS

Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *