Esta li na coluna do Renato Maurício Prado, no O Globo de domingo, 13.04.2008:
A história foi contada pelo Itamar, antigo centroavante do Marília e do Palmeiras, que hoje mora na cidade de Maringá, onde é treinador.
O jogo era Portuguesa Santista e Santos, na Vila. No vestiário, João Avelino dava as instruções:
- Você, lateral, pega aqui;
- O Meia, marca ali;
- O Apoiador, cerca do outro lado……e por aí ia, posição a posição.
Ao final parecia ter esquecido apenas do quarto zagueiro, Vilela, um negro forte e espigado:
- Professor, o senhor se esqueceu de mim. E eu, o que faço?
- Não esqueci, não, filho. Você, aproveita os cinco minutinhos que faltam e reza. Reza muito, porque você vai marcar o Pelé………..

   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha