O Mixto sagrou-se bicampeão Matogrossense após disputar a final com o União da cidade de Rondonópolis. Abaixo as fichas técnicas:

 

Mixto 2 x 1 União

Data: 16/11/1980

Validade: Campeonato Mato-grossense – Final – 1º jogo

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Renda: Cr$ 773.200,00

Público: 12.629

Árbitro: Maurílio José Santiago

Gols: Gilmar, Bife e Mário Sérgio

Mixto: Ernani, Gilmar, Fumaça, Miro, Jairo, Fabinho, Ademar, Tostão, Marcinho (Ideraldo), Bife e Toninho Campos (Luis Márcio). Técnico: Helio Machado

União: Almeida, Maurinho, Mário Sérgio (Gilmar), China, Nélson, De Paula, Osmário, Edson, Xaxá, Pindu e Zuza. Técnico: Genésio do Carmo

 

União 1 x 1 Mixto

Data: 23/11/1980

Validade: Campeonato Mato-grossense – Final – 2º jogo

Local: Estádio Lutero Lopes (Rondonópolis)

Renda: Cr$ 994.300,00

Público: 5.926

Árbitro: Romualdo Arppi Filho (SP)

Gols: Edson e Tostão

União: Almeida, China, Maurinho, Mário Sérgio, Nélson, Dideus, Edson, Chundi, Xaxá, Osmário (Juari), Zuza. Técnico: Genésio do Carmo

Mixto: Ernani, Gilmar, Fumaça, Miro, Jairo, Fabinho, Gole, Ademar, Toninho Campos (Luis Márcio), Bife e Tostão. Técnico: Helio Machado

 

Mixto 2 x 0 União

Data: 26/11/1980

Validade: Campeonato Mato-grossense – Final – 3º jogo

Renda: Cr$ 954.230,00

Público: 15.290

Árbitro: José Roberto Wright (RJ)

Gols: Ademar e Bife

Mixto: Ernani, Gilmar, Fumaça, Miro (Folha), Jairo, Fabinho, Golê (Arildo), Ademar, Toninho Campos, Bife e Tostão. Técnico: Helio Machado

União: Almeida, China, Mário Sérgio, Maurinho (Gilmar), Nélson, Zé Coco, Chundi, Edson, Xaxá, Juari (Joãozinho) e Zuza. Técnico: Genésio do Carmo

 

 

Fonte: Jornal O Estado de Mato Grosso e Revista Placar

   
© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha