Há meio século, no dia 8 de março de 1964, o Clube Náutico Marcílio Dias conquistava pela quarta vez consecutiva o título de campeão de Itajaí. Com uma vitória por 3 a 2 sobre o arquirrival Almirante Barroso, o Marinheiro faturou o campeonato da categoria profissional (Divisão Especial) da Liga Itajaiense de Desportos (LID) de 1963, que se somou aos títulos obtidos nos três anos anteriores (1960, 1961 e 1962).

A estreia do Rubro-Anil na competição deu-se de forma massacrante. Em 13 de outubro de 1963, o Marcílio não teve piedade do Tiradentes da Barra do Rio e venceu por 7 a 2. Duas semanas depois, o Marinheiro empatou em 1 a 1 com o Barroso. Entre novembro de 1963 e fevereiro de 1964, o campeonato citadino ficou paralisado em função da realização do Torneio Luiza Mello – competição também vencida pelo Marcílio e homologada como campeonato estadual em 1983.

Em março de 1964, foi retomado o torneio da LID. No dia primeiro daquele mês, o Marinheiro aplicou nova goleada no Tiradentes, desta vez por 4 a 1, e o clássico contra o Barroso na última rodada definiria o campeão. No começo do jogo, um susto: Hélio abriu o placar para o Barroso, logo aos seis minutos. O Rubro-Anil chegou ao empate com o artilheiro Aquiles, aos 15 minutos.

No segundo tempo, Odilon, aos seis minutos, virou o jogo para o Marinheiro. Godeberto igualou novamente aos 26. Mas o Marcílio tinha Aquiles e foi dele o gol do título, aos 33 minutos da etapa final, concluindo cruzamento de Ratinho pela direita. Menos de um mês após comemorar o título do Torneio Luiza Mello (em 23 de fevereiro de 1964), o Marcílio Dias voltava a ser campeão e consolidava sua hegemonia no futebol praiano.

 

CAMPANHA DO MARCÍLIO DIAS (CAMPEÃO)

13/10/1963 – Marcílio Dias 7 x 2 Tiradentes (Barra do Rio)

27/10/1963 – Almirante Barroso 1 x 1 Marcílio Dias

01/03/1964 – Tiradentes (Barra do Rio) 1 x 4 Marcílio Dias

08/03/1964 – Marcílio Dias 3 x 2 Almirante Barroso

 

FICHA TÉCNICA DA DECISÃO

Marcílio Dias 3 x 2 Almirante Barroso

Data: 08/03/1964

Local: Estádio Dr. Hercílio Luz (Itajaí-SC)

Árbitro: Otacílio Pedro Ramos

Gols: Hélio; Aquiles (2) e Odilon.

Marcílio Dias: Jorge; Marzinho, Djalma, Joel Santana e Joel Reis; Sombra e Odilon; Ratinho, Salvador (Dão), Aquiles e Renê. Técnico: Milton Gonçalves.

Almirante Barroso: Leibnitz; Maurício (Moreli), Ferreira, Antenor e Osni; Nelinho e Zito; Hélio, Mima, Pereirinha e Godeberto. Técnico: Alípio Rodrigues.

  2 Responses to “Campeonato Citadino de Itajaí (SC) – 1963”

  1. Obrigado, Júlio. Não as tenho no momento, mas quando as tiver complementarei o artigo.

  2. Belo artigo !! Vc teria as datas e demais resultados das partidas dos demais participantes ?

   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha