Grêmio Esportivo Juventus em 1971

A primeira edição da Taça dos Municipios teve a participação das seguintes equipes da região norte de Santa Catarina.

Baependi (Jaraguá do Sul)

Continental (Rio Negrinho)

Dom Pedro II (Corupá)

Ipiranga (Rio Negrinho)

Juventus (Jaraguá do Sul)

Operário (Mafra)

Peri Ferroviário (Mafra)

 

Final

PeriFerroviário 2 x 2 Juventus

Data: 11/3/1972

Estádio: Ildefonso Mello (Mafra)

Árbitro: Benjamin Borges

Juventus –  Brigido; Lico, Adolfo, Rubens e Faraco; Paranaguá, Nandas e Nelsinho; Waldir, Aécio e Roquinho.

- Com o empate, o Grêmio Esportivo Juventus ficou com o título.

Fontes: A Notícia, LJD, Correio do Povo.

Foto: Arquivo Histórico GE Juventus

 

 

Todos os jogos foram realizados na data de 24 de abril de 1932, no estádio da Chácara da Floresta.

 

1º jogo – Palestra Italia x C.A. Ypiranga

Juiz: Paulo Wenzel

Palestra: Figueira, Rivetti e Magalhães. Adolfo, Xingo e Garcia. Faccioli, Ambrosine, Sandro, Armandinho e Imparato.

Ypiranga: Ratto, Bruno e Roval. Nilo, Santos e Gallet. Figueiredo, Moreschi, Nelson, Dias e Fellipeli.

O Palestra classificou-se: dois escanteios contra um escanteio do Ypiranga.

 

2º jogo – S.C. Syrio x SC Germania

Juiz: Enéas Sgarzi

Syrio: Abdalla, Chaves e Ferreira. Del Grande, Vanni e Tuffi. Del Pero, Waldemar, Petronilho, Pedrinho e Vicente.

Germania: Pedro, Moura e Antunes. Cayuba, Carneira e Ferreira. Patricio, José, Chimenti, Mayrena e Corsato.

O Syrio classificou-se: dois gols de Petronilho e um escanteio contra dois escanteios do Germania.

 

3º jogo – S.C. Internacional x Portugueza de Esportes

Juiz: Antonio Sotero de Mendonça

Internacional: Piva, Pastore e Agostinho. Rossi, Bastos e Manggione. Pelluzzo, Carlos, Heitor, Arantes e Vicente.

Portugueza: Waldemar, Passarine e Duarte. Xará, Waldomiro e Del Nero. Guilherme, Pixo, Carioca, Alberto e Zequinha.

O Internacional classificou-se: Um gol de Pelluzzo e um escanteio contra um escanteio da Portugueza.

 

4º jogo – A.A. São Bento x C.A. Santista

Juiz: José Folker

São Bento: Amparo, Mesquita e Votorantim. Ruiz, Duilio e Pacco. Caetano, Moura, Barrilotti, Bindo e Waldemar.

Santista: Lazaro, Nenucho e Pintanella. Bisoca, Zarzur e Goulart. David, Gy, Nabor, Mena e Selesio.

O C.A. Santista classificou-se: um escanteio contra nenhum da A.A. São Bento.

 

5º jogo – S.C. Corinthians Paulista x Santos F.C.

Juiz: Carlos Friedenreich

Corinthians: Hamos, Neco e Conti. Sala, Rizieri e Joãozinho. Orlando, Zuza, Mamede. Mingo e Ratto.

Santos: Victor, Meira 2º e Feitiço. Zinho, Agostinho e Abreu. Victor, Armandinho, Strauss, Ceppo e Hugo.

O Santos F.C. classificou-se: Dois gols (Armandinho e Agostinho) e um escanteio contra um escanteio do Corinthians.

 

6º jogo: São Paulo F.C. x C.A. Juventus

Juiz: Attilio Grimaldi

São Paulo: Joãozinho, Clodoaldo e Barthô. Iracy, Bino e Fábio. Luizinho, Armandinho, Friedenreich, Araken e Junqueira.

Juventus: José, Segalla e Piola. Joãozinho, Brandão e Carlos. Raul, Nico, Orlando, Moacyr e Euvaldo.

O São Paulo F.C. classificou-se: um gol de Barthô e um escanteio contra um escanteio do C.A. Juventus.

 

SEMIFINAIS

 

7º jogo: Palestra Italia x S.C. Syrio

Juiz: Victorio Sylvestre

Syrio: Abdalla, Chaves e Ferreira. Del Grande, Vanni e Tuffi. Caetano, Waldemar, Petronilho, Pedrinho e Vicente.

Palestra Italia: Figueira, Rivetti e Magalhães. Adolfo, Xingo e Garcia. Faccioli, Ambrosine, Sandro, Armandinho e Imparato.

O Palestra Italia classificou-se: um gol de Imparato e um escanteio contra um escanteio do S.C. Syrio.

 

8º jogo: S.C. Internacional x C.A. Santista

Juiz: Antonio Sotero de Mendonça

Internacional: Piva, Pastore e Agostinho. Rossi, Bastos e Manggione. Pelluzzo, Carlos, Heitor, Arantes e Vicente.

Santista: Lazaro, Nenucho e Pintanella. Pennaforte, Zarzur e Goulart. David, Gy, Nabor, Mena e Selesio.

O C.A. Santista classificou-se: um gol de Gy e dois escanteios contra nenhum do S.C. Internacional.

 

9º jogo: Santos F.C. x São Paulo F.C.

Juiz: Carlos Strobel

Santos: Victor, Meira 2º e Feitiço. Zinho, Agostinho e Abreu. Victor, Armandinho, Miguelzinho, Ceppo e Hugo.

São Paulo: Joãozinho, Clodoaldo e Barthô. Iracy, Bino e Fábio. Luizinho, Armandinho, Friedenreich, Araken e Junqueira.

O São Paulo F.C. classificou-se: dois gols (Araken e Armandinho) contra um gol do Santos F.C. (Feitiço) e um escanteio.

 

10º jogo: Palestra Italia x C.A. Santista

Juiz: Antonio Sotero de Mendonça

Palestra Italia: Figueira, Rivetti e Magalhães. Adolfo, Xingo e Giglio. Faccioli, Ambrosine, Sandro, Armandinho e Imparato.

Santista: Lazaro, Nenucho e Pintanella. Pennaforte, Zarzur e Goulart. David, Gy, Nabor, Mena e Selesio.

O Paletra Italia classificou-se: dois escanteios contra um escanteio do C.A. Santista.

FINAL

11º Palestra Italia x São Paulo F.C.

Juiz: Antonio Sotero de Mendonça

Palestra Italia: Figueira, Rivetti e Magalhães. Adolfo, Xingo e Giglio. Faccioli, Ambrosine, Sandro, Armandinho e Imparato.

São Paulo: Joãozinho, Clodoaldo e Barthô. Iracy, Bino e Fábio. Luizinho, Armandinho, Friedenreich, Araken e Junqueira.

O São Paulo F.C. sagrou-se campeão: 1 gol (Barthô) e um escanteio contra nenhum do Palestra italia.

 

Fonte: Diário Nacional

 

 

 

Dinamo Zagreb (Iugoslávia) - 1953

 

 

Associação Atlética Ferroviária (Pindamonhangaba-SP) - 1931

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Esporte Clube XV de Novembro (Jaú-SP) - 1945

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Hydercroft Football Club (Jundiaí-SP) - 1914

Fonte Gazeta Esportiva – SP

 

Paulista Futebol Clube (Jundiaí-SP) - 1922

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Sport Club Americano (São Paulo-SP) - 1913

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

 

 

Abaixo uma foto com os árbitros paulistas designados para o Campeonato Paulista de 1944. O que chama a atenção são os uniformes, bem diferentes dos usados atualmente.

Árbitros Paulistas - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Uberaba Sport Club (Uberaba-MG) - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Sociedade Esportiva Palmeiras (São Paulo-SP) - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Associação Atlética Portuários (Santos-SP) - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

1º Turno
19/03/1944 Corinthians 7 x 2 Comercial

19/03/1944 Portuguesa 1 x 2 SP Railway

19/03/1944 Santos 3 x 5 Juventus

24/03/1944 Santos 1 x 0 Comercial

25/03/1944 Jabaquara 1 x 0 SP Railway

26/03/1944 Juventus 4 x 0 Port. Santista

26/03/1944 Palmeiras 1 x 2 Ypiranga

26/03/1944 Portuguesa 1 x 1 São Paulo

30/03/1944 Ypiranga 2 x 0 Port. Santista

01/04/1944 SP Railway 0 x 2 São Paulo

02/04/1944 Port. Santista 1 x 1 Palmeiras

02/04/1944 Comercial  2 x 0 Jabaquara

02/04/1944 Ypiranga 2 x 0 Portuguesa

02/04/1944 Corinthians 9 x 4 Juventus

08/04/1944 Ypiranga 0 x 5 São Paulo

09/04/1944 Comercial  2 x 5 SP Railway

09/04/1944 Portuguesa 6 x 2 Juventus

09/04/1944 Jabaquara 3 x 4 Corinthians

09/04/1944 Palmeiras 7 x 1 Santos

15/04/1944 Juventus 5 x 1 Ypiranga

16/04/1944 Jabaquara 1 x 0 Palmeiras

16/04/1944 São Paulo 6 x 3 Comercial

16/04/1944 Corinthians 5 x 1 Port. Santista

21/04/1944 São Paulo 5 x 2 Jabaquara

22/04/1944 Comercial  2 x 4 Palmeiras

23/04/1944 Santos 1 x 3 Ypiranga

23/04/1944 Juventus 3 x 3 SP Railway

23/04/1944 Portuguesa 1 x 3 Corinthians

30/04/1944 Corinthians 0 x 4 Palmeiras

30/04/1944 Port. Santista 2 x 1 Santos

01/05/1944 Jabaquara 1 x 2 Portuguesa

27/05/1944 Comercial  1 x 3 Juventus

28/05/1944 Port. Santista 1 x 3 São Paulo

28/05/1944 Portuguesa 5 x 1 Santos

28/05/1944 Corinthians 6 x 1 SP Railway

28/05/1944 Ypiranga 2 x 2 Jabaquara

04/06/1944 Palmeiras 1 x 2 São Paulo

04/06/1944 Santos 3 x 3 SP Railway

08/06/1944 Port. Santista 3 x 3 Jabaquara

08/06/1944 Palmeiras 3 x 3 SP Railway

11/06/1944 São Paulo 2 x 3 Juventus

11/06/1944 Comercial  3 x 1 Ypiranga

11/06/1944 Santos 1 x 1 Corinthians

18/06/1944 Port. Santista 3 x 2 Comercial

18/06/1944 Juventus 2 x 2 Jabaquara

18/06/1944 São Paulo 14 x 0 Santos

18/06/1944 Palmeiras 0 x 1 Portuguesa

18/06/1944 Ypiranga 0 x 3 SP Railway

24/06/1944 Corinthians 3 x 1 Ypiranga

25/06/1944 Santos 3 x 0 Jabaquara

25/06/1944 Palmeiras 5 x 1 Juventus

25/06/1944 SP Railway 5 x 1 Port. Santista

25/06/1944 Portuguesa 4 x 1 Comercial

02/07/1944 São Paulo 1 x 0 Corinthians

02/07/1944 Port. Santista 2 x 2 Portuguesa

2º Turno
08/07/1944 Comercial  1 x 4 Corinthians

09/07/1944 Juventus 2 x 3 Santos

09/07/1944 Palmeiras 6 x 0 Port. Santista

09/07/1944 Jabaquara 1 x 4 São Paulo

09/07/1944 Portuguesa 2 x 1 SP Railway

15/07/1944 Ypiranga 0 x 5 Palmeiras

16/07/1944 SP Railway 3 x 1 Jabaquara

16/07/1944 Port. Santista 2 x 3 Juventus

16/07/1944 São Paulo 4 x 4 Portuguesa

22/07/1944 São Paulo 7 x 1 Port. Santista

23/07/1944 Palmeiras 2 x 0 SP Railway

23/07/1944 Santos 3 x 3 Comercial

23/07/1944 Corinthians 5 x 1 Juventus

29/07/1944 Juventus 3 x 1 SP Railway

30/07/1944 Comercial  5 x 1 Portuguesa

30/07/1944 Corinthians 4 x 0 Santos

30/07/1944 Jabaquara 1 x 2 Ypiranga

05/08/1944 Ypiranga 3 x 4 Juventus

06/08/1944 Santos 3 x 0 São Paulo

06/08/1944 Comercial  4 x 2 Port. Santista

06/08/1944 Portuguesa 1 x 3 Palmeiras

13/08/1944 São Paulo 4 x 0 Ypiranga

13/08/1944 Palmeiras 2 x 0 Comercial

13/08/1944 Santos 1 x 2 Port. Santista

15/08/1944 SP Railway 1 x 1 Corinthians

19/08/1944 Juventus 0 x 1 São Paulo

20/08/1944 Corinthians 3 x 1 Jabaquara

20/08/1944 Port. Santista 1 x 0 SP Railway

20/08/1944 Portuguesa 3 x 2 Ypiranga

27/08/1944 Palmeiras 0 x 3 Corinthians

27/08/1944 Santos 5 x 0 Portuguesa

02/09/1944 Ypiranga 1 x 5 Corinthians

03/09/1944 Jabaquara 1 x 4 Santos

03/09/1944 Juventus 4 x 1 Portuguesa

03/09/1944 São Paulo 4 x 1 Comercial

09/09/1944 Portuguesa 0 x 3 Jabaquara

10/09/1944 SP Railway 3 x 2 Santos

10/09/1944 Palmeiras 5 x 1 Juventus

10/09/1944 Port. Santista 3 x 2 Ypiranga

17/09/1944 Jabaquara 2 x 1 Comercial

17/09/1944 São Paulo 1 x 1 Palmeiras

23/09/1944 São Paulo 5 x 1 SP Railway

24/09/1944 Ypiranga 3 x 2 Comercial

24/09/1944 Corinthians 3 x 1 Portuguesa

24/09/1944 Port. Santista 0 x 2 Jabaquara

01/10/1944 Port. Santista 1 x 3 Corinthians

01/10/1944 Comercial  3 x 4 SP Railway

01/10/1944 Ypiranga 3 x 1 Santos

01/10/1944 Palmeiras 5 x 0 Jabaquara

08/10/1944 Portuguesa  4 x 2 Port. Santista

08/10/1944 Santos 1 x 4 Palmeiras

08/10/1944 Juventus 6 x 2 Comercial

08/10/1944 Ypiranga 3 x 2 SP Railway

15/10/1944 Jabaquara 2 x 0 Juventus

15/10/1944 São Paulo 2 x 1 Corinthians

Classificação (por pontos perdidos)

São Paulo 7 pp, Corinthians 8 pp, Palmeiras 13 pp, Juventus 18 pp, Portuguesa 21 pp, SP Railway 22 pp, Ypiranga 23 pp, Santos 25 pp, Jabaquara 25 pp, Port. Santista 27 pp e Comercial 31 pp.

 

São Paulo FC - Campeão Paulista de Aspirantes - 1944

Fontes: Gazeta Esportiva e O Estado de São Paulo – SP

 

Clube Atlético Mineiro (Belo Horizonte-MG) - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

 

SC Corinthians - Campeão do Torneio Início

 

CA Ypiranga - Vice Campeão do Torneio Início

 

Seguem os resultados da Taça Cidade de Vitória de 1932, organizada pela Liga Sportiva Espírito Santense.

Percebam que várias datas de jogos diferem da tabela prevista original.

Obs: A princípio o citadino valeu também pelo estadual

Participantes
Rio Branco FC (Rio Branco Football Club) – Vitória
Santo Antônio (Santo Antônio Futebol Clube) – Vitória
São João (São João Football Club) – Vitória
Uruguaiano (Uruguaiano Football Club) – Vitória
Viminas (Associação Viminas de Esportes) – Vitória
Vitória (Vitória Futebol Clube) – Vitória

 

 

15/05/1932 – 1ª Rodada
Vitória 2×0 Viminas
22/05/1932 – 1ª Rodada
Uruguaiano 0×4 Rio Branco FC
29/05/1932 – 1ª Rodada
Santo Antônio 5×1 São João

05/06/1932 – 2ª Rodada
Viminas 2×1 Uruguaiano
19/06/1932 – 2ª Rodada
Rio Branco FC 0×0 Santo Antônio
03/07/1932 – 2ª Rodada
São João 1×2 Vitória

10/07/1932 – 3ª Rodada
Uruguaiano 1×0 São João
Santo Antônio 0×2 Viminas

17/07/1932 – 4ª Rodada
Vitória 2×2 Rio Branco FC
São João 2×1 Viminas

31/07/1932 – 5ª Rodada
Santo Antônio 4×2 Vitória
Rio Branco FC 0×1 São João

07/08/1932 – 6ª Rodada
Uruguaiano 1×2 Santo Antônio
Viminas 4×4 Rio Branco FC

14/08/1932 – 7ª Rodada
Vitória 4×0 Uruguaiano
Viminas 1×0 Santo Antônio

28/08/1932 – 8ª Rodada
Rio Branco FC 7×2 Uruguaiano
04/09/1932 – 8ª Rodada
Viminas 2×4 Vitória
11/09/1932 – 8ª Rodada
São João 1×2 Santo Antônio

18/09/1932 – 9ª Rodada
Uruguaiano 1×4 Viminas
25/09/1932 – 9ª Rodada
Santo Antônio 2×2 Rio Branco FC
09/10/1932 – 9ª Rodada
Vitória 5×0 São João

16/10/1932 – 10ª Rodada
São João 2×3 Uruguaiano
Rio Branco FC 2×3 Vitória

30/10/1932 – 11ª Rodada
Uruguaiano 2×3 Vitória
Viminas 5×0 São João

06/11/1932 – 12ª Rodada
São João 2×2 Rio Branco FC
Vitória 1×0 Santo Antônio

20/11/1932 – 13ª Rodada
Santo Antônio 0×0 Uruguaiano
Rio Branco FC 0xWO Viminas (Rio Branco entregou os pontos)

Classificação
1 – Vitória 17pts (campeão)
2 – Viminas 13pts
3 – Santo Antônio 11pts
4 – Rio Branco FC 9pts
5 – Uruguaiano 5pts
São João 5pts

Pesquisa: Gerson Rodrigues

Fonte: Jornal Diário da Manhã (ES) no período da disputa.

 

 

 

3/6/1917

JOGO AMISTOSO:

PORTO VELHO FBC X UNIÃO SPORTIVA (RESULTADO DESCONHECIDO).

PORTO VELHO FBC: João Tanajura, Jorge Souza, Gerson, Joca, Joaquim, Camillo, Antonio, João, Nery e Salomão. Reserva: Anisio Souto. Referee: Nascimento.

15/7/1917

MATCH TRAINING:

PORTO VELHO FBC X UNIÃO SPORTIVA (RESULTADO DESCONHECIDO).

18/01/1918

EM UMA REUNIÃO NO THEATRO PHENIX, O PORTO VELHO FOOT-BALL CLUB ELEGEU A SUA NOVA DIRETORIA, QUE TINHA ENTRE OUTROS: AMERICO PINTO DA SILVA COMO PRESIDENTE, CAMILLO AZEITONA COMO CAPTAIN GERAL.

 

INAUGURAÇÃO DO STADIUM PAULO SALDANHA, DE PROPRIEDADE DO YPIRANGA SPORT CLUB.

 

11/10/1925

YPIRANGA X NACIONAL (MANAUS) – RESULTADO DESCONHECIDO.

 

12/10/1925

PRELIMINAR ENTRE 2os TEMS: YPIRANGA 0X1 UNIÃO SPORTIVA

UNIÃO SPORTIVA (LOCAL) 0X5 NACIONAL (MANAUS)

 

13/10/1925

YPIRANGA (LOCAL) 1X6 NACIONAL (MANAUS)

 

14/10/1925

SCRATCH DE PORTO VELHO 0X3 NACIONAL (MANAUS)

O SCRATCH ERA COMPOSTO DE 5 JOGADORES DO YPIRANGA, 5 JOGADORES DO UNIÃO E UM JOGADOR DO NOROESTE.

 

OS OUTROS CLUBES LOCAIS “TEAM NEGRO” E BRAZIL S.C. ESTIVERAM REPRESENTADOS NOS FESTEJOS EM HOMENAGEM AOS VISITANTES.

 

29/11/1925

JOGO AMISTOSO:

UNIÃO SPORTIVA 6X1 NOROESTE.

 

Fonte: Jornal Alto Madeira.

 

Santos Futebol Clube (Santos-SP) - 1944

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Guarani Futebol Clube (Campinas-SP) - 1943

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

1º Turno

21/03/1943 Corinthians 4 x 1 Jabaquara

21/03/1943 Juventus 3 x 0 Portuguesa

21/03/1943 Port. Santista 1 x 8 Palmeiras

21/03/1943 SP Railway 3 x 4 Santos

21/03/1943 São Paulo 8 x 1 Comercial

27/03/1943 São Paulo 5 x 2 Ypiranga

28/03/1943 Palmeiras 4 x 1 Juventus

28/03/1943 Santos 3 x 2 Comercial

28/06/1943 Corinthians 3 x 3 Portuguesa

03/04/1943 Corinthians 3 x 3 Juventus

04/04/1943 Jabaquara 2 x 4 Portuguesa

04/04/1943 Ypiranga 0 x 2 Comercial

04/04/1943 Palmeiras 5 x 1 Santos

04/04/1943 São Paulo 5 x 1 SP Railway

11/04/1943 Port. Santista 2 x 5 Ypiranga

11/04/1943 Corinthians 0 x 1 SP Railway

11/04/1943 São Paulo 7 x 1 Jabaquara

11/04/1943 Palmeiras 2 x 0 Comercial

17/04/1943 Palmeiras 5 x 0 Ypiranga

18/04/1943 Corinthians 2 x 0 Santos

18/04/1943 Port. Santista 1 x 5 Juventus

18/04/1943 São Paulo 1 x 1 Portuguesa

25/04/1943 Comercial  6 x 1 Port. Santista

25/04/1943 SP Railway 3 x 1 Juventus

25/04/1943 Jabaquara 3 x 0 Ypiranga

25/04/1943 Palmeiras 3 x 1 Portuguesa

01/05/1943 Santos 3 x 3 Juventus

02/05/1943 Port. Santista 4 x 6 Jabaquara

02/05/1943 São Paulo 2 x 0 Corinthians

02/05/1943 Comercial  3 x 1 SP Railway

02/05/1943 Ypiranga 5 x 0 Portuguesa

08/05/1943 São Paulo 2 x 0 Juventus

09/05/1943 Santos 5 x 3 Ypiranga

09/05/1943 Corinthians 9 x 2 Port. Santista

09/05/1943 Palmeiras 4 x 0 Jabaquara

16/05/1943 São Paulo 3 x 3 Santos

16/05/1943 Jabaquara 4 x 3 Comercial

16/05/1943 SP Railway 1 x 6 Portuguesa

16/05/1943 Juventus 2 x 1 Ypiranga

23/05/1943 Port. Santista 1 x 7 Santos

23/05/1943 Corinthians 4 x 3 Palmeiras

29/05/1943 Corinthians 2 x 2 Comercial

30/05/1943 Palmeiras 4 x 1 SP Railway

30/05/1943 São Paulo 7 x 0 Port. Santista

30/05/1943 Santos 1 x 0 Portuguesa

05/06/1943 Corinthians 1 x 0 Ypiranga

06/06/1943 Juventus 4 x 1 Jabaquara

06/06/1943 Port. Santista 1 x 6 SP Railway

06/06/1943 Portuguesa 1 x 1 Comercial

13/06/1943 Jabaquara 1 x 3 SP Railway

13/06/1943 Palmeiras 2 x 3 São Paulo

20/06/1943 Portuguesa 7 x 2 Port. Santista

20/06/1943 Santos 4 x 1 Jabaquara

20/06/1943 Juventus 5 x 5 Comercial

20/06/1943 Ypiranga 3 x 2 SP Railway

2º Turno

03/07/1943 Portuguesa 4 x 2 Jabaquara

04/07/1943 São Paulo 2 x 1 SP Railway

04/07/1943 Santos 4 x 0 Port. Santista

11/07/1943 Palmeiras 7 x 1 Port. Santista

11/07/1943 Comercial  3 x 4 Ypiranga

11/07/1943 Portuguesa 0 x 2 Juventus

11/07/1943 Jabaquara 1 x 3 Corinthians

18/07/1943 Corinthians 5 x 1 Juventus

18/07/1943 Santos 0 x 0 Palmeiras

18/07/1943 Comercial  2 x 4 São Paulo

18/07/1943 Ypiranga 4 x 0 Port. Santista

24/07/1943 Jabaquara 0 x 6 São Paulo

25/07/1943 SP Railway 3 x 4 Palmeiras

25/07/1943 Comercial  2 x 4 Santos

25/07/1943 Corinthians 1 x 4 Portuguesa

31/07/1943 Juventus 2 x 4 Santos

01/08/1943 Port. Santista 0 x 1 Portuguesa

01/08/1943 São Paulo 3 x 1 Ypiranga

01/08/1943 Palmeiras 4 x 2 Comercial

01/08/1943 SP Railway 2 x 1 Corinthians

08/08/1943 Juventus 6 x 1 Port. Santista

08/08/1943 São Paulo 3 x 1 Portuguesa

08/08/1943 Palmeiras 5 x 0 Ypiranga

08/08/1943 SP Railway 3 x 0 Jabaquara

08/08/1943 Santos 4 x 5 Corinthians

14/08/1943 São Paulo 8 x 0 Port. Santista

15/08/1943 Corinthians 2 x 3 Comercial

15/08/1943 Ypiranga 2 x 3 SP Railway

15/08/1943 Juventus 1 x 3 Palmeiras

15/08/1943 Santos 2 x 1 Portuguesa

21/08/1943 Palmeiras 1 x 1 Jabaquara

22/08/1943 SP Railway 3 x 3 Comercial

22/08/1943 Ypiranga 2 x 4 Santos

22/08/1943 São Paulo 2 x 1 Juventus

29/08/1943 Palmeiras 5 x 1 Portuguesa

29/08/1943 Port. Santista 1 x 6 Comercial

29/08/1943 Juventus 0 x 2 SP Railway

29/08/1943 Ypiranga 5 x 2 Jabaquara

05/09/1943 Port. Santista 1 x 2 Jabaquara

05/09/1943 São Paulo 2 x 1 Corinthians

07/09/1943 Santos 4 x 2 SP Railway

07/09/1943 Ypiranga 2 x 2 Portuguesa

07/09/1943 Juventus 1 x 1 Comercial

12/09/1943 Portuguesa 2 x 4 SP Railway

12/09/1943 Santos 1 x 2 São Paulo

12/09/1943 Comercial  1 x 2 Jabaquara

12/09/1943 Ypiranga 3 x 0 Juventus

19/09/1943 Jabaquara 3 x 4 Santos

19/09/1943 Palmeiras 4 x 2 Corinthians

25/09/1943 Juventus 7 x 2 Jabaquara

26/09/1943 Comercial  2 x 5 Portuguesa

26/09/1943 SP Railway 8 x 2 Port. Santista

26/09/1943 Ypiranga 0 x 2 Corinthians

02/10/1943 Corinthians 11 x 0 Port. Santista

03/10/1943 São Paulo 1 x 1 Palmeiras
Classificação (por pontos perdidos):

São Paulo 3 pp, Palmeiras 7 pp, Santos 11 pp, Cortinthians 17 pp, SP Railway 19 pp, Juventus 22 pp, Portuguesa 22 pp, Ypiranga 25 pp, Comercial 25 pp, Jabaquara 29 pp e Port. Santista 40 pp.

 

Fonte: Gazeta Esportiva – SP 

 

Data: 24/04/1932
Local: Campo de Jucutuquara, Vitória
Obs: Jogos de 2 tempos de 15min

Vitória 0-1 São João (escanteios: 1-0)
[Astrogildo]
Juiz: Laonte Soares

Santo Antônio 0-2 Rio Branco FC (escanteios: 0-1)
Juiz: Alcebíades Monjardim

Viminas 2-0 Uruguaiano (escanteios: 1-0)
Juiz: Guilherme Abaurre

São João 0-1 Rio Branco FC (escanteios: 0-2)
[Licinio]
Juiz: Américo Souza


Viminas 2-2 Rio Branco FC (escanteios: 1-0)
Juiz: Américo Souza

Campeão: Associação Viminas de Esportes

 

 

 

 

 

 

Fonte: Jornal Diário da Manhã de 26 de abril de 1932 (página 4)

Redesenho dos escudos: Sérgio Mello

 

Segue a tabela original da Taça Cidade Vitória de 1932 (organizada pela Liga Sportiva Espírito Santense).

Participantes
Rio Branco FC (Rio Branco Football Club) – Vitória
Santo Antônio (Santo Antônio Futebol Clube) – Vitória
São João (São João Football Club) – Vitória
Uruguaiano (Uruguaiano Football Club) – Vitória
Viminas (Associação Viminas de Esportes) – Vitória
Vitória (Vitória Futebol Clube) – Vitória

15/05/1932
Vitória x Viminas
22/05/1932
Uruguaiano x Rio Branco FC
29/05/1932
Santo Antônio x São João
05/06/1932
Viminas x Uruguaiano
19/06/1932
Rio Branco FC x Santo Antônio
03/07/1932
São João x Vitória
10/07/1932
Uruguaiano x São João
Santo Antônio x Viminas
17/07/1932
Vitória x Rio Branco FC
São João x Viminas
31/07/1932
Santo Antônio x Vitória
Rio Branco FC x São João
07/08/1932
Uruguaiano x Santo Antônio
Viminas x Rio Branco FC
14/08/1932
Vitória x Rio Branco FC
Viminas x Santo Antônio
21/08/1932
Rio Branco FC x Uruguaiano
28/08/1932
Viminas x Vitória
04/09/1932
São João x Santo Antônio
11/09/1932
Uruguaiano x Viminas
18/09/1932
Santo Antônio x Rio Branco FC
25/09/1932
Vitória x São João
16/10/1932
São João x Uruguaiano
Rio Branco FC x Vitória
23/10/1932
Uruguaiano x Vitória
Viminas x São João
30/10/1932
São João x Rio Branco FC
Vitória x Santo Antônio
06/11/1932
Santo Antônio x Uruguaiano
Rio Branco FC x Viminas

Fonte: Jornal “Diário de Amanhã” de 31/05/1932

PS: Acredito que não tenha ocorrido uma decisão entre o campeão da capital e do interior (ainda não encontrei) e esta competição tenha sido oficializada como o campeonato estadual daquele ano.

 

 

A reativação pela terceira vez do ‘Departamento de Futebol’ do MAGUARY, que já viveu momentos gloriosos, foi de grande importância para o futebol alencarino e sua tradição.

O ‘Clube dos Príncipes’, fundado em 24-JUN-1924 na cidade de Fortaleza/CE, teve uma primeira fase gloriosa, que se deu entre aquela data e o ano de 1945, posto que neste período fosse quatro vezes campeão cearense, além de sete vezes vice-campeão na primeira divisão.

Na segunda fase, depois de passar anos afastados, o MAGUARY retornou ao convívio do futebol profissional por quatro temporadas, fato que se deu entre 20-JAN-1972 até 14-AGO-1975. Neste segundo momento de presença no futebol profissional, o MAGUARY guarda em sua rica história o título de ‘primeiro campeão do Castelão’, quando no dia 02-DEZ-1973 venceu ao América/CE na partida final do ‘Torneio Breno Vitoriano’, competição organizada para também comemorar a inauguração do ‘Gigante da Boa Vista’, como na origem era apelidada a atual ‘ARENA CASTELÃO’, utilizada nos jogos da ‘Copa das Confederações’ em 2013 e da ‘Copa do Mundo’ da FIFA em 2014.

Na atual terceira e definitiva fase, que se dá desde 01-JAN-2009 quando a ‘Equipe Cintanegrina’ teve que retornar pela ‘Série C’ cearense, mesmo nunca tendo sido rebaixado, o tradicional clube brasileiro oficializou, junto à Federação Cearense de Futebol (FCF), os seus uniformes profissionais, fato ocorrido em 18 de março de 2011, tudo considerando a exigência da Federação Cearense junto a todos os seus filiados.

Os três uniformes oficiais do ‘Clube dos Príncipes’, chamados de mantos sagrados, passaram a ter as seguintes cores e definições:

UNIFORME Nº 01 – Todo na cor branca, com uma faixa preta horizontal na altura do peito, chamada ‘cintanegrina’, razão porque o MAGUARY é também conhecido como a ‘Equipe Cintanegrina’;

UNIFORME Nº 02 – Todo na cor laranja, também com a mesma faixa ‘cintanegrina’;

UNIFORME Nº 03 – Todo na cor ‘amarelo canário’, com a referida faixa horizontal ‘cintanegrina’ na altura do peito.

Destaque-se que os uniformes profissionais oficiais têm, obrigatoriamente, calções e meiões na mesma cor das camisas, às vezes com pequenos detalhes na cor preta, para combinar com a ‘cintanegrina’ dos ‘mantos sagrados’, o que deixa o conjunto muito elegante. Aliás, quando da inauguração do MEMORIAL da Arena Castelão, oficialmente denominado ‘Espaço Cultural Etevaldo Nogueira’, fato ocorrido em SET-2012, o então Governador cearense Cid Gomes, vendo um manequim com o Uniforme Nº 01 do MAGUARY, o primeiro campeão do Castelão, perguntou ao presidente do clube:

- “Aguiar, este é o uniforme histórico do Maguary?”
Ao que respondi:
- Sim, com a famosa faixa ‘Cintanegrina’.
Ele então, com ar de admiração, exclamou:
- “Depois dizem que na origem do futebol cearense não tínhamos uniformes bonitos…”.

Cabe destacar que a faixa ‘cintanegrina’ é considerada importante para a caracterização do MAGUARY, pois a mesma foi inspirada numa faixa preta visível no peito das aves de mesmo nome, que deu origem ao nome do rio em Belém do Pará, depois ao Curtume Maguary, representado no Ceará pela ‘Agência Bezold’, que fundou o clube cearense e nele colocou o nome MAGUARY.

Em 11 de Dezembro de 2012 o MAGUARY registrou na Federação Cearense de Futebol (FCF) uma opção de uniformes com calções e meiões pretos para os jogos da BASE, Sub-20, Sub-17, Sub-15 e Sub-13, o que fez considerando a economia e praticidade.

 

 

 

 

 

 

São Caetano Esporte Clube (São Caetano do Sul-SP) - 1940

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Seleção Paraense de Futebol - 1941

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

Seleção Mineira de Futebol - 1941

Fonte: Gazeta Esportiva – SP

 

 

Natal, 11 de Junho de 1961

Estádio Juvenal Lamartine

Renda/ CR$ 77.920,

RIACHUELO         2X0     ABC                                       gols de  Roberto Lima e Adonis

ALECRIM                 1X0     GLOBO                                gol de Wallace

ATLETICO                1X0     FERROVIARIO                gol de   Gobat

RIACHUELO                       0X0     ALECRIM                disputa penaltis –  (2X3)

ALECRIM                 0X0     ATLETICO                          disputa penaltis (2X1)

ALECRIM CAMPEÁO 1961

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha