Independente Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Vespasiano (MG). Fundado no dia 1º de Novembro de 1943, a sua Sede fica localizada na Avenida Juscelino Kubitschek, 33, no Centro da cidade. O seu Estádio é o Michel Salup, com capacidade para 4 mil espectadores.

O Independente participou do Campeonato Mineiro 2ª Divisão, em três oportunidades: 1962, 1963 e 1964. Além disso, também esteve presente varias vezes da Copa Itatiaia, onde foi vice Campeão Metropolitano perdendo para o Resplendor de Nova Lima.  E, também no Campeonato Citadino, organizado pela Liga Municipal de Desportos de Vespasiano, possui três títulos: 1984, 2000 e 2009.

Escudo atual

FONTES: Wikipédia – Liga Municipal de Desportos de Vespasiano

 

O Nova Conquista Esporte Clube é uma agremiação do Município de Santa Fé do Araguaia (TO). O clube Alviverde foi Fundado no dia 06 de Fevereiro de 2005. A sua Sede fica localizada na Avenida Araguaia, nº 72, no Centro de Santa Fé do Araguaia. O Nova Conquista é presidido por José Félix Pereira de Souza.

O clube surgiu como amador , mas mudou o curso a partir de 2011, quando montou as categorias de base. Atualmente o  Nova Conquista tem aproximadamente 150 atletas na faixa de 6 a 18 anos. O time mandará os seus jogos no Estádio Sebastião Alves, quando jogará o Campeonato Tocantinense da Segunda Divisão.

 

FONTES: Federação Tocantinense de Futebol – Blog do clube

 

Nome: Nova Conquista Esporte Clube
Cidade: Santa Fé do Araguaia/TO
Fundação: 2005
Estádio: Sebastião Alves
Cores: Verde e Branco
Situação: Segunda Divisão Tocantinense

 

O Esporte Clube Recreativo Ferroviário é um clube de futebol da cidade de Jaguariaíva, no Estado do Paraná. Foi fundado em 1º de março de 1939. Manda seus jogos no estádio Francisco Cyrilo da Costa. Tem as cores preto e branco.

O Ferroviário disputou o Campeonato Paranaense da Terceira Divisão em 1999 obtendo o vice-campeonato ao perder a final para a equipe do Telêmaco Borba. Garantindo participação assim na série A-2 de 2000, onde não foi bem sendo eliminado na primeira fase.

 

Nome: Associação Atlética Morrinhense

Cidade: Morrinhos/GO

 

 

O Sport Club Teixeira é um clube da cidade de Teixeira/PB. O Sport disputou a Segunda Divisão do Campeonato Paraibano em em 1993, 1994 e 1995. Pretende após 20 anos voltar a disputar a segunda divisão este ano de 2015. O clube foi fundado em 17 de junho de 1976. Na data de sua fundação o endereço era a Rua José Duarte Dantas 08, hoje situado na Rua Joaquim Camilo Duarte s/n.

Suas cores são o azul e branco e seu estádio é o Municipal o Dorjão.

Fonte: http://www.esportesaojosedosabugi.com.br/2015/02/desportistas-de-teixeira-estao-sendo.html

 

Segue o distintivo e o uniforme do Conceição Sport Club do Município de Itabaiana (PB).

 

Na foto dá para visualizar o escudo do Conceição que disputou a Copa Integração da PB em 1990, que envolvia equipes amadoras e profissionais.

Se algum amigo se dispuser a vetorizar o escudo eu agradeço.

Fonte: http://blogitabaianahoje.blogspot.com.br/2011/04/do-fundo-do-bau.html

 

 

Valenciano Atlético Clube é uma agremiação da cidade de Valença (RJ). O Clube Áureo-verde foi Fundado no dia 05 de Dezembro de 1937, ano em que o futebol de novo se animou em Marquês de Valença, por iniciativa dos antigos associados do extinto Sport Club Valenciano. A equipe Sul Fluminense participou do Campeonato Fluminense em quatro oportunidades: 1944, 1953, 1954 e 1955.

O Valenciano possui espaçosa praça de esportes, com arquibancadas em concreto, à qual foi dado o nome de “Estádio Nêna”, em homenagem a Nelson Fernandes Pentagna, amador devotado e que faleceu em consequência de desastre numa de suas excursões. A sua sede e o Estádio Nelson Fernandes Pentagna, Nêna, fica localizado na Travessa Barão de Vista Alegre, 113 – Centro de Valença.

Na foto abaixo, o Valenciano AC do ano de 1953, cuja formação era: Armando Machado, Filinho, Tininho, Juca, Betinho Ramos, Bicudo, Osmar Chagas, Eduardo Leite Pinto, Chatu, Caludo, Tião Grande, Jarbinha, Tonho e Carneiro.

FONTES e FOTO: Do livro “Valença de Ontem e de Hoje” – 1953, de autoria de Leoni Iório, historiador, poeta, jornalista, farmacêutico e professor / RsssfBrasil – Jornal Local  

 

O amigo e membro Mario Ielo postou em 8 de setembro de 2001, o Esporte Clube Barroso, que fica na cidade de Valença, no Sul Fluminense (RJ). Então, a novidade é: na sede do clube há o escudo postado pelo Ielo, mas no estádio o distintivo é parecido com o Botafogo do Rio.

Na foto (abaixo) S.C. Barroso de  1948 (Da esquerda para a direita): Euzébio de Almeida, Chico Tobias, Manoel da Zinha, Zezeca, Tita, Robertinho, Nenem Farani, Geraldo Ramos, Rodo, Totinho, Chico Firmino, Paromba, João de Assis, Nenem Diniz, Zé Bininha, Dario Dias e Flávio.

 

O SC Barroso campeão do centenário de Valença.  Azuil, Quadrado, Totinho, Moreno, Otávio (Tatà), Vantuil, Ademar, Jaziel, Ari, Cici e Og.

O clube foi Fundado no domingo, do dia 14 de março de 1937. A sua Sede fica na Rua Barroso,119/ Sobrado – Centro – Valença (RJ). Seu primeiro presidente foi Euzébio de Almeida. A sua praça de esportes que tem a denominação de “Estádio Jaime Brandão”, em homenagem a um dos seus fundadores, fica na Rua Barão de Mauá, no Bairro Barroso.

 

Vista do Estádio de cima

O E.C. Barroso disputou o Campeonato Fluminense em 1943. Apesar da edição da competição ser 1943, os jogos só aconteceram no ano seguinte. E o Alvinegro valenciano acabou saindo logo na primeira fase.

No jogo de ida, no domingo, do dia 9 de janeiro de 1944, o Barroso jogou, fora de casa, contra o Barra Mansa FC, e acabou derrotado pelo placar de 5 a 0, no Estádio Leão do Sul.

No domingo seguinte (16/01), jogando Estádio Jaime Brandão, o Barroso não conseguiu reverter o quadro e acabou eliminado ao empatar em 3 a 3 com o Barra Mansa.

 

FONTES: Do livro “Valença de Ontem e de Hoje” – 1953, de autoria de Leoni Iório, historiador, poeta, jornalista, farmacêutico e professor / RsssfBrasil.  

FOTOS e : Jornal Local – Jorge A. Ferreira Jr. / Google Maps

 

Nome: Duas Barras Esporte Clube

Cidade: Duas Barras/RJ

Fundação: 05/08/1975

Cores: Azul, preto e branco

Estádio: Pedro Abib

Situação: Amador. Campeão Bibarrense em 1978

 

Amigos, pesquisando encontrei no Google Maps, o campo do CLUBE RECREATIVO TRINDADE que usa azul e branco.

Será que tem alguma relação com o ESPORTE CLUBE TRINDADE ?

 

 

 

Nome: Sport Club Azul e Branco

Cidade: Niterói/RJ

Fundação: 1926

Endereço: Rua João Pinho, nº 96, Ilha da Conceição, Niterói – Rio de Janeiro

Cores: Azul e Branco

Situação: Amador, tem como grande rival o Grêmio Esportivo Luzitano, também da Ilha da Conceição.

Fonte: Google Maps

 

 

Caros, este é o Curuçá Esporte Clube da cidade de Curuçá no nordeste paraense, mais conhecida como Região do Salgado Paraense. Este clube consta na lista passada pelo amigo Gerson Rodrigues, porém não consegui informações de que já tenha atuado profissionalmente.

A foto foi tirada nas férias do ano passado em frente a sede do clube. O Curuçá possui sede própria, quadra e campo. Nas pré-temporadas de Remo e Paysandu está sempre disputando amistosos com ambos.

 

Amigos, algum de vocês tem as listas dos clubes por estado que já disputaram alguma divisão profissional?

Se tiverem também as listas dos clubes que disputaram os campeonatos estaduais amadores tradicionais como PR, SC, RS e SP. Existem ainda MS, PA, etc.

Facilitaria muito para encontrarmos os clubes que ainda faltam.

Obrigado

 

Caros amigos, analisando a lista da RSSF disponibilizada pelo Sergio com os clubes que já disputaram campeonatos estaduais, verifiquei que no Paraná existe uma equipe chamada SOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA BENEFICENTE TARUMÃ do município de Nova Prata do Iguaçu/PR.

Pelo facebook da equipe consegui uma foto do escudo.

 

Também tem uma foto de alguns membros com uma bandeira.

A equipe disputa hoje os jogos da Liga Beltronense de Futebol e manda as partidas no estádio Cristo Redentor. É conhecida como Tigre do Sudoeste.

 


Nome: Independente Esporte Clube

Cidade: Ourém/PA

Fundação: 2003

Cores: Verde e Branco

Estádio: Municipal Coronel José Bezerra

Situação: Amador. Já foi campeão da Copa dos Clubes Campeões do Interior do Pará.

Escudo revitalizado pelo amigo Virginio

 

 

Nome: Aningal Atlético Clube

Cidade: Alenquer/PA

Fundação: 1945

Cores: Vermelho, Verde e Branco

Estádio: Municipal Heriberto Batista

Situação: Amador. Tradicional clube alenquerense

 

Nome: Raça Sport Brazil

Cidade: Goiânia/GO

Fundação: 1999

Mascote: Touro

Cores: Amarelo, Vermelho e Preto

Situação: Disputa a Terceira Divisão Goiana 2014

 

 

 

Esta é uma foto do Nacional Esporte Clube de Fordlândia/PA.

Era o clube de lazer e futebol utilizado pelos funcionários do projeto da Ford montado pelo milionário Henry Ford no início da década de 1910 em plena floresta amazônica. O lugar era conhecido como Fordlândia e pretendia suprir com borracha a linha de produção de automóveis da Ford nos EUA.

O projeto faliu alguns anos depois.

 

 

Amigos

Segue acima, extraída de uma súmula do site da FMF, a tão procurada data de fundação do Clube Atlético Babaçu, que está disputando a Série B Maranhense de 2014.

02/09/1996

 

 

 

 

Amigos hoje cheguei a 42.530 escudos devidamente catalogados em meu programa Catalogador de Escudos.

O programa armazena e cataloga escudos de futebol. Contém várias ferramentas de busca e gera relatórios por Estado e País (conforme imagens abaixo). Deixe as pastas de lado e digitalize sua coleção, evite duplicidade de escudos. O aplicativo funciona através do Access para usar é preciso ter o Office 2007 ou 2010. O envio é feito via e-mail e segue junto um tutorial orientando todo o manuseio. Para adquirir entre em contato pelo email: betoflorestal@hotmail.com com cópia para josesaraiva@suzano.com.br Apenas R$ 50,00 !!!

 

Este é o primeiro escudo utilizado pelo glorioso Botafogo Futebol Clube de Ribeirão Preto/SP.

Fonte: Grande amigo e Jornalista Marcio Javaroni.

 

 

 

Nome: Associação Portuguesa de Esportes

Cidade: Ribeirão Preto/SP

Fundação: ?

Cores: Verde, Vermelho e Branco

Situação: Amador. Disputou o Campeonato Paulista do Interior em 1943.

Fonte: Google Maps e Blog História do Futebol.

 

 

 
Escudo atual do Ferroviário

Pessoal, encontrei algumas fotos históricas de clubes de União da Vitória.

Esporte Clube União

 

Fachada do estádio do Ferroviário

 

Escudo alternativo do Ferroviário

 

Escudo atual do Ferroviário


 

Rodrigo e amigos, esta é a fachada da sede do EC Ferroviário de Lins/SP, como se vê não tem nada a ver com o escudo anterior.

 

 

 

Nome: Sociedade Esportiva Rodovia

Cidade: Lorena/SP

Fundação: 1963

Cores: Vermelho e Branco

Estádio: Coronel Alfredo de Faria

Situação: Tradicional equipe amadora de Lorena, possui sede e estádio muito conservados.

Fonte: Google Street View

OBS: Amigos, estou com diversos escudos que consegui no Google Street View, alguns verdadeiras raridades de todo o Brasil. Mas é preciso redesenhar pois a qualidade não é muito boa como podem ver. Se algum colega quiser se candidatar é só me avisar e enviar o email.

Abraços

 

Nome: Bandeirantes Futebol Clube

Cidade: Itaberá/SP

Fundação: 1944

Cores: Vermelho, Preto e Branco

Mascote: Fantasma da Zona Sul

Estádio: Municipal Prefeito José da Glória Barreira

Situação: Amador. Jamais disputou profissionalmente, mas já foi por muito tempo filiado a FPF.

Fonte: Orkut e desenho do escudo por Roberto Saraiva.

 

Pessoal, para quem gosta de heráldica e das história da evolução de alguns escudos, trago o link abaixo, uma verdadeira delícia.

http://www.escudosdemalaga.stg7.net/documentos/escudomalaga.pdf

 

 

Caros amigos, ficarei uma semana de férias do blog por motivo de viagem a Natal com minha família, como sempre tentarei conseguir alguma novidade escudística.

Abraços

 

 

Pessoal encontrei esta notícia abaixo no seguinte link: http://esporte.surgiu.com.br/noticia/22460/pec-divulga-lista-dos-convocados-para-o-jogo-contra-o-interlagos-nesta-quinta-8.html 

Será que este é o Paraíso Original? Vejam que também cita o Interlagos como uma equipe a parte.

Depois de muitos anos inativos, a Liga de esportes de Paraíso do Tocantins, através do seu presidente Osmarivan Moreira (Rachadinho) resolveu realizar mais uma Edição do TORNEIO AMIZADE com quatro equipes que brilharam nesta competição nos idos de 70 de 80.

Na preliminar desta quinta-feira, 8, jogarão PEC – Paraíso Esporte Clube contra o Interlagos Futebol Clube e no jogo de fundo CAP – Clube Atlético Paraíso contra o Cristal Futebol Clube, da cidade de Cristalândia.

A equipe do PEC comandada pelo seu treinador Ademir Rêgo e capitaneada por Idelson Chiclete convocou os seguintes jogadores para este jogo com apresentação às 18hs00 no Estádio Pereira:

 

Amigos

Alguém possui a lista de todos os clubes que já disputaram a primeira e segunda divisão maranhenses?

Pretendo aprofundar minhas pesquisas e esta lista ajudaria muito para direciona-la.

Se tiverem os clubes por município seria ainda melhor.

Agradeço desde já

 

 

Pessoal, eu tinha este escudo catalogado como sendo do Paulista Esporte Clube de João Pessoa/PB, como extinto. Porém como se vê o clube é de Campina Grande/PB e se chama Paulistano, fundado em 1929. Alguém tem mais informações a respeito?

 

 

 

Amigos encontrei no Google Street View o estádio da Associação Atlética Salgado da Gama de Fortaleza/CE, do bairro de Messejana. Esta agremiação já foi citada aqui no blog pelo amigo Julio Diogo. Como se vê o escudo é um pouco diferente do postado, talvez uma outra versão. O estádio se chama João Ferreira. Este clube disputou a segunda divisão cearense na década de 60.

 
 
Nome: Ibiá Esporte Clube
Cidade: Ibiá/MG
Fundação: ?
Cores: Vermelho, Preto e Branco
Situação: Licenciado
Fonte: Familiares em Ibiá/MG 
 

 

Nome: Balsas Futebol Clube
Cidade: Balsas/MA
Fundação: 2012
Cores: Vermelho, Azul, Preto e Branco
Estádio: Municipal Zuza Ribeiro
Capacidade: 5.000
Situação: Campeão da Segunda Divisão Maranhense em 2012, irá disputar a Primeira Divisão em 2013.

Fonte: Fernando Sabino

 

 

 

Nome: Flamengo Futebol Clube

Cidade: Conselheiro Lafaiete/MG

Fundação: 1946

Cores: Branco, Vermelho e Preto

Estádio: Coronel Antônio Franco Ribeiro

Situação: Licenciado, disputou a terceira divisão mineira.

Fonte: Google Street View

 

 

Nome: Associação Atlética Joaquinense
Cidade: São Joaquim da Barra/SP
Fundação: 1942
Cores: Vermelho e Branco
Situação: Amador
 

Nome: Associação Atlética Santa Cruz
Cidade: Salinópolis/PA
Fundação: 2001
Cores: Vermelho, Preto e Branco
Estádio: Mário Couto (Coutão)
Situação: Segunda Divisão Paraense em 2012
 

 

 

Nome: Clube Esportivo e Recreativo Aymoré
Cidade: Matelândia/PR
Fundação: 1955
Cores: Verde e Branco
Mascote: Índio
Estádio: Beira Torre
Capacidade: 12.000
Situação: Amador. Campeão da Taça Paraná de 1974.

 

 

 
Nome: Associação Atlética Yokohama Futebol Clube
Cidade: São Miguel do Guamá/PA
Fundação: ?
Cores: Amarelo e Preto
Situação: Amador 
 

 

O CIPEC- Companhia Indústria de Papéis e Cartonagem (acima o escudo atual) é uma agremiação do município de Mendes, no Sul Fluminense (RJ). O clube Alvianil foi Fundado no dia 1º de Maio de 1945. A sua Sede fica na Rua Dona Maria Caetana, 145 – Centro de Mendes. O seu Estádio é o Isa Fernandes com capacidade para 2 mil pessoas.

 

 

Escudo atual

A Associação Atlética Itapetininga é uma agremiação da cidade de Itapetininga (SP). O clube foi Fundado no dia 11 de Agosto de 1931. A sua Sede e o Estádio José Ravacci Filho, fica na Rua Pedro Marques 1.058 – Centro de Itapetininga. 

A A.A. Itapetininga participou do futebol profissional na década de 60. Começou disputando o Campeonato Paulista da 4ª Divisão (atual Série B) de 1960. Depois esteve presente no Paulistão da 3ª Divisão (atual Série A-3) de 1961 e 1962.

 

FONTE: Almanaque do Futebol Paulista

FOTO: Google Maps

 

O União Operária Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Lorena (SP). O clube foi Fundado em 1934. A sua Sede e o Estádio Professor José Carlos Thimóteo, fica na Rua Coronel Bráulio Moreira de Lima, 417 – Centro de Lorena.

 

O Esporte Clube Alagoano é uma agremiação da cidade de Vitória (ES). O Alvianil foi Fundado na segunda-feira, do dia 1º de Maio de 1948. A sua Sede e o Estádio Pres. Álvaro de Castro Matos fica na Rua Alfredo Blackman, 40, no Morro dos Alagoanos, em Vitória.

 

 

O XV de Araruama Futebol e Regatas é uma agremiação da cidade de Araruama, na Região dos Lagos (RJ). O clube Alvianil foi Fundado na segunda-feira, do dia 15 de novembro de 1954. A equipe manda os seus jogos no seu Estádio Hermínio Muritano da Rocha, com capacidade para 3 mil pessoas.

 O clube nasceu em meados dos anos 50, com o nome de Associação Esportiva XV de Novembro.  Depois de participar durante anos o campeonato citadino amador, a equipe decidiu tentar a sorte no futebol profissional. Assim, a sua estreia aconteceu há 30 anos, quando disputou o Campeonato Carioca da Terceira Divisão de 1982.

 Além desse ano, o clube araruamense disputou a Terceirona em 1983, 1985, 1986, 1987 e 1988. Em 1991, participou da Segunda Divisão, que na verdade era a Terceirona, uma vez que a verdadeira Segundona virara ‘Módulo B’ da Primeira.

 A sua última participação aconteceu em 1996, quando disputou o Carioca da Quarta Divisão, vencendo o 1º turno. Contudo, desistiu de disputar a final contra o Vera Cruz Futebol Clube, de Angra dos Reis, que se sagrou o campeão.

 Em 2003, até ameaçou disputar o Campeonato Carioca da Série C, porém, abandonou com a tabela já montada. Seus jogos foram anulados. Em 2005, ameaça disputar, mas por falta de recursos, não consegue levar adiante o plano.

 Em 2006, cedeu a sua vaga de filiado na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) ao Guanabara Esporte Clube, um clube-empresa formado em 2004, que em 2005 arrematara em leilão a antiga praça de esportes do Rubro Social Esporte Clube, o Estádio Mário Castanho (atualmente, se chama: Arena Guanabara).

  Muitos passaram a acreditar que o XV de Novembro se tornara o Guanabara, ou que havia mudado de nome, mas apenas cedeu o seu direito como filiado na Federação, podendo voltar ao profissionalismo quando desejar, mas tendo que requerer uma nova filiação. Recentemente, o clube mudou de nome, passando a se chamar: XV de Araruama Futebol e Regatas.

 

 FONTES:Wikipédia / André Luís Pereira Nunes

 

 

Outro escudo retirado da sede é da Associação Atlética Santa Rita. Essa agremiação fica no Município de Mendes, no Sul Fluminense (RJ). Fundado em 1967, a sua Sede fica na Rua Prefeito Marco Antônio Caramez, s/n – no Bairro de Santa Rita.

Já o seu campo, fica Rua Prefeito José de Macedo, também no Bairro de Santa Rita. No currículo, a A.A. Santa Rita tem três títulos na Copa Cidade de Mendes: 2000, 2003 e 2006.

 

O Esporte Clube Olaria é uma agremiação da cidade de Valença, no Sul Fluminense (RJ). A sua Sede e campo fica no Bairro Água Fria. O Olaria,  que possui patrocinio (abaixo), disputa o Campeonato Citadino, organizado pela Liga Valenciana de Desportos (LVD).

 

 

FOTO: Divulgação

 

O Sport Club Benfica é uma agremiação da cidade de Valença, no Sul Fluminense (RJ). O clube fica localizado no Bairro de Benfica. O clube foi Fundado no dia 05 de Janeiro de 1930, por iniciativa de João José da Silva, Sebastião Hipólito Nascimento, Fernando Melo, Orestes Figueira, Herval Lopes, Edson Giesta, Waldemiro Faria e outros.

Vale ressaltar que o amigo e membro Mario Ielo postou em 30 de novembro de 2011, o escudo da equipe. Já esse distintivo está na frente da sede do S.C. Benfica.

 A sua Sede e o Estádio Doutor Humberto Pentagna (em homenagem ao seu primeiro presidente) fica na Rua Quintino Bocayuva, 240 – no Bairro Benfica, em Valença.

O S. C. Benfica de Valença, manteve, por muito tempo, a Escola de Instrução Militar N. 10., que facilitava aos jovens a tarefa de obter o seu certificado militar. Essa Escola foi fechada, pouco tempo depois, por força de decreto do Governo Federal.

O clube participou do Campeonato Fluminense em três oportunidades: 1953, 1954 e 1955. Também disputou o Torneio Início Campeonato Fluminense em 1953, no Estádio Leão do Sul (campo do Barra Mansa Futebol Clube). No dia 12 de abril, o S.C. Benfica estreou empatando em 1 a 1 com o Royal, mas acabou eliminado no critério de desempate, já que sofreu cinco escanteios sem ter conseguido nenhum a seu favor.   

 

FONTES: Do livro “Valença de Ontem e de Hoje” – 1953, de autoria de Leoni Iório, historiador, poeta, jornalista, farmacêutico e professor / RsssfBrasil.  

  FOTOS: Jorge A. Ferreira Jr. / Google Maps

 

Em 1946 surge o glorioso Olímpia Futebol Clube
No dia 5 de dezembro de 1946, surge o Olímpia, o DR. Orlando Lopes, já conhecido nos meios esportivos de Olímpia, por seu trabalho e dedicação assumia a presidência da Associação Atlética Olímpia. Como primeira providência extinguiu o nome A.A. e colocou novamente OLÍMPIA FUTEBOL CLUBE, adotou em definitivo e oficialmente as cores azuis e brancas, que permanece até hoje.

Em 1953, Olímpia completava 50 anos, grandes preparativos eram programados para comemorar o meio centenário da cidade. O Olímpia FC sem condições de disputar a 2ª Divisão, cairia para a 3ª. Para se comemorar o Aniversário da cidade veio a Olímpia o time da S.E.Palmeiras, da Capital, para um jogo amistoso, o placar 2×1 para o Verdão.

No ano de 1957, o Olímpia FC sagrou-se campeão do “Setor 33″, o OFC disputou com brilhantismo invulgar, o certame da “terceirona” da F.P.F., dividida em setores. Foi o legítimo campeão de sua série com uma grande campanha. Só não ascendeu à Segunda Divisão, porque perdeu para o Fernandópolis. A contagem foi de 2×1 para o adversário.

Foi um ano brilhante, em 1959, o campeonato disputado pelo Olímpia FC. A torcida voltava ao Estádio Tereza Breda, em grande número. O Alvi-celeste era um rolo compressor, batendo as equipes, sendo campeão da “Série Brigadeiro Faria Lima”, e disputando a vaga para a segundona contra a A.A. Votuporanguense em campo neutro, jogo em que o Olímpia perdeu por 2×1 de virada e novamente deu adeus ao sonho do acesso.

FOTO 1: Campeão da Série Cafeeira da 2ª Divisão de 1961. A partir da esquerda: Eca (treinador), Adauto, Salata, Zacarelli, Bira, Destro, Vieira, Procópio, Jair, Joel, Zezinho, Jonas, Índio, Gudu, Onélio, Botão, Raimundinho e Wilson Preto (massagista)FOTO 2: Em 1962, o OFC manteve a base. De pé, a partir da esquerda: Vieira, Zaccarelli, Moacir Zacarelli, Salata, Roberto, Procópio, Raimundinho, Zezinho e não identificado; agachados, na mesma ordem: Serrano, Zicão, Gudu, Joel, Vidal, Jonas e Guelo…

Em 1961, o Olímpia foi campeão da “Série Cafeeira”, grandes craques que somados já aos excelentes valores existentes, levariam o alvi-celeste a uma brilhante campanha, onde novamente seria o campeão de sua série, denominada “CAFEEIRA”. Novamente, a final seria contra a equipe de Votuporanga, só que desta vez, a vitória foi dos olimpienses por 2×1.

Um ano de alegrias e decepções foi em 1693, o clube disputou a 2ª Divisão “Série C”. Classificado para as finais o clube se desfez dos melhores jogadores e acabou desclassificado.

No ano de 1973 o Olímpia sagrou-se Campeão da “Série C”, a campanha em sua série foi excelente, partindo para a disputa do certame denominado “Centenário”, contra equipes como Internacional de Bebedouro, Garça, Araçatuba, e Corinthians de Presidente Prudente.

Em 1975, o Olímpia seria campeão mais uma vez, inclusive com o título da “Série C”, dando condições ao clube de disputar sua promoção para a “Divisão Especial”, da F.P.F., convém salientar que a partida final, deu o título da “Série C” ao alvi-celeste, foi contra a Votuporanguense por 1×0. Infelizmente, no torneio de classificação para passar para a Divisão Maior, o OFC seria derrotado pelo Santo André.

Chega o ano de 1978, ano trágico na história do futebol olimpiense, ocorre o fim do Olímpia, o Alvi-celeste é excluído do certame da F.P.F.

Em 1985, ressurge o OFC.

No ano de 1986, o Olímpia foi campeão do 1º Turno, conseguindo 15 pontos em 9 jogos em campanha considerada excelente, no segundo turno o OFC foi o vice-campeão, classificado para a 3ª Fase “Grupo V”, juntamente com o Oeste de Itápolis e São Simão. Pela diferença de apenas 1 ponto, o alvi-celeste foi desclassificado.

Olímpia FC Campeão Paulista da Série A-2 em 1990
Em pé: Naves (Técnico), Trigo, Eduardo, Donizete, Jânio, Jandílson, Silvio Luís e Stélio (prep. físico). Agachados: Cipó, Cassinho, Carlão, Carlos Alberto e Gil Catanossi.

Em 1988 com o Olímpia FC na “Divisão Intermediária”, fazendo uma excelente campanha, conquista o título de Campeão do 1º Turno da “Série E”, Grupo 3, o clube juntamente com o Barretos chegam ao título de sua série, com 33 pontos ganhos e também o título de vice-campeão da segundona. O jogo da classificação para a Intermediária foi em Pirassununga contra a Pirassununguense, 1×0 para o OFC, uma verdadeira multidão aguardou no trevo da cidade, a chegada da delegação azul e branca, com fogos de artifícios e tudo mais.

1990 foi o ano em que pela primeira vez o Olímpia FC ingressa na Primeira Divisão, em fase das grandes dificuldades para se manter na Divisão Intermediária, a diretoria do OFC tenta licenciar o time nesse ano junto a F.P.F., mas tem seu pedido negado, inclusive sofrendo a ameaça de ser novamente rebaixado à 2ª Divisão. Juntaram-se esforços para montar o time, e esse time acabou dando a maior alegria vivida até hoje pelos torcedores – O título de Campeão Paulista da Intermediária deixando para trás Rio Branco de Americana que foi o vice, Sãocarlense e Marília, Comercial de Ribeirão Preto entre outros. O time base era Silvio Luiz, Eduardo, Edson Oliveira, Jandílson e Donizete; Jânio, Marco Antonio Cipó, Cassinho e Carlos Alberto; Carlão e Gil Catanoce, constavam ainda no elenco Trigo, Wilson, Zé Carlinhos, Castro, Aloysio, Zé Roberto, Osni, Sidnei, Luciano, Ademilson, João Carlos e Eduardo; o técnico campeão foi José Naves.

Olímpia FC no Campeonato Paulista da Série A-1 em 1991
Foto da partida em que o alvi-celeste empatou com o São Paulo Futebol Clube no estádio Tereza Breda, que foi totalmente tomado pelos olimpienses

Um ano depois, em 1991, Olímpia disputa a Primeira Divisão, na primeira partida o Olímpia joga contra o São Paulo em Olímpia, empate em 1×1.
OFC- Toni, Eduardo, Juninho Fonseca, França e Ailton; César Ferreira, Jânio e Bandeira; Cassinho(Castro), Carlão e Marco Antonio Cipó.
São Paulo FC – Zetti, Cafu, Antônio Carlos, Ronaldão e Vítor; Amilton, Müller, Elivelton; Cláudio e Raí.

Nos anos seguintes o Olímpia passou quase sempre por dificuldades e em 1996, depois de péssima campanha na série A-2 o Olímpia é rebaixado para a Terceira Divisão (Série A-3).

Em 1997, com um elenco jovem e modesto, e com uma campanha muito boa a equipe chega no Quadrangular final da série A-3 onde subiram para a série A-2 apenas duas equipes, Olímpia, São Caetano, Mirassol, União Barbarense, brigavam pelo acesso, para o Alvi-celeste faltou apenas 2 pontos para o acesso, sendo campeão o Mirassol, vice o União, 3º o Olímpia e 4º o São Caetano.

1999 foi mais uma vez um ano de péssima campanha, o Olímpia escapa da Quarta Divisão (B-1) na última rodada em Itápolis, precisava vencer e estava perdendo por 1×0 até 35 do segundo tempo, quando aconteceu o milagre o OFC virou o jogo e venceu por 2×1 conseguindo se manter na série A-3.

CAMPEÃO da Série A-3 de 2000 e que conquistou o acesso ao A-2 no mesmo ano. De pé: Wanderson, Jonas (preparador de goleiros), Cléber, Geraldo, Alberto, Olídio, Vandir, Renan, André, Alex Santana, Djair (preparador físico), Curtis (supervisor) e Alex Bauru; agachados: César (massagista), Táxi, Marquinhos Bolacha, Renatinho, Paraná, Chuba, Assis, Gilson e Gito…

Em 2000, depois de conseguir um patrocínio forte, o Olímpia com uma campanha maravilhosa sagra-se campeão do Paulista da Série A-3. Em seguida disputa a série A-2 no mesmo ano ficando de fora da finais na última rodada. Ainda em 2000, disputa a Copa João Havelange (Campeonato Brasileiro Série C), outra campanha excelente o time chegou até a Semi-Final, ficando perto de classificar-se para as Oitavas-de-Finais da Primeira Divisão do Brasileiro daquele ano, e ainda de ganhar uma vaga na Série B do Campeonato Brasileiro.

Em 2001 o alvi-celeste bateu na trave e só não conquistou o acesso para a Primeira Divisão do Campeonato Paulista por deixar de somar um ponto no certame de pontos corridos. Com a ampliação do Paulistão para 20 equipes, cinco equipes de Série A-2 ascenderiam para a A-1. O Olímpia alcançou a sexta posição e terminou o campeonato apenas um ponto atrás do rival América, que por sua vez, conquistou o acesso.

Depois de disputar o Campeonato Paulista da Série A-2 por sete anos consecutivos, o Olímpia realizou uma má campanha em 2006 e foi rebaixado para a Série A-3, considerada a terceira divisão do futebol paulista. Neste intervalo de tempo, o Galo Azul fez campanhas medianas sempre brigando pela fase intermediária da classificação, hora brigando para não cair, hora brigando para classificar entre os finalistas, mas sem nenhum destaque, execeto para a Copa FPF de 2003, na qual o Olímpia realizou uma grande campanha, sendo eliminado nas quartas-de-final para o Ituano, que no ano anterior havia sido Campeão Paulista da Série A-1. O destaque do time foi o atacante Lúcio Olmos, que marcou 16 gols, se sagrando o maior artilheiro do Olímpia em uma mesma temporada.

BI-CAMPEÃO da Série A-3 de 2007: Em pé, da esquerda para a direita: Gustavo (preparador físico), Douglas, Dobrada, Elton, Márcio, Rafael Silva, Rafael Gomes, André, Diego, Calil, Fabrício e Luiz (preparador de goleiros); agachados, na mesma ordem: Gil, Edson, Rafael Ipuã, Alexandre Bortolato, Bispo, Fabrício Alemão, Alício e Rafinha…

2007 também ficará marcado na memória de todos os olimpienses. Mais uma vez, após quase não disputar o campeonato e quase encerrar as atividades, o Olímpia Futebol Clube conquista um dos títulos mais importantes da sua história: o de Campeão Paulista da Série A-3. Mesmo formando um bom time, muitos não acreditavam no time que foi o último a se classificar para a segunda-fase, mas o primeiro a garantir o acesso. O alvi-celeste ainda desbancou adversários de peso como Ferroviária e XV de Piracicaba. Na final, o Galo Azul desbancou o Atlético Monte Azul, fora de casa e viu uma torcida vibrante e apaixonada aguardando a chegada do time no trevo da cidade. O time base foi: Douglas; Gil, Márcio, Rafael Silva e Edson Paraná; André Oliveira, Fabrício, Dobrada e Rafael Ipuã; Paulinho Piracicaba e Alexandre Bortolato; constavam ainda no elenco: Igor, Diego, Rafael Gomes, Élton, Calil, Rafinha, Régis, Baeza, Aléssio, o goleiro Fabrício e o artilheiro Bispo; o técnico foi Carlos Rossi.

2008 era um ano de empolgação para o torcedor olimpiense. Após o título do ano anterior e uma grande campanha na Copa FPF, realizada no segundo semestre, tendo sido eliminado na fase final contra o Juventus, o Galo Azul tinha tudo para ter uma grande temporada. Porém mesmo com a base mantida e a contratação de bons reforços, o time não vingou em campo e mesmo com um bom início acabou sendo rebaixado novamente à Série A-3 do Campeonato Paulista.

Em 2010 o Olímpia teve o que pode ser considerado o seu pior ano da história. O time chegou ao fundo do poço com o rebaixamento para a quarta divisão (Série B do Campeonato Paulista). Foi sem sobra de dúvidas o pior momento do clube desde o seu ressurgimento no ano de 1985. Em 2011, disputando a quarta divisão pela primeira vez, o Galo Azul até fez uma boa campanha e chegou no quadrangular final, porém foi desclassificado.

 

FONTE: Site do Clube

PS: Quem desejar o escudo atual do Olímpia F.C. é possível baixá-lo em Corel no site do clube (http://www.olimpiafutebolclube.com/index.php?abre=olimpiafc=escudo)

 

O COP – Círculo Operário Pelotense é uma agremiação da cidade de Pelotas (RS). O clube foi Fundado no dia 15 de Março de 1932 como concretização de um movimento gestado pela igreja católica da cidade,visando organizar, controlar e auxiliar o operário.

Por isso,dois eixos eram primordiais:assistência social e formação de lideranças.A história do COP inicia antes de sua formação.A organização surgiu apartir de 1930 por iniciativa do padre jesuíta Leopoldo Brentano e de sua preocupação com o relacionamento entre igreja e os operários.

Projetado na Congregação Mariana de Moços,dirigida pelo Pe.Brentano,reunindo representantes do Colégio Gonzaga,o COP teve como embrião uma escola para adultos que funcionava na própria Congregação.

Após essa experiência, Brentano realizou diversas sessões de estudo para criar uma entidade operária de inspiração católica,que redundasse em uma organização forte,objetivando promover a formação de líderes operários segundo a doutrina social da Igreja.

Nesses estudos,Pe.Brentano tomou ciência principalmente das encíclicas sociais “Rerum Novarum” e “Quadragésimo Anno” das idéias de Alceu Amoroso Lima,da organização da Legião Cearense do Trabalho,Cooperativa dos Ferroviários de Santa Maria,além do corporativismo.

Desses estudos surgiu não só o modelo do Círculo Operário Pelotense-COP como também de todo movimento circulista,com suas propostas,organização e métodos.

Após apresentar tais idéias á cúpula da igreja da cidade (início de 1932),foi convocada uma reunião com os trabalhadores (oito de janeiro),na qual ficou definida a fundação dessa entidade para 15 de março.

FONTE: http://circulooperariopelotense.blogspot.com.br/

 

O Esporte Clube Santa Terezinha é uma agremiação da cidade de Campinas (SP). O clube foi Fundado em 1985. A sua Sede fica localizado no Bairro Jardim Santa Terezinha.

 

O Bandeirantes Esporte Clube e Fortaleza Atlético Clube é uma agremiação da cidade de Bauru (SP). A sua Sede fica localizado na Rua Wenceslau Braz, 965 – no Bairro da Vila Souto. O clube disputa o Campeonato Citadino da 1ª Divisão, organizado pela Liga Bauruense de Futebol Amador (LBFA).

Segundo o amigo e pesquisador Rodrigo Santana, o Bandeirantes E.C. (antigo Bandeirantes F.C.) foi Fundado no dia 19 de Março de 1939, enquanto o Fortaleza A.C. surgiu no dia Primeiro de Maio de 1945. A fusão que originou o Bandeirantes Esporte Clube e Fortaleza Atlético Clube aconteceu no dia 19 de agosto de 1968.

 

 

O Cometa Ajax Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Bauru (SP).  O Cometa Ajax F.C. é o atual campeão do Campeonato Citadino da 1ª Divisão, organizado pela Liga Bauruense de Futebol Amador (LBFA).

 

O Grêmio Recreativo Novo Bauru é uma agremiação da cidade de Bauru (SP). Fundado no dia 16 de Janeiro de 2007, o Novo Bauru participa do Campeonato Citadino da 1ª Divisão, organizado pela Liga Bauruense de Futebol Amador (LBFA).

 

 

O Clube Atlético Falcão da Vila Giunta é uma agremiação da cidade de Bauru, no Interior Paulista (SP). A Sede do clube fica localizada no Bairro da Vila Giunta. O Falcão disputa o Campeonato Citadino da 1ª Divisão, organizado pela Liga Bauruense de Futebol Amador (LBFA). Seu escudo e uniforme são idênticos ao Clube Atlético Paranaense.

 

 

O Conchas Futebol Clube é uma agremiação do pequeno Município de Conchas (SP). O clube Alvinegro Conchense foi Fundado (reorganizado) no dia 4 de Novembro de 1959.

A sua Sede e Estádio João Pástina fica localizado na Rua Salvador Celestino, s/n – Centro de Conchas (SP). O Município de Conchas possui uma população de 16.302 habitantes (Censo IBGE/2010) e fica a 210 km da capital paulista.

 

FONTE: Orkut do Conchas F.C. / Wikipédia

Foto: Google Maps

 

 

O Vila Nova Esporte Clube Porangatuense é uma agremiação do município de Porangatu (GO). A equipe disputa o Campeonato Municipal de Futebol e também o Norte Goiano. Seu principal rival rival é o Porangatu Atlético Clube.

 

 

O PAC – Porangatu Atlético Clube é uma agremiação do municipio de Porangatu (GO).  Disputou o Campeonato do Norte Goiano de Futebol de 2007, organizado pela Liga Desportiva do Norte Goiano (Lidengo), do qual foi campeão. O clube é mantido pela prefeitura de Porangatu através da Lei 2239-06 do município. O PAC manda os seus jogos no Estádio Estádio Municipal Porangatu.

CURIOSIDADE - O nome “Porangatu” é um termo de origem tupi que significa “bonito e bom“, através da junção dos termos porang (bonito) e katu (bom).

 

FONTE: Wikipédia

 

 

O São Miguel Futebol Club é uma agremiação do Município de Serra Redonda (PB). O Clube foi Fundado no dia 29 de Setembro de 1969 por Paulo Vicente que acabava de sair do time da Sociedade Esportiva Serrana.

 A origem do nome vem do fato de que seus primeiros atletas residiam na Rua São Miguel bem como o seu fundador Paulo Vicente dando origem assim ao nome do time.
 
Seu primeiro uniforme tinha as cores Amarelo e Preto sendo depois  substituído pelo Vermelho e Branco tornando-se o alvirrubro de Serra Redonda  tornando-se uma das equipes mais importante e tradicional do futebol amador de Serra Redonda e Região.
 
A equipe já acumulou vários títulos do futebol amador sendo Bicampeão Serrano  (1999-2001) e da Copa Vale do Paraíba (1978-1979). 
 
 
 

A Sociedade Esportiva Bambozzi é uma agremiação da cidade de Matão (SP). A sua Sede fica localizada na Avenida Julio Scutti, 100, no Bairro Park Imperador. O clube foi Fundado em 1951, e a terceira geração da família Bambozzi prestigiou a criação do time da empresa no início da década de 1970.

Em 1975, a Sociedade Esportiva Bambozzi, sagra-se campeão regional, transformando-se na equipe base para a Sociedade Esportiva Matonense, fundada em maio de 1976, que disputou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão daquele ano.

FONTE: http://www.bambozzi.com.br/  

 

O Santa Rosa Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Matão, no Interior Paulista. A sua Sede fica localizada na Rua L, 262 – Bairro Jardim Santa Rosa – Matão (SP).

 

O Palestra Itália de Franca Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Franca. A sua Sede fica localizado na Rua Santos Pereira, 450 – no Bairro Cidade Nova. Fundado no dia 25 de Dezembro de 1917, o ‘Palmeirinhas’ é o segundo clube mais antigo de Franca, atrás apenas da Francana (que chegará ao seu Centenário no dia 12 de outubro).

Estádio da Santos Pereira

Desde 2010, o antigo Palmeiras voltou a se chamar oficialmente por Palestra Itália de Franca Futebol Clube. A denominação de origem foi mudada na época da Segunda Guerra Mundial por determinação do governo federal, via Confederação Brasileira de Desportos. Em 1942, entidades que tivessem seus nomes ligados à Itália ou Alemanha tiveram de alterá-los.

Em Franca, outro passo dado estatutariamente foi à transformação do Palmeirinhas em entidade de assistência social. Essa mudança foi feita para viabilizar a obtenção do título de utilidade pública estadual.

 

FONTE: Rodolfo César do Site GCN.Net.br

FOTO: Oliver Moretto/Comércio da Franca

 

O Esporte Clube América é uma agremiação da cidade de Jaú, no Interior Paulista. A sua Sede fica localizado na Rua Dr. João Leite, 1.000 – no Bairro Vila Nova, em Jaú. Acrescentando informações, o amigo e membro André Martins diz: o clube foi Fundado no dia Primeiro de Janeiro de 1942.

 

O Guarani Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Matão (SP). A sua Sede fica localizado na Rua Antônio Silveira, 459 – no Bairro Jardim Alvorada. Abrindo a sua agenda na letra ‘G’, o amigo e membro André Martins nos informa: o clube alviverde foi Fundado no dia 7 de Janeiro de 1977.

 

A Sociedade Atlética Boa Vista é uma agremiação da cidade de Diadema (SP). O clube foi Fundado no dia 02 de Fevereiro de 1972. A sua Sede fica localizada na Estrada Rufino, 175 – no Bairro Jardim Santo Antônio.

 

O Paulistano Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Limeira, no Interior Paulista. A Sua Sede fica localizada na Avenida Dr. Hipólito Pinto Ribeiro, 760, no Bairro Vila Nova. O clube foi Fundado no dia 07 de Setembro de 1953.

HISTÓRIA -  Naquele dia a Pátria comemorava o131º. Aniversário da Independência. Um grupo de abnegados senhores querendo compartilhar das comemorações levadas a efeito em nossa cidade por tão importante efeméride, resolveram fundar uma agremiação de futebol e ao finalizar sua 1ª. reunião exclamaram:
Com nossa força de vontade, nossos braços, nosso suor e nossos sacrifícios, Ver-te-emos um dia potente clube, e nessa esperança te denominamos“.

FUNDADORES:
Zéfiro Marangon – Olírio Pizani – Armando Zampar
Eduardo Somera – Hermenegildo Marangom – João Somera

 

FONTE:  Site Limeira Esportes

 

O Rosário Futebol Clube Clube é uma agremiação da cidade de São João da Boa Vista (SP). A sua Sede fica localizada na Rua Saldanha Marinho, 218 – no Centro da cidade. O amigo André Martins nos lembra que o Rosário completará 70 de existência no dia o2 de outubro (fundado em 1942).

 
O São Lourenço Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Matão (SP). O clube foi Fundado no dia 10 de agosto de 1944. A sua Sede fica localizada na Avenida Saldanha da Gama, 344 – Centro.
 

 

O Esporte Clube Cometa é uma agremiação da Cidade Araguari (MG). O clube araguarino foi Fundado no dia 29 de Julho de 1959. A sua Sede fica localizada na Rua Ponte Terra S/N – Bairro Jóquei Clube, em Araguari. Filiado à Liga Araguarina de Futebol (LAF), o clube disputa as competições nas suas categorias de base e também adulto e máster (onde é o atual campeão da cidade).

Conhecido como o “Brejo Alegre, Cidade Sorriso” a cidade de Araguari fica localizado no Triângulo Mineiro. Com uma população de 109.801 habitantes (Censo IBGE/ 2010), Araguari fica a 671 km da capital de Belo Horizonte.

 

FONTE: Site do clube / Wikipédia

 

NOME: GRÊMIO DE FUTEBOL MIPIBUENSE
FUNDAÇÃO: 17/03/2007
CIDADE: SÃO JOSÉ DE MIPIBU/RN
SITUAÇÃO: AMADOR

http://blogdoarsenalsjm.blogspot.com.br/2012/02/e-hoje-semi-final-do-campeonato-do-pium.html

 

 

O Itinga do Maranhão Esporte Clube é uma agremiação do Município de Itinga do Maranhão (MA). A sua Sede fica localizada na Rua José dos Reis Feitosa s/n, no Bairro da Vila Emanoela.

A Onça foi Fundada na quinta-feira, do dia 11 de outubro de 2007. No mesmo ano, debutou no Campeonato Maranhense da Segunda Divisão, e, de cara faturou o título. No ano seguinte, o clube itinguense disputou o Campeonato Maranhense da 1ª Divisão-2008, terminando na 8ª colocação.

No entanto, em 2009, a campanha foi aquém do esperado e o Itinga do Maranhão acabou na lanterna, e, consequentemente, rebaixado. O seu Estádio é o Ildemar Gonçalves dos Santos, Demazão, com capacidade para 5 mil pessoas. As suas cores são verde, laranja e branca.

 CURIOSIDADES

O Município de Itinga do Maranhão fica ao Oeste do Maranhão. Com uma população de aproximadamente 25 mil habitantes, Itinga fica a 600 km da capital de São Luis.  

O nome de “Itinga” é um termo de origem Tupi que significa “água branca“, por meio da junção dos termos ‘y (“água”) e ting (“branco”).

 

 FONTES: http://www.timesdelbrasil.com.br / Wikipédia

 

 

 O Esporte Clube Universal é uma agremiação do Município de Aracruz (ES). O clube foi Fundado no dia 17 de Dezembro de 1989. O Universal é filiado à Liga de Futebol de Aracruz (LIFA).

 

 

O Esporte Clube Riacho é uma agremiação do Município de Aracruz (ES). Fundado em 1940, a Sede do clube fica localizado na Rua Principal, s/n – no Bairro Vila do Riacho, em Aracruz. O Riacho é filiado à Liga de Futebol de Aracruz (LIFA).

 

 

 

 O Clube Atlético Polivalente é uma agremiação do Município de Aracruz (ES). O clube foi Fundado em 1977, e o seu Estádio é o Binão. Filiado a Liga de Futebol de Aracruz (LIFA), o Atlético Polivalente tem o título do Campeonato Citadino (Troféu José Luiz Batista) de 2010, com uma campanha impecável: 6 vitórias, quatro empates e uma derrota; marcando 16 gols e seis contra.

 

Contando com a preciosa colaboração do amigo André Luiz Pereira Nunes, segue o Potyguar Futebol Clube, que é uma agremiação tradicional do Município de Mesquita, na Baixada Fluminense (RJ). A equipe Alvinegra mesquitense manda os seus jogos no seu estádio: Humberto Melo.

O clube foi Fundado no dia Primeiro de Novembro de 1954. A sua Sede fica localizado no Bairro da Coréia, em Mesquita. O Potyguar já conquistou o Campeonato Iguaçuano em 1994, batendo o Queimados F.C. (equipe que disputa competições profissionais) na decisão.

 

O Clube Atlético Parque da Moóca é uma agremiação da Cidade de São Paulo (SP). O clube foi Fundado no dia 26 de Agosto de 1924. A sua Sede fica na Rua Dias Leme, 374 / Rua Pe. Raposo, 837 – no Bairro da Moóca. A equipe manda os seus jogos no Estádio Municipal CDM Parque da Moóca.

Possivelmente, o mais famoso, e, certamente, um dos mais tradicionais clubes do futebol amador da cidade de São Paulo, o C.A. Parque da Moóca teve sete participações no Campeonato Paulista: 1929, 1931, 1932, 1933, 1934, 1979 e 1980. O ponto alto de sua participação foi em 1934, na Segunda Divisão.

Fontes: Almanaque do Futebol Paulista / Wikipédia / http://clubeparquedamooca.com.br/

 

 

 O Valinhos Futebol Clube é uma agremiação da Cidade de Valinhos (SP). O Papagaio da Mogiana foi Fundado em 7 de Maio de 1972, suas cores são verde e amarela. Seu uniforme principal é composto de camisa verde com gola amarela, calção verde. Teve 10 participações no Campeonato Paulista de Futebol.

 A sua primeira denominação foi Esporte Clube União Bom Retiro, a partir da fusão de dois clubes: o Ribeiro e o Concórdia, e levou o nome do bairro onde se situava. Em 1976, constrói seu Estádio (Eugênio Francischini com capacidade para 5 mil pessoas), e em 1986 filia-se a Federação Paulista de Futebol.

 Neste ano, disputa a Terceira Divisão (atual A3) de profissionais. Repete o feito até o ano de 1993, com um intervalo em 1990. Em 1994, a FPF reformula as divisões dos campeonatos por ela organizados e o Valinhos cai para a Quinta Divisão, atualmente extinta. O clube disputa por mais três anos e pede licença. Atualmente, seu departamento de futebol é amador.

 Sete participações Terceira Divisão (atual A3): 1986, 1987, 1988, 1989, 1991, 1992 e 1993; Três vezes na Quinta Divisão (atualmente extinta): 1994, 1995 e 1996.

 

Fonte: Wikipédia

 

 

Na última terça-feira, a cidade de Mariana comemorou uma data importante no esporte local: O Marianense Futebol Clube chegou ao seu Centenário. O clube foi Fundado no dia 17 de junho de 1912, a sua Sede fica localizada na Praça Gomes Freire, nº 152, no centro de Mariana (Jardim).

O clube comemorou os 100 anos com um baile em grande estilo, na última segunda-feira, com a banda Casino de Sevilla (criada em 1810 na cidade de Sabadell, Espanha).

 

Fonte: http://www.portalmariana.org/

 

A Associação Atlética São Caetano é uma agremiação da cidade de São João Del Rei (MG). O clube Rubro-Negro foi Fundado no dia 28 de Maio de 1960, por um grupo de amigos na residência do Sr. Sebastião Otávio de Moura, carinhosamente conhecido como Tião Frangão.

Faziam parte daquele seleto grupo de amigos: José Celso do Nascimento, Edgar José das Dores, Sebastião Silvério do Nascimento, Marciano Ferreira, Rubens Andrade Gomes, João Santana dos Anjos, Fabiano da Silva Rios, João Acácio Alves e José Erotildes Fonseca, José Cândido de Carvalho, Francisco Leonardo dos Santos, Luiz Geraldo dos Santos, Waldemiro Rosa de Assis, José Geraldo de Moura, Sebastião Silva, Durval Miranda, Expedito Martins, Geraldo Antônio Franco, João Gualberto e Luiz Ezequiel da Silva.

Aqueles homens tinham um só objetivo fundar aquele que viria a ser o mais tijucanos dos clubes tijucanos: a Associação Atlética São Caetano, a qual teve em sua 1ª Diretoria os seguintes nomes:

 PRESIDENTE:                             SEBASTIÃO OTÁVIO DE MOURA

VICE PRESIDENTE:                     JOSÉ CELSO DO NASCIMENTO

1º SECRETÁRIO:                        RUBENS ANDRADE GOMES

2º SECRETÁRIO:                        JOÃO SANTANA DOS ANJOS

1º TESOUREIRO:                       FABIANO DA SILVA RIOS

2ºTESOUREIRO:                       SEBASTIÃO SILVÉRIO DO NASCIMENTO                                                  

DIRETOR DPTO. FUTEBOL:       JOÃO ACÁCIO ALVES

DIRETOR DPTO SOCIAL:           MARCIANO FERREIRA

Aproveitando, agrego a esta postagem a informação do amigo e membro Vitor Dias:  A sua ‘Sede Alberto Mendes Miranda’ fica localizada na Avenida Maria Alves Barbosa, 111 – no Bairro de Tijuco, em São João Del Rei. equipe manda os seus jogos no Estádio ‘Primeiro Ministro Tancredo Neves’.

Fontes: http://osaocaetano.com.br/  http://goo.gl/maps/dfJEy

 

 

O Clube Desportivo Real Deodorense é uma agremiação do Município de Marechal Deodoro (AL). O clube foi Fundado em 1° de fevereiro de 1975, o então Clube Desportivo Sumaúma foi a primeira agremiação desportiva de Marechal Deodoro.

Somente em 2007, que mudou de nome, passando a se chamar Clube Desportivo Real Deodorense. No início, o Real Deodorense visava prioritariamente desenvolver um projeto social.

Contuido com o passar do tempo e a dedicação de todos da família Real Deodorense vieram os mais importantes títulos, transformando, na maior e mais querida agremiação futebolística do Município.

Atualmente, o Clube Desportivo Real Deodorense se encontra entre os melhores times da categoria infantil, sendo o único clube bi-finalista do Campeonato SESI/TV Gazeta (Campeão 2008 e Vice 2009) e Semifinalista do Campeonato Alagoano 2009.

 

Fonte: Orkut Real Deodorense

 

O Mundaú Atlético Clube é uma agremiação amadora da Cidade de Maceió (AL). O clube Alvinegro foi Fundado no dia 02 de Maio de 1962. A sua Sede fica localizado no Bairro de Santo Amaro, em Maceió. A equipe manda os seus jogos no Estádio Municipal da Lagoa Mundaú.

 

O Brumado Futebol Clube é uma agremiação do Município de Pitangui (MG). O clube foi Fundado no dia 15 de Março de 1971. A sua Sede fica localizado no Pov. Brumado Pitangui, s/n – no Bairro de Brumado. O clube disputa as competições da Liga Desportiva de Pitangui (LDP).

 

O Santa Cruz Esporte Clube é uma agremiação do Município de Santa Luzia (MG). O clube Alvirrubro foi Fundado no dia 03 de Maio de 1930. A sua Sede fica na Rua Alto do Bela Vista, s/n – no Bairro Industrial Americano, em Santa LUzia. O Santa Cruz E.C. é Bicampeão do Campeonato Citadino (1972 e 1996), organizado pela Liga Municipal de Desportos de Santa Luzia (LMDSL). Na esfera profissional, a equipe Alvirrubra disputou o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de 1964.

 

 

O Avair Esporte Clube é uma agremiação do Município de Santa Luzia (MG). O clube foi Fundado no dia 29 de Junho de 1989. A sua Sede e estádio ficam localizados na Rua 12 de Outubro, 83 – no Bairro da Esplanada, em Santa Luzia. Atualmente, o Avair E.C. está licenciado da Liga Municipal de Desportos de Santa Luzia (LMDSL).

 

 

A Associação Atlética Ferroviária é uma agremiação da Cidade de Itabira (MG).  A Águia Rubra fica localizada na Rua Turmalina, s/n – no Bairro Areião, em Itabira. O Estádio da Ferroviária tem capacidade para 1.200 pessoas. A A.A. Ferroviária é outra que disputa o Campeonato Citadino Municipal, organizado pela Liga Itabirana de Futebol Amador (LIFA).

 

HISTÓRIA DE UM CLUBE VENCEDOR

Atlético Futebol Clube, fundado em 30 de setembro de 1973 em Santo Antônio do Aventureiro, MG, conforme publicação no Diário Oficial, tendo como primeira diretoria os senhores: Presidente Aroldo Regázio; Vice-Presidente Darcy Carlos da Cunha; Primeiro Secretário José Ângelo Trece Madeira; Segundo Secretário Sebastião de Paula Pereira; Primeiro Tesoureiro Antônio Trece Madeira; Segundo Tesoureiro Manoel Alves do Vale, ainda participaram da reunião de fundação os senhores José Ferreira da Cunha, Crineu dos Santos Teixeira e José Gonçalves Talho.

O Atlético é filiado à LDAP (Liga de Desportos de Além Paraíba) e à FMF (Federação Mineira de Futebol).

Talvez até imitando o Clube Atlético Mineiro foram escolhidas as cores Preto e Branco para o uniforme do clube, o que se mantém até hoje.

Ao longo de toda sua existência o Atlético Futebol Clube procurou fazer grandes times, tendo em seu elenco grandes jogadores, como um grande time também uma grande torcida, que vai aos jogos e torce com paixão.

Quem não se lembra daqueles campeonatos municipais jogados no antigo Campo de Futebol, onde mesmo quando o campo estava alagado, jogavam grandes jogos.

Durante sua história, passou pelo Atlético alguns Presidentes como: Aroldo Regázio, Gilson de Sá Ferreira, Lenildo Ferreira e atualmente Amaury de Sá Ferreira.

Como toda grande equipe de futebol o Atlético participou e participa de campeonatos Municipais, Intermuicipais (Senador Cortes e Argirita) e Rio Minas (Além Paraíba, Carmo, Spucaia) e etc., ganhando alguns campeonatos municipais, alguns intermunicipais, e tendo uma boa participação no Torneio Rio Minas.

Respeitando sempre os organizadores e equipes participantes destes campeonatos, o Atlético sempre teve um grande nome em toda nossa região.

Alguns comerciantes já participaram do patrocínio do uniforme do clube, bem como: A Novidade Calçados (Além Paraíba), Padaria Pires, Clézio Agropecuária, Nelore Santa Walma, SG Transportes, Sucata Gomes, Honuli Dance Clube e Auto Posto Aventureiro (Santo Antônio do Aventureiro).

E hoje, devido às dificuldades financeiras, estamos a procura de algum patrocinador que possa nos ajudas nos uniformes do clube.

Atualmente é na Padaria Pires a nossa Sala de Troféus, vindo a Santo Antônio do Aventureiro, venha nos visitar.

 

Fontes:

http://www.paixaoporescudos.com/ 

https://aventureiro.wordpress.com/2009/11/27/atletico-um-clube-vencedor/

 

 

 O Esporte Clube Bonfim é uma agremiação da cidade de São João Del Rei (MG). O clube foi Fundado no domingo, do dia 15 de Março de 1953. A sua Sede fica localizada na Rua Tenente Mário César Lopes, 297 - no Centro de São João Del Rei. Abaixo, a foto do time posado no início dos anos 60.

Em pé: Ocimar, Morilo, Zé Antero, Felisberto, Rato, Carmélio e Zotinho. Agachados: Rubens, Charoto, Márcio, Pavão e Véio

 

Foto: Jornal Gazeta de São João Del Rei

 

Minas Futebol Clube é uma agremiação da cidade de São João del Rei (MG). O ‘Leão da Biquinha’ foi Fundado no dia 15 de agosto de 1916, por meio de um movimento dos desportistas José de Assis Viegas, Humberto Renari e Verbini Parizzi.

O primeiro ESTATUTO do Minas que não se achava registrado em um livro próprio, os historiadores Dr. Paulo Christofaro e Ten. Gentil Palhares encontraram junto, a outro grande Mineiro, José Galo, uma cópia do mesmo, bastante corroída pela ação do tempo.
O Minas Futebol Clube pelo fato de sua fundação ter ocorrido no dia 15 de agosto, dia consagrado à Nossa Senhora da Glória, foi colocado sob sua proteção, as cores azul e branco tirados de sua imagem, de seu manto. Nossa bandeira azul e branco com um círculo ao centro, com letras MFC e 22 estrelas, segundo nosso primeiro Estatuto significa os 22 atletas do Minas.
As reuniões para a organização do Clube e sua posterior fundação foram realizadas na residência do sr. José de Assis Viegas, no largo do Rosário.

 A primeira Diretoria foi a seguinte:

 

 PRESIDENTE: Cristiano Pereira da Silva; VICE-PRESIDENTE: João Jeunon Junior; TESOUREIRO: Horácio Carvalho; 1º SECRETÁRIO: João Batista de Assis Viegas Filho; 2º SECRETÁRIO: Silvio Porto; DIRETOR DE ESPORTE: José de Assis Viegas.

 

 O Estatuto do Clube foi aprovado em Assembléia Geral Extraordinária aos 3 de agosto de 1922, podendo-se observar o cuidado em sua montagem.

 

 SUAS DENOMINAÇÕES

 


GLORIOSO
É atribuída ao Mineiro José Severiano, já falecido, a denominação dada ao MINAS F. CLUBE, nos levando a crer que, como as festas de Nossa Senhora da Boa Morte e Nossa Senhora da Glória, eram muito importantes e concorridas e o Minas criado no seu dia, NOSSA SENHORA DA GLÓRIA, daí, O GLORIOSO.

 

 LEÃO DA BIQUINHA
À frente do campo do Minas existia uma Bica d’água onde as pessoas iam apanhar água e, à frente dos vestiários artigos, um 3×4, que se situava onde hoje está a nossa piscina para adultos, também corria um filete d’água vindo de uma bica, que ainda existe, localizada ao lado da piscina infantil e assim BIQUINHA.
LEÃO, em determinada época, um circo que se achava na cidade, inclusive em dificuldades financeiras, o MINAS permitiu-lhe sua instalação no Campo. O circo tinha como principal atração, um LEÃO, e assim chegamos ao LEÃO DA BIQUINHA.

Fonte: http://mineirosdomfc.blogspot.com.br/

 

 

O Esporte Clube Santa Cruz é uma agremiação da cidade de São João del Rei (MG). A equipe disputa as competições da Liga Municipal de Desportos de São João del Rei (LMDSJR).

 

 

A Associação Desportiva Jaboatão dos Guararapes, o Jaguar é uma nova agremiação do Município de Jaboatão dos Guararapes (PE). Fundado esse ano (2012), o clube Rubro-anil tem como a sua mascote o Jaguar.

O Jaguar irá debutar no futebol profissional, onde disputará o Campeonato Pernambucano da Série B, esse ano. A equipe mandará os seus jogos no Estádio Jefferson de Freitas com capacidade para 3.500 espectadores.

CURIOSIDADE

Depois de alguns anos disputando campeonatos amadores, o Jaguar – junção de “Ja” (Jaboatão) e “Guar” (Guararapes).

 ELENCO

Composto por 23 atletas, o atual plantel do Jaguar é formado por jogadores com passagens por clubes do estado, a exemplo de Nêgo Pai (ex-Sete de Setembro), Wendel (ex-Santa Cruz) e Odilon (ex-Náutico). Sob o comando do recifense Lourival Silva, a equipe de Jaboatão brigará por uma vaga na primeira divisão do Pernambucano do ano de 2013. “Realizamos uma boa preparação para essa disputa, onde, juntamente com a comissão técnica, passamos para os atletas que a postura da equipe dentro de campo tem que ser aguerrida”, afirmou o treinador.

Ainda segundo Lourival, a maioria dos contratados estava disputando competições estaduais, de modo que o ritmo de jogo do time não foi comprometido. Sabemos que vamos encontrar adversários competitivos, por isso vamos entrar na disputa com personalidade”, finalizou.  O Jaguar tem como presidente o empresário Zeca Barretto. O vice é o ex-vereador do município Reginaldo Almeida. Já a diretoria é formada por desportistas locais, a exemplo de Almir de Barros, secretário geral e Joaquim Barreto, coordenador geral.

Para o certame, a Prefeitura de Jaboatão vem requalificando a estrutura do Estádio Municipal Jefferson de Freitas, situado na Regional Jaboatão Centro. “O campo esportivo terá capacidade para dois mil torcedores. Lá, estamos realizando a mudança de gramado, a recuperação do vestiário, da cabine de imprensa, dentre outros serviços”, avaliou o secretário executivo de Esportes do município, Marcus Sanchez.  Provisoriamente, a equipe alviazulina realiza os treinamentos no campo da Usina Cristal, em Jaboatão Centro.

No total, a competição terá a disputa de 210 partidas em sua fase de classificação. Quinze equipes disputarão duas vagas na Série A1. As semifinais vão ser realizadas nos dias 14 e 17 de outubro, com a final sendo feita em partida única, com mando de jogo para a equipe de melhor campanha.

TREINADOR

Lourival Benedito da Silva, natural de Recife-PE dedicou grande parte de sua vida ao futebol.  Atualmente com 51 anos de idade, “Lori”, como é chmado pelos seus jogadores, iniciou a carreira de jogador profissional no ano de 1979. Ex-volante revelado pelo Náutico, onde teve uma boa passagem pelo clube, conquistando o respeito e a confiança dos torcedores pernambucanos, a ponto de ser considerado como um dos melhores jogadores da posição no time pernambucano na época.

Atuou ainda em equipes como o Guarani-SP, ABC de Natal, Santo André e o Santa Cruz-PE. Na carreira como treinador, Lourival defendeu as equipes do Vitória de Santo Antão-PE, Serrano-PE, Salgueiro-PE, Picos-PI, Central-PE, dentre outras.

 

Fonte: http://www.jaboatao.pe.gov.br/

 

O Centro Desportivo Gravataense é uma agremiação do Município de Gravatá (PE). O clube gravataense foi Fundado no dia 07 de Setembro de 1929, e a sua Sede Rua Padre Joaquim Cavalcante 99, no Centro de Gravatá. A equipe já participou da Copa do Interior de Pernambuco vários anos, onde mandava os seus jogos no Estádio Erasmo Feitosa.

O Município de Gravatá, com cerca de 77 mi habitantes (Censo IBGE/2011), fica 80 km da cidade de Recife (PE). O clima de Gravatá é considerado tropital de altitude com média anual de 19°C, tendo como média no verão 20° e no inverno 15°C, com alta umidade relativa do ar no decorrer do ano.

 

Fonte: http://ligadesportivagravataense.webnode.com.br/

 

O Fluminense Atlético Clube é uma agremiação da Cidade de Nova Friburgo (RJ). O clube foi Fundado no dia 14 de Março de 1921, devido ao descontentamento de alguns atletas e diretores do Friburgo Football Clube, que não encontravam espaço para jogar.

Treinavam durante a semana, mas nos jogos dos fins de semana quem entrava em campo eram os membros das famílias fundadoras do clube, que estudavam no Rio de Janeiro (Sertã, Braune, etc.).

Inicialmente, tanto o escudo quanto o uniforme eram muito parecidos com o Fluminense do Rio. Posteriormente mudou o escudo e uniforme e as cores, passando para o tom azul.

Em 1980 se fundiu com o Serrano F.C., dando origem ao Friburguense Atlético Clube (atualmente disputa o Campeonato Carioca da 1ª Divisão). Seu estádio é o Eduardo Guinle, com capacidade para 12 mil espectadores.

 

 

O Nova Friburgo Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Nova Friburgo (RJ). O Clube foi Fundado no dia 26 de setembro de 1979, resultante da fusão do Friburgo Football Club e o Esperança Futebol Clube.

Disputou o Campeonato Carioca da Série C em 1981, ficando em sexto lugar entre oito participantes. Após essa experiência, advém um longo período de inatividade no futebol profissional.

Retornou em 2007 para a disputa do Campeonato Carioca da Série C, mas é eliminado da competição pelo não comparecimento a vários jogos. Deve-se ressaltar que a agremiação em disputa se tratava na verdade do obscuro Serrano de Trajano de Moraes, sendo apenas a razão social pertencente ao Nova Friburgo, pois a cidade supracitada iria fornecer todo o apoio necessário para que o clube tivesse êxito, o que acabou não ocorrendo por conta de mudanças políticas na cidade.

 Possui sede social e seu estádio, o Raul Sertã, tem capacidade para 2 mil pessoas. As cores de seu pavilhão são o vermelho, verde e o branco. Seu grande rival na cidade é o Friburguense Atlético Clube.

 Em 2010, o Nova Friburgo pelo terceiro ano consecutivo disputou a Copa Rio Bonito, o Campeonato Carioca da categoria Pré-mirim, terminando na sexta colocação, à frente de equipes tradicionais como o America, e o próprio time da casa o Rio Bonito Atlético Clube.

Em 2011, o Nova Friburgo participou pela segunda vez da Macaé Cup, uma competição organizada pela Liga de Desportos de Macaé, com o apoio da prefeitura local e ainda das empresas.

 A competição contou com a participação de várias equipes do estado, tais quais, CFZ do Rio Sociedade Esportiva, Esporte Clube Tigres do Brasil, União, Mauá, Seleção de Macaé, 13 de Maio, de Campos, e equipes de outros estados como Recanto da Pampulha (MG), Juventude (RS), entre outras.

 

 Fonte: Facebook do Nova Friburgo F.C.

 

 

 O Esperança Futebol Clube foi uma agremiação da cidade de Nova Friburgo (RJ). O clube Alviverde foi Fundado no dia 05 de Dezembro de 1915. Foi o segundo time a ser criado em Nova Friburgo.

Inicialmente se chamava União Futebol Clube, após um ano de disputa mudou de nome. O primeiro campo do Esperança situava-se no Paissandu, onde funcionou até sua venda na década de 80, chamava-se Oscar Machado.

O uniforme do Esperança Futebol Clube era bastante parecido com o da Sociedade Esportiva Palmeiras. Já no Campeonato Citadino de Nova Friburgo, o clube foi campeão em 9 oportunidades: 1931, 1939, 1941, 1943, 1944, 1948, 1955, 1961 e 1976.

Durante uma assembléia realizada em 16 de setembro de1973 foi aprovada a fusão com o EC Conselheiro Paulino. Exatamente seis anos depois (16/09/1979) uma nova fusão foi concretizada: Esperança F.C. e Friburgo F.C., dando origem ao Nova Friburgo F.C.

 

 

O Friburgo Football Club foi uma agremiação da cidade de Nova Friburgo (RJ). O futebol em Nova Friburgo surgiu em janeiro de 1914, com uma turma de garotos que se reunia pra jogar ‘peladas’.

Neste mesmo ano surgiu o primeiro clube, o Friburgo Football Club, que foi Fundado no dia 26 de Abril de 1914,  foi o primeiro clube de Nova Friburgo.

Inicialmente o nome era Friburguense Football, com a camisa vermelha e calção branco.  O antigo uniforme do Friburgo Football Club era similar ao do América Foot-ball Club do Rio.

É o mais importante e o maior vencedor da história de Nova Friburgo com 26 títulos do Campeonato Citadino: 1930, 1932, 1934, 1940, 1945, 1946, 1947, 1949, 1950, 1951, 1952, 1953, 1954, 1956, 1957, 1959, 1960, 1962, 1963, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1974 e 1975.

 Foi bicampeão do Campeonato Carioca da Segunda Divisão em 1978 e 1979, mas em ambos os anos não houve acesso à Primeira Divisão de Profissionais, por conta de um litígio que havia entre os clubes do interior e os da capital, a partir da fusão dos antigos estados da Guanabara e Rio de Janeiro.

Após este último título fusionou-se com o Esperança dando origem ao Nova Friburgo Futebol Clube. O seu Estádio: Raul Sertã, com capacidade para 2 mil pessoas.

 

 

O Esporte Clube Conselheiro Paulino foi uma agremiação da cidade de Nova Friburgo (RJ). O clube foi Fundado em 1947, como Esporte Clube Brasil/Espanha, pelo espanhol José Alvarez, que era proprietário de uma olaria.

Depois de vários anos de disputa em 1955 caiu para o Campeonato da Segunda Divisão de Nova Friburgo e passou a se chamar Portuguesa. Em 1962 retorna com o antigo nome. Em 1973 com maioria absoluta dos votos foi aprovada a fusão com o Esperança Futebol Clube.

 

 

 A SEF – Sociedade Esportiva Friburguense é uma agremiação da cidade de Nova Friburgo (RJ). O Clube Alviceleste foi Fundado no dia 18 de Junho de 1921, por um grupo de alemães, com o nome de DEUTSCHER SCHUL – UND KIRCHENVEREIN (Sociedade Alemã de Escola e Culto), visando construir um centro aglutinador e difusor da cultura teutônica, que era desenvolvida na Igreja Luterana. 

Sede

Em 1924 a Escola Alemã mudou-se para a sede do Caminho Reservatório (hoje Igreja São Bento Abade), onde eram ministradas aulas de alemão e português para colonos e operários.

Nesta sede a comunidade expandiu-se através de passeios, piqueniques, músicas e danças nas madrugadas, peças teatrais que atraiam brasileiros encantados com as louras e rosadas“fraulines”.

No dia 26 de Maio de 1935  foi lançada a pedra fundamental da nova sede situada na Avenida Rui Barbosa, atual Avenida Galdino do Valle.  Vários esportes tradicionais alemães, foram desenvolvidos como o Bolão (a 1ª pista foi construída onde hoje fica a boate) e o Faustball (concentrava seu campo onde hoje é a piscina). 

Através das correspondências dos familiares de colonos alemães, chegavam notícias sobre Hitler, surgindo assim as diferenças ideológicas que só voltaria a se recompor no final dos anos 30, época da chegada do Pastor Schlupp (com a missão de colocar a casa em ordem).  Em função de seu sucesso, foi convidado a permanecer na colônia  onde ficou até os anos 80.

Em 1941 surge a Sociedade Alemã 21 (o termo “Alemã” só permaneceu devido às dívidas junto às fábricas Arp e Filó). Mais tarde denominou-se Sociedade Esportiva Friburguense.
A SEF é um patrimônio de Nova Friburgo e foi considerada de utilidade pública em 27/09/1979. Situada na Avenida Doutor Galdino Valle Filho, 35 – no Centro de Nova Friburgo, área nobre da cidade, o clube tem seu quadro social composto por 1.200 sócios proprietários e 5.000 dependentes.
 
 
Fonte: Blog Acervo de Nova Friburgo 
Foto:  Osmar de Castro
© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha