Pessoal,mais um arquivo salvo dos antigos boletins Soccer Logos,achei interessante e pode ajudar,na época nosso amigo Daniel Garcia que nos ajudou,ele mora na Bahia.

Associação Atlética da Bahia – AAB - Fechou seu departamento de futebol, tradicional clube de esportes amadores como tenis e nataçao.Periperi nada mais é do que um bairro de Salvador do subúrbio, o ABB utiliza o estádio do Parque Antartica neste bairro, mas sua sede fica em Plataforma, também em Salvador.

Associaçao Atlética Banco do Brasil – AABB – Nunca esteve no futebol mas tem escolinha para garotos.

Aliança – Mudou de nome para Irecê e disputou o Campeonato Baiano da Segunda Divisao 2002.

Bahia de Feira -Já disputou o baiano.

Botafogo (Salvador) – Disputa competições nas divisões de base.O clone de Santo Amaro sumiu, desapareceu mesmo.

Estrela de Março – Totalmente concentrado nas divisões de base, como equipe profissional não joga há mais de 13 anos.

Feira Tênis Clube - Igual a AAB, só tênis, nataçao, atletismo…

Guarany - Disputa o Feminino e categorias de base, era a filial do Bahia assim como o Sao Cristóvão é a filial do Vitória.

Humaitá – Desapareceu há décadas.

Ideal – Desapareceu há décadas.O Ideal que todos conhecem é o de Santo Amaro, que jogava na década de 70, agora é um clube amador da liga de Santo Amaro. O de Salvador deve ser um daqueles que disputaram um só campeonato baiano como outras tantas equipes no início da história.

Ilhéus – não está em atividade.

Itapetinga – Após ser campeão da Terceira Divisão 2000, não disputou a segunda por falta de dinheiro, até então não apareceu mais.

Jacobina - Em 1994 chegou em segundo na 2. divisão da Bahia, disputou uma repescagem com o Galícia, perdeu e desapareceu até hoje.

Leônico – Nem as categorias de base disputa mais, existe como clube, mas o futebol do muleque travesso sumiu a anos, já foi de Salvador, Simões Filho e Santo Antônio de Jesus está parado, existe apenas como clube social de Salvador, se não me engando do bairro de Stella Mares, o “moleque travesso” disputou sua última competição em 1998 quando disputou o Campeonato Baiano Sub-17 e Sub-15.

Monte Líbano – Primeiro campeão da segunda divisao baiana, foi um clube que desapareceu faz uns 30 ou mais anos.

Monte Rey – Disputou a segundona em 1998 aonde foi lanterninha,o time é de Vera Cruz, mas como Vera Cruz tem a alguns anos o seu estádio em completo abandono [disputou o Intermunicipal de 2000 em Itaparica], o Monte Rey jogava em Itaparica. Aliás esse clube sumiu desde 1998.

Palestra, Periperi, Redenção e São Salvador –
Igual ao Monte Líbano, desapareceram faz anos, alguns a mais de 40 anos.

Ratrans – Time de onde começou o Magno Alves, disputa competições de base na região.

Real Serrinhense - É filiado a FBF, mas nunca vi disputar nenhum campeonato sequer, um fantasma.

Renascente – Após disputar a Terceira Divisao em 2000 nao jogou mais nada, aliás levou goleadas de 11×1 do Itapetinga na final do 1. turno e 9×0 do Indenpendente no 2. turno. Por incrível que pareça era uma das equipes mais fortes do campeonato fazendo boa campanha.

Salvador – Surgiu como uma giga equipe, cheia da grana, grande promessa e… Em 2000 disputou o Torneio Seletivo para a Segunda Divisao, conseguiu a vaga, mas depois o Grapiúna reclamou pontos contra o Sisal Bonfinense e o tirou a vaga. Disse que ia jogar tudo nas categorias de base e até agora nada.

Sao Cristóvão - Filial do Vitória, disputa campeonatos de base como o Sub-17 e Sub-15 com o time B do Vitória.

São Francisco - Joga no feminino.

Serranense -
Jogou a segundona em 1998, depois sumiu.

Serrano – Voce acredita em ressureição? Em Fenix? Pois é, aqui na Bahia o Serrano devia mudar de nome para Fenix, após 9 anos de anonimato e falido ressurgiu em 2002.

Veneza – Equipe amadora de Juazeiro.

Ypiranga
- o Ypiranga iniciou a década de 90 com mais títulos que o Vitória, 1000 pessoas famosas e ricas dizem que torcem para o Ypiranga, mas nenhum dá 1 centavo, nem o falecido Jorge Amado quando caiu pra terceira em 2000.

Redenção - equipe do Redenção FC não joga desde os anos 80, equipes como Jacobina, Real Serrinhense e Monte Rey jogaram uma vez um campeonato da vida e nada mais. Aliás tem equipes que não jogam a mais de 15 anos que ainda fazem parte da FBF e elegem o presidente, a FBF planeja excluir estas equipes.

  One Response to “Curiosidades na Bahia”

  1. o serranense vai voltar a disputar a segundona este ano

   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha