O Syrio e Libanez Athletico Club foi uma agremiação da cidade do Rio de Janeiro (RJ). Fundado no dia 1º de Junho de 1921, no Bairro da Tijuca, na Zona Norte do Rio. As suas cores eram o vermelho, o preto e o branco. Seu uniforme era em estilo cobra-coral, ou seja, listrado na horizontal em vermelho e preto separado por linhas brancas mais finas. O Syrio e Libanez disputou a elite do futebol carioca Cinco vezes: 1925, 1926, 1928, 1929 e 1930.

Ao longo dessas cinco participações, o Syrio e Libanez A.C.  o somou 60 pontos, em 96 jogos: com 25 vitórias, Nove empates e 62derrotas; marcando 153 gols e sofrendo 218, fechando com um saldo de menos 65. Apesar do pouco tempo, o Syrio e Libanez A.C.  conseguiu vitórias em cima de todas as grande equipes. O resultado mais expressivo aconteceu justamente na sua última participação, em 1930. No dia 20 de abril, o Syrio e Libanez  aplicou uma sonora goleada sobre o Flamengo pelo placar de 6 a 1.

Time posado de 1925

Além desse resultado, o time conseguiu vitórias sobre o América (3 a 2 e 1 a 0, nos dias 16 de maio de 1926 e 1º de agosto respectivamente); Botafogo (5 a 3, no dia 23 de maio de 1926); Fluminense (3 a 1, no dia 30 de setembro de 1928; 4 a 2, no dia 25 de maio de 1930; e 4 a 1, no dia 20 de novembro de 1930); Bangu (3 a 2, no dia 21 de outubro de 1928); Flamengo (3 a 2, no dia 16 de maio de 1926); Flamengo (3 a 0, no dia 04 de agosto de 1929); Vasco (1 a 0, no dia 28 de setembro de 1930). Abaixo todos os jogos do Syrio e Libanez Athletico Club nas cinco edições dos Estaduais de 1925, 26, 27, 29 e 30.

 

Em 1925, o Syrio e Libanez A.C.  debutou no Campeonato Estadual e não fez feio: ficou em 8ª lugar (num total de 10 equipes), com Oito pontos, em 18 jogos: três vitórias, dois empates e 13 derrotas; marcando 21 gols e sofrendo 44.

 

TIME BASE: Velloso, Rubens e Jaime (Rodrigues); Lemos, Rogério e Válter; Jocelino (Gentil), Rhodas, Celso, Ismael (Paduá) e Amphrísio.

 

Todos os jogos do Syrio, no Estadual de 1925

26/04  -           São Cristóvão          4          x          3          Syrio e Libanez

03/05  -           Hellênico                  4          x          1          Syrio e Libanez

10/05  -           Fluminense              3          x          1          Syrio e Libanez

17/05  -           Syrio e Libanez      1          x          2          Bangu

24/05  -           Botafogo                   3          x          1          Syrio e Libanez

31/05  -           América                     2          x          1          Syrio e Libanez

07/06  -           Syrio e Libanez      1          x          5          Flamengo

14/06  -           Syrio e Libanez      1          x          1          Vasco

28/06  -           Syrio e Libanez      4          x          2          SC Brasil

05/07  -           Syrio e Libanez      1          x          0          São Cristóvão

12/07  -           Syrio e Libanez      1          x          0          Hellênico

11/10  -           Syrio e Libanez      2          x          4          Fluminense

18/10  -           Bangu                       1          x          1          Syrio e Libanez

25/10  -           SC Brasil                  2          x          0          Syrio e Libanez

01/11  -           Flamengo                 2          x          0          Syrio e Libanez

22/11  -           Syrio e Libanez      1          x          3          Botafogo

06/12  -           Vasco                        5          x          1          Syrio e Libanez

13/12  -           Syrio e Libanez      0          x          1          América

 

 

Em 1926, o Syrio e Libanez A.C.  conquistou bons resultados e ficou na 7ª colocação (num total de 10 equipes), com 14 pontos, em 18 jogos: seis vitórias, dois empates e 10 derrotas; marcando 36 gols e sofrendo 53.

 

TIME BASE: Cotta, Uruguay e Heitor; Lemos, Rogério (Adolfo) e Rodrigues (Euclydes); Rhodas (Alô), Eduardo, Viola, Álvaro (Aprígio) e Amphrísio (Miro).

 

 

Todos os jogos do Syrio, no Estadual de 1926

04/04  -           SC Brasil                  1          x          2          Syrio e Libanez

18/04  -           Syrio e Libanez      2         x          6          Vasco

21/04  -           Syrio e Libanez      0          x          1          Bangu

02/05  -           Syrio e Libanez      1          x          3          Flamengo

16/05  -           América                     2          x          3          Syrio e Libanez

23/05  -           Botafogo                   3          x          5          Syrio e Libanez

30/05  -           Syrio e Libanez      1          x          3          São Cristóvão

06/06  -           Fluminense              2          x          1          Syrio e Libanez

13/06  -           Villa Isabel                3          x          4          Syrio e Libanez

27/06  -           Syrio e Libanez      3          x          0          SC Brasil

04/07  -           Vasco                        3          x          0          Syrio e Libanez

18/07  -           Flamengo                 2          x          2          Syrio e Libanez

25/07  -           Bangu                       5          x          2          Syrio e Libanez

1º/08   -           Syrio e Libanez      2          x          1          América

08/08  -           Syrio e Libanez      2          x          4          Botafogo

15/08  -           São Cristóvão          7          x          5          Syrio e Libanez

29/08  -           Syrio e Libanez      0          x          6          Fluminense

12/09  -           Syrio e Libanez      1          x          1          Villa Isabel

 

 

O Syrio Libanez não disputou o 1° turno por estar suspenso pela AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athléticos) desde 1927, por entender que o Syrio Libanez não dispunha de campo (o Syrio Libanez usava o campo do S. C. Mangueira na Rua Desembargador Izidro – Tijuca). Em maio de 1928,

os principais conselheiros da AMEA, reunidos em Assembleia, decidiram sobre a volta do Syrio Libanez AC ao campeonato. Contudo, o Syrio Libanez só disputou os jogos do segundo turno em 1928.

Apesar do enorme prejuízo, o Syrio Libanez não terminou na lanterna, ficando na 9ª posição (num total de 11 equipes), com Oito pontos, em 10 jogos: quatro vitórias e seis; marcando 18 gols e sofrendo 25.

 

TIME BASE: Cotta, Gigante e Jaime; Rodrigues, Lolô e Arthur; Esperidião (Álvaro), Alô, Fernando, Baiano e Miro.

 

 

Todos os jogos do Syrio, no Estadual de 1928

08/07  -           Syrio e Libanez      1          x          2          Vasco

05/08  -           Flamengo                 3          x          2          Syrio e Libanez

19/08  -           Andarahy                  4          x          3          Syrio e Libanez

26/08  -           Villa Isabel                1          x          2          Syrio e Libanez

09/09  -           Syrio e Libanez      0          x          4          São Cristóvão

23/09  -           SC Brasil                  1          x          2          Syrio e Libanez

30/09  -           Fluminense              1          x          3          Syrio e Libanez

07/10  -           América                     2          x          1          Syrio e Libanez

12/10  -           Botafogo                   5          x          1          Syrio e Libanez

21/10  -           Bangu                       2          x          3          Syrio e Libanez

 

 

Em 1929, o Syrio e Libanez A.C. ficou na 9ª colocação (num total de 11 equipes), com 13 pontos, em 20 jogos: cinco vitórias, três empates e 12 derrotas; marcando 40 gols e sofrendo 50. O destaque ficou por conta do atacante Fernandes, que terminou como o artilheiro do time com 11 gols.

 

TIME BASE: Cotta (Ismael), Aragão e Rodrigues; Arnô, Lolô e Arthur; Alô, Baiano (Esperidião), Gentil (Fernandes), Miro (Aprígio) e Catita (Aprígio).

 

Todos os jogos do Syrio, no Estadual de 1929

07/04  -           Syrio e Libanez      2          x          3          Botafogo

14/04  -           Syrio e Libanez      3          x          4          Vasco

21/04  -           Flamengo                 3          x          1          Syrio e Libanez

28/04  -           Andarahy                  3          x          1          Syrio e Libanez

05/05  -           Bangu                       2          x          0          Syrio e Libanez

26/05  -           Syrio e Libanez      2          x          3          América

02/06  -           Syrio e Libanez      3          x          6          Fluminense

09/06  -           SC Brasil                  0          x          1          Syrio e Libanez

16/06  -           Syrio e Libanez      2          x          2          Bonsucesso

14/07  -           São Cristóvão          2          x          1          Syrio e Libanez

21/07  -           Botafogo                   2          x          1          Syrio e Libanez

28/07  -           Vasco                        5          x          1          Syrio e Libanez

04/08  -           Syrio e Libanez      3          x          0          Flamengo

11/08  -           Syrio e Libanez      8          x          0          Andarahy

18/08  -           Syrio e Libanez      2          x          1          Bangu

22/09  -           América                     5          x          1          Syrio e Libanez

26/09  -           Fluminense              1          x          1          Syrio e Libanez

06/10  -           Syrio e Libanez      2          x          2          SC Brasil

20/10  -           Bonsucesso                         3          x          1          Syrio e Libanez

27/10  -           Syrio e Libanez      4          x          3          São Cristóvão

 

 

Na sua última participação, em 1930, o Syrio e Libanez A.C. terminou em 7º lugar (num total de 11 equipes), com 16 pontos, em 20 jogos: sete vitórias, dois empates e 11 derrotas; marcando 37 gols e sofrendo 46.

 

TIME BASE: Ismael, Aragão (Fernandes) e Rodrigues; Arnô, Lolô e Arthur; Lolô, Arnô e Aribar (Marcelo); Esperidião, Almeida, Cozinheiro, Miro e Catita.

Todos os jogos do Syrio, no Estadual de 1930

06/04  -           Botafogo                   4          x          0          Syrio e Libanez

13/04  -           Vasco                        3          x          1          Syrio e Libanez

20/04  -           Syrio e Libanez      6          x          1          Flamengo

27/04  -           Syrio e Libanez      2          x          1          Andarahy

04/05  -           Syrio e Libanez      2          x          0          Bangu

18/05  -           América                     5          x          1          Syrio e Libanez

25/05  -           Fluminense              2          x          4          Syrio e Libanez

01/06  -           SC Brasil                  1          x          2          Syrio e Libanez

08/06  -           Bonsucesso                         4          x          2          Syrio e Libanez

14/09  -           Syrio e Libanez      0          x          1          São Cristóvão

21/09  -           Syrio e Libanez      0          x          1          Botafogo

28/09  -           Syrio e Libanez      1          x          0          Vasco

05/10  -           Flamengo                 2          x          1          Syrio e Libanez

12/10  -           Andarahy                  3          x          1          Syrio e Libanez

19/10  -           Bangu                       2          x          2          Syrio e Libanez

09/11  -           Syrio e Libanez      1          x          1          América

20/11  -           Syrio e Libanez      4          x          1          Fluminense

23/11  -           Syrio e Libanez      4          x          5          SC Brasil

30/11  -           Syrio e Libanez      0          x          1          Bonsucesso

07/12  -           São Cristóvão          8          x          3          Syrio e Libanez

 

Após a sua saída do campeonato carioca, Syrio e Libanez A.C. foi perdendo força até fechar às portas na década de 30. É importante esclarecer que atualmente há o Clube Sírio e Libanês, que mudou de endereçedo saindo do Bairro de Botafogo e agora possui a sua nova sede no Bairro do Recreio dos Bandeirentes, na Zona Oeste. Só que esse clube não tem nenhuma relação com o antigo Syrio e Libanez Athletico Club.

 

FONTES: O Livro ‘História dos Campeonatos Cariocas de Futebol 1906 / 2010’, de Roberto Assaf e Clóvis Martins – Revista Fon-Fon  

 

O Estádio da Praia Vermelha foi a casa do Sport Club Brasil, Localizado no Bairro da Urca, Zona Sul do Rio (RJ). Essas fotos são raríssimas. Antes, só tinha encontrado uma foto desse Estádio.

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

TURNO ÚNICO

17.04.1954

BOTAFOGO(RJ)

4-3

PALMEIRAS(SP) RIO DE JANEIRO

18.04.1954

FLUMINENSE(RJ)

2-1

INTERNACIONAL(RS) RIO DE JANEIRO

21.04.1954

BOTAFOGO(RJ)

2-2

INTERNACIONAL(RS) RIO DE JANEIRO

25.04.1954

BOTAFOGO(RJ)

2-1

FLUMINENSE(RJ) RIO DE JANEIRO

28.04.1954

FLUMINENSE(RJ)

2-1

PALMEIRAS(SP) RIO DE JANEIRO

01.05.1954

PALMEIRAS(SP)

CAN

INTERNACIONAL(RS) RIO DE JANEIRO


CAMPEÃO – BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS (RIO DE JANEIRO – RJ)

Fonte: Jornal dos Sports / RJ

 

TURNO ÚNICO

20.09.1954

INTERNACIONAL(RS)

4-0

LIVERPOOL(URU)  PORTO ALEGRE

22.09.1954

GRÊMIO(RS)

4-0

LIVERPOOL(URU)  PORTO ALEGRE

26.09.1954

INTERNACIONAL(RS)

6-2

GRÊMIO(RS)  PORTO ALEGRE


CAMPEÃO – SPORT CLUB INTERNACIONAL (PORTO ALEGRE – RS)

Fonte: Arquivos do Autor

 

 

OLARIA AC (RIO DE JANEIRO – RJ)

4

SELEÇÃO DO LÍBANO

1

Data: 11 de abril de 1954

Local: Beirute – Líbano

Juiz: Nal Batian

Caráter: Amistoso Internacional

Gols: Moreno, Jorge, Olavo e J. Alves / Levon

Olaria(RJ): Celso; Osvaldo e Jorge; Moacir, Olavo e Ananias; Roberto, Washington, Maxwell, J. Alves e Moreno.

Seleção do Líbano: não divulgado


Fonte: Jornal dos Sports / RJ

 


FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

Associação Paulista de Esportes Atléticos - 1935

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 

Liga Carioca de Futebol - 1935

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 
ESPANHA FC (SANTOS – SP)

3

BOTAFOGO SC (SALVADOR – BA)

2

DATA: 17 de novembro de 1935 LOCAL: Salvador – BA
JUIZ: Francisco Paim CARÁTER: Amistoso Nacional
GOLS: Chiquinho (2) e Moran / Lindinho e Nezinho
Espanha(SP): Thadeu; Cativeiro e Monte; Ruiz, Dino II e Paco; Plinio, Moran, Chiquinho, Carazzo e Nestor.
Botafogo(BA): Hamilton; Gregorio e Laert; Oscar, Nezinho e Walter; Abelardo, Cabeça de Boi, Palito, Lindinho e Inácio.

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

Interessante nota publicada no Jornal A Tribuna de Santos/SP em sua edição de 15 de outubro de 1935. O que demonstra que as pequenas equipes já viviam enormes dificuldades financeiras naquela época:

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

DATA: 29 DE SETEMBRO DE 1935
LOCAL: SANTOS / SP

2º QUADROS

JABAQUARA FC (Santos)

0-0

AA PENHA (Santos)

2º QUADROS

NOVA CINTRA FC (Santos)

1-1

1º DE MAIO FC (Santos)

1º QUADROS

JABAQUARA FC (Santos)

1-0

AA PENHA (Santos)

1º QUADROS

NOVA CINTRA FC (Santos)

0-0

1º DE MAIO FC (Santos)

Fonte: A Tribuna de Santos / SP

 
JABAQUARA AC (SANTOS – SP)

1

COMERCIAL SANTISTA FC (CUBATÃO – SP)

0

DATA: 10 de maio de 1964 LOCAL: Cubatão – SP
JUIZ: Victor Hornick CARÁTER: Amistoso Nacional
GOL: Grasseto (contra)
Jabaquara(SP): Chico; Jacovisk, Jacó e Oreco; Eliseu e Elefante; Deodato, Euclides, Torrado, Ari e Totó.
Comercial Santista(SP): Grasseto; Elci, Natanael e Jordan; Waldir e Flávio; Maneco, Bodinho, Dito, Cobrinha e Lula.

Fonte: Jornal A Tribuna de Santos/SP

 
   

1º TURNO

2º TURNO

VIDROBRÁS GUAMIUM

13-0

5-0

VIDROBRÁS UNIÃO FERROVIÁRIO

4-0

5-0

VIDROBRÁS INDUSTRIAL

5-4

W0-0

VIDROBRÁS BANGU

3-0

4-0

VIDROBRÁS CONTINENTAL

3-1

4-2

VIDROBRÁS PRIMAVERA

7-0

W0-0

VIDROBRÁS CAMPO BELO

2-1

3-1

VIDROBRÁS COMERCIAL

6-3

3-2

VIDROBRÁS SPORTING

5-1

9-1

VIDROBRÁS FLUMINENSE

4-2

3-1

VIDROBRÁS PORTUGUESA

0-1

3-0

Fonte: Jornal A Tribuna de Santos / SP

 

Aliança Football Club foi uma agremiação da cidade de Itacoatiara (AM). Foi Fundado no dia 13 de maio de 1915, por um grupo de rapazes da região. O campo da equipe Alvirrubra ficava localizado na Praça Marechal Deodoro.

 

FOTO: Revista Fon-Fon 

 

FOTOS: Revista Fon-Fon 

 

CLAS

EQUIPE

PP

01º

CLUBE INTERNACIONAL DE REGATAS

04

02º

SANTOS FUTEBOL CLUBE

08

03º

SÃO VICENTE PRAIA CLUBE

10

04º

CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA

11

05º

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PORTUGUESA

13

06º

CLUBE SÍRIO LIBANÊS

14

Fonte: A Tribuna de Santos / SP

 

ANDARAHY A.C. (RJ)       1          X         5          S.C. CORINTHIANS (SP)

LOCAL: Estádio da Rua Serzedello Correa (atual Rua Barão de São Francisco), no bairro do Andaraí, na Zona Norte do Rio (RJ).

DATA: Domingo, do dia 04 de Dezembro de 1921

CARÁTER: Amistoso Estadual

ÁRBITRO: Villas Boas.

ANDARAHY: Otto; Americano e Caratori; Nicolino, Braulio e Arthur; João, Gilabert, Waldemar, Russinho e Machado.

CORINTHIANS: Mario; Gano e Nando; Raphael, Amilcar e Roverso; Américo, Neco, Garcia, Tatú e Ratinho.

GOLS: Ratinho, Américo (2), Garcia e Neco (Corinthians); Waldemar, de pênalti (Andaray).

 

 

FONTES & FOTOS: O Malho – Revista Fon-Fon

 

Comercial Santista Futebol Clube (Cubatão-SP) - 1963

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 
C ATLÉTICO M (BELO HORIZONTE – MG)

2

JABAQUARA AC (SANTOS – SP)

1

DATA: 14 de março de 1963 LOCAL: Estádio Ulrico Mursa, em Santos / SP
JUIZ: Romualdo Arppi Filho CARÁTER: Amistoso Nacional
GOLS: Noemio e Dinah / Rubens Sales
Atlético(MG): Valter; Reginaldo, Bueno e Eduardo; Clebis e Dinah; Toninho, Afonsinho, Nilson (Mário), Fifi e Noemio.
Jabaquara(SP): Dudízio; Sula (Elísio), Del Pozzo e Macedo; Neiva e Carlão; Batista (Ednir), Cabrita, Rubens Sales, Alcides (Bragança) e Soares.


Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 

Esporte Clube São Bento (Sorocaba-SP) - 1963

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 

Itapema Futebol Clube (Guarujá-SP) - 1963

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 
JABAQUARA AC (SANTOS – SP)

2

EC PALMEIRENSE (SANTA CRUZ DAS PALMEIRAS – SP)

0

DATA: 07 de abril de 1963 LOCAL: Santa Cruz das Palmeiras – SP
JUIZ: José Marcondes CARÁTER: Amistoso Nacional
GOLS: Cabrita e Rubens Sales
Jabaquara(SP): Dudízio (Roberto); Sula, Del Pozzo e Macedo; Rubens Sales e Elísio; Barra, Lucio (Neiva), Cabrita, Célio e Soares.
Palmeirense(SP): Brocado; Jair, Ivan e Hamilton; Zé Renato e Alemão; Mauro, Joãozinho, Nico, Sartori e Zé Bortoni.
Obs.: Após a partida, a diretoria do Palmeirense ofereceu um jantar a delegação santista.

Fonte: A Tribuna de Santos/SP

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

Na Usina do Queimado, que hoje integra a área urbana da cidade, mas na época era considerada parte rural de Campos e que se distância apenas 3 km do centro, um grupo de funcionários que sempre se reuniam nas horas de folga para jogarem futebol, nasceu à ideia de se formar um clube para se filiar à Liga Campista de Desportos (LCD) e que se fizesse presente nos campeonatos promovidos por essa entidade.
Liderados por Laudelino Batista e Antônio da Silva Sá, que respectivamente foram o primeiro presidente e vice do clube, procuraram os irmãos Julião e Inácio Nogueira, proprietários da usina e grandes admiradores dos esportes em geral, que gostaram muito da ideia e não só autorizaram a criação do time, como também colaboraram em muito para o seu desenvolvimento.

Em reunião ocorrida no dia 24 de abril de 1932, data oficial de fundação do clube, no pátio da usina e secretariada pelo jornalista e maestro Prisco de Almeida, ficou definido que o clube se chamaria Sport Club Aliança (apesar do mesmo nome, não pode ser confundido com o Aliança Foot-Ball Club, o segundo clube fundado na cidade de Campos, em 1912) e as cores foram inspiradas no ambiente que os cercavam: o verde dos canaviais e o branco do açúcar.
A primeira partida do Sport Club Aliança foi disputada no dia 24 de abril de 1932 (mesmo dia da fundação) contra o Industrial, no campo do Goytacaz, na Lapa, e terminou em um empate de 1 x 1.


Contando com um bom complexo esportivo, composto por dois campos de futebol, quadras de vôlei, basquete e tênis, o Aliança, alcançou o seu apogeu com apenas cinco anos de existência, quando conquistou um tricampeonato campista nos anos de 1937, 1938 e 1939 e, logo depois, também de forma meteórica, desapareceu, não chegando a era do futebol profissional de Campos.
Apesar de seus poucos anos de vida, o Aliança foi uma das forças futebolísticas da cidade em sua época, sendo até difícil de imaginar como uma equipe vitoriosa e com o suporte de uma empresa como a Usina do Queimado, na fase áurea da cana de açúcar, tenha desaparecido tão precocemente.
Vários jogadores de destaque tiveram passagem pelo clube, nomes como: Cláudio, Carbono, Lessa, Vicente, Rebite, Irineu e Evaldo Freitas.
Foi também de seus quadros, que saiu para o Vasco da Gama, o grande jogador Lelé, titular absoluto do time carioca que, na década de 40, conquistou vários títulos, entre eles o campeonato sul americano de 1946 e entrou para a história conhecido como o “Expresso da Vitória”.
Hoje o local já não apresenta mais as paisagens dos vastos canaviais de outrora, que perderam espaço para a construção de novos bairros, em nome do progresso, do desenvolvimento e da ganância dos homens. Mas o prédio da velha usina, inaugurada em 6 de agosto de 1880, ainda permanece de pé, imponente, apesar de há muito desativado, tendo seu espaço físico usado, eventualmente, como casa de shows e boate, mas ainda marca na memória de muitos, que viveram os anos dourados do futebol de Campos, uma época que não volta mais.

 

FONTE: Aristides Leo Pardo, Tide - Sport Ilustrado

 

Equipe de 1920

 

Equipe de 1933

Equipe de 1941 (profissional)

 

Participaram do campeonato as seguintes ligas:

Associação Campista de Esportes Terrestres (ACET) – CAMPOS
Associação Iguassuana de Esportes (AIE) – NOVA IGUAÇU
Associação Leste Fluminense de Esportes Athleticos (ALFEA) – CABO FRIO
Associação Petropolitana de Sports (APS) – PETRÓPOLIS
Associação Serrana de Esportes Athleticos (ASEA) – NOVA FRIBURGO
Associação Sudoeste Fluminense de Esportes Athleticos (ASFEA) – PARAÍBA DO SUL
Associação Therezopolitana de Esportes Athleticos (ATEA) – TERESÓPOLIS
Liga Esportiva Norte Fluminense (LENF) – MIRACEMA
Liga Esportiva Sul Fluminense (LESF) – BARRA DO PIRAÍ
Liga Nictheroyense de Football (LNF) – NITERÓI

Observem que muitas das mesmas eram ligas regionais, e não apenas municipais. Caso da campeã Liga Esportiva Sul Fluminense, que tinha clubes de Barra do Piraí, Barra Mansa etc.

Contudo, era costume de alguns jornais considerar as seleções como sendo representantes da cidade onde as mesmas estavam sediadas. Por isso, o título da Liga Esportiva Sul Fluminense costuma ser contabilizado como um título da Seleção de Barra do Piraí.

 

Demorou, mas encontrei. Sempre vi nas fotos do Barreto Football Club o primeiro escudo abaixo. Embora pudesse identificar o seu formato, não podia precisar o que tinha dentro do mesmo. Mas achei uma imagem da bandeira em “A Revista”, de Niterói, que esclareceu o conteúdo do escudo: um simples monograma.

Já o escudo redondo, em estilho semelhante ao do América Football Club-RJ, foi usado apenas em 1924. Em 1925 o escudo antigo voltou a ser usado e, pelo visto, até o fim das atividades do clube. Por falta de um escudo melhor, sempre utilizei esse nas minhas ilustrações. Oriento os colegas que atualizem seus arquivos.

 

FOTO: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

 

FOTOS: Revista Fon-Fon

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha