A final da Segunda Divisão de 2008 do futebol potiguar aconteceu no estádio Benedito Bezerra Lins na cidade de Jardim de Piranhas. O Independente venceu o primeiro jogo por 1 a 0, em Macaíba e jogava pelo empate para conquistar a vaga para disputar uma Primeira Divisão pela primeira vez no ano de 2009. O Real Independente contou com todos os seus titulares na partida. Os principais destaques da equipe seridoense eram: o meia Jozicley ex-Potiguar de Mossoró, Leleu (Ex-Coríntinhas), Joatam e Nino Potyguar, os dois ex-Potyguar-CN. Pelo lado do Cruzeiro, o técnico Romildo Freire não contou com o zagueiro Pantera, expulso na partida de ida. O atacante Binha ex-América e Santa Cruz-PE foi um dos destaques do time de Macaíba.

os jogos da final

Jogo 1: Cruzeiro 0×1 Real Independente

Local: Estádio José Jorge Maciel

Cidade: Macaíba.
Árbitro: Izac Márcio da Silva Oliveira (RN)
Gol: Ranieri (35/1º)
Renda bruta: R$ 1.640,00
Público pagante: 333

Jogo 2: Real Independente 2×1 Cruzeiro

Local: Estádio Benedito Bezerra Lins
Cidade: Jardim de Piranhas-RN
Árbitro: Adonay Nagib de Carvalho França.
Renda: Não foi fornecida
Gols: Clécio e Leleu para o Independente. Binha, para o Cruzeiro.

Obs: O Real Independente disputou somente uma edição da primeira divisão em 2009 quando foi rebaixado e não mais voltou ao profissional. O Cruzeiro ainda disputou a segunda divisão sem sucesso e atualmente joga apenas o campeonato amador da cidade de Macaiba.

 

 

 

 

 

 

 

10/set/2008 – CORINTIANS 2X1 ACBC FC

Local: Vancouver

Gols de Joao Luiz (2) para corintians e Adham para acbc

 

 

11/set/2008-CORINTIANS 2X2 BC ALL STARS

Local: Vancouver

Gols: Joao Luiz aos 20 min e 46 min do 2 T para o corintians  e os gols do All Stars saíram aos 10 minutos e 16 minutos da segunda etapa.

 

13/set/2008-CORINTIANS  0X1 GEORGE SC

LOCAL: Victoria

Arbitra: MIchele Pye (FIFA)

Gols: Cody Fitzsimmons 30 min/ 2T

 

 

17/set/2008 CORINTIANS 7X1 ATLÉTICO CLUBE BRITISH COLUMBIA

Local: Eight Rinks- Vancouver

Gols: João Luiz 8 min, Patané 18 min do 1T; Cabelinho 6 min e 15 min,  Índio Aos 24 min, João Luiz ao 33 min e Marcos 35 min; Venny aos 2 minutos do segundo para o Columbia.

 

21/set/2008 –CORINTIANS 5X0 PENTICTON SOCCER CLUB

Local: Penticton

Gols: Patané 13 e 43 minutos, João Luiz Aos 37 minutos do 1T ;  Júlio aos 20 e Marcos (p)

 

fonte: jornais e arquivo do autor

 

Natal, 11 de Junho de 1961

Estádio Juvenal Lamartine

Renda/ CR$ 77.920,

RIACHUELO         2X0     ABC                                       gols de  Roberto Lima e Adonis

ALECRIM                 1X0     GLOBO                                gol de Wallace

ATLETICO                1X0     FERROVIARIO                gol de   Gobat

RIACHUELO                       0X0     ALECRIM                disputa penaltis –  (2X3)

ALECRIM                 0X0     ATLETICO                          disputa penaltis (2X1)

ALECRIM CAMPEÁO 1961

 

TORNEIO INICIO RN 1937

 

LOCAL: Estádio Juvenal Lamartine- JL

Data: 23 de maio de 1937

SANTA CRUZ          X         PAISSANDU (sem informação)

ABC                           1X0     ALECRIM

SANTA CRUZ          4X1     AMERICA

ABC                           2X0     SANTA CRUZ

ABC CAMPEÁO

 

antigo e atual escudo

O Alecrim Futebol Clube, 102 anos  viveu essa semana o seu pior momento de sua história centenária, onde foi rebaixado para a segunda divisão do estadual potiguar, em uma temporada, que igual as ultimas, foi marcada por erros de planejamento, insucessos de parcerias  e muitas mudanças de treinador durante a competição.

Para o estadual o clube  surpreendeu ao contratar Athirson Mazzoli como seu novo treinador, mesmo tendo conhecimento que o ex jogador do Fla/RJ não tinha um currículo minimo na carreira de treinador. Durou apenas dois jogos, duas derrotas,  para ser demitido. Trouxe Edson Alves que dirigiu  o sub-19 e esteve na Copa SP jrs com a equipe e promoveu o acesso de vários juniores ao time principal. Ficou por nove jogos, tendo conquistado uma vitoria, quatro empates e quatro derrotas. O   desempenho não agradou  e por fim assumiu o auxiliar técnico Valdierre Jota  para disputar os três  últimos jogos, principalmente o confronto direto contra o Santa Cruz de Natal . Perdeu para o Santa e depois perdeu em sequencia para America e para o ABC (12/4) este ultimo dramático de virada,no segundo tempo, sacramentando assim a sua primeira queda para a segunda divisão do estadual. Neste meio tempo o Alecrim também viveu momentos difíceis no extra-campo, quando os jogadores com salários atrasados, entraram em greve que chegou a durar cerca de cinco dias.

O centenário Alecrim FC já foi campeão potiguar  7 vezes ( 1924, 1925, 1963, 1964, 1968, 1985 1986) e mesmo rivalizando com os outros dois clubes de Natal, é o clube de simpatia de todo natalense, é tido o segundo clube de todos.   Das  98 edições do campeonato potiguar que iniciou no ano de 1918, o Verdao iniciou as suas disputas em 1924 já com um titulo. Por decisões internas da direção ficou de fora da disputa nos anos de 1931 a 1936 e depois dos campeonatos de 1948 e de 1956.  Em 1992 ficou na sua pior classificação terminando em ultimo lugar, entretanto naquele ano o regulamento não previa o rebaixamento.

A nível nacional o clube participou de todas as series do Brasileiro. Na Serie A (1964, 1965 e 1986), na Serie B (1972, 1983), na Serie C (1988, 1995, 2010), na Serie D (2009 e 2011) e ainda na Copa do Brasil de 2015.

O clube tem ainda o apoio da sua torcida organizada, A FERA (Fieis Esmeraldinos Radicais), uma das mais antigas torcidas organizadas em atividade no país fundada em 1977.

Não só seus fanáticos  torcedores, mas todos que gostam do futebol, temem que o verdão entre no mesmo caminho de outros clubes tradicionais , que logo após a queda de divisão, acaba se licenciando das atividades profissionais, alegando especialmente a crise de recursos financeiros e não retorne mais ao cenário esportivo do estado, ficando somente a saudade deste simpático clube potiguar.

Fonte: futguar-futebolpotiguar.blogspot.com.br

 

Em mais de 50 anos de competições sul-americanas oficiais, foram 28 participações de 9 times da região dos estados de Pernaqmbuco, Bahia, Maranhão, Ceara, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Três torneios já contaram com representantes do Nordeste. Além da Libertadores (cuja vaga é a mais difícil) e da extinta Copa Conmebol, a Sul-Americana veio para suprir a demanda por disputas do tipo.

Em relação ao desempenho, o máximo alcançado foi a final, uma vez no ano de 1999, no último ano da Copa Conmebol, o CSA-AL  decidiu o título contra os argentinos do Talleres, perdendo com um gol aos 45 do segundo tempo. O time alagoano se aproveitou da vaga aberta à Copa do Nordeste, uma vez que o Vitória, campeão daquela regional, declinou do convite, o vice, Bahia, e o terceiro colocado, Sport, também. Na quarta posição, o alviazulino de Maceió topou e fez história.

Taça Libertadores da América
1960 – Bahia (quartas de final, 1ª fase – 2 jogos)
1964 – Bahia (pré-libertadores, 1ª fase – 2 jogos)
1968 – Náutico (fase de grupos, 1ª fase – 6 jogos)
1988 – Sport (fase de grupos, 1ª fase – 6 jogos)
1989 – Bahia (quartas de final, 3ª fase – 10 jogos)
2009 – Sport (oitavas de final, 3ª fase – 8 jogos)
Ranking de participações (6): Bahia 3; Sport 2; Náutico 1

Copa Conmebol
1994 – Vitória (oitavas de final, 1ª fase – 2 jogos)
1995 – Ceará (oitavas de final, 1ª fase – 2 jogos)
1997 – Vitória (quartas de final, 3ª fase – 4 jogos)
1998 – América-RN (oitavas de final, 1ª fase – 2 jogos)
1998 – Sampaio Corrêa (semifinal, 3ª fase – 6 jogos)
1999 – CSA (vice-campeão, 4ª fase – 8 jogos)
Ranking de participações (6): Vitória 2; Ceará, América-RN, Sampaio Corrêa e CSA 1

Copa Sul-Americana
2009 – Vitória (oitavas de final, 2ª fase – 4 jogos)
2010 – Vitória (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2011 – Ceará (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2012 – Bahia (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2013 – Sport (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2013 – Bahia (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2013 – Vitória (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2013 – Náutico (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2014 – Bahia (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2014 – Vitória (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2014 – Sport (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2015 – Sport (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2015 – Bahia (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2016 – Santa Cruz (oitavas de final, 3ª fase – 4 jogos)
2016 – Sport (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2016 – Vitória (fase nacional, 2ª fase – 2 jogos)
2017 – Sport (em andamento)
Ranking de participações (17): Vitória e Sport 5; Bahia 4; Ceará, Náutico e Santa 1

 

Ranking de participações dos nordestinos (ate 2017)

7 – Bahia, Vitória e Sport
2 – Náutico e Ceará
1 – Sampaio Corrêa, América-RN, CSA e Santa Cruz

 

fonte: parte do diario de pernambuco (blog do cassios)

 

LOCAL: Estádio Juvenal Lamartine- JL (Natal)

Data: 3 de maio de 1936

SPORT           WO     SANTA CRUZ

ABC               2X1     AMERICA

ABC               2X1     SPORT

 

ABC Campeão

 

LOCAL: Estádio Juvenal Lamartine- JL

 

Data: 5 de maio de 1935

 

SPORT              0X3 SANTA CRUZ

ABC                  1X1  AMERICA     ABC venceu por Corners 1X0

SANTA CRUZ  1X1 ABC               ABC venceu por Corners 3×0

 

ABC Campeão

 

Torneio amistoso disputado por ABC, América e Santa Cruz, todos de Natal. Jogos realizados entre dezembro de 1937 e janeiro de 1938, todos no estádio Juvenal Lamartine, em Natal. Essa taça foi oferecida pelo cônsul chileno, Carlos Lamas.

Jogos

19 de dezembro de 1937 – América 2×3 Santa Cruz

26 de dezembro de 1937 – ABC 3×2 América

02 de janeiro de 1938 – ABC 5×2 Santa Cruz

Pontuação

04 pontos – ABC (campeão)

02 pontos – Santa Cruz

00 ponto – América

Fonte: Marcos Trindade / RN

 

FONTE: Revista Placar

 

 

FONTE: Revista Placar.

 

LIGA DESPORTIVA DAS ROCAS
DATA: 18 DE MAIO DE 1958
LOCAL: ESTÁDIO SENADOR JOÃO CAMARA, EM NATAL / RN

1º JOGO

RIO GRANDE

0-0

RACING (3-1 PEN)

2º JOGO

POTENGI

1-0

INTERNACIONAL

3º JOGO

OLIMPICUS

0-0

VASCO DA GAMA (3-1 PEN)

4º JOGO

PALMEIRAS

0-0

NACIONAL (3-1 PEN)

5º JOGO

RIO GRANDE

3-0

CANTO DO RIO

6º JOGO

POTENGI

2-1

OLIMPICUS

7º JOGO

PALMEIRAS

2-0

RIO GRANDE

FINAL

PALMEIRAS

1-0

POTENGI

CAMPEÃO – PALMEIRAS ESPORTE CLUBE (NATAL-RN)

 

EM HOMENAGEM AOS FUZILEIROS NAVAIS DE NATAL(RN)
DATA: 09 DE MARÇO DE 1958
LOCAL: ESTÁDIO JUVENAL LAMARTINE, EM NATAL / RN

1º JOGO

ALECRIM

1-1

ATLÉTICO (3-2 PEN)

2º JOGO

SANTA CRUZ

1-0

RIACHUELO

3º JOGO

ALECRIM

1-0

ABC

FINAL

SANTA CRUZ

1-0

ALECRIM

CAMPEÃO – SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE (NATAL-RN)

 

EQUIPES PARTICIPANTES:

EQUIPE CIDADE

001

ABC FUTEBOL CLUBE NATAL – RN

002

ALECRIM FUTEBOL CLUBE NATAL – RN

003

AMÉRICA FUTEBOL CLUBE NATAL – RN

004

CLUBE ATLÉTICO POTIGUAR NATAL – RN

005

RIACHUELO ATLÉTICO CLUBE NATAL – RN

006

SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE NATAL – RN

TURNO ÚNICO

16.03.1958

SANTA CRUZ

1-0

ATLÉTICO

16.03.1958

ABC

7-1

ALECRIM

20.03.1958

SANTA CRUZ

2-1

ALECRIM

20.03.1958

AMÉRICA

2-2

RIACHUELO

27.03.1958

ATLÉTICO

3-1

ALECRIM

27.03.1958

ABC

0-0

SANTA CRUZ

02.04.1958

ALECRIM

2-1

RIACHUELO

02.04.1958

ABC

5-1

ATLÉTICO

06.04.1958

RIACHUELO

2-1

ATLÉTICO

06.04.1958

SANTA CRUZ

1-0

AMÉRICA

10.04.1958

RIACHUELO

3-0

SANTA CRUZ

10.04.1958

AMÉRICA

3-1

ALECRIM

13.04.1958

AMÉRICA

2-2

ATLÉTICO

13.04.1958

ABC

5-2

RIACHUELO

18.05.1958

ABC

2-1

AMÉRICA

 

 

 

J

V

E

D

GP

GC

PG

01º

ABC

05

04

01

00

19

05

09

02º

SANTA CRUZ

05

03

01

01

04

04

07

03º

RIACHUELO

05

02

01

02

10

10

05

04º

AMÉRICA

05

01

02

02

08

08

04

05º

ATLÉTICO

05

01

01

03

07

11

03

06º

ALECRIM

05

01

00

04

06

16

02

# CAMPEÃO – ABC FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

ABC Futebol Clube (Natal-RN) - 1954

 
ALECRIM FC (NATAL – RN)

7

C ATLÉTICO POTIGUAR (NATAL-RN)

1

Data: 30 de setembro de 1954 Local: Natal / RN
Juiz: Gevanir de Freitas Caráter: Campeonato Potiguar – 1954
Gols: Chiquinho (3), Driblador (2), Peti e Biró / Joãozinho
Alecrim(RN): Dinarte; Petita e Mangueira; Monteiro, peti e Indio; Louro, Biró, Chiquinho, Jair e Driblador.
Atlético(RN): Paulo; Barbosa e Dromé; Gilberto, Pedrinho e Benedito; Humberto, Giovani, Justino, Jadiel e Joãozinho.
 

TURNO ÚNICO

05.08.1954

TREZE(PB)

2-1

AUTO ESPORTE(PB) JOÃO PESSOA – PB

05.08.1956

BOTAFOGO(PB)

4-1

ABC(RN) JOÃO PESSOA – PB

07.08.1954

BOTAFOGO(PB)

2-0

AUTO ESPORTE(PB) JOÃO PESSOA – PB

07.08.1954

TREZE(PB)

2-2

ABC(RN) JOÃO PESSOA – PB

08.08.1954

AUTO ESPORTE(PB)

3-1

ABC(RN) JOÃO PESSOA – PB

08.08.1954

BOTAFOGO(PB)

1-0

TREZE(PB) JOÃO PESSOA – PB

CAMPEÃO – BOTAFOGO (JOÃO PESSOA-PB)

 

FESTIVAL PROMOVIDO PELO SESI / NATAL – RN
LIGA DESPORTIVA DAS ROCAS – NATAL / RN

DATA: 01 DE MAIO DE 1957
LOCAL: ESTÁDIO SENADOR JOÃO CAMARA, EM NATAL / RN

1º JOGO

RACING

1-0

NACIONAL

2º JOGO

RIO GRANDE

0-0

POTENGI (3-0 PEN)

3º JOGO

PALMEIRAS

1-0

MAR E TERRA

4º JOGO

VASCO DA GAMA

1-0

INTERNACIONAL

5º JOGO

RIO GRANDE

0-0

RACING (2-0 PEN)

6º JOGO

PALMEIRAS

1-1

VASCO DA GAMA (2-0 PEN)

FINAL

PALMEIRAS

0-0

RIO GRANDE (3-2 PEN)

CAMPEÃO – PALMEIRAS ESPORTE CLUBE (NATAL – RN)

 

TORNEIO RELÁMPAGO
LIGA DESPORTIVA DAS ROCAS – NATAL / RN

CHAVE 1

28.04.1957

PALMEIRAS

0-0

NACIONAL (2-1 PEN)

28.04.1957

RIO GRANDE

2-1

POTENGI

28.05.1957

RIO GRANDE

1-0

PALMEIRAS

CHAVE 2

05.05.1957

MAR E TERRA

2-0

INTERNACIONAL
05.05.1957 RACING

2-1

VASCO DA GAMA
05.05.1957 RACING

1-0

MAR E TERRA

FINAL

12.05.1957

RACING

3-2

RIO GRANDE

CAMPEÃO – RACING SPORT CLUB (NATAL – RN)

 

DATA: 11 DE SETEMBRO DE 1957
LOCAL: GINÁSIO SILVIO PEDROSA, EM NATAL / RN
RENDA: CR$ 2.360,00

1º JOGO

AERO

2-0

APSPT

2º JOGO

BOLA PRETA

3-0

ALECRIM

3º JOGO

AMÉRICA

1-1

CENTRO (3-2 PEN)

4º JOGO

MERCÚRIO

2-0

ATLÉTICO

5º JOGO

POTIGUAR

2-0

UNIVERSITÁRIOS

6º JOGO

SANTA CRUZ

2-0

ABC

7º JOGO

BOLA PRETA

1-1

AERO (3-2 PEN)

8º JOGO

MERCÚRIO

1-0

AMÉRICA

9º JOGO

POTIGUAR

2-0

SANTA CRUZ

10º JOGO

MERCÚRIO

1-0

BOLA PRETA

FINAL

POTIGUAR

2-1

MERCÚRIO

CAMPEÃ – ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA POTIGUAR (NATAL – RN)

 

TURNO ÚNICO

27.05.1948

JUVENTUS

1-1

ATLÉTICO

27.05.1948

SANTA CRUZ

3-2

POTIGUAR

30.05.1948

ABC

4-0

JUVENTUS

30.05.1948

AMÉRICA

2-0

ATLÉTICO

03.06.1948

ABC

2-3

POTIGUAR

03.06.1948

SANTA CRUZ

2-0

AMÉRICA

06.06.1948

ATLÉTICO

3-5

POTIGUAR

06.06.1948

SANTA CRUZ

3-2

JUVENTUS

10.06.1948

AMÉRICA

7-3

JUVENTUS

10.06.1948

ABC

5-2

ATLÉTICO

13.06.1948

AMÉRICA

0-4

POTIGUAR

13.06.1948

ABC

2-2

SANTA CRUZ

17.06.1948

JUVENTUS

2-5

POTIGUAR

17.06.1948

ATLÉTICO

5-3

SANTA CRUZ

27.06.1948

AMÉRICA

3-1

ABC

CAMPEÃO – POTIGUAR ESPORTE CLUBE (PARNAMIRIM – RN)

ARTILHEIROS:

Valeriano (Santa Cruz) e Ubarana (Potiguar) 07 gols

 

Fonte: Arquivos de Marcos Trindade (Natala/RN)

 

TURNO ÚNICO

 

01.05.1955

ALECRIM

2-1

RIACHUELO

01.05.1955

AMÉRICA

4-1

ATLÉTICO

05.05.1955

ALECRIM

3-0

ATLÉTICO

05.05.1955

ABC

1-0

SANTA CRUZ

08.05.1955

SANTA CRUZ

6-1

ATLÉTICO

08.05.1955

RIACHUELO

2-0

AMÉRICA

12.05.1955

SANTA CRUZ

3-0

RIACHUELO

12.05.1955

ABC

3-0

ALECRIM

15.05.1955

RIACHUELO

1-1

ATLÉTICO

15.05.1955

AMÉRICA

4-1

ALECRIM

19.05.1955

ABC

10-0

ATLÉTICO

19.05.1955

AMÉRICA

4-0

SANTA CRUZ

09.06.1955

ABC

4-0

RIACHUELO

09.06.1955

ALECRIM

2-1

SANTA CRUZ

12.06.1955

ABC

1-0

AMÉRICA

 

 

 

J

V

E

D

GP

GC

PG

01º

ABC

05

05

00

00

19

00

10

02º

AMÉRICA

05

03

00

02

12

05

06

03º

ALECRIM

05

03

00

02

08

09

06

04º

SANTA CRUZ

05

02

00

03

10

08

04

05º

RIACHUELO

05

01

01

03

04

10

03

06º

ATLÉTICO

05

00

01

04

03

24

01

CAMPEÃO – ABC FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

DATA: 26 DE MAIO DE 1956
LOCAL: NATAL – RN

1º JOGO

ATLÉTICO

0-0

AMÉRICA (vitória nos penaltis)

2º JOGO

SANTA CRUZ

1-0

RIACHUELO

3º JOGO

ABC

0-0

ALECRIM (vitória nos penaltis)

4º JOGO

SANTA CRUZ

0-0

ATLÉTICO (vitória nos penaltis)

FINAL

SANTA CRUZ

2-0

ABC

CAMPEÃO – SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

DATA: 27 DE MAIO DE 1956
LOCAL: NATAL – RN

1º JOGO

AMÉRICA

2-0

ATLÉTICO

2º JOGO

SANTA CRUZ

2-0

RIACHUELO

3º JOGO

ABC

1-0

ALECRIM

4º JOGO

AMÉRICA

0-0

SANTA CRUZ (5-0 PEN)

FINAL

ABC

3-0

AMÉRICA

CAMPEÃO – ABC FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

TURNO ÚNICO

26.04.1956

ABC(RN)

1-1

RIACHUELO(RN) NATAL – RN

26.04.1956

AMÉRICA(RN)

2-2

TUNA LUSO(PA) NATAL – RN

29.04.1956

TUNA LUSO(PA)

3-1

RIACHUELO(RN) NATAL – RN

29.04.1956

AMÉRICA(RN)

2-0

ABC(RN) NATAL – RN

01.05.1956

AMÉRICA(RN)

2-1

RIACHUELO(RN) NATAL – RN

01.05.1956

ABC(RN)

2-0

TUNA LUSO(PA) NATAL – RN

CAMPEÃO – AMÉRICA  FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

1ª ELIMINATÓRIA

04.03.1956

RIACHUELO

2-0

ABC

04.03.1956

SANTA CRUZ

3-1

AMÉRICA

2ª ELIMINATÓRIA

11.03.1956

ATLÉTICO

2-1

SANTA CRUZ

11.03.1956

ALECRIM

4-0

RIACHUELO

FINAL

01.04.1956

ALECRIM

4-1

ATLÉTICO

CAMPEÃO – ALECRIM FUTEBOL CLUBE (NATAL – RN)

 

 

FONTE: Revista Placar

 

FONTE: Revista Placar

 

FONTE: Revista Placar

 

A FNF – Federação Norte-Riograndense de Futebol apresentou o campeonato potiguar de 2017  e na ocasião divulgou a sua novo logo. A apresentação da nova marca foi durante o evento que lançou o plano comercial do Campeonato Potiguar de 2017.  Além do Plano Comercial, a FNF apresentou a novas marca e bandeira da instituição, bem como fez a entrega de dez toneladas de alimentos não perecíveis, que foram arrecadados no treino da Seleção Brasileira para o confronto contra a Bolívia, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo para varias instituições.

O Campeonato Potiguar 2017 terá início no dia 15 de janeiro, com a participação de oito clubes: ABC, América, Globo F.C., Alecrim, Baraúnas, Santa Cruz, Potiguar de Mossoró e ASSU que terá dois turnos da competição e uma final.

 

 

FONTE: Revista Placar

 

Uma das decisões mais dramáticas e violentas  dos Campeonatos Estaduais do RN foi a final tumultuado de 1977, disputado no estádio Castelão. Em 18 de setembro, com arbitragem Fifa,do paulista José Favile Neto. A  partida transcorria quente mas ainda sem expulsão alguma,porém se encaminhando para o final do 2º tempo, uma jogada comum bem em frente ao antigo“Frasqueirão”, nome dado ao local onde ficava a torcida do ABC,  o meia americano Zeca e o abecedista Ânderson, se estranharam e  de repente o atacante alvinegro saiu correndo desesperadamente atrás de Zeca. Nesse momento, outros jogadores se estranharam com quase todos os 22 jogadores (e alguns reservas) trocando socos e pontapés, explodindo enfim o clima pesado que reinava no jogo.

O lance mais perigoso foi quando o zagueiro Pedro Pradera, do ABC, “voou” com os dois pés para atingir a seu ex-companheiro Alberi (àquele ano jogando pelo o América), sem alcançar. Depois de cerca de cinco minutos de “espetáculo” dantesco o árbitro José Faville considerou encerrada a partida com o placar mudo e com a expulsão de todos os jogadores.

Na noite de domingo o triste espetáculo foi parar no Fantastico e por vários dias, a TV mostrou cenas de uma briga campal inacreditável.

O caso foi o para o TJD, o órgão manteve o placar, e com isso o título de 1977 ficou com o  América que jogava por um empate.

O time campeão e expuso naquele domingo foi com Cícero, Ivan Silva, Joel Santana, Argeu e Olímpio, Zeca, Alberi e Garcia, Ronaldinho, Aloísio e  Soares. Técnico, Laerte Dória.

 
data jogo local
02/01 Sel. Barcelona 1×1 Alecrim Barcelona – RN
06/01 America 7×0 SINDFERN CT America
09/01 Treze 2×1 America Campina Grande PB
09/01 Atletico G. Avelino/RN  0×2 Globo Georgino Avelino/RN
09/01 Sel Grossos 0X4 Baraúnas/RN Grossos RN
09/01 Campinense 4×0 Baraunas Campina Grande PB
14/01 Treze 3×0 Potiguar Campina Grande PB
14/01 Alecrim 3×1 Atletico Potengi São Gonçalo do Amarante.
14/01 Sel.Upanema 1×6 ASSU Upanema RN
17/04 Atl. Cajazeiras 1×0 ASSU Cajazeiras PB
17/01 Sel. Barauna 0×1 Baraunas Barauna-RN
17/01 ABC 1×0 SINDFERN Frasqueirão
17/01 Campinense 0×0 America Amigão/ campina Grande PB
19/01 ABC 1×1 Botafogo-PB Frasqueirão
25/5 Potiguar 1×0 Sel. Upanema Mossoro
25/5 Globo 3×0 Sel. UFRN Barretao/ Ceara Mirim
29/5 Globo 1×1 Atletico Potengi Barretao/ Ceara Mirim
 

 

Competição

Campeão

Vice-campeão

Estadual 1º divisão

ABC

America

Estadual 2º divisão

Santa Cruz -Natal

Atletico Potengi

Copa Cidade do Natal

America

Globo

Copa RN

ABC

Alecrim

Copa da Mulher Fut. Feminino

São José

Brejinho

Estadual Sub-19

ABC

Alecrim

Estadual Sub -17

ABC

America

Estadual Sub-15

Alecrim

ABC

Estadual sub-12

ABC

Nova Esperança

Copa Natal sub 17

Cidade Nova

Parque floresta

f://futguar-futebolpotiguar.blogspot.com.br/

 

HISTÓRIA - O uruguaio Emiliano Acosta criou a figura do treinador/jogador. Na foto, o elenco principal dos rubros natalenses

 

Foi a audácia do ex-presidente americano Ruy Moreira Paiva, no final dos anos 30 que motivou o clube rubro ir buscar no Recife o primeiro jogador/treinador uruguaio, Emiliano Acosta, para atuar no América/RN. A esse tempo, Acosta estava pensando em abandonar a carreira como jogador, para ser treinador, até como um forma de ganhar mais algum dinheiro. A esse tempo, o futebol no Nordeste era quase todo amadorista, poucos jogadores tinham salários. No caso de Acosta, que era uma das exceções, justificava-se o salário um pouco diferenciado pelo fato de ter vindo do futebol do Uruguai e ter sido reserva da seleção “Celeste” no Mundial de 30, em Montevideu.

Quando chegou para jogar e treinar o clube americano, na metade do mês de junho de 1939, o Brasil atravessava momentos de certa tensão devido  o conflito mundial envolvendo as chamadas nações do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Barcos brasileiros já haviam visto sinais de submarinos alemães na costa do Nordeste, e isso fazia tremer a população litorânea. Mas, assim mesmo o brasileiro continuou vivendo o seu dia a dia, e o futebol também.

A má campanha do quadro rubro na temporada de 1937, quando ficou atrás do ABC, Santa Cruz e Paysandu (uma espécie de filial do ABC) animou  Ruy Moreira Paiva a viajar, retornando tendo Acosta a “tiracolo”. A apresentação do “gringo” foi uma sensação no estádio Juvenal Lamartine, com presença de quase 500 torcedores, segundo noticiário dos jornais da época. Acosta tinha, na época, 30 anos, havia passado pelo Náutico Capibaribe, porém como seu sonho era se iniciar na atividade de treinador, aceitou atuar como dublê, ou seja, jogar e treinar. Acosta nasceu na cidade de Taquarembó, próxima à fronteira com o Brasil. Seu primeiro clube foi o Fiat Lux, disputando a 2a. divisão uruguaia. Agradando a alguns dirigentes, transferiu-se para o Peñarol, e daí defendeu até a seleção celeste.

Ao vir tentar a sorte no Brasil, assinou com o 14 de Julho em 1933, Grêmio Porto-Alegrense no ano seguinte. Ainda retornaria à Montevideu para defender o Wanders, mas durou pouco, voltando ao Brasil para defender o São Paulo. Seu orgulho foi formar dupla de área com o lendário Friedenreich, uma espécie de Ronaldinho da época. Dizem até que fez mais gols do que Pelé.

Ao ser chamado para jogar na Bahia, assinou com o Vitória de Salvador, depois América do Recife,  Santa Cruz e Sport, até ser convidado para atuar em Natal, pelo presidente rubro.

Ter um estrangeiro no time foi o grande orgulho dos americanos natalenses. Dia de treino, muitos torcedores – principalmente garotos, iam ver o craque uruguaio treinar. Acosta, contudo não conseguiu interromper o decacampeonato do ABC, já que o Alvinegro sagrou-se hepta e octa campeão metropolitano em 1938/39, mesmo o América com um bom time. Uma das formações com Acosta foi esta: Rossini, Leônidas e Geléia, Ferreira, Ebenezer e Acosta, Portela, Acioly, Stephenson, Demóstenes e Raimundo Canuto. Emiliano Acosta  deixou Natal no começo de 1940, chateado porque não ter conseguido  quebrar a sequência de títulos do rival ABC.

O futebol da capital ainda teria mais dois treinadores uruguaios: Luiz Comitante e Danilo Menezes, sendo que DM inicialmente atuou como camisa 10, e foi dos mais famosos do clube. Seu único titulo no ABC como treinador foi em 1995.

fonte: everaldo costa -tribuna do norte

 

Os campeões da Segunda Divisão RN

1968: Racing

1969: Força e luz

1970: Monte Castelo

1980: Ferroviario

1981: Potiguar-Mossoró

1998: CAP

2001: Potiguar-Parnamirim

2004: Santa Cruz – Santa Cruz

2005: Macau

2006: Guamaré

2007: Potyguar – Currais Novos

2008: Independente

2009: Centenário-PF

2010: ABC-time B

2011: Caicó

2012: Potyguar – Currais Novos

2013: Globo

2014: Força e Luz

2015: ASSU

2016: Santa Cruz (Natal)

títulos:

02 títulos: Potyguar – CN e Força e Luz

01 título:Ferroviario, Monte Castelo, Racing, Potiguar-M, CAP,  Potiguar-P,  Santa Cruz(SC), santa Cruz(N), Macau, Guamaré, Caicó, Independente, Centenário-PF, ABC-B, Globo  e ASSU

 

 

 

Estádio Machadão (RN) em construção

 

Ilha do Retiro (PE), no final dos anos 60.

 

Estádio Presidente Vargas, o PV, em Fortaleza, 1972

 

Mais fotos de outros estádios brasileiros, basta entrar no link: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=766584

 

FONTE: Skyscrapercity

 

 

A ultima roada do campeonato potiguar da segunda divisão protagonizou um público minimo em um jogo de futebol. O Santa Cruz, já campeão por antecedência, venceu o Visão celeste por 2×0 para um público de 1 pagante e renda de R$ 5,00. Estiveram ainda outros 15 não pagantes, conforme borderô a seguir.

Se o público é assustador, como seria se o time mandante não estivesse comemorando o titulo de campeão estadual da segunda divisão?

 

 

 

 

Rodada

Data Local      

1

10.09.2016 Barrettão Atletico Potengi

1

x

1

Visão Celeste

1

10.09.2016 Nazarenão Atletico Potiguar

0

x

2

Santa Cruz F.C.

2

17.09.2016 Barrettão Força e Luz

2

x

4

Atletico Potengi

2

18.09.2016 Nazarenão Visão Celeste

0

x

3

Atletico Potiguar

3

21.09.2016 Barrettão Atletico Potengi

3

x

0

Atletico Potiguar

3

21.09.2016 Frasqueirão Santa Cruz F.C.

0

x

2

Força e Luz

4

24.09.2016 Frasqueirão Santa Cruz F.C.

2

x

0

Atletico Potengi

4

25.09.2016 Nazarenão Visão Celeste

0

x

2

Força e Luz

5

05.10.2016 Nazarenão Visão Celeste

0

x

2

Santa Cruz F.C.

5

05.10.2016 Barrettão Força e Luz

0

x

3

Atletico Potiguar

Rodada

Data Local      

6

08.10.2016 Nazarenão Visão Celeste

1

x

3

Atletico Potengi

6

09.10.2016 Frasqueirão Santa Cruz F.C.

2

x

1

Atletico Potiguar

7

12.10.2016 Barrettão Atletico Potengi

1

x

0

Força e Luz

7

12.10.2016 Nazarenão Atletico Potiguar

3

x

1

Visão Celeste

8

15.10.2016 Nazarenão Atletico Potiguar

1

x

0

Atletico Potengi

8

16.10.2016 Barrettão Força e Luz

0

x

3

Santa Cruz F.C.

9

19.10.2016 Barrettão Atletico Potengi

1

x

2

Santa Cruz F.C.

9

20.10.2016 Barrettão Força e Luz

4

x

3

Visão Celeste

10

22.10.2016 Frasqueirão Santa Cruz F.C.

2

x

0

Visão Celeste

10

23.10.2016 Nazarenão Atletico Potiguar

2

x

1

Força e Luz

 

CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG
Santa Cruz F.C. 21 8 7 0 1 15 4 11
Atletico Potiguar 15 8 5 0 3 13 9 4
Atletico Potengi 13 8 4 1 3 13 9 4
Força e Luz 9 8 3 0 5 11 16 -5
Visão Celeste 1 8 0 1 7 6 20 -14

 

Santa Cruz de Natal Campeão Potiguar 2016

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha