O Combinado Rubro-Negro foi uma agremiação da cidade do Rio de Janeiro (RJ). Fundado na Segunda-feira, do dia 05 de Abril de 1936, pela diretoria do Clube de Regatas Flamengo. Tanto o escudo quanto o uniforme eram, basicamente, o mesmo utilizado pelo Flamengo.

A criação do Combinado Rubro-Negro foi um meio de aproveitar os jovens jogadores da base mesclando com aqueles atletas que eram pouco utilizados na equipe principal. Em outras palavras estava criado o time de Aspirantes. Importante citar, que a ideia não se limitava apenas ao futebol. Outras modalidades, como o basquete, também contavam com a equipe de Aspirantes.

Assim foi noticiado no Jornal dos Sports:

Os amadores do Flamengo organizaram o poderoso Combinado para concorrer no II Torneio Aberto de Football do Rio de Janeiro, da Liga Carioca. Esse combinado, que recebeu o nome de Combinado Rubro-Negro, vestirá o antigo uniforme do Flamengo, que contava com as cores preta, vermelha e branca, em listas horizontais.

Augusto Gonçalves, Oswaldo Menezes e outros extremados rubro-negros, fazem parte do corpo de diretivo do novel grêmio, que conta, também com inúmeros adeptos.

Surgindo com a antiga camisa do Flamengo, o Combinado Rubro-Negro vai reviver uma tradição dos sports da cidade, naturalmente decidido a reproduzir as façanhas gloriosas do simpático clube“.

Torneio Aberto de Football do RJ de 1936

Uma semana depois de ser criado, estreou, no domingo, do dia 12 de Abril de 1936, válido pelo Torneio Aberto de Football do Rio de Janeiro de 1936, organizado pela Liga Carioca de Football (LCF). Porém, acabou sendo derrotado pelo Combinado 5 de Julho, de Niterói, pelo placar de 4 a 3, no Estádio do Fluminense Football Club.

Na quarta-feira, do dia 06 de maio, voltou a enfrentar o mesmo adversário. Dessa vez, triunfou goleando a equipe niteroiense por 6 a 2. Voltou a campo, no domingo, do dia 24 de maio, para derrotar os Fuzileiros Navais pelo placar de 3 a 1. Porém, válido pela 9ª Eliminatória, no domingo, do dia 31 de maio, o Combinado Rubro-Negro deu adeus a competição ao ser derrotado pelo Centro Aviação Naval por 4 a 2.

Time base de 1936: Germano (Alberto); Lucio e Pompeu (Marin); Valdir (Delvaux), Geraldo e Faya (Famor); Qualter, Doca (Benterenzo), Ismael, Almir e Carlinhos.

 

FONTES: Diário Carioca – O Imparcial – Jornal dos Sports

  4 Responses to “Combinado Rubro-Negro, da Gávea – Rio de Janeiro (RJ): Disputou o Torneio Aberto de Football do RJ de 1936”

  1. Ielo,

    Diante da falta de fotos, acredito que é melhor deixar dessa forma!
    Futuramente, encontrando fotos… Aí pode ser confirmado ou refeito!

    Abs.

  2. Sergio,

    No intuito de aprimoramento do uniforme, deduzo que o Combinado Rubo-Negro, utilizava apenas o monograma na “camisa coral”, considerando que o CR Flamengo também utilizada nesta época o monograma, e não o escudo completo. Entendo no texto, que apenas a camisa era a antiga. E provável que o escudo seja o que já estava na primeira publicação, como o monograma com apenas as duas letras “C” e “R”. O que vc acha?

    Abs.

  3. Obrigado Ielo pelas palavras!

    Sobre o campo, vale lembrar que tanto o terreno do Flamengo quanto do Vasco da Gama foram doados pelo então prefeito do Distrito Federal Alaor Prata (que depois se tornou presidente do Fluminense Football Club) em 1923.

    O campo da Gávea já existia alguns anos depois.
    Talvez o que possa confundir é o fato de o Estádio da Gávea ter sido inaugurado no dia 15 de novembro de 1938. Ou seja, 15 anos depois.

    Porém o campo já existia há pelo menos uma década!

    Sobre o uniforme e escudo, faz sentido!

    Abs.

  4. Sergio,

    Excelente resgate dos participantes dos Torneios Abertos da Liga Carioca, da década de 30, principalmente considerando os clubes efêmeros, como o Combinado Rubro-Negro.
    Com intuito de colaborar, observo no texto que a camisa utilizada pelo Combinado Rubro-Negro, foi utilizada a camisa antiga do Flamengo, conhecida como “cobra coral”, por ter também listas horizontais brancas intercaladas. Provavelmente como o monograma de suas iniciais. “C”, “R” e “N”, ou apenas, o “C” e “R”, bordados na camisa, ocultado ou apagando “F”.
    Quanto a sede, embora o Flamengo já havia adquirido a Gávea em 1931, e construído um campo com arquibancadas de madeira, estavam em reformas de ampliação em 1936. Talvez a sede do Combinado Rubro-Negro, tenha sido registrado como sendo no bairro do Flamengo.
    Parabéns pela trabalho e publicação a todos.
    Abs.

   
© 2018 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha