Torneio Laudo Natel 1972

Primeira Fase

Jogos de ida – 06/02/1972

G1 – MARÍLIA      2 x 1 NOROESTE – Bento de Abreu Sampaio Vidal, Marília, SP �
G2 – BOTAFOGO      1 x 0 COMERCIAL – Ribeirão Preto, SP �
G3 – FERROVIÁRIA    1 x 1 AMÉRICA – Fonte Luminosa, Araraquara, SP �
G4 – SÃO BENTO      1 x 1 XV DE PIRACICABA – Humberto Realle, Sorocaba, SP �
G5 – PAULISTA       2 x 3 GUARANI – Jaime Cintra, Jundiaí, SP �
G6 – PORT. SANTISTA 0 x 2 JUVENTUS – Canindé, São Paulo, SP

Jogos de volta – 12/02/1972

G1 – NOROESTE       3 x 3 MARÍLIA – Alfredo de Castilho, Bauru, SP �
G2 – COMERCIAL      2 x 0 BOTAFOGO – Ribeirão Preto, SP
Penâltis: Comercial 4x3�
G3 – AMÉRICA        1 x 1 FERROVIÁRIA – Mário Alves de Mendonça, S. José Rio Preto, SP�
Penâltis: Ferroviária 4x3�
G4 – XV DE PIRAC.   0 x 4 SÃO BENTO – Barão da Serra Negra, Piracicaba, SP �
G5 – GUARANI        0 x 0 PAULISTA – Brinco de Ouro, Campinas, SP �
G6 – JUVENTUS       6 x 3 PORT. SANTISTA – Rua Javari, São Paulo, SP

Segunda fase

Jogos únicos – 20/02/1972

J1 – MARÍLIA        1 x 0 SANTOS – Bento de Abreu Sampaio Vidal, Marília, SP �
J2 – COMERCIAL      0 x 0 CORINTHIANS – Francisco Palma Travassos, Rib. Preto, SP�
Prorrogação: 0×0 – Pênaltis: Comercial 5x3�
J3 – PALMEIRAS      1 x 0 FERROVIÁRIA – Parque Antarctica, São Paulo, SP �
J4 – SÃO BENTO      1 x 2 SÃO PAULO – Humberto Realle, Sorocaba, SP �
J5 – GUARANI        1 x 0 PONTE PRETA – Brinco de Ouro, Campinas, SP �
J6 – JUVENTUS       2 x 3 PORTUGUESA DESP. – Rua Javari, São Paulo, SP�
Tempo normal: 2×2 – Prorrogação: Portuguesa 1×0

Terceira fase

Jogos únicos – 23/02/1972 e 25/02/72

23/02/1972
J1 – MARÍLIA 2 x 1 COMERCIAL – Bento de Abreu Sampaio Vidal, Marília, SP �
J3 – PORTUGUESA DESP. 3 x 0 GUARANI – Parque Antarctica, São Paulo, SP

25/02/1972
J2 – PALMEIRAS 0 x 0 SÃO PAULO – Pacaembu, São Paulo, SP�
Prorrogação: 0×0 – Pênaltis: Palmeiras 7×6 (4×4 na primeira série e 3×2 na segunda série)

Quarta fase

Semifinal (Palmeiras ficou com bye, já classificado para a final)

27/02/1972
SF – PORTUGUESA DESP. 3 x 0 MARÍLIA – Parque Antarctica, São Paulo, SP

Decisão do título:

Final

29/02/1972
F – PALMEIRAS 3 x 1 PORTUGUESA DESP. – Pacaembu, São Paulo, SP �
(*) O PALMEIRAS SAGROU-SE CAMPEÃO DO TORNEIO LAUDO NATEL DE 1972

Fontes:
Arquivo do autor
Acervo da Folha de São Paulo
Revista Placar

 

sis1983sUNSHINE83Sunshine International Series 1983

25/maio/1983

TAMPA BAY ROWDIES (EUA) 0 x 1 MANCHESTER CITY (ING)
Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos
Gol: Dennis Tueart

FT. LAUDERDALE STRICKERS (EUA) 3 x 1 XV DE JAÚ (SP)
Local: Lockhart, Fort Lauderdale (Flórida), Estados Unidos
Gols: ??? / ?

28/maio/1983

TAMPA BAY ROWDIES (EUA) 3 x 1 XV DE JAÚ (SP)
Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos
Gols: Fernando (2) e Nogly / ?

FT. LAUDERDALE STRICKERS (EUA) 2 x 4 MANCHESTER CITY (ING)
Local: Lockhart, Fort Lauderdale (Flórida), Estados Unidos
Gols: ?? / ????

 

Classificação Final (PG)

1º Manchester City (ING) – 4 (CAMPEÃO)
2º Fort Lauderdale Strickers (EUA) e Tampa Bay Rowdies (EUA) – 2
4º XV DE JAÚ (SP) – 0

 
Torneio de 1982

Torneio de 1982

Sunshine International Series 1982

24/julho/1982

TAMPA BAY ROWDIES (EUA) 1 x 3 IPSWICH TOWN (ING)
Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos
Gols: Fernando / Alan Brazil, Terry Butcher e Tony Kinsella

FT. LAUDERDALE STRICKERS (EUA) 1 x 2 SÃO PAULO (SP)
Local: Lockhart, Fort Lauderdale (Flórida), Estados Unidos
Gols: Ray Hudson / Renato (2)

28/julho/1982

TAMPA BAY ROWDIES (EUA) 2 x 3 SÃO PAULO (SP)
Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos
Gols: Fernando e Kozic / Everton, Paulo Cesar e Perry Van Der Beck (contra)

FT. LAUDERDALE STRICKERS (EUA) 0 x 1 IPSWICH TOWN (ING)
Local: Lockhart, Fort Lauderdale (Flórida), Estados Unidos
Gol: Eric Gates

31/julho/1982

IPSWICH TOWN (ING) 0 x 1 SÃO PAULO (SP)

Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos (PRELIMINAR)
Gol: Jaiminho

TAMPA BAY ROWDIES (EUA) 1 x 3 FT. LAUDERDALE STRICKERS (EUA)Local: Tampa Stadium, Tampa (Flórida), Estados Unidos (J.PRINCIPAL)
Gols: DeBrito / ???

Classificação Final (PG)

1º São Paulo (SP) – 6  (CAMPEÃO)
2º Ipswich Town (ING) – 4
3º Fort Lauderdale Strickers (EUA) – 2
4º Tampa Bay Rowdies (EUA) – 0

 

Não localizei esta partida nos jogos da Seleção Brasileira, porém a Gazeta Esportiva de 17/12/1934 trata este jogo como sendo Selecionado da CBD (que havia disputado a Copa de 1934, reforçado de Victor e Nariz) x Palestra Itália e ainda como sendo o primeiro jogo do Tricampeão Paulista da época (1932/1933/1934) como recém filiado na CBD, após nova dissidência no futebol paulista.

No livro da CBF (do Napoleão e do Assaf) aparecem dois jogos antes deste e os jogadores da Seleção são praticamente os mesmos:

Seleção Bahia 1 x 2 BRASIL – 20/09/1934 – Salvador (BA)

Seleção Pernambuco 3 x 5 BRASIL – 07/10/1934 – Recife (PE)

Eis a ficha do jogo (provavelmente esquecido pelos autores):

Selecionado da CBD 4 x 1 Palestra Itália

Data: 16/12/1934

Local: Parque Antarctica – São Paulo-SP

Apitou a partida o Sr. Virgílio Fredrilhi

Gols: Leônidas aos 5′ e 15′ e Armandinho 35′ e Romeu (Palestra, de penâlti) aos 40′ do 1º tempo; Waldemar aos 10′ do 2º.

Palestra: Aymoré; Carnera e Narciso; Tunga, Dula e Zezé; Avelino, Sandro, Romeu, Carnieri (Carazzo) e Imparato.

Seleção: Victor; Silvio e Nariz; Ariel, Martin (Carvalho Leite) e Canalli; Caldeira, Waldemar de Brito, Armandinho, Leônidas da Silva e Patesko.

Fonte: Gazeta Esportiva nº 409, de 17 de dezembro de 1934

 

Campeonato Paulista de 1902 – Todas as fichas técnicas

Dia 3 de maio de 1902 – Jogo nº 001
MACKENZIE 2 x GERMÂNIA 1
Local: Parque da Antarctica Paulista
Mackenzie: Redher, Belfort Duarte e Warner; Sampaio, Alicio de Carvalho e Lourenço; Yelrd, Epingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Lopes.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Linz, Russo, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Marcadores: Eppingaus (1º tempo), Kirschner (37-1) e Alicio de Carvalho (38-2).
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa.

Dia 8 de maio de 1902 – Jogo nº 002
SÃO PAULO 4 x PAULISTANO 0
Local: Parque da Antarctica Paulista.
SPAC: Andrews, A.Kenworthy e G.Kenworthy; Heyecock, Wucherer e Biddell; H.S.Boyes, Brough, Charles Miller, Montandon e W.Jefferey.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers e Rubião; E.Barros, Olavo e Renato Miranda; B.Cerqueira,J.Marques, Álvaro Rocha, Ibanez Salles e O.Marques.
Marcadores: Boyes (2),Jeffery e Charles Miller.
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa

Dia 11 de maio de 1902 – Jogo nº 003
GERMÂNIA 2 x INTERNACIONAL 0
Local: Parque da Antarctica Paulista.
lnternacional: Ozorio, Gutto e Maio; Armando, Vevé e Rubião; Duarte, Hime, Cox, Casimiro da Costa e Carlinhos.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling, Kawall, Baumann e Muss; Linz, Russo, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Marcadore: Kirschner (2)
Árbitro: Charles Miller.

Dia 13 de maio de 1902 – Jogo nº 004
SÃO PAULO 3 x MACKENZIE 0
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
São Paulo: Andrews, Jeffery e Unwin; Heyecock, Wucherer e Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Sparkes e Boyes.
Mackenzie: Duarte de Azevedo, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Alício de Carvalho e Sampaio; Lourenço, Mario Eppingaus, Armando Paixão, Pedro Bicudo e Lopes.
Marcadores: Brough (2) e Charles Miller.
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa.

Dia 29 de maio de 1902 – Jogo nº 005
INTERNACIONAL 1 x MACKENZIE 1
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
lnternacional: Ozorio, Gutto e Maio; Armando, Vevé e Rubião; Duarte, Hime, Cox, Casimiro da Costa e Carlinhos.
Mackenzie: Duarte de Azevedo, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Sampaio e Alício de Carvalho; Yelrd, Mario Eppingaus, Armando Paixão, Pedro Bicudo e Lopes.
Marcadores: Casimiro da Costa (1º tempo) e Alício de Carvalho (39-2).
Árbitro: O.Nobiling.

Dia 7 de junho de 1902 – Jogo nº 006
PAULISTANO 2 x MACKENZIE 2
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers e Rubião; E.Barros, Olavo e Renato Miranda; B.Cerqueira, J.Marques, Álvaro Rocha, Ibanez Salles e O.Marques.
Mackenzie: Redher, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Alício de Carvalho e Lourenço; Sampaio, Mario Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Lopes.
Marcadores: Alício de Carvalho, Renato Miranda (1º tempo), Ibanez Salles e Mario Eppingaus (2º tempo).
Árbitro: Jorge Mesquita.

Dia 8 de junho de 1902 – Jogo nº 007
SÃO PAULO 3 x INTERNACIONAL 0
Local: Campo do SPAC, da rua Consolação, 125.
SPAC: Andrews, Jeffery e Unwin; Heyecock, Wucherer e Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Sparkes e H.S.Boyes.
Internacional: Ozorio, Gutto e Corbet; Armando, Vevé e Rubião; Duarte, Hirne, Cox, Prado e Carlinhos.
Marcadores: Corbet (contra), Charles Miller (1º tempo) e Corbet (contra, 2º tempo).
Árbitro: Sr. Laurent.

Dia 15 de junho de 1902 – Jogo nº 008
PAULISTANO 3 x INTERNACIONAL 1
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
Paulistano: Geraldo, Pacheco Jordão e Olavo; E.Barros, G.Rubião e Renato Miranda; B.Cerqueira, João da Costa Marques, Álvaro Rocha, Ibanez Salles e O.Marques.
Internacional: Ozorio, Antony e S.Queiroz; A.Carvalho, Gutto e Mario; Alberto Meira, Rubião, Duarte, J.Prado e Holland.
Marcadores: Álvaro Rocha (1º tempo). No 2º tempo marcaram Holland (penalti) e João da Costa Marques.
Árbitro: W.Jeffery.

Dia 29 de junho de 1902 – Jogo nº 009
SÃO PAULO 0 x PAULISTANO 1
Local: Campo do SPAC, da rua Consolação, 125.
SPAC: Andrews, Jeffery e Unwin; Heyecock, Wuecherer e Biddell; Blackock, Guerra, Charles Miller, Montandon e Boyes.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Marques e G.Rubião; Renato Miranda, O.Barros e Ibanez Salles; Jordão, Oscar, Álvaro Rocha, E.Barros e João da Costa Marques.
Marcador: Álvaro Rocha (33-1).
Árbitro: Jorge Mesquita.

Dia 14 de julho de 1902 – Jogo nº 010
MACKENZIE 2 x GERMÂNIA 0
Local: Parque da Antarctica Paulista.
Mackenzie: Duarte de Azevedo, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Lourenço e Alício de Carvalho; Sampaio, Mario Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Edmundo Lopes.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Russo, Linz, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Marcadores: Alício de Carvalho e Pedro Bicudo.
Arbitro: Charles MIiller.

Dia 20 de julho de 1902 – Jogo nº 011
GERMÂNIA 0 x SÃO PAULO 4
Local: Parque da Antarctica Paulista.
Germânia: Handschick, Vaz Porto e Nobiling; Kawall, Baumann e Riether; Russo, Linz, Kirschner, Nicolau Gordo e Munhoz.
SPAC: Andrews, Guerra e Unwin; Heyecock, Wucherer e Biddell; Tomkins, Jeffery, Charles Miller, Sparkes e Boyes.
Marcadores: Charles Miller, Jeffery (1º tempo), Jeffery e Charles Miller (2º tempo).
Árbitro: W.Holland.

Dia 27 de julho de 1902 – Jogo nº 012
GERMÂNIA 0 x PAULISTANO 2
Local: Parque da Antarctica Paulista.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Russo, Linz, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Marques e G.Rubião; Renato Miranda, O.Barros e Ibanez Salles; Jordão, Oscar da Costa Marques, Álvaro Rocha e Edgard de Barros.
Marcadores: Oscar da Costa Marques (1º tempo) e Edgard de Barros (2º tempo).
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa.

Dia 03 de agosto de 1902 – Jogo nº 013
SÃO PAULO 3 x GERMÂNIA 0
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
SPAC: Andrews,Jeffery e Unwin; Heyecock, Wuecherer e Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Montandon e H.S. Boyes.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Russo, Linz, Kirschner, Nicolau Gordo e Munhoz.
Marcadores: Biddell, Brough e Charles Miller.
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa.

Dia 10 de agosto de 1902 – Jogo nº 014
GERMÂNIA 1 x INTERNACIONAL 1
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Linz, Russo, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Internacional: Ozorio, Antony e Queiroz; Carvalho, Gutto e Mário; Duarte de Azevedo, Normanton, Casimiro da Costa, Cox e Charles Holland.
Marcadores: Nicolau Gordo (1º tempo) e Duarte de Azevedo (2º tempo).
Árbitro: Charles Miller.

Dia 17 de agosto de 1902 – Jogo nº 015
PAULISTANO 1 x GERMÂNIA 1
Local: VelÓdromo Paulista, na rua Consolação.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Marques e G. Rubião; Renato Miranda, O.Barros e Ibanez Salles; Jordão, Oscar da Costa Marques, Álvaro Rocha e Edgar de Barros.
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawall, Baumann e Muss; Linz, Russo, Kirschner, Nicolau Gordo e Enghehardt.
Marcadores: Oscar da Costa Marques (36-1) e Nicolau Gordo (2º tempo).
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa.

Dia 24 de agosto de 1902 – Jogo nº 016
sÃO PAULO 0 x INTERNACIONAL 0
Local: Campo do SPAC, da rua Consolação, 125.
SPAC: Andrews, Jeffery e Unwin; Heyecock, Wucherer e Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Ribeiro e Boyes.
Internacional: W.Holland, Geraldo e Queiroz; Álvaro de Carvalho, Gutto e Mario Cardim; Duarte de Azevedo, Jorge Mesquita, Casimiro da Costa, Normanton e Charles Holland.
Árbitro: Nobiling.

Dia 14 de setembro de 1902 – Jogo nº 017
PAULISTANO 2 x INTERNACIONAL 0
Local: Velódromo Paulista, da rua Consolação.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Marques e G. Rubião; Renato Miranda, Olavo de Barros e Ibanez Salles; B.Cerqueira, Jordão, Álvaro Rocha, Oscar da Costa Marques e Edgard de Barros.
Internacional: W.Holland, A.Carvalho e Mario Cardim; Geraldo Toledo, Gutto e Queiroz; Duarte de Azevedo, Normanton, Casimiro da Costa, Nicolau Gordo e Charles Holland.
Marcadores: Edgard de Barros (gol olímpico, 1º tempo) e Álvaro Rocha (2º tempo).
Árbitro: Mario Mendes.

Dia 20 de setembro de 1902 – Jogo nº 018
sÃO PAULO 4 x MACKENZIE 4
Local: Campo do SPAC, da rua Consolação, 125.
SPAC: Andrews, Jeffery e Unwin; Heyecock, Wucherer e Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Montandon e H.S.Boyes.
Mackenzie: Antonio Telles, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Lourenço e Alício de Carvalho; Sampaio, Mario Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Edmundo Lopes.
Marcadores: Brough, Charles Miller, Pedro Bicudo (1º tempo), Boyes, Charles Miller, Pedro Bicudo, Alício de Carvalho e Edmundo Lopes (2º tempo).
Árbitro: O. Nobiling.

Dia 04 de outubro de 1902 – Jogo nº 019
MACKENZIE 0 x PAULISTANO 3
Local: Velódromo Paulista, na rua Consolação.
Mackenzie: Duarte de Azevedo, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Lourenço e Alício de Carvalho; Sampaio, Mario Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Edmundo Lopes.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Marques e G.Rubião; Renato Miranda, Olavo de Barros e Ibanez Salles; Berwasck Cerqueira, João da Costa Marques, ÁlVaro Rocha, Oscar da Costa Marques e Edgard de Barros.
Marcadores: João da Costa Marques, Álvaro Rocha e Berwasck Cerqueira.
Árbitro: Rócio Egydio de Sousa.

Dia 25 de outubro de 1902 – Jogo nº 020
MACKENZIE 2 x INTERNACIONAL 1
Local: Velódromo Paulista, da rua Consolação.
Mackenzie: Duarte de Azevedo, Belfort Duarte e Paula Neto; José Sobral, Lourenço e Alício de Carvalho; Antonio Telles Júnior, Mário Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Edmundo Lopes.
Internacional: Holland, Geraldo e Queiroz; Álvaro de Carvalho, Gutta e Mário Cardim; Duarte de Azevedo, Jorge Mesquita, Antonio Casimiro da Costa, Normanton e Charles Holland.
Marcadores: Alício de Carvalho, Antonio Telles Júnior e Antonio Casimiro da Costa.
Árbitro: Rócio Egydio de Sousa.

Nota: Após este jogo, com toda a tabela cumprida, São Paulo e Paulistano terminaram empatados em primeiro lugar, com quatro pontos perdidos. A Liga marcou, então, o jogo extra de desempate.

Dia 26 de outubro de 1902 – JOGO EXTRA DECISIVO

SÃO PAULO 2 x PAULISTANO 1
Local: Velódromo Paulista, na rua da Consolação.
SPAC: Andrews, W.Jeffery, G.Kenworthy e A.Kenworthy; Wucherer e N.Biddell; Blackock, Brough, Charles Miller, Montandon e H.S.Boyes.
Paulistano: Jorge de Miranda Filho, Thiers Margues e G.Rubião; E.Barros, Olavo de Barros e Renato Miranda; Berwasck Cerqueira, João da Costa Marques, Álvaro Rocha, Ibanez Salles e Oscar da Costa Marques.
Marcadores: Charles Miller (1º tempo), Charles Miller (36-1) e Álvaro Rocha (2º tempo).
Árbitro: Rócio Egydio de Sousa.

Nota: Com esta vitória, o São Paulo Athletic Club sagrou-se campeão paulista de futebol, no primeiro título que se disputava oficialmente em São Paulo.

RESUMO

Resumo do campeonato de 1902:

Classificação Final:

EQUIPE J V E D PG PP GPxGC S
1º) São Paulo (CAMPEÃO) 9 6 2 1 14 04 23×06 +17
2º) Paulistano 9 5 2 2 12 06 15×10 +5
3º) Mackenzie 8 3 3 2 09 07 13×15 -2
4º) Germânia 8 1 2 5 04 12 05×15 -10
5º) Internacional 8 0 3 5 03 13 04×14 -10

ARTILHEIROS:
1º) cHARLES MILLER (SPAC) – 8 GOLS
2º) ALÍCIO DE CARVALHO (MACKENZIE) – 6 GOLS
3º) ÁLVARO ROCHA (PAULISTANO) e BROUGH (SPAC) – 4 GOLS

RESUMO:

21 JOGOS
60 GOLS
MÉDIA DE 2,86 GOLS/JOGO

Fonte: Caminhos da Bola – Rubens Ribeiro – volume 1

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha