O campeonato Brasileiro – Serie D – 2017 já tem praticamente definido os seus classificados. A A partir de 2017, as vagas para 2018 e anos seguintes, sairão  exclusivamente do Estadual.  Hoje a Serie D do Brasileiro para o ano que, tem definidos 62 dos 68 clubes que iniciam a competição.Em 2016 a CBF exigiu esta regulação evitando assim situações de clubes indefinidos na véspera da competição.

– América/PE (via estadual 2016)

– América/RN (rebaixado série c 2016)
– Aparecidense/GO (via estadual 2016)
– Altos/PI (via estadual 2016)
– Anápolis/GO (via estadual 2016)
– Araguaia de Barra do Garças/MT (via estadual 2016)
– Atlético Acreano/AC (via estadual 2016)
– Bangu/RJ (via estadual 2016)
– Baré/RR (via estadual 2016)
– Boavista/RJ (via estadual 2016)
– Brusque/SC (via estadual 2016)
– Caldense/MG (via estadual 2016)
– Campinense/PB (via estadual 2016)
– Ceilândia/DF (via estadual 2016)
– Central/PE (via estadual 2016)
– Comercial/MS (via estadual 2016)
– Cordino/MA (via estadual 2016)
– Coruripe/AL (via estadual 2016)
– Desportiva Ferroviária/ES (via estadual 2016)
– Galícia/BA (via estadual 2016)
– Genus/RO (via estadual 2016)
– Globo/RN (via estadual 2016)
– Guarani de Juazeiro/CE (via estadual 2016)
– Guaratinguetá/SP (rebaixado série c 2016)
– Gurupi/TO (via estadual 2016)
– Internacional/SC (via estadual 2016)
– Itabaiana/SE (via estadual 2016)
– Itumbiara/GO (via estadual 2016)
– JMalucelli/PR (via estadual 2016)
– Juazeirense/BA (via estadual 2016)
– Luziânia/GO (via estadual 2016)
– Maranhão/MA (via estadual 2016)
– Metropolitano/SC (via estadual 2016)
– Murici/AL (via estadual 2016)
– Novo Hamburgo/RS (via estadual 2016)
– Operário Ferroviário/PR (via copa 2016)
– Osasco Audax/SP (via estadual 2016)
– Parnahyba/PI (via estadual 2016)
– Portuguesa/SP (rebaixado série c 2016)
– Potiguar/RN (via estadual 2016)
– PSTC/PR (via estadual 2016)
– Red Bull/SP (via estadual 2016)
– Rio Branco/AC (via estadual 2016)
– River/PI (rebaixado série c 2016)
– Rondoniense/RO (via estadual 2016)
– Santos/AP (via estadual 2016)
– São Bernardo/SP (via estadual 2016)
– São Francisco/PA (via estadual 2016)
– São José/RS (via estadual 2016)
– São Paulo/RS (via estadual 2016)
– São Raimundo/PA (via estadual 2016)
– São Raimundo/RR (via estadual 2016)
– Sergipe/SE (via estadual 2016)
– Serra Talhada/PE (via estadual 2016)
– Sete de Dourados/MS (via estadual 2016)
– Sinop/MT (via estadual 2016)
– Sousa/PB (via estadual 2016)
– Tocantins de Miracema/TO (via estadual 2016)
– Trem/AP (via estadual 2016)
– Uniclinic/CE (via estadual 2016)
– URT/MG (via estadual 2016)
– Villa Nova/MG (via estadual 2016)

fonte: TN online

 

Fundado em 7 de setembro de 1914, o Tombense já fez história no ano do seu centenário. Pela primeira vez participando de uma competição a nível nacional, o clube da cidade de Tombos-MG conquistou o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro ao se classificar para as semifinais da Série D 2014 e para completar o ano mágico da equipe, o Carcará, como é conhecido sagrou-se campeão nacional da serie D.

Gols/jogo 2,58

Vitórias em Casa 47%

Empates 28%

Vitórias Fora 26%

 

SERIE D 2009/2014

O campeonato Brasileiro da serie D foi criado em 2009 e teve somete cinco campeões e de estados diferentes:

Estado

Títulos

Vices

3º colocados

4º colocados

TOTAL

Minas Gerais

1

0

1

0

2

Ceará

1

0

0

0

1

Maranhão

1

0

0

0

1

Pará

1

0

0

0

1

Paraíba

1

0

0

0

1

Rio de Janeiro

0

2

0

0

2

Pernambuco

0

1

0

1

2

Goiás

0

1

0

0

1

Rio Grande do Sul

0

1

0

0

1

Rio Grande do Norte

0

0

1

1

2

Santa Catarina

0

0

1

1

2

Mato Grosso

0

0

1

0

1

Tocantins

0

0

1

0

1

São Paulo

0

0

0

2

2

 

 

A CBF voltou atrás em relação ao regulamendo de disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, que diminuiria o número de clubes de 40 para apenas 32. A decisão, segundo a CBF, foi tomada após as constantes queixas vindas das federações estaduais de futebol, que já haviam definido o método de qualificação para a competição e alegavam que não havia tempo hábil para se adaptar às novas regras.

Com a decisão, além do Nova Iguaçu – que já garantiu seu lugar na Série D com o título da Copa Rio – mais um clube do Rio de Janeiro disputará a 4ªDivisão do Brasileiro. A vaga ficará com a equipe melhor colocada no Campeonato Carioca 2013.

 No entanto, a CBF não desistiu da ideia de mudança, apenas a adiou para 2014. No ano da Copa do Mundo, a Série D será disputada por 32 clubes. Assim, as federações estaduais terão tempo para fazer as adaptações necessárias.

 

A Serie D encerrou no último domingo, e o Sampaio Corrêa-MA garantiu o título de Campeão Brasileiro  da Série D depois de vencer o Crac-GO, por 2 a 0 . Porém, o time maranhense pode ser o último campeão no formato atual de disputa. O  diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, confirmou algumas mudanças na fórmula de disputa para 2013.

A primeira mudança  confirmada foi na quantidade de clubes participantes. A competição passará a ser disputada por 32 clubes ao invés de 40. A intenção é se aproximar cada vez mais da formula de disputa utilizada pela Série C, ou seja 2 chaves de 10, mais as dificuldades enfrentada pelos clubes é a longa distância percorrida entre os estados. Ficou definida que os 32 times serão divididos em 4 chaves com 8 clubes, separados por região.

Cada estado poderá enviar um representante (27) mais os rebaixados da Série C (4) e o Cianorte-PR, quinto colocado na Série D deste ano completa a disputa.

 As equipes jogarão em turno e returno, com os dois primeiros avançando à segunda fase, que será disputada no sistema de mata-mata até que seja definidos os classificados à Série C.

A quarta divisão foi disputada pela primeira vez em 2009, onde 40 clubes foram divididos em 10 grupos, onde os dois melhores de cada grupo se classificavam para a fase de mata-matas. Essa fórmula foi mantida em 2010. Em 2011 e 2012 os 40 clubes foram distribuídos em 8 grupos, classificando os dois melhores de cada grupo.

Agora, com a redução de clubes a disputada de vagas será mais acirrada entre os estados. Mas, tres clubes já deixaram essa briga e garantiram a vaga na Série D de 2013. O Nacional-AM, o Gurupi-TO e o Águia Negra-MS estão garantidos no torneio já que venceram torneios este ano em seus estados que garantiam esta vaga.

 

 

O Sampaio Corrêa ganhou do Crac-GO por 2 a 0, gols de Eloir e Pimentinha, diante de um público 40.243 torcedores no estádio Castelão e garantiu o título invicto da Série D do Campeonato Brasileiro(21/10).

O time maranhense se tornou o único time a conquistar as três divisões inferiores à elite do futebol nacional, já que tinha sido campeão da Série B, em 1972, e da Série C, em 1997. A conquista coroou o retorno do Sampaio para terceira divisão, após três temporadas na quarta. O Crac ficou com o vice e juntamente com o Mogi Mirim-SP e Baraúnas-RN,que foram eliminados na semifinal, também conquistaram o acesso para a Série C de 2013.

O técnico Flávio Araújo, que no ano passado conquistou o acesso do América-Rn para a Série B, consegue outro acesso e o titulo de brasileiro da Série D. Esse é o terceiro acesso do treinador em quatro anos. Em 2009 o treinador subiu com o Icasa-Ce da Série C para a Série B

 

 

Depois de cair da Serie A em 2006 e despencar até a  Serie D, o Santa Cruz do Recife começou o caminho de volta. Hoje não se contentou apenas com o acesso na disputa da Série D 2011. Em partida válida pela volta das semifinais, o time Coral venceu de virada o Cuiabá (2-1) no Mato Grosso e se habilitou como o primeiro time a garantir vaga na decisão da competição. No jogo de ida já havia vencido por 1×0.

O adversário da final ainda não foi definido, por conta da remarcação de jogos nas chaves do sul/sudeste da competição e terá o início das semifinais entre o mineiro Tupi e o paulista Oeste.

Invicto na competição há 7 jogos (a única derrota sofrida foi diante do Guarani de Juazeiro, ainda válido pela 9ª rodada da 1ª fase da competição), o time soube usar o regulamento do mata-mata e criou a vantagem sempre no 1º jogo

Confiram abaixo toda a campanha do time na Série D do Campeonato Brasileiro 2011:

 

 

Equipes já confirmados na Série D, que é disputada por 40 equipes:

  1. Alecrim de Natal,
  2. América de Teófilo Otoni,
  3. Anapolina de Goias,
  4. Boa Vista do Rio,
  5. Brusque de Santa Catarina,
  6. Cene do Mato Grosso,
  7. Cerâmica do RS
  8. Coruripe de Alagoas,
  9. CRAC de Goiás,
  10. Cruzeiro de Porto Alegre,
  11. Cuiabá do Mato Grosso,
  12. Formosa de Goiás,
  13. Gama do Distrito Federal,
  14. Guarani de Juazeiro do Norte,
  15. Gurupi do Tocantis,
  16. Horizonte do Ceará,
  17. Juventude de Caxias do Sul,
  18. Metropolitano de Blumenau,
  19. Mirassol de SP,
  20. Oeste de Itápolis,
  21. Operário do Paraná,
  22. Penarol do Amazonas,
  23. Sampaio Corrêa do Maranhão,
  24. Santa Cruz de Recife,
  25. Santa Cruz do RN,
  26. São Raimundo do Pará,
  27. Sendas do Rio de Janeiro,
  28. Trem do Amapá,
  29. Vitória da Conquista da Bahia
  30. Vila Nova de Minas

Como a federação do Piauí foi excluida das competições da CBF, perdeu a vaga na Série D.  Com isso, cabe ao estado do Ceará, que é o próximo no ranking da CBF, colocar 2 clubes na competição. Falta a definição de dez clubes para fechar a competição que vai de 18 de julho a 13 de novembro.

 

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha