A Associação Garanhuense de Atletismo ou AGA é uma agremiação da cidade de Garanhuns (PE). A sua Sede fica situada na Avenida Rui Barbosa, nº 1.018, no Bairro de Heliópolis, em Garanhuns.

A sua história contada pelo próprio clube narra que o clube nasceu a partir da fusão entre o time da AGA (à época, azul e branco) com o Comércio Futebol Clube (padrão branco e preto), em 31 de agosto de 1930.

O Comércio possuía seu campo onde hoje está instalada a Sede Social da AGA. O clube chegou a manter durante muito tempo equipes de Futebol de salão, Voleibol e Natação conquistando títulos também nesses esportes e revelando talentos para o Brasil.

Mas o forte mesmo sempre esteve no seu futebol. O Estádio Gerson Emery foi inaugurado em setembro de 1955 e desde aquele momento tornou-se o maior ponto de apoio ao Clube e palco das mais brilhantes conquistas desde então.

TRI CAMPEÃO DE GARANHUNS, CAMPEÃO PERNAMBUCANO DE FUTEBOL AMADOR em 1968, BI CAMPEÃO DO INTERIOR em 1969, TRI CAMPEÃO DA COPA DO INTERIOR em 1972 (época também da colocação do alambrado), sendo esse título precedido de uma campanha memorável e de um jogo emocionante: vitória sobre o SANTA CRUZ por 5 a 2. Essa vitória ficou marcada na memória do torcedor e em sua homenagem os Vocalistas da saudade, Grupo Musical de renome na época, gravou uma música muito executada nas emissoras.

Os títulos continuaram sendo conquistados e a AGA, prestigiadíssima, chegou a marca de 1.400 (Hum Mil e Quatrocentos) sócios. Chegou também a ser HEPTA CAMPEÃ DE GARANHUNS. Em 1979, ano do Centenário de Garanhuns, foram colocados os refletores no seu Estádio, já denominado GÉRSON EMERY (numa justa homenagem a um dos mais brilhantes Presidentes que já passaram pelo clube) A ocasião foi marcada inclusive com uma partida de futebol sendo o adversário o SPORT CLUB do Recife.

O Estádio Gérson Emery tem capacidade de público estimada para 5.000 (cinco mil) expectadores, distribuídos nas sociais, arquibancadas e geral, porém com perspectivas de ampliação.

Em 1985/86 o futebol do Clube foi desativado. As atividades sociais, no entanto, continuam: Um moderno complexo sócio esportivo movimenta a AGA como o Clube dos Sinuqueiros no Salão de Jogos, Sauna a Vapor, Sala de Ginástica, Salão de Bailes, um excelente Parque Aquático e um moderno Restaurante.

O AGA retornou e se profissionalizou em 2000. Chegou a ser quarto colocada no estadual do ano de 2003. O apelido “Lavandeira do Agreste” é uma homenagem a um pássaro muito comum nas proximidades da cidade.

Em 2004 foi rebaixado para a Série A2 do estadual e desde 2005 está fora das competições promovidas pela Federação Pernambucana de Futebol, disputando apenas torneios amadores. Atualmente está inativo no futebol profissional, porém há uma mobilização para que o AGA retorne as atividades num futuro bem próximo.

 

FONTES: Wikipédia – Mercado Livre – site do clube (http://www.agagaranhuns.com.br/site/)

   
© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha