Na internet circulam informações sobre data de fundação do extinto Paulistano Esporte Clube de Paulista/PE, de forma errônea. Na edição de 10 de março de 1982 do “Diário de Pernambuco” foi publicado interessante matéria sobre esta equipe com sua verdadeira data de fundação. No dia seguinte novo artigo falando da fundação de uma nova equipe, pois a reativação da antiga equipe poderia causar problemas financeiros e jurídicos. Abaixo os recortes destes jornais:

 

 

  2 Responses to “Achado histórico sobre o Paulistano(PE)”

  1. Sergio e amigos,

    Boa publicação desta história de “cordel”.

    Temos na Vila do Paulista em Olinda:

    1915 – fundação do Paulista Football Club, auri-anil
    1915 – participação no Estadual da 1a Divisão do Paulista Football Club.
    1922 – fundação do Paulistano Sport Club, (ou Esporte Clube) auri-anil

    Sessenta anos depois, agora município de Paulista:
    1982 – fundação do Paulistano Futebol Clube, auri-anil
    1982 a 1993 – participação no Estadual da 1a Divisão do Paulistano Futebol Clube.

    Como podemos lêr no artigo do Diario do Pernambuco, são os mesmos suecos, os Ludgren, donos da Fabrica “CTP – Companhia de Tecidos Paulista”, que fundaram o Paulista FBC em 1915, depois o Paulistano SC em 1922, como as mesmas caracteristicas, de escudo, cores e uniforme, sendo dificil desifrar porque houve a necessidade de fundar outro clube.

    o prefeito Ademir Cunha pretendia ressuscitar o Paulistano EC de 1922, mas provavelmente havia dividas a serem pagas com a federação, ou talvez trabalhistas entre outras.

    Assim o prefeito Ademir Cunha, que havia construido um Estádio Municipal, batizado com seu proprio nome, funda um novo clube, com as mesmas caracteristicas, escudo, cores e uniforme do antigo Paulistano Esporte Clube, que perdurou por 11 anos na 1a divisão.

    Como curiosidade histórica temos que nome “Paulista” vem do “Engenho do Paulista”, antigo Engenho Paratibe de Baixo, comprado por um “Paulista” da Capitania de São Paulo. Daí o nome da Vila do Paulista que pertencia a Olinda, e posterior toponimo do muncípio, e seu gentílico ser “paulistense”.

    Abs.

  2. Esse jornal é muito bom!!
    Achar novidades nesse periódico é constante!
    No mínimo, a reportagem colocou um ponto de interrogação nesse “angu”. Rs

   
© 2018 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha