O último Ranking Mundial de Clubes da Federação de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), referente a primeiro de abril a 30 de março deste ano, apresentou o Barcelona liderando, com o arquirival Real Madrid, em segundo. O melhor brasileiro é o Santos na sexta posição.

Dos 200 maiores clubes, apenas 12 são brasileiros. Além do Peixe: aparece o Vasco da Gama (13º lugar), Fluminense (37º), Internacional (39º), Flamengo (72º), Corinthians (75º), Coritiba (114º), Botafogo (130º), São Paulo (142º), Grêmio (146º), Palmeiras (159º) e Ceará (161º).         

 Vale lembrar que a IFFHS se basea nos resultados nacionais e internacionais dos clubes durante o período de 12 meses. A ordem dos clubes é completamente determinada pelos seus resultados durante esse período. 

Listagem referente a 01 de abril de 2011 a 30 de março de 2012

No Top 200 estão 12 clubes brasileiros

* na ordem – posição atual, posição anterior, clube, país e pontuação *
1. (1.)
2. (2.)
3. (3.)
4. (6.)
5. (13.)
6. (8.)
7. (15.)
8. (4.)
9. (5.)
10. (9.)
10. (7.)
12. (22.)
13. (24.)
14. (11.)
15. (22.)
15. (19.)
17. (12.)
18. (36.)
19. (43.)
20. (32.)
21. (16.)
22. (28.)
23. (21.)
24. (10.)
25. (28.)
26. (18.)
27. (33.)
28. (37.)
29. (20.)
30. (24.)
31. (17.)
32. (43.)
32. (26.)
34. (14.)
35. (45.)
36. (33.)
37. (54.)
37. (60.)
39. (31.)
40. (41.)
41. (30.)
42. (33.)
43. (37.)
43. (27.)
43. (52.)
46. (59.)
47. (50.)
48. (56.)
49. (51.)
50. (39.)
51. (48.)
51. (58.)
53. (42.)
54. (74.)
55. (45.)
55. (57.)
57. (73.)
58. (60.)
59. (64.)
60. (115.)
61. (60.)
62. (55.)
63. (48.)
63. (39.)
65. (47.)
66. (68.)
66. (52.)
68. (95.)
68. (74.)
70. (66.)
71. (112.)
72. (79.)
73. (71.)
74. (63.)
75. (146.)
76. (123.)
77. (74.)
78. (96.)
79. (67.)
80. (84.)
81. (88.)
82. (85.)
82. (79.)
84. (64.)
85. (71.)
85. (74.)
87. (68.)
87. (85.)
89. (83.)
90. (118.)
91. (92.)
92. (92.)
93. (79.)
93. (85.)
95. (134.)
96. (89.)
96. (127.)
98. (92.)
99. (91.)
100. (101.)
101. (102.)
102. (115.)
102. (150.)
102. (141.)
102. (108.)
102. (102.)
107. (136.)
108. (121.)
108. (102.)
110. (123.)
111. (110.)
111. (96.)
113. (109.)
114. (110.)
114. (142.)
116. (115.)
116. (107.)
118. (146.)
118. (120.)
120. (130.)
121. (99.)
121. (137.)
123. (128.)
123. (144.)
125. (99.)
126. (118.)
127. (132.)
127. (128.)
127. (89.)
130. (156.)
130. (70.)
130. (154.)
130. (150.)
130. (134.)
135. (74.)
135. (126.)
137. (112.)
138. (121.)
139. (161.)
140. (146.)
141. (142.)
142. (150.)
142. (150.)
142. (102.)
145. (161.)
146. (79.)
146. (137.)
146. (154.)
146. (156.)
146. (166.)
151. (188.)
152. (102.)
152. (171.)
154. (207.)
154. (159.)
154. (156.)
154. (188.)
158. (139.)
159. (177.)
159. (233.)
161. (166.)
161. (193.)
161. (166.)
164. (193.)
165. (174.)
165. (130.)
167. (188.)
167. (222.)
169. (173.)
169. (159.)
171. (144.)
171. (260.)
171. (149.)
174. (278.)
174. (232.)
176. (183.)
176. (139.)
176. (254.)
179. (174.)
180. (165.)
181. (183.)
181. (166.)
181. (239.)
181. (188.)
181. (132.)
181. (239.)
181. (224.)
188. (188.)
188. (199.)
190. (180.)
190. (185.)
190. (233.)
190. (161.)
194. (233.)
194. (222.)
196. (185.)
196. (193.)
196. (193.)
199. (199.)
199. (207.)
FC Barcelona
Real Madrid CF
CA Vélez Sarsfield
CD Universidad de Chile
FC Bayern München
Santos FC
Club Atlético de Madrid
Manchester United FC
Manchester City FC
FC Schalke 04
CD Universidad Católica
Athletic Club de Bilbao
CR Vasco da Gama
Royal Standard de Liège
Sporting Lisboa
Milan AC
PSV Eindhoven
AZ Alkmaar
Chelsea FC London
Valencia CF
Paris Saint-Germain FC
Arsenal FC
SL Benfica
Club Libertad
SSC Napoli
FC Twente Enschede
Olympique Lyonnais
FK Metalist Charkiv
Stoke City FC
SK Viktoria Plzen
FC do Porto
Tottenham Hotspur FC
Fulham FC
LDU Quito
Hannoverscher SV 1896
FC Internazionale Milano
APOEL Lefkosia
Fluminense FC
SC Internacional
RSC Anderlecht
Glasgow Celtic FC
Lille Olympique
FC Dinamo Kyiv
Sporting Braga
CF Monterrey
PAE Olympiakos SFP
Wisla Kraków SA
FC Basel
Club Brugge KV
PAOK Thessaloniki
SS Lazio Roma
Stade Rennais FC
Olympique de Marseille
FBC Olimpia Asunción
Besiktas JK Istanbul
FK Rubin Kazan
BV Borussia Dortmund
Udinese Calcio
FC Lokomotiv Moscow
CA Boca Juniors
Red Bull Salzburg
Suwon Samsung Blue-Wings FC
Cerro Porteño FBC
CA Peñarol Montevideo
FC Zenit St. Petersburg
Atlético Monarcas Morelia
CB Jeonbuk Hyundai
Juventus FC Torino
Arsenal FC Sarandí
Espérance de Tunis Club Santos Laguna
CR Flamengo
KP Legia Warszawa
FC Kobenhavn
SC Corinthians Paulista
CA Lanús
FK Austria Wien
FC Vaslui
PFC CSKA Moscow
FC Steaua Bucuresti
NK Dinamo Zagreb
NK Maribor (piv. Lazne)
Trabzonspor K Trabzon
CD Godoy Cruz ATM
AFC Ajax Amsterdam
Maccabi Haifa FC
FC Shakhtar Donetsk
MAS Fès
CA Independiente Avellaneda
Nagoya Grampus
FC Vorskla Poltava
Enyimba International FC
TSV Bayer 04 Leverkusen
Wydad AC Casablanca
Nacional FBC Asunción
FC BATE Barysau
AEK Larnaka
FK Ekranas Panevežys
KRC Genk
Hapoel Tel-Aviv FC
AC Sparta Praha
Al-Hilal Omdurman
Zamalek SC Cairo
Esteghlal FC Tehran
Santa Fe CD Bogotá
FK Partizan Beograd
Seattle Sounders FC
AFC Rapid Bucuresti
FC Dinamo Tbilisi
SK Slovan Bratislava
Aalesunds FK
Al-Ahly Cairo
Al-Hilal FC Riyadh
Coritiba FC
Kashiwa Reysol
HJK Helsinki
Nacional de Montevideo
Deportivo Quito
Borussia Mönchengladbach
FC Dinamo Bucuresti
FC Seoul
FC Sion
GD Interclube Luanda
UNAM Ciudad de Mexico
FM Sepahan Isfahan
Unión Española Santiago
Malmö FF
Cerezo Osaka FC
Nasaf Qarshi FC
Montpellier Hérault
Villarreal CF
Atlético Nacional Medellín
Liverpool FC
Botafogo FR
CD Once Caldas
CD Cruz Azul
FC Zürich
Glasgow Rangers FC
CD Isidro Metapán
CS Gaz Methan Medias
Odense BK
São Paulo FC
SK Sturm Graz
Emelec Guayaquil
Los Angeles Galaxy
Estudiantes de La Plata
Grêmio FBPA
BSC Young Boys Bern
US Citta di Palermo
Maccabi Tel-Aviv
Bursaspor K Bursa
CPD Junior Barranquilla
FK Rabotnicki Skopje
Everton FC
SE Palmeiras
AS Roma
Fenerbahce SK
Al-Wehdat Club Amman
Al-Ittihad Club Jeddah
Toronto FC (Canada)
Shamrock Rovers FC
FC de Toulouse
Ceará SC
FC Pohang Steelers
FK Zestafoni
AEK Athens
Universitario de Nuevo León
Omonia FC Lefkosia
CSD Comunicaciones
FK Baumit Jablonec
FC Gamba Osaka
CD Guadalajara
Muang Thong United FC
Ulsan Hyundai Horangi FC
Heart of Midlothian FC
FC Spartak Trnava
Cotonsport FC de Garoua
Provincial Electronic Authority
Linfield FAC
Sunshine Stars FC
KR Reykjavík
Kashima Antlers FC
Newcastle United FC
CD La Equidad Bogotá
Al-Sadd SC Doha
Málaga CF
CA Tigre
Club Sport Herediano
FC Dallas
FK Ventspils
BK Häcken Göteborg
SC Lokeren
Jaguares de Chiapas
Galatasaray SK Istanbul
FC Nordsjaeland (Farum)
NK Olimpija Ljubljana
FC Midtjylland
UD Levante
El Nacional Quito
CD Nacional Madeira
Espanha
Espanha
Argentina
Chile
Alemanha
Brasil
Espanha
Inglaterra
Inglaterra
Alemanha
Chile
Espanha
Brasil
Belgica
Portugal
Italia
Holanda
Holanda
Inglaterra
Espanha
França
Inglaterra
Portugal
Paraguai
Italia
Holanda
França
Ucrania
Inglaterra
Rep. Checa
Portugal
Inglaterra
Inglaterra
Equador
Alemanha
Italia
Chipre
Brasil
Brasil
Belgica
Escócia
França
Ucrania
Portugal
Mexico
Grecia
Polonia
Schweiz
Belgica
Grecia
Italia
França
França
Paraguai
Türkiye
Russia
Alemanha
Italia
Russia
Argentina
Austria
Rep. of Korea
Paraguai
Uruguay
Russia
Mexico
Rep. of Korea
Italia
Argentina
Tunisie
Mexico
Brasil
Polonia
Danmark
Brasil
Argentina
Austria
România
Russia
România
Hrvatska
Slovenija
Türkiye
Argentina
Holanda
Israel
Ucrania
Maroc
Argentina
Japan
Ucrania
Nigeria
Alemanha
Maroc
Paraguai
Belarus
Chipre
Lietuva
Belgica
Israel
Rep. Checa
Sudan
Egypt
Iran
Colombia
Srbija
USA
România
Georgia
Slovensko
Norge
Egypt
Saudi Arabia
Brasil
Japan
Suomi
Uruguay
Equador
Alemanha
România
Rep. of Korea
Schweiz
Angola
Mexico
Iran
Chile
Sverige
Japan
Uzbekistan
França
Espanha
Colombia
Inglaterra
Brasil
Colombia
Mexico
Schweiz
Escócia
El Salvador
România
Danmark
Brasil
Austria
Equador
USA
Argentina
Brasil
Schweiz
Italia
Israel
Türkiye
Colombia
Macedonia
Inglaterra
Brasil
Italia
Türkiye
Jordan
Saudi Arabia
USA
Éire
França
Brasil
Rep. of Korea
Georgia
Grecia
Mexico
Chipre
Guatemala
Rep. Checa
Japan
Mexico
Thailand
Rep. of Korea
Escócia
Slovensko
Cameroun
Thailand
Northern Ireland
Nigeria
Iceland
Japan
Inglaterra
Colombia
Qatar
Espanha
Argentina
Costa Rica
USA
Latvija
Sverige
Belgica
Mexico
Türkiye
Danmark
Slovenija
Danmark
Espanha
Equador
Portugal
382,00
306,00
287,00
273,50
257,00
252,00
248,00
241,00
233,00
224,00
224,00
222,00
219,00
212,50
210,00
210,00
207,00
205,00
204,00
202,00
200,00
198,00
195,50
195,00
194,00
193,50
191,00
190,50
190,00
185,50
182,50
182,00
182,00
181,50
180,00
175,00
174,00
174,00
172,00
171,00
170,00
169,00
166,50
166,50
166,50
166,00
165,00
164,00
163,00
162,50
162,00
162,00
161,00
158,00
157,50
157,50
155,00
152,00
150,50
149,00
148,00
147,00
146,50
146,50
144,50
142,50
142,50
142,00
142,00
141,50
141,00
140,00
139,50
138,50
138,00
137,00
136,00
135,50
135,00
134,50
133,50
133,00
133,00
132,00
130,50
130,50
130,00
130,00
129,00
128,00
127,50
125,50
125,00
125,00
124,50
124,00
124,00
123,00
122,00
121,00
120,50
120,00
120,00
120,00
120,00
120,00
119,50
118,00
118,00
117,50
117,00
117,00
116,50
116,00
116,00
115,00
115,00
114,00
114,00
112,50
111,50
111,50
111,00
111,00
110,00
109,00
108,50
108,50
108,50
108,00
108,00
108,00
108,00
108,00
107,00
107,00
106,00
104,50
104,00
103,00
102,50
102,00
102,00
102,00
100,50
100,00
100,00
100,00
100,00
100,00
99,50
98,50
98,50
98,00
98,00
98,00
98,00
97,50
97,00
97,00
96,00
96,00
96,00
95,50
95,00
95,00
94,50
94,50
93,50
93,50
93,00
93,00
93,00
92,50
92,50
92,00
92,00
92,00
91,00
90,50
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
89,50
89,50
89,00
89,00
89,00
89,00
88,50
88,50
88,00
88,00
88,00
87,50
87,50
 

O Conselho Deliberativo do Clube de Regatas Icaraí vai encaminhar à Prefeitura de Niterói (RJ),  projeto de alteração do gabarito da sede da entidade para, em parceria com as construtoras Capital e Soter, buscar autorização para construir dois apart-hotéis, ambos de 14 andares.

Sede do clube

Pelo projeto, a sede do clube ficaria entre as duas novas cnstruções, com um estacionamento de quatro andares nos fundos. O valor do contrato será de R$ 165 milhões. A manobra teve o objetivo de evitar o leilão da sede do clube, que havia sido marcado para o dia 13.

A área em questão, de 9.000 m² – com piscina, campo e quadra de futebol -, vinha sendo bastante cobiçada nos últimos anos, principalmente para a construção de empreendimentos imobiliários.

Fonte: http://www.niteroimais.com.br/

 

 

                           Tesourinha, Zizinho, Heleno, Jair e Ademir: ataque de craques do Brasil em 1945-46

Advogado, boêmio, catimbeiro, boa vida, irritadiço, galã. Heleno de Freitas foi tudo isso, mas principalmente um craque da grande área, um jogador talentoso que deixou a sua marca na Seleção Brasileira e nos clubes pelos quais passou – e foi ídolo – com muitos gols e belas atuações que o fizeram entrar para a história como um dos maiores craques do futebol sul-americano.

 

Heleno de Freitas na delegação da Seleção Brasileira no Sul-Americano de 1946

Dono de um gênio intempestivo, que muitas vezes o fazia ser expulso, Heleno de Freitas foi um dos símbolos do Botafogo, o clube com o qual mais se identificou. Descoberto pelo técnico Neném Prancha no time do Botafogo de praia, Heleno, que iniciou a carreira no Fluminense, foi para o alvinegro carioca ainda amador e chegou ao time principal com a responsabilidade de substituir o ídolo Carvalho Leite (goleador do tetracampeonato estadual, de 1932 a 35). Ele não decepcionou a torcida, com grande habilidade e excelente cabeceio.

Heleno no ataque da Seleção Brasileira na Copa Rio Branco, em 1948, que tinha ainda Cláudio, Friaça, Jair e Canhotinho

Com uma postura elegante dentro e fora de campo, o jogador foi o maior ídolo alvinegro antes de Garrincha, mesmo sem nunca ter sido campeão pelo clube. Marcou sua passagem em General Severiano com 209 gols em 235 partidas, tornando-se o quarto maior artilheiro da sua história. Deixou General Severiano em 1948, negociado com o Boca Juniors, da Argentina, na maior transação do futebol brasileiro até então.

Heleno de Freitas no Boca Juniors, na maior transferência do futebol brasileiro à época

Atuou ainda pelo Vasco, onde foi campeão carioca de 1949 com o Expresso da Vitória, pelo Atlético Junior de Barranquilla, da Colômbia (em Barranquilla, encontra-se uma estátua em sua homenagem, “El Jogador”) e pelo Santos. No América, do Rio de Janeiro, onde encerrou a carreira, disputou só uma partida, a única também que jogou no Maracanã.

Heleno de Freitas no seu último e o único jogo pelo América, no Maracanã

Na Seleção Brasileira, na qual formou um ataque legendário – Tesourinha, Zizinho, Heleno, Jair e Ademir, em 1946 – marcou 13 gols em 18 jogos. Heleno morreu em um sanatório, em Barbacena, no dia 8 de novembro de 1959.

Heleno de Freitas

Nascimento: 12 de fevereiro de 1920, em São João Nepomuceno (MG).

Falecimento: 08 de novembro de 1959, em Barbacena (MG).

Seleção Brasileira: 18 jogos, 11 vitórias, quatro empates e três derrotas, 13 gols.

Títulos: Copa Roca (1945); Copa Rio Branco (1947).

Clubes: Fluminense (1937 a 1938 como amador), Botafogo  (1939 a 1948); Boca Juniors (ARG) (1948 – 1949); Vasco da Gama (1949 – 1950); Atlético Júnior (COL) (1950); América do Rio(1951).

 

Fontes: “Memórias da Seleção Brasileira (27/07/2011) e republicada por conta do lançamento do filme “Heleno”, de José Henrique Fonseca

Fotos: C.B.F. (Confederação Brasileira de Futebol)

 

O Mercado Municipal de Campos foi inaugurado em fevereiro de 1880 com a presença de diversos vereadores entre outras autoridades. É um local democrático onde se discute todos os assuntos da cidade: política, religião, e como não podia deixar de ser futebol, foi nesse ambiente que surgiu o Esporte Clube Municipal.
O clube foi fundado em torno de um cepo de açougue do mercado de propriedade de Antônio Pereira, junto com Pedro Gomes Rangel, Waldemiro Pacheco e Álvaro Silva, em 3 de outubro de 1931, o nome do clube, inicialmente, seria Mercadense Futebol Clube, mas os fundadores optaram por Municipal e as suas cores são o vermelho, azul e branco.

Até o ano de 1949, só disputava campeonatos regionais e pequenos torneios, quando o presidente Rodoval Bastos Tavares conseguiu colocar o clube no disputado campeonato campista, junto com os grandes times da cidade, através do ex-jogador, jornalista e vereador Ary Bueno, que também conseguiu um terreno para a construção do estádio.
Em 1962, o Municipal enfrentou e venceu a equipe carioca do Fluminense Foot Ball Club, foi composta por: Carlinhos, Waldir e Bené; Renan, Robertinho e Mizinho, Gessy, Odair, Expedito e Sena. Também atuaram pelo Municipal com destaque, Vadinho, Gaguinho, Amaro Santos, Alcidônio, Zenilton e Chico Velocidade.
Os presidentes foram João Aguiar Branco (João Vovô), Antônio Rodrigues, Rodoval Bastos Tavares, Ilídio Rocha, Francisco Azevedo, Antoninho Manhães, Silvio Salve, Diogo Escocard, Breno Campos e Dr. Edson Coelho dos Santos (1962).
O Municipal foi vice-campeão em 1950 e em 1962. Após uma série de partidas amistosas com equipes de renome nacional, em 1966, o Municipal encerrou as suas atividades no futebol profissional e até hoje permanece no cenário esportivo amador de Campos e desenvolve projetos de integração com a comunidade, através de escolinhas.

 

Colaborou: Aristides Leo Pardo, Tide

 

Por: Carlos Zamith

Na década de 50, uma temporada do Flamengo, em Manaus, mexeu com os amazonenses, Era a primeira vez que o time carioca se exibiria nesta cidade, numa época restrita apenas a classe comerciária.

A estréia aconteceu num dia útil, numa quinta-feira à tarde, pois no local do jogo, Parque Amazonense, não havia luz artificial. Por isso, em atenção aos apelos dos promotores da temporada dirigidos à Associação Comercial, o comércio local decidiu cerrar suas atividades às 15 horas

FLAMENGO  6 X 1  FAST CLUBE

Local: Parque Amazonense

Árbitro: Gentil Cardoso, técnico do Flamengo.

Data: quinta-feira à tarde, no dia 30 de março de 1950 

FLAMENGO – Antonino, Newton Canegal e Job; Biguá, Bria (Hélio) e Beto; Jorge de Castro (Aloísio), Gringo (Hamilton), Moacir, Durval e Esquerdinha.

FAST CLUBE – Guilherme (Raul com o marcador de 4 a 0), Canhão e Gatinho; Valdemir Osório, Belo Ferreira e Nêgo; Zé Nery (Mário Matos), Lafayette Vieira, Pereirinha, Paulo Onety e Aderaldo

Gols: Moacir (Fla) aos 9 e 15, do 1º tempo; Hélio aos 2, Moacir aos 9, Esquerdinha aos 13 e Moacir aos 16 (Fla) e Paulo Onety, aos 30 (Fast) do 2º tempo.

 

FLAMENGO  7  X  1  NACIONAL

Local: Parque Amazonense

Árbitro: Aristocilio Rocha (FCF)

Data: Domingo, no dia 02 de abril de 1950

FLAMENGO – Antonino, Newton Canegal e Job; Osvaldo, Bria (Hélio) e Beto; Jorge de Castro (Aloísio), Gringo (Nélio), Durval (Hamilton), Moacir (Quiba) e Esquerdinha.

NACIONAL - Sandoval (Mota), Lupércio (Mário Matos) e Gatinho; Hélcio Sena (Caçador), Brás Gioia e Antonino (Nêgo); Cabral (Hélcio Sena) posteriormente Aderaldo, Paulo Onety, Marcos Gonçalves, Raspada e Pedrinho (Linhares).

Gols: Moacir aos 13, Durval aos 28 e Moacir aos 33; Moacir aos 4, Esquerdinha aos 8 e 34, Hamilton aos 40, para o Flamengo. Aderaldo, aos 41 (Naça) após a cobrança de um penal. Falta foi cometida por Osvaldo. Mário Matos cobrou e o goleiro Antonino defendeu parcialmente, espalmando para fora da área. O mesmo Mário Matos aproveitou para marcar o tento de honra do time local.

 

Curiosidade: O goleiro Sandoval jogava no Clube do Remo e foi chamado pelo Nacional para esse jogo. O time paraense o liberou, mas o goleiro terminou ficando por aqui mesmo. Deixou o campo, contundido, quando o marcador era de 5 a 0. Mota entrou no seu lugar foi vazado mais duas vezes.

ATUAÇÃO DO ÁRBITRO

O jornal Diário da Tarde, do dia 4 de abril de 1950, comenta a atuação do árbitro, assim:

O juiz carioca Aristocílio Rocha teve vários senões. Marcou dois tentos do Flamengo quando os seus autores estavam em franco impedimento. Deixou de marcar um tento do mesmo Flamengo, feito por Esquerdinha, assinalando escanteio e deixou de marcar um penal de Lupércio. Muito fraca a atuação do árbitro”.

O time do Nacional, como sempre acontecia com clubes locais, reforçou-se de elementos de outras agremiações, como Gatinho, Aderaldo e Nêgo, emprestado pelo Fast Clube.

 

 

 

Itatinga Atlético Clube – Santos (fundado em 7 de setembro de 1928)
Esporte Clube Real – Santos (fundado nos anos 70)

 

Independente Atlético Clube – Santos (fundado em 1958)
Tricolor Futebol Clube – Santos (fundado em 27 de Junho de 1952)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

Paulistano Futebol Clube – Santos (fundado em 1º de março de 1933)
Grêmio Recreativo 814 – Santos (fundado nos anos 70)

 

Esporte Clube Pedra 90 – Santos (fundado em 1970)
Sociedade Esportiva Vila São Jorge – Santos (fundado nos anos 50)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Campos Salles Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 40)
Marília Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)

 

Vila São Bento Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)
Guarany Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Vila Atlântica Futebol Clube – Santos (fundado em 08 de maio de 1949)
Praia Futebol Clube – Santos (fundado em 02 de maio de 1948)

 

 

Vila Hayden Futebol Clube – Santos (fundado em 01 de maio de 1953)
Colonial Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)

 

 Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

 

 

 

Bandeirantes Futebol Clube – Santos (fundado em 27 de fevereiro de 1950)
Flor do Norte Futebol Clube – Santos (fundado em 01 de Janeiro de 1926)

 

 

 

União do Norte Futebol Clube – Santos (fundado em 5 de agosto de 1948)
Associação Atlética Palmeiras – Santos (fundado nos anos 50)

 

 Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Atlântico Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)
Pombal Futebol Clube – Santos (fundado em 01 de Novembro de 1945)

 

Ponte Preta Futebol Clube – Santos (fundado em 1948)
Grêmio Recreativo Brasil – Santos (fundado em 1963)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

Palmeiras Futebol Clube (Palmeirinha do Mercado) – Santos (fundado em 02 de Fevereiro de 1954)
Botafogo Futebol Clube – Santos (fundado em 28 de janeiro de 1944)

 

 

Belo Horizonte Futebol Clube – Santos (fundado nos anos 50)
Esporte Clube Anglo – Santos (fundado em 24 de Junho de 1936)

 

 Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

Afonso Pena Futebol Clube – Santos (fundado em 15 de novembro de 1939
Pará Futebol Clube – Santos (fundado em 05 de maio de 1948)

 

 

Flamengo Futebol Clube (do canal 2) – Santos (fundado em 1º de Janeiro de 1954)
Fluminense Futebol Clube – Santos (fundado em 1952)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Santa Maria Atlético Clube – Santos

(fundado em 8 de outubro de 1925)

Alvi-Verde Futebol Clube – Santos

(fundado em 02 de março de 1960)

 

Estrela Dalva Futebol Clube - Santos

(sem data de fundação)

Campos Melo Futebol Clube  – Santos

(fundado em 7 de julho de 1957)

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

 

Esporte Clube Camisa Branca – Santos

(fundada em 25 de Janeiro de 1952)

Clube Atlético Comercial  – Santos

(fundado nos anos 50)

 

 

 

Cunha Moreira Futebol Clube - Santos

(fundado em 26 de janeiro de 1950)

São Paulo Recreativo Atlético Clube  – Santos

(fundado em 07 de março de 1937)

 

 Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

    

 

Clube Atlético Libertador – Santos

(fundado nos anos 40)

Palmeiras Atlético Clube  – Santos

(fundado nos anos 40)

 

 

Esporte Clube Conde do Mar – Santos

(fundado em 1946)

Esporte Clube Corinthians Santista - Santos

(fundado em 17 de fevereiro de 1951)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Esporte Clube Martins – Santos

(fundado em 05 de Outubro de 1945)

Amazonas Futebol Clube  – Santos

(fundado em 17 de Maio de 1948)

 

 

Yale Futebol Clube – Santos

(em 22 de Junho de 1949)

Vila Santista Futebol Clube  – Santos

(fundado em 1º de maio de 1953)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

Oswaldo Cruz Atlético Clube  - Santos

(fundado em 06 de maio de 1946 )

Jaú Futebol Clube – Santos

(Fundado em 1927)

 

 

Clube Atlético Industrial – Santos

(sem a data de fundação)

Radium Futebol Clube  – Santos

(fundado em  final dos anos 40)

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

Esporte Clube Faísca – Santos

(fundado em  01 de fevereiro de 1944)

Paquetá Futebol Clube – Santos

(em 15 de Novembro de 1945)

 

 

Clube Atlético Juventus - Santos

(fundado em 10 de junho de 1951)

Esporte Clube Morávia – Santos

(fundado em 17 de maio de 1960)

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 

 

Cruz de Malta Futebol Clube – Santos

(fundado em 21 de maio de 1940)

Sociedade Esportiva Barreiros – Santos

(fundado em 14 de fevereiro de 1948)

  

 

Sindicato Atlético Clube – Santos

(fundado em 30 de junho de 1955)

Esporte Clube XI Santista – Santos

(fundado em 01 de setembro de 1980)

 Reza a lenda que ao nos depararmos com um belíssimo trabalho, no mínimo, não devemos atrapalhar. Então não iriei atrapalhar, mas apenas compartilhar. Encontrei um trabalho simples e bacana no Site Varzea Santista, onde diversos escudos foram vetorizados.   

 

Fonte: http://www.varzeasantista.com/

 

 O Jatobá Futebol Club é uma agremiação do município de Palmares, em Alagoas. A equipe Alviverde palmarina disputa as competições amadoras da região.

 

O Corinthians Jundiayense Foot-Ball Club é uma agremiação da cidade de Jundiaí (SP). O time foi fundado na terça-feira, no dia 16 de Setembro de 1913. O Estádio do Corinthians tem capacidade para 5 mil pessoas. A sua principal conquista aconteceu há 92, quando levantou a taça do Campeonato Paulista do Interior de Futebol em 1920.

 

O Independente Futebol Clube é uma agremiação do município pernambucano de Palmares. A sede fica na Rua Coronel Izacio, 69, no Centro. O time manda os seus jogos no Estádio Ulisses Arcanjo de Oliveira, com capacidade para 1.200 espectadores.

 

O Independente Futebol Clube é uma agremiação do município de Nova Granada, que fica a 475 km da capital paulista.

 

 

O Esporte Clube Colorado do Parque América no dia 25 de janeiro de 1981, quando num “racha” no antigo time do América Santista FC. Por causa deste “racha” foi marcada para o dia 25 de Janeiro de 1982 uma assembleia geral com o objetivo de se criar uma nova equipe de futebol no Parque América.

 Depois de determinadas horas de reunião ficou decidido que esta nova equipe se chamaria Internacional Futebol Clube, e que as cores deste time seriam as mesmas do Internacional de Porto Alegre (vermelho e branco), como alguns não gostaram do nome, foi sugerido o nome de Colorado, nome este que representava o Internacional, sendo que todos gostaram da ideia. Surgia então o Esporte Clube Colorado do Parque América, e as cores adotadas foram mesmo as do Inter, vermelho e branco. 

O primeiro uniforme seria todo vermelho e o segundo uniforme seria com a base em branco. Com o passar dos anos este vermelho acabou ficando mais escuro (bordô).

A sede do E.C. Colorado do Parque América ficou no campo onde ele mandaria seus jogos, Av. Professor Oscar Barreto Filho, 260, hoje mais conhecido como CDC  Doutor Tancredo Neves, que fica no mesmo endereço até hoje.

 

Momento histórico e trágico em dois jogos

Em 1986, esta grande agremiação fez uma excursão para o estado do Rio de Janeiro, para fazer um amistoso de ida e volta contra o grande time do Olaria Atlético Clube, na época disputava o Campeonato Carioca da Série B. Jogando no Estádio Mourão Filho, na Rua Bariri, o Esporte Clube Colorado do Parque América conquistou uma vitória marcante ao bater por 2 a 0.

O jogo da volta aconteceu um mês depois. Atuando no seu campo, o Colorado do Parque América era derrotado por 2 a 0, quando um momento trágico marcou a partida.

Após centro da direita, na ânsia de marcar o gol, o ponta esquerda Breu marcou o gol de cabeça em um ‘peixinho’. Contudo, o jogador acabou se chocando com a cabeça na trave direita, vindo a falecer. Sem condições emocionais a partida foi interrompida.

 

 TÍTULOS

1996
Campeão da Copa Danubio Azul
( Campo do Malha )
1998
Campeão Copa Santo Amaro de Futebol ( Campo do Brasilia )
1999
Bicampeão da Copa Santo Amaro de Futebol (Campo do Brasilia)
2003
Campeão Copa Zaga de Futebol (Campo Do Malha)
2005
Bicampeão da Copa Zaga de Futebol (Campo do Castelo)
2006
Campeão da Copa Leões da Liga Grande São Paulo
2007
Campeão da 3º Copa Bandeirante de Futebol ( Campo do Bandeirantes)
2009
Campeão da 10ª Copa Colorado de Futebol
(Cdc Doutor Tancredo Neves)
 
 

Associação Atlética Arthur Alvim é uma agemiação do Bairro de Arthur Alvim, em São Paulo (SP). O Terremoto Verde (alcunha do time) foi fundado no dia 9 de julho de 1937. O atual escudo surgiu em meados de 1960, o nome do clube ate então era Sociedade Atlética Arthur Alvim, representado por um distintivo que baseava suas características no logo do Santos Futebol Clube.

Nosso time, embora não possuísse jogadores profissionais, mesmo sendo um time de Várzea, era sempre convidado para torneios de grande importância, como O Campeonato Amador de 1954, COPA em homenagem ao aniversário da Cidade de São Paulo.

 

Seleção A.A. Arthur Alvim de 1956

 

Os atletas do Arthur Alvim desta brilhante época, eram mais que colegas de time, eram amigos, e a maioria jogou junto por cerca de 16 anos seguidos, são casos como o Pichão ( Cármino Sinibard ), Jacob Brito da lendária família dos Britos, Valdemar Piranha, entre outros tantos, o time sempre unido e organizado, transformava qualquer jogo em uma grande festa, chegando a lotar 30 ônibus de torcedores para levar aos seus jogos!

Escudo antigo

 

TÍTULOS CATEGORIA VETERANOS


 

 

Vice Campeão – Campeonato regional zona leste jornal Última Hora – 1978
Campeão (12) vezes – Copa Arthur Alvim – durante 20 copas
Campeão Copa Corintinha Aricanduva ano 1981
Vice Campeão Copa Regional Penha zona leste – 2000
Tri Campeão Copa Geave ano 2004 / 2006 / 2007
Tetra Campeão Copa Niterói ano 2000 / 2002 / 2008 / 2009
Campeão Copa 1 de Maio Ermelino 50 anos – ano 2009
Hexa Campeão Copa Veteranos Negritude – 2000

 

TÍTULOS CATEGORIA ESPORTE


 

Vice Campeão campeonato Varziano – ano 1993
Campeão Copa 1º de Maio – Jardim Santo André – ano 1995
Campeão Copa Jaú da Penha – ano 2004
Campeão Copa Unidos Praça – ano 2005
Campeão Copa Atalanta – ano 2007

 

Fotos: Site do A.A. Arthur Alvim

 

Por: Carlos Zamith

O Campeonato Brasileiro em 1972 teve o Nacional como o representante do futebol amazonense. Em 1973, foi à vez do Rio Negro. Já o Fast Clube debutou em 1977, quando a competição se chamava Copa do Brasil (a mudança de nome aconteeu em 1975).

clip_image002O Fast Clube tomou parte da competição juntamente com o Nacional enfrentando 10 adversários: Nacional (AM), Uberaba (MG), Santos FC (SP), Paysandu (PA), América Mineiro, Atlético Mineiro, Botafogo da Paraíba, Cruzeiro (MG), Clube do Remo (PA), Bahia (BA), com alguns jogos de ida e volta. A estréia do Fast Clube foi o clássico amazonense diante do Nacional.

 

NACIONAL

2

X

0

FAST CLUBE

Local: Estádio Vivaldo Lima, em Manaus (AM)
Público e Renda: 2.358 pagantes / Cr$ 48.175
Data: 16 de outubro de 1977
Árbitro: José Gilberto Ferreira Lima (CE)
FAST CLUBE: Iane, Carlos Alberto, Jorginho, Néo e Carlinhos (Genival); Rolinha e Carioca; Raulino, Barrote, Careca e Reis. Técnico: Antonio Piola
NACIONAL: Amauri, Santana (Sabará), Djalma, Galvão e Antônio Carlos; Mário Geraldo e Stélio; Dudu, Aloísio, Netinho e Nilson. Técnico: Ilzo Néri
Gols: Netinho e Dudu, ambos no primeiro tempo

Curiosidade – Além dos jogadores da estréia contra o Nacional, o Fast Clube, no decorrer da Copa do Brasil, ainda utilizou os seguintes atletas: Ribamar (goleiro), Sé, Anselmo, Zé Eduardo, Dentinho, Mário Bacuri, Luis Carlos, Edgar e Limão.

CAMPANHA DA PRIMEIRA FASE

Foram 12 jogos, com 4 vitórias, um empate de 7 derrotas. Marcou 16 gols e sofreu 19. Classificou-se para a repescagem (o Nacional não conseguiu) disputando cinco jogos, com quatro derrotas e um empate Nesta fase, marcou 6 gols e sofreu 12.

As quatro vitórias nessa fase foram:

Fast Clube 2 x 0 Uberaba

Fast Clube 2 x 1 Paysandu

Fast Clube 2 x 1 Nacional (volta)

Fast Clube 2 x 0 América Mineiro

DATA

Jogos da Repescagem

ESTÁDIO

29/01/1978

Fast Clube

0

X

0

América de Natal

Vivaldo Lima

1º/02/1978

Fast Clube

1

X

2

Atlético Mineirol

Vivaldo Lima

16/02/1978

Cruzeiro

5

X

4

Fast Clube

Mineirão

19/02/1978

Bahia

2

X

0

Fast Clube

Fonte Nova

22/02/1978

Botafogo

3

X

1

Fast Clube

Maracanã

 

A Associação Atlética da Universidade Nilton Lins,  é um clube de futebol que pertence a Universidade Nilton Lins, na cidade de Manaus (AM). A equipe Alvirrubra foi criada em 2007 e, e cara, disputou o Campeonato Amazonense da Série B. A.A. da Universidade Nilton Lins manda seus jogos no Estádio Roberto Simonsen, SESI.

 

Para agregar a excelente matéria do amigo Auriel de Almeida… O escudo do Sport Club Boa Vista. A equipe Alviverde do Alto foi fundado em 1917 e a sua sede (ainda existe) fica no Alto da Boa Vista, Zona Norte do Rio (RJ).

 

 

Christianense Foot Ball Club é um clube da Cidade de Cristiano Otoni (MG). Em 21 de Abril de 1923 foi fundada  “Manoel Baeta Foot Ball Club”, que tinha seu campo onde hoje se localiza o Centro de Saúde. Dois anos depois, no dia 31 de março de 1925, por decisão da Assembléia Geral, mudou o nome para “Christianense Foot Ball Club”.

No princípio da década de 1940, o campo do Christianense Foot Ball Club era fechado, cercado com esteira de bambu (taquara). Nesta época, o clube estava no auge, e seus principais adversários eram o Meridional (time profissional), Guarany de Conselheiro Lafaiete, Esportivo de Congonhas e Mineiro Palmira de Santos Dumont. Até uma partida com o júnior do Clube Atlético Mineiro foi realizada.

Em 25 de novembro de 1952, o Christianense comprou um terreno onde foi feito um campo de futebol, chamado “Campo do Vermelho”, ou “Vermelhão”, devido à cor da terra. Entre os feitos do Christianense, destacam-se o empate em 1 x 1 com a Seleção de Conselheiro Lafaiete, na década de 1970, jogando naquela cidade. O gol do Christianense foi marcado por Tadeu.

Em 15 de setembro de 1989, o clube trocou o terreno do “Vermelhão” pela área onde hoje se localiza o seu estádio, que tem o nome de “Estádio Geraldo Magella”, em homenagem a um de seus mais assíduos torcedores, que foi também jogador. Em 1998, graças a um convênio com a Assembléia Legislativa, foi colocado alambrado, melhorando consideravelmente as instalações do campo de futebol, oferecendo mais segurança e proporcionando a disputa de jogos de campeonatos regionais e municipais.

Atualmente o Christianense disputa os campeonatos municipais: de Várzea, com o time de Veteranos e o 3º quadro. E o Amador, com o 1º e 2º quadros. Foi campeão das duas edições da “Copa Cristiano Otoni” (Amador), em 2003, com o time A; e em 2004 com o B.

 
O Cambuí Futebol Clube é uma agremiação da Cidade de Campinas (SP). Fundado no dia primeiro de junho de 1937,  o clube fica na Rua Anuar Bufarah, 405, no Bairro de Cambuí.
 

 O Reunidos Futebol Clube, time amador da Cidade de Suzano, no Interior Paulista. A equipe Alvianil foi fundado em 1976, e possui a sua sede na Avenida Paulista, 751, no Bairro do Jardim Monte Cristo. O Reunidos F.C. disputa à Primeira Divisão da Liga Municipal de Futebol de Suzano (LMFS).

 

Gostaria de saber se os amigos têm alguma informação relacionada ao time do Alexandria Futebol Clube. O que sei é ser uma equipe da capital paulista e que foi fundado em 2007. Outros dados que possam agregar… Serão sempre bem vindas!

 

 Jardim Verônia Esporte Clube foi fundado no dia 26 de Novembro de 1962. A equipe Rubra fica localizado no Distrito de Ermelino Matarazzo, na Zona Leste da Cidade de São Paulo (SP).

 

Esporte Clube Madureira é uma agremiação da Rua 7 de Setembro, 604, no Bairro Vila Nova, em Cubatão (SP).  Outras informações é só passar e serão agregadas como de praxe.

 

 

Ao encontrar o Iacanga Futebol Clube, localizada na cidade homônima… Resolvi tentar descobrir fundação e nada achei. Mas o nosso amigo André Martins, matou no peito e deu um belo passe para nos informar que o time é de 1940. Além disso, encontrei uma história bacana dos anos 50, que gostaria de compartilhar com os amigos.  

 

Por: Carlos Cardozo

 Ano de 1958. O Iacanga Futebol Clube tinha um time de futebol  muito bom, chegando a conquista do titulo regional de futebol. Na equipe, excelentes jogadores,  como:  Ziquito, Periquito, Nicão, Ditinho, Orlando Castro, Belmiro, Zeca Abdalla, Miziara, Milanez,entre outros. O técnico era o Gero José de Souza.

Naquela época, era comum toda equipe ter um mascotinho, aquele garotinho que entra em campo  com a equipe. E claro, o Iacanga Futebol Clube, tinha o seu. Era Pelé, filho do zagueiro Periquito.
Numa tarde de domingo, um jogo difícil com estádio lotado na cidade de Cafelândia,  o Iacanga F.C, ainda estava nos vestiários e os jogadores começaram a ouvir uma agitação com gritos, palmas, risos da torcida da Cafelandense. Um verdadeiro, Frisson!
Dirceu Cardia, não se conteve de curiosidade. Deixou os companheiros nos vestiários e foi até a saída do túnel para verificar qual motivo de tamanha agitação. Voltou correndo e gritou com o Periquito:
“Compadre, tira o Pelé de lá! Compadre, tira o Pelé de Lá!”
O motivo era simples. Estavam em campo os mascotinhos. O gandula jogava a bola para o mascotinho da Cafelandense. O garotinho “matava” a bola no peito. Descia na coxa. Fazia embaixadinhas. Parava a bola na nuca, fazia outras graças e a torcida gritava: ê,ê,ê,ê,ê,ê, olé, olé, olé…
Depois, o gandula jogava a bola para o mascotinho do Iacanga Futebol Clube: Pelé que tentava “matar” a bola, espirrava na canela, caia uns 5 metros de distância. Jogava para o alto, tentava cabecear a pelota,errva, enfim, fazia a alegria da torcida local que vaiava: Uuuuuuuuuuuuuu……e muitos risos.
 

Na Cidade de Três Corações, terra do grande Rei Pelé, vem o Canto do Rio Esporte Clube. O clube possui uma sede belíssima, porém o estádio é um contraste. O gramado precisa de reformas e uma obra de infraestrurtura.

Tirando esse ‘mero detalhe’ o time participa da Liga Esportiva Tricordiana (LET). Contando com a colaboração do nosso intrépido André Martins… O Canto do Rio E.C. foi fundado no dia 27 de novembro de 1952.

 

Mais uma raridade resgatada! Encontrar escudos perdidos é sempre um momento ímpar na vida de um pesquisador. Imagina quando o ‘achado’ está na lista ‘dos mais procurados’? Ao encontrar o escudo inédito (abaixo) do Irmãos Goulart Futebol Clube (Campeão do Departamento Autônomo de 1956) risco um da minha lista e ainda consegui encontrar um pouco de sua história, juntando o útil com o agradável.

 

A questão me intrigava era a data de fundação. Descobri que apesar de ter saído no Diário da União em 1932, o time já existia desde 1916. A história do time se entrelaça ao Olaria Atlético Clube e os amigos entenderão ao ler a matéria. Boa leitura!

 

HISTÓRIA

Em 1916, Custódio Nunes faleceu e Quincas Leandro convidou o Capitão Goulart para constituir o matadouro Irmãos Goulart S/A. Os funcionários da empresa montaram um time: o Irmãos Goulart FC.

Enquanto isso, o Olaria AC iniciava suas atividades no campo do Japonez Football Club, que também ficava na Rua Filomena Nunes. Depois, resolveram instalar sede e campo na Estrada de Maria Angu. Em 1917, o clube alugou um terreno baldio na Rua Leopoldina Rego, que transformou num campo.

Em 1920, mudou de nome para Olaria AC, por sugestão do presidente Silvio e Silva, que queria ampliar as atividades do clube para o tênis, a regata e o escotismo. Foi então que alterou o escudo, para incluir a bola do futebol, a raquete do tênis, o remo das regatas e uma âncora em homenagem à Marinha de Guerra, devido aos inúmeros marinheiros que participavam de suas atividades.

Nesse período, também pretendeu fazer uma fusão com o EC Brasil e o Civil EC (que tinha esse nome porque era formado por policiais civis). A fusão fracassou e o Olaria AC perdeu o time e o campo, que só conseguiu reaver na justiça.

Entre 1925-26 é que finalmente instalou sua sede no nº 251 da Rua Bariri (paralela à Filomena Nunes), onde Custódio Nunes antigamente guardava seus bois e, depois, o Irmãos Goulart FC tinha o seu campo. Após vender o local, o Irmãos Goulart FC desapareceu deixando uma lacuna no futebol da Zona Norte do Rio.

Atualmente, o antigo campo do Irmãos Goulart FC é a sede do Olaria Atlético Clube, com seu estádio Mourão Filho, um amplo ginásio coberto, um salão de festas, uma churrascaria concorrida, um parque aquático que é considerado o maior da zona da Leopoldina, a Sala de Troféus Leibnitz Miranda e uma excelente boutique de material esportivo.

 TÍTULO INÉDITO

O momento mais importante do Irmãos Goulart FC aconteceu em 1956. Nesse ano o time Alviverde Olariense se sagrou campeão do Campeonato do Departamento Autônomo (D.A.).

O Departamento Autônomo foi um departamento de futebol do Rio de Janeiro, que substituiu a Federação Atlética Suburbana, que continha clubes de menor expressão da cidade do Rio de Janeiro e que de alguma forma não tinham condições de disputar o Campeonato Carioca.

Os clubes eram amadores e disputavam competições à parte. Embora o nome sugira “autonomia”, o D.A. era ligado à Federação Metropolitana de Futebol, e logo após à Federação Carioca de Futebol e à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

  Diário Oficial da União (DOU) de 12/05/1955

 IRMÃOS GOULART F. C.

“EXTRATO DE ESTATUTO – Fundado em 1º de agosto de 1932, nesta Capital, onde tem sede e foro por tempo Indeterminado, com fundo social aipi - constituir-se de ilimitado número de -a-· associados, que não respondem pelas obrigações sociais, tem por fiel at. participar e promover festas ,.sporavas de caráter eugênico;

b) o encorrer às festas esportivas oromovida5 ou autorizadas pela Diretoria. Serão administrados por uma diretoria, composta de Presidente (que sere seu representante em Juízo ou fora dêle) -Vice-Presidente -Secretário Geral -1.” e 2e Secretalios – Tesoure’ro Geral -L° e 2.” Tesoureiro -Procurador -Comissão de Esportes (2 membros). O Clube só poderá ser dissolvido por motivo de insuperável dificuldade do seu Objetivo social.

No caso de dissolução do clube serão seus bens liquida-los prarata entre os sócios fundadores Para deliberação nos casos de que tratamos ara. 53 e 54, assim coma para a reforma dos presentes estatutos, será convocada especialmente, uma assembléia geral extraordinária, que resolverá pela maioria de seus membros e dentro dos dispositivos destes Estatutos. Os fundadores e a Diretoria constam em apenso ao estatuto. – Manuel Machado Estéves. (N.° 13.657 -2-5-55 -Cr$ 81,60)”

 

 

Associação Atlética Jacaraípe foi fundada no dia 16 de Junho de 2001. O time fica localizado no município de Serra, no Espírito Santo.

 

Associação Atlética Santa Bárbara é uma agremiação do Mnicípio de Aracruz, no Espírito Santo. O time foi fundado no dia primeiro de Janeiro de 1975.

© 2014 História do Futebol-Final Suffusion theme by Sayontan Sinha