Depois de perder a Copa do Mundo de 1950, falava-se que o futebol brasileiro tinha morrido. Apesar da decepção no jogo final contra os uruguaios, nossa seleção encantou o mundo nos jogos anteriores. Por isso, no ano seguintes, muitos clubes brasileiros realizaram excursões pelo Velho Mundo. Foi um bom intercâmbio com o futebol europeu mostrando que estávamos bem vivos e que a derrota de 1950 foi uma fatalidade.

Um combinado São Paulo-Bangú também correu a Europa atrás das vitórias nos gramados do Velho Mundo. Foram realizados treze jogos com nove vitórias, dois empates e duas derrotas. E tudo começou na cidade italiana de Gênova no dia 29 de março e terminou em Lisboa, Portugal no dia 19 de abril. Cariocas e paulistas visitaram oito países. O técnico foi Leonidas da Silva, treinador do São Paulo.
Os jogos disputados foram os seguintes:
29.03.1951 – em Gênova – São Paulo-Bangu 1 x Gênova 1 – Djalma
04.04.1951 – em Bruxelas – São Paulo-Bangu 1 x Anderlect 2 – Moacir
05.04.1951 – em Liége – São Paulo-Bangu 3 x Sarrebruck 0 – Durval. Djalma. Bibe.
07.04.1951 – em Sanecuck – São Paulo-Bangu 3 x Combinado local 0 – Durval 2. Nivio.
11.04.1951 – em Amsterdan – São Paulo-Bangu 3 x Seleção da Holanda 0 – Nivio. Bibe. Durval.
No mesmo dia – em Essem – São Paulo-Bangu 1 x Rot Weiss Essem 5 – Ponce de Leon.
13.04.1951 – em Nuremberg – São Paulo-Bangu 1 x Nurenberg 0 – Durval
15.04.1951 – em Munich – São Paulo-Bangu 4 x Munich 3 – Nivio 2. Alcino. Durval
17.04.1951 – em Viena – São Paulo-Bangú 2 x Áustria 1 – Alcino. Zizinho
19.04.1951 – em Paris – São Paulo-Bangu 3 x Racing 2 – Moacir 2. Zizinho.
25.04.1951 – em Roma – São Paulo-Bangu 0 x Lazio 0
27.04.1951 – em Copenhague – São Paulo-Bangu 3 x KB 1 – Nivio 2. Décio Esteves.
29.04.1951 – em Lisboa – São Paulo-Bangu 4 x Sporting 1 – Teixeirinha 2. Durval e Nivio.

Durval e Nivio foram os artilheiros da temporada com 7 gols cada um.

O time base formava com Mário (São Paulo). Mendonça (Bangú) e Mauro (São Paulo). Bauer (São Paulo). Alfredo e Noronha (São Paulo). Alcino (São Paulo). Zizinho (Bangu). Durval (São Paulo). Décio Esteves (Bangú) e Nivio (Bangú).
Jogaram ainda – Poy. Bibe. Dido. Rui. Saverio. Ponce de Leon. Mirim. Rafanelli. Pinguela. Meneses. Moacir. Vermelho. Teixeirinha. Barbatana. Djalma.

Fonte: MUSEU DOS ESPORTES

   
© 2018 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha