Lauro Búrigo (foto) é uma das lendas do futebol catarinense. Seu conhecimento é indiscutível, e os títulos conquistados por vários times do Estado provam isto.

Técnico

Dirigente do Comerciário, clube fundado por sua família, em Criciúma, Lauro Búrigo transformou-se técnico em meio a uma crise.
Comerciário e Metropol faziam o clássico da cidade, numa rivalidade muito forte. Jarwis Gaidizinsky, o então presidente, disse:
– Estamos sem técnico. Como vamos mesmo perder para aquele time, vai tu de técnico.
Foi e fez carreira vencedora.

O título

Lauro foi campeão estadual em 1968, com o Comerciário. Foi ele quem autorizou a venda de Valdomiro para o Inter e lançou Marcos Cavalo. Também foi ele quem contratou um ponta do Imbituba chamado Paulo Roberto, e trouxe, a contrapeso, Lico, campeão do mundo pelo Flamengo, em 1981.

A melhor

Búrigo dirigia o Figueirense. O então presidente, José Mauro Ortiga, o chamou e, na frente da imprensa, sentenciou:
– Como é que o time vai entrar no domingo, Lauro?
Em alto e bom som, respondeu:
– Em fila indiana, presidente.

Livro

Estas e outras histórias farão parte do livro que o jornalista Paulo Brito está escrevendo, e cujo título já é um enigma: Cinco Empatas, Dez Tu Ganhas. O que será isso?

Fonte: DC

   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha