Campeonato Paulista de 1928 – APEA (Associação Paulista de Esportes Athleticos) – Club Athletico Ypiranga 4 x 1 Sport Club Syrio

Partida realizada na data de 3 de junho de 1928, no campo do C.A. Ypiranga, na Rua dos Ituanos, 33.

Juiz: Pausanias Pinto da Rocha.

Gols: Rebollo (2) Fiori e Teppet (CAY) e Alberto (SCS).

Ypiranga: Longobardi, Ziza e Zacca. Victorino, Constantino e Victorio. Rebollo, João, Fiori, Teppet e Salvador.

Syrio: Didi, Argentino e Chicão. Augusto, Feliciano e Arthur. Chaves, Caetano, Alberto, Tatico e Alvariza.

Fontes: jornal “A Gazeta” e o livro “O Caminho da Bola”,  de Rubens Ribeiro.

 

FONTES: Revista Sport Ilustrado 

 

DATA: 14 DE MAIO DE 1950

LOCAL: CAMPO DO EC UNIÃO OPERÁRIA, NO GUARUJÁ / SP

 

1º JOGO

CA JABAQUARA

1-0

ITAPEMA FC

2º JOGO

BRASIL AC

2-1

EC UNIÃO OPERÁRIA

3º JOGO

ONZE BANDEIRANTES FC

0-0

VILA SOUZA AC (1-0 ESC)

4º JOGO

WILSON AC

1-0

SE SANTO AMARO

5º JOGO

BRASIL AC

1-0

CA JABAQUARA

6º JOGO

ONZE BANDEIRANTES FC

1-0

WILSON AC

FINAL

ONZE BANDEIRANTES FC

1-0

BRASIL AC

 

CAMPEÃO – ONZE BANDEIRANTES FUTEBOL CLUBE (GUARUJÁ / SP)

 

DATA: 16 DE ABRIL DE 1950 e 23 DE ABRIL DE 1950 (FINAL)

LOCAL: CAMPO DO BRASIL FC, EM SANTOS / SP

 

1º JOGO

EC MARTINS FONTES

0-0

EC EF SOROCABANA (1-0 ESC)

2º JOGO

CA LANUS

2-0

EC VASCO DA GAMA

3º JOGO

INDEPENDENTE FC

1-0

FLOR DO NORTE FC

4º JOGO

AFONSO PENA FC

2-0

PRATICAGEM QUADRO

5º JOGO

SANTA MARIA AC

0-0

CUNHA MOREIRA FC (3-2 PEN)

6º JOGO

IPIRANGA AC

1-0

EC XV DE NOVEMBRO

7º JOGO

EC MARTINS FONTES

0-0

CA LANUS (2-1 ESC)

8º JOGO

INDEPENDENTE FC

1-1

AFONSO PENA FC (2-1 ESC)

9º JOGO

SANTA MARIA AC

0-0

IPIRANGA AC (3-0 ESC)

10º JOGO

EC MARTINS FONTES

0-0

INDEPENDENTE FC (1-0 ESC)

FINAL

SANTA MARIA AC

2-2

EC MARTINS FONTES (3-1 ESC)

 

CAMPEÃO – SANTA MARIA ATLÉTICO CLUBE (SANTOS / SP)

 

DATA: 16 DE ABRIL DE 1950

LOCAL: CAMPO DO SANTA AMRIA AC, EM SANTOS / SP

 

1º JOGO

CORRENTINA FC

1-0

CA MONTE VERDE

2º JOGO

IMPRENSA FC

0-0

CAIUBI FC (3-2 PEN)

3º JOGO

SE ALVIVERDE

W0-0

CRUZ DE MALTA FC

4º JOGO

PINHEIROS FC

1-0

SE SAMBA DANÇAS

5º JOGO

SÃO JORGE FC

1-0

EC ÁZ NEGRO

6º JOGO

CORRENTINA FC

1-0

EC SULAMERICANA

7º JOGO

IMPRENSA FC

0-0

SE ALVIVERDE (1-0 ESC)

8º JOGO

SÃO JORGE FC

1-0

PINHEIROS FC

9º JOGO

CORRENTINA FC

1-0

IMPRENSA FC

FINAL

SÃO JORGE FC

0-0

CORRENTINA FC (6-5 PEN)

 

CAMPEÃO – SÃO JORGE FUTEBOL CLUBE (SANTOS / SP)

 

DATA: 16 DE ABRIL DE 1950

LOCAL: CAMPO DA AA AMERICANA, EM SANTOS / SP

 

1º JOGO

AA PORTUGUESA

0-0

SANTOS FC (1-0 ESC)

2º JOGO

AA AMERICANA

2-0

BRASIL FC

3º JOGO

AA PORTUGUESA

0-0

JABAQUARA AC (1-0 ESC)

FINAL

AA AMERICANA

1-1

AA PORTUGUESA (1-0 ESC)

 

CAMPEÃ – ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA AMERICANA (SANTOS / SP)

 

Este festival promovido pela Liga Vicentina de Futebol Amador, teve parte de sua renda revertida para o Hospital São José.

 

DATA: 30 DE JUNHO DE 1963

LOCAL: CAMPO DO BEIJA FLOR FC,EM SÃO VICENTE/ SP

RENDA: CR$ 14.120,00

 

1º QUADROS

EC CORINTHIANS

2-1

FLAMENGO FC
1º QUADROS AC PRAIA GRANDE

3-1

BEIJA FLOR FC
1º QUADROS EC BEIRA MAR

6-1

SPR FC
 

DATA: 16 DE JUNHO DE 1963

LOCAL: CAMPO DO BEIJA FLOR FC,EM SÃO VICENTE/ SP

RENDA: CR$ 26.380,00

 

1º JOGO

AA FERROVIÁRIA

1-0

EC CORINTHIANS

2º JOGO

EC BEIRA MAR

0-0

AC PRAIA GRANDE (3-2 PEN)

3º JOGO

SÃO PAULO FC

FLAMENGO FC

4º JOGO

SÃO VICENTE AC

UNIÃO FC

5º JOGO

CA PAULISTANO

BEIJ FLOR FC

6º JOGO

SPR FC

ITARARÉ PC

7º JOGO

EC BEIRA MAR

AA FERROVIÁRIA

8º JOGO

SÃO PAULO FC

SÃO VICENTE AC

9º JOGO

SPR FC

CA PAULISTANO

10º JOGO

EC BEIRA MAR

SÃO PAULO FC

FINAL

SPR FC

1-0

EC BEIRA MAR

 

CAMPEÃO – SÃO PAULO RECREATIVO FUTEBOL CLUBE (SÃO VICENTE – SP)

 

DATA: 04 DE MAIO DE 1963

LOCAL: CAMPO DO SANTOS FC, EM SANTOS / SP

RENDA: CR$ 3.050,00

 

1º JOGO

AA PORTUGUESA

2-0

SANTA ISABEL AC

2º JOGO

GR O APITO

W0-0

GE VICENTE DE CARVALHO

3º JOGO

EC LÍDER

1-0

EC SANTISTA

4º JOGO

SANTOS FC

2-1

AA PORTUGUESA

5º JOGO

EC LÍDER

2-1

GR O APITO

FINAL

SANTOS FC

7-0

EC LÍDER

 

CAMPEÃO – SANTOS FUTEBOL CLUBE (SANTOS – SP)

 

DATA: 27 DE ABRIL DE 1963

LOCAL: CAMPO DA AA AMERICANA, EM SANTOS / SP

RENDA: CR$ 2.350,00

 

1º JOGO

SANTOS FC

1-0

EC LÍDER

2º JOGO

JABAQUARA AC

1-0

EC SANTISTA

3º JOGO

GE VICENTE DE CARVALHO

0-0

SANTA ISABEL (1-0 PEN)

4º JOGO

AA PORTUGUESA

0-0

SANTOS FC (2-1 PEN)

5º JOGO

GE VICENTE DE CARVALHO

1-0

JABAQUARA AC

FINAL

AA PORTUGUESA

1-0

GE VICENTE DE CARVALHO

 

CAMPEÃ – ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PORTUGUESA (SANTOS – SP)

 

Amistoso em 1928 – Club Athletico Independencia (SP) 1 x 2 America Football Club (Rio de Janeiro)

Partida realizada na data de 13 de maio de 1928, no Parque da Antarctica Paulista.

Gols: Petronilho (CAI) e Oswaldo (2-AFC).

Juiz: Edgard Gonçalves, do Villa Isabel.

Independencia: Russo, Ferreira e Soares. Feitiço II, Vanni e Zanotta. Yoyô, Figueiredo, Petronilho, Pedrinho e Guimarães.

America: Joel, Pennaforte e Hildegardo. Hermogenes, Jonas e Walter. Sobral, Oswaldo, M. Pinto, Mineiro e Sergio.

Fonte: jornal “Correio Paulistano”.

 

Amistoso em 1928 – APEA (Associação Paulista de Esportes Athleticos) 4 x 0 Peñarol Universitario de Montevideo (Uruguai)

Partida realizada na data de 6 de maio de 1928, no Parque da Antarctica Paulista.

Gols: Heitor (2), Apparício e De Maria (APEA)

Juiz: Villas Boas.

Fonte: jornal “Correio Paulistano”.

 

Campeonato Paulista de 1928 – LAF (Liga de Amadores de Football) – Club Athletico Paulistano 1 x 1 Associação Athletica São Bento (Capital)

Partida realizada na data de 22 de abril de 1928, no campo do C.A. Paulistano, no Jardim América.

Gols: Rueda (CAP) e Carrapicho (AASB)

Juiz: João Caetano Baptista

Paulistano: Nestor, Lima e Villela. Abate, Rueda e Alves. Formiga, Peres, Friedenreich, Filó e Zuanella.

São Bento: Teixeira, Franco e Votorantim. Nino, Poly e Barros. Mario, Barrilote, Carrapicho, Orestes e Juracy.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta” e o livro “O Caminho da Bola” de Rubens Ribeiro.

 

Amistoso em 1928 – C.A. Paulistano 3 x 3 A.A. Ponte Preta (Campinas)

Partida realizada na data de 8 de abril de 1928 no campo do C.A. Paulistano, no bairro Jardim América.

Fonte: jornal “A Gazeta”.

 

O motivo da postagem desta foto, é para observar a presença do então jovem árbitro Romualdo Arppi Filho. Ele é o segundo agachado da direita para a esquerda.

Liga Esportiva de Árbitros de Santos(SP) - 1962

 

O Estrada de Ferro Sorocabana Futebol Clube, ou apenas Estrada, foi uma agremiação  da cidade de Sorocaba (SP). O ‘Estradinha’ foi Fundado no dia 25 de Novembro de 1930, por ferroviários da Estrada de Ferro Sorocabana, suas cores eram vermelha, preta e branca.

Uma das mais antigas equipes de Sorocaba, o Estrada foi a mais importante da cidade até a década de 1960. O  Estrada participou do Campeonato Paulista nove vezes. Foi campeão da Terceira Divisão (atual A3), em 1961; e levantou a taça em sete oportunidades do Campeonato Citadino de Sorocaba: 1942, 1943, 1952, 1954, 1965, 1966 e 1967.

Com a quebra do setor ferroviário no estado, a agremiação sofreu com a falta de recursos e acabou por ser desativada, sendo hoje apenas um time de futebol amador e uma academia de dança e ioga. Em 1993 o clube se fundiu ao Clube Atlético Barcelona e ao Clube Atlético Sorocaba, dando origem ao atual equipe de futebol do Clube Atlético Sorocaba.

FONTES: Wikipédia – Revista Sport Ilustrado

 

FONTES: Marlon Krüger Compassi – Diário de Notícias 

 

Associação Atlética Ferroviária (São Vicente-SP) - Campeã da 1ª Divisão de 1960

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

DATA: 24 DE JULHO DE 1960

LOCAL: CUBATÃO / SP

 

VETERANOS

EC CUBATÃO

3-1

CR CONTINENTAL (São Vicente)

2º QUADROS

EC CUBATÃO

1-1

CR CONTINENTAL (São Vicente)

1º QUADROS

EC CUBATÃO

1-0

CR CONTINENTAL (São Vicente)

Esporte Clube Cubatão (Cubatão-SP) - 1960

 

FONTES: Revista Sport Ilustrado

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

EQUIPES PARTICIPANTES:

 

EQUIPE

CIDADE

001

AVRO ATLÉTICO CLUBE GUARUJÁ – SP

002

BRASIL ATLÉTICO CLUBE GUARUJÁ – SP

003

CLUBE ESPORTIVO FLORIANO PEIXOTO GUARUJÁ – SP

004

GUARUJÁ ATLÉTICO CLUBE GUARUJÁ – SP

005

ITAPEMA FUTEBOL CLUBE GUARUJÁ – SP

006

WILSON ATLÉTICO CLUBE GUARUJÁ – SP

 

1º TURNO

 

29.04.1945

WILSON

4-2

FLORIANO PEIXOTO

29.04.1945

GUARUJÁ

4-2

BRASIL

06.05.1945

AVRO

3-0

ITAPEMA

06.05.1945

WILSON

4-0

BRASIL

13.05.1945

ITAPEMA

FLORIANO PEIXOTO

13.05.1945

AVRO

5-1

GUARUJÁ

20.05.1945

GUARUJÁ

2-1

WILSON

20.05.1945

FLORIANO PEIXOTO

4-3

BRASIL

27.05.1945

BRASIL

2-1

AVRO

27.05.1945

WILSON

5-1

ITAPEMA

03.06.1945

AVRO

5-2

FLORIANO PEIXOTO

03.06.1945

ITAPEMA

GUARUJÁ

10.06.1945

GUARUJÁ

5-1

FLORIANO PEIXOTO

10.06.1945

ITAPEMA

3-1

BRASIL

17.06.1945

AVRO

2-0

WILSON

 

2º TURNO

 

01.07.1945

WILSON

1-1

FLORIANO PEIXOTO

01.07.1945

GUARUJÁ

2-1

BRASIL

08.07.1945

AVRO

5-1

ITAPEMA

08.07.1945

WILSON

BRASIL

15.07.1945

FLORIANO PEIXOTO

2-1

ITAPEMA

15.07.1945

AVRO

1-0

GUARUJÁ

22.07.1945

WILSON

3-2

GUARUJÁ

22.07.1945

FLORIANO PEIXOTO

BRASIL

29.07.1945

AVRO

3-2

BRASIL

29.07.1945

WILSON

2-0

ITAPEMA

05.08.1945

AVRO

3-1

FLORIANO PEIXOTO

05.08.1945

ITAPEMA

6-2

GUARUJÁ

12.08.1945

GUARUJÁ

2-1

FLORIANO PEIXOTO

12.08.1945

ITAPEMA

2-0

BRASIL

19.08.1945

WILSON

3-2

AVRO

 

CAMPEÃO – WILSON ATLÉTICO CLUBE (GUARUJÁ / SP)

 

DATA: 08 DE ABRIL DE 1945
LOCAL: ITARIRI / SP

1º QUADROS

PRAINHA FC (Prainha)

1-0

JARAÇATIÁ FC (Miracatu)

2º QUADROS

UNIÃO ITARIRIENSE FC (Itariri)

2-0

ANA DIAS FC (Ana Dias)

1º QUADROS

PEDRO DE BARROS FC (Miracatu)

1-0

EC BANDEIRANTES (Pedro de Toledo)

1º QUADROS

UNIÃO ITARIRIENSE FC (Itariri)

2-1

AA IGUAPENSE (Iguape)
 

DATA: 01 DE ABRIL DE 1945
LOCAL: SANTOS / SP

2º QUADROS

CA VILA HENEDINA

3-0

BOTAFOGO FC

1º QUADROS

PASTEUR FC

2-1

LIBERTÁRIO FC

1º QUADROS

CA VILA HENEDINA

2-1

BOTAFOGO FC
 

Associação Portuguesa de Desportos (São Paulo-SP) - 1955

 

 

Torneio Início de 1928 – LAF (Liga de Amadores de Football)

Partidas realizadas na data de 1º de abril de 1928, no campo da Associação Athletica das Palmeiras, na Floresta.

 

1º encontro: Club Athletico Paulista x União Lapa Football Club – vencedor: C.A. Paulista.

Árbitro: João Muniz Peres, do C.A. Penhense.

Paulista: Bruno, Guedes e Fregoli. Malavasi, Sancho e Carlos. Minguta, Lamanéres, Batata, Camargo e Fredini.

União Lapa: Bruno, Paulinho e Basaglia. Pato, Guido e Russel. Zeli, Florindo, Romeu, Renato e Vidal.

 

2º encontro: Club Athletico Sant´Anna x Sport Club Internacional – vencedor: S.C. Internacional.

Árbitro: Guido Ozetti, do União Lapa.

Sant´Anna: Adolpho, Percio e Gallet. Domingos, Fortuna e Antonio. Lapatini, Antidio, Luizinho, Morganti e Waldemar.

Internacional: Negro, Rossi e Adhemar. Cabral, Fritoli e Evers. Martins, Ministro, Silva, Damião e Manduca.

 

3º encontro: Club Athletico Santista x Sport Club Germania – vencedor C.A. Santista

Árbitro: W. Rollande, do União Lapa.

Santista: Bruno, Pitocha e Silva. Rogerio, Bisoca e Omar. Velloso, Goulart, Tedesco, Sudan e Celesio.

Germania: Mayer, Manuel e Octaviano. Klein, Neiss e Rodolpho. Juca, Neco, Matheus, José e Carlos.

 

4º encontro: C.A. Paulistano x Antarctica F.C. – vencedor: C.A. Paulistano.

Árbitro: Milton Felix, do C.A. Santista.

Paulistano: Nestor, Clodoaldo e Trigo. Abate, Rueda e Alves. Filó, Peres, Friedenreich, Tavares e Zuanella.

Antarctica FC: Damião, Arthur e Zico. Miguel, Mono e Sylvestre. Morcego, Munhoz, Spitaleti, Jorão e Adrião.

 

5º encontro: A.A. das Palmeiras x Club Athletico Paulista – vencedor: Paulista.

Árbitro: Amphiploquio Xavier, do CA Paulistano.

Palmeiras: Joaninho, Faria e Araujo. Alfredo, Zico e Buck. Tidoca, Fabio, Xinda, Scott e Scheddi.

Paulista: Bruno, Guedes e Fregoli. Malavasi, Sancho e Carlos. Minguta, Lamanéres, Batata, Camargo e Fredini.

 

6º encontro: Sport Club Internacional x Club Athletico Santista – vencedor: C.A. Santista.

Árbitro: Arthur Friedenreich, do CA Paulistano.

Internacional: Negro, Rossi e Adhemar. Cabral, Fritoli e Evers. Martins, Ministro, Silva, Damião e Manduca.

Santista: Bruno, Pitocha e Silva. Rogerio, Bisoca e Omar. Velloso, Goulart, Tedesco, Sudan e Celesio.

 

7º encontro: Club Atletico Paulistano x Club Athletico Paulista – vencedor: C.A. Paulistano.

Árbitro: Raymundo Ferreira.

Paulistano: Nestor, Clodoaldo e Trigo. Abate, Rueda e Alves. Filó, Peres, Friedenreich, Tavares e Zuanella.

Paulista: Bruno, Guedes e Fregoli. Malavasi, Sancho e Carlos. Minguta, Lamanéres, Batata, Camargo e Fredini.

 

8º encontro: Club Athletico Paulistano x Club Athletico Santista – vencedor: C.A. Paulistano.

Árbitro: Virginio Guimarães.

Paulistano: Nestor, Clodoaldo e Trigo. Abate, Rueda e Alves. Filó, Peres, Friedenreich, Tavares e Zuanella.

Santista: Bruno, Pitocha e Silva. Rogerio, Bisoca e Omar. Velloso, Goulart, Tedesco, Sudan e Celesio.

O vencedor Club Athletico Paulistano recebeu a “Taça Initium” e o Club Athletico Santista a taça “Bernardo Moreira”, destinada ao segundo colocado.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta”.

 

Amistoso em 1928 – Seleção da LAF (Liga de Amadores de Football) de São Paulo 9 x 1 (LMDT) Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (Rio de Janeiro)

Partida realizada na data de 25 de março de 1928, no campo da Associação Athletica das Palmeiras, na Floresta.

Gols: Friedenreich (3), Feitiço (3), Perez (2) e Rueda (LAF) e Pé de Ouro (LMDT).

Juiz: Ferramenta.

LAF: Turry, Clodô e Barthô. Abbate, Rueda e Mono. Formiga, Perez, Friedenreich, Feitiço e Osses.

LMDT: Joãozinho (Princeza), Dyonisio e Dorival. Amorim, Cícero e Polaco. Bahiano, Enes, Pé de Ouro, Carreira e Sylvio.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta”.

 

Campeonato Paulista de 1927 – APEA (Associação Paulista de Esportes Athleticos) –  Santos Football Club 2 x 3 Palestra Italia

Partida realizada na data de 4 de março de 1928, no campo do Santos FC, na Vila Belmiro.

Gols: Siriri e Camarão (SFC) e Tedesco, Lara e Perillo (PI).

Juiz: Anthero Molinaro.

Santos: Athiê, Bilú e Meira. Hugo, Júlio e Alfredo. Osmar, Camarão, Siriri, Araken e e Evangelista.

Palestra: Augusto, Bianco e Miguel. Xingo, Gogliardo e Serafim. Tedesco, Heitor, Armando, Lara e Perillo.

OBS: O Palestra Italia sagrou-se campeão paulista de 1927.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta” e o livro “O Caminho da Bola” de Rubens Ribeiro.

 

Campeonato Paulista de 1927 – APEA (Associação Paulista de Esportes Athleticos) –  Sport Club Corinthians Paulista 10 x 5 A. Portugueza de Sports

Partida realizada na data de 12 de fevereiro de 1928, no Parque da Antarctica Paulista.

Gols: Ratto (4), Neco (3), Apparício (2) e De Maria (SCCP) e Salles (3), Petrone e Maxambomba (APS).

Juiz: Alzemiro Ballio.

Corinthians: Moreno, Roberto e Del Débbio. Américo, Sebastião e Munhoz. Apparício, Neco, Gambarotta, Ratto e De Maria.

Portugueza: Raposo, Machado e Giby. Vasques, Salgueiro e Américo. Bellini, Yoyô, Salles, Maxambomba e Petrone.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta” e o livro “O Caminho da Bola” de Rubens Ribeiro.

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

FONTES & FOTO: Federação Paulista de Futebol (FPF) – Revista Placar

 

Campeonato Paulista de 1927 – APEA (Associação Paulista de Esportes Athleticos) –  Palestra Italia 4 x 1 Santos Football Club

Partida realizada na data de 22 de janeiro de 1928, no Parque da Antarctica Paulista.

Gols: Lara, Gogliardo, Miguel e Heitor (PI) e Araken (SFC)

Juiz: Antonio de Souza Villas Boas.

Palestra Italia: Augusto, Bianco e Miguel. Xingo, Gogliardo e Serafim. Tedesco, Miguel II, Heitor, Lara e Melle.

Santos: Athiê, Bibi e Couto. Hugo, Júlio e Alfredo. Osmar, Camarão, Siriri, Araken e Evangelista.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta” e o livro “O Caminho da Bola” de Rubens Ribeiro.

 

Amistoso em 1928 – Seleção da LAF (Liga de Amadores de Football) de São Paulo 0 x 5 (LMDT) Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (Rio de Janeiro)

Partida realizada na data de 15 de janeiro de 1928, no campo da Associação Athletica das Palmeiras, na Floresta.

Gols: Ennes, Pio, Nestor (c), Sá Pinto e Moyzés (LMDT)

Juiz: Norberto Paiva.

LAF: Nestor, Faria e Rê. Abbate, Rueda e Alves. Laerte, Alceu (Zecchin), Friedenreich, Seixas e Zanella.

LMDT: Princeza, Leal e Lerruth. Sá Pinto, Moyzés e Molla. Rhodas, Ennes, Pio, Renato e Doca.

OBS: partida válida pelo festival promovido pelo Castellões F.C. de São Paulo. No jogo preliminar, o Cruz Azul venceu o Castellões pelo placar de 4 x 3.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta”.

 

Amistoso em 1928 – Palestra Italia 1 x 1 Clube de Regatas Vasco da Gama (RJ)

Partida realizada na data de 8 de janeiro de 1928, no Parque da Antarctica Paulista.

Gols: Heitor (PI) e Russo (VG)

Juiz: Oswaldo Rocha (E.C. Brasil do Rio de Janeiro).

Palestra Italia: Augusto, Bianco e Miguel. Xingo, Heitor e Serafim. Tedesco, Carrone, Del Bianco, Lara e Mele.

Vasco da Gama: Waldemar, Hespanha e Italia. Brilhante, Nesi e Lino. Paschoal, Russo, Bolão, Rainha e Badu.

Fontes: jornais “Correio Paulistano” e “A Gazeta”.

 

A Associação Desportiva Araraquara (ADA) é uma agremiação da cidade de Araraquara (SP). A equipe Alvianil foi Fundada em 09 de Janeiro de 1952, por Pereira Lima, o mesmo fundador da Ferroviária,  após a entre dois times amadores de Araraquara, o Paulista Futebol Clube (uma tradicional equipe do bairro do São José) e o São Paulo Futebol Clube.

Foi uma das mais importantes equipes criadas nos tempos áureos do futebol paulista. Fundada logo após a o nascimento da Ferroviária, e por boa parte daqueles que participaram da fundação da AFE, a ADA representou o rompimento de alguns araraquarenses com o time grená.

A justificativa oficial era que a AFE seria a equipe da Estrada de Ferro Araraquara (EFA), ou um clube fechado, enquanto a ADA , por sua vez, nascia para ser uma legítima representante da cidade no futebol paulista.

A rivalidade era enorme, movimentava a cidade e grandes disputas aconteceram entre a AFE e a ADA na Segunda Divisão (atual A2) de profissionais, no período de 1952 e 1955. Em 1955, a ADA foi a vice-campeã da série e seguiu para disputar o torneio dos campeões, que acabou classificando a Ferroviária para a Primeira Divisão (atual A1), onde o time grená fez história e acabou se transformando em um dos times mais tradicionais do País.

Foi na ADA que surgiu o maior volante da história do Palmeiras, Dudu, que formou ao lado de Ademir da Guia o maior meio campo da história do alviverde paulista. Extinta, a ADA está fora das disputas oficiais desde meados dos anos 60, e através de todos esses anos, apesar de muita gente ainda ter muitas saudades da tradicional equipe, nunca mais se ouviu falar dela em Araraquara.

ADA: O Retorno

E é, porque ela, a ADA, é um dos clubes fundadores da  Liga de Futebol Paulista, entidade que pretende revolucionar o futebol de São Paulo. Desde o começo de novembro, torcedores de dezenas de clubes pequenos do futebol paulistas convivem com a expectativa de ver suas equipes – muitas delas inclusive inativas – novamente em ação.

 

FONTES & FOTO: Wikipédia – Revista Cidade de Araraquara

© 2016 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha