Pessoal, boa noite!

Preciso da ajuda de vocês. Alguém por acaso sabe qual time é esse? Encontrei uma camisa dessa equipe no ML só que não faço ideia de qual seja o clube. Agradeço demais quem puder tirar essa dúvida!

Fernando

 

Em 1982 e 1983 a cidade de Campo Limpo Paulista teve um representante nas divisões de acesso do Campeonato Paulista: a Associação Atlética Campo Limpo Paulista. Do mesmo jeito que o time surgiu, ele sumiu. É muito complicado encontrar alguma lembrança física dessa equipe nos dias atuais.

Eis que nos últimos dias eu adquiri um agasalho da falecida agremiação, e constatei que o escudo é diferente daquele mostrado no Almanaque do Futebol Paulista, obra brilhante dos amigos Rodolfo Kussarev e Jorge Farah, a única publicação que mostrou esse distintivo até hoje. Não é uma diferença enorme em relação ao escudo mostrado na Bíblia, mas acho que vale o registro.

Grande abraço a todos!


 

Olá, amigos!

Na quarta-feira passada fui assistir Palmeiras B 1 x 1 Barretos na Rua Javari, jogo válido pela Série A3 Paulista. Notei que o escudo do Touro do Vale está com uma pequena modificação. Agora consta o nome “Barretos EC” dentro do escudo, algo que não havia antes.

Foto: Fernando Martinez / www.jogosperdidos.com

Acredito ser algo ainda inédito na internet, pois não achei em lugar nenhum nas minhas buscas pela rede.

Abraços à todos,

Fernando Martinez

 

Seguindo com minhas pesquisas na FPF, vi que a entidade organizou um Torneio Início do Campeonato Paulista Feminino em 1997, ano em que a modalidade voltou a ser disputada. Sinceramente não me lembrava dessa competição, e agora as informações seguem em anexo:

Campeonato Paulista Feminino Torneio Início 1997

Participantes

SC Corinthians P (São Paulo)

CA Juventus/São Judas (São Paulo)

Mackenzie (São Paulo)

SE Palmeiras (São Paulo)

A Portuguesa de D (São Paulo)

Santos FC (São Paulo)

São Paulo FC (São Paulo)

USP (São Paulo)

 

Primeira Fase

(Todos os jogos foram disputados no Estádio Ícaro de Castro Melo, em São Paulo.)

[Mar 09]

Corinthians 3-0 USP

Palmeiras 0-1 Portuguesa

São Paulo 1-0 Mackenzie

Santos 0-0 Juventus/São Judas [1-0 nos escanteios]

Obs: Corinthians, Portuguesa, São Paulo e Santos se classificaram para a semi-final.

 

Semi-final

[Mar 09]

Corinthians 0-0 Portuguesa [0-1 nos escanteios]

São Paulo 3-2 Santos

Obs: Portuguesa e São Paulo se classificaram para a final.

 

Final

[Mar 09]

Portuguesa 0-2 São Paulo

Obs: Com esse resultado, o São Paulo sagrou-se Campeão do Torneio Início Feminino do Paulista 1997.

Fonte: Pesquisa do autor na FPF.

 

Pessoal, assisti uma partida do Americano do Maranhão na Copa São Paulo de Futebol Júnior e notei que a equipe mudou de escudo. Todos os integrantes da diretoria e o papel timbrado do clube já mostram esse novo distintivo. Não encontrei ele na internet e achei legal compartilhar com todos.

Fonte: www.jogosperdidos.com ; Foto: Fernando Martinez

 

Fala, pessoal

Publiquei hoje no JOGOS PERDIDOS o final da “trilogia” de rankings, agora com o do paulista sub-15. Espero que curtam:

http://jogosperdidos2.blogspot.com/2010/12/ranking-jp-do-futebol-paulista-sub-15.html

Abraços e bom 2012 à todos!

Fernando

 

Olá, pessoal!

Publiquei nesse mês de dezembro nas páginas do JOGOS PERDIDOS, um ranking do futebol paulista sub-20 e sub-17 (por enquanto). Acredito que seja a primeira inciativa nesse sentido, pois como vocês já sabem, o futebol profissional das divisões menores é negligenciado por muitos, imaginem então como são as categorias de base.

A ideia do ranking surgiu faz tempo, e foi aperfeiçoada depois que vi o que a Conmebol fez com seu ranking. A colocação das equipes é baseada nos últimos cinco campeonatos, dando maior peso ao campeonato de 2011, depois ao de 2010, e assim por diante. Seguem agora os links para que possam ver o trabalho realizado:

Ranking JP do futebol paulista sub-20:

http://www.jogosperdidos2.blogspot.com/2010/12/ranking-jp-do-futebol-paulista-sub-20.html

Ranking JP do futebol paulista sub-17:

http://www.jogosperdidos2.blogspot.com/2010/12/ranking-jp-do-futebol-paulista-sub-17.html

Espero que curtam e como sempre fico à disposição para qualquer esclarecimento. Ah, e aproveito para pedir desculpas pela ausência nesses últimos meses. Em 2012 espero voltar ao normal por aqui.

Abraços à todos!

 

Olá, pessoal!

Numa das minhas andanças à cidade de Barueri, descobri uma camisa diferente do time da cidade, o Grêmio Recreativo Barueri. Para meu espanto, o escudo era outro, acredito que desconhecido para a maioria.

Desde os primeiros jogos do time profissional em 2001 eu nunca vi esse escudo sendo utilizado, então não consegui descobrir o motivo desse logo específico nessa camisa que encontrei. Vale como curiosidade e registro histórico.

Espero que tenham curtido!

Abraços

 

Campanha do CA Silex na conquista da Segunda Divisão da APEA de 1925:

Primeiro Turno

03/05/25 Silex 12-0 Palmeiras FC
17/05/25 Silex 4-0 CA Independência
07/06/25 Silex 5-1 AA Barra Funda
21/06/25 Silex 6-1 Ítalo FC
05/07/25 Silex 5-0 União Brasil FC
10/07/25 Silex 4-0 AA São Geraldo
23/08/25 Silex 4-0 União Belém FC
06/09/25 Silex 1-0 1ºde Maio FC
13/09/25 Silex 3-1 AA República
27/09/25 Silex 1-1 Antarctica FC
11/10/25 Silex 3-0 Flor do Belém FC

Segundo Turno

18/10/25 Silex 4-1 AA República
25/10/25 Silex 1-0 Antarctica FC
08/11/25 Silex 3-3 CA Independência
15/11/25 Silex 2-1 1ºde Maio FC
22/11/25 Silex 2-0 AA Barra Funda

Campanha Final

Jogos: 16
Vitórias: 14
Empates: 2
Derrotas: 0
Gols marcados: 60
Gols sofridos: 9

Fonte: Pesquisa do autor no jornal Folha da Manhã.

 

Já falei sobre isso no JOGOS PERDIDOS, e aproveito para registrar agora aqui no nosso blog. Vou falar sobre uma informação que é constantemente divulgada com erro em vários sites futebolísticos: O campeão da edição 1988 do principal campeonato de juniores do estado de São Paulo. Em todos locais em que fiz minha pesquisa, é citado o título do Botafogo de Ribeirão Preto naquele ano. Mas de acordo com as minhas infindáveis pesquisas, o título é do Grêmio Esportivo Novorizontino. A Pantera foi campeã sim, mas em 1989.

Mas é complicado achar algo sobre campeonatos de base da FPF nos anos 80/90. A própria entidade não possui nenhuma compilação de informações ou algum local específico para se consultar. Os resultados desses torneios são obtidos como se fosse num conta-gotas, já que ninguém se dignou a juntar as informações desses campeonatos num só volume. Tanto que existem confrontos que os resultados simplesmente são impossíveis de se achar. Talvez até sejam possíveis, mas isso com alguém que viva em função dessas pesquisas.

Colocando agora as coisas no panorama da época, em 1988 a FPF resolveu juntar as quatro divisões profissionais existentes em dois campeonatos de juniores. A “Primeira Divisão” de juniores reuniu os times da Primeira Divisão e da Divisão Especial (primeira e segunda divisão estadual, respectivamente), e a “Segunda Divisão” de juniores foi disputada com times da Segunda e Terceira divisões (terceira e quarta divisão). Chamado oficialmente de Campeonato Estadual da Primeira e Divisão Especial de Futebol Júnior, a competição em 1988 reuniu um total de 49 equipes divididas em oito séries.

Quando comecei a pesquisa, fui então ver qual seria a campanha do “campeão” Botafogo nesse ano. Na primeira fase, o Pantera se classificou em segundo lugar no Grupo IV, que também contava com Comercial, Ferroviária, Francana e Radium. Na segunda fase, os times classificados se dividiram em seis chaves, e o Botafogo foi eliminado do torneio num grupo com Comercial (que se classificou) e Ferroviária. Fiquei grilado com isso, pois até no site oficial do time esse título é mencionado.

Continuando com a pesquisa, então descobri que o título era do Novorizontino. A equipe fez boa campanha na fase inicial e garantiu o terceiro lugar no Grupo III, que reuniu os times do XV de Jaú, Noroeste, Catanduvense, Lençoense e Taquaritinga. Na segunda fase, foi o vencedor da chave que reunia também XV de Jaú e Noroeste. Nas quartas-de-final, o Tigre bateu o Comercial. A semi-final foi vencida em dois jogos contra o América. E para chegar ao título, foram necessárias três partidas contra o Juventus para a conquista do caneco.

Segue aqui a histórica campanha do Grêmio Esportivo Novorizontino nesse seu primeiro título da categoria:

Primeira Fase

22/05/88 Novorizontino 6-0 Francana
02/06/88 Novorizontino 2-0 Radium
11/06/88 Botafogo 1-1 Novorizontino
18/06/88 Novorizontino 0-1 Comercial
25/06/88 Ferroviária 0-0 Novorizontino
23/07/88 Taquaritinga 0-2 Novorizontino
30/07/88 Novorizontino 0-0 Catanduvense
03/08/88 Noroeste 0-0 Novorizontino
06/08/88 Novorizontino 1-1 Lençoense
16/08/88 XV Jaú 0-0 Novorizontino
20/08/88 Novorizontino 1-0 Taquaritinga
27/08/88 Catanduvense 1-1 Novorizontino
31/08/88 Novorizontino 2-1 Noroeste
09/09/88 Novorizontino 2-0 XV Jaú
14/09/88 Lençoense 0-3 Novorizontino

Segunda Fase

22/09/88 Novorizontino 0-0 Noroeste
08/10/88 XV Jaú 1-0 Novorizontino
12/10/88 Noroeste 1-3 Novorizontino
26/10/88 Novorizontino 1-0 XV Jaú

Quartas-de-final

12/11/88 Novorizontino 2-0 Comercial
19/11/88 Comercial 0-1 Novorizontino

Semi-final

03/12/88 Novorizontino 3-1 América
08/12/88 América 1-1 Novorizontino

Final

14/12/88 Novorizontino 1-1 Juventus
17/12/88 Juventus 0-0 Novorizontino
20/12/88 Juventus 0-1 Novorizontino

O Tigre fez um total de 26 jogos, com 13 vitórias, 11 empates e apenas 2 derrotas. A equipe marcou 34 gols e sofreu 10. Depois de ter fechado a pesquisa dessa competição, fiquei com uma dúvida: Se o Botafogo não tinha sido campeão em 1988, por qual motivo todos os sites mencionavam esse título? Tive essa pergunta respondida ao pesquisar sobre o torneio de 1989. Acredito que alguém tenha feito uma confusão nos tempos da onça e todos foram no embalo.

O torneio de 1989 teve o mesmo número de times de 1988, mas uma fórmula diferente. O tricolor de Ribeirão Preto fez parte do Grupo IV, que reuniu também os times do XV de Jaú, Francana, Comercial, Novorizontino, Catanduvense, Ferroviária e Taquaritinga. Ao contrário do ano anterior, aqui os oito times disputavam apenas duas vagas para a fase seguinte, e além do Botafogo, o XV de Jaú também se classificou. Na segunda fase, o time estava numa chave com América, Portuguesa e Marília, e após ter ficado com a primeira colocação, foi para a Semi-final.

Na semi-final, o Botafogo eliminou o Mogi Mirim, e na Final a equipe simplesmente massacrou o União São João no primeiro jogo e, jogando com o regulamento em Araras, conquistou o título da categoria. Segue abaixo a campanha da equipe nessa conquista:

Primeira Fase

16/06/89 Botafogo 4-0 Ferroviária
24/06/89 XV Jaú 2-1 Botafogo
01/07/89 Novorizontino 0-1 Botafogo
07/07/89 Botafogo 0-0 Catanduvense
15/07/89 Taquaritinga 1-2 Botafogo
19/07/89 Botafogo 2-0 Comercial
06/08/89 Francana 0-0 Botafogo
19/08/89 Ferroviária 1-1 Botafogo
26/08/89 Botafogo 2-3 XV Jaú
01/09/89 Botafogo 1-0 Novorizontino
09/09/89 Catanduvense 1-2 Botafogo
16/09/89 Botafogo 5-0 Taquaritinga
23/09/89 Comercial 1-1 Botafogo
30/09/89 Botafogo 3-0 Francana

Segunda Fase

14/10/89 Botafogo 3-1 Marília
18/10/89 América 0-0 Botafogo
21/10/89 Portuguesa 1-2 Botafogo
28/10/89 Botafogo 2-0 Portuguesa
04/11/89 Botafogo 0-1 América
11/11/89 Marília 0-1 Botafogo

Semi-final

18/11/89 Mogi Mirim 0-0 Botafogo
25/11/89 Botafogo 1-1 Mogi Mirim
29/11/89 Mogi Mirim 1-1 Botafogo

Final

02/12/89 Botafogo 6-0 União São João
09/12/89 União São João 1-1 Botafogo

A campanha botafoguense teve um total de 25 partidas, com 13 vitórias, 9 empates e apenas 3 derrotas. Foram marcados 42 gols e o time sofreu 15.

É isso… um fato histórico devidamente corrigido.

Até a próxima!

Fonte: Pesquisas do autor na FPF e www.jogosperdidos.zip.net

 
O São Joaquim Futebol Clube, da cidade de São Joaquim da Barra, recebeu sua taça de Campeão Paulista da Série B2 (equivalente à quinta divisão) após pouco mais de 15 anos da sua conquista. O time que foi campeão em 1995 passou por dificuldades e seguiu na disputa da competição graças a ajuda dos moradores.

O capitão do time na época, Júlio César Barbosa, contou das dificuldades que o time passou. “Foi um campeonato difícil, estávamos invictos até a metade da competição, e a partir daí paramos de receber, jogamos metade do campeonato sem receber dinheiro, e se sabe que fazer futebol profissional sem dinheiro é praticamente impossível”, falou Julio que comenta da vontade dos seus companheiros. “Tivemos uma entrega muito grande, os outros jogadores se doaram em campo e tivemos ajuda de alguns amigos que nem do clube fazia parte”, contou o capitão.

O time foi campeão com apenas duas derrotas na competição que era disputada por pontos corridos. “Este título além de importante para nós da equipe, também é importante para a cidade, mesmo com o reconhecimento tardio”, contou o ex-capitão e hoje fisioterapeuta Julio César.

O técnico da equipe na época, Maxwell Cove falou da importância do título ser reconhecido. “Foi uma conquista esse título ser reconhecido, e é um prazer muito grande estar aqui recebendo esse troféu”, disse o ex-jogador de Palmeiras e Cruzeiro que também relembrou de seus comandados. “Eles foram de uma entrega imensa, fizeram o máximo mesmo sem estar recebendo, contei com o caráter de todos que ali estavam”, contou o treinador.

O time de São Joaquim da Barra planeja fazer um jogo festivo com os jogadores que atuavam na época para fazer a entrega das medalhas e apresentar o troféu à cidade. O ex-capitão Julio Cesar falou do jogo. “Vamos fazer esse jogo para entregar a medalha a todos os jogadores que atuavam no time, eles merecem também ter esse reconhecimento e ter a medalha do título”, contou Julio Cesar.

O presidente da Federação Paulista de Futebol desde 2003, Dr. Marco Polo Del Nero, comentou da entrega da taça e da importância para a Federação esse reconhecimento. “É importante para nós também, reconhecemos um título legítimo que faltava ser entregue a taça, foi verificado que eles mereciam esse reconhecimento e foi feita a entrega da taça e das medalhas”.

“Resgatamos essa historia e fizemos a entrega merecida para o time e para cidade”, completou o presidente.

Fonte: http://www.futebolpaulista.com.br/info_texto.php?cod=44951

[...]
Agora uma dúvida para todos os amigos (acho que talvez o Jorge possa me responder): Por qual motivo a equipe não recebeu a taça no ano da conquista ou logo depois? Sei que eles foram campeões mesmo perdendo para o Lençoense por 4×2 em Lençóis Paulista, e como o Aparecida também venceu seu último jogo o título foi decidido no saldo de gols. Mas pq tanta demora?
 

A Prefeitura de São Paulo organizou entre os anos 70 e 80 a Taça São Paulo de Futebol Infantil. A competição não teve uma sequência “normal” como a Taça São Paulo de Futebol Juvenil (posteriormente conhecida como Copa São Paulo de Juniores), mas de qualquer forma seguem os campeões e vices até a edição 1987 da competição:

1972 C Atlético Mineiro     São Paulo FC
1974 Grêmio FBPA            SC Corinthians P
1980 AA Ponte Preta         CEE Ibirapuera
1981 SE Palmeiras           CA Paulistinha
1982 CA Juventus            C Atlético Mineiro
1983 A Portuguesa de D      SE Matsubara
1984 Joinville EC           AA Ponte Preta
1985 CR Flamengo            Grêmio FBPA
1987 C Atlético Mineiro     Guarani FC

 

O Esporte Clube São Bernardo tem feito belíssima campanha no Campeonato Paulista sub-20 da 2ªdivisão, inclusive quebrando um tabu: desde 1999 a equipe não chegava entre as quatro melhores colocadas de uma competição promovida pela FPF.

Naquele ano, a equipe do ABC Paulista ficou na quarta colocação entre 44 participantes. O formato do torneio era bastante diferente do campeonato 2010, e as quatro melhores equipes se enfrentaram em jogos de ida e volta num Quadrangular decisivo.

Confiram a campanha do alvi-negro de São Bernardo do Campo:

PRIMEIRA FASE
19/06/99 Guarujá 0-0 São Bernardo
26/06/99 São Bernardo 0-0 Palestra
03/07/99 Jabaquara 0-0 São Bernardo
17/07/99 São Bernardo 2-2 Jabaquara
24/07/99 Palestra 1-2 São Bernardo
31/07/99 São Bernardo 4-1 Guarujá
SEGUNDA FASE
15/08/99 São Bernardo 2-0 Guaçuano
21/08/99 Flamengo 2-2 São Bernardo
28/08/99 São Bernardo 1-1 ECUS
04/09/99 ECUS 1-0 São Bernardo
07/09/99 São Bernardo 2-1 Flamengo
11/09/99 Guaçuano 1-2 São Bernardo
TERCEIRA FASE
18/09/99 São Bernardo 1-1 Elosport
25/09/99 São Bernardo 0-0 Jabaquara
02/10/99 Capivariano 2-1 São Bernardo
09/10/99 São Bernardo 2-1 Capivariano
16/10/99 Jabaquara 0-1 São Bernardo
23/10/99 Elosport 1-4 São Bernardo
QUADRANGULAR FINAL
30/10/99 São Bernardo 2-0 Santa Ritense
06/11/99 São Bernardo 0-0 ECUS
13/11/99 Guapira 3-1 São Bernardo
20/11/99 São Bernardo 0-0 Guapira
27/11/99 ECUS 3-0 São Bernardo
04/12/99 Santa Ritense 4-0 São Bernardo

O Bernô jogou 24 vezes, somando 9 vitórias, 10 empates e 5 derrotas. A equipe marcou 29 gols e sofreu 25. Em tempo, o Guapira foi o campeão daquele ano, com a equipe da Santa Ritense ficando com o vice-campeonato… curiosamente duas equipes que já se afastaram do profissionalismo.

O time perdeu o primeiro jogo das semi-finais desse ano contra a Internacional de Limeira no último sábado por 1×0. Mas uma vitória simples no próximo final de semana leva o São Bernardo para a final da competição.

 

Olá, amigos!

CapaNoEsquinado#2

Alguns já sabem, mas queria reiterar aqui que o número 2 da revista No Esquinado já está disponível para a venda tanto na internet quanto em alguns pontos aqui na cidade de São Paulo. Nesse segundo número são 68 páginas com todas as fichas técnicas dos campeonatos profissionais que estão rolando pelo Brasil. Nesse número também há 12 páginas com resultados de campeonatos internacionais.

Todos aqui do blog, verdadeiros amantes da história do futebol, merecem ter esse exemplar em casa. Maiores informações vocês podem encontrar no www.jogosperdidos.com.br . E enquanto vocês se deliciam com as informações dessa revista, nós já estamos preparando o número 3.

Abraços e aguardo vocês curtindo a revista!

 

Peço liçenca a todos amigos do blog e tenho o prazer de anunciar que um sonho antigo do JOGOS PERDIDOS finalmente se tornou realidade. Depois de dois meses de árduo trabalho, a revista NO ESQUINADO nasceu para os “órfãos” dos antigos placares esportivos dos anos 70/80. Imagino que todos aqui se encaixem nessa afirmação…

Como vivemos num país em que a grande maioria dos jogos válidos por campeonatos profissionais nem sequer é citada pelos grandes veículos, resolvemos compilar numa edição mensal todos os jogos realizados por campeonatos profissionais pelo Brasil. Nessa primeira edição, que tem resultados de jogos de 25/06 até 26/07, são mais de 400 fichas técnicas (95% delas completas) em 40 páginas de pura informação.

A revista terá o valor de 10 reais e a compra poderá ser feita pela internet, via pagseguro do UOL, que tem com as opções de cartão de débito ou boleto bancário. Também teremos dois pontos de venda na capital paulista (um na Praça da República e outro no bairro da Liberdade a partir da próxima semana).

Já estamos preparando o número 2, mas dependemos muito de todos os verdadeiros amantes do futebol, já que por ser uma produção “independente” a divulgação dos amigos será essencial. Fico à disposição para qualquer esclarecimento ou dúvida de vocês no e-mail noesquinado@jogosperdidos.com.br.

E espero que gostem de ler o NO ESQUINADO tanto quanto eu curti montar essa primeira edição.

Fernando

 

[todos os jogos do torneio foram disputados na Arena Barueri]

Primeira Fase

Grupo A
SE Palmeiras (São Paulo/Brasil)
FC do Porto (Porto/Portugal)
CR Flamengo (Rio de Janeiro/Brasil)
CA Peñarol (Montevidéu/Uruguai)

[Jul 26]
 Palmeiras 3-1 Porto
 Flamengo 1-0 Peñarol

[Jul 27]
 Peñarol 3-2 Palmeiras
 Flamengo 3-0 Porto

[Jul 29]
 Porto 1-3 Peñarol
 Palmeiras 1-2 Flamengo

                   PG  J  V  E  D GP-GC   S
 1.Flamengo         9  3  3  0  0  6- 1   5
 2.Peñarol          6  3  2  0  1  6- 4   2
 ——————————————
 3.Palmeiras        3  3  1  0  2  6- 6   0
 4.Porto            0  3  0  0  3  2- 9  -7

Grupo B

CA Boca Juniors (Buenos Aires/Argentina)
SC Corinthians P (São Paulo/Brasil)
Santos FC (Santos/Brasil)
Sevilla FC (Sevilla/Espanha)

[Jul 26]
 Corinthians 1-0 Boca Juniors
 Santos 6-4 Sevilla

[Jul 27]
 Corinthians 0-1 Sevilla
 Boca Juniors 1-2 Santos

[Jul 29]
 Sevilla 5-0 Boca Juniors
 Santos 3-3 Corinthians

                   PG  J  V  E  D GP-GC   S
 1.Santos           7  3  2  1  0 11- 8   3
 2.Sevilla          6  3  2  0  1 10- 6   4
 ——————————————
 3.Corinthians      4  3  1  1  1  4- 4   0
 4.Boca Juniors     0  3  0  0  3  1- 8  -7

Nota: Flamengo, Peñarol, Santos e Sevilla garantiram vaga nas semifinais.

Semifinal

[Jul 30]
 Flamengo 6-0 Sevilla
 Santos 3-0 Peñarol

Nota: Flamengo e Santos se classificaram para a Final do torneio, enquanto Sevilla e Peñarol decidem o terceiro lugar.

Decisão do 3ºlugar

[Jul 31]
 Sevilla 1-1 Peñarol [1-3 pênaltis]

Final

[Ago 01]
 Flamengo 2-2 Santos [4-5 pênaltis]

Nota: Com esses resultados, o Santos sagrou-se Campeão da Supercopa Eurofarma de Futebol Júnior e o Peñarol foi o terceiro colocado.

 

Olá pessoal!

Mesmo com o meu PC queimado, segue agora o novo escudo que vem sendo utilizado pelo EC Primavera de Indaiatuba na disputa da Segundona Paulista 2010:

Acredito que seja novidade para a maioria, pois foi para mim também.

Foto: Orlando Lacanna / www.jogosperdidos.zip.net

 

Consegui no final de semana o escudo que o Barretos EC está utilizando na Segundona 2010. Achei o escudo muito mais bonito do que os anteriores, pois é simples e bastante interessante. Acredito que seja novidade para muitos, pois eu também não sabia da alteração.

EscudoNovoBarretos

Foto: Luciano Claudino.

 

No último sábado estive presente no jogo União Suzano 1-2 Joseense, e vi que o time de São José dos Campos está utilizando um novo escudo na camisa:

USAC1-2Jos_EscJ

Perguntei para o pessoal da comissão técnica e eles confirmaram que estão utilizando desde o começo da Segundona esse novo escudo. Eu achei o mais legal do time até hoje…

Foto: Fernando Martinez/Jogos Perdidos (www.jogosperdidos.zip.net)

 

No próximo domingo teremos a partida entre EC São Bernardo x Jabaquara pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Esse foi um confronto muito comum nos anos 90, quando as duas equipes disputaram as mesmas competições. De 1990 até 1999, somente em 1994 os dois times não se enfrentaram.

Com o rebaixamento do Bernô para a Terceira Divisão estadual em 1990, lugar que o Jabuca já ocupava desde 1983, os confrontos se tornaram inevitáveis. Na “primeira fase” do duelo, que aconteceu de 1990 até 1993 com 10 jogos, o time do ABC paulista começou dominando com cinco jogos invictos, e depois o Jabuca conseguiu equilibrar as ações. Mas na “segunda fase” do confronto, que foi de 1995 até 1999, o domínio foi absoluto do time santista.

Em virtude das pífias campanhas do Bernô no final da década, o domínio jabaquarense foi avassalador. Nos 10 jogos disputados na época o alvinegro ganhou somente o primeiro, e foi derrotado sete vezes nos nove jogos restantes. Segue agora a história completa desse duelo em campeonatos paulistas:

29/07/90 EC São Bernardo 1-0 Jabaquara
16/09/90 Jabaquara 1-2 EC São Bernardo
14/04/91 Jabaquara 0-0 EC São Bernardo
26/05/91 EC São Bernardo 1-0 Jabaquara
29/03/92 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
17/05/92 Jabaquara 1-0 EC São Bernardo
04/04/93 EC São Bernardo 1-1 Jabaquara
16/05/93 Jabaquara 1-1 EC São Bernardo
31/10/93 Jabaquara 4-3 EC São Bernardo
21/11/93 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
11/06/95 Jabaquara 0-1 EC São Bernardo
24/09/95 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
21/04/96 EC São Bernardo 1-2 Jabaquara
28/07/96 Jabaquara 4-0 EC São Bernardo
06/07/97 Jabaquara 3-1 EC São Bernardo
20/08/97 EC São Bernardo 0-2 Jabaquara
31/05/98 Jabaquara 3-0 EC São Bernardo
06/09/98 EC São Bernardo 0-1 Jabaquara
10/07/99 EC São Bernardo 1-1 Jabaquara
29/08/99 Jabaquara 3-1 EC São Bernardo

HistoriaECSBxJAC

 

Com início programado para 10 de abril e término em 27 de novembro, a Federação Paulista de Futebol anunciou nessa quinta-feira, 18 de março, as equipes que disputarão os Campeonatos Paulistas sub-15 e sub-17 2010 junto com seu regulamento. Serão 78 times divididos em 10 grupos na primeira fase e para a segunda fase, se classificam os três primeiros de cada chave além dos dois melhores quartos colocados.

Grupo 1
CA Assisense
Grêmio Novorizontino
Grêmio R Prudente
José Bonifácio EC
CA Linense
Marília AC
CA Penapolense

Grupo 2
América FC
Mirassol FC
A Monte Azul
Olímpia FC
Rio Preto EC
Tanabi EC
CA Votuporanguense

Grupo 3
Batatais FC
Botafogo FC
Comercial FC
AA Francana
AA Internacional (Bebedouro)
Jaboticabal A
Olé Brasil FC
Sertãozinho FC

Grupo 4
Américo EC
Guariba EC
SE Palmeirinha
CA Paulistinha
Rio Claro FC
São Carlos FL
CA Taquaritinga
AE Velo Clube

Grupo 5
Amparo AC
CA Guaçuano
Independente FC
SE Itapirense
CA Lemense
Mogi Mirim EC
EC São Judas Tadeu
União São João EC

Grupo 6
Desportivo Brasil PL
Guarani FC (jogará em Monte Mór)
Paulínia FC
AA Ponte Preta
EC Primavera
Rio Branco EC
UA Barbarense FC
EC XV de Novembro (Piracicaba)

Grupo 7
AD Diadema
Grêmio E Osasco
CA Juventus
Nacional AC
A Portuguesa de D
São Paulo FC (jogará em Cotia)
Sport C Barueri
CA Taboão da Serra

Grupo 8
Jabaquara AC
GE Mauaense
AA Portuguesa
Santos FC
EC Santo André
São Bernardo FC
AD São Caetano
São Vicente AC

Grupo 9
SC Atibaia
CA Bragantino
SC Corinthians P
AA Flamengo
AD Guarulhos
Pão de Açúcar EC
Paulista FC
Red Bull Brasil (jogará em Campo Limpo Paulista)

Grupo 10
ECUS
Força EC (jogará em Guarulhos)
SE Palmeiras
FC Primeira Camisa
São José EC
EC Taubaté
União FC (Mogi das Cruzes)
União Suzano AC

Além da presença inédita do CA Votuporanguense, que também participará da Segundona 2010, três times disputarão uma competição realizada pela FPF pela primeira vez: Grêmio Novorizontino, São Judas Tadeu e Diadema. Tanabi e Jaboticabal, que estão fora do futebol profissional nesse ano, farão parte das duas competições.

Fonte: Federação Paulista de Futebol

 

A goleada de 10×0 do Santos em cima do Naviraiense, pela Copa do Brasil, foi a 24ª que o time da Vila Belmiro marcou 10 gols ou mais na sua gloriosa história. Mesmo assim, a última vez que isso aconteceu foi em 1970, 40 anos atrás. E na sua casa, a equipe não fazia uma goleada com “dois dígitos” desde o longínquo 21 de novembro de 1964, quando humilhou o Botafogo-RP por 11×0. As outras 23 vezes em que o ataque santista fez “dois dígitos” de gols são as seguintes:

23/12/1917: Santos 10-3 SC Internacional de São Paulo (Amistoso)
28/07/1918: Santos 10-0 Americana de Santos (Amistoso)
09/03/1919: Santos 10-0 SPR (Santos) (Amistoso)
09/04/1919: Santos 10-0 SPR (Santos) (Amistoso)
02/01/1927: Santos 11-1 C A Ypiranga (Amistoso)
03/05/1927: Santos 12-1 C A Ypiranga (Paulista)
13/05/1927: Santos 10-2 República FC (Paulista)
05/06/1927: Santos 11-2 Barra Funda (Paulista)
03/07/1927: Santos 11-3 Americano (ex-Auto Audax) (Paulista)
21/08/1927: Santos 10-1 Guarani de Campinas (Paulista)
16/09/1928: Santos 10-0 Portuguesa de Desportos (Paulista)
14/04/1935: Santos 10-1 Hespanha FC (Amistoso)
20/05/1941: Santos 10-3 Coritiba (Amistoso)
07/06/1942: Santos 10-2 Comercial da Capital (Paulista)
29/12/1957: Santos 10-3 Nitro-Química (Amistoso)
11/09/1958: Santos 10-0 Nacional da Capital (Paulista)
19/11/1959: Santos 12-1 Ponte Preta (Paulista)
31/05/1960: Santos 10-1 Royal Beerschot (Amistoso)
10/01/1961: Santos 10-2 Guarani (Amistoso)
06/09/1961: Santos 10-1 Juventus (Paulista)
21/11/1964: Santos 11-0 Botafogo-RP (Paulista)
16/05/1965: Santos 11-1 Grêmio Maringá (Amistoso)
14/06/1970: Santos 10-0 Benfica de Hudson (Amistoso)

Fonte: Site oficial do Santos FC

 

Foram divulgados hoje tabela e regulamento do Canpeonato Paulista da Segunda Divisão 2010, que contará com a participação de 46 equipes. Em relação à 2009, cinco times não disputarão a competição (Oeste Paulista, CAL Bariri, Barcelona, Jaboticabal e Tanabi), enquanto seis times iniciarão suas atividades ou retornarão ao profissionalismo (Amparo, Paulistinha, Presidente Prudente, CA Votuporanguense, Brasilis e EC São Bernardo). Os grupos foram assim divididos:

Grupo 1
Ilha Solteira
Santacruzense
CA Votuporanguense
Assisense
Fernandópolis
José Bonifácio
Presidente Prudente
Tupã

Grupo 2
Américo
Internacional de Bebedouro
Barretos
Paulistinha
Guariba
Olé Brasil
Matonense

Grupo 3
Internacional de Limeira
Velo Clube
Brasilis
Guaçuano
Independente
Radium
Palmeirinha

Grupo 4
Amparo
Capivariano
Desportivo Brasil
Elosport
Primavera
Paulínia
SEV
Sumaré

Grupo 5
Joseense
ECUS
Primeira Camisa
Jacareí
Mogi das Cruzes
União Mogi
Atibaia
União Suzano

Grupo 6
Guarulhos
Taboão da Serra
EC São Bernardo
Mauaense
Jabaquara
Nacional
Palestra
São Vicente

Os quatro primeiros colocados de cada grupo se classificam para a Segunda Fase. A primeira rodada acontece em 02 de maio, enquanto a final da competição está programada para 07 de novembro.

Informações: Site da FPF.

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha