23 de junho de 2024

CACELLAIN OLIMPÍADAS COPA DO MUNDO JOGOS AO VIVO

Olimpíadas, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS, Prognósticos, palpites de futebol ESCALAÇÕES E NOTÍCIAS Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Com foco na sustentabilidade, carbono neutro e Rota Bioceânica, Governo e UEMS lançam PantanalTECHMS

3 min read

Para estimular e promover a inovação, tecnologia e sustentabilidade na região do Pantanal de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado e a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) lançaram hoje (15) o ‘PantanalTECHMS’.

A feira será realizada nos dias 28 e 29 de junho, na unidade universitária da UEMS em Aquidauana, município considerado o portal do Pantanal sul-mato-grossense.

Além de estimular o desenvolvimento regional para proteção do meio ambiente, o evento vai divulgar as boas práticas tecnológicas e inovadoras da produção sustentável em diversas áreas do conhecimento.

O governador, Eduardo Riedel, participou do lançamento do evento realizado no Bioparque Pantanal, em Campo Grande, junto com o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho.

“A UEMS tem feito um grande trabalho em consonância com toda a transformação que o Estado está vivendo. É importante que a universidade seja um vetor de levar conhecimento, informação, formação, e chegar na comunidade. O PantanalTECHMS é uma feira exclusiva e tem muito a ver com o momento que a gente viveu da Lei do Pantanal, da discussão, de preservação, de produção dentro desse bioma que é tão importante para o Estado”, disse o governador.

A proposta do PantanalTECHMS é apresentar uma agenda positiva de sustentabilidade e produção no Pantanal.

“Queremos mostrar tudo que nós temos, tudo que os parceiros desenvolvem de tecnologia, inovação e produção sustentável dentro do Pantanal de Mato Grosso do Sul. Serão mais de 19 vitrines tecnológicas de bovino de leite, bovino de corte, gado pantaneiro, ovinocultura, suinocultura, toda parte de produção vegetal que já existe dentro do Pantanal, piscicultura, pesca, turismo. Todo o agronegócio, agricultura familiar, empreendedorismo, vão ser mostradas dentro do PantanalTECHMS, assim como toda a discussão dos impactos e desafios da Rota Bioceânica e um painel sobre carbono neutro e o impacto da rota celulose”, disse o reitor da UEMS.

O evento inovador, já considerado o maior no ramo de tecnologia na região pantaneira e ainda proporciona a interação entre os diversos responsáveis pelo desenvolvimento sustentável do Pantanal sul-mato-grossense.

“A UEMS tem cumprido um papel excepcional na evolução econômica do Estado, social, ambiental, através das suas diferentes áreas de atuação. E que isso contribua para a construção do melhor Estado do Brasil para se viver e se investir”, afirmou Riedel.

Investimentos

Como parte do lançamento do PantanalTECHMS a UEMS recebeu mais de R$ 12,4 milhões de investimentos públicos voltados para o fortalecimento do ensino, pesquisa e extensão.

Além da universidade, a Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura) apoiam o evento juntamente com a Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado), Fundação MS, Embrapa Pantanal, Prefeitura de Aquidauana e Sistemas Fiems e Famasul. O PantanalTECHMS conta ainda com o apoio de 15 instituições parceiras e a participação confirmada de 40 empresas até o momento.

O evento vai trabalhar no eixo estratégico governamental “Desenvolvimento sustentável do Pantanal”, que abrange as temáticas de agricultura familiar, agroindústria, agronegócio, agropecuária sustentável, economia criativa, empreendedorismo, geração de renda, inclusão produtiva, inovação, sustentabilidade e turismo.

Entre os principais temas a serem debatidos no evento de junho estão a produção sustentável, Rota Bioceânica, agricultura familiar de ribeirinhos e de povos originários, turismo de pesca sustentável, protocolo de carne sustentável e orgânica do Pantanal, manejo e recuperação de pastagens nativas e exóticas, programa estadual de pagamento dos serviços ambientais e crédito de carbono.

No lançamento da feira também foram formalizados novos investimentos de aproximadamente R$ 8,7 milhões por meio da formalização de convênios que garantem o lançamento e apoio de cursos, programa e entrega de mobiliário para a comunidade acadêmica.

Os secretários Rodrigo Perez (Segov), Jaime Verruck (Semadesc) e Marcelo Miranda (Setesc), participaram do evento, além da senadora Soraya Thronicke, o deputado federal Beto Pereira, além de deputados estaduais de equipe técnica do Governo do Estado e da UEMS.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS
Fotos: Bruno Rezende

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *