A Copa do Brasil, que é disputada desde 1989, teve o Mixto como o primeiro representante de Mato Grosso na competição.
A estreia mixtense foi diante do Pinheiros, no Estádio Pinheirão, em Curitiba, no dia 19 de julho. O Mixto venceu por 1 a 0, gol de Dago.
Em sua primeira participação, o alvinegro chegou à segunda fase do torneio, sendo eliminado pelo Grêmio, que mais tarde seria o campeão.
De lá para cá o Mixto participou da Copa do Brasil por mais seis vezes: 1990, 1997, 2001, 2009, 2013 e 2014. Ao todo foram 16 jogos disputados, com 6 vitórias, 2 empates e 8 derrotas. O ataque marcou 14 gols e a defesa sofreu 29.

 

Confira as campanhas ano a ano:

 

Pinheiros (PR) 0 x 1 Mixto
Data: 19/07/1989
Local: Estádio Pinheirão (Curitiba)
Público: 472
Renda: NCz$ 1.690,00
Árbitro: Valdir Dall Zanin
Gol: Dago 22 do 2º tempo
Pinheiros: Carlos, Alex, Newmar, Luciano, Adriano (Márcio), Telvir, Régis, Edílson (Dudu), Maurílio, Carlinhos e Ricardinho. Técnico: Lori Sandri.
Mixto: Nikita, Donizete, Panzariello, Wágner, Elias, Genildo, Rui, Dago (Erivan), Franz, Benevan (Silvinho) e Niltinho. Técnico: Washington Dorneles

 

Mixto 2 x 1 Pinheiros (PR)
Data: 22/07/1989
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: 1.943
Renda: NCz$ 7.111,00
Árbitro: Edson Rezende de Oliveira
Gols: Franz 34 do 1º tempo: Edílson 12 e Benevan 22 do 2º tempo
Mixto: Nikita, Donizete, Panzariello, Wágner, Elias, Genildo, Rui, Dago (Silvinho), Franz, Niltinho e Benevan. Técnico: Sérgio Ramirez
Pinheiros: Carlos, Dirceu Pato, Newmar, Luciano, Alex, Régis, Marquinhos, Edílson, Maurílio, Claudinho (Assis) e Márcio (Dudu). Técnico: Lori Sandri
Mixto 0 x 5 Grêmio (RS)
Data: 26/07/1989
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: 9.724
Renda: NCz$ 62.124,00
Árbitro: Manuel Francisco Gomes de Oliveira
Gols: Nando 08, Cuca 13 e Alfinete 29 do 1º tempo; Nando 07 e Assis 11 do 2º tempo
Mixto: Nikita, Donizete, Wágner (Silvinho), Panzariello, Elias, Genildo (Gonçalves), Rui, Dago, Niltinho, Franz e Benevan. Técnico: Washington Dorneles.
Grêmio: Mazaropi, Alfinete, Luiz Eduardo, Edinho, Fábio, Jandir (Adílson Heleno), Cuca, Lino, Assis (Almir), Nando e Paulo Egídio. Técnico: Cláudio Duarte.

 

Operário (MS) 2 x 0 Mixto
Data: 22/06/1990
Local: Estádio Pedro Pedrossian (Campo Grande)
Público: 289
Renda: Cr$ 30.800,00
Árbitro: Flávio de Carvalho
Gols: Adir 18 do 1º tempo e Adir 11 do 2º tempo
Operário: Marquinhos, Alvarildo, Zé Ronaldo, Anchieta, Marcos Adriano, Biá, Biro-Biro, Índio, Odair (Adir), Escurinho e Gilmar (Celso). Técnico: José Flor.
Mixto: Ronaldo, Donizete, Franz, César, Paulo Henrique, Caçapa, Genildo, Ivair, Claudinho (Gonçalves), Silvinho (Rodinei) e Serginho. Técnico: Hélio Machado

 

Mixto 1 x 0 Operário (MS)
Data: 27/06/1990
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: 221
Renda: C$ 24.700,00
Árbitro: Edson Rezende de Oliveira
Gol: Caçapa 6 do 2º tempo
Mixto: Ronaldo, Donizete, Franz, Panzariello (Claudinho), César, Caçapa, Valdir, Genildo, Serginho, Silvinho e Ivair (Gonçalves). Técnico: Hélio Machado.
Operário: Marquinhos, Alvarildo, Zé Ronaldo, Anchieta, Marcos Adriano, Celso, Biá, Índio, Biro-Biro (Agenor), Escurinho (Lourival) e Adir. Técnico: José Flor.

 

Mixto 0 x 3 Corinthians (SP)
Data: 18/02/1997
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: 14.325
Renda: R$ 166.245,00
Árbitro: Antônio Pereira da Silva (GO)
Gols: Mirandinha 27 do 1º tempo; Souza 09 e 39 do 2º tempo
Mixto: Ernandes, Adrison (Iuca), Batista, Jaílson, Renatinho, Anderson, Gringo, Biá, De Ávila (Jonas), Mauricinho (Abílio) e Toninho Santos. Técnico: Hélio Machado.
Corinthians: Ronaldo (Maurício), Carlos Roberto (André Santos), Célio Silva, Sangaletti, Silvinho, Romeu, Fábio Augusto, Fernando Diniz, Souza, Túlio e Mirandinha. Técnico: Nelsinho Baptista

 

URT (MG) 2 x 1 Mixto
Data: 14/03/2001
Local: Estádio Zama Maciel (Patos)
Público: 1.473
Renda: R$ 12.190,00
Árbitro: Edilson Soares da Silva (RJ)
Gols: Inca 12, Odil 15 e Peninha 39 do 2º tempo
URT: Héber, Inca, Anderson, Toninho, De Lima, Víctor (Davi), Pedro Luiz, Vanderlei (Paulo Roberto), Edílson, Cristiano (Peninha) e Ditinho. Técnico: Gildásio Barbosa
Mixto: Denílson, Odair, Sirlei, Hugo Alcântara, Renatinho, Láudio, Cícero, Odil, Manu (Chiba), Wilson e Toninho. Técnico: Éder Taques

 

Mixto 2 x 0 URT (MG)
Data: 21/03/2001
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: Não fornecido
Renda:  Não fornecida
Árbitro: Getúlio Barbosa Souza Júnior (MS)
Gols: Hugo Alcântara 06 do 1º tempo e Wilson 40 do 2º tempo
Mixto: Denílson, Odair, Sirlei (Chiba), Hugo Alcântara, Renatinho, Láudio, Odil, Manu, Cícero, Wilson e Toninho. Técnico: Éder Taques
URT: Héber, Paulo Roberto (Cristiano), Anderson, Toninho, De Lima (Vanderlei), Víctor (Peninha), Davi, Pedro Luiz, Inca, Edílson e Ditinho. Técnico: Gildásio Barbosa

 

Juventude (RS) 3 x 0 Mixto
Data: 11/04/2001
Local: Estádio Alfredo Jaconi (Caxias do Sul)
Público: Não fornecido
Renda:  Não fornecida
Árbitro: Giulliano Bozzano (SC) Público: 0 Renda: 0.00
Gols: Fernandão 10, João Marcelo 23 e Luciano Fonseca 28 do 1º tempo
Juventude: Diego, Ivo (Marinho), Fernandão, João Marcelo, Luiz Oscar, Fernando, Ivair, Sidnei, Michel (Marcelo), Luciano Fonseca e Dauri (Pontes). Técnico: Hélio dos Anjos
Mixto: Denílson, Odair (Alex), Sirlei, Hugo Alcântara, Renatinho, Láudio, Geraldão (Odil), Cícero, Manu, Wilson e Toninho (André). Técnico: Éder Taques

 

Mixto 1 x 1 Juventude (RS)
Data: 18/04/2001
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: Não fornecido
Renda:  Não fornecida
Árbitro: Getúlio Barbosa Souza Júnior (MS)
Gols: André 28 e Pontes 39 do 2º tempo
Mixto: Denílson, Láudio, Sirlei, Julimar, Renatinho (Alex), Elias, Cícero, Lucky, Odil (Odair), André e Flávio Costa (Alexandre). Técnico: Éder Taques.
Juventude: Diego, Marinho, Fernandão, Márcio, João Marcelo, Fernando, Sidnei, Ivair, Luciano Fonseca (Pontes), Michel (Marcos) e Marcelo (Lau). Técnico: Hélio dos Anjos.
Mixto 1 x 2 Paraná Clube
Data: 18/02/2009
Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)
Público: Não fornecido
Renda:  Não fornecida
Árbitro: Marcos Rassi Fernandes
Gols: Luís Henrique 9, Davi 22 e Gedeon 24 do 2º tempo
Mixto: Rafael Fava, Alex Moura, Giovani, Rogério, Ednilton, Alexandre Pitbull (Asprila), Davi, Dudu (Igor), Hilton Mineiro, Alex Sorocaba e Thiago Tiziu. Técnico: Wilson Carrasco
Paraná: Ney, Murilo, João Paulo (Elton), Luís Henrique, Fabinho, Agenor, Ernani, Kleber, Lenilson, Welinton Silva (Bruno) e Osmar (Gedeon). Técnico: Paulo Comelli

 

Paraná Clube 1 x 2 Mixto
Data: 05/03/2009
Local: Estádio Durival de Britto (Curitiba)
Público: Não fornecido
Renda:  Não fornecida
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Gols: Alex Sorocaba 40 do 1º tempo; João Paulo 6 e Igor 35 do 2º tempo
Paraná: Rodolfo, João Paulo, Luís Henrique, Elton, Murilo, Agenor, Kléber, Bruninho (Everton), Fabinho, Wellington Silva (Gedeon) e Peterson (Wando). Técnico: Paulo Comelli.
Mixto: Diego Vandré, Alex Moura, Rogério, Ednilton, Eduardo (Igor), Alexandre Pitbull, Davi, Dudu (Bruno Takahashi), Hilton Mineiro, Alex Sorocaba (Elton) e Thiago Tiziu. Técnico: Wilson Carrasco.

 

Nos pênaltis: Paraná Clube 4 x 2 Mixto

 

Mixto 2 x 1 Vitória (BA)
Data: 10/01/2013
Local: Estádio Presidente Dutra (Cuiabá)
Público: 2.048
Renda: R$ 46.440,00
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Gols: Luiz Alberto 14 do 1º tempo; Soares 3 e Odail Júnior 36 do 2º tempo
Mixto: André, Marcos Bahia, Junior Soares, Kal (Odail Júnior), Jorginho, Natan (Paulo Henrique), Kiko, Vitor (Jean), Robinho, Geovani e Marclei. Técnico: Cláudio Adão.
Vitória: Deola, Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista, Mansur (Marcos), Edson Magal, Cáceres (Marquinhos), Luiz Alberto, Escudero, Maxi Biancucchi (Vander) e Dinei. Técnico: Caio Júnior.
Vitória (BA) 5 x 1 Mixto
Data: 16/04/2013
Local: Estádio Barradão (Salvador)
Público: 5.522
Renda: R$ 60.455,00
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Gols: Dinei 36, Escudeiro 38, Geovani 40 do 1º tempo; Dinei 22, Vander 36 e Marquinhos 47 do 2º tempo
Vitória: Deola, Nino Paraíba (Marcos), Gabriel Paulista, Vitor Ramos, Mansur, Luis Antônio, Michel, Marquinhos, Escudeiro, Biancucchi (Vander) e Dinei (Lúcio Maranhão). Técnico: Caio Júnior.
Mixto: André, Marcos Bahia (Dudu), Júnior Soares, Odail Júnior, Jorginho, Kiko, Helber (Jean), Natan, Robinho, Felipe Adão (Paulo Henrique) e Geovani. Técnico: Cláudio Adão.

 

Mixto 0 x 0 Santos (SP)
Data: 02/04/2014
Local: Arena Pantanal (Cuiabá)
Público: 17.000
Renda: R$ 748.760,00
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino (GO)
Mixto: Igor, Denilson, Zé Adriano, Robinho, César Romero (Ítalo), Paulo Almeida, Kiko, Rui Cabeção, Ferreira (Edílson), Fogaça (Gabriel) e João Paulo. Técnico: Ary Marques.
Santos: Aranha, Cicinho, Jubal, Nailson, Mena, Alison (Léo), Alan Santos, Lucas Lima (Serginho), Diego Cardoso (Giva), Stéfano Yuri e Rildo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Santos (SP) 3 x 0 Mixto
Data: 16/04/2014
Local: Vila Belmiro (Santos)
Público: 2.321
Renda: R$ 71.754,00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Gols: Arouca 14, Gabriel 23 e 38 do 2º tempo
Santos: Aranha, Cicinho, Neto, David Braz, Mena, Alan Santos, Arouca (Alison), Gabriel, Thiago Ribeiro (Stéfano Yuri), Diego Cardoso (Lucas Lima) e Geuvânio. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Mixto: Igor, Denilson, Ricardo Ehle, Robinho, Ítalo, Paulo Almeida (Edílson), Kiko, Gabriel (Leandrinho), Rui Cabeção, Fogaça (Ferreira) e João Paulo. Técnico: Ary Marques.
 
Fonte: Diário de Cuiabá/A Gazeta/CBF
   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha