No início dos anos 60, logo após a criação do Campeonato Mineiro, a Federação Mineira de Futebol iniciou um planejamento visando a diminuição de equipes na competição – em 1959, 17 equipes chegaram a disputar a fase classificatória, e a FMF queria um campeonato com 12 times. Assim, em 1960 o regulamento da competição já contemplava o descenso de duas associações para a Primeira Divisão que seria criada, e o fardo do primeiro rebaixamento coube às equipes do Curvelo e do Metalusina.

Em janeiro de 1961 a FMF publicou o regulamento da competição e as exigências para as associações que quisessem tornar-se profissionais. Um total de 20 equipes aventuraram-se na primeira edição do torneio, que foi dividido em duas zonas – Centro e Triângulo – e estas, divididas cada uma em subzonas A e B, num total de 4 grupos de 5.

Os pioneiros das divisões de acesso mineiras foram:

Araguari Atlético Clube (Araguari)
Associação Atlética Caldense (Poços De Caldas)
Associação Esportiva Ituiutabana (Ituiutaba)
Dorense Futebol Clube (Dores do Indaiá)
Esporte Clube Caratinga (Caratinga)
Esporte Clube Itaúna (Itaúna)
Esporte Clube Mamoré (Patos de Minas)
Esporte Clube Palmeirense (Ponte Nova)
Ferroviário Atlético Clube (Divinópolis)
Fluminense Futebol Clube (Araguari)
Independente Atlético Clube (Uberaba)
Itaú Esporte Clube (Contagem)
Itaú Esporte Clube (Itaú de Minas*)
Minas Esporte Clube (Nova Era)
Nacional Futebol Clube (Uberaba)
Paraense Esporte Clube (Pará de Minas)
Uberlândia Esporte Clube (Uberlândia)
URT – União Recreativa dos Trabalhadores (Patos de Minas)
Vera Cruz Futebol Clube (Betim)
Vila Esporte Clube (Formiga)

* À época, Itaú de Minas era distrito de Pratápolis, MG.

A fórmula de disputa era simples: os campeões das subzonas decidiram os títulos das zonas, e os campeões destas decidiram o título do certame. Este, por sua vez, teria que disputar um “rebolo” contra o 12º colocado da Divisão Extra de 1961, uma vez que o 13º e 14º seriam rebaixados.

Zona Centro - Subzona A

Data Mandante Placar Visitante
16/07/61 Caratinga 3 x 1 Minas (N. Era)
16/07/61 Palmeirense 2 x 4 Vera Cruz
23/07/61 Ferroviário 2 x 1 Caratinga
23/07/61 Minas (N. Era) 2 x 4 Palmeirense
30/07/61 Palmeirense 0 x 0 Ferroviário
30/07/61 Vera Cruz 2 x 0 Minas (N. Era)
06/08/61 Caratinga 1 x 1 Vera Cruz
06/08/61 Ferroviário 3 x 0 Minas (N. Era)
13/08/61 Palmeirense 1 x 0 Caratinga
13/08/61 Vera Cruz 0 x 1 Ferroviário
27/08/61 Ferroviário 2 x 0 Palmeirense
27/08/61 Minas (N. Era) 0 x 1 Caratinga
03/09/61 Caratinga 0 x 1 Ferroviário
03/09/61 Palmeirense 0 x 1 Minas (N. Era)
10/09/61 Ferroviário 2 x 1 Vera Cruz
17/09/61 Minas (N. Era) 0 x 1 Ferroviário
17/09/61 Vera Cruz 6 x 1 Palmeirense
24/09/61 Minas (N. Era) 1 x 1 Vera Cruz
24/09/61 Caratinga 6 x 0 Palmeirense
01/10/61 Vera Cruz 1 x 4 Caratinga

 

Classificação:

Pos Nome Pts J V E D GF GC
1 Ferroviário 15 8 7 1 0 12 2
2 Caratinga 9 8 4 1 3 16 7
3 Vera Cruz 8 8 3 2 3 16 12
4 Palmeirense 5 8 2 1 5 8 21
5 Minas (N. Era) 3 8 1 1 6 5 15

 

Zona Centro – Subzona B

Rodada Data Mandante Placar Visitante
1 16/07/61 Caldense 1 x 0 Itaú (Contagem)
1 16/07/61 Vila 0 x 3 Itaúna
2 23/07/61 Itaú (Contagem) 3 x 0 Vila
2 23/07/61 Itaúna 3 x 3 Paraense
3 30/07/61 Paraense 1 x 4 Itaú (Contagem)
3 30/07/61 Vila 1 x 0 Caldense
4 06/08/61 Caldense 1 x 0 Itaúna
4 06/08/61 Paraense 1 x 0 Vila
5 13/08/61 Itaú (Contagem) 1 x 0 Itaúna
5 13/08/61 Paraense 5 x 2 Caldense
6 27/08/61 Itaú (Contagem) 2 x 1 Caldense
6 27/08/61 Itaúna 0 x 2 Vila
7 03/09/61 Paraense 1 x 2 Itaúna
7 03/09/61 Vila 0 x 0 Itaú (Contagem)
8 10/09/61 Caldense 2 x 1 Vila
8 10/09/61 Itaú (Contagem) 2 x 1 Paraense
9 17/09/61 Vila 2 x 1 Paraense
9 17/09/61 Itaúna 0 x 1 Caldense
10 24/09/61 Caldense 4 x 0 Paraense
10 24/09/61 Itaúna 2 x 4 Itaú (Contagem)

 

Classificação

Pos Nome Pts J V E D GF GC SG
1 Itaú (Contagem) 13 8 6 1 1 16 6 10
2 Caldense 10 8 5 0 3 12 9 3
3 Vila EC 7 8 3 1 4 6 10 -4
4 Itaúna 5 8 2 1 5 10 13 -3
5 Paraense 5 8 2 1 5 13 19 -6

 

Zona Centro – Final

1º jogo – 08/10/1961 – Itaú (Contagem) 2×3 Ferroviário – Estádio Jorge Dias de Oliva, Contagem
2º jogo – 29/10/1961 – Ferroviário 3x0 Itaú (Contagem) – Estádio Benjamim de Oliveira (Esplanada), Divinópolis

Com estes resultados, o Ferroviário sagrou-se campeão da Zona Centro e classificou-se à final da Primeira Divisão.

Zona Triângulo – Subzona A

Data Mandante Placar Visitante
16/07/61 Fluminense 3 x 1 Ituiutabana
16/07/61 Uberlândia 3 x 0 Itaú (I. de Minas)
23/07/61 Araguari 0 x 0 Fluminense
23/07/61 Itaú (I. de Minas) 2 x 0 Ituiutabana
30/07/61 Fluminense 1 x 1 Uberlândia
30/07/61 Ituiutabana 1 x 0 Araguari
06/08/61 Itaú (I. de Minas) 3 x 0 Fluminense
06/08/61 Uberlândia 2 x 1 Ituiutabana
13/08/61 Araguari 0 x 0 Itaú (I. de Minas)
20/08/61 Araguari 1 x 1 Uberlândia
27/08/61 Itaú (I. de Minas) 1 x 0 Uberlândia
27/08/61 Ituiutabana 2 x 3 Fluminense
03/09/61 Fluminense 2 x 1 Araguari
03/09/61 Ituiutabana 0 x 2 Itaú (I. de Minas)
10/09/61 Araguari 5 x 0 Ituiutabana
10/09/61 Uberlândia 7 x 0 Fluminense
17/09/61 Fluminense 0 x 3 Itaú (I. de Minas)
17/09/61 Ituiutabana 0 x 2 Uberlândia
24/09/61 Itaú (I. de Minas) 6 x 0 Araguari
01/10/61 Uberlândia 1 x 0 Araguari

 

Classificação

Pos Nome Pts J V E D GF GC SG
1 Itaú (I. de Minas) 13 8 6 1 1 17 3 14
2 Uberlândia 12 8 5 2 1 17 4 13
3 Fluminense 8 8 3 2 3 9 18 -9
4 Araguari 5 8 1 3 4 7 11 -4
5 Ituiutabana 2 8 1 0 7 5 19 -14

 

Zona Triângulo – Subzona B

Rodada Data Mandante Placar Visitante
1 16/07/61 Independente 2 x 3 Nacional
1 16/07/61 URT 1 x 2 Mamoré
2 23/07/61 Mamoré 4 x 0 Dorense
2 23/07/61 Nacional 1 x 1 URT
3 30/07/61 Independente 1 x 1 Mamoré
3 30/07/61 URT venceu Dorense
4 06/08/61 Dorense 4 x 1 Independente
4 06/08/61 Mamoré 1 x 3 Nacional
5 13/08/61 Dorense 1 x 3 Nacional
5 13/08/61 Independente 5 x 1 URT
6 27/08/61 URT 0 x 1 Nacional
6 27/08/61 Dorense ? Mamoré
7 03/09/61 Independente 6 x 1 Dorense
7 01/10/61 Nacional 0 x 1 Mamoré
8 10/09/61 Dorense ? URT
8 10/09/61 Mamoré 0 x 0 Independente
9 24/09/61 Nacional 3 x 0 Dorense
9 24/09/61 URT ? Independente
10 08/10/61 Mamoré 1 x 0 URT
10 08/10/61 Nacional 3 x 3 Independente

Nota: desconhecem-se os placares de URT x Dorense, Dorense x Mamoré, Dorense x URT e URT x Independente.

 

Classificação

Pos Nome Pts J V E D GF GC SG
1 Nacional 12 8 5 2 1 17 9 8
2 Mamoré 10 7 4 2 1 10 5 5
3 Independente 7 7 2 3 2 18 13 5
4 URT 3 6 1 1 4 3 10 -7
5 Dorense 2 6 1 0 5 6 17 -11

 

Zona Triângulo – Final

1º jogo – 22/10/1961 – Itaú (I. de Minas) 3×1 Nacional – Estádio Jorge Dias de Oliva, Itaú de Minas
2º jogo – 29/10/1961 – Nacional 1×0 Itaú (I. de Minas) –  Estádio Juscelino Kubitschek, Uberaba
3º jogo – 05/11/1961 – Itaú (I. de Minas) 1×0 Nacional – jogo realizado em Araguari, em campo neutro

Com estes resultados, o Itaú sagrou-se campeão da Zona Triângulo e classificou-se à final da Primeira Divisão.

FINAIS DO CAMPEONATO

1º jogo – 19 de novembro de 1961
FERROVIÁRIO 0×1 ITAÚ
Local: Estádio Benjamim de Oliveira (Esplanada) – Divinópolis, MG
Árbitro: José Maria Gomes – Assistentes: Graça Filho, Edmundo Soares
Renda: Cr$ 98.000,00
Gol: Haroldo 82′
FERROVIÁRIO: Tito, Eurico, Gaspar; Lúcio, Ceci (Delcir), Expedito; Pinduca, Chinelo, Alvinho, Gutemberg, Romeu.
ITAÚ: Aldo, Orlando, Aguiar; Haroldo, Candão, Barcelona; Fausto, Rilson, Dorival (Boizinho), Zezé, Amaro.

2º jogo – 26 de novembro de 1961
ITAÚ 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Estádio Municipal Engenheiro Jorge Dias de Oliva – Itaú de Minas, MG
Árbitro: Withan Marinho – Assistentes: Pedro Pereira, Graça Filho
Renda: Cr$ 118.000,00
Gols: Zezé 54′, Dorival 70′, Rilson 76′.
ITAÚ: Aldo, Orlando, Aguiar; Barcelona, Candão, Zezé; Fausto, Rilson, Dorival, Amaro (Baianinho), Haroldo.
FERROVIÁRIO: Tito, Eurico, Gaspar; Lúcio, Gutemberg, Ivanir; Altair, Alvinho, Chinelo, Grilo (Silas), Romeu.

Com estes resultados, o Itaú sagrou-se campeão da Primeira Divisão de Profissionais, classificando-se para a repescagem contra o Bela Vista, que terminou empatado em 11º com o Renascença na Divisão Extra de 1961 mas perdeu o desempate, jogado após meses de batalhas jurídicas que deram ao já rebaixado Sete de Setembro os pontos de uma derrota para o clube tecelão (errata):

Desempate pelo 11º lugar – Divisão Extra 1961

1º jogo – 13/05/1962 – Renascença 2×3 Bela Vista – Estádio Otacílio Negrão de Lima, Belo Horizonte
2º jogo – 17/05/1962 – Bela Vista 1×4 Renascença – Estádio Presidente Antônio Carlos, Belo Horizonte
3º jogo – 19/05/1962 – Renascença 2×0 Bela Vista – Estádio Independência, Belo Horizonte

Por perder o desempate, o Bela Vista classificou-se para a repescagem contra o Itaú:

1º jogo – 03/06/1962 – Itaú (I. de Minas) 1×0 Bela Vista – Estádio Municipal Jorge Dias de Oliva, Itaú de Minas
2º jogo – 10/06/1962 – Bela Vista 2×0 Itaú (I. de Minas) – Estádio Santa Luzia, Sete Lagoas
3º jogo – 13/06/1962 – Itaú (I. de Minas) 2×2 Bela Vista – Estádio Otacílio Negrão de Lima, Belo Horizonte - Na prorrogação: 0×0

Após a prorrogação, o Bela Vista foi declarado vencedor da repescagem pelo critério de goal average – 1,33 x 0,75.

Curiosidade: os dois Itaú, como oriundos da Cia. Cimento Portland Itaú, tinham seus estádios batizado em homenagem ao engenheiro Jorge Dias de Oliva, diretor da empresa. Havia também um terceiro clube chamado Itaú situado em outra cidade onde a empresa operava, em São José da Lapa-MG (distrito de Vespasiano-MG até 1992).

Fonte da pesquisa: Hemeroteca Histórica de Belo Horizonte – jornais Diário da Tarde, Estado de Minas, Folha de Minas e Folha de Ituiutaba

© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha