Em 1935, ocorreu mais uma tentativa de reorganização da Sub-Liga do Triângulo, que já havia promovido os campeonatos de 1922, 1927 (resultado final ainda desconhecido), 1931 e o fracassado torneio de 1932. Assim como em 1931, participaram apenas clubes de Uberaba, então a principal cidade da região. 

Os estatutos da Sub-Liga previam que a “Taça Princesa do Sertão” ficasse de posse transitória do campeão. A conquista definitiva só ocorreria após 5 conquistas. Essa taça, até hoje em poder do Uberaba, gravada apenas com os títulos de 1931 e 1935, demonstra que esse foi um dos últimos suspiros da entidade, que ainda tentou promover outros torneios, mas sucumbiria frente ao desinteresse e os altos custos para organização  das partidas.

O torneio início, disputado em 19/05/1935, disputado em partidas de 20 minutos, teve como vencedora, surpreendentemente, a Associação Athletica Acadêmica.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

Participantes:

4º BATALHÃO de Caçadores Futebol Clube

AMOROSO COSTA Futebol Clube

Associação Athletica ACADÊMICA

Associação Esportiva de Amadores – ASA

Esporte Clube CORINTHIANS

PEIRÓPOLES Futebol Clube

SÃO BENTO Futebol Clube

RAJAH Futebol Clube

UBERABA Sport Club

_________________________________________________________________________________________________________________________________

Resultados:

26/05/1935

Rajah 5×2 Amoroso Costa

Rajah 4×4 Amoroso Costa (2ºs)**

09/06/1935

Peirópoles 0×2 São Bento

Peirópoles 0×2 São Bento (2ºs)

16/06/1935

Acadêmica 4×2 ASA

Acadêmica 0×0 ASA (2ºs)

20/06/1935

Corinthians 2×4 4º BC

Corinthians 1×1 4º BC (2ºs)

23/06/1935

Peirópoles 2×1 Amoroso Costa

Peirópoles 0×0 Amoroso Costa (2ºs)

29/06/1935

Corinthians 2×2 Uberaba

Corinthians 2×4 Uberaba (2ºs)

30/06/1935

São Bento 1×0 Rajah

São Bento 2×1 Rajah (2ºs)

07/07/1935

4º BC 0×1 ASA

4º BC 2×1 ASA (2ºs)

21/07/1935

Rajah 0×3 Uberaba

Rajah 0×6 Uberaba (2ºs)

28/07/1935

Acadêmica 1×0 São Bento

Acadêmica 3×1 São Bento (2ºs)

11/08/1935

Corinthians 2×0 Peirópoles

Corinthians 3×2 Peirópoles (2ºs)

18/08/1935

4º BC 6×0 Rajah

4º BC 2×0 Rajah (2ºs)

25/08/1935

Amoroso Costa 1×1 ASA

Amoroso Costa 2×5 ASA (2ºs)

01/09/1935

Uberaba 5×0 São Bento

Uberaba 5×1 São Bento (2ºs)

08/09/1935

Corinthians 4×1 Amoroso Costa

Corinthians 6×1 Amoroso Costa (2ºs)

15/09/1935

ASA 3×3 Rajah

ASA 0×3 Rajah (2ºs)

22/09/1935

Amoroso Costa 0×3 4º BC

Amoroso Costa 0×12 4º BC (2ºs)

29/09/1935

Uberaba 5×1 ASA

Uberaba 5×1 ASA (2ºs)

06/10/1935

São Bento 1×1 Corinthians

São Bento 0×5 Corinthians (2ºs)

13/10/1935

Uberaba 7×0 Amoroso Costa

Uberaba 5×1 Amoroso Costa (2ºs)

*Essa vitória, associada à desistência do 4º Batalhão três dias depois, deu o título por antecipação ao Uberaba.

27/10/1935

ASA 5×4 Corinthians

ASA 2×3 Corinthians (2ºs)

01/11/1935 (Resultados desconhecidos)

Amoroso Costa x São Bento

Amoroso Costa x São Bento (2ºs)

03/11/1935 (Resultados desconhecidos)

Corinthians x Rajah

Corinthians x Rajah (2ºs)

15/11/1935

São Bento 0×0 ASA*

São Bento 2×1 ASA (2ºs)

* Esse resultado deu o título de vice-campeão ao Corinthians. Caso o ASA tivesse ganhado a partida, deveria haver um jogo de desempate.

** (2ºs) Resultados das partidas disputas nas preliminares, pelos segundos quadros das equipes disputantes.


Obs.: Durante a competição, três equipes desistiram. O Peirópoles em 26/08, a Acadêmica em 16/09 e o 4º Batalhão de Caçadores em 16/10. Não se sabe como a Sub-Liga resolveu essa questão, mas foi amplamente divulgado que o UBERABA SPORT CLUB sagrou-se campeão e o ESPORTE CLUBE CORINTHIANS foi proclamado o vice-campeão.


Fontes: Jornais Lavoura e Comércio, Correio Catholico, Gazeta de Uberaba e O Jornal, várias edições de maio a novembro de 1935, constantes do acervo do Arquivo Público de Uberaba.

 

 

A SODIMA foi um clube de futebol amador de Uberaba – MG, que brilhou no início da década de 70. O time, ligado à empresa do mesmo nome, que significava “Sociedade Distribuidora de Máquinas Agrícolas”, foi bicampeão amador de Uberaba nos anos de 1972 e 1973.

Dirigida por Rubens Ciabotti e treinada por Abrão Miguel Arabe, sócios da empresa, a SODIMA teve uma breve, mas bem sucedida experiência nos campos uberabenses. O ápice de sua breve existência foi o convite feito pela Federação Mineira de Futebol para participar do Torneio Santos Dumont, que no final do ano de 1973 e início de 1974, reuniu equipes profissionais e amadoras de todo o estado.

Na primeira fase, disputada em 1973, foi a primeira colocada de um grupo que reunia ainda o Paranaíba, clube amador de Carmo do Paranaíba e o Araxá. Tal feito foi comemorado com uma taça, provavelmente adquirida pelo próprio clube, exposta na sede da empresa (e do clube), na Rua João Pinheiro, bem no centro da cidade de Uberaba.

Na fase semifinal não conseguiu nenhuma vitória mas destacou-se ao empatar com a poderosa Caldense em Poços de Caldas (1×1) e segurar o Nacional, time profissional de Uberaba, com um empate sem gols. Ao final, somadas as duas fases de que participou, somou duas vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas, para os elencos profissionais do Uberaba e da União Tijucana.

 

Timaço da SODIMA, bi-campeã amadora de Uberaba.

 

Fontes: Jornal da Manhã e Jornal Lavoura e Comércio, ambos de Uberaba – MG, várias edições de 1973 e 1974.

*Agradecimento especial ao Jamilton Souza, pelo desenho do escudo.

 

No final do ano de 1973, a Federação Mineira de Futebol promoveu um torneio que uniu equipes profissionais e amadoras de todo o estado. Com um regulamento confuso, a campeã, já no ano de 1974, foi uma equipe que não participou da primeira fase do torneio, o Uberaba Sport, que acabara de conquistar o título de Campeão Mineiro do Interior, graças à terceira colocação no campeonato mineiro de 1973.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PARTICIPANTES:

 Região Norte:

Associação Desportiva ATENEU – Montes Claros

Associação Atlética CASSIMIRO DE ABREU – Montes Claros

ESAB Esporte Clube – Contagem

INDUSTRIAL Atlético Clube – Betim

Região Metalúrgica:

ACESITA Esporte Clube – Timóteo

Esporte Clube DEMOCRATA – Governador Valadares

Esporte Clube CARATINGA – Caratinga

VIGILANTE Esporte Clube – João Monlevade

Região Centro – Oeste:

VASCO – Passos

FORMIGA Esporte Clube – Formiga

SPARTA Futebol Clube – Campo Belo

Região Triângulo:

Associação Atlética CALDENSE – Poços de Caldas

UNIÃO TIJUCANA de Esportes – Ituiutaba

UBERLÂNDIA ESPORTE CLUBE – Uberlândia

INDEPENDENTE ATLÉTICO CLUBE – Uberaba

Sub-região Triângulo:

SODIMA de Futebol e Esportes – Uberaba

ARAXÁ Esporte Clube – Araxá

PARANAÍBA Esporte Clube Industrial”– Carmo do Paranaíba

Entraram diretamente na Fase Semifinal (Em 1974):

UBERABA Sport Club – Uberaba

NACIONAL Futebol Clube – Uberaba

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Resultados:

04/11/1973

Cassimiro de Abreu x Ateneu

ESAB x Industrial

Democrata x Caratinga

Acesita x Vigilante

Vasco x Formiga

União Tijucana 2×0 Uberlândia

Caldense 2×0 Independente

SODIMA 2×2 Araxá

11/11/1973

Uberlândia 1×0 Independente

Paranaíba 0×3 SODIMA

União Tijucana x Caldense (Vitória UT)

18/11/1973

Caldense x Uberlândia (Vitória Caldense)

Independente 1×2 União Tijucana

Araxá 3×0 Paranaíba

24/11/1973

Industrial x ESAB

25/11/1973

Ateneu x Cassimiro de Abreu

Caratinga x Democrata

Vigilante x Acesita

Formiga x Vasco

Uberlândia 1×1 União Tijucana

Independente 0×3 Caldense

Araxá 0×0 SODIMA

02/12/1973

Independente 0×0 Uberlândia

Caldense x União Tijucana

Paranaíba 2×3 Araxá

05/12/1973

União Tijucana 4×2 Independente

09/12/1973

SODIMA 12×0 Paranaíba

Classificados: Ateneu, Cassimiro de Abreu, Acesita, Vigilante, Vasco de Passos, Formiga, União Tijucana, Caldense, SODIMA e Araxá.

Convidados: ESAB e Democrata, que não conseguiram sua classificação em campo, foram convidados a participar da Fase Semifinal com a concordância dos demais clubes, com o objetivo de melhorar a tabela, evitando a folga de um time por rodada.

Substitutos: Após a definição do número de clubes participantes, Uberaba e Nacional, participantes da Divisão Extra, foram convidados a substituir Formiga e Araxá, que desistiram da competição.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

FASE SEMIFINAL:

GRUPO A: Caldense, União Tijucana, Vasco da Gama de Passos, Uberaba, Nacional e SODIMA

GRUPO B: Ateneu, Cassimiro de Abreu, Acesita, Democrata, Vigilante e ESAB

Resultados:

20/01/1974

Caldense 1×1 SODIMA

Vasco de Passos 1×1 Nacional

Ateneu 2×0 ACESITA

23/01/1974

Uberaba 3×1 União Tijucana

Cassimiro de Abreu x Democrata

24/01/1974

ESAB x Vigilante

27/01/1974

Vasco de Passos 2×2 Uberaba

União Tijucana 4×1 SODIMA

Caldense 3×1 Nacional (A Caldense comprou o mando de campo do Nacional)

Ateneu x Democrata

Vigilante x Cassimiro de Abreu

ACESITA x ESAB

03/02/1974

Caldense 2×3 Uberaba

SODIMA 0×0 Nacional

União Tijucana 1×0 Vasco de Passos

Ateneu x Cassimiro de Abreu

Democrata x ESAB

ACESITA x Vigilante

09/02/1974

Uberaba 3×1 SODIMA

10/02/1974

Vasco de Passos 0×0 Caldense

União Tijucana 2×0 Nacional

Cassimiro de Abreu 1×1 ACESITA

Democrata 0×0 Vigilante

ESAB x Ateneu

16/02/1974

Uberaba 1×0 Nacional

17/02/1974

Vasco de Passos 0×0 SODIMA

Caldense 0×0 União Tijucana

ESAB 1×1 Cassimiro de Abreu

Vigilante 4×2 Ateneu

Democrata 4×0 ACESITA

- Outros resultados (data desconhecida): ESAB 0×4 Vigilante, Vigilante 4×1 Caratinga

 

Quartas de final:*

10/03/1974

Uberaba 1×0 Caldense

Democrata GV 2×1 ESAB

* A FMF determinou que houvesse um sorteio entre Uberaba, Caldense e União Tijucana, em reposta a um recurso da Caldense contra o resultado do jogo em que perdeu para o Uberaba por 3×2. O Uberaba, líder invicto, foi obrigado a jogar uma imprevista “Quarta de final” contra a Caldense.

Semifinais:

17/03/1974

Uberaba 3×0 União Tijucana

Democrata GV 1×3 Vigilante

Final*:

24/03/1974

Uberaba 4×0 Vigilante

*Uberaba e Vigilante chegaram invictos à partida final.

- Com esses resultados o UBERABA SPORT CLUB sagrou-se campeão invicto do Torneio Santos Dumont.

 

Fontes:

- Jornal Lavoura e Comércio, de Uberaba – MG – Várias edições de Outubro de 1973 a Março de 1974. (Gentilmente cedidas pelo Arquivo Público Municipal de Uberaba)

- Jornal da Manhã, de Uberaba – MG – Várias edições de Novembro de 1973, Janeiro a Março de 1974.(Gentilmente cedidas pelo Arquivo Público Municipal de Uberaba)

- Revista Placar (Algumas edições de 1974)

 

PARTICIPANTES:

  • Independente Atlético Clube – Bairro Estados Unidos
  • Associação Esportiva Merceana – Bairro das Mercês
  • Clube Atlético Mineiro (Atual Clube Atlético Uberabense) – Bairro da Abadia
  • Esporte Clube Fabrício – Bairro do Fabrício
  • Sete de Setembro Futebol Clube – Bairro São Benedito
  • VR Futebol Clube – Chácara N. S. de Lourdes

RESULTADOS:

Primeiro turno:
31/03/46 Sete de Setembro 0×2 Fabrício

03/04/46 Independente 2×1 Atlético

07/04/46 Merceana 1×1 VR

10/04/46 Fabrício 2×3 Independente

14/04/46Atlético 4×1 Sete de Setembro

20/04/46 VR 2×0 Fabrício

21/04/46 Independente 2×1 Merceana

24/04/46 Sete de Setembro 0×1 VR

28/04/46 Atlético 1×1 Fabrício

01/05/46 Merceana 3×2 Sete de Setembro

05/05/46 VR 2×0 Independente

08/05/46 Fabrício 1×2 Merceana

12/05/46 VR 1×0 Atlético

15/05/46 Sete de Setembro 1×3 Independente

19/05/46 Atlético 2×2 Merceana

 

Segundo Turno:

29/05/46 Fabrício 1×3 Sete de Setembro

02/06/46 Atlético 1×4 Independente

05/06/46 VR 0×2 Merceana

09/06/46 Independente 5×2 Fabrício

12/06/46 Atlético 4×1 Sete de Setembro

16/06/46 Fabrício 0×2 VR

19/06/46 Merceana 1×2 Independente

23/06/46 VR 5×1 Sete de Setembro

26/06/46 Fabrício 1×4 Atlético

30/06/46 Merceana 3×2 Sete de Setembro

03/07/46 Independente 3×2 VR

07/07/46 Fabrício x Merceana (empate)

10/07/46 VR x Atlético (empate)

14/07/46 Independente 5×0 Sete de Setembro

21/07/46 Atlético x Merceana

Classificação Final:

1 – Independente
2 – VR
3 – Merceana
4 – Atlético
5 – Fabrício
6 – Sete de Setembro

Com esses resultados o Independente Atlético Clube sagrou-se Campeão Uberabense de 1946 (Primeiro título do aclamado penta-campeonato consecutivo conquistado pelo clube).

 

Em 1922 foi disputado o primeiro campeonato de futebol no Triângulo Mineiro. Após alguns anos de intensa movimentação, vários clubes das principais cidades da região, Uberaba, Uberlândia, Araguari e Sacramento, liderados pelo Uberaba Sport, fundaram a primeira versão da Liga de Sports do Triângulo (várias vezes ressuscitada posteriormente) e esta organizou o torneio, que contou apenas com clubes de Uberaba e Araguari.

Curiosamente, o clube que mais se empenhou para a concretização da Liga, o Uberaba, abandonou o torneio e a Liga, ao final do primeiro turno, inconformado com a decisão do Conselho Divisional, que decretou a perda dos pontos da partida ganha pelo Uberaba contra a Associação Athlética do Triângulo, o famoso RED, naquele que até hoje é considerado, o “Jogo do Século” em Uberaba, pela escalação irregular do atleta Hildebrando de Moraes. Sem o principal rival, o caminho ficou livre para o “RED”, que conquistou seu primeiro título.

Essa história é apenas um dos vários capítulos da breve, mas intensa rivalidade entre o Uberaba e seu principal filho, o RED, que nasceu RED and WHITE, em homenagem ao clube que o hospedava, o Uberaba, e como que renegando todos os laços com seus antigos companheiros, adotou um novo nome, Associação Athlética do Triângulo, e novas cores, preto e branco.

Até hoje, cultiva-se em Uberaba, a lenda de que o “Jogo do Século” foi combinado para marcar o fim das atividades de quem fosse derrotado. Isso não é verdade. O RED ganhou os pontos da partida e ainda disputou outros jogos, no segundo turno, até chegar ao título. Depois ainda fez amistosos dentro e fora de Uberaba no ano de 1922 e também em 1923, mas foi extinto pouco tempo depois, em meados de 1923, o que pode ter alimentado a lenda. O RED morreu sem nunca ter vencido, em campo e com seus primeiros quadros, ao Uberaba Sport Club.

A seguir todos os resultados disponíveis nos jornais da época.

Campeonato do Triângulo 1922
Participantes:
Operário Football Club – Araguari-MG
Americano Futebol Clube – Araguari-MG
Associação Athlética do Triangulo – Uberaba-MG
13 de Maio Futebol Clube – Uberaba-MG
Uberaba Sport Club – Uberaba-MG

TABELA DE JOGOS:
09/04/1922
Operário 2×0 Uberaba
23/04/1922
Americano 5×1 13 de Maio
07/05/1922
13 de Maio 1×4 Triângulo
21/05/1922
Americano 1×0 Operário
04/06/1922
Uberaba 6×0 13 de Maio
18/06/1922
Triangulo 2×0 Americano
02/07/1922
13 de Maio x Operário (O 13 de Maio, sem jogadores para realizar a partida, entregou os pontos ao Operário).
16/07/1922
Uberaba 0×1 Americano*
*Jogo suspenso ao final do 1o tempo, quando o Americano vencia por 1×0, gol de Salim. O Uberaba, posteriormente, entregou os pontos da partida, que deveria ser retomada no dia 20/08/1922.
23/07/1922
Operário 1×3 Triângulo
13/08/1922
Triângulo 1×2 Uberaba*
* O Conselho Divisional da Liga de Sports do Triângulo não aceitou o boletim oficial, confeccionado pelo representante designado para a partida, pelo fato do jogador Hildebrando de Moraes não residir no Triângulo Mineiro. A Associação foi declarada vencedora do encontro, o que motivou o pedido de desligamento da LST por parte do Uberaba.
03/09/1922
Triângulo WOx Operário
17/09/1922
Operário 1×0 Americano
24/09/1922
Triângulo 6×0 13 de Maio
08/10/1922
Americano 1×1 Triângulo

Operário x 13 Maio e 13 de Maio x Americano, sem resultados conhecidos.

Fontes:
- Jornal Lavoura e Comércio, de Uberaba – MG, várias edições do ano de 1922.
- Jornal Iris de Araguari – MG, várias edições do ano de 1922.

 

Em 1945, o jornal O Diário Esportivo resolveu aderir à moda de lançar heróis de quadrinhos como mascotes dos times do Campeonato da Cidade de Belo Horizonte.

Como se pode imaginar, não deu muito certo…

A Parada de 1945

A exemplo do que jornais do mundo inteiro fazem (inclusive alguns do Brasil) O DIARIO ESPORTIVO também lançará figuras simbólicas dos nossos clubes profissionais de futebol. Para isto, o desenhista AROEIRA criou tipos, extraídos da novelística juvenil e os figurou da seguinte maneira: América, o Superhomem; Cruzeiro, o Brucutu; Vila Nova, o Homem-Leão; Atlético, o Índio Carijó; Uberaba, o Vingador; Sete, o Tarzan da Floresta e Siderúrgica, o Tereré. A intenção, como é evidente, é apenas divertir um pouco, um pouco de malícia e de humor após as partidas. E qualquer coincidência terá sido mera semelhança… Já neste número apresentamos os tipos representativos dos nossos 7 clubes e, a seguir, o que eles disseram e sentiram, após a rodada do domingo que passou, quando a tabela foi tão violentamente modificada de novo, voltando a haver dois líderes e o Vila passando de quarto lugar para segundo, mandando o Atlético para terceiro…

 

Dentre os clássicos do futebol profissional no interior de Minas Gerais, um dos mais destacados é este entre o Nacional, o Elefante, e o Uberaba, o Boi Zebu. Ambos se enfrentam em torneios da Federação Mineira de Futebol desde 1964, ano da estreia do Naça na divisão principal do Campeonato Mineiro – frequentada pelo Uberaba desde a expansão do antigo Campeonato da Cidade, em 1958.

Infelizmente o Nacional e depois o Uberaba passaram a atravessar crises fortíssimas. Desde 2006 o Nacional não joga sequer o Módulo II, tendo até passado os anos de 2009 e 2011 sem atividade profissional, enquanto o Uberaba foi rebaixado do Módulo II para a Segunda Divisão neste ano de 2013.

A decadência de ambos começou em 1993, ano que a inchadíssima primeira divisão foi dividida em Módulo I e Módulo II. Na Supercopa Minas Gerais, torneio classificatório para o Módulo I 1994, nenhum dos dois conseguiu a classificação e desde então nunca mais voltaram a frequentar a primeira divisão na mesma temporada. O Uberaba jogou o Módulo I em 2004 e de 2008 a 2012, enquanto o Nacional esteve na divisão máxima apenas em 1998, 2002 e 2003.

O último confronto entre as duas equipes foi num amistoso em 2011.

Obs.: post atualizado com os confrontos da Copa Sul-Triângulo 1974 e do Torneio Incentivo Mineiro 1975.

Abaixo seguem os confrontos oficiais entre as equipes, válidos por torneios da FMF:

Campeonato Data Mandante Placar Visitante
Campeonato Mineiro 1964 19/07/1964 Nacional-U 1×3 Uberaba
Campeonato Mineiro 1964 27/09/1964 Uberaba 1×3 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1965 15/08/1965 Uberaba 1×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1965 07/11/1965 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1966 18/07/1966 Nacional-U 0×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1966 11/12/1966 Uberaba 3×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1967 15/07/1967 Nacional-U 1×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1967 01/10/1967 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1970 01/03/1970 Nacional-U 1×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1970 15/04/1970 Uberaba 2×1 Nacional-U
Seletiva Campeonato Mineiro 1971 23/01/1971 Uberaba 2×0 Nacional-U
Seletiva Campeonato Mineiro 1971 14/02/1971 Nacional-U 0×3 Uberaba
Seletiva Campeonato Mineiro 1972 22/08/1971 Nacional-U 2×0 Uberaba
Seletiva Campeonato Mineiro 1972 26/09/1971 Uberaba 1×1 Nacional-U
Seletiva Campeonato Mineiro 1972 27/02/1972 Nacional-U 2×0 Uberaba
Seletiva Campeonato Mineiro 1972 02/03/1972 Uberaba 3×0 Nacional-U
Seletiva Campeonato Mineiro 1972 05/03/1972 Nacional-U 1×1 Uberaba
Taça Minas Gerais 1973 14/02/1973 Uberaba 1×0 Nacional-U
Copa Sul-Triângulo 1974 09/06/1974 Uberaba 0×0 Nacional-U
Copa Sul-Triângulo 1974 10/07/1974 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1975 20/04/1975 Nacional-U 0×2 Uberaba
Torneio Incentivo Mineiro 1975 14/09/1975 Uberaba 2×3 Nacional-U
Torneio Incentivo Mineiro 1975 19/10/1975 Nacional-U 1×1 Uberaba
Taça Minas Gerais 1976 04/04/1976 Uberaba 1×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1979 15/04/1979 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1979 07/06/1979 Nacional-U 2×1 Uberaba
Taça Minas Gerais 1980 13/07/1980 Uberaba 1×0 Nacional-U
Taça Minas Gerais 1980 03/08/1980 Nacional-U 0×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1983 12/06/1983 Uberaba 2×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1983 21/08/1983 Nacional-U 1×3 Uberaba
Campeonato Mineiro 1983 13/11/1983 Nacional-U 0×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1983 27/11/1983 Uberaba 1×2 Nacional-U
Seletiva MG Série B 1984 08/02/1984 Uberaba 2×3 Nacional-U
Seletiva MG Série B 1984 16/02/1984 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1984 15/07/1984 Nacional-U 1×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1984 25/10/1984 Uberaba 1×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1985 28/07/1985 Uberaba 1×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1985 03/11/1985 Nacional-U 0×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1986 26/01/1986 Uberaba 2×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1986 30/03/1986 Nacional-U 0×1 Uberaba
Seletiva MG Série C 1986 05/10/1986 Nacional-U 1×2 Uberaba
Seletiva MG Série C 1986 02/11/1986 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1987 22/03/1987 Nacional-U 3×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1987 05/07/1987 Uberaba 0×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1988 07/02/1988 Nacional-U 0×0 Uberaba
Campeonato Mineiro 1988 15/05/1988 Uberaba 1×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1989 19/03/1989 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1990 18/02/1990 Nacional-U 0×2 Uberaba
Campeonato Mineiro 1990 12/05/1990 Uberaba 2×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1992 02/08/1992 Uberaba 1×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1992 13/09/1992 Nacional-U 0×1 Uberaba
Campeonato Mineiro 1993 07/02/1993 Uberaba 3×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro 1993 07/03/1993 Nacional-U 1×0 Uberaba
Supercopa Minas Gerais 1993 03/10/1993 Nacional-U 1×0 Uberaba
Supercopa Minas Gerais 1993 11/12/1993 Uberaba 1×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 1994 27/03/1994 Nacional-U 0×3 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 1994 08/05/1994 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 1995 19/03/1995 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 1995 09/04/1995 Uberaba 0×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 1996 02/06/1996 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 1996 30/06/1996 Uberaba 0×3 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 1997 06/04/1997 Nacional-U 0×0 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 1997 04/05/1997 Uberaba 1×2 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 1999 28/03/1999 Nacional-U 2×1 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 1999 25/04/1999 Uberaba 1×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 2000 09/04/2000 Nacional-U 1×1 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 2000 14/05/2000 Uberaba 1×0 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 2000 19/06/2000 Nacional-U 0×2 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 2000 16/07/2000 Uberaba 0×2 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 2001 22/04/2001 Nacional-U 0×1 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 2001 03/06/2001 Uberaba 0×1 Nacional-U
Campeonato Mineiro Módulo II 2006 19/02/2006 Nacional-U 0×0 Uberaba
Campeonato Mineiro Módulo II 2006 16/03/2006 Uberaba 2×0 Nacional-U

Total:

  • 73 partidas
  • 29 vitórias do Uberaba Sport
  • 25 empates
  • 19 vitórias do Nacional
  • 75 gols colorados
  • 56 gols alvinegros
 

Durval Junqueira Machado, mais conhecido como Junqueira, foi um atacante do Flamengo que brilhou na década de 20. Nascido em 12 de junho de 1900 na cidade de Uberaba (MG), fazia parte do grupo de jovens que, em 1917, fundou o Uberaba Sport Club, equipe pela qual jogou por quase dois anos. Em 30 de março de 1919 fez seu ultimo jogo pelo Uberaba, marcando três gols na goleada de 5×0 sobre o arquirival de então, o Red and White Association.

Transferiu-se para o Flamengo, onde formou uma grande dupla com o artilheiro grandalhão Nonô. Fez o seu 1° jogo no dia 13/07/1919 (Flamengo 2 x 1 América-RJ). Pela equipe carioca disputou, no total, 103 partidas e anotou 82 gols, em sete temporadas. Ainda em 1920 foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira. Pelo Brasil atuou em quarto partidas mas não marcou gols. Participou do Campeonato Sul Americano de 1920 e 1922, sagrando-se campeão em 1922. Em 1925, emprestado pelo Flamengo, participou da vitoriosa excursão do Paulistano à Europa, quando os multicampeões paulistas foram aclamados como “Os reis do futebol”.

Formado em Medicina, na década de 30 radicou-se em Orlândia, pequena cidade do interior paulista, próxima a Ribeirão Preto, onde mantinha consultório em sua residência, na Rua 6. Casou-se com a Sra. Antonieta Carvalho Junqueira Machado.

 

Títulos pelo Flamengo:

  • 1919 - Campeão do Torneio Triangular do Rio de Janeiro (Troféu América Fabril).
  • 1920 - Campeão Carioca, Campeão do Torneio Início e da Taça Sport Club Mackenzie.
  • 1921 - Campeão Carioca e da Taça Ypiranga.
  • 1922 - Campeão do Torneio Início e do Torneio América Fabril.
  • 1923 - Campeão do Torneio América Fabril, Troféu Carioca Football Club e do Troféu Petropolitano.
  • 1925 - Campeão Carioca,  Troféu Torre Sport Club, Troféu Agência Hudson, Troféu Jornal do Commércio de Pernambuco e do Troféu Sérgio de Loreto.

 

Fontes:

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha