Inaugurada a Estação de Pirambóia, em 20 de março de 1888, da  Estrada de Ferro Sorocabana, surgiu um pequeno povoado, no centro do Estado de São Paulo, na depressão periférica, antes da Serra de Botucatu, no lado norte do município de Rio Bonito (atual Bofete), proximo ao município de Capela da Ponte do Rio Tietê (atual Anhembi), tornando-se distrito em 1899. Em 20 de maio de 1934, passados 46 anos, o distrito de Pirambóia foi desmembrado de Bofete e passou a pertencer ao município de  Anhemby. Devido à importância regional de Pirambóia, em menos de um mês, acabou recebendo a sede do município, que passou a se chamar Município de Pirambóia em 12 de junho de 1934. A sede do município voltou para Anhemby no dia 24 de dezembro de 1948, antes mesmo da construção de nova Estação de Pirambóia no novo traçado da Estrada de Ferro Sorocabana, retirando os trilhos que passava na Estação antiga.

município de Pirambóia, neste pequeno período de 14 anos de existência, viveu grandes momentos econômicos, tanto com o embarque de toda produção agrícola dos dois municípios, como do desembarque de produtos oriundos da capital para consumo da região da “baixada”, somados ao embarque e desembarque de passageiros, gerando comercio local, e a produção do Laticínio Pirambóia, produzindo leite, queijos e derivados de excelente qualidade, gerando empregos diretos e indiretos estimulando a produção leiteira da região.

Pirambóia Futebol Clube, participou, sendo uma única vez, do Campeonato Paulista do Interior de 1942, na 5ª Região, com sede em Botucatu, com os demais clubes: AA Botucatuense , AA Ferroviária (Botucatu, campeã da 5a Região), Bandeirante FC (Botucatu), AA Sãomanuelense, EC Bandeirante (São Manuel), AA Avareense, Cerqueira Cesar FC.

 Municipio de Pirambóia, atual município de Anhembi, de 736,557 km2 com 6.400 habitantes. Do Tupi-Guarani: Pirambóia – “peixe cobra” e Anhembi – rio com muitas anhumas (atual rio Tietê).

Praça de Esportes Vereador Jacob Miguel / “Campo de Pirambóia“, Dist. de Pirambóia, Anhembi / SP

fontes:

Livro “Os Esquecidos” de Rodolfo Kussarev, fotos/dez2016 Antonio Mário Ielo, site Estações Ferroviárias, site Prefeitura de Anhembi/SP e fotos da equipe do acervo de Geraldo Zacarias (agradecimento especial).

   
© 2019 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha