Por: Dilson Braga

 O ‘Jornal Arauto do Sul’ de 17 e 18 de julho de 1928, publicou uma coluna de autoria de Ney Alvarenga, que comentou os jogos de futebol realizados no Stadium Varginhense. Chegamos à conclusão de que o Stadium Varginhense teve várias inaugurações e festas comemorativas. Em 1927 foi inaugurado o campo de futebol enquanto se concluía a parte das arquibancadas. Vamos publicar a matéria “na íntegra” com algumas modificações da atualização da língua portuguesa.

“Varginha pode se orgulhar de possuir a melhor e mais confortável praça de esportes do Sul de Minas, quiçá do Brasil, pois a não ser os “stadiums” do Vasco da Gama, do Fluminense e do América, este último já em construção, outro qualquer não o superará, creio eu. Melhoramentos como esse, de tanta grandiosidade para uma cidade do interior, merecem o apoio do povo desta terra, que de tempos para cá vem tomando um impulso digno de admiração geral. E os resultados de um empreendimento de tão grande vulto assim naturalmente serão coroados de êxito. O “Stadium”, ora em vias de acabamento, apresenta um aspecto agradável à vista de todos, não só pela sua amplitude e comodidade, como também pelo deslumbrante panorama que lhe fica em derredor. Aqueles que o idealizaram estão de parabéns, porque ele representa mais um notável progresso para Varginha, que de há muito reclamava uma praça onde pudessem passar momentos de distração todos os que dedicam aos esportes.

Seguindo o exemplo dos grandes centros, o “stadium” desta cidade foi traçado de forma tal que quase todos os ramos de esportes estão sendo ali introduzidos. Incalculáveis os benefícios a tirar com esse melhoramento, haja vista o bom nome que cada vez mais vai adquirindo Varginha.

As lutas desportivas que temos presenciado ultimamente, atestam o interesse dos varginhenses pelo seu desenvolvimento físico, levando avante com carinho e força de vontade o cultivo de todos os esportes. Fortes clubes do Rio, pertencentes à 1ª Divisão da AMEA – Associação Metropolitana de Esportes Atléticos, sempre jogam nesta cidade.”

 

“Pelo comboio das treze e vinte, de Sábado atrasado, conforme fora anunciado, chegou a esta cidade a embaixada do “Andarahy E. Clube”, chefiada pelo seu ilustre presidente, comparecendo à gare da Rede grande massa popular, afim de receber os guapos rapazes. Ao pisarem em terra, foram os nossos hóspedes saudados pelo orador Sr. Luiz José Alvares Rubião, que desobrigou-se satisfatoriamente da missão de que fora investido. Acompanhados pela corporação musical “Santa Cecília”, seguiram rumo ao Hotel Megda, onde lhes estavam reservados aposentos.

Às 15 horas, no amplo e belo “stadium”, acompanhados do Juiz escolhido – Sr. Americano, da delegação visitante e sob delirantes aclamações da assistência, entraram em campo as duas “equipes”, as quais, feitas as saudações do estilo e alinhadas, entraram em luta, notando-se desde logo maior firmeza e entendimento por parte dos jogadores Andarayenses, que produziam excelente combinação de passes, deslocando a defesa local, que precisou de grandes esforços para conter suas avançadas. Apesar de todos os recursos empregados, os “players” visitantes não conseguiram romper o circulo de ferro local.

A defesa do quadro “Avea”, ante os impetuosos ataques do Andarahy, foi-se mostrando impotente para sustar as investidas dos cariocas, e o domínio destes sobre os locais acentuava-se cada vez mais, estando a defesa fraca, mostrando-se os “halfs de ala” e os “backs” indecisos, motivo porque se aproveitaram os visitantes para exercerem maior pressão contra as barras confiadas à perícia de João, que praticava ótimas defesas. Não houve domínio do “team” da Avea. O gol que conquistou e que lhe garantiu a vitória sobre o forte conjunto Andarahyense, foi obra de ingentes esforços do ótimo meia esquerda Feitor, um jogador calmo, preciso nos arremates e impetuoso. Ele e seu companheiro formaram uma ala perigosíssima e combinavam com desenvoltura, empolgando a assistência. Russo, João e Branco, os melhores da defesa, sendo que o último esteve fraco no primeiro tempo, mas melhorou muito depois.

 

O quadro visitante apresentou um excelente jogo, causando ótima impressão, tendo sua linha dianteira combinada com maestria, salientando-se o jogo limpo de Telê, o terrível marcador de “goals”, pois no atual campeonato carioca marcou 16 tentos, batendo o recorde. Quanto à sua defesa é justo destacar o center-half e o keeper que estiveram felizes. Final: Avea 2 x 1 Andarahy. O juiz da partida se comportou com imparcialidade e honestidade, não comprometendo a sua atuação nesta partida amistosa.”

 O Andarahy Athletico Club (fundado em 09-11-1909), tinha o seu campo na Rua Prefeito Serzedello Correa, atual Rua Barão de São Francisco no bairro de Vila Isabel, na Zona Norte da cidade. Na década de 60, seu campo foi comprado pelo América Football Club para a construção de um estádio, rebatizando-o de Volney Braune, e depois fechou as portas.

Fotos: Dilson Braga

 

O Senta a Pua Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Castelo, no Espírito Santo. Quem tiver outras informações sobre esse simpático e engraçado distintivo… Por gentileza me informe. O futebol capixaba agradece. Rs

 

 Mais uma América para pôr na conta. Esse é o América futebol Clube de Palmas, no Estado do Tocantins. A equipe Rubra fica na Aureny III – Palmas (TO). O clube foi fundado no dia 12 de janeiro de 1993. Atualmente o time disputa competições amadoras, mas há uma mobilização para profissionalizar o time já para a próxima temporada.

 

O Esporte Clube Operário é uma agremiação do município de Tapera (RS). A equipe Alviverde foi fundada no dia 16 de maio de 1989.

 

 O Esporte Clube Motorista é uma agremiação do município de Dom Pedrito (RS). O clube, que foi fundado no dia 25 de julho de 1949, fica na Rua Duque de Caxias, 497, no Centro.

 

A Sociedade Esportiva e Cultural Estrela do Sul e uma agremiação do município de Dom Pedrito (RS). O clube foi fundado no dia 26 de outubro de 1974.

 

O Grêmio Esportivo Operário é uma agremiação do município de Rio Pardo (RS). O clube, que foi fundado no dia 04 de março de 1945, fica localizado na Rua Marechal Floriano, s/n, no Centro. O G.E. operário manda os seus jogos no Estádio Municipal Amaral Cassep.

 

 O Esporte Clube Santa é uma agremiação do Distrito de Travessão, na cidade de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense (RJ). Outra equipe que disputará o Campeonato Campista de Futebol, organizada pela Liga Campista de Desportos (LCD).

 

 

 A Sociedade Esportiva Recreativa 13 de Abril é uma agremiação do Bairro de Záchia, na cidade gaúcha de Passo Fundo. O clube aúreo-negro completará na próxima sexta-feira 27 de existência (não por acaso, foi fundado no dia 13 de Abril de 1985).

 

 

O Nacional Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense (RJ). O clube, que fica no Bairro de Ururaí, foi fundado no dia 25 de fevereiro de 1985. A equipe é outra que segue a sua preparação visando a estréia no próximo domingo (15/04/12), na rodada inaugural do Campeonato Municipal de Campos de Futebol, organizado pela Liga Campista de Desportos (LCD).

 

 

 

 

 

 

Por: Carlos Zamith 

Pela primeira vez na historia do futebol amazonense, o Penarol, da cidade de Itacoatiara – AM, enfrentará o Clube Atlético a Mineiro, valendo pela Copa do Brasil.

O time amazonense perdeu em Manaus para o Santa Cruz, por 2×1, mas no jogo de volta, em Recife, classificou-se ao derrotar o time pernambucano por 3×2.

O Atlético Mineiro foi o primeiro time de outro Estado a ser exibir no Estádio Vivaldo Lima recém inaugurado. O time mineiro veio cumprir dois amistosos. Derrotou o Nacional e em seguida empatou com o Fast Clube. Detalhes dos dois jogos abaixo;

14/03/1971 – ATLÉTICO MINEIRO 4 X 0 NACIONAL

Árbitro: Alexandre José Lourenço, local.
Gols: Ronaldo, no 1º tempo. Pedrilho 2 e Romeu, no tempo final.

NACIONAL – Procópio, Maravilha, Aveiros, Valdomiro (Tarciso) e Eraldo; Mário Motorzinho e Rolinha; Julião, Hércules, Márcio Mineirinho (Pretinho) e Zé Eduardo.

ATLÉTICO MINEIRO – Renato, Humberto, Normandes, Wantuir e Cincunegui; Oldair, Ramos (Humberto) e Danival; Ismael, Pedrilho, Laci e Ronaldo (Romeu).
Foto de Epitácio Vale

 

17/03/1971 – FAST 0 x 0 ATLETICO MINEIRO

Árbitro: Manuel Luís Bastos. Auxiliares: Odílio Mendonça e Mário Santos todos da FAF.

FAST - Marialvo, Antônio Piola, Casemiro, Zequinha Piola e Pompeu; Zezinho e Valdocir; Mano (Rangel), Edson Piola, Afonso e Zequinha Paraense.

ATLETICO – Renato, Humberto, Normandes, Wantuir e Cincunegui;
Danival e Oldair; Ismael, Pedrilho, Laci e Ronaldo (Wanderley).

Observação: nos dois jogos a renda bruta chegou a Cr$ 79.509,00, para 20 128 pagantes.

Jogos do Atlético pela Copa do Brasil

22-11-1972 – Nacional  2 x 4 Atlético         V.  Lima
15-09-1973 – Rio Negro 1 x 2 Atlético         V.  Lima
04-05-1974 – Nacional  0 x 2 Atlético         V.  Lima
14-09-1975 – Nacional  0 x 2 Atlético         V.  Lima
30-10-1977 – Nacional  2 x 4 Atlético         V.  Lima
30-09-1979 – Nacional  0 x 0 Atlético         V.  Lima
17-09-1986 – Nacional  0 x 0 Atlético         Mineirão
30-11-1986 – Nacional  2 x 1 Atlético         V.  Lima
11-07-1990 – Rio Negro 0 x 1 Atlético         V.  Lima

Jogos…………………………………………9
Vitória do Atlético……
6
Empates……………………………………2
Derrota……………………………………1

Foto: Carlos Zamith 

 

Associação Atlética Ipiranga é uma agremiação do município de Passo Fundo (RS).

 

 

A Sociedade Esportiva e Recreativa América é uma agremiação da cidade gaúcha de Passo Fundo. O clube Alviverde  fica localizado na Rua Hélio Gonçalves Dias, 25 – Bairro de José Alexandre Záchia.

 

 O Esporte Clube São Luís é uma agremiação do município de Canguçu (RS). Atualmente a equipe disputa a Liga Canguçuense de Futebol (LCF).

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outro grande amigo: André Luiz Pereira Nunes me mandou uma foto da frente do Estádio do Motorista Futebol Clube, de Rio Bonito. A novidade está em dois aspectos: a confirmação da data de fundação e o nome do estádio.

O Motorista FC foi fundado no domingo, do dia 21 de março de 1943. O seu estádio é o Carlos Gonçalves com capacidade aproximada para 1.500 torcedores, localizado na Rua Major Bezerra Cavalcanti, 460 – Centro – Rio Bonito (RJ).  

Atualmente, apesar de não disputar nenhuma competição profissional, o seu estádio está sendo usado pelo Tanguá, que manda os seus jogos no Campeonato Carioca da Série C.

 

Fla-Flu sem dó

Apesar de nunca ter enfrentado nenhum grande em competições oficiais, o Motorista já enfrentou a dupla Fla-Flu em amistosos. Num domingo do dia 21 de maio de 1950, recebeu o Flamengo no seu estádio, mas o resultado foi desastroso. O Rubro-negro goleou por 8 a 1, com gols de Eliézer, Hamilton e Lero, todos com dois gols; e Arlindo e Hélio completaram o placar.

Cinco anos depois foi à vez de enfrentar o Tricolor das Laranjeiras. Porém o resultado foi o mesmo: 8 a 1 (domingo, no dia 13 de novembro de 1955), no Estádio Dr. Adhemar de Barros. Segundo o meu amigo André Luiz Pereira Nunes, a diretoria do Motorista já estão se mobilizando com as empresas e a prefeitura local para que a equipe venha a disputar Terceirona do Rio, no ano que vem.

 

 

Graças a colaboração do meu amigo Leonardo Silva e Souza, tenho mais um escudo raro. Após duas décadas longe dos gramados, o Aventureiro Futebol Clube está de volta à ativa. O time Alviverde, que foi Fundado na quarta-feira, do dia 1º de Janeiro de 1964, fica no Bairro Guarus, na cidade de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense do Rio. O Aventurado FC já se filiou a Liga Campista de Desportos (LCD) e se prepara para a disputa do Campeonato Campista, que começa no próximo domingo (15/04/2012).

 

 

Meus amigos… Acabei de ler uma notícia, que não foi nenhuma surpresa para mim, de que o folclórico atacante Túlio Maravilha foi demitido do “poderoso” C.S.E de Alagoas. Sem querer me estender, gostaria de comentar apenas o seguinte: será que um jogador campeão Brasileiro em 1995, precisava passar pelo constrangimento de ser dispensado por equipes de pouca expressão, não no futebol brasileiro, mas sim no próprio estado. Um final de carreira melancólico para um objetivo sem provas (afinal, nem o próprio Túlio apresentou essa lista enumerando esses supostos 985 gols): querer chegar ao milésimo gol!   

 

Link da matéria postada no Site UOL:  http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/04/09/tulio-maravilha-deixa-cse-al-e-fica-desempregado-na-busca-pelo-milesimo-gol.htm

 

Foto: Arquivo pessoal

 

 

O ECCO (Esporte Clube  Colina) foi fundado no dia 30 de novembro de 1976. O Clube fica localizado na Avenida Darci Aparecido Gavioli, s/n – Centro – Colíder (MT). A mascote é o Lobo Guará e o time manda os seus jogos no Estádio Municipal de Colíder.

Um dos idealizadores para a fundação do ECCO foi o Professor Oscar, que fez uma revelação. Na verdade, o ECCO era pra ser a sigla de Esporte Clube Colíder, mas na época a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), não permitia o registro e filiação de clubes com os nomes das cidades, então se optou por Esporte Clube  Colina.

Um fato intrigante é que consta que o ECCO disputou o Campeonato Mato-grossense em 1987 a 1990. Contudo, não encontrei tais participações. Caso alguém tenha alguma informação para esclarecer… O Site agradece pela ajuda.

 

Principais conquistas

1982  - Campeão – Quadrangular integrado (Alta Floresta – Colíder – Terra Nova do Norte e Peixoto de Azevedo).

 1983  - Campeão – Torneio Início integrado (Colíder – Terra Nova do Norte – Nova Canaã do Norte -  Castanhal – Alta Floresta – Itaúba e Peixoto de Azevedo).

 1988  - Bicampeão – Torneio Início integrado (Colíder – Terra Nova do Norte – Nova Canaã do Norte -  Itaúba – Alta Floresta – Santa Helena e Peixoto de Azevedo).

 1988  - Campeão – Campeonato Municipal integrado (Colíder – Terra Nova do Norte – Nova Canaã do Norte -  Itaúba – Alta Floresta – Santa Helena e Peixoto de Azevedo).

 1989  - Bicampeão – Campeonato Municipal (ECCO – Santos Reis F.C. – E.C.União Paraná – E.C. Areia – Venus F.C.Café-Norte – G.E. Magopar – E.C. São Vicente – Satélite – A.A. Gráfica Real – E.C. Branca de Neve E.C. – Comercial – Juventus CASEMAT - E.C. Rio do Peixe e Juvenil E.C.).

 1987-1988-1989-1990  - (Representante do município  no Campeonato Estadual de Mato Grosso – Primeira Divisão).

 1990  - Tricampeão – Campeonato Municipal (ECCO – Santos Reis F.C. – E.C.União Paraná – E.C. Areia – Venus F.C.Café-Norte – E.C. Branca de Neve – E.C. Comercial – Juventus CASEMAT - E.C. Rio do Peixe e Juvenil E.C.).

 1992  - Tetracampeão – Campeonato Municipal (ECCO – Santos Reis F.C. – E.C.União Paraná – E.C. Altônia – Nortão F.C.(Varejão SP) – E.C. Colider – Pinheirinho E.C. GRECOL  – E.C. Rio do Peixe – Zé Reis F.C. e Comunidade Bigode).

 

 Foto: Joel de Aquino

 

O Bangu pura emoção: três em um! A última rodada da Taça Rio será decisiva para diversas definições: quem avança para as semifinais? Quem será rebaixado? Quem conquistará a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D-2012? E um time estará envolvido em todas: Bangu Atlético Clube.

Torcida banguense e a lembrança do ex-jogador Marinho em sua bandeira

Essa situação insólita ainda está ligada à pífia campanha da Taça Guanabara (primeiro turno do Rio), quando os Mulatinhos Rosados perderam todos os seus sete jogos. Agora o Bangu terá uma semana para tentar trabalhar fisicamente, tecnicamente, taticamente e, principalmente, emocionalmente para não decepcionar a sua fiel torcida.

Porém, o adversário será complicado: no próximo domingo (15/04/12), às 16 horas, contra o Resende, fora de casa, no Estádio do Trabalhador. E por que complicado? Afinal o Alvinegro do Sul Fluminense é o quarto colocado na classificação geral com 25 pontos.   Entenda agora como está à situação nas três disputas.

Semifinais da Taça Rio

Pelo Grupo A, o Flamengo com 18 pontos e Botafogo com 17, já estão classificados para a fase semifinal, com uma rodada de antecipação. As outras duas vagas estão no Grupo B com cinco candidatos: o líder Bangu (12 pontos), o Vasco (11), Fluminense (10), Volta Redonda e Duque de Caxias (ambos com oito).

 

Rebaixamento

Na parte de baixo, outros cinco times que lutarão desesperadamente para escapar da queda para o Campeonato Carioca da Série B: Americano de Campos (nove pontos), Bonsucesso (12 pontos e duas vitórias), Bangu (12 pontos e três vitórias, saldo de menos nove e 14 gols pró), Madureira (12 pontos e três vitórias, saldo de menos nove e 15 gols pró), e Olaria (14 pontos).

Dependendo dos resultados da última rodada, poderá ter o ‘Triangular ou até Quadrangular da Morte’.

Caso Bonsucesso, Madureira, Bangu e Olaria vençam, os três primeiros disputarão um triangular com jogos de ida e volta para definir o último rebaixado, pois nesse caso o Americano de Campos já estará na Segundona.  

Agora se o Bonsuça, Madura, Banguzão vencerem e o Olaria empatar todos ficarão com 15 pontos e aí teremos o quadrangular também com jogos de ida e volta para definir o último rebaixado, pois também nessa situação o Americano já estará rebaixado.   

Campeonato Brasileiro da Série D

Quem está cotato para ficar com a única vaga é o Resende (4º colocado com 25 pontos). Na classificação geral ninguém mais o alcança, mas há uma possibilidade do Resende ficar de fora. O Bangu (12 pontos), Volta Redonda e Duque de Caxias (ambos com oito) ainda tem chances de entrar nas semifinais.

Caso uma dessas três equipes se classifique e conquiste o título da Taça Rio, garantirá à vaga do Brasileirão da Série D. A explicação está no regulamento da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que diz que as equipes campeãs da Taça Guanabara e Taça Rio decidirão quem será o campeão e o vice do Campeonato Carioca-2012, independente da classificação geral.

Vale lembrar que o Rio de Janeiro tem direito a duas vagas. A Ferj fatiou da seguinte maneira: uma vaga no Campeonato Carioca e a última  na Copa Rio, que reunem equipes das Séries A, B e C.  

Jogos da 8ª rodada

Data

Horário

Dia

     

Estádio

15/04

16h

Dom

Flamengo

x

Americano

Engenhão

15/04

16h

Dom

Nova Iguaçu

x

Vasco da Gama

Moça Bonita

15/04

16h

Dom

Macaé

x

Volta Redonda

Claudio Moacyr

15/04

16h

Dom

Resende

x

Bangu AC

Trabalhador

15/04

16h

Dom

Fluminense

x

Olaria

Raulino de Oliveira

15/04

16h

Dom

Friburguense

x

Bonsucesso

Eduardo Guinle

15/04

16h

Dom

Duque de Caxias

x

Madureira

Marrentão

15/04

16h

Dom

Boavista

x

Botafogo

São Januário

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL DO CARIOCA-2012 (08/04/12)

Nº.

CLUBES

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

Flamengo

33

14

10

03

01

24

08

16

Vasco da Gama

32

14

10

02

02

30

12

18

Botafogo

32

14

09

05

00

34

11

23

Resende

25

14

07

04

03

20

18

02

Fluminense

23

14

07

02

05

25

16

09

Macaé Esporte

20

14

06

02

06

19

21

-2

Volta Redonda

19

14

05

04

05

19

22

-3

Nova Iguaçu

17

14

04

05

05

13

17

-4

Friburguense

16

14

04

04

06

16

21

-5

10º

Duque de Caxias

16

14

04

04

06

15

20

-5

11º

Boavista

15

14

04

03

07

23

28

-5

12º

Olaria

14

14

03

05

06

17

21

-4

13º

Madureira

12

14

03

03

08

15

24

-9

14º

Bangu

12

14

03

03

08

14

23

-9

15º

Bonsucesso

12

14

02

06

06

17

26

-9

16º

Americano

09

14

02

03

09

18

28

-10

 

Fotos: Tiago Ferreira

 

Por: Dílson Braga

 Nos anos 70, não existia o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. O que existia era a formação dos times do interior, que disputavam o Torneio de Acesso. A competição era dividido em três chaves e a Associação Atlética Flamengo de Varginha ficou na CHAVE C Sul, que reunia os melhores times do Sul de Minas.

Após quatro rodadas o Flamengo de Varginha ficou, mais uma vez, com o título de melhor time do Sul de Minas Gerais e garantiu o seu lugar na disputa do Campeonato Mineiro da 1ª Divisão de 1971. Ainda persistia a proibição, pela Federação Mineira de Futebol (FMF), de o Flamengo poder realizar os jogos contra Atlético Mineiro, Cruzeiro e América Mineiro na cidade de Varginha.

O Estádio Rubro-negro não era bem visto pelo órgão maior do futebol profissional de nosso Estado. Com isso, como aconteceu no certame de 1970, o Flamengo foi obrigado a realizar seus jogos de turno e returno no Mineirão, favorecendo os três grandes de Minas Gerais. No final, o Flamengo de Varginha terminou na 8ª colocação com 16 pontos, na frente apenas do Casemiro de Abreu com nove. O América Mineiro se sagrou campeão invicto com 38 anos.

EM PÉ: Arnaldo; Roberto, Mauro, Totó, Duza e Beto. AGACHADOS: Julião, Serginho, Paulão, Marcílio e Parodi.

Fase de Classificação Campeonato Mineiro 1971 – Veja as fichas técnicas completas de todos os jogos do Flamengo, na Chave C, que garantiu o acesso para a elite do futebol Mineiro:

 

CALDENSE             0          X         0          ATLÉTICO DE TRÊS CORAÇÕES

Local: Poços de Caldas

Árbitro: Juan de La Pasión

Renda: Cr$ 4 050,00

CALDENSE: Nogueira, Massinha, Didi, Camilo e Zanetti; Jota Lopes (Dodo) e Serginho; Betão, Natinho, Batata e Ganzepe.

ATLÉTICO-TC: Ronaldo, Roberto, Peconique, Dodô e Lúcio; Adilson e Iomar; Ari, Caca, Totó e Edson (Tabajara).

 

ATLÉTICO DE TRÊS CORAÇÕES       1          X         1          FLAMENGO DE VARGINHA

Local: Três Corações

Árbitro: Doraci Jerônimo

Renda: Cr$ 6.000,00

 ATLÉTICO-TC:Tião, Lamparina, Tabajara, Dodo e Pedro Lúcio; Lio e Iomar; Timbira, Ari, Iaúca e Adilson.

FLAMENGO: Roberto, Arnaldo, Lúcio, Buzuca e Grego; Toninho e Carlos Alberto; Julião, Paulão (Serginho), Zé Mauro e Parodi.

Gols: Ari aos 45 minutos do 1º tempo; Julião aos 29 minutos do 2º tempo

 

CALDENSE             2          X         2          FLAMENGO DE VARGINHA

Local: Poços de Caldas

Árbitro: Joaquim Gonçalves

Renda: Não divulgada

CALDENSE: Vermelho, Ademir, Jorge (Natinho), Canhoto e Zeneti; Jota Lopes e Serginho; Betão, Batata, Oscar Nuno e Ganzepe.

FLAMENGO: Eduardo, Arnaldo, Duza, Buzuca e Greco; Toninho e Carlos Roberto; Julião, Serginho, Zé Mauro (Paulão) e Parodi (Telmo).

Gols: Serginho aos 2 e 9 minutos do 1º tempo; Natinho a 1 minuto e Nuno aos 3 minutos do 2º tempo

 

ATLÉTICO DE TRÊS CORAÇÕES       0          X         0          CALDENSE

Local: Três Corações

Árbitro: António Gomes

Renda: Cr$ 3 500,00

ATLÉTICO-TC: Voador, Lamparina, Tabajara, Dodô e Pedro Lúcio; Lio e lomar (Ribeiro); Mauro, Ari, laúca e Flavinho.

CALDENSE: Vermelho, Ademir, Jorge, Canhoto e Zeneti; Jota Lopes e Nuno; Natinho, Batata, Oscar Nuno e Ganzepe.

 

FLAMENGO DE VARGINHA       1          X         0          ATLÉTICO DE TRÊS CORAÇÕES

Local: Varginha

Árbitro: Antônio Gomes

Renda: Não divulgada

FLAMENGO: Eduardo, Arnaldo, Duza, Lúcio e Grego; Toninho e Carlos Roberto; Julião, Sérgio, Totó (Marcílio) e Parodi.

ATLÉTICO-TC: Gilberto, Lamparina, Itabajara, Dodo e Hélio; Lio e lomar; Mauro (Timbira), Ari, laúca e Flavinho.

Gol: Sérgio aos 15 minutos do 2º tempo

 

FLAMENGO DE VARGINHA       4          X         1          CALDENSE

Local: Varginha

Árbitro: António Gomes

Renda: Cr$ 9.200,00

Cartões vermelhos: Vagner e Serginho por agressão ao árbitro

FLAMENGO: Eduardo, Arnaldo, Duza, Lúcio e Greco, Toninho e Carlos Roberto, Julião, Paulão, Parodi e Totó.

CALDENSE: Vermelho, Ademir, Jorge, Canhoto e Zeneti, Jota Lopes e Nuno, Natinho, Batata, Oscar e Ganzepe.

Gols: Parodi aos 38 minutos; Grego aos 2 minutos; Batata aos 26 minutos; Totó aos 34 minutos do 1º tempo; Paulão aos 36 minutos do 2º tempo

 

Classificação Final da Chave C:

Nº.

CLUBES

P.G

J

V

E

D

GP

GC

SG

Ap.%

Flamengo

6

4

2

2

0

8

4

3

75

Atlético (TC)

3

4

0

3

1

1

2

-1

37,5

Caldense

3

4

0

3

1

3

6

-3

37,5

 

NA DECISÃO DA 12º VAGA - O Atlético de Três Corações venceu o Nacional por 2 a 1. A partida foi arbitrada por Joaquim Gonçalves. O atacante Ari abriu o placar para o Atlético logo aos 4 minutos. Onze minutos depois o Iaúca ampliou para os atleticanos ainda na primeira etapa. O atacante William descontou para o Nacional aos 32 minutos da etapa final.

 

Foto: Dilson Dutra

 

 

Outro belo escudo da Cidade de Bragança Paulista é a Associação Atlhetica América, do Bairro do Matadouro. O Alvianil foi fundado no dia 10 de outubro de 1928, disputou as competições da região, conquistando o título do Campeonato Bragantino de Futebol, em 1938. Contudo, após 22 anos o clube encerrou as suas atividades em 1950.

 

 

 O Esperança Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Bragança Paulista (SP). O clube foi fundado no dia 17 de julho de 1938 por alguns elementos do extinto Gymne Clube e por outros esportistas da cidade.

 

 Campeonato Bragantino de Futebol 1938 – Taça Hugo Ferreira Ramos

Logo no primeiro ano de vida, o Esperança F.C. abocanhou seu primeiro caneco. Após inúmeras incertezas e depois de longos anos, o futebol de Bragança Paulista voltou a promover novamente seu Campeonato Municipal de Futebol. Promovido pelo CA Bragantino, na esperança do ressurgimento do futebol local, foi disputado no dia 24 de julho de 1938 o Torneio Início com as equipes seguintes equipes:

Associação Atlética América

Vila Paulista Futebol Clube

Esperança F.C.

Independência Esporte Clube

Extra do C.A.B. (Clube Atlético Bragantino)

Corinthians São Jorge Futebol Clube

1º jogo:

A.A. América

2

X

0

Vila Paulista F.C.

2º jogo:

Extra C.A.B.

1

X

2

Independência E.C.

3º jogo:

Esperança F.C.

2

X

0

Corinthians São Jorge F.C.

4º jogo:

A.A. América

0

X

1

Independência E.C.

5º jogo:

Independência E.C.

1

X

1

Esperança F.C.
 
Após o empate (1 a 1 com o Independência E.C.), o Esperança Futebol Clube faturou o título ao vencer por 1 a 0, nos ‘Escanteios’. Quem tiver mais informações… O site agradece!
 

 

A Sociedade Desportiva Borborema foi um clube brasileiro da na cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba. A equipe foi fundada em 11 de outubro de 1975 por dissidentes do Campinense, e em menos de um ano conseguiu o vice-campeonato estadual, em 1976, sendo derrotado pelo Botafogo, na grande final, no dia 11 de julho pelo placar mínimo (1 a 0).

 Desistência Menos de dois anos após ser fundada, a Desportiva Borborema, insatisfeita com os dirigentes da Federação Paraibana de Futebol, resolveu pedir afastamento do Campeonato Paraibano de 1977. Em nota, a diretoria do Gavião queixava-se de um suposto beneficiamento da Federação Paraibana de Futebol (FPF) ao Botafogo, sendo o engavetamento e rasuras de contratos seriam algumas das acusações.

 Entretanto, Genival Leal de Meneses, presidente da FPF à época, disse que as acusações não tinham fundamento e que a Desportiva desistiu de jogar o Campeonato por falta de verba para manter o elenco. A equipe continuou atuando de forma amadora até 1998, quando o Gavião deu o último voo rasante para nunca mais voltar.

 

 

O Felipense Futebol Clube é uma agremiação do município de Atílio Vivácqua, no Espírito Santos. O clube fundado no dia 14 de Julho de 1928, fica na Rua Joaquim Morais, s/n, no Bairro de Sede.

 

   

Esporte Clube Iguaçu, que no dia 17 de novembro deste ano completará 100 anos,, é uma agremiação da cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (RJ).  Atualmente, o time é verde e branco, mas mesmo assim ainda carrega a alcunha de ‘Alvinegro Iguaçuno’, quando ainda possuia as cores preta e branca.  Então para completar a matéria anterior posto o primeiro escudo do querido time de Nova Iguaçu.

 

O Anchieta Futebol Clube é uma agremiação do município de  Anchieta (ES). A equipe alvirrubra manda osseus jogos no Estádio Municipal Joaquim Viana Ramalheti, com capacidade para 5 mil pessoas. 

 

Foto: Site do clube

 

O Alvorada Futebol Clube é uma agremiação da capital mineira. O Clube, que foi  fundado no dia 3 de Agosto de 1937, fica localizado na Rua Vicente S. de Andrade, 146 – Bairro de Nova Gameleira, em Belo Horizonte (MG). O time manda os seus jogos no Estádio Alvorada Futebol Clube (foto abaixo).

Foto: Divulgação

 

 

Escudo dos anos 10-30

O América Football Club no começo do século XX se constituiu como um clube com o desejo de se tornar grande. Aliás, um belo exemplo para atual diretoria americana. Os seus estádios mostram como o clube sempre mirou à evolução num todo. 

O primeiro ‘estádio’ foi num terreno baldio, pertencente à Estrada de Ferro Rio D’Ouro, na Rua Pedro Alves. Dois anos depois, o clube se mudou para a Rua São Francisco Xavier, 78. Apesar de ser melhor do que o anterior, o lugar tinha um problema: o campo não tinha as medidas oficiais para que o time pudesse jogar lá. Durante sete anos, o América mandou os seus jogos, na Rua Ferrer (campo do Bangu) até 1908 e na Rua Guanabara (atual Estádio das Laranjeiras, pertencente ao Fluminense F.C.) até 1910. 

Esse foi a base do time nos anos 1910-12

A sua ‘primeira casa própria’, Campos Sales (foto abaixo) veio em 1911, quando os dirigentes rubros convenceriam os do Haddock Lobo a fazer uma fusão, mantendo as cores vermelha e branca, sem acrescentar o alvi-marrom, e também o nome de América F.C. A fusão entre os dois clubes, na prática, acabou sendo apenas uma aquisição dos terrenos e integração dos atletas do Haddock Lobo (entre eles o goleiro Marcos Carneiro de Mendonça), já que a identidade do América permaneceu inalterada.

Estádio Campos Sales, num ângulo privilegiado

O time também se reforçou com os jogadores do Riachuelo Football Club, em 1911, que fechou as suas portas. Além dos atletas, ex-sócios dessa agremiação se integraram ao clube rubro. Assim, o América fortalecia suas bases para em breve figurar entre os maiores clubes do Rio de Janeiro.

Estádio Campos Sales sendo demolido para a construção da sede social

Parecia que o Estádio da Campos Sales era abençoado, pois até o América mudar-se para o Estádio Wolney Braune (foto abaixo), no Andaraí, em 1962, o clube tinha conquistado sete títulos. Com o dinheiro da venda do cabeça-de-área Amaro para a Juventus de Turim, o América comprou o campo do Andarahy FC por  CR$ 60 milhões e Campos Sales foi demolido para se transformar na sede social.

Estádio Wolney Brauner, em 1982

A sua atual morada, o Estádio Giulitte Coutinho aconteceu há 12 anos. Depois de três décadas, o Estádio Wolney Braune foi vendido em 1993 para uma empresa que, no local, construiu o Shopping Iguatemi .

Estádio Giulitte Coutinho no processo final das obras, em 2000

Além da compensação financeira, o América ganhou o Estádio Giulitte Coutinho, no Distrito de Edson Passos, no município de Mesquita, Baixada Fluminense do Rio. O estádio foi inaugurado, no dia 23 de janeiro de 2000, com vitória do America por 3 a 1 sobre a Seleção Carioca. O atacante Sorato, do America, fez o primeiro gol no novo estádio.

 

Fotos: Arquivo JS

 

 

O União Bandeirante Futebol Clube é uma agremiação do município de Messejana, no Ceará. O time Alviverde disputa as competições amadoras da Liga Esportiva Messejanense (LEM). Mais informações é só passar!

 

Escudo Novo

Para comemorar a nova era do Ji-Paraná Futebol Clube, a diretoria do ‘Galo da BR’ lança o novo símbolo do time mais tradicional de Rondônia. Fundado em 22 de abril de 1991, o Ji-Paraná é o maior campeão profissional do estado de Rondônia, sendo consagrado como octacampeão estadual. Entretanto, por trás de tantas glórias sempre estiveram péssimos exemplos. Falta de pagamentos de jogadores, calotes em hotéis em cidades que o clube passava, falta de prestação de contas, inadimplência no comércio, entre outros fatos negativos…

Escudo anterior

Tudo isso contribuiu para que o prestígio do clube ficasse muito baixo, não apenas com os empresários e patrocinadores, mas também com a sua torcida, que se viu cada vez em menor número ano a ano, fato que se agravou após o rebaixamento da equipe no Campeonato Rondoniense, em 2007.

Entretanto, quando todos achavam que o clube estava fadado a extinção, surge um grupo de empresários e outras pessoas que queriam fazer o impossível acontecerem. E dessa forma, com a união de todos, o Ji-Paraná conseguiu sair de um buraco que se dizia ser sem fundo. Alexandre Dartiballi, um jovem e bem sucedido empresário ji-paranaense, presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (ACIJIP); Selmo Castro, o famoso Pará, um dos maiores ídolos do clube, ex-goleiro e agora presidente do Ji-Paraná Futebol Clube; e Luciano de Almeida, um grande treinador e um revolucionário dentro do futebol rondoniense, revelou jogadores consagrados nacionalmente e internacionalmente e treinador das categorias de base do Ji-Paraná, foram os grandes responsáveis pela mudança da equipe fora das quatro linhas.

 Os resultados logo foram vistos: bicampeão rondoniense sub-18 (2010 e 2011), Campeão Rondoniense da Segunda Divisão 2011 (100% de vitórias) e com duas participações na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Hoje o Ji-Paraná se firma como o maior clube de futebol do estado de Rondônia, oferecendo boa estrutura, realizando boas contratações e zelando pelo bem estar de seus jogadores.

E para coroar tudo isso, a nova diretoria lança um novo símbolo para o clube, sob a perspectiva da nova era pelo que o Ji-Paraná passa. O novo símbolo busca representar a cidade de Ji-Paraná, remetendo ao cidadão ji-paranaense, a tradição do clube e a símbolos marcantes da cidade, como a ponte sobre o Rio Machado.

Nas redes sociais, o novo símbolo foi recebido com surpresa e admiração, sendo aprovado pela maioria dos internautas. Essa é a primeira mudança do símbolo da equipe em seus 21 anos de história. Nada mais justo, afinal, o time mais glorioso de Rondônia voltou com tudo!

 Abaixo do escudo há uma descrição, explicando o porquê de cada item inserido: O Escudo do Ji-Paraná Futebol Clube, criado como uma síntese de âncora, relembrando pescadores da nossa ideográfica e dando sua forma de plano, em segundo plano as listras já lembradas nos uniformes da equipe, a síntese da ponte do Rio Machado dando suporte ao escudo, logo abaixo a cor azul celeste representando o rio.

  Fonte: Blog do Ji-Paraná

 

 

 O Nantes Futebol Clube é uma agremiação do bairro Veneza, no município de Ribeirão das Neves (MG). O clube foi fundado no dia 22 de março de 2002.

 

O Esporte Clube Vila Nova é uma agremiação do futebol amador paraense. O clube fica localizado na Rua Santos Dumont, 359 – Bairro: Cidade Nova – Município de Óbidos. A equipe disputa as competições da Liga Desportiva Obidense (LDO).

 

O quase Centenário Esporte Clube Iguaçu é uma agremiação da cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (RJ). Um dos clubes mais antigos do estado, fundada a 17 de novembro de 1912, o Iguaçu disputou por longos anos o Campeonato da Liga de Nova Iguaçu, além do antigo Campeonato Fluminense, como por exemplo, em 1944.

Tendo sido por diversas vezes campeão iguaçuano, resolveu, em 2006, se filiar à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para a disputa do Campeonato Carioca da Série C. Contudo, a equipe iguaçuana acabou eliminada na primeira fase ao ficar em quarto lugar no seu grupo. Depois dessa experiência, se licenciou das competições de âmbito profissional.

O clube no futsal tem se revelado uma grande força no estado. Foi campeão estadual juvenil masculino, categoria Sub-20, em 2008. Possui sede social e uma pequena praça de esportes que, no entanto, não se presta a jogos de âmbito profissional.

Ginásio de Esportes Nelson Soares

Abaixo fotos do Esporte Clube Iguaçu, num dos seus melhores momentos, nas décadas de 30 a 50, onde era uma referencia no esporte não só do Baixada, mas em todo o cenário esportivo estadual.

  

 

 

 

 

 

Fotos: Jornal Correio da Lavoura

 

 

 

Mineiros Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Mineiros (GO). A Águia do Vale (sua alcunha) foi fundado no dia 20 de janeiro de 1977. O Mineiros manda seus jogos no Estádio Odilon Flores (capacidade para 7 mil torcedores). A Águia do Vale já conquistou dois títulos: os campeonatos goianos da Série C (2003) e da Série B (2004). Atualmente, a equipe está na Série B de Goiás.

 

Por: Carlos Lima

O comandante mandou buscar a ficha do soldado Hemetério: Duas detenções, uma prisão em cela comum e uma prisão em cela separada. Uma ficha pesada. Na verdade o comandante já sabia que o soldado Hemetério fora o pior elemento que passara pelo Quartel da Artilharia, lá em Campinho, no início de Jacarepaguá.


Hemetério Fernandes de Almeida explicava sempre a sua conduta não muito simpática no quartel:

- O Bangu vai jogar e aí não deixam eu sair. Fujo.

- E quando você está preso?

Também fujo.
 
O comandante soube que no dia em que ele ficou em cela separada, um sargento, fanático torcedor do Bangu, “esqueceu” de passar a chave na cadeia. Não deu outra:

Hemetério se mandou e lá estava ele jogando pelo seu amor maior, o Bangu.

Hemetério era filho de Luis Fernandes de Almeida, um artesão da Casa da Moeda. Um homem pobre. Um homem humilde, Isto não impediu que ele criasse os 10 filhos que sobraram dos 13 que trouxe ao mundo. Criou um dos maiores pintores, Luíz Fernandes de Almeida, o mais velho, assistiu a formatura de Adelina, a mesma Adelina que meteu o guarda sol num bandeirinha, num jogo em Moça Bonita, quando este marcou uma falta contra o mano Hemetério.

Na pobreza de sua juventude Hemetério só tinha um prazer: o futebol. Sabia que não haveria problema de campos de futebol no seu Engenho de Dentro. Quanto mais no Engenho Novo. Hemetério jogou no Mackenzie, no Central e terminou sua carreira no Bangu.

Foi campeão em 1933. Começou ali em 1929.

Sua característica era a virilidade como atuava, seu destemor, seus chutes fortes, com as duas pernas, seus dribles curtos e seus lançamentos. Não fugia do pau. Enfrentava tudo, de igual para igual. Valente como ele só, passados 10 anos que deixara a bola e era fiscal da Viação Brasil, recolheu o dinheiro da féria e, na garage da praça Paris recebeu o convite de um chefe – ele e os demais fiscais – para visitarem o Cassino Atlântico, no seu último dia: o presidente Dutra mandara fechar todos os cassinos no dia 28 de fevereiro de 43.

Hemetério foi. Na entrada um bêbado gozou o grupo da Viação Brasil. Partiu para cima dele. Hemetério, valente como ele só, pediu que a gerência retirasse o incômodo cavalheiro. Foi atendido. Depois, na hora de sair do Cassino, “Canjica”, seu colega de trabalho, sentiu no ar algo diferente:

- Vamos sair pela porta do fundo, pessoal.

- Menos eu, disse Hemetério.

E todos foram pela porta principal.

Só viram o mesmo bêbado de arma em punho. Um 38 negro:

- Cadê os valentes?

Todos pararam. Hemetério disse ao cidadão:

- Não tenho medo de homem e muito menos de quem se esconde por trás de uma arma. Vou tomar esse revólver.

O tiro pegou na barriga de Hemetério.

Ele caminhou até o agressor e tomou-lhe a arma. Foi para o hospital. Teve peritonite. Não havia antibióticos. Morreu no dia 19 de março de 1943.

Hemetério foi exemplo de fibra no futebol.

Foi exemplo de macho na vida real.

Foi um grande pai para Paulinho, Hélio e Neide.

Foi um péssimo soldado. E sabia disto.

Hoje, porém, está redimido pela sua “má conduta”.

Luiz Paulo, seu filho mais velho, é o comandante da Escola de Educação Física do Exército. O caçula, Hélio, deixou o Exército no posto de tenente coronel.

Honraram a memória de Hemetério, o “praça” que fugia até da cadeia do quartel de Campinho para jogar pelo seu amor maior: o Bangu.

O tal soldado Buza, o campeão de 1933.


Fonte: Revista Bangu e Suas Glórias – Ano I – Novembro/1981

Foto: Revista Bangu e suas glórias

 

O América Football Club, sete vezes campeão carioca, segue buscando reencontrar no Campeonato Carioca da Série B, os seus melhores momentos no passado para voltar a dar alegrias a sua torcida no presente e brilhar com grandes conquistas no futuro. Enquanto esse dia não chega não custa nada recordar as maiores goleadas do nosso querido Mequinha ao longo de mais de um século de ricas histórias. Veja abaixo os placares mais elásticos do Clube da Rua Campos Sales:

DATAS

JOGOS

COMPETIÇÕES

ESTÁDIOS

22/05/1937

AMERICA

16

X

1

Ramos

Torneio Aberto do Rio

Campos Sales

21/06/1936

AMERICA

12

X

0

Ramos

Torneio Aberto do Rio

Laranjeiras

03/11/1929

AMERICA

11

X

2

Botafogo

Estadual

Campos Sales

16/10/1910

AMERICA

10

X

1

Haddock Lobo

Estadual

Laranjeiras

24/05/1947

Olaria AC

2

X

10

AMERICA

Torneio Municipal

Figueira de Melo

28/02/1943

São Lourenço

0

X

9

AMERICA

Amistoso

São Lourenço (MG)

03/05/1913

AMERICA

9

X

1

Americano do Rio

Estadual

Campos Sales

27/06/1909

Mangueira

0

X

8

AMERICA

Estadual

Campo de São Cristóvão

30/05/1915

Rio Cricket

0

X

8

AMERICA

Estadual

Icaraí

03/03/1948

Seleção Niterói

0

X

8

AMERICA

Amistoso

Niterói

14/04/1935

AMERICA

8

X

0

Serrano

Torneio Aberto do Rio

Laranjeiras

01/04/1936

AMERICA

8

X

0

Oceano

Torneio Aberto do Rio

Laranjeiras

18/10/1936

AMERICA

8

X

1

Portuguesa (RJ)

Estadual

Campos Sales

20/03/1977

Combinado de Miguel Pereira

1

X

8

AMERICA

Amistoso

Miguel Pereira

25/01/1938

Bonsucesso FC

1

X

8

AMERICA

Estadual

Teixeira de Castro

29/08/1909

AMERICA

8

X

2

Haddock Lobo

Estadual

Voluntários da Pátria

19/12/1937

AMERICA

8

X

2

Andaraí

Estadual

Campos Sales

09/03/1946

AMERICA

8

X

2

Central

Amistoso

Barra do Piraí (RJ)

19/11/1915

AMERICA

8

X

3

Combinado Inglês

Amistoso

Recife (PE)

13/12/1947

AMERICA

8

X

3

Canto Rio

Estadual

São Januário

27/06/1909

AMERICA

7

X

0

Mangueira

Estadual

Laranjeiras

19/09/1915

AMERICA

7

X

0

Rio Cricket

Estadual

Campos Sales

12/05/1918

Carioca

0

X

7

AMERICA

Estadual

Jardim Botânico

05/05/1929

Bonsucesso FC

0

X

7

AMERICA

Estadual

Estrada do Norte

29/11/1953

AMERICA

7

X

0

Madureira

Estadual

Campos Sales

23/10/1966

São Cristóvão

0

X

7

AMERICA

Estadual

São Januário

30/03/1947

Madureira

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Conselheiro Galvão

24/03/1949

Esportivo Passense

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Passos (MG)

22/12/1949

Santa Maria

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Além Paraíba (MG)

23/04/1954

Sete de Setembro

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Belo Horizonte (MG)

10/03/1957

Ipiranga

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Carangola (MG)

01/02/1964

Tiquires Flores

0

X

7

AMERICA

Amistoso

Caracas (VEN)

09/09/1912

AMERICA

7

X

1

São Cristóvão

Estadual

Campos Sales

18/05/1913

AMERICA

7

X

1

São Cristóvão

Estadual

Campos Sales

17/09/1939

Coritiba

1

X

7

AMERICA

Amistoso

Curitiba (PR)

08/11/1914

AMERICA

7

X

1

Paysandu

Estadual

Campos Sales

14/08/1927

AMERICA

7

X

1

Vila Isabel

Estadual

Campos Sales

07/11/1937

AMERICA

7

X

1

Portuguesa (RJ)

Estadual

Campos Sales

26/07/1942

AMERICA

7

X

1

Bonsucesso FC

Estadual

Campos Sales

08/08/1942

AMERICA

7

X

1

Bangu AC

Estadual

Campos Sales

03/11/1946

Madureira

1

X

7

AMERICA

Estadual

São Januário

20/03/1976

AMERICA

7

X

1

São Cristóvão

Estadual

Maracanã

09/03/1957

AMERICA

7

X

1

América-TR

Amistoso

Campos Sales

07/07/1912

AMERICA

7

X

2

Mangueira

Estadual

Campos Sales

18/07/1914

Seleção de Campos

2

X

7

AMERICA

Amistoso

Campos (RJ)

02/02/1928

Sport Recife

2

X

7

AMERICA

Amistoso

Recife (PE)

11/03/1941

ABC de Natal

2

X

7

AMERICA

Amistoso

Natal (RN)

10/06/1917

Botafogo

2

X

7

AMERICA

Estadual

General Severiano

14/04/1949

Ararense

2

X

7

AMERICA

Amistoso

Araras (SP)

29/09/1935

AMERICA

7

X

2

Portuguesa (RJ)

Estadual

Campos Sales

17/06/1982

Entrerriense

2

X

7

AMERICA

Amistoso

Três Rios (RJ)

14/04/1918

Bangu AC

0

X

6

AMERICA

Estadual

Rua Ferrer

20/05/1945

AMERICA

6

X

0

Bangu AC

Torneio Municipal

Campos Sales

21/11/1955

AMERICA

6

X

0

São Cristóvão

Estadual

Campos Sales

21/09/1957

AMERICA

6

X

0

Olaria AC

Estadual

Campos Sales

03/04/1976

AMERICA

6

X

0

Portuguesa (RJ)

Estadual

Maracanã

10/04/1908

AMERICA

6

X

0

Riachuelo

Estadual

Voluntários da Pátria

14/04/1929

AMERICA

6

X

0

Andarahy

Estadual

Campos Sales

07/04/1949

Palmeiras-SJBV

0

X

6

AMERICA

Amistoso

São João da Boa vista (SP)

16/05/1951

Everest

0

X

6

AMERICA

Amistoso

Guayaquil (EQU)

18/01/1959

La Serena

0

X

6

AMERICA

Amistoso

La Serena (CHI)

28/01/1962

Comb. Argentino Juniors/Atlanta

0

X

6

AMERICA

Amistoso

Buenos Aires (ARG)

23/01/1965

Colonial Club

0

X

6

AMERICA

Amistoso

Fort-de-France (Martinica)

23/02/1969

Seleção de Petrópolis

0

X

6

AMERICA

Amistoso

Petrópolis

27/10/1968

Santa Rita

0

X

6

AMERICA

Amistoso

Santa Rita do Sapucaí (MG)

15/08/1915

AMERICA

6

X

1

Bangu AC

Estadual

Campos Sales

26/08/1917

AMERICA

6

X

1

Bangu AC

Estadual

Campos Sales

03/05/1914

AMERICA

6

X

1

São Cristóvão

Estadual

Campos Sales

12/10/1914

Vila Isabel

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Jardim Zoológico

11/02/1950

Americano (ES)

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Vitória (ES)

23/05/1951

Emelec

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Guayaquil (EQU)

02/02/1958

Uberlândia

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Uberlândia (MG)

12/03/1959

Tuna Luso

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Belém do Pará

13/02/1966

Rubro AC

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Araruama (RJ)

29/03/1967

Grêmio de Bagé

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Bagé (RS)

03/03/1968

Águas Virtuosas

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Lambari (MG)

17/01/1971

Seleção de  Petrópolis

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Petrópolis (RJ)

10/05/1971

Combinado de  Itaperuna

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Itaperuna (RJ)

18/04/1915

AMERICA

6

X

1

Combinado de Atletas Alemães (SP)

Amistoso

Campos Sales

27/07/1919

Carioca

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Dona Castorina

28/07/1918

AMERICA

6

X

1

Bangu AC

Estadual

Campos Sales

15/05/1935

AMERICA

6

X

1

Filhos de Iguaçu

Torneio Aberto do Rio

Laranjeiras

20/10/1935

AMERICA

6

X

1

Modesto

Estadual

Laranjeiras

09/07/1944

AMERICA

6

X

1

Bangu AC

Estadual

Conselheiro Galvão

21/04/1937

AMERICA

6

X

1

Portuguesa de Esportes

Amistoso

Campos Sales

09/02/1956

AMERICA

6

X

1

Bangu AC

Estadual

Campos Sales

14/01/1945

Seleção do Maranhão

1

X

6

AMERICA

Amistoso

São Luís (MA)

07/03/1948

Independente Santa Fé

1

X

6

AMERICA

Amistoso

Bogotá (COL)

09/09/1928

AMERICA

6

X

1

Andarahy

Estadual

Campos Sales

15/04/1972

AMERICA

6

X

1

Madureira

Estadual

Maracanã

22/11/1979

AMERICA

6

X

1

Mixto (MT)

Brasileirão

Maracanã

27/05/1945

AMERICA

6

X

2

Flamengo

Torneio Municipal

São Januário

05/12/1937

Olaria AC

2

X

6

AMERICA

Estadual

Rua Cândido Silva

18/07/1937

AMERICA

6

X

2

Combinado Becar-Varela (ARG)

Amistoso

Campos Sales

01/08/1943

AMERICA

6

X

2

Bonsucesso

Estadual

Campos Sales

12/05/1945

AMERICA

6

X

2

Bonsucesso

Torneio Municipal

São Januário

16/12/1934

AMERICA

6

X

2

Portuguesa de Esportes

Amistoso

Campos Sales

17/09/1909

AMERICA

6

X

2

Seleção de Atletas Paraenses da Liga Carioca

Amistoso

Laranjeiras

09/04/1944

AMERICA

6

X

2

Bangu AC

Torneio Municipal

Conselheiro Galvão

21/10/1945

AMERICA

6

X

2

Canto do Rio

Estadual

São Januário

07/09/1946

AMERICA

6

X

2

Canto do Rio

Estadual

São Januário

09/05/1948

AMERICA

6

X

2

Canto do Rio

Torneio Municipal

Moça Bonita

27/05/1948

Ypiranga

2

X

6

AMERICA

Amistoso

Salvador (BA)

23/10/1949

São Cristóvão

2

X

6

AMERICA

Estadual

Figueira de Melo

05/11/1950

AMERICA

6

X

2

Bonsucesso

Estadual

Maracanã

11/05/1952

Figueirense

2

X

6

AMERICA

Amistoso

Florianópolis (SC)

30/08/1952

AMERICA

6

X

2

Canto do Rio

Estadual

Campos Sales

22/07/1967

Jandaia

2

X

6

AMERICA

Amistoso

Jandaia do Sul (PR)

12/09/2009

Bréscia

2

X

6

AMERICA

Carioca Série B

Duque de Caxias (RJ)

Fontes:

   Luiz Eduardo e Walter Iris
 

 

O Esporte Clube União Matadouro de Guaru é uma agremiação de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense do Estado do Rio de Janeiro. O clube, que fica localizado no Central-Guarus, foi fundado no dia Primeiro de Maio de 1966, disputa as competições da Liga Campista de Desportos (fundado em 1913).

 

O Futebol Clube do Porto foi Fundado numa quarta-feira, do dia 9 de junho de 1999, fica na cidade de Porto União, em Santa Catarina.

Curiosidade: Contudo, um fato curioso marca a vida do ‘Azulão da Fronteira’ (alcunha do time). Afinal o time catarinense manda os seus jogos no estádio Municipal Antiocho Pereira, com capacidade para 12 mil pessoas (foto abaixo), no Paraná. Mais precisamente na cidade vizinha: União da Vitória. O motivo para esse deslocamento de uma estado para o outro é que na sua cidade de Porto União não dispõe de uma estrutura cabível.

O FC Porto disputou o Campeonato Catarinense de Série B em 1999, mas não obteve boa campanha. Após nove anos de licença, disputou a Divisão de Acesso do campeonato catarinense aonde foi campeão em 2008. Em 2009, o Porto fez ótima campanha, onde ficou em 4º lugar no campeonato, não subindo por apenas 1 ponto, no Quadrangular Final (subiram Juventus e Imbituba).

Em 2011, Futebol Clube do Porto terminou na sexta colocação (26 pontos em 18 jogos) do Campeonato Catarinense (Divisão Especial).

 

O Água Branca Futebol Clube, foi fundado no último dia 25 de março de 2012. Além da fundação, foi divulgado os uniformes e a cúpula que irá administrar o novo clube piauiense, com  sede na cidade de Água Branca. Serão 15 pessoas que passam a dirgirir o clube:

Presidente: Valmir Tavares Sales
1º Vice-presidente: Daniel Santos Gomes
2º Vice-presidente: Francisco Borba de Carvalho
Diretor Administrativo: Ivaldo Rômulo Sousa
Diretor Financeiro: Gildásio Alexandrino de Carvalho
Diretor de Patrimônio: Agenor Ribeiro Veloso
Diretor de Futebol Profissional: Reinaldo Barros Torres
Diretor de Futebol Amador: Antônio Valter Batista dos Santos
Diretor de Comunicação: Enoque Sousa

Conselho Fiscal:
Cipriano Faustino de Sousa
João da Cruz Santos
Lucivaldo Miranda de Lima

Conselho de Administração:
Davi dos Santos Gomes
José Ribeiro Coimbra
Valdinar Bispo dos Santos

O curioso dos uniformes estão nas cores. Apesar do escudo ser alvinegro, o ‘uniforme 1‘ é branco e laranja com detalhes na cor preta. Já o ‘segundo modelo‘ é verde e branco, parecido com o Sporting de Portugal.

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo, fotos do Estádio Municipal de Água Branca, onde o Água Branca Futebol Clube fará seus treinos e jogos:

 

 

 

 

 

 

Fotos: Pedro Silva

 

O último Ranking Mundial de Clubes da Federação de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), referente a primeiro de abril a 30 de março deste ano, apresentou o Barcelona liderando, com o arquirival Real Madrid, em segundo. O melhor brasileiro é o Santos na sexta posição.

Dos 200 maiores clubes, apenas 12 são brasileiros. Além do Peixe: aparece o Vasco da Gama (13º lugar), Fluminense (37º), Internacional (39º), Flamengo (72º), Corinthians (75º), Coritiba (114º), Botafogo (130º), São Paulo (142º), Grêmio (146º), Palmeiras (159º) e Ceará (161º).         

 Vale lembrar que a IFFHS se basea nos resultados nacionais e internacionais dos clubes durante o período de 12 meses. A ordem dos clubes é completamente determinada pelos seus resultados durante esse período. 

Listagem referente a 01 de abril de 2011 a 30 de março de 2012

No Top 200 estão 12 clubes brasileiros

* na ordem – posição atual, posição anterior, clube, país e pontuação *
1. (1.)
2. (2.)
3. (3.)
4. (6.)
5. (13.)
6. (8.)
7. (15.)
8. (4.)
9. (5.)
10. (9.)
10. (7.)
12. (22.)
13. (24.)
14. (11.)
15. (22.)
15. (19.)
17. (12.)
18. (36.)
19. (43.)
20. (32.)
21. (16.)
22. (28.)
23. (21.)
24. (10.)
25. (28.)
26. (18.)
27. (33.)
28. (37.)
29. (20.)
30. (24.)
31. (17.)
32. (43.)
32. (26.)
34. (14.)
35. (45.)
36. (33.)
37. (54.)
37. (60.)
39. (31.)
40. (41.)
41. (30.)
42. (33.)
43. (37.)
43. (27.)
43. (52.)
46. (59.)
47. (50.)
48. (56.)
49. (51.)
50. (39.)
51. (48.)
51. (58.)
53. (42.)
54. (74.)
55. (45.)
55. (57.)
57. (73.)
58. (60.)
59. (64.)
60. (115.)
61. (60.)
62. (55.)
63. (48.)
63. (39.)
65. (47.)
66. (68.)
66. (52.)
68. (95.)
68. (74.)
70. (66.)
71. (112.)
72. (79.)
73. (71.)
74. (63.)
75. (146.)
76. (123.)
77. (74.)
78. (96.)
79. (67.)
80. (84.)
81. (88.)
82. (85.)
82. (79.)
84. (64.)
85. (71.)
85. (74.)
87. (68.)
87. (85.)
89. (83.)
90. (118.)
91. (92.)
92. (92.)
93. (79.)
93. (85.)
95. (134.)
96. (89.)
96. (127.)
98. (92.)
99. (91.)
100. (101.)
101. (102.)
102. (115.)
102. (150.)
102. (141.)
102. (108.)
102. (102.)
107. (136.)
108. (121.)
108. (102.)
110. (123.)
111. (110.)
111. (96.)
113. (109.)
114. (110.)
114. (142.)
116. (115.)
116. (107.)
118. (146.)
118. (120.)
120. (130.)
121. (99.)
121. (137.)
123. (128.)
123. (144.)
125. (99.)
126. (118.)
127. (132.)
127. (128.)
127. (89.)
130. (156.)
130. (70.)
130. (154.)
130. (150.)
130. (134.)
135. (74.)
135. (126.)
137. (112.)
138. (121.)
139. (161.)
140. (146.)
141. (142.)
142. (150.)
142. (150.)
142. (102.)
145. (161.)
146. (79.)
146. (137.)
146. (154.)
146. (156.)
146. (166.)
151. (188.)
152. (102.)
152. (171.)
154. (207.)
154. (159.)
154. (156.)
154. (188.)
158. (139.)
159. (177.)
159. (233.)
161. (166.)
161. (193.)
161. (166.)
164. (193.)
165. (174.)
165. (130.)
167. (188.)
167. (222.)
169. (173.)
169. (159.)
171. (144.)
171. (260.)
171. (149.)
174. (278.)
174. (232.)
176. (183.)
176. (139.)
176. (254.)
179. (174.)
180. (165.)
181. (183.)
181. (166.)
181. (239.)
181. (188.)
181. (132.)
181. (239.)
181. (224.)
188. (188.)
188. (199.)
190. (180.)
190. (185.)
190. (233.)
190. (161.)
194. (233.)
194. (222.)
196. (185.)
196. (193.)
196. (193.)
199. (199.)
199. (207.)
FC Barcelona
Real Madrid CF
CA Vélez Sarsfield
CD Universidad de Chile
FC Bayern München
Santos FC
Club Atlético de Madrid
Manchester United FC
Manchester City FC
FC Schalke 04
CD Universidad Católica
Athletic Club de Bilbao
CR Vasco da Gama
Royal Standard de Liège
Sporting Lisboa
Milan AC
PSV Eindhoven
AZ Alkmaar
Chelsea FC London
Valencia CF
Paris Saint-Germain FC
Arsenal FC
SL Benfica
Club Libertad
SSC Napoli
FC Twente Enschede
Olympique Lyonnais
FK Metalist Charkiv
Stoke City FC
SK Viktoria Plzen
FC do Porto
Tottenham Hotspur FC
Fulham FC
LDU Quito
Hannoverscher SV 1896
FC Internazionale Milano
APOEL Lefkosia
Fluminense FC
SC Internacional
RSC Anderlecht
Glasgow Celtic FC
Lille Olympique
FC Dinamo Kyiv
Sporting Braga
CF Monterrey
PAE Olympiakos SFP
Wisla Kraków SA
FC Basel
Club Brugge KV
PAOK Thessaloniki
SS Lazio Roma
Stade Rennais FC
Olympique de Marseille
FBC Olimpia Asunción
Besiktas JK Istanbul
FK Rubin Kazan
BV Borussia Dortmund
Udinese Calcio
FC Lokomotiv Moscow
CA Boca Juniors
Red Bull Salzburg
Suwon Samsung Blue-Wings FC
Cerro Porteño FBC
CA Peñarol Montevideo
FC Zenit St. Petersburg
Atlético Monarcas Morelia
CB Jeonbuk Hyundai
Juventus FC Torino
Arsenal FC Sarandí
Espérance de Tunis Club Santos Laguna
CR Flamengo
KP Legia Warszawa
FC Kobenhavn
SC Corinthians Paulista
CA Lanús
FK Austria Wien
FC Vaslui
PFC CSKA Moscow
FC Steaua Bucuresti
NK Dinamo Zagreb
NK Maribor (piv. Lazne)
Trabzonspor K Trabzon
CD Godoy Cruz ATM
AFC Ajax Amsterdam
Maccabi Haifa FC
FC Shakhtar Donetsk
MAS Fès
CA Independiente Avellaneda
Nagoya Grampus
FC Vorskla Poltava
Enyimba International FC
TSV Bayer 04 Leverkusen
Wydad AC Casablanca
Nacional FBC Asunción
FC BATE Barysau
AEK Larnaka
FK Ekranas Panevežys
KRC Genk
Hapoel Tel-Aviv FC
AC Sparta Praha
Al-Hilal Omdurman
Zamalek SC Cairo
Esteghlal FC Tehran
Santa Fe CD Bogotá
FK Partizan Beograd
Seattle Sounders FC
AFC Rapid Bucuresti
FC Dinamo Tbilisi
SK Slovan Bratislava
Aalesunds FK
Al-Ahly Cairo
Al-Hilal FC Riyadh
Coritiba FC
Kashiwa Reysol
HJK Helsinki
Nacional de Montevideo
Deportivo Quito
Borussia Mönchengladbach
FC Dinamo Bucuresti
FC Seoul
FC Sion
GD Interclube Luanda
UNAM Ciudad de Mexico
FM Sepahan Isfahan
Unión Española Santiago
Malmö FF
Cerezo Osaka FC
Nasaf Qarshi FC
Montpellier Hérault
Villarreal CF
Atlético Nacional Medellín
Liverpool FC
Botafogo FR
CD Once Caldas
CD Cruz Azul
FC Zürich
Glasgow Rangers FC
CD Isidro Metapán
CS Gaz Methan Medias
Odense BK
São Paulo FC
SK Sturm Graz
Emelec Guayaquil
Los Angeles Galaxy
Estudiantes de La Plata
Grêmio FBPA
BSC Young Boys Bern
US Citta di Palermo
Maccabi Tel-Aviv
Bursaspor K Bursa
CPD Junior Barranquilla
FK Rabotnicki Skopje
Everton FC
SE Palmeiras
AS Roma
Fenerbahce SK
Al-Wehdat Club Amman
Al-Ittihad Club Jeddah
Toronto FC (Canada)
Shamrock Rovers FC
FC de Toulouse
Ceará SC
FC Pohang Steelers
FK Zestafoni
AEK Athens
Universitario de Nuevo León
Omonia FC Lefkosia
CSD Comunicaciones
FK Baumit Jablonec
FC Gamba Osaka
CD Guadalajara
Muang Thong United FC
Ulsan Hyundai Horangi FC
Heart of Midlothian FC
FC Spartak Trnava
Cotonsport FC de Garoua
Provincial Electronic Authority
Linfield FAC
Sunshine Stars FC
KR Reykjavík
Kashima Antlers FC
Newcastle United FC
CD La Equidad Bogotá
Al-Sadd SC Doha
Málaga CF
CA Tigre
Club Sport Herediano
FC Dallas
FK Ventspils
BK Häcken Göteborg
SC Lokeren
Jaguares de Chiapas
Galatasaray SK Istanbul
FC Nordsjaeland (Farum)
NK Olimpija Ljubljana
FC Midtjylland
UD Levante
El Nacional Quito
CD Nacional Madeira
Espanha
Espanha
Argentina
Chile
Alemanha
Brasil
Espanha
Inglaterra
Inglaterra
Alemanha
Chile
Espanha
Brasil
Belgica
Portugal
Italia
Holanda
Holanda
Inglaterra
Espanha
França
Inglaterra
Portugal
Paraguai
Italia
Holanda
França
Ucrania
Inglaterra
Rep. Checa
Portugal
Inglaterra
Inglaterra
Equador
Alemanha
Italia
Chipre
Brasil
Brasil
Belgica
Escócia
França
Ucrania
Portugal
Mexico
Grecia
Polonia
Schweiz
Belgica
Grecia
Italia
França
França
Paraguai
Türkiye
Russia
Alemanha
Italia
Russia
Argentina
Austria
Rep. of Korea
Paraguai
Uruguay
Russia
Mexico
Rep. of Korea
Italia
Argentina
Tunisie
Mexico
Brasil
Polonia
Danmark
Brasil
Argentina
Austria
România
Russia
România
Hrvatska
Slovenija
Türkiye
Argentina
Holanda
Israel
Ucrania
Maroc
Argentina
Japan
Ucrania
Nigeria
Alemanha
Maroc
Paraguai
Belarus
Chipre
Lietuva
Belgica
Israel
Rep. Checa
Sudan
Egypt
Iran
Colombia
Srbija
USA
România
Georgia
Slovensko
Norge
Egypt
Saudi Arabia
Brasil
Japan
Suomi
Uruguay
Equador
Alemanha
România
Rep. of Korea
Schweiz
Angola
Mexico
Iran
Chile
Sverige
Japan
Uzbekistan
França
Espanha
Colombia
Inglaterra
Brasil
Colombia
Mexico
Schweiz
Escócia
El Salvador
România
Danmark
Brasil
Austria
Equador
USA
Argentina
Brasil
Schweiz
Italia
Israel
Türkiye
Colombia
Macedonia
Inglaterra
Brasil
Italia
Türkiye
Jordan
Saudi Arabia
USA
Éire
França
Brasil
Rep. of Korea
Georgia
Grecia
Mexico
Chipre
Guatemala
Rep. Checa
Japan
Mexico
Thailand
Rep. of Korea
Escócia
Slovensko
Cameroun
Thailand
Northern Ireland
Nigeria
Iceland
Japan
Inglaterra
Colombia
Qatar
Espanha
Argentina
Costa Rica
USA
Latvija
Sverige
Belgica
Mexico
Türkiye
Danmark
Slovenija
Danmark
Espanha
Equador
Portugal
382,00
306,00
287,00
273,50
257,00
252,00
248,00
241,00
233,00
224,00
224,00
222,00
219,00
212,50
210,00
210,00
207,00
205,00
204,00
202,00
200,00
198,00
195,50
195,00
194,00
193,50
191,00
190,50
190,00
185,50
182,50
182,00
182,00
181,50
180,00
175,00
174,00
174,00
172,00
171,00
170,00
169,00
166,50
166,50
166,50
166,00
165,00
164,00
163,00
162,50
162,00
162,00
161,00
158,00
157,50
157,50
155,00
152,00
150,50
149,00
148,00
147,00
146,50
146,50
144,50
142,50
142,50
142,00
142,00
141,50
141,00
140,00
139,50
138,50
138,00
137,00
136,00
135,50
135,00
134,50
133,50
133,00
133,00
132,00
130,50
130,50
130,00
130,00
129,00
128,00
127,50
125,50
125,00
125,00
124,50
124,00
124,00
123,00
122,00
121,00
120,50
120,00
120,00
120,00
120,00
120,00
119,50
118,00
118,00
117,50
117,00
117,00
116,50
116,00
116,00
115,00
115,00
114,00
114,00
112,50
111,50
111,50
111,00
111,00
110,00
109,00
108,50
108,50
108,50
108,00
108,00
108,00
108,00
108,00
107,00
107,00
106,00
104,50
104,00
103,00
102,50
102,00
102,00
102,00
100,50
100,00
100,00
100,00
100,00
100,00
99,50
98,50
98,50
98,00
98,00
98,00
98,00
97,50
97,00
97,00
96,00
96,00
96,00
95,50
95,00
95,00
94,50
94,50
93,50
93,50
93,00
93,00
93,00
92,50
92,50
92,00
92,00
92,00
91,00
90,50
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
90,00
89,50
89,50
89,00
89,00
89,00
89,00
88,50
88,50
88,00
88,00
88,00
87,50
87,50
© 2014 História do Futebol-Final Suffusion theme by Sayontan Sinha