O Yankee Foot-Ball Club foi uma agremiação da cidade de Salvador (BA). O clube da elite soteropolitana foi Fundado no sábado, do dia 03 de Outubro de 1914, pelos irmãos Aroldo Maia Bittencourt (na época com apenas 16 anos) e Alexandre Maia Bittencourt Filho.

Eram filhos de Alexandre Maia Bittencourt, um importante engenheiro, e fundador de uma importante escola de engenharia da cidade, Escola Politécnica, em 1897, além de serem sobrinhos de Augusto Maia Bittencourt, benemérito do clube, que fora um dos fundadores do Vitória e seu presidente em 1908. Finalmente, faziam parte da família Maia Bittencourt que no século XIX tinham membros médicos e coronéis

 

UM ESTATUTO ELITISTA

O Yankee era elitista e não aceitava que os pobres pudesse se filiar ao clube. No seu Estatuto alguns itens, como no Capítulo III (Admissão, Eliminação, Readmissão e Punição dos sócios). Art. 15 Não poderão ser admitidos como sócio deste club:

a) aqueles que exerçam profissões humilhantes que lhes permitam recebimento de gorjetas;

b) os que tirem proveito da pratica de sport direta ou indiretamente;

c) os guardas civis e praças de pret. (sic) excetuando-se, porém, aqueles que forem obrigados ao serviço militar em virtude de sorteio e os alunos das escolas militares;

d) os que se entreguem a exploração de jogos proibidos; os analfabetos e os que embora tendo posição, profissão ou emprego estejam a juízo da Diretoria abaixo do nível moral exigido pelo amadorismo;

e) os pronunciados enquanto durarem os efeitos da pronuncia e todos aqueles que forem condenados por crimes capitulados no Código Penal ou provadamente culpados de atos desonrosos.

CLUBE FUNDA A ASSOCIAÇÃO BAIANA DE ATLETISMO

O Yankee Foot-ball Club era considerado pela imprensa como um dos primeiros clubes da cidade que mais contribuía para uma regeneração física. Isso porque era um dos poucos a praticar exercícios atléticos, os mais adequados para o aperfeiçoamento corporal.

E este era uma dos seus diferenciais. A prática dos exercícios atléticos difundida pelo clube atraía adeptos que realizavam entre si diversos torneios internos. O mais famoso destes foi a “Corrida de Maratona”, organizada em 9 de outubro de 1921, na qual vários atletas de outros clubes participaram. Aliás, foi o Yankee que fundaria, em 1932, a Associação Baiana de Atletismo.

 

CAMPO DE TREINO EM PARCEIRIA COM O YPIRANGA

A existência destes torneiros no Yankee era muito facilitada pelo fato do clube possuir, em aluguel conjunto com o Ypiranga, um campo de esportes localizado, à Rua do Prado, no Rio Vermelho. Corroborando para o avanço do atletismo, o Yankee foi o primeiro a construir na Bahia uma pista de atletismo para os seus sócios.

ÚNICO CLUBE A TER UM TEATRO

Fora do campo esportivo, o Yankee se destacou ao ser o único clube no período a ter um teatro. Fundado dois anos após a constituição do clube, em 1916, o teatro tinha como corpo cênico, tendo realizado  cerca de 18 espetáculos, dos quais “6 foram recitais ordinários e 12 extraordinários.”163 Naquele ano, o clube ainda elaborou 14 peças diferentes as quais pelo menos uma foi executada.

Ainda ocorreram “19 canções, 25 cançonetas, 24 monólogos, 2 duetos, 3 tercetos e 3 cenas cômicas.”164 Enfim, pela qualidade e variedade de atrações, podese perceber que em apenas um ano de funcionamento o Teatro do Yankee teve uma atividade intensa, nos levando a imaginar uma afluência considerável de espectadores

 

CLUBE REALIZOU O 1º CONTRATO PROFISSIONAL

Seus dirigentes foram os responsáveis pelo 1º contrato profissional na época, quando trouxeram o treinador uruguaio Humberto Cabelli. No entanto, por serem contrários ao profissionalismo, resolveram acabar com a equipe.

 

OITO VEZES NA ELITE BAIANA

Participou pela primeira vez do Campeonato Baiano de Futebol da 1ª Divisão em 1920 terminando na 8ª colocação entre 12 clubes. No ano seguinte (1921) terminou na 10ª colocação entre 12 clubes sendo rebaixado à Segunda Divisão. Retornou em 1924, terminou na 6ª colocação entre nove clubes.

De 1925 a 1927 terminou a competição sempre na última colocação, porém sem sofrer rebaixamento. Em 1928 terminou em penúltimo, retornou a 1ª Divisão apenas em 1937 quando foi último colocado e rebaixado pela última vez.

 

CAMPEÃO DA SEGUNDONA

O 1º Campeonato Baiano da 2ª Divisão, organizado pela Liga Bahiana de Desportos Terrestres (LBDT), aconteceu em 1922, e o Yankee terminou com o vice, ao perder o título para o Auto Bahia Futebol Clube. Na 2ª Edição, em 1923, que contou com a participação de quatro clubes, o o Yankee se sagrou campeão; o Democrata Foot-Ball Club que foi vice-campeão, o 3º colocado Fluminense Foot-Ball e o 4º e último lugar o Sport Club Internacional. O Yankee também venceu o campeonato de Segundos Quadros, ambos de forma invicta. Em 1935, o clube foi o vice-campeão da Segundona.

 

 

FONTES & FOTOS: Marlon Krüger - Biblioteca da Superintendência dos esportes da Bahia - Acervo de Aroldo Maia – Revista Sport Ilustrado – Mestrado em Pós-Graduação em História, pela Universidade Estadual de Feira de Santana de Henrique Sena dos Santos

   
© 2018 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha