Campeonato Pernambucano 1961
Primeiro Turno
 
28/05/61
NÁUTICO 10×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Félix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 72.525,00
Público: não informado.
Gols: Luiz Carlos (3), Abilio (2), Walter Prado (2), Gilson, Azevedo (contra) e Edinho.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo e Mucio; Gilson Clóvis e Hélmiton; Luiz Carlos, Walter Prado, Abilio, Ênio Andrade e Elias.
ASAS: Nelson, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Guabera e Milton II; Edinho, Edson, Jair, Gilvan e Torquato.

 

31/05/61
SPORT RECIFE 7×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 92.60,00
Público: não informado.
Gols: Osvaldo (4, um de pênalti), Alemão (2, um de pênalti), Betancour.
SPORT RECIFE: Manga, Bria, Alemão e Michel; Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Amâncio; Paulo, Ério e Claudinho; Edmilson, Pitoco, Baiaco, Nascimento e Chico.
 
04/06/61
SANTA CRUZ 3×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 114.950,00
Público: não informado
Gols: Canhoteiro, Hamilton (2), Hugo.
SANTA CRUZ: João, Roberto e Nagel; Biu, Luiz e Dodô; Mário, Hamilton, Zeca, Colete e Canhoteiro.
ÍBIS: Jagunço, Valdomes e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Zezito, Hugo, Aldeci, Vantu e Altino.
 
CENTRAL 3×1 ASAS
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 123.880,00
Público: não informado.
Gols: Da Cunha (pênalti), Bochudo, Pedrinho (2).
Expulsão: Deda.
CENTRAL: Dudinha, Berto, Adolfo e Espanhol; Da Silva e Zezinho; Diniz, Da Cunha, Waldemir, Pedrinho e Cebinha.
ASAS: Duca, Sarrafo, Azevedo e Deda; Caparelli e Guabera; Coca, Edson, Bochudo, Jair e Torquato.

 

07/06/61
NÁUTICO 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Félix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 146.910,00
Público: não informado.
Gols: Abilio, Luiz Carlos (2), Gilson e Ênio Andrade.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo, Mucio e Hélmiton; Gilson e Clóvis; Luiz Carlos, Walter Prado, Abilio, Ênio Andrade e Elias.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio, Amâncio e Bel; Ério e Claudinho; Milton, Pitoco, Baiaco, Lascinho e Chico.
 
11/06/61
SPORT RECIFE 5×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 98.600,00
Público: não informado.
Gols: Djalma, Bitencour (3) e Michel.
SPORT RECIFE: Manga, Bria, Alemão e Michel; Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bitencour e Elcy.
ASAS: Duca, Torquato, Azevedo e Caparelli; Guabera e Dedé; Coca, Vavá, Bochudo, Jair e Ritinho.

 

CENTRAL 1×1 NÁUTICO
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 319.370,00
Público: não informado.
Gols: Walter Prado e Pedrinho.
CENTRAL: Dudinha, Berto, Adolfo e Espanhol; Da Silva e Da Cunha; Diniz, Zezinho, Waldemir, Pedrinho e Fernando.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo e Múcio; Clóvis, Gilson e Hélmiton; Luiz Carlos, Walter Prado, Abilio, Ênio Andrade e Elias.

 

14/06/61
SANTA CRUZ 1×0 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 78.270,00
Público: não informado.
Gol: Hamilton.
SANTA CRUZ: João, Roberto e Nagel; Biu, Luiz e Dodô; Mário, Hamilton, Zeca, Colete e Canhoteiro.
ASAS: Duca, Guabera e Azevedo; Edinho, Pedro e Deda; Coca, Jair, Bochudo, Caparelli e Caetano.

 

16/06/61
NÁUTICO 0×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 103.770,00
Público: não informado.
Gol: Carlos Alberto.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo, e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Luiz Carlos, Walter Prado, Abilio, Ênio Andrade e Elias.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Aldeci, Vantu e Altino.
Obs.: O Náutico ganhou os pontos no tapetão.

 

21/06/61
ASAS 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 713.100,00
Público: não informado.
Gols: Lascinho, Coca e Jair (pênalti).
ASAS: Duca, Guabera e Azevedo; Edinho, Torquato e Deda; Coca, Jair, Bochudo, Caparelli e Caetano.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Edmilson, Pitoco, Baiaco, Lascinho e Chico.

 

25/06/61
SPORT RECIFE 3×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 515.800,00
Público: 7.517
Gols: Bitencour (2), Alemão (pênalti), Hamilton e Lua.
Expulsão: Djalma
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Michel, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bitencour e Elcy.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Hamilton, Zeca, Lua, Colete e Mário.

 

CENTRAL 1×0 ÍBIS
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 136.940,00
Público: não informado.
Gol: Caroá (contra)
CENTRAL: Dudinha, Berto, Adolfo e Espanhol; Pereira e Da Cunha; Diniz, Zezinho, Waldemir, Pedrinho e João Carlos.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Batuel, Vantu e Altino.

 

01/07/61
ASAS 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 8.600,00
Público: não informado.
Gols: Marcos, Vantu e Duarte (contra)
ASAS: Duca, Guabera e Azevedo; Edinho, Torquato e Deda; Coca, Gunga, Marcos, Caparelli e Caetano.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Aldeci, Vantu e Altino.

 

02/07/61
SANTA CRUZ 0×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 99.760,00
Público: não informado.
SANTA CRUZ: Agostinho, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Zeca, Colete e Canhoteiro.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Milton, Oliveira, Baiaco, Lascinho e Edmilson.

 

CENTRAL 1×3 SPORT RECIFE
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 594.640,00
Público: não informado.
Gols: Osvaldo, Alemão, Traçaia e Pedrinho.
CENTRAL: Dudinha, Berto, Adolfo e Espanhol; Pissica e Pereira; João Carlos, Pedrinho, Waldemir, Zezinho e Diniz.
SPORT RECIFE: Manga, Sinval e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.

 

08/07/61
FERROVIÁRIO 5×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 6260,00
Público: não informado
Gols: Milton (2), Lascinho, Claudinho (2).
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Ério e Bel; Milton, Oliveira, Baiaco, Lascinho e Joãozinho.
ÍBIS: Palmares, Zildo e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Zezito, Loloca, Dadá, Batuel e Altino.

09/07/61

 

NÁUTICO 0×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 1.010.080,00
Público: não informado.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo, e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Fernando II, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Mainha.
SPORT RECIFE: Manga, Sinval e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Ivson, Osvaldo, Betancour e Elcy.

 

CENTRAL 0×0 SANTA CRUZ
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ não informada
Público: não informado
CENTRAL: Dudinha, Adolfo e Espanhol; Berto, Da Silva e Jurandir; João Carlos, Pissica, Pedrinho, Da Cunha e Adriano.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Odacir, Lua, Colete e Salvador.

 

14/07/61
SPORT RECIFE 4×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ não informada
Público: não informado
Gols: Alemão (pênalti), Traçaia, Osvaldo (2) e Zezito.
SPORT RECIFE: Manga, Sinval e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Ivson, Osvaldo, Betancour e Elcy.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Bassu, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Dadá, Vantu e Jarbas.

 

16/07/61
SANTA CRUZ 1×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 621.740,00
Público: não informado
Gols: Abilio e Hamilton.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Abilio, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.

 

CENTRAL 1×1 FERROVIÁRIO
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 147.820,00
Público: não informado
Gols: Joãozinho e João Carlos.
CENTRAL: Dudinha, Adolfo e Espanhol; Berto, Da Silva e Jurandir; João Carlos, Pissica, Pedrinho, Da Cunha e Adriano.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Milton, Oliveira, Baiaco, Lascinho e Joãozinho.

 

19/07/61
NÁUTICO 13×2 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 46.20,00
Público: não informado
Gols: Abilio (5, dois de pênalti) Elias (2), Jair (2), Tião (3), Ênio Andrade, Deda (contra) e Gilson.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Abilio, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
ASAS: Duca, Guabera e Azevedo; Edinho, Torquato e Deda; Marcos, Coca, Jair, Caparelli e Geninho.

 

22/07/61

 

SPORT RECIFE 0×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 120.580,00
Público: não informado
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Chininha, Traçaia, Osvaldo, Betancour e Elcy.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Milton, Oliveira, Baiaco, Lascinho e Joãozinho.

 

23/07/61
SANTA CRUZ 5×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 140.980,00
Público: não informado
Gols: Mário, Salvador, Paraiba, Hamilton e Colete.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Paraiba, Colete e Salvador.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Valdemir, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Dadá, Vantu e Jarbas.

 

26/07/61
ASAS 1×2 CENTRAL
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 58.940,00
Público: não informado
Gols: Edson, Pedrinho (pênalti) e Jurandir.
ASAS: Duca, Sarrafo e Eloy; Caparelli, Guabera e Jesus; Marcos, Edson, Jair, Andrade e Caetano.
CENTRAL: Dudinha, Adolfo e Espanhol; Berto, Da Silva e Jurandir; João Carlos, Pissica, Waldemir, Pedrinho e Adriano.

 

29/07/61
NÁUTICO 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 170.400,00
Público: não informado
Gols: Abilio (2) e Milton.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Abilio, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Milton, Oliveira, Dunga, Lascinho e Joãozinho.

 

30/07/61
SPORT RECIFE 6×0 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 11.900,00
Público: não informado
Gols: Alemão (pênalti), Djalma (3), Osvaldo (2).
Expulsão: Eloy
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
ASAS: Duca, Sarrafo e Eloy; Mossoró, Guabera e Jesus; Marcos, Guga, Jair, Edson e Dapixe.

 

02/08/61
NÁUTICO 1×0 CENTRAL
Local: Aflitos
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 389.660,00
Público: não informado
Gol: Elias.
Expulsão: Múcio
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Abilio, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
CENTRAL: Dudinha, Berto e Espanhol; Da Silva, Jucélio e Jurandir; João Carlos, Pissica, Maurilio, Pedrinho e Adriano.

 

05/08/61
SANTA CRUZ 4×0 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 117.220,00
Público: não informado
Gols: Salvador, Paraiba (2), Hamilton.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Hamilton, Lua, Paraiba, Colete e Salvador.
ASAS: Duca, Sarrafo e Eloy; Caparelli, Guabera e Jesus; Guga, Jair, Bochudo, Edinho e Assunção.

 

06/08/61
NÁUTICO 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 102.760,00
Público: não informado
Gols: Abilio e Tião.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Abilio, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
ÍBIS: Jurandir Bassu e Duarte; Caroá, Marciano e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Loloca, Moreno e Ivaldo.

 

09/08/61
FERROVIÁRIO 2×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 10.300,00
Público: não informado
Gols: Milton, Jair (pênalti) e Lascinho.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Milton, Baiaco, Dunga, Lascinho e Chico.
ASAS: Duca, Sarrafo e Eloy; Caparelli, Guabera e Dapixe; Guga, Caparelli, Jair, Edinho e Marcos.

 

13/08/61
SPORT RECIFE 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 1.532.280,00
Público: não informado
Gols: Osvaldo (2), Newton Adrião e Lua.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Newton Adrião.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Hamilton, Lua, Paraiba, Colete e Salvador.

 

ÍBIS 4×0 CENTRAL
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 101.860,00
Público: não informado
Gols: Loloca (3), Ivaldo.
ÍBIS: Jurandir Zildo e Duarte; Caroá, Marciano e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Loloca, Aldeci e Ivaldo.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Adolfo; Da Silva, Jurandir e Espanhol; João Carlos, Pissica, Maurilio, Pedrinho e Adriano.

 

19/08/61
SANTA CRUZ 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 68.440,00
Público: não informado
Gols: Hamilton e Lua.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Abelardo, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Ério; Baiaco, Milton, Dunga, Oliveira e Lascinho.

 

20/08/61
SPORT RECIFE 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 1.002.160,00
Público: não informado
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Fernando II, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.

 

23/08/61
ASAS 1×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 8.700,00
Público: não informado
Gols: Duarte (contra) e Zezito.
Expulsão: Eloy
ASAS: Duca, Sarrafo e Eloy; Edinho, Guabera e Leal; Guga, Caparelli, Marcos, Ritinho e Edson.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Caroá, Marciano e Zé Augusto; Carlos Alberto, Zezito, Loloca, Aldeci e Ivaldo.

 

26/08/61
SPORT RECIFE 5×2 CENTRAL
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 312.840,00
Público: não informado
Gols: Pedrinho, Índio, Osvaldo, Djalma, Alemão (2, um de pênalti), Elcy.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
CENTRAL: Dudinha, Adolfo e Espanhol; Adilson, Da Silva e Da Cunha; João Carlos, Jurandir, Indio, Pedrinho e Cebinha.

 

27/08/61
NÁUTICO 2×3 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 386.780,00
Público: não informado
Gols: Lua, Hamilton, Mário, Elias e Tião.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Fernando, Walter Prado, Luiz Carlos e Elias.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.

 

30/08/61
SPORT RECIFE 0×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 102.840,00
Público: não informado
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Bassu, Caroá e Zé Augusto; Carlos Alberto, Waldemir, Loloca, Aldeci e Ivaldo.

 

31/08/61
SANTA CRUZ 1×0 CENTRAL
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 151.460,00
Público: não informado
Gol: Lua.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Jucélio; Jurandir, Da Silva e Espanhol; João Carlos, Indio, Pedrinho, Doca e Cebinha.

 

03/09/61
ÍBIS 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 8.960,00
Público: não informado
Gols: Jagunço (pênalti), Zeca (pênalti) e Dunga.
Expulsão: Renato e Ivaldo aos 30’ do 2° tempo.
ÍBIS: Jagunço, Zildo e Duarte; Caroá, Marciano e Zé Augusto; Zezito, Waldemir, Carlos Alberto, Bassu e Ivaldo.
FERROVIÁRIO: Renato (Lascinho), Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Baiaco, Milton, Dunga, Pitoco e Lascinho.

 

07/09/61
FERROVIÁRIO 0×1 CENTRAL
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 33.140,00
Público: não informado
Gol: Zé Carlos.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Pitoco, Milton, Dunga, Lascinho e Chico.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Jucélio; Jurandir, Da Silva e Espanhol; Zé Carlos, Pedrinho, Indio, Da Cunha e Cebinha.
Segundo Turno

 

17/09/61
NÁUTICO 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 117.580,00
Público: não informado
Gols: Gilson e Luiz Carlos.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Luiz Carlos, Altino, Abílio, Ênio Andrade e Walter Prado.
FERROVIÁRIO: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Neco, Dunga, Lascinho e Milton.

 

20/09/61
SANTA CRUZ 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 192.800,00
Público: não informado
Gol: Salvador.
SANTA CRUZ: Cavallero, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Hamilton, Romeiro, Lua, Colete e Salvador.
FERROVIÁRIO: Renato, Digerson e Zeca; Amâncio, Lascinho e Bel; Baiaco, Neco, Dunga, Oliveira e Milton.

 

24/09/61
NÁUTICO 2×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 848.700,00
Público: não informado
Gols: Alemão (pênalti), Gilson e Ênio Andrade.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Alemão; Marques, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.

 

27/09/61
NÁUTICO 4×1 CENTRAL
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 265.020,00
Público: 3.237
Gols: Walter Prado (2), Hélmiton (contra), Ênio Andrade, Nado.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Jucélio; Jurandir, Da Silva e Espanhol; Zezinho, Pedrinho, Diniz, Da Cunha e Adriano.

 

01/10/61
SPORT RECIFE 2×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 1.227.160,00
Público: 17.818
Gols: Osvaldo, Traçaia, Hamilton e Salvador.
SPORT RECIFE: Dirceu, Bria e Alemão; Marques, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
SANTA CRUZ: Cherry, Dodô e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Hamilton, Romeiro, Lua, Colete e Salvador.

 

CENTRAL 1×1 FERROVIÁRIO
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 97.460,00
Público: 1.426
Gols: Zeca (contra) e Neco.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Jucélio; Jurandir, Da Silva e Espanhol; Adriano, Pedrinho, Diniz, Da Cunha e Cebinha.
FERROVIÁRIO: Neves, Plinio e Zeca; Lascinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Neco, Dunga, Claudinho e Milton.

 

04/10/61
SPORT RECIFE 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 114.520,00
Público: não informado.
Gol: Traçaia
SPORT RECIFE: Dirceu, Bria e Alemão; Leduar, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
FERROVIÁRIO: Neves, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Lascinho, Dunga, Neco e Chico.

 

08/10/61
NÁUTICO 3×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 927.920,00
Público: 12.032
Gols: Nado (2), Walter Prado, Hamilton e Salvador.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Biu, Luiz e Dodô; Barra, Hamilton, Zezinho, Colete e Salvador.

 

CENTRAL 1×2 SPORT RECIFE
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 217.320,00
Público: 3.113
Gols: Osvaldo, Cebinha e Laxixa.
CENTRAL: Dudinha, Jucélio e Espanhol; Adilson, Da Silva e Jurandir; João Carlos, Pedrinho, Cebinha, Pissica e Fernando.
SPORT RECIFE: Dirceu, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Ivson, Osvaldo, Betancour e Elcy.

 

11/10/61
SANTA CRUZ 4×0 CENTRAL
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 163.260,00
Público: não informado.
Gols: Colete, Lua (2) e Hamilton.
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Norberto, Luiz e Dodô; Barra, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
CENTRAL: Zé da Silva, Jucélio e Espanhol; Adilson, Da Silva e Pissica; João Carlos, Jurandir, Cebinha, Pedrinho e Fernando.

 

15/10/61
NÁUTICO 4×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 175.220,00
Público: 2.176
Gols: Elias, Ênio Andrade (pênalti), Nado e Luiz Carlos.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
FERROVIÁRIO: Neves, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bel; Chico, Oliveira, Neco, Lascinho e Baiaco.

 

22/10/61
CENTRAL 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 126.680,00
Público: 1.887
Gol: João Carlos.
CENTRAL: Zé da Silva, Adilson e Adolfo; Jurandir, Jucélio e Espanhol; João Carlos, Pissica, Ivaldo, Pedrinho e Fernando.
FERROVIÁRIO: Neves, Eric e Cicero; Claudinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Dunga, Neco, Oliveira e Lascinho.

 

29/10/61
SANTA CRUZ 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 827.000,00
Público: não informado
Gols: Hamilton (2) e Betancour.
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Barra, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
SPORT RECIFE: Dirceu, Bria e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Chininha, Aldemiro, Osvaldo, Betancour e Djalma.

 

CENTRAL 0×3 NÁUTICO
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 330.640,00
Público: não informado.
Gols: Ênio Andrade (pênalti), Walter Prado e Luiz Carlos.
CENTRAL: Dudinha, Adilson e Adolfo; Jurandir, Jucélio e Espanhol; João Carlos, Ivaldo, Pedrinho, Pissica e Fernando.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.

 

01/11/61
SPORT RECIFE 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 52.000,00
Público: não informado.
Gols: Osvaldo, Chininha e Ivson.
SPORT RECIFE: Dirceu, Sinval e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Chininha, Ivson, Osvaldo, Betancour e Djalma.
FERROVIÁRIO: Neves, Plinio e Cicero; Claudinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Neco, Oliveira, Lascinho e Milton.

 

05/11/61
SANTA CRUZ 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 1.031.760,00
Público: 14.455
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Barra, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.

 

12/11/61
CENTRAL 1×1 SPORT RECIFE
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 139.840,00
Público: 2.086
Gols: Cebinha e Betancour.
CENTRAL: Dudinha, Adolfo e Da Cunha; Adilson, Jucélio e Pissica; Pedrinho, Jurandir, Ivaldo, João Carlos e Cebinha.
SPORT RECIFE: Dirceu, Sinval e Alemão; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Chininha, Ivson, Osvaldo, Betancour e Djalma.

15/11/61
SANTA CRUZ 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: Cr$ 51.720,00
Público: não informado
Gols: Colete, Lua (2), Bel.
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Biu, Luiz e Roberto; Barra, Hamilton, Lua, Colete e Salvador.
FERROVIÁRIO: Lascinho, Digerson e Cicero; Claudinho, Amâncio e Bel; Baiaco, Neco, Oliveira, Dunga e Milton.

 

17/11/61
SPORT RECIFE 3×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Correia Lima
Renda: Cr$ 251.800,00
Público: 3.486
Gols: Osvaldo (2) e Traçaia.
SPORT RECIFE: Dirceu, Bria e Sinval; Marques, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Ivson, Osvaldo, Betancour e Elcy.
NÁUTICO: Lessa, Paulinho e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Elias, Ênio Andrade e Rildo.

 

19/11/61
CENTRAL 0×2 SANTA CRUZ
Local: Pedro Victor de Albuquerque – Caruaru
Juiz: Sebastião Rufino
Renda: Cr$ 135.820,00
Público: 1.997
Gols: Lua e Mário.
Expulsão: Ivaldo.
CENTRAL: Zé da Silva, Adolfo e Da Cunha; Adilson, Jucélio e Pissica; Cebinha, Pedrinho, Ivaldo, Jurandir e Maurilio.
SANTA CRUZ: Cherry, Egidio e Nagel; Norberto, Luiz e Roberto; Mário, Hamilton, Lua, Biu e Salvador.
 
FINAL

 

06/12/61
NÁUTICO 1×2 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Olten Ayres de Abreu
Renda: Cr$ 1.480.280,00
Público: 11.639
Gols: Laxixa, Djalma e Walter Prado.
NÁUTICO: Waldemar, Paulinho e Múcio; Zé Maria, Clóvis e Hélmiton; Nado, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.
SPORT RECIFE: Dirceu, Alemão e Sinval; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.

 

10/12/61
SPORT RECIFE 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Olten Ayres de Abreu
Renda: Cr$ 1.295.010,00
Público: 10.981
SPORT RECIFE: Dirceu, Alemão e Sinval; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Luiz Carlos, Fernando, Abilio, Ênio Andrade e Walter Prado.

 

13/12/61
SPORT RECIFE 3×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Romualdo Arppi Filho
Renda: Cr$ 1.507.840,00
Público: 13.065
Gols: Tião (2), Djalma, Alemão (pênalti) e Osvaldo.
SPORT RECIFE: Dirceu, Alemão e Sinval; Laxixa, Tomires e Nenzinho; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Betancour e Elcy.
NÁUTICO: Waldemar, Nancildo e Múcio; Gilson, Clóvis e Hélmiton; Tião, Luiz Carlos, Walter Prado, Ênio Andrade e Elias.

 

Sport Recife campeão pernambucano de 1961.

 

Fontes: Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″, Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Diário de Pernambuco.
 

Paraná 4 x 0 Operário (VG)

Data: 09/02/1992

Local: Estádio Vila Capanema (Curitiba)

Árbitro: Antônio Rogério Osório

Renda: Cr$ 19.725.000,00

Publico: 4.843

Gols: Adoilson aos 10′, Alcântara aos 53′, Adoilson aos 67′ e Neguinho aos 68′.

Paraná: Luis Henrique; Balu, Servilio, Gralak e Ednelson; Roberto Alves (Neguinho), Marquinhos Ferreira, Adoilson e Serginho; Sérgio Luis e Alcântara (Saulo).

Operário: Jailton; Jocélio, Jailson, Paulo Henrique e Kleber; Márcio Ramos (Gilmar), Zé Carioca, Gerson Lopes (Dito Siqueira) e Carlinhos; Niltinho e Franz.

 

Operário (VG) 0 x 2 Grêmio

Data: 12/02/1992

Local: Estádio Presidente Dutra (Cuiabá)

Árbitro: Edson Resende de Freitas

Renda: Cr$ 6.035.000,00

Publico: 5.600

Gols: Juninho aos 32′ e Caio aos 65′.

Operário: Jailton; Jocélio, Jailson, Paulo Henrique e Kleber; Tostão (Gilmar), Zé Carioca, Dito Siqueira e Márcio Ramos; Franz (Gerson Lopes) e Niltinho.

Grêmio: Emerson; Chiquinho, Vilson, Grotto e Lira; Pino, Jandir, Juninho (Assis) e Caio; Alcindo e Sinval.

 

Operário (VG) 0 x 1 Ponte Preta

Data: 16/02/1992

Hora: 17:00

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Árbitro: Dario Souza Campos

Renda: Cr$ 13.458.000,00

Publico: 4.005

Gol: Edenilson aos 70′.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Jailson, Edgar e Rangel; Kleber (Carlinhos), Gerson Lopes, Dito Siqueira e Franz; Niltinho e Robert (Márcio Ramos).

Ponte Preta: Brigatti; Roberto Teixeira, Júnior, Pedro Luiz e Branco; Serginho Carioca, Luiz Carlos Goiano, Valdecir e Alexandre Alves (Celso Luiz); Ciro e Claudinho (Edenilson).

 

Operário (VG) 2 x 1 Londrina

Data: 19/02/1992

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Árbitro: Getúlio Barbosa de Souza Júnior

Renda: Cr$ 6.984.000,00

Publico: 2.050

Gols: Robert aos 25′, Dito Siqueira aos 35′ e Alaor (L) aos 65′

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Edgar, Jailson e Rangel; Dito Siqueira, Juares (Zé Carioca), Gerson Lopes (Niltinho Goiano) e Robert; Carlinhos e Franz.

Londrina: Anselmo; Nilson, João Neves, Márcio Alcântara e Alexandre (Alaor); Roberto, Tadeu, Marquinhos (Celso Reis) e Édson Maradoninha; Marcos Severo e Aléssio.

 

América (MG) 4 x 1 Operário (VG)

Data: 23/02/1992

Local: Estádio Independência (Belo Horizonte)

Árbitro: Marques Dias da Fonseca

Renda: Cr$ 8.764.000,00

Publico: 2.918

Gols: Casagrande aos 28′, Flávio aos 51′, Róbson aos 73′, Casagrande aos 74′ e Dito Siqueira aos 75′

América: Milagres; Amarildo, Ricardo, Isaac e Ronaldo; Lelei, Dudu, Flávio e Róbson; Euller e Casagrande.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Edgar, Jailson e Rangel; Juares, Gerson Lopes, Dito Siqueira e Robert (Paulo Sérgio); Franz (Zé Carióca) e Carlinhos.

 

Operário (VG) 2 x 2 Operário (CG)

Data: 08/03/1992

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Árbitro: Antônio Pereira da Silva

Renda: Cr$ 9.345.000,00

Publico: 2.699

Gols: Indio aos 6′, Carlão aos 15′, Niltinho aos 51′ e Robert aos 58′

Operário (VG): Vitor; Marquinhos Capixaba, Edgar, Jailson e Rangel; Niltinho Goiano, Juares, Dito Siqueira e Niltinho; Carlinhos (Paulo Sérgio (Tostão)) e Robert.

Operário (CG): Rogério; Márcio Vieira, Gonçalves, Zé Ronaldo e Marcos Adriano; Miel, Branco (Cáceres), Biro Biro e Waldir; Carlão (Daniel) e Indio.

 

São José (SP) 2 x 1 Operário (VG)

Data: 11/03/1992

Local: Estádio Martins Pereira (São José dos Campos)

Árbitro: Carlos Elias Pimentel

Renda: Cr$ 6.028.999,00

Publico: 1.921

Gols: Roger aos 36′, Edgar aos 45′ e Rizza aos 92′.

São José: César; Luiz Antônio, Joãozinho, Zeca e Bolé; Rizza, Adilson, Bentinho e Silvinho (Zé Carlos); Roger e Bandeira (Esquerdinha).

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Edgar, Ozéias e Jailson; Paulo Henrique, Dito Siqueira, Juares e Niltinho Goiano; Robert (Tiganá) e Niltinho (Tostão).

 

Operário (VG) 1 x 5 São josé (SP)

Data: 18/03/1992

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Árbitro: Dario Souza Campos

Renda: Cr$ 3.642.000,00

Publico: 997

Gols: Niltinho Goiano aos 4′, Mathias aos 7′, Silvinho aos 51′, Bandeira aos 76′, Roger aos 81′ e aos 87′.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Jailson, Edgar e Paulo Henrique (Tostão); Rangel, Niltinho Goiano, Juares e Dito Siqueira; Niltinho (Paulo Sérgio) e Robert.

São José: César; Luiz Antônio, Joãozinho, Zeca e Rizza; Bolé, Adilson, Bentinho (Esquerdinha) e Silvinho; Mathias (Roger) e Bandeira.

 

Londrina 3 x 1 Operário (VG)

Data: 22/03/1992

Local: Estádio do Café (Londrina)

Árbitro: Luis Cunha Martins

Renda: Cr$ 23.220.000,00

Publico: 4.893

Gols: Robert aos 35′, Marcos Severo aos 67′ e aos 68′; Edson Maradoninha aos 92′

Londrina: Anselmo; Xande, Márcio Alcântara (Marquinhos), Souza e Alexandre (Paulinho); Roberto, Luis Carlos Gaúcho, Édson Maradoninha e Tadeu; Marcos Severo e Aléssio.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Jailson, Edgar e Ozéias; Paulo Henrique (Caçapava), Rangel, Tostão (Tiganá) e Dito Siqueira; Niltinho e Robert.

 

Operário (VG) 1 x 1 Paraná

Data: 26/03/1992

Local: Estádio Presidente Dutra (Cuiabá)

Árbitro: Getúlio Barbosa de Souza Júnior

Renda: Cr$ 2.330.000,00

Publico: 466

Gols: Marquinhos Capixaba aos 11′ e Saulo aos 57′.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Ozéias, Jailson e Paulo Henrique (Niltinho Goiano); Tostão (Caçapava), Juares, Dito Siqueira e Toninho; Niltinho e Robert.

Paraná: Luis Henrique; Balu, Servilho, Gralak e Ednélson; Roberto Alves, Ney Santos, Adoilson (Alcântara) e Serginho; Maurilio e Saulo.

 

Ponte Preta 1 x 0 Operário (VG)

Data: 29/03/1992

Local: Estádio Moisés Lucarelli (Campinas)

Árbitro: Dalmo Bozzano

Gol: Claudinho aos 89′

Ponte Preta: Mauricio; Roberto Teixeira, Hélio, Júnior e Branco; Serginho Carioca, Darci, Pianelli (Edilson) e Ciro (Gustavo); Claudinho e Alexandre Alves.

Operário: Tonhão; Jocélio, Ozéias, Jailson e Indio; Tostão (Paulo Sérgio), Niltinho Goiano, Juares e Toninho; Dito Siqueira e Caçapava (Miltinho).

Obs: O Jogo foi realizado com Portões Abertos, sem cobrança de ingresso.

 

Operário (VG) 0 x 2 América (MG)

Data: 01/04/1992

Local: Estádio Governador José Fragelli (Cuiabá)

Árbitro: Léo Feldmann

Renda: Cr$ 2.808.000,00

Publico: 602

Gols: Róbson aos 61′ e Euller aos 88′

Operário: Vitor; Jocélio, Marquinhos Capixaba, Jailson e Ozéias; Paulo Henrique (Paulo Sérgio), Juares, Dito Siqueira e Toninho (Tostão); Miltinho e Caçapava.

América: Milagres; Amarildo, Marins, Ricardo e Ronaldo; Taú, Dudu (Helinho), Flávio e Róbson; Euller e Casagrande (Gutemberg).

 

Operário (CG) 3 x 1 Operário (VG)

Data: 05/04/1992

Local: Estádio Pedro Pedrossian (Campo Grande)

Árbitro: Hélio Correa

Renda: Cr$ 602.000,00

Publico: 167

Gols: Toninho aos 7′, Branco aos 56′, Naldinho aos 76′ e Joel Marcos aos 88′

Operário (CG): Marcilio; Dorival, Cocada, Márcio Vieira e Joel Marcos; Miel, Biro Biro (Naldinho), Paulo César e Branco (Carlos Alberto); Indio e Carlão.

Operário (VG): Vitor; Jocélio, Marquinhos Capixaba, Ozéias e Jailson; Paulo Henrique (Tiganá), Tostão, Niltinho Goiano e Toninho; Paulo Sérgio e Caçapava.

 

Grêmio 7 x 1 Operário (VG)

Data: 08/04/1992

Local: Estádio Olimpico (Porto Alegre)

Árbitro: Wilson Carlos dos Santos

Renda: Cr$ 74.280.000,00

Publico: 56.450

Gols: Lira aos 18′, Carlinhos aos 20′, Cuca aos 37′, Juninho aos 40′, Marquinhos Capixaba aos 44′, Caçapa aos 58′, Biro Biro aos 65′ e Caio aos 77′.

Grêmio: Emerson; Chiquinho, Luciano, Vilson e Lira; Jandir (João Marcelo), Biro Biro, Caçapa e Juninho; Caio e Cuca.

Operário: Vitor; Marquinhos Capixaba, Tiganá, Jocélio e Ozéias; Jailson, Paulo Henrique (Indio), Paulo Sérgio e Toninho; Miltinho e Caçapava (Tostão).

 

Fonte: Jornal A Gazeta/João Lopes (Súmulas Tchê)/Rodolfo Stella

 

 

 

O Araçatuba Futebol Clube foi uma agremiação efêmera da cidade de Araçatuba (SP). Fundado em 1968, nas cores amarela e preta, tendo o mascote sendo o Tigre. Nasceu com o apoio da Prefeitura local.

A ideia era fazer um time que realmente representasse bem a cidade. Participou de três edições do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (atual A2), nos anos de 1969, 1970 e 1971. Contudo, logo após a disputa da última competição acabou fechando às portas.

FONTES: Livro Almanaque do Futebol Paulista, de 2001 - Wikipédia - Biblioteca Municipal Rubens do Amaral de Araçatuba –  Jornal A Comarca de Araçatuba – Blog A.E. Araçatuba – Renata Ribeiro de Lima

 

A Associação Athletica São Geraldo foi uma agremiação da Cidade de São Paulo (SP).O “clube dos homens de cor” foi Fundado no dia 1º de novembro de 1917, por um grupo de “homens de cor”: Silvério Pereira, Rufi no dos Santos, Felisbino Barbosa, Horácio da Cunha, Benedito Costa e Benedito Prestes. A finalidade era promover a prática tanto do futebol quanto do atletismo .

O Alvinegro teve sedes na Barra Funda e posteriormente nos Perdizes. Não obstante, ao longo do tempo, seus investimentos maiores concentraram-se no esporte bretão. Como já assinalamos, o time do São Geraldo era composto por atletas negros.

Sua criação foi uma resposta à “linha de cor” que vicejava dentro e fora dos gramados na época. As grandes agremiações do futebol paulista – como o Club Athlético Paulistano, a Associação Athlética das Palmeiras e o Sport Club Corinthians Paulista (instituído em 1910) – dificultavam ou restringiam a presença de atletas “pretos” e “mulatos” (Leite, 1992, p. 26).

Alguns dirigentes acreditavam na inferioridade congênita do “jogador de cor, inadaptável à técnica e à ciência do futebol clássico” (Mazzoni, 1968, p. 159). Mesmo quando incorporado à equipe de futebol, os grandes clubes lhe vetavam a participação nas suas atividades sociais – como festas e bailes.

A criação do São Geraldo não se revestiu tão somente de um caráter reativo. Sua articulação igualmente se inseriu na rede de associativismo negro que, a partir do início do século XX, floresceu na terra dos bandeirantes. Eram dezenas de associações voltadas para fomentar as atividades recreativas, culturais, políticas e sociais dos autodenominados “homens de cor”.

Os tipos de eventos por elas promovidos, bem como as atividades a que se dedicavam, mostram que as suas finalidades eram bastante diferentes. Tais finalidades apareciam no próprio nome das associações ou nos vocábulos que os adjetivavam (“dançantes”; “recreativas, dançantes”; “dramático recreativas”; “dramático recreativa e literária”; “dramático recreativa literária e beneficente”; “beneficente e humanitária, recreativas e esportivas”, ou exclusivamente “esportivas”).

Apesar das diferenças existentes entre elas, as associações confluíam para o desenvolvimento de uma identidade específica – de um nós, negros, em oposição a eles, os brancos –, sendo, portanto, fundamental para a formação e desenvolvimento da experiência racial do grupo (Pinto, 2013, p. 80-81; Butler, 1998; Andrews, 1998; Trindade, 2004; Seigel, 2009).

O São Geraldo surgiu na Barra Funda, bairro que aglutinava um importante segmento da “população de cor”, oriunda sobretudo de pequenas cidades do interior do estado. A migração dessa população para a metrópole paulistana relacionava-se com a procura de emprego e melhores condições de vida no pós-abolição.

Na Barra Funda, foram construídos, além da estação ferroviária, grandes armazéns para estocar especialmente o café. Os homens negros constituíam a mão de obra básica, realizando as tarefas mais penosas de carregamento e descarregamento de mercadorias, seja nesses armazéns, seja naqueles situados no porto de Santos, para onde se deslocavam sempre que escasseava o trabalho em São Paulo. Já as mulheres prestavam serviços como domésticas nas casas das famílias ricas da cidade.

No tempo livre, estratos da “população de cor” realizavam batuques em torno dos botequins da Alameda Glette, rodas de samba, jogos de pernada, umbigada e tiririca (espécie de capoeira) no Largo da Banana e comemoravam os dias de Momo por meio dos Grupo Barra Funda, Campos Elísios e Flor da Mocidade – os primeiros cordões carnavalescos de São Paulo.

Assim, não é de estranhar que a Barra Funda já tenha sido identificada como um dos “territórios negros” da cidade nas primeiras décadas do século XX (Rolnik, 1989). Na parte alta do bairro, próximo ao Bom Retiro, havia vários terrenos baldios os quais, à medida que se desencadeou a popularização do futebol, passaram a ser utilizados para a prática do esporte.

Num desses terrenos, no fim da Rua Tupi, localizava-se o primeiro campo do São Geraldo (A Voz da Raça, 25/03/1933, p. 2). De acordo com Iêda Marques Brito, o clube foi erigido pelos “negros da Glette”, um grupo de negros que se encontravam na Alameda Glette, próximo à linha férrea. Não contavam com habilidades artesanais que pudessem favorecê-los profissionalmente, nem dominavam um ofício, razão pela qual trabalhavam como carregadores e ensacadores. Por vezes viviam à margem da ordem social vigente.

Eram respeitados pela sua força física, daí terem recebido a alcunha de “valentes da Barra Funda” (Britto, 1986, p. 100-101). Todavia, as informações fragmentadas disponíveis não permitem tecer detalhes acerca da origem do São Geraldo.

O certo é que a agremiação lavrou seus estatutos em cartório e estabeleceu uma estrutura de funcionamento alicerçada em várias instâncias, tais como diretoria, corpo de associados e programa de atividades. Sua sede foi instalada na Rua Barra Funda, mais tarde transferida para a Rua Florêncio de Abreu.

Aos poucos seu time de futebol, cujo uniforme ostentava as cores preto e branco, foi se estruturando até se filiar à Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA) – a entidade esportiva encarregada de organizar o futebol no Estado – e disputar o campeonato da chamada Divisão Municipal, a qual reunia uma série de clubes de várzea.

O São Geraldo ganhou destaque no meio negro, sobretudo pela qualidade de seus jogadores. Zelão, Tita, Africano, Filipão, Olavo, Caçaróia, Pé, Buiú, Alfredo, Goiabada, Bizerrão, Caetano, Vaca Braba, Bode, Hilário foram alguns dos jogadores que vestiram a camisa do clube e protagonizaram, na “zona Pacaembu, jogos de escol” (A Voz da Raça, 25/03/1933, p. 2).

Também tiveram passagem pelo “alvinegro” da Barra Funda o “valoroso” defensor Carlos Campos (O Clarim, 17/07/1927, p. 1; Cultura: Revista da Mocidade Negra, abr.-maio 1934), o “famoso beque” Sarará (Britto, 1986, p. 100), o atacante Ditinho – considerado um dos craques do time – e o “meia esquerda” Paulo, que “tem feito, nos nossos meios esportivos, uma fi gura brilhante” (Progresso, 26/09/1929, p. 7).

Praticar o futebol naquela época era algo dispendioso. Parte do material (bola, meias, calções, luvas, joelheiras, tornozeleiras) era importada (Caldas, 1990, p. 122-123). Não se sabe exatamente os meios com os quais o São Geraldo arcava com as despesas da equipe. É bem plausível que a sua principal fonte de recursos derivava das mensalidades dos sócios.

Outras fontes de renda provinham de donativos e da arrecadação das festas e bailes. “Revestiu-se de grande brilhantismo o festival dançante que A.A. São Geraldo fez realizar no sábado p.p. no salão Modelo à Rua da Consolação, 27, dedicado aos seus associados e suas famílias”, noticiou a revista Cultura (Progresso, 22/07/1928, p. 3; Cultura: Revista da Mocidade Negra, jan. 1934). Anos mais tarde, Dionísio Barbosa – o fundador e principal dirigente do cordão carnavalesco Camisa Verde – informou que cedia o salão da agremiação ao São Geraldo, para que este realizasse bailes “pra arrumá dinheiro, pra comprá camisa”, e os jogadores do São Geraldo, por sua vez, retribuíam fazendo a proteção dos bailes do Camisa Verde.

 

Campeão da Copa do Centenário da Independência do Brasil de 1922

Em nenhuma delas adquiriu a projeção do São Geraldo. Não é para menos. Ao longo de sua trajetória, o “alvinegro” da Barra Funda colecionou resultados positivos dentro dos gramados, sendo o principal deles a conquista da Copa do Centenário da Independência do Brasil – nome dado ao campeonato paulista de 1922 –, evento que fez parte das comemorações alusivas aos cem anos da emancipação política da nação.

Tratou-se de uma competição bastante disputada, que despertou a atenção do crescente número de fãs do futebol. Ao final do certame, o São Geraldo consagrou-se campeão da Divisão Municipal. Anos mais tarde, Deocleciano Nascimento relatou – detalhadamente e com emoção – como transcorreu a partida daquela grand finale.

O São Geraldo, clube constituído “somente de elementos de cor”, enfrentou o Flor do Belém, time “formado por brancos” e considerado favorito ao ambicionado título. A decisão do campeonato do Centenário se deu no Estádio da Floresta, num domingo de Páscoa. Deocleciano era um “dos membros da diretoria” do clube da Barra Funda.

 

Narrativa do jogo decisivo de 1922

Conta que, pela manhã, fez “alguns dos elementos sangeraldenses” verem a “grande responsabilidade que iam assumir dali a algumas horas. Em cada rosto, em cada fisionomia, notava-se um ar de esperança”, pois o desânimo não se abateu sobre os componentes do “quadro dos jovens pretos”. No primeiro tempo da partida, estes “produziram pouco, ou quase nada”.

O adversário então marcou um gol e, instantes depois de abrir o placar, fez o segundo gol de vantagem, de modo que seus “torcedores já o aclamavam campeão”. Mas, como diz o provérbio, “é melhor quem ri por último”. No segundo tempo, operou-se uma reviravolta surpreendente. “Diante da formidável pressão dos negros”, o Flor do Belém cedeu “os pontos conquistados e mais um”, sendo derrotado pelo placar de três tentos a dois. “Oh!… Meu Deus! Que alegria descrevo estas linhas!…”, exclamava Deocleciano em tom saudosista no ano de 1934:

Sinto, em mim, tamanha comoção… parece-me que estou ouvindo os gritos de entra!… centra!… não durma!… é sua!… E depois aquela vozeria que se elevára, demoradamente nos ares: gôôôôl! Gôôôôl! E em triunfo, ‘os onze’, saírem carregados do campo, levando para o São Geraldo o cetro de Campeão Municipal do Centenário (A Voz da Raça, 28/04/1934, p. 4).

Com a conquista do título, o “alvinegro” da Barra Funda tornou-se mais conhecido em São Paulo, especialmente no meio negro, legitimando-se como o principal time de futebol do gênero. De acordo com o Progresso, não foi a partir daquele instante que o São Geraldo compreendeu seu papel no mundo esportivo. De longa data os jogadores vinham “apurando a sua performance”. E “merecidamente levantaram o título de campeão do Centenário”, feito que souberam guardar com “usura”.

Afinal, colocou a agremiação na “dianteira de suas congêneres”. Instrumentalizando um discurso racial, o jornal da imprensa negra frisava que a “Associação Atlética São Geraldo é uma das agremiações de homens pretos que, no esporte, tem sabido não só na capital, como em todo o Estado, honrar sobremaneira o nome do negro brasileiro” (Progresso, 26/09/1929, p. 7).

Por essa perspectiva, o “alvinegro” da Barra Funda representava, antes, um símbolo da raça. Sua conquista da “taça” do Centenário foi, realmente, vista pelos afro-paulistas como uma grande proeza, que os enchia de orgulho racial, daí ter sido lembrada e relembrada diversas vezes pelos seus órgãos de comunicação.

Em junho de 1928, o Progresso noticiava que o “conhecido campeão do Centenário” destacava-se na “vanguarda dos clubes de sua categoria. Em cada luta em que se empenha aquela associação, numerosa é a assistência, que vai levar-lhe o apoio de sua torcida” (Progresso, 23/06/1928, p. 5). Cerca de um ano depois, o periódico voltava a se reportar aos seus leitores: “Na história das festas, com que se comemorou, esportivamente, os 100 anos de nossa emancipação política, o clube que bem representa os pretos da capital e do Estado de S. Paulo, ocupa capítulo à parte. De um modo que nos honra sobremaneira, o S. Geraldo conquistou o disputado título de Campeão do Centenário. Deus, parece, que escolheu a camisa alvinegra, para dar-lhes essa honrosa designação, evidenciando, deste modo, o quanto a nós, pretos, o Brasil deve a sua Independência” (Progresso, 28/07/1929, p. 5).

Para muitos afro-paulistas, o triunfo do São Geraldo em 1922 assumia um significado que ia além do desportivo. Servia para conferir centralidade e visibilidade ao negro, positivando a sua imagem pública e lhe possibilitando atestar o seu valor não somente para a afirmação do futebol, mas também do Brasil. Denotando um sentido cívico-político, o esporte bretão era, neste caso, apropriado para celebrar a “raça” e a “nação”, combinadamente.

Além de disputar o campeonato da APEA, o São Geraldo costumava jogar contra os clubes dos “homens de cor”. Os contatos entre os sujeitos do chamado meio negro eram proativos e constantes. Bastava a existência no bairro de um time de futebol para que a interação entre eles se desenvolvesse, em diversas latitudes.

Um dos grandes rivais do São Geraldo localizava-se justamente no mesmo bairro. Era o time de futebol do Grêmio Barra Funda, com o qual disputou partidas memoráveis (Silva, 1998). Em abril de 1926, o Grêmio Recreativo Nem que Chova abriu as inscrições de um “festival esportivo”, planejando reunir dez times de futebol do meio negro no campo do Paulista de Aniagens, situado na Rua Glicério. Como premiação, previa-se distribuir “duas ricas taças” (O Clarim, 25/04/1926, p. 4).

O “festival” ocorreu no dia 9 de maio daquele ano e, ao que parece, contou com a participação do São Geraldo (O Clarim, 20/06/1926, p. 3). Já no ano de 1932, a “pujante esquadra do São Geraldo suspendeu a linda Taça Clarim d’Alvorada, troféu máximo de campeão [...] entre as agremiações esportivas da raça negra, que militam na capital” (O Clarim d’Alvorada, 31/01/1932, p. 3). Os intercâmbios do “alvinegro” da Barra Funda também ocorreram com os clubes do interior paulista. Em agosto de 1929, sua equipe viajou até a cidade de Campinas, para enfrentar a Ponte Preta.

O prélio, ainda que amistoso, se viu cercado de expectativas. “Perante grande assistência”, noticiou o Progresso, “foi disputada no dia 11 do corrente, em Campinas, uma partida amistosa de futebol entre as turmas da A. A. São Geraldo e a respectiva da A.A. Ponte Preta”.

A partida teria transcorrido muito movimentada e terminou com a vitória da Ponte Preta, pela contagem de 4 x 2, “sendo que o São Geraldo teve um ponto legítimo anulado, e uma pena máxima, que foi chutada fora. O S. Geraldo foi bastante prejudicado pelo juiz” (Progresso, 31/08/1929, p. 5).

Por vezes, o “alvinegro” da Barra Funda enfrentou adversários de outros estados, principalmente do Rio de Janeiro, em torneios e jogos amistosos (Silva, 1998).  Em 1925, ocorreu uma crise na organização do futebol paulista, o que levou o Clube Atlético Paulistano a abandonar a APEA e decidir criar a Liga de Amadores de Futebol (LAF). Seu gesto foi acompanhado imediatamente pela Associação Atlética das Palmeiras e pelo Sport Club Germânia. A nova associação nasceu com o propósito de “depurar” o futebol e incrementar a prática do esporte sobre as bases do “mais restrito amadorismo” (Rosenfeld, 1993).

Tanto a APEA quanto a LAF reivindicavam para si o direito de representar ofi cialmente o futebol do Estado de São Paulo. Neste cenário, o São Geraldo aderiu à nova associação, disputando o campeonato da divisão “intermediária”. Convém lembrar que, nessa época, não havia lei de acesso. Os nove times considerados grandes (Club Atlético Paulistano, Sport Club Germânia, Sport Club Corinthians, Associação Atlética das Palmeiras, Britânia Atlético Clube, Clube Atlético Santista, Antártica Futebol Clube, Clube Atlético Independência e Paulista Futebol Clube), que compunham a divisão mais importante da LAF, jogavam entre si e não corriam o risco de rebaixamento.

Já o São Geraldo jogava contra os clubes menores, muitos dos quais egressos do futebol de várzea. E mesmo que aí se destacasse, não havia a perspectiva de ascender à divisão principal (Silva, 2013). “Grandes são as vitórias do São Geraldo, que cioso pelo seu passado”, ressaltou o Progresso, “tem se empenhado em pugnas sérias, valendo-lhe lugar invejável na LAF. Na última luta em que se empenhou com o São Paulo Railway, levou de vencida o seu valente antagonista” (Progresso, 07/09/1928, p. 5).

A imprensa negra costumava acompanhar o desempenho do São Geraldo no campeonato da LAF e não perdia a oportunidade de repercutir e vibrar com os triunfos do “campeão do Centenário” (Progresso, 15/11/1928, p. 2). Quando, em 1928, este disputou o último jogo da divisão “intermediária” da LAF, no qual enfrentou os quadros principais do União Fluminense F.C., a imprensa negra voltou a pautá-lo.

O jogo era esperado com “grande interesse, pois sérios rivais e bem colocados na tabela do campeonato iam pela segunda vez no ano medir forças”. Ao Fluminense bastava um empate e ao São Geraldo uma vitória para ficar empatado com o rival na primeira colocação. Muitos “torcedores da forte falange negra estiveram presentes” no evento, no entanto, os “azares da sorte” impediram que eles saíssem de lá “jubilosos”, afinal, o “alvinegro” da Barra Funda se viu derrotado.

“Foi uma pena”, assinalou o Progresso, mas nada de arrefecer os ânimos. “O campeão do Centenário é digno, ainda, pelos esforços de seus componentes daquele título. [...] O São Geraldo, estamos convictos, não se desanimará por isso. Apurará ainda mais o seu conjunto, e depois… mãos à obra, isto é, firme na liça, em guarda no campo. Confiante no destino” (Progresso, 13/01/1929, p. 6).

Se no campeonato de 1928 o “alvinegro” da Barra Funda se viu descambado pelos “azares da sorte”, no do ano seguinte a situação se alterou. Segundo O Clarim d’Alvorada, o São Geraldo fechou a competição de 1929 de “um modo brilhante e digno de todos os encômios”. Basta dizer que, no decorrer do ano, seu “quadro” não sentiu o gosto da derrota; os “jogadores não sofreram a menor pena ou censura, em se tratando de disciplina.

E isto, para nós, é motivo de júbilo, pois o S. Geraldo é uma associação essencialmente de nossa classe”, afirmou o jornal da imprensa negra. O rendimento da equipe em campo teria surpreendido a todos. Durante todos os jogos, “apenas uma meta vazou o gol São Geraldense”; no mais, “tudo foi levado de vencida, portanto, esse campeonato foi um ano de orgulho para os esportistas negros desta capital, e a diretoria que conduziu o invicto S. Geraldo, no ano findo, está de parabéns, pela conquista deste alto troféu que irá enriquecer a sede deste nosso acatado grêmio esportivo”, finalizou a reportagem d’O Clarim d’Alvorada (O Clarim d’Alvorada, 25/01/1930, p. 2).

Aquela foi a última vez que o “alvinegro” da Barra Funda disputou o campeonato da LAF, a entidade que, desde a sua criação, mostrava-se favorável à permanência do amadorismo. Tudo levava a crer que a LAF iria substituir a APEA como legítima representante do futebol de São Paulo, mas não foi isso que ocorreu. A despeito de seu dinamismo na fase inicial, a entidade dissidente não conseguiu se consolidar no meio futebolístico.

Lentamente, os times foram abandonando-a e regressando à APEA. Foi o caso do Sport Club Corinthians, que ajudou a erguê-la em 1925, e retornou à APEA em 1927, tendo nela participado de apenas um campeonato. Ao todo, a LAF organizou três campeonatos paulistas, extinguindo-se em 1929.

O insucesso da entidade deveu-se basicamente à sua insistência em manter o futebol amador – condição na qual os jogadores ficavam desprovidos de salário, vínculo formal e não conseguiam viver exclusivamente do futebol, tendo que exercer outras ocupações para garantir o seu sustento –, numa época em que os clubes cada vez mais se profissionalizavam.

Enquanto isso, a APEA, que na teoria preconizava o amadorismo, na prática deixava que clubes e jogadores experimentassem o profissionalismo. Waldenyr Caldas argumenta que poucos jogadores queriam continuar nos times da LAF, uma vez que só ganhavam o material de jogo (calção, camisa, meias, toucas e chuteira) para entrar em campo, ao passo que, nos times da APEA, eles poderiam receber um salário paralelo à sua eventual atividade profissional fora do futebol.

Não tardou para que os melhores jogadores da entidade dissidente começassem a se transferir para as equipes da APEA. Os que lá permaneceram, com raras exceções, “não desejavam mesmo se profissionalizar como futebolistas. Desse modo, a LAF não poderia mesmo ter vida longa”. Em São Paulo, mais do que em qualquer outro lugar do país, o profissionalismo no futebol “avançava de forma irreversível” (Caldas, 1990, p. 129).

Foi neste contexto que o São Geraldo elegeu uma nova diretoria e voltou a se afiliar à APEA, participando de suas competições. Em 1933, a revista Evolução – cujo subtítulo era bem sugestivo: “revista dos homens pretos de São Paulo” – reportava-se ao passado da “dedicada e sempre estimada associação” da Barra Funda, um passado que consistia numa “página cheia de glórias para o engrandecimento do progresso da nossa raça no esporte predileto do momento, o futebol.

Desta Associação têm saído grandes astros”. Se o concurso de todos os elementos negros fosse uma realidade, “ela seria na atualidade uma grande demonstração de força da nossa raça. Porém, os seus dirigentes não se cansam de lutar. Esta sociedade nossa está filiada à APEA, fazendo parte da sua 2ª. divisão” (Evolução: Revista dos Homens Pretos de São Paulo, 13/05/1933, p. 14).

Como se percebe, o São Geraldo continuava sendo celebrado pelos porta-vozes da “comunidade negra”. Mais do que um mero time de futebol, ele era visto como uma referência cívica, um patrimônio-símbolo do aperfeiçoamento da raça.

Para além de um passado cheio de “glórias”, seus êxitos remeteriam às potencialidades, ao poder de realização e à capacidade de superação do negro na sociedade brasileira. Mas, naquela altura, o clube da Barra Funda já não era o mesmo.

Pouco a pouco entrou em crise, enfrentou tensões internas e se desarticulou coletivamente. Sem resultados expressivos dentro de campo, restava viver de um discurso saudosista. Não é possível assegurar, ainda, quando o time encerrou as suas atividades, mas parece que foi na primeira metade da década de 1940.

Também não é possível asseverar as razões internas que levaram a isso. Quanto às externas, tudo indica que o desmonte do São Geraldo esteve relacionado ao novo contexto social e cultural. Com a consolidação do futebol como esporte de massa e sua definitiva profissionalização, o que implicou um aumento na competitividade entre os grandes clubes, perderam terreno as linhas de cor e de classe social que imperavam no meio (Levine, 1980; Evolução: Revista dos Homens Pretos de São Paulo, 13/05/1933, p. 8).

Contribuiu para esse processo o crescente descrédito nas ideias do racismo científico e a ressignificação, para não dizer positivação, do papel da mestiçagem no imaginário nacional (Borges, 1993; Schwarcz, 1993; Ventura, 2000). Talvez mais importante que a condição de “preto”, “mulato” ou pobre de cada jogador seria a vitória do time.

Conforme revelou A Voz da Raça em julho de 1933, “os principais clubes de futebol aos poucos iam reformando seus estatutos e entre cláusulas abolidas figurava sempre a que proibia a entrada de homens de cor”. Para o veículo de comunicação “oficial da Frente Negra Brasileira”, o jogador símbolo do “ingresso do negro nos altos cenários” do futebol foi Mateus Marcondes.

O “másculo” atleta do Clube Espéria teria sido a última “figura a aparecer vitoriosamente em nossos esportes, vencendo e convencendo aos paredros do futebol bandeirante [...]” (A Voz da Raça, 08/07/1933, p. 4).

Muitos clubes da primeira divisão do futebol paulista passaram a “recrutar” jogadores negros na década de 1930. Isto não significa que tenham cessado as denúncias de que tais jogadores, embora elevassem o nome das agremiações desportivas, eram aceitos apenas como atletas e não como sócios (O Clarim d’Alvorada, 26/07/1931, p. 3).

Seja como for, emergiu um fenômeno novo: alguns dos melhores jogadores colored migraram para os grandes clubes (Andrews, 1998, p. 222). Bianco, o famoso “gorrinho encarnado” do Sul-América, transferiu-se para a Associação Atlética das Palmeiras (A Voz da Raça, 08/07/1933, p. 4). Talvez o caso mais emblemático tenha sido Petronilho de Brito, um típico jogador da várzea paulistana que, na concepção de Thomaz Mazzoni, trouxe pioneiramente para o “futebol dos grandes clubes o verdadeiro futebol da raça negra” (Mazzoni, 1968, p. 159).

Do próprio São Geraldo saíram “grandes astros” (Evolução: Revista dos Homens Pretos de São Paulo, 13/05/1933, p. 14), alguns dos quais teriam ido parar no Sport Club Corinthians, pelo menos é o que Seu Zezindo da Casa Verde, um ex-jogador da equipe, afirma: Na Barra Funda jogava aqui no São Geraldo.

Negro não passava [para a primeira divisão do campeonato]. Então nóis desafiêmo tudo quanto era time de São Paulo. Tudo, Paulistano, nós desafiava todo mundo. Ninguém queria jogá com nóis. Sabe quem foi que um dia descobriu o São Geraldo? O Corínthians, começou a passá a mão nos negro devagarinho, tirô um, tirô outro, tirou um, tirou outro e destruiu o São Geraldo. Mas o São Geraldo era prá sê um time de primeira categoria. No, no campeonato era…

Os colored que permaneceram em seus times de origem, com raras exceções, não tinham a intenção de se profissionalizar como jogador de futebol. Assim, os times dos “homens de cor” se viram sem seus “craques”, passaram a enfrentar dificuldades para se manter e, de certo modo, perderam parte da coesão e do sentido de sua existência.

Prosseguiram atuando no futebol amador de várzea, sem, contudo, perspectivas de vida longa. No que concerne ao São Geraldo, continuou a ser evocado no meio negro como o campeão do Centenário. Dada a importância do acontecimento, devia ser celebrado, rememorado e transmitido de geração para geração, para não cair no esquecimento.

Em 1948, ao recordar os “maiores feitos do futebol brasileiro”, a folha Mundo Esportivo mencionou o título do São Geraldo de campeão do Centenário da “Divisão Municipal” (Mundo Esportivo, 16/01/1948, p. 14). A esse respeito, O Clarim d’Alvorada já tinha sido bem incisivo em sua edição de 26 de julho de 1931: “o São Geraldo é um clube que honra a coletividade negra no futebol paulista” (O Clarim d’Alvorada, 26/07/1931, p. 3).

Eis uma opinião compartilhada por Dionísio Barbosa, que, em depoimento prestado ao Museu da Imagem e do Som em 1976, referiu-se às supostas virtudes do “alvinegro” da Barra Funda.

Para muitas “pessoas de cor”, o São Geraldo era uma fonte de orgulho racial. Na prática desportiva, constituía uma espécie de sismógrafo do quanto o negro era perseverante, dotado de disciplina e qualidades físicas, aliadas à inteligência e competência para alcançar os pináculos da vitória e se impor perante os desafios da vida (e da nação), colocando em xeque a ideologia de sua inferioridade racial.

 

PS: O título do Torneio Eliminatório Paulista de 1923, está disponível em nosso Blog no seguinte Link: http://cacellain.com.br/blog/?p=46969

 

FONTES: Progresso (23/06/1928, p. 5) – A Voz da Raça (25/03/1933, p. 2) – Correio de São Paulo (30/04/1941, p. 9; 08/06/1941, p. 18; 03/07/1941, p. 11; 17/07/1941, p. 10; 24/07/1941, p. 11; 10/08/1941, p. 20; 20/08/1941, p. 9). – Folha Mundo Esportivo – Livro “Os Esquecidos – Arquivos do Futebol Paulista, da Editora Datatoro, de autoria de Rodolfo Kussarev – O “campeão do Centenário”: raça e nação no futebol paulista, de Petrônio Domingues

 

A Associação Athletica Estrela de Ouro foi uma agremiação da cidade de São Paulo (SP). A equipe anil negra foi Fundada no dia 1º de Setembro de 1903. A sua Sede ficava no Belenzinho e depois no Braz. Na esfera futebolística o Estrela de Ouro participou do Campeonato Municipal (1923 e 1925); Divisão Principal (1924 e 1929) e Campeonato Paulista da Segunda Divisão (1928), todas as competições citadas foram organizadas pela Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA).

 Estrela de Ouro Campeão do Campeonato Municipal de 1925

No ano de 1925 com o futebol ainda longe de chegar a profissionalização, engatinhando no quesito organizacional criava-se campeonatos como a Primeira e Segunda Divisões, Divisão Municipal e Campeonato do Interior.
Série A

Associação Atlética Cambuci – São Paulo/SP
Associação Atlética Guanabara – São Paulo/SP
Brasil Esporte Clube – São Paulo/SP
Juta Belém Esporte Clube – São Paulo/SP
Santo Amaro Futebol Clube – São Paulo/SP
São Paulo Railway Atlético Clube – São Paulo/SP
Touring Futebol Clube – São Paulo/SP

Série B

20 de Setembro Esportivo – São Paulo/SP
Associação Atlética Liberdade – São Paulo/SP
Éden Liberdade Futebol Clube – São Paulo/SP
Esporte Clube Progresso – São Paulo/SP
Territorial Paulista Clube – São Paulo/SP
Voluntários da Pátria Futebol Clube – São Paulo/SP

Série C

Associação Atlética Colombo – São Paulo/SP
Associação Atlética Estrela de Ouro – São Paulo/SP
Associação Atlética Ordem e Progresso – São Paulo/SP
Estrela da Saúde Futebol Clube – São Paulo/SP
Lusitano Futebol Clube – São Paulo/SP
São Caetano Esporte Clube – São Caetano do Sul/SP
São Paulo Alpargartas – São Paulo/SP

Série D

Associação Atlética Abílio Soares – São Paulo/SP
Associação Atlética Helvétia – São Paulo/SP
Associação Atlética Paulistano – São Paulo/SP
Roma Futebol Clube – São Paulo/SP
Sport Clube Atlético Concórdia – São Paulo/SP

FASE FINAL 

31.01.1926 
ESTRELA DE OURO 2 x 1 SANTO AMARO
PROGRESSO 3 x 3 CONCÓRDIA

 
PROGRESSO 2 x 2 SANTO AMARO
ESTRELA DE OURO 4 x 0 CONCÓRDIA

 
SANTO AMARO WO contra CONCÓRDIA
PROGRESSO 2 x 1 ESTRELA DE OURO

FINAL 
 
ESTRELA DE OURO 4 x 0 PROGRESSO

CAMPEà– ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA ESTRELA DE OURO (SÃO PAULO)

 

FONTES: Jornal A Gazeta – Imparato (edição de 1930) – site do Nacional A.C. – Jornal A Tribuna de Santos / SP e Folha da Noite / SP – Livro “Os Esquecidos – Arquivos do Futebol Paulista, da Editora Datatoro, de autoria de Rodolfo Kussarev

 
Primeiro Turno
 
01/05/60
Asas 1×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ não informado
Gol: Caparelli.
Asas: Duca, Vadinho e Nildo; Cunha, Milton e Josias; Edinho, Baixa, Caparelli e Clóvis.
Íbis: Gildo, Zildo e Marciano; Bau, Duarte e Jair; Zezito, Cabinho, Paraíba, Ivaldir e Ivaldo.
Obs.: O Asas jogou com apenas dez jogadores. O ponteiro Dapixe não atuou.
 
04/05/60
Santa Cruz 6×3 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 34 900,00
Gols: Pitôco, Baiaco, Caboclo, Hamilton (2), Gildo II (2), Chico (pênalti), Jorginho.
Santa Cruz: Zé Maria, Gerôldo e Nagel; Biu, Clóvis e Roberto; Gildo II, Caboclo, Hamilton, Moacir e Jorginho.
Ferroviário: Marcelo (Renato), Zezinho e Plinio; Baiaco, Paulo e Bibiu; Neco, Vado, Pitôco, Lascinho e Chico.
 
08/05/60
Náutico 8×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 98 950,00
Gols: Vasconcelos (2), Tião, Geraldo, Aguinaldo (3), Zildo (contra).
Expulsão: Paraiba
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Geraldo, Givaldo e Hélmiton; Tião, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Elias.
Íbis: Itamar (Gildo), Zildo e Marciano; Bau, Alcione e Duarte; Zezito, Cabinho, Paraiba, Vantu e Livinho.
 
11/05/60
Santa Cruz 2×1 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: Cr$ 300.000,00
Gols: Hamilton, Caboclo e Baixa.
Santa Cruz: Zé Maria, Gerôldo e Nagel; Genaro, Roberto e Dodô; Gildo II, Caboclo, Hamilton (Zé de Melo), Biu e Jorginho.
Asas: Duca, Vadinho e Nido; Cunha, Nilton e Josias; Baixa, Caparelli, Gilberto, Clóvis e Assunção.
 
15/05/60
 Sport Recife 6×2 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 430.300,00
Gols: Bittencourt (4), Lascinho, Neco, Ramos (2).
Sport Recife: Cazuza, Alemão e Tomires; Marques, Bria e Dedé; Ramos, Traçaia, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Ferroviário: Renato, Plinio e Amâncio; Paulo, Baiaco e Santos; Neco, Vado, Pitôco, Lascinho e Chico.

18/05/60

Sport Recife 8×1 Íbis
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 39.280,00
Gols: Djalma (5, um de pênalti), Bittencourt, Zé Maria, Elcy, Hugo.
Sport Recife: Cazuza, Alemão e Sinval; Zé Maria, Tomires e Bria; Ramos, Traçaia, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Íbis: Moisés (Zanoni), Zildo e Marciano; Beto, Ferreira e Doda (Caroá); Zezito, Hugo, Paraiba, Vantu e Amaro Pipa.

22/05/60

Náutico 3×0 Santa Cruz
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 686.070,00
Gols: Fernando (2) e Vasconcelos.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Santa Cruz: Zé Maria, Gerôldo e Nenzinho; Biu, Clóvis e Dodô; Gildo II, Caboclo, Hamilton, Moacir e Jorginho.

26/05/60

 Ferroviário (RE) 4×2 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ não informada
Gols: Lascinho, Baiaco, Vantú, Neco, Jarbas e Chico.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zezinho; Bibiu, Amâncio e Paulo; Vado, Lascinho, Baiaco, Neco e Chico.
Íbis: Zanoni, Duarte e Marciano; Marcos, Caroá e Deda; Zezito, Hugo, Jarbas, Vantu e Amaro Pipa.

29/05/60

 Sport Recife 3×1 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 76.555,00
Gols: Josias (pênalti), Ramos (2) e Nido.
Sport Recife: Cazuza, Alemão e Tomires; Zé Maria, Dedé e Bria; Ramos, Traçaia, Djalma, Bé e Elcy.
Asas: Duca, Vadinho e Nido; Cunha, Nilton e Josias; Baixa, Caparelli, Gilberto, Clóvis e Cunha II.
 
01/06/60         
 
Náutico 5×1 Asas
Local: Aflitos
Juiz: José Teixeira
Renda: R$ 71.590,00
Gols: Agnaldo (2), Carlos Saz (2) Geraldo, Bochudo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Cícero; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Asas: Duca, Vadinho e Nido; Cunha, Nilton e Josias; Caparelli, Gilberto, Bochudo, Clóvis e Baixa.
 
04/06/60         
Santa Cruz 5×3 Sport Recife
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 791.000,00
Gols: Zé de Melo (2), Lua, Gildo, Hamilton, Djalma (2) e Traçaia.
Santa Cruz: Brito, Gerôldo e Nagel; Biu, Nenzinho e Dodô; Gildo II, Zé de Melo, Lua, Hamilton e Jorginho.
Sport Recife: Dick, Alemão e Tomires; Zé Maria, Gilson e Bria; Traçaia, Bé, Ramos, Bittencourt e Elcy.
 
08/06/60         
 
Náutico 7×1 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 58.930,00
Gols: Tião (4), Fernando, Afonsinho, Agnaldo e Zeca.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Geraldo, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Amâncio, Paulo e Bibiu; Vado, Lascinho, Baixa. Neco e Chico.
 
12/06/60         
 
Santa Cruz 5×1 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 50.225,00
Gols: Jorginho, Lua (3), Jorginho (2) e Paraiba.
Santa Cruz: Agostinho, Gerôldo e Nagel; Genaro, Nenzinho e Roberto; Gildo II, Caboclo, Lua, Hamilton e Jorginho.
Íbis: Augusto, Zildo e Marciano; Waldemir, Duarte e Célio; Doda, Paraiba, Jarbas, Vantu e Ivaldo.
 
16/06/60         
 
Ferroviário (RE) 2×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José Teixeira
Renda: R$ 8.335,00
Gols: Edmilson e Baiaco.
Expulsão: Edmilson, Baixa, Nido.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Amâncio, Paulo e Bibiu; Vado, Lascinho, Baiaco, Neco e Edmilson.
Asas: Duca, Vadinho e Nido; Cunha, Milton e Josias; Caparelli, Gilberto, Bochudo, Clóvis e Baixa.
 
19/06/60         
 
Sport Recife 2×2 Náutico
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 620.905,00
Gols: Djalma (pênalti), Afonsinho (pênalti), Elcy, Geraldo.
Expulsão: Mourão e Carlos Saz.
Sport Recife: Manga, Tomires e Sinval; Zé Maria, Goiano e Mourão; Ramos, Bé, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
 
26/06/60         
 
Íbis 4×0 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: R$ 3.950,00
Gols: Beco, Jarbas, Paraíba e Zezito.
Expulsão: Gilberto.
Íbis: Augusto, Caroá e Duarte; Moreno, Waldômes e Célio; Zezito, Beco, Paraíba, Vantu e Jarbas.
Asas: Duca, Sarrafo e Vadinho; Cunha, Milton e Josias; Clóvis, Baixa, Gilberto, Bochudo e Cunha II.
 
29/06/60         
 
Santa Cruz 3×2 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Waldemir Wanderley
Renda: R$ 58.200,00
Gols: Zé de Melo (2), Lua, Neco e Zeca (pênalti).
Santa Cruz: Brito, Gerôldo e Nagel; Nilsinho, Nenzinho e Roberto; Gildo II, Zé de Melo, Lua, Hamilton e Jorginho.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Amâncio, Paulo e Bibiu; Vado, Lascinho, Baiaco, Neco e Edmilson.
 
03/07/60         
 
Náutico 3×1 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 70.320,00
Gols: Vasconcelos, Paraíba, Waldemar (contra) e Tião.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Geraldo, Givaldo e Cícero; Tião, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Íbis: Jagunço, Caroá e Waldemir; Moreno, Duarte e Célio; Zezito, Beco, Paraíba, Vantu e Jarbas.
 
06/07/60         
 
Santa Cruz 6×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 47.130,00
Gols: Lua (4), Nilsinho e Zé de Melo (pênalti).
Santa Cruz: Brito, Gerôldo e Nagel; Nilsinho, Nenzinho e Roberto; Gildo II, Zé de Melo, Lua, Hamilton e Mainha.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Vadinho, Milton e Zito; Clóvis, Baixa, Bochudo, Osmar e Assunção.
 
10/07/60         
 
Sport Recife 2×0 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 75.095,00
Gols: Bria e Elcy.
Sport Recife: Manga, Bria e Gilson; Zé Maria, Tomires e Dedé; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Amâncio, Paulo e Bibiu; Vado, Baiaco, Edmilson, Neco e Chico.
 
13/07/60         
 
Sport Recife 4×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 30.580,00
Gols: Traçaia, Bé (2), Djalma (pênalti)
Sport Recife: Manga, Bria e Tomires; Zé Maria, Goiano e Índio; Traçaia, Bé, Osvaldo, Bittencourt e Djalma.
Íbis: Jagunço, Caroá e Duarte; Moreno, Waldemir e Cicero; Zezito, Waldômes, Paraíba, Vantu e Jarbas.
 
17/07/60         
 
Náutico 3×2 Santa Cruz
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 805.455,00
Gols: Lua, Vasconcelos, Geraldo, Afonsinho e Gildo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Santa Cruz: Ari Jório, Gerôldo e Nagel; Nilsinho, Nenzinho e Dodô; Gildo II, Zé de Melo, Lua, Hamilton e Mainha.
 
25/07/60         
 
Sport Recife 9×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 14.430,00
Gols: Zé Maria, Osmar (contra), Traçaia (2), Bé (2), Djalma (2) e Bittencourt.
Expulsão: Baixa e Osmar
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Zé Maria, Goiano e Tomires; Traçaia, Bé, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Clóvis, Cassemiro e Vavá; Baixa, Gilberto, Vadinho, Osmar e Bochudo.
 
27/07/60         
 
Náutico 9×1 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 43.380,00
Gols: Agnaldo (5), Vasconcelos (2), Geraldo, Nancildo e Bochudo.
Expulsão: Nildo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Givaldo; Carlos Saz, Daltro e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Asas: Duca, Vadinho e Nildo; Cunha, Cassemiro e Cabral; Caparelli, Gilberto, Bochudo, Clóvis e Baixa.
 
31/07/60         
 
Sport Recife 4×0 Santa Cruz
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 507.125,00
Gols: Djalma (4, um de pênalti).
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Zé Maria, Goiano e Tomires; Traçaia, Bé, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Santa Cruz: Ari Jorio, Gerôldo e Nagel; Nilsinho, Nenzinho e Dodô; Gildo II, Zé de Melo, Lua, Hamilton e Mainha.
 
03/08/60         
 
Náutico 3×3 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: José Teixeira
Renda: R$ 85.650,00
Gols: Zeca (contra), Agnaldo, Vasconcelos (2), Baiaco, Zeca II (pênalti).
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zeca; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Amâncio, Paulo e Claudinho; Chico, Baiaco, Lascinho, Neco e Edmilson.
 
07/08/60         
 
Santa Cruz 5×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 53.095,00
Gols: Lua (3) e Mainha (2).
Santa Cruz: Ari Jorio, Gerôldo e Nagel; Biu, Nenzinho e Roberto; Gildo II, Caboclo, Lua, Nilsinho e Mainha.
Íbis: Jagunço, Caroá e Waldômes; Moreno, Duarte e Célio; Zezito, Waldemir, Hugo, Ivaldir e Jarbas.
 
10/08/60         
 
Asas 1×1 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 3.200,00
Gols: Gilberto e Baiaco.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Vadinho, Cassemiro e Vavá; Caparelli, Gilberto, Bochudo, Osmar e Cunha II.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Pitôco, Neco, Baiaco, Lascinho e Chico.
 
14/08/60         
 
Náutico 2×2 Sport Recife
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 705.005,00
Gols: Osvaldo, Bittencourt, Geraldo e Afonsinho.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Bertolo, Givaldo e Hélmiton; Tião, Geraldo, Vasconcelos, Afonsinho e Fernando.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Zé Maria, Goiano e Tomires; Traçaia, Osvaldo, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Obs.: O jogo Íbis x Ferroviário não foi realizado
 
Segundo Turno
 
21/08/60         
 
Ferroviário (RE) 1×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock.
Renda: R$ 186.330,00
Gol: Edmilson.
Expulsão: Lascinho.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Chico, Baiaco, Lascinho, Gerson e Edmilson.
Íbis: Jagunço, Zildo e Caroá; Moreno, Duarte e Baú; Doda, Waldemir, Waldômes, Ivaldo e Jarbas.
 
24/08/60         
 
Sport Recife 9×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 23.320,00
Gols: Bittencourt (3), Djalma (3, um de pênalti), Elcy, Osvaldo e Traçaia.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Zé Maria, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Cassemiro, Nilton e Nido; Zé de Lima, Gilberto, Bochudo, Osmar e Montenegro.
 
28/08/60
 
Santa Cruz 3×0 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 90.060,00
Gols: Hamilton (2) e Lua.
Santa Cruz: Agostinho, Gaspar e Nagel; Biu, Múcio e Roberto; Gildo II, Hamilton, Lua, Nilsinho e Mainha.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Milton, Pitôco, Baiaco, Gerson e Edmilson.
 
31/08/60
 
Sport Recife 7×0 Íbis
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 31.220,00
Gols: Djalma (5, três de pênalti), Bittencourt e Osvaldo.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Michel, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Íbis: Jagunço, Caroá e Waldômes; Moreno, Duarte e Baú; Zezinho, Ivaldir, Jarbas, Vantu e Amaro Pipa.
 
04/09/60
 
Náutico 1×0 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 91.015,00
Gol: Agnaldo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Geraldo, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Paulo; Chico, Baiaco, Milton, Lascinho e Edmilson.
 
07/09/60
 
Santa Cruz 3×0 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 65.045,00
Gols: Mainha (pênalti), Hamilton e Lua.
Santa Cruz: Agostinho, Gaspar e Nagel; Biu, Múcio e Roberto; Gildo II, Hamilton, Lua, Nilsinho e Mainha.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Chico, Cassemiro e Vavá; Cunha, Clécio, Bochudo, Aldemir e Dapixe.
 
11/09/60
 
Sport Recife 1×1 Náutico
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 440.585,00
Gols: Gilson e Geraldo.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Traçaia, Bé, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Zequinha; Paulinho, Givaldo e Hélmiton; Bertolo, Geraldo, Vasconcelos, Afonsinho e Fernando.
 
14/09/60
 
Ferroviário (RE) 4×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 1.940,00
Gols: Baiaco, Chico, Zeca (pênalti) e Lascinho.
Expulsão: Azevedo.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bibiu; Vado, Pitôco, Lascinho, Baiaco e Chico.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Clécio, Cassemiro e Chico; Weider, Muribeca, Bochudo, Edinho e Cunha II.
 
18/09/60
 
Santa Cruz 7×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 84.080,00
Gols: Lua (4) e Hamilton (3).
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Lado e Nenzinho; Gildo II, Hamilton, Lua, Nilsinho e Mainha.
Íbis: Jagunço, Zildo e Caroá; Moreno, Waldemir e Célio; Júlio, Vantu, Zezito, Baú e Amaro Pipa.
 
21/09/60
 
Náutico 4×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 34.215,00
Gols: Geraldo (2), Vasconcelos e Bertolo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Givaldo; Paulinho, Gilberto e Hélmiton; Vasconcelos, Bertolo, Geraldo, Wilson e Fernando.
Íbis: Jagunço, Zildo e Caroá; Moreno, Waldemir e Célio; Júlio, Vantu, Zezito, Baú e Amaro Pipa.
 
25/09/60
 
Sport Recife 2×0 Santa Cruz
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 662.215,00
Gols: Djalma (pênalti) e Elcy.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Santa Cruz: Agostinho, Gerôldo e Nagel; Múcio, Lado e Nenzinho; Gildo II, Hamilton, Lua, Biu e Mainha.
 
28/09/60
Náutico 2×0 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 50.770,00
Gols: Afonsinho (pênalti) e Agnaldo.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Capolillo; Paulinho, Givaldo e Gilberto; Elias, Geraldo, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Cassemiro e Vavá; Weider, Muribeca, Bochudo, Chico e Caetano.
 
02/10/60
 
Sport Recife 5×0 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 75.085,00
Gols: Nilson Adrião, Traçaia, Osvaldo, Bé e Gilson.
Expulsão: Osvaldo.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Goiano e Mourão; Traçaia, Bé, Osvaldo, Bittencourt e Nilson Adrião.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zeca; Claudinho, Amâncio e Bibiu; Vado, Baiaco, Lascinho, Gerson e Chico.
 
05/10/60
 
Asas 4×0 Íbis
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 1.570,00
Gols: Weider, Josias (2 de pênalti), Caetano.
Expulsão: Jagunço
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Cassemiro e Josias; Weider, Muribeca, Caetano, Clécio e Cunha II.
Íbis: Jagunço (Ivaldir), Caroá e Waldemir; Waldômes, Nego e Baú; Junior, Duarte, Zezito, Ivaldir e Amaro Pipa.
 
09/10/60
 
Santa Cruz 2×0 Náutico
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 455.085,00
Gols: Lua (2)
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Hamilton, Lua, Biu e Mainha.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Capolillo; Paulinho, Givaldo e Hélmiton; Vasconcelos, Geraldo, Agnaldo, Elias e Fernando.
 
15/10/60
 
Ferroviário (RE) 1×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 3.015,00
Gol: Milton.
Expulsão: Nego, Vantu e Edmilson.
Ferroviário: Marcelo, Plinio e Zezinho; Claudinho, Amâncio e Paulo; Milton, Gerson, Vado, Pitôco e Edmilson.
Íbis: Jagunço, Caroá e Waldômes; Moreno, Nego e Baú; Júlio, Zezito, Aldeci, Vantu e Jarbas.
 
19/10/60
 
Sport Recife 8×1 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 24.900,00
Gols: Gilson, Djalma (4), Bittencourt, Traçaia (2), Clécio.
Expulsão: Bé, Caparelli, Josias e Muribeca.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Bé, Bittencourt e Elcy.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Cassemiro e Josias; Weider, Muribeca, Aldemir, Clécio e Ritinho.
 
23/10/60
 
Santa Cruz 4×0 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 90.767,00
Gols: Lua (2, um de pênalti), Gildo II e Hamilton.
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Hamilton, Lua, Biu e Mainha. Técnico: Ricardo Diez
Ferroviário: Renato, Plinio e Zezinho; Claudinho, Amâncio e Bibiu; Milton, Pitôco, Vado, Gerson e Chico. Técnico: Zé Paulo
 
26/10/60
 
Sport Recife 6×1 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Torres Sidrônio
Renda: R$ 31.560,00
Gols: Djalma (3, um de pênalti), Bé (2), Júlio, Traçaia.
Expulsão: Waldômes
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Goiano e Tomires; Traçaia, Bé, Djalma, Bittencourt e Elcy.
Íbis: Itamar (Aldeci), Duarte e Waldômes; Moreno, Nego e Baú; Júlio, Zezito, Aldeci, Vantu e Jarbas.
Obs.: O paraguaio Eustácio Catebec escolhido para a direção do encontro foi substituído à ultima hora por Torres Sidrônio, mediante uma escolha em comum acordo feito pelos capitães Traçaia e Nego, uma vêz que o medidor guarani não apresentava condições físicas satisfatórias.
 
30/10/60
 
Náutico 3×0 Ferroviário (RE)
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 89.880,00
Gols: China e Tião (2 de pênalti)
Náutico: Waldemar, Nancildo e Capolillo; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Geraldo, China, Ilson e Fernando.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zezinho; Claudinho, Amâncio e Bibiu; Vado, Pitôco, Lascinho, Baiaco e China.
 
03/11/60
 
Santa Cruz 3×1 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 52.720,00
Gols: Gildo II, Hamilton, Elmano e Clécio.
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Caboclo, Hamilton, Biu e Elmano.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Cassemiro e Milton; Weider, Muribeca, Aldemir, Clécio e Ritinho.
 
06/11/60
 
Sport Recife 2×1 Náutico
Local: Aflitos
Juiz: Eustácio Catebec
Renda: R$ 497.305,00
Gols: Djalma, Gilson e Agnaldo.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Djalma, Bé, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Capolillo; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Geraldo, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
 
09/11/60
 
Asas 1×1 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 2.040,00
Gols: Baiaco e Bochudo.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Caparelli, Cassemiro e Milton; Weider, Muriçoca, Aldemir, Cláudio e Ritinho.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zezinho; Claudinho, Amâncio e Paulo; Vado, Pitôco, Lascinho, Baiaco e Chico.
 
13/11/60
 
Santa Cruz 3×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 70.450,00
Gols: Nilsinho (2) e Lua.
Santa Cruz: Agostinho, Dodô e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Nilsinho, Lua, Biu e Elmano.
Íbis: Zanoni, Duarte e Waldômes; Caroá, Moreno e Zildo; Júlio, Zezito, Aldeci, Ivaldir e Silvinho.
 
15/11/60
 
Náutico 1×0 Íbis
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 46.760,00
Gol: Vasconcelos
Náutico: Abdias, Nancildo e Capolillo; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Agnaldo, Vasconcelos, Geraldo e Fernando.
Íbis: Jagunço, Duarte e Waldômes; Caroá, Moreno e Zildo; Júlio, Vantu, Aldeci, Ivaldo e Jarbas.
 
20/11/60
 
Santa Cruz 2×1 Sport Recife
Local: Aflitos
Juiz: Torres Sidrônio
Renda: R$ 665.155,00
Gols: Lua (pênalti), Múcio e Djalma (pênalti).
Santa Cruz: Agostinho, Dodô e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Nilsinho, Lua, Biu e Elmano.
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
 
23/11/60
 
Náutico 7×0 Asas
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: R$ 19.500,00
Gols: Fernando (3), Agnaldo (2), Tião (pênalti) e Geraldo.
Náutico: Abdias, Nancildo e Capolillo; Carlos Saz, Paulinho e Hélmiton; Tião, Geraldo, Agnaldo, Afonsinho e Fernando.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Clécio, Manoel e Zito; Weider, Gilberto, Bochudo, Edinho e Castro.
 
27/11/60
 
Sport Recife 7×0 Ferroviário (RE)
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 42.075,00
Gols: Djalma (3), Bittencourt (2) e Osvaldo (2).
Sport Recife: Manga, Bria e Sinval; Gilson, Tomires e Mourão; Traçaia, Djalma, Osvaldo, Bittencourt e Elcy.
Ferroviário: Renato, Plinio e Zezinho; Claudinho, Amâncio e Paulo; Milton, Vado, Baiaco, Pitôco e Chico.
 
01/12/60
 
Íbis 5×1 Asas
Local: Aflitos
Juiz: Evandro Ferreira
Renda: R$ 2.740,00
Gols: Loloca, Zezito, Jarbas (pênalti), Ivaldir, Azevedo (contra) e Clécio.
Íbis: Jagunço, Duarte e Waldômes; Caroá, Moreno e Zildo; Aldeci, Zezito, Loloca, Ivaldir e Jarbas.
Asas: Duca, Sarrafo e Azevedo; Cassemiro, Milton e Dapixe; Weider, Edinho, Caetano, Clécio e Cunha.
 
04/12/60
 
Santa Cruz 3×1 Náutico
Local: Aflitos
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: R$ 468.530,00
Gols: Lua (2), Daltro (contra) e Vasconcelos.
Santa Cruz: Agostinho, Dodô e Nagel; Múcio, Luiz e Nenzinho; Gildo II, Nilsinho, Lua, Biu e Elmano.
Náutico: Lula, Paulinho e Sidney; Gilberto, Daltro e Cícero; Saquinho, Vasconcelos, Agnaldo, Afonsinho e Elias.
 
FINAL
 
11/12/60         
 
Náutico 1×0 Santa Cruz
Local: Aflitos
Juiz: Gama Malcher
Renda: R$ 638.965,00
Gol: Tião.
Náutico: Waldemar, Nancildo e Capolillo; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Agnaldo, China, Geraldo e Fernando.
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Luiz e Dodô; Gildo II, Nilsinho, Lua, Biu e Elmano.
 
14/12/60
 
Náutico 2×1 Santa Cruz
Local: Aflitos
Juiz: Gama Malcher
Renda: R$ 591.130,00
Gols: China, Tião e Lua.
Náutico: Waldemar, Paulinho e Capolillo; Carlos Saz, Givaldo e Hélmiton; Tião, Agnaldo, China, Geraldo e Fernando.
Santa Cruz: Agostinho, Roberto e Nagel; Múcio, Luiz e Dodô; Gildo II, Hamilton, Lua, Biu e Elmano.
 
Náutico campeão pernambucano de 1960.
 
 
FONTES: Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″, Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Diário de Pernambuco.
 

O Auto Club do Pará foi uma agremiação da cidade de Belém (PA). Fundado nos anos 30, o clube possuía algumas alcunhas como: “clube dos motorizados” ou”Fantasma dos Grandes”, pois conseguiu grandes vitórias sobre os grandes, principalmente diante da Tuna Luso.

“Fantasma dos Grandes” mandava os seus jogos no campo da Lauro Sodré. A sua sede nos anos 50, ficava na Rua O’ de Almeida, próximo à Avenida Quinze, onde funcionava a sede do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). O Auto Club do Pará disputou seis campeonatos paraenses, entre 1948 a 1953. Mas a sua maior conquista foi o Torneio Inicio de 1949.

FONTE: Livro “Parazão Centenário”,  de autoria Ferreira da Costa

 

HISTÓRIA

Reunidos no bar São Pedro, alguns esportistas, entre os quais José Piragine Sobrinho e Herminio Cappabianca, decidiram fundar um quadro de futebol, formado com jogadores locais. Aquela época, estava em evidência o Esporte Clube Sírio, que mediante proposta de Cappabianca, foi então denominado Esporte Clube XV de Novembro de Jaú.
O Esporte Clube XV de Novembro de Jaú foi fundado no dia 15 de novembro de 1924, como homenagem à Proclamação da República. As cores que o clube ostenta, verde e amarela, também fazem alusão às cores da Bandeira Brasileira. Seu primeiro jogo foi um amistoso em 16 de novembro de 1924, um dia após a sua fundação. O XV de Jaú ganhou de 3×0 do Rio Claro, em jogo disputado no campo da rua Sete de Setembro. Em 1931, o clube recebeu o apelido de “Galo da Comarca” e o animal continua como mascote.
Inicialmente, XV de Jaú passou duas décadas disputando torneios amadores pelo interior do Estado e apenas em 1948 resolveu se profissionalizar, quando participou de sua primeira competição profissional: o Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Com a instituição da Lei do Acesso em 1948, o XV de Jaú teve o firme propósito de chegar à elite do futebol paulista. Não deu outra. Três anos depois, em 1951, após uma campanha simplesmente fantástica, jogou a decisão contra o Linense no Pacaembu e se tornou o grande campeão. Porém, para confirmar sua presença na elite paulista, a federação inventou uma disputa de melhor de três jogos entre o campeão da divisão de acesso e o último colocado da elite, no caso, o Jabaquara. Se o XV de Jaú saísse vitorioso ao final da disputa, conquistaria o acesso. Venceu o primeiro por 5×1 em Jaú e perdeu o segundo jogo por 2×0 em Santos. O terceiro jogo aconteceu na cidade de Campinas, no estádio Moisés Lucarelli. O Galo da Comarca venceu por 1 a 0, gol de Guanxuma. O XV permaneceu na 1ª Divisão até 1959.

Década de 60, anos de crise
De 1960 a 1967, o XV de Jaú atravessou anos de muita dificuldade. Rebaixado à 2ª Divisão, mergulhado em grave crise financeira e com muitas dívidas, o clube não teve outra saída senão licenciar-se da Federação Paulista de Futebol (FPF). Em condições precárias, o antigo Estádio Artur Simões, palco de grandes conquistas, acabou demolido para dar lugar a um loteamento residencial. Foi assim que o XV arrumou dinheiro para quitar as dívidas e comprar o terreno onde está hoje o Estádio Zezinho Magalhães, carinhosamente chamado de Jauzão.

Década de 70: a volta por cima
Depois de rebaixado em 1959 e licenciado da FPF em 1967, a década de 1970 marcou a volta do XV de Jaú ao cenário do futebol profissional. Primeiro o clube disputou campeonatos amadores, fez jogos amistosos, até que em 1975, com estádio recém-construído e um time bem estruturado, retornou ao profissionalismo jogando a 2ª Divisão de SP. O ano seguinte, 1976, foi o mais marcante da história do Galo. Após campanha irrepreensível e com apoio maciço da torcida, o time foi às finais. No jogo decisivo, contra o Aliança, o palco escolhido foi o estádio Brinco de Ouro da Princesa, novamente em Campinas, por se tratar de um estádio neutro. O XV de Jaú venceu por 2×0, conquistando o título e garantiu o acesso à Divisão Especial. Os gols do jogo foram marcados por Waldomiro e Pedrinho.

 

1979: disputa do brasileiro

1981/1982: disputa do Nacional

Em 1981, o XV de Jaú fez uma das melhores campanhas de sua história na primeira divisão. Com o mítico meio de campo formado por Célio, Cardim e Carlos Silva, o Galo da Comarca chegou a liderar o campeonato invicto, e disputou o octogonal final. Na classificação final, terminou em 4º lugar e garantiu presença na Taça de Ouro de 1982 que, na época, equivalia a primeira divisão nacional.

Em 1982, o XV de Jaú foi um dos representantes do estado de São Paulo na elite do futebol nacional, ao lado de Ponte Preta, Guarani, Santos, São Paulo, Internacional de Limeira e São José.
Na primeira fase do campeonato, o XV de Jaú estava no grupo H, ao lado de Londrina, Anapolina, Internacional de Santa Maria e Joinville. Apesar das dificuldades enfrentadas, o Galo conquistou a classificação para a próxima fase de forma dramática, após vitória sobre o Londrina no Paraná por 1×0. O goleiro quinzeano Carlos Pracideli ainda defendeu um pênalti no final da partida,  garantindo a vitória e classificação do Galo como segundo colocado do grupo.

Na segunda fase da Taça de Ouro, o XV de Jaú caiu no grupo M, ao lado de Bahia, Sport e Paysandu. Novamente, jogos de turno e returno. O Galo da Comarca teve um ótimo início, derrotando o Bahia em plena Fonte Nova com quase 24 mil pagantes. Valtinho e Luis Carlos marcaram os gols da vitória por 2×1. O XV de Jaú chegou na última rodada precisando da vitória sobre o Bahia, em pleno Zezinho Magahães lotado, para avançar de fase. Porém, o jogo terminou em 1×1, e o Galo da Comarca deu adeus ao campeonato.

 

1985: Excursão ao Japão
Em agosto de 1984, durante as festividades do 131º aniversário da cidade de Jaú, a cidade recebeu a visita do time japonês Shimizu FC, da província de Shizuoka. O time japonês foi convidado pelo XV de Jaú, sendo que as diretorias dos dois times mantinham uma relação amigável. Os dirigentes japoneses ficaram encantados com a estrutura e organização da escolinha de futebol do XV de Jaú, e resolveram implantar este sistema de formação e promoção de novos valores no Japão.
Em 1985, o XV de Jaú foi convidado a excursionar pelo Japão mostrando seu futebol.
Nesta excursão, o XV de Jaú disputou 11 partidas, vencendo 10 e empatando apenas uma. Marcou 23 gols e sofreu 5. O artilheiro da equipe foi o meio campista Pupo, com 5 gols, seguido de Doriva com 4 e Marcelo também 4.

Kasuyoshu, ou simplesmente Kazu, foi jogar no XV de Jaú. Aqui, ele foi moldado, fez excursões com time, e estreou como profissional no futebol em um jogo contra o Palmeiras, na vitória do XV de Jaú por 3×2 em pleno Palestra Itália. Foi também no XV de Jaú que, em um jogo contra o Corinthians pelo Campeonato Paulista de 1988, Kazu marcou o primeiro gol de um jogador de futebol japonês profissionalizado no Brasil.

 

Poy, história de amor ao XV
Com as alterações no campeonato paulista promovida nos anos 90, o XV de Jaú passou a integrar a série A2, equivalente a segunda divisão. Mas o Galo da Comarca conheceu a mão-salvadora do técnico José Poy, em 1994. O ex-goleiro que fez história no São Paulo F.C. teve três passagens. A primeira delas foi em 1987, quando livrou o XV de Jaú do rebaixamento. Em 1988, classificou o Galo entre os oito melhores do campeonato paulista.

Em 1989 e 1990, foi treinar um time na Arábia Saudita. Retornou ao XV no final de 1990, ficando até 1992. A última passagem foi em 1994, quando novamente livrou o XV de Jaú do rebaixamento após ficar 23 partidas invictas. Em 1995, fez uma excelente campanha na série A2 paulista, conquistando o vice campeonato e vaga na elite. Debilitado por uma trombose, nos últimos cinco jogos o técnico José Poy dirigiu o time de uma cadeira de rodas – atitude que conquistou a simpatia do torcedor. A todos, dizia que o importante era levar o XV à elite do futebol paulista, para só depois descansar. Poy faleceu pouco tempo depois, em 1996, num hospital da Capital.

 

A queda para a A-3
1996 foi, mais uma vez, o ano da volta do XV de Jaú à Série A-1 do futebol de São Paulo. Para aquela temporada, o clube trouxe o treinador Cilinho que, entretanto, não repetiu o sucesso da década de 1980. Cilinho foi embora no meio da competição e o Galo acabou rebaixado novamente. Começava aí o período mais triste da história de 86 anos do XV, porque no ano seguinte, em 1997, ele sofreu outro rebaixamento e foi à Série A-3, pode ficou longos nove anos. Subiu uma vez, mas caiu de novo e permanece na “terceirona” até hoje.

 

A-2 em 2005: faltou pouco
Encarando a triste realidade do XV de Jaú rebaixado para a Série A-3 do futebol paulista em 1997, a torcida viu a primeira chance de reverter esse quadro oito anos depois, na campanha memorável de 2005. O time era forte e a chance real chegou no último jogo, em casa, contra o Rio Claro. O empate devolvia o Galo à Série A-2 e iniciava a caminhada de volta à elite do futebol de São Paulo. O jogo seguiu emocionante e empatado em 1 a 1 até o último segundo, quando Luciano Gigante ampliou o marcador para o adversário. O apito final do juiz calou os torcedores no Jauzão; alguns foram às lágrimas.

 

2005: festa com o Galinho
Mesmo abalado por perder a chance de voltar à Série A-2 do futebol paulista em 2005, o XV de Jaú ergueu a cabeça e voltou ao trabalho. Tudo começou de baixo, com a disputa do Campeonato Paulista Sub-20 no segundo semestre do mesmo ano, sob comando do então auxiliar-técnico Doriva Bueno. A final foi feita em dois jogos contra o Santos: no Jauzão, o ‘Peixe’ foi derrotado pelo ‘Galinho’ por 3 a 1; na Vila Belmiro, outra vitória dos meninos do XV, desta vez por 2 a 1, e o título foi verde-e-amarelo. Daquele time campeão nada restou para o XV.

 

2006: a volta à A-2
Em 2006, o XV de Jaú travou nova luta pelo acesso. Promovido a técnico do time principal, Doriva Bueno utilizou alguns jogadores do sub-20 campeão e buscou a contratação de jogadores mais experientes. Após vencer todas as desconfianças, o time se firmou e fez o último jogo da temporada em Araraquara. Só a vitória frente à Ferroviária tiraria o Galo da tenebrosa e humilhante Série A-3. E não deu outra. Com gols de Paulinho e Douglas Richard, após nove anos de tentativas, o XV de Jaú voltava à Série A-2, a divisão de acesso.

 

Tropeço em 2008
O XV se manteve na A-2 por dois anos: 2007 e 2008. No primeiro ano, dirigido pelo técnico Marco Antônio Machado, o Galo não fez boa campanha e escapou do rebaixamento na penúltima rodada, quando ganhou da Portuguesa Santista no Jauzão. Em 2008 não teve escapatória e o XV foi novamente rebaixado para a A-3.

 

2009: novos ares e novo comando
Em 2009, sob a batuta do presidente José Construtor, o XV de Jaú e sua comissão técnica de notáveis (Alfinente, Wilson Mano, Marolla, Níveo…) passou boa parte do campeonato na zona de rebaixamento. Os notáveis foram caindo fora e o então auxiliar Márcio Griggio assumiu o Galo e conseguiu livrar o clube do rebaixamento à Série B.

 

2010: susto e grande campanha
O ano de 2010 começou com o técnico Felício Cunha de treinador. A equipe não deslanchou e, na metade do campeonato, ele pediu demissão para ir treinar a Ferroviária. Carlos Rossi, especialista em acessos, assumiu o XV e galgou várias posições na tabela, colocando o time na segunda fase. A campanha foi a quarta melhor em 15 anos, mas na segunda fase o XV não ganhou um jogo sequer. Veio a Copa Paulista e nada de vitória.
Em 2012, foi rebaixado para a quarta divisão paulista.

 

2016: O retorno
Com dificuldades financeiras, o XV de Jaú se licenciou da disputa da quarta divisão paulista em 2015. Mas em 2016 a equipe retornou as disputas.

 

FONTES: Site do clube – Revista Placar “Álbum de Figurinha do Campeonato Paulista de 1978″

 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Asas Futebol Clube do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Ferroviário do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Estudantes Futebol Clube do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
24/05/58            
 
NÁUTICO 7×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 21.880,00
Gols: Edmur (2), Elias (3, um de pênalti), Geraldo, Douglas.
Expulsão: Lula do NÁUTICO, por indisciplina.
NÁUTICO: Cazuza, Gil e Lula; Gilson, Zequinha e Nenzinho; Mozart, Geraldo, Edmur, Douglas e Elias.
AUTO ESPORTE: Jota, Caroá e Bahia; Matos, Gonçalves e Zélio; João Alfredo, Gilberto Cruz, Lula, Silva e Toinho.
 
25/05/58            
 
SANTA CRUZ 3×2 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 78.350,00
Gols: Newton Adrião, Faustino, Edmir, Hildebrando e Neco.
SANTA CRUZ: Mauro, Roberto e Breno; Zequinha, Aldemar e Edinho; Newton Adrião, Faustino, Hildebrando, Mituca e Jorginho.
ASAS: Neves, Cabral e Azevedo; Geisomino, Cassimiro e Vadinho; Baixa, Edmir, Neco, Lima e João do Vale.
 
28/05/58            
 
SPORT RECIFE 5×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 41.351,00
Gols: Pacoti (2), Eliezer (pênalti), Traçaia e Mainha.
Expulsão: Traçaia.
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Indio; Mainha, Pacoti, Traçaia, Walter e Eliezer.
ÍBIS: Leça, Zildo e Valdemes; Waldemir, Nego e Baú; Ronaldo, Nilton Lopes, Ivaldir e Antonino.
 
31/05/58            
 
AMÉRICA 4×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 7.643,00
Gols: Mangaba, Gilberto I, Paulo (2).
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido, Gilberto I, Rosael e Beléu; Cebinha, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
ESTUDANTES: Betoca, Americano e Miguel; Garrafa, Washington e Dema; Couceiro, Cleto, Jeronimo, Brivaldo e Jarbas.
 
01/06/58            
 
SANTA CRUZ 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 102.649,00
Gols: Faustino (3), Aldemar (2, um de pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Breno e Diogo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Carlinhos, Biu, Faustino, Mituca e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Renato, Ananias e Zeca; Amancio, Zé Carlos e Simão; Adelmo, Baiaco, Neto, Pitôco e Oliveira.
 
04/06/58            
 
SPORT RECIFE 8×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 44.657,00
Gols: Walter Morel (2), Eliezer (3), Walter, Pacoti, Traçaia.
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Zé Maria, Gêca e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Walter e Eliezer.
AUTO ESPORTE: Jota, Caroá e Henrique; Marcos, Zé Augusto e Duarte; João Alfredo, Marcolino, Pelado, Lula e Célio.
 
07/06/58            
 
ESTUDANTES 1×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.177,00
Gol: Jeronimo
ESTUDANTES: Betoca, Cleto e Nelson; Garrafa, Washington e Dema; Costa, Jeronimo, Crisogenes, Cerqueira e Brivaldo.
ÍBIS: Leça, Zildo e Valdemes; China, Nego e Baú; Ronaldo, Waldemir, Nilton Lopes, Ivaldir e Antonino.
 
08/06/58            
 
AMÉRICA 3×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 15.053,00
Gols: Cebinha (2) e Mangaba.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido, Gilberto I, Rosael e Beléu; Cebinha, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
ASAS: Neves, Cabral e Azevedo; Geisomino, Cassimiro e Vadinho; Baixa, Edmir, Neco, Lima e João do Vale.
 
11/06/58            
 
NÁUTICO 2×4 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 272.605,00
Gols: Pacoti (2), Walter Morel (2), Edmur (2).
Expulsão: Manga, Zequinha, Lula.
NÁUTICO: Wagner, Caiçara e Lula; Gilson, Zequinha e Nenzinho; Douglas, Geraldo, Edmur, Gamba e Elias.
SPORT RECIFE: Manga (Eliezer), Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Géo e Eliezer.
 
14/06/58            
 
AUTO ESPORTE 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.329,00
Gols: Lula, Washington (contra) e Clóvis.
AUTO ESPORTE: Jota, Caroá e Bahia; Marcos, Zé Augusto e Célio; João Alfredo, Lula, Clóvis, Aislan e Bigo.
ESTUDANTES: Betoca, Cleto e Nilson; Garrafa, Washington e Dema; Costa, Jeronimo, Crisogenes, Brivaldo e Jarbas.
 
15/06/58            
 
AMÉRICA 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 12.732,00
Gols: Paulo (2), Cebinha e Amaro Pipa.
Expulsão: Gilberto II.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido, Gilberto I, Rosael e Beléu; Cebinha, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
FERROVIÁRIO: Renato, Nado e Zeca; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Amaro Pipa, Neco, Pitôco, Baiaco e Joca.
 
18/06/58            
 
SPORT RECIFE 4×1 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 52.292,00
Gols: Walter Morel, Neco, Pacoti, Eliezer (2).
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Gilberto, Zé Maria e Índio; Mainha, Pacoti, Walter Morel, Géo e Eliezer.
ASAS: Neves, Cabral e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Baixa, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
 
21/06/58            
 
NÁUTICO 6×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 12.648,00
Gols: Pedro Amorim, Elias (2), Edmur (2) e Geraldo.
NÁUTICO: Rui, Gil e Caiçara; Gilson, Zequinha e Nenzinho; Pedro Amorim, Geraldo, Edmur, Gamba e Elias.
ESTUDANTES: Nivio, Americano e Miguel; Dema, Cleto e Otávio; Sales, Alarico, Jeronimo, Cavalcanti e Joca. (equipe provável).
 
24/06/58            
 
AMÉRICA 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 86.212,00
Gol: Paulo.
Expulsão: Rosael e Hidelbrando.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido, Zezinho, Agnelo e Rosael; Mário, Cebinha, Paulo, Mangaba e Gilberto II.
SANTA CRUZ: Victor, Breno e Diogo; Aldemar, Clóvis e Edinho; Carlinhos, Faustino, Hidelbrando, Mituca e Jorginho.
 
25/06/58            
 
FERROVIÁRIO 2×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 1.310,00
Gols: Baiaco, Baú (contra) e Ivaldir.
 
28/06/58            
 
ASAS 4×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 2.002,00
Gols: Neco (2), Clóvis, Buchudo e Marcos (pênalti).
ASAS: Neves, Cabral e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Baixa, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
AUTO ESPORTE: Jota, Caroá e Bahia; Marcos, Zé Augusto e Célio; João Alfredo, Lula, Clóvis, Airlan e Bigo.
 
29/06/58            
 
SPORT RECIFE 6×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 33.187,00
Gols: Pacoti (3), Walter Morel, Soca, Eliezer e Jeronimo.
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Zé Maria, Ney Andrade e Índio; Mainha, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
ESTUDANTES: Alfredo, Americano e Nelson; Cleto, Dema e Otávio; Costa, Jeronimo, Brivaldo, Washington e Rudia.
 
03/07/58            
 
SANTA CRUZ 4×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 24.525,00
Gols: Faustino, Jorginho, Paraiba e Carlinhos.
SANTA CRUZ: Victor, Breno e Aldemar; Diogo, Clóvis e Edinho; Carlinhos, Faustino, Paraíba, Mituca e Jorginho.
ÍBIS: Itamar, Zildo e Valdemes; Waldemir, Nego e Baú; Ronaldo, Célio, Ramos, Ivaldir e Antonino.
 
05/07/58            
 
NÁUTICO 3×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 24.764,00
Gols: Buchudo, Azevedo (contra), Gelsomino (contra) e Fernando.
NÁUTICO: Rui, Gil e Caiçara; Givaldo, Zé Henrique e Zequinha; Fernando, Geraldo, Edmur, Gamba e Elias.
ASAS: Neves, Cabral e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Gelsomino; Baixa, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
 
06/07/58            
 
AUTO ESPORTE 2×2 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 3.760,00
Gols: Zeca, Zezinho, Celso e Gilberto.
AUTO ESPORTE: Jota, Caroá e Henrique; Marcos, Zé Augusto e Célio; João Alfredo, Gilberto, Celso, Pelado e Bigo.
FERROVIÁRIO: Renato, Bibiu e Zeca; Santos, Ananias e Amancio; Neco, Pitôco, Zezinho, Joca e Amaro Pipa.
 
09/07/58            
 
AMÉRICA 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 2.310,00
Gols: Paulo, Zezinho e Gilberto II.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido, Gilberto, Agnelo e Rosael; Mário, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
ÍBIS: Bezerra, Zildo e Inaldo; Moreno, Nego e Baú; Ronaldo, Célio, Almiro, Ivaldir e Antonino.
 
12/07/58            
 
ASAS 4×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 806,00
Gols: Bochudo, Odacyr, Edmir, Clóvis.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Edmir, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
ÍBIS: Bezerra, Zildo e Waldomes; China, Nego e Inaldo; Odacyr, Célio, Waldemir, Moreno e Antonino.
Obs.: Não encontrado autor de um dos gols do ASAS.
 
13/07/58            
 
SANTA CRUZ 8×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 81.141,00
Gols: Faustino (3), Fernando (3), Aldemar (pênalti) e Mituca.
SANTA CRUZ: Mauro, Breno e Diogo; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Nilton Adrião.
AUTO ESPORTE: Jota, Plinio e Bahia; Caroá, Zé Augusto e Célio; João Alfredo, Gilberto, Celso, Pelado e Bigo.
 
16/07/58            
 
NÁUTICO 4×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 36.038,00
Gols: Geraldo (2), Edmur e Gamba.
NÁUTICO: Rui, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Nenzinho; Elias, Geraldo, Edmur, Gamba e Fernando.
FERROVIÁRIO: Renato, Salgueiro e Ananias; Zé Carlos, Amancio e Bibiu; Neco, Pitôco, Joca, Baiaco e Amaro Pipa.
 
19/07/58            
 
ASAS 2×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 4.269,00
Gols: Bochudo, Jarbas e João do Vale.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Edmir, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Chico, Cleto e Dema; Joca, Batuel, Alarico, Otávio e Jarbas.
 
20/07/58            
 
AMÉRICA 7×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 14.555,00
Gols: Mangaba.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Agnelo; Gilberto, Rosael e Bero; Mário, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
AUTO ESPORTE: Severino, Henrique e Bahia; Caroá, Plinio e Zé Augusto; João Alfredo, Geraldo, Lula, Marcos e Zezinho.
Obs.: Não encontrado os autores dos outros gols do AMÉRICA.
 
23/07/58            
 
SPORT RECIFE 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 29.826,00
Gol: Pacoti
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Ney Andrade e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Diogo, Simão e Amancio; Salgueiro, Pitôco, Joca, Baiaco e Amaro Pipa.
 
26/07/58            
 
ÍBIS 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 2.280,00
Gols: Clóvis, Ivaldo, Waldemir (2).
ÍBIS: Itamar, Zildo e Valdemes; China, Nego e Baú; Almiro, Waldemir, Célio, Moreno e Ivaldo.
AUTO ESPORTE: Jota, Henrique e Bahia; Caroá, Plinio e Zé Augusto; Geraldo, Clóvis, Celso, Zezinho e Freitas.
 
27/07/58            
 
NÁUTICO 3×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 372.071,00
Gols: Elias (2), Edmur, Mituca e Renatinho.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Nenzinho; Walter Vieira, Celu, Edmur, Geraldo e Elias.
SANTA CRUZ: Victor, Breno e Mucio; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
 
30/07/58            
 
ASAS 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 8.303,00
Gol: Bochudo.
Expulsão: Joca.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Edmir, Buchudo, Neco, Lima e João do Vale.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Diogo, Simão e Amancio; Amaro Pipa, Neco, Pitôco, Baiaco e Joca.
 
02/08/58            
 
NÁUTICO 11×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 22.281,00
Gols: Elias (3), Celu (3), Edmur (3), Geraldo e Walter Vieira.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Celu, Edmur, Geraldo e Elias.
ÍBIS: Itamar, Zildo e Valdemes; China, Nego e Baú; Jurandir, Waldemir, Célio, Vantu e Ivaldo.
 
03/08/58            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Onildo Barros
Renda: Cr$ 319.374,00
Gols: Pacoti (2).
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Ney Andrade e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Valter e Eliezer.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Bero; Jorge de Castro, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
 
06/08/58            
 
FERROVIÁRIO 2×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.826,00
Gols: Baiaco (2).
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Diogo, Amancio e Bibiu; Amaro Pipa, Neco, Pitôco, Baiaco e Salgueiro.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Chico, Cleto e Dema; Brivaldo, Jeronimo, Alarico, Otávio e Batista.
 
09/08/58            
 
SANTA CRUZ 5×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 40.360,00
Gols: Renatinho (2), Aldemar (pênalti), Fernando e Faustino.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Roberto; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Chico, Cleto e Dema; Joca, Alarico, Jeronimo, Cerqueira e Jarbas.
 
10/08/58            
 
NÁUTICO 1×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 173.579,00
Gols: Waldemar (contra) e Walter Vieira.
Expulsão: Elias.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Edmur, Gamba e Elias.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Cebinha, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
 
17/08/58            
 
SANTA CRUZ 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 584.820,00
Gols: Renatinho, Fernando e Pacoti.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Gilberto, Zé Maria e Ney Andrade; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Walter e Eliezer.
 
20/08/58            
 
SANTA CRUZ 10×3 ASAS
Local: Aflitos (Preliminar de NÁUTICO x AUTO ESPORTE)
Juiz: Mário Viana
Gols: Faustino (3), Aldemar (2, um de pênalti), Fernando, Renatinho (2), Jorginho e Neco (3).
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Gelsomino, Cassimiro e Juvenal; Baixa, Edmir, Neco, Celli e João do Vale.
 
NÁUTICO 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 66.818,00
Gols: Elias, Geraldo (2) e Celu.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Hélmiton; Walter Vieira, Geraldo, Edmur, Celú e Elias.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Lula, Caroá e Zé Augusto; Gilberto, Clóvis, Celso, Pinga e Welber.
 
22/08/58            
 
AMÉRICA 8×0 ESTUDANTES
Local: Aflitos (Preliminar de SPORT RECIFE x ÍBIS)
Juiz: Anísio Morgado
Gols: Djalma (3), Paulo (3), Zezinho e Chico (contra).
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Zezinho, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Mangaba e Gilberto II.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Ferreira, Chico e Dema; Brivaldo, Alarico, Jeronimo, Cleto e Jarbas.
 
SPORT RECIFE 9×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 28.161,00
Gols: Traçaia (4), Pacoti (3), Walter Morel (2).
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Gilberto, Zé Maria e Ney Andrade; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Walter e Ilo.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Alcione; Moreno, Nego e Baú; Ronaldo, Nilton Lopes, Odacyr, Vantu e Almiro.
 
24/08/58            
 
SANTA CRUZ 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos (Preliminar de SPORT RECIFE x FERROVIÁRIO)
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Gols: Faustino, Aldemar (pênalti).
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Diogo, Amancio e Bibiu; Joca, Neco, Pitôco, Baiaco e Salgueiro.
Obs.: não encontrado o autor do gol do FERROVIÁRIO.
 
SPORT RECIFE 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 121.139,00
Gols: Pacoti (4), Ilo, Geraldo.
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Gilberto, Zé Maria e Ney Andrade; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Walter e Ilo.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Lula, Caroá e Zé Augusto; Gilberto, Clóvis, Geraldo, Pinga e Marcos.
 
27/08/58            
 
ÍBIS 1×0 ESTUDANTES
Local: Aflitos (Preliminar de AMÉRICA x ASAS)
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Gol: Ivaldir.
ÍBIS: Itamar, Zildo e Valdomes; China, Nego e Baú; Odacyr, Célio, Waldemir, Moreno e Ivaldir. (equipe provável)
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Ferreira, Chico e Dema; Brivaldo, Alarico, Jeronimo, Cleto e Jarbas. (equipe provável)
 
AMÉRICA 6×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 8.572,00
Gols: Paulo (2), Neves (contra), Jorge de Castro (2), Djalma (pênalti) e Bochudo.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Zezinho, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Mangaba e Gilberto II.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Zé de Lima, Juvenal e Guabera; Edmir, Bochudo, Neco, Celli e João do Vale.
 
30/08/58            
 
AMÉRICA 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 9.749,00
Gols: Djalma, Cido, Paulo (2) e Zezinho.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Zezinho, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Mangaba e Gilberto II.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Zé Carlos, Amancio e Bibiu; Salgueiro, Pitôco, Joca, Neco e Baiaco.
 
31/08/58            
 
ESTUDANTES 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro (Preliminar de SPORT RECIFE x NÁUTICO)
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Gols: Rildo e Jarbas.
Expulsão: Chico, Duarte e Plinio.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Nelson; Washington, Chico e Mano; Jeronimo, Alarico, Batuel, Rildo e Jarbas.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Lula, Caroá e Zé Augusto; Gilberto, Clóvis, Geraldo, Pinga e Welder.
 
SPORT RECIFE 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 301.524,00
Gols: Elias, Caiçara, Eliezer (pênalti) e Zequinha (contra).
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Nicolau e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Edmur, Celú e Elias.
 
03/09/58            
 
NÁUTICO 2×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro (Preliminar de SPORT RECIFE x ASAS)
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Gols: Celú e Walter Vieira.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Mauricio, Celú e Elias.
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Nelson; Washington, Chico e Mano; Jeronimo, Alarico, Batuel, Rildo e Jarbas.
 
SPORT RECIFE 4×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 40.200,00
Gols: Pacoti (3) e Traçaia.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Nicolau e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
ASAS: Neves, Nido e Azevedo; Clóvis, Juvenal e Guabera; Edmir, Bochudo, Neco, Lima e João do Vale.
 
06/09/58            
 
FERROVIÁRIO 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos (Preliminar de ASAS x AUTO ESPORTE)
Juiz: Anísio Morgado
Gols: não encontrado
 
ASAS 4×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 1.288,00
Gols: não encontrado
 
07/09/58            
 
SPORT RECIFE 7×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 387.365,00
Gols: Pacoti (4), Soca (2), Walter Morel.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Nicolau e Ney Andrade; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Elcir.
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Nelson; Washington, Chico e Mano; Couceiro, Batuel, Rildo, Jarbas e Airton.
 
SANTA CRUZ 3×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mario Viana
Renda: Cr$ 387.356,00
Gols: Faustino, Mituca, Fernando e Cido.
SANTA CRUZ: Mauro, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
 
10/09/58            
 
NÁUTICO 4×0 ASAS
Local: Aflitos (Preliminar de SANTA CRUZ x ÍBIS)
Juiz: Anísio Morgado
Gols: Fernando (2), Geraldo (2).
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Elias, Celú e Fernando.
ASAS: Neves, Azevedo e Pedro Matos; Clóvis, Cassimiro e Cunha; Edmir, Bochudo, Neco, Lima e João do Vale.
 
SANTA CRUZ 7×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 60.898,00
Gols: Faustino (3), Aldemar (2, um de pênalti), Fernando e Mituca.
SANTA CRUZ: Mauro, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
ÍBIS: Leça, Valdomes e Alcione; Moreno, Waldemir e Zildo; Ronaldo, Nilton Lopes, Vantu, Ivaldir e Ivaldo.
 
12/09/58            
 
FERROVIÁRIO 0×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro (Preliminar de AMÉRICA x ÍBIS)
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 2.000,00
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Simão e Bibiu; Neco, Ita, Pitôco, Baiaco e Joca.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Marcos, Caroá e Zé Augusto; Pelado, Geraldo, João Alfredo, Lula e Welder.
 
AMÉRICA 6×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 2.000,00
Gols: Paulo (3), Mangaba, Jorge de Castro (2) e Waldemir.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Rosael; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Mangaba e Gilberto II.
ÍBIS: Gildo, Zildo e Valdomes; Moreno, Nego e Alcione; Ronaldo, Waldemir, Vantu, Ivaldir e Odacyr.
 
14/09/58            
 
NÁUTICO 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 85.844,00
Gols: Pitôco, Geraldo (2).
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Givaldo; Miguel, Zequinha e Hélmiton; Walter Vieira, Geraldo, Elias, Celú e Douglas.
FERROVIÁRIO: Renato, Salgueiro e Zeca; Amancio, Simão e Bibiu; Neco, Oliveira, Pitôco, Baiaco e Joca.
 
SANTA CRUZ 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 85.844,00
Gols: Fernando (2), Faustino e Biu.
SANTA CRUZ: Mauro, Jorginho e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Carlinhos.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Marcos, Caroá e Zé Augusto; Toinho, Geraldo, João Alfredo, Lula e Welder.
 
17/09/58            
 
ASAS 3×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro (Preliminar de AMÉRICA x AUTO ESPORTE)
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Gols: Neco, Edmir, Bochudo e Baú.
ASAS: Neves, Nido e Pedro Matos; Cunha, Cassimiro e Valdimir; Edmir, Bochudo, Neco, Lima e João do Vale.
ÍBIS: Gildo, Zildo e Valdomes; Moreno, Nego e Baú; Ronaldo, Henrique, Vantu, Ivaldir e Odacyr.
 
AMÉRICA 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 4.821,00
Gols: Paulo e Jorge de Castro.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Beleu; Jorge de Castro, Mangaba, Paulo, Zezinho e Mário.
AUTO ESPORTE: Jota, Duarte e Plinio; Marcos, Caroá e Zé Augusto; João Alfredo, Geraldo, Lula, Bahia e Célio.
 
20/09/58            
 
ÍBIS 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ não informada
Gols: não encontrado
 
ESTUDANTES 2×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ não informada
Gols: não encontrado
 
21/09/58            
 
NÁUTICO 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 452.518,00
Gols: Faustino, Walter Vieira e Airton.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Douglas, Walter Vieira, Airton, Geraldo e Elias.
SANTA CRUZ: Mauro, Múcio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
 
24/09/58            
 
SANTA CRUZ 4×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 74.327,00
Gols: Fernando (3) e Renatinho.
SANTA CRUZ: Victor, Múcio e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Nelson; Washington, Chico e Mano; Jeronimo, Batuel, Alarico, Romualdo e Jarbas.
 
SPORT RECIFE 4×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 74.327,00
Gols: Pacoti (2), Mainha, Soca e Zeca (pênalti).
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Mainha.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Neco, Pitôco, Joca, Baiaco e Dario.
 
27/09/58            
 
FERROVIÁRIO 1×0 ESTUDANTES
Local: Aflitos (Preliminar de NÁUTICO x ÍBIS)
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ não informada
Gol: Zeca (pênalti).
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Dario, Neco, Pitôco, Baiaco e Joca.
ESTUDANTES: Zeca, Ferreira e Nelson; Washington, Chico e Otávio; Jeronimo, Alarico, Marcelino, Romualdo e Jarbas.
 
NÁUTICO 6×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ não informada
Gols: Elias (3, um de pênalti), Geraldo (2) e Airton.
Expulsão: Ivaldir e Baú
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Pirani; Miguel, Zequinha e Givaldo; Douglas, Walter Vieira, Airton, Geraldo e Elias.
ÍBIS: Gildo, Zildo e Valdomes; China, Alcione e Baú; Vantu, Waldemir, Moreno,  Ivaldir e Ivaldo.
 
28/09/58            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 184.860,00
Gols: Pacoti (2).
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Nicolau, Tomires e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Elcir.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Mangaba, Paulo, Cebinha e Gilberto II.
 
01/10/58            
 
NÁUTICO 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 97.881,00
Gol: Geraldo.
Expulsão: Caiçara e Gilberto II.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Douglas, Walter Vieira, Airton, Geraldo e Elias.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Gilberto I, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
 
05/10/58            
 
ASAS 2×2 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 459.477,00
Gols: Bochudo, Celli, Zé Carlos, Zeca (pênalti).
ASAS: Neves, Nido e Pedro Matos; Clóvis, Cassimiro e Juvenal; Baixa, Bochudo, Neco, Celli e João do Vale.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Salgueiro, Neco, Pitôco, Baiaco e Dario.
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 459.477,00
Gol: Mainha (pênalti)
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Bé, Traçaia, Walter Morel, Soca e Mainha.
SANTA CRUZ: Victor, Genaro e Sidney; Biu, Aldemar e Edinho; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
                 
Segundo Turno
 
11/10/58            
 
SPORT RECIFE 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Manoel Bello
Renda: Cr$ 31.295,00
Gols: Mainha (2), Soca e Zeca
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Nicolau e Índio; Bé, Traçaia, Walter Morel, Soca e Mainha.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Salgueiro, Neco, Joca, Baiaco e Dario.
 
12/10/58            
 
NÁUTICO 3×1 ASAS
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 32.152,00
Gols: Fernando (2), Geraldo e Bochudo.
NÁUTICO: Waldemar, Givaldo e Pirani; Miguel, Zequinha e Hélmiton; Celu, Geraldo, Walter Vieira, Douglas e Fernando.
ASAS: Neves, Bel e Pedro Matos; Clóvis, Vadinho e Juvenal; Baixa, Bochudo, Neco, Lima e João do Vale.
 
15/10/58            
 
AMÉRICA x SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Obs.: AMÉRICA ganhou por W.O. SANTA CRUZ não compareceu ao local do jogo.
 
18/10/58            
 
NÁUTICO 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 19.725,00
Gols: Walter Vieira e Amancio (contra).
NÁUTICO: Waldemar, Givaldo e Pirani; Miguel, Zequinha e Hélmiton; Elias, Geraldo, Walter Vieira, Douglas e Fernando.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Bibiu; Amaro Pipa, Neco, Joca, Baiaco e Dario.
 
19/10/58            
 
SANTA CRUZ 4×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 53.005,00
Gols: Renatinho (3) e Nilson.
SANTA CRUZ: Victor, Roberto e Sidney; Genaro, Clóvis e Edinho; Renatinho, Nilson, Fernando, Biu e Joãozinho.
ASAS: Neves, Bel e Pedro Matos; Clóvis, Cassimiro e Vadinho; Baixa, Bochudo, Neco, Osmar e João do Vale.
 
22/10/58            
 
SPORT RECIFE 2×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 109.060,00
Gols: Bé, Walter Morel e Mário.
Expulsão: Tomires e Paulo.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Tomires; Zé Maria, Ney Andrade e Índio; Bé, Traçaia, Walter Morel, Soca e Eliezer.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Gilberto I, Rosael e Ilzo; Jorge de Castro, Mário, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
 
24/10/58            
 
SANTA CRUZ 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 59.945,00
Gols: Fernando (3).
SANTA CRUZ: Victor, Nagel e Sidney; Pissica, Clóvis e Roberto; Carlinhos, Joãozinho, Fernando, Nilson e Renatinho.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Bibiu, Zé Carlos e Salgueiro; Joca, Baiaco, Pitôco, Neco e Dario.
 
26/10/58            
 
NÁUTICO 1×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 239.999,00
Gol: Walter Vieira.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Douglas, Geraldo, Gamba e Elias.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Bé, Traçaia, Walter Morel, Soca e Eliezer.
 
29/10/58            
 
AMÉRICA 1×1 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ramon Charquero
Renda: Cr$ 4.620,00
Gols: Neco e Cebinha.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Agnelo, Rosael e Ilzo; Jorge de Castro, Cebinha, Paulo, Zezinho e Gilberto II.
ASAS: Neves, Guabera e Pedro Matos; Gelsomino, Vadinho e Dapixe; Baixa, Caparelli, Neco, Osmar e João do Vale.
 
01/11/58            
 
SANTA CRUZ 4×0 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 263.505,00
Gols: Renatinho (2), Fernando e Aldemar (pênalti).
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Nagel; Biu, Aldemar e Clóvis; Nilson, Renatinho, Fernando, Mituca e Jorginho.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Lula; Miguel, Zequinha e Givaldo; Elias, Geraldo, Walter Vieira, Douglas e Fernando.
 
05/11/58            
 
SPORT RECIFE 7×1 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 37.620,00
Gols: Walter Morel (3), Bé, Traçaia (2), Valter e Bochudo.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Traçaia, Bé, Walter Morel, Soca e Valter.
ASAS: Neves, Guabera e Pedro Matos; Gelsomino, Cassimiro e Dapixe; Baixa, Neco, Bochudo, Osmar e João do Vale.
 
08/11/58            
 
AMÉRICA 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado.
Renda: Cr$ 5.445,00
Gols: Zezinho e Djalma.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Zezinho e Dario.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Ananias; Bibiu, Zé Carlos e Salgueiro; Joca, Baiaco, Pitôco, Neco e Dario.
 
09/11/58            
 
SPORT RECIFE 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 565.155,00
Gols: Pacoti (2), Fernando.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Bé.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Renatinho, Faustino, Fernando, Mituca e Jorginho.
 
12/11/58            
 
FERROVIÁRIO 4×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 158.480,00
Gols: Neco (2), Joca e Baiaco.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Bibiu, Zé Carlos e Salgueiro; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Dario.
ASAS: Neves, Ivo e Pedro Matos; Gelsomino, Vadinho e Juvenal; Sousa, Caparelli, Neco, João do Vale e Baixa.
 
15/11/58            
 
NÁUTICO 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 90.705,00
Gol: Airton.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Pirani; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Mauricio, Airton e Elias.
AMÉRICA: Carijó, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Djalma, Paulo, Zezinho e Miro (Gilberto II). (equipe provável).
 
16/11/58            
 
SPORT RECIFE 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 52.230,00
Gols: Pacoti (2).
SPORT RECIFE: Miro, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Pedrinho, Pacoti, Walter Morel, Soca e Bé.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Zé Carlos e Salgueiro; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Dario.
 
19/11/58            
 
NÁUTICO 4×2 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 12.000,00
Gols: Mauricio, Nido (contra), Bochudo, Airton, Elias.
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Pirani; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Airton, Mauricio, Geraldo e Elias.
ASAS: Neves, Nido e Pedro Matos; Gelsomino, Cassimiro e Vadinho; Baixa, Adilson, Bochudo Neco e João do Vale.
 
22/11/58            
 
SANTA CRUZ 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 105.315,00
Gol: Fernando.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Nilson, Renatinho, Fernando, Mituca e Jorginho.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Cebinha, Djalma, Zezinho e Gilberto II.
 
23/11/58            
 
NÁUTICO 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 38.385,00
Gol: Geraldo
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Pirani; Miguel, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Airton, Mauricio, Geraldo e Elias.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Bibiu, Paulo e Salgueiro; Zé Carlos, Pitôco, Fernando e Oliveira.
 
26/11/58            
 
SANTA CRUZ 2×1 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 50.635,00
Gols: Renatinho, Baixa e Aldemar (pênalti).
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Nilson, Renatinho, Fernando, Mituca e Jorginho.
ASAS: Neves, Bel e Pedro Matos; Gelsomino, Cassimiro e Guabera; Edinho, Neco, Bochudo, Baixa e João do Vale.
 
29/11/58            
 
SPORT RECIFE 3×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 98.575,00
Gols: Eliezer, Miro, Soca e Pacoti.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Gilberto, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Mário, Djalma, Zezinho e Miro.
 
30/11/58            
 
SANTA CRUZ 4×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres
Renda: Cr$ 97.500,00
Gols: Fernando (3), Renatinho, Hildebrando e Baiaco.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Renatinho, Hildebrando, Fernando, Mituca e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Bibiu, Paulo e Salgueiro; Joca, Pitôco, Neco, Baiaco e Oliveira.
 
03/12/58            
 
NÁUTICO 2×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 285.215,00
Gols: Geraldo (2).
NÁUTICO: Waldemar, Caiçara e Pirani; Gilson, Zequinha e Givaldo; Walter Vieira, Geraldo, Airton, Gamba e Elias.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Traçaia, Pacoti, Walter Morel, Soca e Eliezer.
 
06/12/58            
 
AMÉRICA 3×2 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.750,00
Gols: Mário (2), Neco (2) e Zezinho.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Ilzo, Agnelo e Bero; Cebinha, Mangaba, Djalma, Zezinho e Mário.
ASAS: Neves, Bel e Pedro Matos; Gelsomino, Cassimiro e Juvenal; Edinho, Edmir, Neco, Lima e João do Vale.
 
07/12/58            
 
SANTA CRUZ 1×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Viana
Renda: Cr$ 320.110,00
Gol: Hildebrando.
Expulsão: Airton.
SANTA CRUZ: Victor, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Renatinho, Hildebrando, Fernando, Mituca e Nilson.
NÁUTICO: Waldemar, Givaldo e Pirani; Gilson, Zequinha e Hélmiton; Walter Vieira, Douglas, Airton, Geraldo e Elias.
 
08/12/58            
 
SPORT RECIFE 3×2 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Alfredo Bernardes Torres.
Renda: Cr$ 29.500,00
Gols: Traçaia (2), Eliezer (pênalti), Neco e Lima.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Pedrinho, Bé, Traçaia, Walter Morel e Eliezer.
ASAS: Neves, Nido e Pedro Matos; Gelsomino, Juvenal e Guabera; Manoelzinho, Lima, Neco, Baixa e Edmir.
 
10/12/58            
 
FERROVIÁRIO 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 2.550,00
Gol: Joca.
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Baiaco e Bibiu; Joca, Pitôco, Neco, Salgueiro e Oliveira.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Zezinho, Agnelo e Ilzo; Jorge de Castro, Mangaba, Djalma, Mário e Gilberto II.
 
13/12/58            
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 498.435,00
Gol: Traçaia.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Tomires e Índio; Pedrinho, Traçaia, Walter Morel, Soca e Eliezer.
SANTA CRUZ: Mauro, Mucio e Sidney; Biu, Aldemar e Clóvis; Renatinho, Faustino, Hildebrando, Mituca e Jorginho.
 
14/12/58            
 
FERROVIÁRIO 0×0 ASAS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.780,00
FERROVIÁRIO: Renato, Zeca e Ananias; Amancio, Baiaco e Bibiu; Joca, Pitôco, Neco, Salgueiro e Oliveira.
ASAS: Neves, Nido e Pedro Matos; Gelsomino, Cassimiro e Juvenal; Manoelzinho, Lima, Neco, Baixa e Edmir.
 
17/12/58            
 
NÁUTICO 2×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 15.270,00
Gols: Elias, Jorge de Castro (2), Airton.
NÁUTICO: Waldemar, Givaldo e Pirani; Gilson, Zequinha e Hélmiton; Walter Vieira, Douglas, Airton, Geraldo e Elias.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Zezinho, Agnelo e Bero; Jorge de Castro, Mangaba, Cebinha, Mário e Gilberto II.
                        
FINAL
 
Não houve final devido Sport vencer os dois turnos.
 
Sport campeão pernambucano de 1958.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves, RSSSF Brasil.
 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Ferroviário do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Estudantes Futebol Clube do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
19/07/57            
 
NÁUTICO 2×1 ESTUDANTES
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 29.013,00
Gols: Ivson, Benitez e Amaro Chagas.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Zequinha; Gilson, Givaldo e Nenzinho; Zezinho, Benitez, Ivson, Douglas e João do Vale.
ESTUDANTES: Pierre, Arlindo Lira e Cleto; Chico, Birita e Ivo; Bartô, Alarico, Cristosenes, Airton e Amaro Chagas.
 
20/07/57            
 
AMÉRICA 1×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 10.887,00
Gol: Carlinhos.
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Cido; Itamar, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Celli, Dimas, Walter e Birunga.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Bel; China, Eupreprio e Indio; Julio, Ronaldo, Nilton Lopes, Valdemar e Ivaldir.  
 
21/07/57            
 
SANTA CRUZ 9×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 81.540,00
Gols: Rudimar (3), Marinho (3), Aldemar (2), Zé Augusto (contra) e Olinda (pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Edinho e Calado; Zequinha, Aldemar e Jaminho; Jorge de Castro, Rudimar, Marinho, Mituca e Jorginho.
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Plinio; Clovis, Duarte e Zé Augusto; Fernando, Rolando, Alcides, Déo e Olinda.
 
24/07/57            
 
SPORT RECIFE 6×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 97.480,00
Gols: Eliezer (3, um de pênalti), Gringo, Dario, Soca, Joca.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Traçaia, Gringo, Dario, Soca e Eliezer.
FERROVIÁRIO: Renato, Nego e Zeca; Zé Carlos, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Caio.
 
27/07/57            
 
ÍBIS 1×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 2.9430,00
Gol: Antonino.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Bel; Moacir, Eupreprio e Indio; Julio, Ronaldo, Almir, Ivaldir e Antonino.  
ESTUDANTES: Pierre, Americano e Cleto; Chico, Birita e Ivo; Silvio, Arlindo Lira, Bartô, Airton e Amaro Chagas.
 
28/07/57            
 
SANTA CRUZ 3×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 335.142,00
Gols: Rudimar (2) e Marinho.
SANTA CRUZ: Anibal, Tomaz e Calado; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Marinho, Mituca e Jorginho.
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Cido; Itamar, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Celli, Dimas, Walter e Birunga.
 
02/08/57            
 
NÁUTICO 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 485.670,00
Gols: João do Vale, Paulinho e Douglas.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Gilson, Zequinha e Cuica; Paulinho, Ibipiana, Ivson, Douglas e João do Vale. Técnico: Ricardo Diez
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Caroá; Nido, Henrique e Zé Augusto; Fernando, Ernani, Alcides Teixeira, Valter e Pelado. Técnico: Delgado
 
03/08/57            
 
FERROVIÁRIO 4×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 2.402,00
Gols: Baiaco (2) e Neco (2).
FERROVIÁRIO: Durval, Nego e Zeca; Renato Gomes, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
ESTUDANTES: Pierre, Americano e Cleto; Silva, Birita e Arlindo Lira; Airton, Ednildon, Cristosenes, Alarico e Amaro Chagas.
 
04/08/57            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 206.224,00
Gols: Eliezer e Soca.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Dario, Traçaia, Ilo, Soca e Eliezer.
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Cido; Itamar, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Celli, Birunga, Ivan e Walter.
 
07/08/57            
 
NÁUTICO 8×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 33.353,00
Gols: Ivson (4), Paulinho, Douglas, Zezinho e Indio (contra).
NÁUTICO: Cazuza, Givaldo e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Paulinho, Ivson, Douglas e Elias.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Bel; China, Eupreprio e Indio; Nilton Lopes, Almir, Ivaldir e Antonino.  
 
10/08/57            
 
FERROVIÁRIO 2×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 2.787,00
Gols: Walter, Pitôco, Joca, Clóvis.
FERROVIÁRIO: Renato, Nego e Zeca; Renato Gomes, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Plinio; Dedé, Caroá e Zé Augusto; Fernando, Ernani, Alcides Teixeira, Valter e Clóvis.
 
11/08/57            
 
SANTA CRUZ 3×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 864.024,00
Gols: Paraiba, Lanzoninho, Aldemar (pênalti), Naninho (pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Tomaz e Rioldo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Pinheirense e Rubens; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
15/08/57            
 
AMÉRICA 5×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 11.900,00
Gols: Birunga (3), Dimas, Ivan e Batuel.
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Maroja; Itamar, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Celli, Dimas, Ivan e Birunga.
ESTUDANTES: Dirceu, Cleto e Nelson; Silva, Birita e Garrafa; Montinho, Bartô, Délio, Batuel e Amaro Chagas.
 
17/08/57            
 
NÁUTICO 2×2 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 43.113,00
Gols: Ivson, Zequinha, Joca e Amaro Pipa.
NÁUTICO: Cazuza, Givaldo e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Paulinho, Ivson, Douglas e João do Vale.
FERROVIÁRIO: Durval, Renato Gomes e Nego; Simão, Carlos e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
18/08/57            
 
SANTA CRUZ 4×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 110.256,00
Gols: Rudimar (2) e Paraiba (2).
SANTA CRUZ: Mauro, Tomaz e Rioldo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Bel; Moacir, Euprepio e Índio; Júlio, Ronaldo, Nilton Lopes, Waldemir e Antoninho.
 
21/08/57            
 
SPORT RECIFE 8×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 63.065,00
Gols: Soca (2), Naninho (3), Traçaia (2), Osvaldinho, Ernani.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Osvaldinho, Mirim e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo. Técnico: Dante Bianchi
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Plinio; Dedé, Caroá e Zé Augusto; Fernando, Ernani, Alcides Teixeira, Valter e Ivaldo.
 
24/08/57            
 
FERROVIÁRIO 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 3.012,00
Gols: Neco, Ivaldir e Zildo (contra).
FERROVIÁRIO: Renato, Renato Gomes e Nego; Simão, Zé Carlos e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Caio.
ÍBIS: Zeca, Zildo e Bel; Moacir, China e Indio; Ronaldo, Antonino, Waldemir, Ivaldir e Almiro.  
 
25/08/57            
 
NÁUTICO 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 185.561,00
Gols: Benitez e Douglas.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Benitez, Ivson, Douglas e João do Vale.
AMÉRICA: Leça, Itamar e Cido; Joab, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Celli, Dimas, Ivan e Birunga.
 
28/08/57            
 
SANTA CRUZ 1×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 65.078,00
Gol: Paraiba
SANTA CRUZ: Mauro, Tomaz e Torbis; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
ESTUDANTES: Dirceu, Silva e Miguel; Chico, Cleto e Arlindo Lira; Bartô, Batuel, Délio, Cerqueira e Jarbas.
 
29/08/57            
 
ÍBIS 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 148.450,00
Gols: Ronaldo (2)
Expulsão: Fernando.
ÍBIS: Zeca, Wilson e Bel; China, Waldemir e Indio; Ronaldo, Nilton Lopes, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Plinio; Dedé, Caroá e Zé Augusto; Fernando, Ernani, Ivaldo, Valter e Géo.
 
01/09/57            
 
SPORT RECIFE 7×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 406.000,00
Gols: Naninho (2), Géo (2), Gringo (2) e Rubens.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Osvaldinho, Mirim e Rubens; Traçaia, Naninho, Gringo, Roque e Géo.
ESTUDANTES: Dirceu, Nelson e Miguel; Chico, Cleto e Arlindo Lira; Bartô, Batuel, Délio, Cerqueira e Jarbas.
 
03/09/57            
 
FERROVIÁRIO 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 285.090,00
Gols: Amaro Pipa, Baiaco e Dimas.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Nego; Simão, Zé Carlos e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
AMÉRICA: Leça, Deléu e Cido; Joab, Rosael e Claudinho; Carlinhos, Dimas, Birunga, Celli e Almir.
 
07/09/57            
 
ESTUDANTES 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 816,00
Gols: Batuel (2).
ESTUDANTES: Dirceu, Nelson e Miguel; Chico, Silva e Arlindo Lira; Brivaldo, Batuel, Délio, Cerqueira e Jarbas.
AUTO ESPORTE: Augusto, Geraldo e Henrique; Lula, Everaldo e Jardim; Ivaldo, Ernani, Alcides, Valter e Géo.
 
08/09/57            
 
SANTA CRUZ 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 612.650,00
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Diogo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Ivson, Benitez, Paulinho e Elias.
 
11/09/57            
 
SPORT RECIFE 3×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 36.854,00
Gols: Traçaia, Roque, Eliezer e Antonino.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Traçaia, Naninho, Gringo, Roque e Eliezer.
ÍBIS: Zeca, Wilson e Bel; Waldemir, Euprepio e Indio; Ronaldo, Walter, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
 
15/09/57            
 
SANTA CRUZ 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 313.702,00
Gols: Rudimar (2) e Aldemar (pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Rioldo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Renato, Renato Gomes e Nenem; Simão, Zé Carlos e Ananias; Joca, Pitoco, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
 
18/09/57            
 
AMÉRICA 9×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 5.331,00
Gols: Celli (2), Dimas (3, um de pênalti), Paulo (3), Almir.
AMÉRICA: Miguel, Deléu e Cido; Joab, Maroja e Bel; Birunga, Dimas, Paulo, Celli e Almir.
AUTO ESPORTE: Severino, Henrique e Plinio; Lula, Everaldo e Jardim; Neemias, Ernani, Alcides, Valter e Pelado.
 
22/09/57            
 
NÁUTICO 1×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 183.532,00
Gol: Zezinho.
Expulsão: Benitez
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Benitez, Paulinho e Elias.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Osvaldinho, Mirim e Rubens; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
 
Segundo Turno
 
02/10/57            
 
ESTUDANTES 0×5 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 252.290,00
Gols: Mozart (2), Edmur (2) e Douglas.
ESTUDANTES: Dirceu, Arlindo Lira e Nelson; Cleto, Birita e Otávio; Gaucho, Batuel, Hélio, Cerqueira e Jarbas.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Paulinho e Douglas.
 
05/10/57            
 
ÍBIS 1×3 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 6.989,00
Gols: Almir (2), Ronaldo e Dimas.
ÍBIS: Zeca, Wilson e Bel; Betinho, Euprepio e Indio; Ronaldo, Nilton Lopes, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
AMÉRICA: Miguel, Deléu e Cido; Cláudio, Maroja e Bero; Carlinhos, Dimas, Paulo, Celli e Almir.
 
06/10/57            
 
SANTA CRUZ 8×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 64.576,00
Gols: Rudimar (5), Paraiba (2), Aldemar (pênalti) e Ivaldo.
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Rioldo; Genaro, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.
AUTO ESPORTE: Severino, Nemias e Zé Augusto; Dedé, Raimundo e Jardim; Ivaldo, Géo, Alcides, Walter e Pelado.
 
10/10/57            
 
SPORT RECIFE 1×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 43.819,00
Gols: Eliezer e Neco.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Osvaldinho, Mirim e Rubens; Géo, Naninho, Enio, Roque e Eliezer.
FERROVIÁRIO: Renato, Nego e Zeca; Simão, Zé Carlos e Ananias; Joca, Caio, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
 
12/10/57            
 
ÍBIS 2×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 919,00
Gols: Batuel, Antonino e Almiro.
Expulsão: Batuel.
ÍBIS: Itamar, Wilson e Bel; Betinho, Waldemar e Indio; Ronaldo, Moacir, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
ESTUDANTES: Olivio, Cleto e Nelson; Garrafa, Silva e Djacir; Costa, Délio, Batuel, Arlindo Lira e Edmir.
 
13/10/57            
 
SANTA CRUZ 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 245.031,00
Gols: Rudimar, Marinho e Chico.
SANTA CRUZ: Mauro, Tomaz e Torbis; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Rudimar, Marinho, Mituca e Jorginho.
AMÉRICA: Pereirinha, Geroldo e Cido; Claudinho, Maroja e Bero; Chico, Dimas, Paulo, Celly e Almir.
 
16/10/57            
 
NÁUTICO 9×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 25.211,00
Gols: Mozart (4), Elias, João do Vale (3), Caiçara (pênalti).
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Givaldo; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; João do Vale, Mozart, Edmur, Paulinho e Elias.
AUTO ESPORTE: Nehemias, Jadir e Plinio; Célio, Raimundo e Zé Augusto; Ivaldo, Géo, Alcides, Valter e Pelado.
 
19/10/57            
 
FERROVIÁRIO 0×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 2.038,00
Gols: Batuel.
FERROVIÁRIO: Renato (Joca), Zeca e Ananias; Nego, Zé Carlos e Simão; Joca, Caio, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
ESTUDANTES: Dirceu, Cleto e Nelson; Garrafa, Silva e Otávio; Edmir, Alarico, Batuel, Arlindo Lira e Jarbas.
Obs.: O goleiro Renato levou forte pancada na cabeça, num lance arrojado nos pés do avante Arlindo Lira, sendo transportado para o SAMDU, mas o seu estado não é grave.
 
20/10/57            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 179.892,00
Gols: Carlinhos, Naninho e Almir.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Traçaia, Naninho, Gringo, Roque e Eliezer.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Cláudio, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
 
23/10/57            
 
NÁUTICO 5×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 45.202,00
Gols: Benitez (2), Mozart (2) e Elias.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Givaldo; Caparelli, Zequinha e Cuíca; João do Vale, Mozart, Benitez, Paulinho e Elias.
ÍBIS: Itamar, Wilson e Eupréprio; Moacir, Betinho e Índio; Ronaldo, Walter Silva, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
 
26/10/57            
 
FERROVIÁRIO 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 1.573,00
Gols: Baiaco e Ivaldo.
FERROVIÁRIO: Brito, Zeca e Ananias; Nego, Zé Carlos e Simão; Joca, Oliveira, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
AUTO ESPORTE: Jota, Geraldo e Plinio; Walter, Zé Augusto e Célio; Nehemias, Géo, Alcides, Caú e Ivaldo.
 
27/10/57            
 
SANTA CRUZ 1×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 691.912,00
Gols: Lanzoninho e Traçaia
SANTA CRUZ: Mauro, Tomaz e Torbis; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Augusto, Mituca e Jorginho.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Gunga, Géo e Eliezer.
 
30/10/57            
 
AMÉRICA 1×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 7.592,00
Gols: Alarico, Rosael.
Expulsão: Bero, Carlinhos, Almir, Cleto e Edmir.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Claudinho; Itamar, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
ESTUDANTES: Dirceu, Cleto e Nelson; Garrafa, Silva e Otávio; Brivaldo, Edmir, Alarico, Arlindo Lira e Jarbas.
 
01/11/57            
 
NÁUTICO 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 78.297,00
Gols: Caiçara (pênalti), Caparelli (2), Edmur e Zezinho.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Garcia; Caparelli, Zequinha e Cuíca; Zezinho, Mozart, Edmur, Paulinho e Elias.
FERROVIÁRIO: Durval, Nego e Zeca; Diogo, Ananias e Simão; Caio, Pitôco, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
 
03/11/57            
 
SANTA CRUZ 4×2 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 86.690,00
Gols: Rudimar (2), Faustino, Lanzoninho, Almiro e Ivaldir.
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Torbis; Mituca, Clóvis e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Augusto, Faustino e Jorginho.
ÍBIS: Itamar, Wilson e Euprerio; Waldemir, Betinho e Índio; Moacir, Ronaldo, Almiro, Ivaldir e Antonino.
 
06/11/57            
 
SPORT RECIFE 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 34.689,00
Gols: Gunga e Eliezer (2).
Sport: Manga, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Roque, Naninho, Gunga, Soca e Eliezer.
AUTO ESPORTE: Jota, Geraldo e Plinio; Walter, Zé Augusto e Célio; Nehemias, Alcides, Ernani, Géo e Ivaldo.
 
09/11/57            
 
FERROVIÁRIO 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 2.337,00
Gols: Baiaco e Neco.
FERROVIÁRIO: Renato, Nego e Zeca; Diogo, Ananias e Simão; Joca, Caio, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
ÍBIS: Itamar, Wilson e Bel; Waldemir, Eupréprio e Índio; Ronaldo, Betinho, Almiro, Ivaldir e Moacir.  
 
10/11/57            
 
NÁUTICO 4×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 196.934,00
Gols: Mozart (2), Edmur (2) e Almir.
Expulsão: Nenzinho e Dimas.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Douglas e Elias.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Dimas, Paulo, Celli e Almir.
 
15/11/57            
 
SANTA CRUZ 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 112.938,00
Gols: Paraiba (2) e Rudimar.

SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Diogo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Jorginho.

ESTUDANTES: Dirceu, Nelson e Miguel; Garrafa, Silva e Otávio; Beirando, Edmir, Aloisio, Arlindo Lira e Jarbas.

 
16/11/57            
 
ÍBIS 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 1.587,00
Gol: Moacir
ÍBIS: Itamar, Wilson e Waldome; Valdemir, Betinho e Índio; Moacir, Walter Silva, Almiro, Ivaldir e Antonino.  
AUTO ESPORTE: Jota, Geraldo e Plinio; Walter, Zé Augusto e Célio; Nehemias, Géo, Ernani, Caú e Alcides Teixeira.
 
17/11/57            
 
SPORT RECIFE 6×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 40.394,00
Gols: Géo, Naninho (4), Gunga e Batuel.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Naninho, Gunga, Géo e Eliezer.
ESTUDANTES: Betoca, Nelson e Miguel; Garrafa, Silva e Otávio; Edmir, Batuel, Délio, Arlindo Lira e Brivaldo.
 
20/11/57            
 
FERROVIÁRIO 0×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 4.519,00
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Diogo, Nego e Simão; Joca, Moacir, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
AMÉRICA: Jagunço, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Dimas, Celli e Almir.
 
23/11/57            
 
ESTUDANTES 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 708,00
Gols: Edmir (2) e Brivaldo.
ESTUDANTES: Dirceu, Nelson e Miguel; Garrafa, Silva e Otávio; Brivaldo, Edmir, Batuel, Arlindo Lira e Délio.
AUTO ESPORTE: Jota, Nehemias e Plinio; Walter, Zé Augusto e Duarte; João Alfredo, Géo, Alcides, Caú e Célio.
 
24/11/57            
 
SANTA CRUZ 2×4 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 704.713,00
Gols: Mozart, Edmur (2), Torbis (contra), Mituca e Zequinha.
Expulsão:  Zequinha, Nenzinho e Jaminho.
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Torbis; Zequinha, Diogo e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraíba, Mituca e Faustino.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Douglas e Elias.
 
27/11/57            
 
SPORT RECIFE 6×3 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Amilcar Ferreira
Renda: Cr$ 33.964,00
Gols: Roque (2), Eliezer (2, um de pênalti), Traçaia (2), Waldemir, Almiro e Moreno.
Sport: Manga, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Naninho, Gunga, Géo e Eliezer.
ÍBIS: Itamar, Zildo e Valdemir; China, Betinho e Índio; Almiro, Waldemir, Moreno, Ivaldir e Antonino.  
 
01/12/57            
 
SANTA CRUZ 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Paulo Simões
Renda: Cr$ 69.369,00
Gols: Paraiba (2) e Diogo.
SANTA CRUZ: Anibal, Tomaz e Calado; Zequinha, Edinho e Jaminho; Jorge de Castro, Paraíba, Marinho, Beto e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Renato, Ananias e Zeca; Diogo, Nego e Simão; Joca, Caio, Neco, Moacir e Amaro Pipa.
 
04/12/57            
 
AMÉRICA 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 2.580,00
Gols: Plinio, Celli (2), Carlinhos.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
AUTO ESPORTE: Jota, Nehemias e Plinio; Walter, Zé Augusto e Duarte; João Alfredo, Géo, Lula, Caú e Célio.
 
08/12/57            
 
NÁUTICO 1×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 258.689,00
Gols: Edmur e Géo.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Douglas e Elias.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Traçaia, Liminha, Gunga, Roque e Géo.
                        
Terceiro Turno
 
18/12/57            
 
SANTA CRUZ 5×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 67.094,00
Gols: Marinho (3), Lanzoninho e Aldemar (pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Jaminho e Torbis; Zequinha, Diogo e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraíba, Mituca e Faustino.
ÍBIS: Itamar, Wilson e Bel; Valdemar, Betinho e Índio; Almiro, Valdome, Nilton Lopes, Moreno e Antonino.
 
21/12/57            
 
NÁUTICO 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 36.419,00
Gols: Mozart (4, um de pênalti) e Edmur.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Douglas e Elias.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Diogo, Nego e Simão; Joca, Moacir, Neco, Baiaco e Amaro Pipa.
 
22/12/57            
 
SPORT RECIFE 3×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Amilcar Ferreira
Renda: Cr$ 165.650,00
Gols: Liminha (2), Traçaia e Almir.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Valter, Paulo, Celli e Almir.
 
04/01/58            
 
NÁUTICO 7×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 33.418,00
Gols: Elias (3), Edmur (2), Mozart, Índio (contra).
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Geraldo e Elias.
ÍBIS: Itamar, Zildo e Bel; Valdemir, Betinho e Índio; Nilton Lopes, Moreno, Almiro, Valdomiro e Antonino.  
 
05/01/58            
 
SPORT RECIFE 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Torres Sidrônio
Renda: Cr$ 89.887,00
Gols: Liminha (pênalti), Traçaia e Carlos Alberto.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Simão, Zé Carlos e Ananias; Joca, Pitôco, Neco, Moacir e Amaro Pipa.
 
06/01/58            
 
SANTA CRUZ 1×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 194.205,00
Gols: Mituca e Cido.
SANTA CRUZ: Anibal, Jaminho e Mauro; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Marinho, Mituca e Paraiba.
AMÉRICA: Jagunço, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
 
08/01/58            
 
SPORT RECIFE 6×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Amilcar Ferreira
Renda: Cr$ 41.345,00
Gols: Zé Maria, Traçaia (3), Liminha, Carlos Alberto e Nilton Lopes.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo.
ÍBIS: Itamar, Bel e Valdemiro; China, Euprépio e Índio; Ronaldo, Jurandir, Almiro, Waldemir e Nilton Lopes.  
 
12/01/58            
 
NÁUTICO 4×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Amilcar Ferreira
Renda: Cr$ 160.613,00
Gols: Mozart, Edmur, Caiçara e Zezinho.
Expulsão: Carlinhos.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Gilson e Elias.
AMÉRICA: Jagunço, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
 
18/01/58            
 
SANTA CRUZ 6×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 61.472,00
Gols: Rudimar (5) e Faustino.
SANTA CRUZ: Anibal, Mauro II e Diogo; Zequinha, Aldemar e Edinho; Faustino, Rudimar, Paraíba, Mituca e Jorginho.
FERROVIÁRIO: Durval, Nenem e Zeca; Ananias, Nego e Simão; Caio, Neco, Pitoco, Amaro Pipa e Joca.
 
19/01/58            
 
SPORT RECIFE 2×0 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 410.761,00
Gols: Traçaia e Liminha.
Expulsão: Géo
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Ibiapino e Elias.
 
22/01/58            
 
AMÉRICA 4×2 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 51.136,00
Gols: Celli (2), Paulo, Almir, Neco e Amaro Pipa (pênalti)
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Claudinho, Itamar e Bero; Carlinhos, Chico, Paulo, Celli e Almir.
FERROVIÁRIO: Brito, Renato Gomes e Nenem; Ananias, Zé Carlos e Bibiu; Caio, Neco, Pitôco, Amaro Pipa e Joca.
 
25/01/58            
 
AMÉRICA 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Aparício Viana
Renda: Cr$ 2.780,00
Gols: Celli, Paulo e Ronaldo.
AMÉRICA: Pereirinha, Giroldo e Cido; Claudinho, Itamar e Bero; Birunga, Chico, Paulo, Celli e Almir.
ÍBIS: Itamar, Bel e Valdomiro; Moreno, Euprépio e Índio; Ronaldo, Jurandir, Almiro, Waldemir e Antonino.  
 
26/01/58            
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Aparício Viana
Renda: Cr$ 625.467,00
Gol: Liminha.
Sport: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo.
SANTA CRUZ: Anibal, Tomas e Mauro; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Paraiba, Mituca e Faustino.
 
30/01/58            
 
ÍBIS 0×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 185.450,00
ÍBIS: Itamar, Wilson e Valdomes (Bel); Betinho, Euprépio e Índio; Nilton Lopes, Ronaldo, Almiro, Waldemir e Antonino.  (equipe provável)
FERROVIÁRIO: Renato (Durval), Nenem e Zeca; Ananias, Nego e Simões; Joca, Neco, Pitôco, Baiaco e Amaro Pipa. (equipe provável)
 
02/02/58            
 
SANTA CRUZ 2×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José de Vits Silva
Renda: Cr$ 442.430,00
Gols: Mozart, Faustino e Augusto.
SANTA CRUZ: Anibal, Tomaz e Sidnei; Zequinha, Aldemar e Edinho; Rudimar, Faustino, Augusto, Mituca e Jorginho.
NÁUTICO: Cazuza, Cuíca e Caiçara; Gilson, Zequinha e Nenzinho; Ibiapino, Mozart, Edmur, Douglas e Elias.
 
Super Campeonato
 
02/03/58
 
NÁUTICO 1×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Esteban Marino
Renda: Cr$ 468.790,00
Gols: Edmur e Carlos Alberto
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Zequinha e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Douglas e Elias. Técnico: Ricardo Diez
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Rubens; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo. Técnico: Dante Bianchi.
 
09/03/58
 
SANTA CRUZ 3×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Esteban Marino
Renda: Cr$ 628.156,00
Gols: Lanzoninho (3) e Edmur.
SANTA CRUZ: Anibal, Diogo e Sidney; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Faustino, Mituca e Jorginho. Técnico: Alfredo Gonzalez.
NÁUTICO: Cazuza, Caiçara e Lula; Caparelli, Gilson e Nenzinho; Zezinho, Mozart, Edmur, Geraldo e Elias. Técnico: Ricardo Diez
 
16/03/58
 
SPORT RECIFE 2×3 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Esteban Marino
Renda: Cr$ 1.047.570,00
Gols: Rudimar, Aldemar (pênalti), Mituca, Carlos Alberto e Zé Maria.
SPORT RECIFE: Manga, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Roque, Traçaia, Liminha, Carlos Alberto e Géo. Técnico: Dante Bianchi.
SANTA CRUZ: Anibal, Diogo e Sidney; Zequinha, Aldemar e Edinho; Lanzoninho, Rudimar, Faustino, Mituca e Jorginho. Técnico: Alfredo Gonzalez.
 
SANTA CRUZ campeão pernambucano de 1957.
Fontes: Diário de Pernambuco, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves, RSSSF Brasil.
 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Ferroviário do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Estudantes Futebol Clube do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
10/05/56            
 
NÁUTICO 0×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 38.240,00
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Amauri, Gago e Givaldo; Guedes, Ivson, Celu, Geraldo e Zezinho.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Pessoa; China, Moreno e Indio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Valdemir.
 
12/05/56            
 
AMÉRICA 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 14.930,00
Gols: Dimas e Joca.
Expulsão: Dimas.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudinho, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Gilberto. Técnico: Astrogildo Nery.
FERROVIÁRIO: Renato, Bibiu e Zeca; Lequinho, Calado e Arnaldo; Joca, Guido, Moacir II, Pitôco e Reginaldo. Técnico: Zé Paulo
 
17/05/56            
 
SANTA CRUZ 4×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 45.450,00
Gols: Otavio (2), Rubinho e Wassil.
Expulsão: Testinha.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otavio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira.
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Duca; Alcidesio, Pereira e Arlindo Lira; Nilton Lopes, Batuel, Testinha, Vavá e Walfredo. Técnico: José Fiorotti.
 
19/05/56            
 
SPORT RECIFE 3×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 54.830,00
Gols: Naninho (3), Ivo e Rolando.
Expulsão: Henrique.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zémaria, Itamar e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Buchudo, Ivo e Amaro.
 
20/05/56            
 
NÁUTICO 2×1 ESTUDANTES
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 48.695,00
Gols: Nilton Lopes, Carlos Alberto e Ivson.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Amauri, Gago e Nenzinho; Zezinho, Ivanildo, Ivson, Celu, Geraldo e Carlos Alberto.
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Duca; Arlindo Lira, Silva e Pereira; Testinha, Vavá, Batuel, Alcidesio e Nilton Lopes.
 
23/05/56            
 
SANTA CRUZ 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 91.860,00
Gols: Zequinha, Zeca e Rubinho.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otavio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Calado e Ananias; Joca, Baiaco, Moacir II, Pitôco e Reginaldo. Técnico: Zé Paulo
 
26/05/56            
 
SPORT RECIFE 5×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 56.960,00
Gols: Naninho (3), Géo e Traçaia.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zémaria, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Ilo, Soca e Géo.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Nego; China, Moreno e Indio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Zé Maria.
 
27/05/56            
 
AMÉRICA 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 10.000,00
Gols: Celli (3) e Amaro.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Gilberto. Técnico: Astrogildo Nery.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Pelado, Ivo e Amaro.
 
31/05/56            
 
FERROVIÁRIO 1×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 10.765,00
Gol: Catolé (pênalti).
FERROVIÁRIO: Renato, Lala e Zeca; Catolé, Simão e Bibiu; Joca, Sauba, Baiaco, Pitôco e Reginaldo. Técnico: Zé Paulo
ESTUDANTES: Zeca, Cleto e Duca; Silva, Chico e Pereira; Nilton Lopes, Testinha, Aredo, Vavá e Arlindo Lira. Técnico: José Fiorotti.
 
02/06/56            
 
ÍBIS 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 3.885,00
Gols: Carioca, Ronaldo e Rolando.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Pessoa; China, Moreno e Índio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Carlito. Técnico: Inaldo. (equipe provável)
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Joquinha, Euprepio e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Buchudo, Ivo e Nidio. Técnico: José Augusto. (equipe provável)
 
03/06/56            
 
AMÉRICA 6×3 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 257.785,00
Gols: Dimas (2), Rubinho, Celli, Otávio, Macaquinho, Zezinho (2) e Isauldo.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Gilberto. Técnico: Álvaro Barbosa.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Isauldo, Rubinho e Otávio. Técnico: Palmeira
 
06/06/56            
 
FERROVIÁRIO 0×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 5.170,00
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Ananias (Bibiu); Joca, Moacir, Baiaco, Pitôco e Reginaldo. Técnico: Zé Paulo (equipe provável)
ÍBIS: Durval, Inaldo e Nego; China, Moreno e Índio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Valdemar. (equipe provável)
 
09/06/56            
 
SANTA CRUZ 6×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 62.815,00
Gols: Jorge de Castro (4), Rubinho (2).
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Mituca. Técnico: Palmeira
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Euprepio; Mia, Amaro e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Pelado, Ivo e Escobar. Técnico: José Augusto.
 
10/06/56            
 
SPORT RECIFE 2×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 470.820,00
Gols: Naninho (2) e Paulinho.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Ilo, Soca e Géo. Técnico: Dante Bianchi.
NÁUTICO: Celso (Lula), Caiçara e Lula; Amauri, Gago e Nenzinho; Ivanildo, Ivson, Benitez, Paulinho e Carlos Alberto. Técnico: Oto Vieira.
 
13/06/56            
 
AMÉRICA 3×2 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 12.990,00
Gols: Macaquinho (2), Celli, Nego (pênalti) e Waldemir.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Perinho; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Dario. Técnico: Álvaro Barbosa
ÍBIS: Durval, Inaldo e Nego; China, Moreno e Índio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Waldemir.
 
16/06/56            
 
SPORT RECIFE 4×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 52.695,00
Gols: Naninho (3) Traçaia.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Ilo, Soca e Géo.
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Pereira; Nilton Lopes, Bartô, Arêdo, Vavá e Testinha.
 
17/06/56            
 
NÁUTICO 7×3 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 154.080,00
Gols: Benitez (4), Zezinho, Carlos Alberto, Paulinho, Gilberto, Dimas e Celli.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Zezinho, Carlos Alberto, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Gilberto. Técnico: Alvaro Barbosa
 
21/06/56            
 
FERROVIÁRIO 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 1.665,00
Gols: Neco, Baiaco, Amaro Pipa, Nelson.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Pelado, Rolando, Carmelo, Ivo e Nelson.
 
23/06/56            
 
ESTUDANTES 2×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 62.725,00
Gols: não divulgado
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Chico (Pereira); Testinha, Bartô, Arêdo, Alcidésio (Vavá) e Nilton Lopes. Técnico: José Fiorotti. (equipe provável)
ÍBIS: Durval, Inaldo e Nego; China, Moreno e Índio; Ronaldo, Carioca, Eloi, Ivaldir e Waldemir. Técnico: Guaberinha (equipe provável)
 
24/06/56            
 
NÁUTICO 1×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 349.075,00
Gols: Rubinho e Benitez.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Amauri, Gilberto e Nenzinho; Zezinho, Carlos Alberto, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira
 
29/06/56            
 
SPORT RECIFE 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 72.720,00
Gols: Naninho (2), Gringo, Simão (contra) e Traçaia.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
FERROVIÁRIO: Renato, Lala e Zeca; Guido, Simão e Ananias; Ita, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
ESTUDANTES 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 72.720,00
Gols: não divulgado
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Chico (Pereira); Testinha, Bartô, Arêdo, Vavá e Nilton Lopes. Técnico: José Fiorotti. (equipe provável)
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Rolando, Pelado, Buchudo, Escobar e Nidio. Técnico: José Augusto. (equipe provável)
 
01/07/56            
 
NÁUTICO 6×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 41.875,00
Gols: Paulinho (2), Zezinho (2), Jorginho, Matos e Neco.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Amauri, Gago e Nenzinho; Zezinho, Matos, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
FERROVIÁRIO: Renato, Lala e Zeca; Baiaco, Simão e Ananias; Joca, Neco, Guido, Pitôco e Amaro Pipa.
 
04/07/56            
 
AMÉRICA 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 12.705,00
Gols: Zezinho, Dario e Dimas.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Lira e Claudinho; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Dario. Técnico: Álvaro Barbosa
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Pereira; Nilton Lopes, Batuel, Arêdo, Pedrinho e Arlindo Lira. Técnico: José Fiorotti.
 
05/07/56            
 
NÁUTICO 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 21.650,00
Gols: Caiçara (pênalti), Benitez e Zezinho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Amauri, Gilberto e Nenzinho; Zezinho, Matos, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Nido; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Duca, Rolando, Pereirinha, Escobar e Bigo. Técnico: José Augusto.
 
08/07/56            
 
SANTA CRUZ 1×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 596.970,00
Gol: Rubinho.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Zeca.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
14/07/56            
 
SANTA CRUZ 1×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 56.070,00
Gol: Rubinho
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Fagundes; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Fernando, Inaldo e Waldemir.
 
16/07/56            
 
AMÉRICA 2×2 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 234.560,00
Gols: Wilson (2), Traçaia e Naninho.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Lira e Mourão; Zezinho, Dimas, Wilson, Celli e Dario.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Itamar, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
 
21/07/56            
 
NÁUTICO 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 42.055,00
Gols: Paulinho, Ivson e Benitez.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Amauri, Nicolau e Nenzinho; Zezinho, Ivson, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Fernando, Ivaldir e Waldemir.
 
22/07/56            
 
AMÉRICA 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 28.195,00
Gol: Celli.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Lira e Claudinho; Zezinho, Dario, Wilson, Celli e Gilberto. Técnico: Álvaro Barbosa
FERROVIÁRIO: Renato, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa. Técnico: José Paulo
 
25/07/56            
 
SANTA CRUZ 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 67.565,00
Gols: Aldemar (2) e Rubinho.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Rubinho, Amauri e Zeca. Técnico: Palmeira
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Cleto, Silva e Pereira; Arlindo Lira, Batuel, Pirrica, Pedrinho e Nilton Lopes. Técnico: José Fiorotti.
 
28/07/56            
 
SPORT RECIFE 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 37.960,00
Gols: Eliezer (2), Traçaia (2), Naninho e Buchudo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Itamar e Pedro Matos; Zé Maria, Pinheirense e Jaminho; Géo, Traçaia, Ilo, Naninho e Eliezer.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Nido; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Buchudo, Caio e Olinda.
 
29/07/56            
 
NÁUTICO 4×2 ESTUDANTES
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 54.585,00
Gols: Nilton Lopes, Testinha, Ivson (2) e Benitez (2).
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Amauri, Nicolau e Nenzinho; Matos, Ivson, Benitez, Paulinho e Jorginho.
ESTUDANTES: Zeca, Chico e Duca; Pereira, Lira e Silva; Testinha, Arêdo, Pirrica, Vavá e Nilton Lopes.
 
01/08/56            
 
SANTA CRUZ 5×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 97.340,00
Gols: Jorge de Castro (2), Isauldo (2) e Joab.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Joab, Aldemar e Guta; Jorge de Castro, Wassil, Isauldo, Mituca e Jarbas.
FERROVIÁRIO: Moacyr, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Joca, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
04/08/56            
 
SPORT RECIFE 5×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 43.920,00
Gols: Naninho (4) e Gringo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Itamar e Pedro Matos; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
ÍBIS: Durval, Wilson e Nego; China, Moreno e Índio; Ronaldo, Carioca, Fernando, Ivaldir e Waldemir.
 
05/08/56            
 
AMÉRICA 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 21.615,00
Gols: Dimas (2), Celli e Nelson.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudinho, Lira e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Dario. Técnico: Álvaro Barbosa.
AUTO ESPORTE: Vadinho, Caroá e Nido; Zé Augusto, Calico e Euprepio; Pereirinha, Nelson, Buchudo, Cahu e Ivo.
 
08/08/56            
 
FERROVIÁRIO 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 3.205,00
Gols: Duca (contra), Baiaco e Joca.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Joca, Baiaco, Pitôco e Guido.
ESTUDANTES: Zeca, Americano e Duca; Silva, Bartô e Arlindo Lira; Testinha, Batuel, Arêdo, Nilton Lopes e Heronides.
 
11/08/56            
 
ÍBIS 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 2.520,00
Gols: não encontrado
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel (Pessoa); China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Fernando, Ivaldir e Antônio Geraldo. Técnico: Guaberinha. (equipe provável).
AUTO ESPORTE: Murilo (Vadinho), Caroá e Henrique (Nido); Mia, Euprepio e Zé Augusto; Pelado, Rolando, Buchudo, Escobar e Nelson. Técnico: José Augusto. (equipe provável).
 
12/08/56            
 
SANTA CRUZ 1×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 334.505,00
Gols: Jorge de Castro e Dimas.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Guta; Jorge de Castro, Wassil, Isauldo, Mituca e Jarbas. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Wilson, Celli e Dario. Técnico: Álvaro Barbosa.
 
15/08/56            
 
ÍBIS 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 7.105,00
Gols: Carioca, Nego e Nenem.
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Fernando, Ronaldo, Carioca, Moreno  e Waldemir. Técnico: Guaberinha
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Joca, Baiaco, Pitôco e Guido. Técnico: José Paulo.
 
18/08/56            
 
SANTA CRUZ 6×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 43.315,00
Gols: Otávio (4), Jorge de Castro e Zeca.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Isauldo, Otávio e Zeca. Técnico: Palmeira
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Min, Eupreprio e Zé Augusto; Pelado, Rolando, Escobar, Ivo e Nelson. (equipe provável).
 
19/08/56            
 
SPORT RECIFE 2×0 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 423.080,00
Gols: Naninho e Géo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo. Técnico: Dante Bianchi.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Amauri, Nicolau e Nenzinho; Zezinho, Matos, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
 
22/08/56            
 
AMÉRICA 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 12.315,00
Gols: Zezinho e Dimas.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Dario.
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Fernando, Carioca, Eloi, Ivaldir e Ronaldo.
 
25/08/56            
 
SPORT RECIFE 6×2 ESTUDANTES
Local: Aflitos
Juiz: Joao Batista Laurito
Renda: Cr$ 47.867,00
Gols: Traçaia (3), Naninho (2), Ilo, Testinha.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Ilo, Soca e Géo.
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Pereira; Testinha, Batuel, Arêdo, Nilton Lopes e Arlindo Lira.
 
26/08/56            
 
NÁUTICO 0×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 149.760,00
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Amauri, Nicolau e Nenzinho; Zezinho, Carlos Alberto, Benitez, Paulinho e Jorginho. Técnico: Oto Vieira.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Celli e Dario.
 
29/08/56            
 
FERROVIÁRIO 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 3.220,00
Gol: Baiaco.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem (Arlindo) e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Joca, Baiaco, Pitôco e Guido. Técnico: José Paulo (equipe provável).
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Henrique; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Clelio, Rolando, Ivo, Escobar e Nelson. Técnico: José Augusto. (equipe provável).
 
01/09/56            
 
ESTUDANTES 0×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ não informada
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Diogo, Silva e Chico (Pereira); Testinha, Bartô, Arêdo, Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: José Fiorotti (equipe provável)
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Fernando, Carioca, Eloi, Ivaldir e Ronaldo. Técnico: Guaberinha (equipe provável)
 
02/09/56            
 
NÁUTICO 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 378.610,00
Gol: Ivson
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gago e Nenzinho; Zezinho, Ivson, Benitez, Paulinho e Carlos Alberto. Técnico: Oto Vieira.
SANTA CRUZ: Anibal, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Guta; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira
 
05/09/56            
 
SPORT RECIFE 1×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 58.322,00
Gols: Neco e Naninho (pênalti)
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Djalma; Zé Maria, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
FERROVIÁRIO: Neves, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Caio, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
07/09/56            
 
AUTO ESPORTE 0×0 ESTUDANTES
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 1.936,00
AUTO ESPORTE: Vadinho, Caroá e Nido; Almir, Euprepio e Zé Augusto; Nelson, Rolando, Buchudo, Pereirinha e Tire.
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Arlindo Lira, Silva e Ivo; Testinha, Pirrica, Arêdo, Pedrinho e Nilton Lopes.
 
09/09/56            
 
NÁUTICO 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 47.162,00
Gols: Zezinho e Mauricio.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gago e Nenzinho; Zezinho, Benitez, Mauricio, Geraldo e Carlos Alberto. Técnico: Gilberto.
FERROVIÁRIO: Neves, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Caio, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa. Técnico: José Paulo
 
13/09/56            
 
AMÉRICA 5×2 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 16.909,00
Gols: Dimas (2), Wilson (2), Zezinho, Nilton Lopes e Pirrita.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Wilson, Celli e Dario.
ESTUDANTES: Zeca, Decadela e Duca; Cleto, Silva e Ivo; Testinha, Pirrita, Nilton Lopes, Batuel e Arlindo Lira.
 
15/09/56            
 
NÁUTICO 8×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 14.368,00
Gols: Ivson (4), Benitez (2), Geraldo, Carlos Alberto, Buchudo e Nelson.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gago e Nenzinho; Zezinho, Geraldo, Ivson, Benitez e Carlos Alberto. Técnico: Gilberto Carvalho.
AUTO ESPORTE: Vadinho, Caroá e Nido; Mia, Euprepio e Zé Augusto; Clélio, Rolando, Buchudo, Escobar e Nelson. Técnico: José Augusto (equipe provável).
 
16/09/56            
 
SANTA CRUZ 2×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 580.000,00
Gols: Isauldo (2).
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Otávio, Isauldo, Rubinho e Zeca.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Djalma; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Ilo, Soca e Géo.
 
22/09/56                 
 
SANTA CRUZ 3×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 64.000,00
Gols: Rubinho (2) e Wassil.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Otávio, Rubinho e Zeca. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Durval, Wilson e Bel; China, Nego e Índio; Carioca, Ivaldir, Eloi, Moreno e Valdemir.
 
23/09/56            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 259.538,00
Gols: Traçaia (2)
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Osmar; Osvaldinho, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Wilson, Celli e Dario.
 
Jogo Extra:
 
07/10/56            
 
SPORT RECIFE 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$
Gols: Isauldo, Géo, Gringo e Traçaia.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Job; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Isauldo, Rubinho e Zeca.
 
Sport classificado para Final
 
Segundo Turno
 
10/10/56            
 
FERROVIÁRIO 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 14.344,00
Gol: Neco.
FERROVIÁRIO: Neves, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Antonino, Neco, Baiaco, Caio e Amaro Pipa. Técnico: José Paulo
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Emilson e Perinho; Zezinho, Dimas, Wilson, Celli e Dario. Técnico: Álvaro Barbosa
 
14/10/56            
 
NÁUTICO 1×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 250.000,00
Gols: Ivson e Traçaia
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gago e Nenzinho; Zezinho, Benitez, Ivson, Geraldo e Carlos Alberto.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Itamar; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
17/10/56            
 
SANTA CRUZ 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 179.407,00
Gol: Rubinho
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Wassil, Rubinho, Isauldo, Rubens e Zeca. Técnico: Palmeira
FERROVIÁRIO: Neves, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Antonino, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa. Técnico: José Paulo
 
21/10/56            
 
AMÉRICA 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 85.948,00
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Claudinho; Zezinho, Dimas, Dario, Walter e Gilberto. Técnico: Álvaro Barbosa
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gilberto e Nenzinho; Zezinho, Geraldo, Ivson, Matos e Jorginho. Técnico: Gilberto Carvalho.
 
24/10/56            
 
SPORT RECIFE 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 452.580,00
Gols: Traçaia, Rubinho e Géo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Osmar; Zé Maria, Mirim e Jaminho; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
SANTA CRUZ: Aníbal, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Rubinho, Isauldo, Amauri e Zeca.
 
28/10/56            
 
NÁUTICO 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 50.409,00
Gols: Gago, Ivson e Zezinho.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Zequinha; Nicolau, Gago e Nenzinho; Gilvan, Zezinho, Ivson, Geraldo e Wilton. Técnico: Gilberto Carvalho.
FERROVIÁRIO: Neves, Nenem e Arlindo; Catolé, Simão e Ananias; Joca, Neco, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa. Técnico: José Paulo
 
31/10/56            
 
SANTA CRUZ 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 97.088,00
Gols: Isauldo, Rosael (contra) e Cido (pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Wassil, Rubinho, Isauldo, Amauri e Jorge de Castro. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Zezinho, Dimas, Dario, Walter e Gilberto. Técnico: Álvaro Barbosa
 
03/11/56            
 
SPORT RECIFE 6×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro (Preliminar de NÁUTICO x SANTA CRUZ)
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 305.720,00
Gols: Gringo (2), Naninho (2), Traçaia e Soca.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Mirim; Zé Maria, Osvaldinho e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
FERROVIÁRIO: Neves, Arlindo e Zeca; Catolé, Simão e Ananias; Neco, Caio, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
NÁUTICO 2×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 305.720,00
Gols: Ivson e Wilton.
NÁUTICO: Cavani, Caiçara e Lula; Nicolau, Gago e Nenzinho; Guedes, Zezinho, Ivson, Paulinho e Wilton.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Guta; Zequinha, Aldemar e Edinho; Jorge de Castro, Rubinho, Isauldo, Amauri e Wassil.
 
15/11/56            
 
SPORT RECIFE 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 205.656,00
Gol: Traçaia
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Djalma; Zé Maria, Mirim e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
AMÉRICA: Leça, Geroldo e Cido; Claudionor, Rosael e Mourão; Perereca, Dimas, Wilson, Valter e Gilberto.
 
FINAL
 
Não houve Final devido Sport ter vencido os dois Turnos
 
Sport campeão pernambucano de 1956.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves, RSSSF Brasil.
 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Ferroviário do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Estudantes Futebol Clube do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
(Great Western mudou nome para Ferroviário)
 
Primeiro Turno
 
10/06/55            
 
SANTA CRUZ 3×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 54.325,00
Gols: Luiz Marine (3) e Guido.
SANTA CRUZ: Luis Carlos, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Cláudio, Amauri e Natanael.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Guido, Everaldo e Antoninho.
 
11/06/55            
 
AMÉRICA 2×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 6.000,00
Gols: Jarbas, Gilberto II e Catolé.
AMÉRICA: Miguel, Mogi e Antoninho; Claudionor, Gilberto Farias e Astrogildo; Jarbas, Moacir, Macaquinho, Dario e Gilberto II. Técnico: Palmeira.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Arnaldo; Neco, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Sancho.
 
12/06/55            
 
NÁUTICO 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 47.610,00
Gols: Wilton, Ivson, Hamilton (2).
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Cuíca; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Wilton.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Zé Augusto; Mia, Naval e Euprépio; Tulio, Arquimedes, Escobar, Joquinha e Falcão.
 
15/06/55            
 
SPORT RECIFE 2×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 81.155,00
Gols: Dirceu, Eliezer e Celly.
SPORT RECIFE: Carijó, Itamar e Walter; Zé Maria II, Wilson e Pinheirense; Traçaia, Soca, Ilo, Celly e Eliezer.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Nilton, Batuel, Dirceu, Hélio Mota e Délio.
 
19/06/55            
 
SANTA CRUZ 3×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 89.910,00
Gols: Marinho (2) e Luiz Marine.
SANTA CRUZ: Tempestade, Palito e Lucas; Calico, Aldemar e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Marinho, Amauri e Zeca.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Bibiu e Arnaldo; Neco, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Sancho.
 
20/06/55            
 
AMÉRICA 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Pedro Calil
Renda: Cr$ 10.205,00
Gols: Dario, Gilberto Braz e Falcão.
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Jarbas, Dimas, Macaquinho, Dario e Gilberto Braz.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Mia, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Falcão.
 
22/06/55            
 
NÁUTICO 3×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 28.810,00
Gols: Rubinho (2) e Hamilton.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Wilton.
ÍBIS: Durval, Valter e Bel; Zildo, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Guido, Everaldo e Antoninho.
 
24/06/55            
 
SPORT RECIFE 10×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 60.305,00
Gols: Traçaia (4), Celly (2), Géo, Wilson, Carlinhos e Soca.
SPORT RECIFE: Carijó, Itamar e Pedro Matos; Claudinho, Wilson e Pinheirense; Ilo (Carlinhos), Traçaia, Soca, Celly e Géo.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Mia, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Joaquim, Buchudo, Escobar e Falcão.
 
25/06/55            
 
AMÉRICA 5×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Moacir Sobrinho
Renda: Cr$ 68.985,00
Gols: Dario (2), Batuel, Jarbas (pênalti), Mitchell (2).
AMÉRICA: Miguel, Giroldo e Cido; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Jarbas, Dimas, Mitchell, Dario e Gilberto Braz. Técnico: Palmeira
ESTUDANTES: Zeca (Elias) (Fernandinho), Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Arlindo Lira, Fernandinho, Batuel, Hélio Mota e Nilton Lopes. Técnico: Valentim Navamuel.
Obs.: O goleiro Zeca contundiu-se aos 25’ de jogo.
 
29/06/55            
 
FERROVIÁRIO 2×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 42.520,00
Gols: Wilton, Sancho e Pitôco.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca II; Catolé, Bibiu e Arnaldo; Neco, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Sancho.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Wilton.
 
02/07/55            
 
SPORT RECIFE 4×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Pedro Calil
Renda: Cr$ 60.340,00
Gols: Traçaia (4), Celly e Géo.
SPORT RECIFE: Carijó, Moreira e Pedro Matos; Claudinho, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Traçaia, Soca, Celly e Géo.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Detinho; Ronaldo, Carioca, Elói, Everaldo e Belchior.
 
05/07/55            
 
SANTA CRUZ 4×2 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$
Gols: Marinho (2), Luiz Marine, Jorge de Castro, Jarbas e Dimas.
SANTA CRUZ: Aparicio, Fagundes e Lucas; Zequinha, Aldemar e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Marinho, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Vieira.
AMÉRICA: Miguel, Cido e Antoninho; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Jarbas, Dimas, Mitchell, Dario e Gilberto Braz. Técnico: Palmeira
 
08/07/55            
 
ESTUDANTES 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Pedro Calil
Renda: Cr$ 6.665,00
Gols: Fernandinho e Escobar.
ESTUDANTES: Edward, Elias e Duca; Silva, Arlindo Lira e Ivo; Testinha, Fernandinho, Batuel, Hélio Mota e Nilton Lopes. Técnico: Valentim Natanael.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Joquinha, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Falcão.
 
09/07/55            
 
FERROVIÁRIO 1×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 3.000,00
Gols: Elói e Baiaco.
 
10/07/55            
 
NÁUTICO 3×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 378.680,00
Gols: Rubinho, Celly, Hamilton e Ivson.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Moreira e Pedro Matos; Claudinho, Wilson e Pinheirense; Traçaia, Soca, Gringo, Celly e Géo.
 
13/07/55            
 
SANTA CRUZ 3×2 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Pedro Calil
Renda: Cr$ 73.850,00
Gols: Buchudo (2) e Marinho (3).
SANTA CRUZ: Aparicio, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Marinho, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Joquinha, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Afonso.
 
16/07/55                                           
 
NÁUTICO 7×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 76.530,00
Gols: Ivson (2), Guedes, Gilberto, Hamilton (3).
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Pinguela, Gilberto e Jaminho; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
ESTUDANTES: Vanderlei, Elias e Duca; Lira, Fausto e Biguá; Fernandinho, Hélio Mota, Batuel, Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: Valentim Navamuel.
 
17/07/55            
 
SPORT RECIFE 4×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 218.950,00
Gols: Traçaia (2), Gringo e Carlinhos.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Claudinho, Miguel e Pinheirense; Carlinhos, Traçaia, Gringo, Soca e Géo. Técnico: Gentil Cardoso
AMÉRICA: Miguel, Mogi e Antoninho; Claudionor, Humphrey e Mourão; Jarbas, Gilberto, Mitchell, Dimas e Dario. Técnico: Palmeira
 
20/07/55            
 
AUTO ESPORTE 4×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 3.100,00
Gols: Buchudo (2), Arquimedes, Nelson e Euprépio.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Joquinha, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Falcão. Técnico: Arquimedes
ÍBIS: Nemias, Zildo e Inaldo; Betinho, Moreno e Vavá; Ronaldo, Carioca, Elói, Antoninho e Valdemir. Técnico: Geraldo Melo.
 
24/07/55            
 
NÁUTICO 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 443.485,00
Gols: Luiz Marine, Ivson (2) e Hamilton.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho. Técnico: José Fiorotti
SANTA CRUZ: Aparicio, Palito e Job; Calico, Aldemar e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Marinho, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
 
25/07/55            
 
SPORT RECIFE 2×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 46.275,00
Gols: Claudinho e Traçaia.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Claudinho, Miguel e Djalma; Carlinhos, Traçaia, Gringo, Soca e Eliezer.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Bibiu e Arnaldo; Neco, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
27/07/55            
 
FERROVIÁRIO 4×2 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 4.125,00
Gols: Neco, Geraldo, Baiaco, Amaro Pipa, Ernani e Chicão (pênalti).
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Bibiu e Arnaldo; Neco, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa. Técnico: José Augusto.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Joquinha, Euprépio e Zé Augusto; Ernani, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Nelson. Técnico: Arquimedes
 
30/07/55            
 
SANTA CRUZ 3×2 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 55.105,00
Gols: Batuel, Palito (contra), Aldemar, Jorge de Castro e Luiz Marine.
SANTA CRUZ: Aparicio, Palito e Arlindo; Aldemar, Job e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Cláudio, Mituca e Zeca. Técnico: Oto Glória
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Arlindo Lira, Batuel, Dirceu,  Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: Valentim Navamuel.
 
31/07/55
             
AMÉRICA 1×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 181.785,00
Gol: Dario
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Dario e Gilberto II. Técnico: Palmeira
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Gilberto; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
 
05/08/55            
 
ÍBIS 1×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 1.035,00
Gol: Elói
 
07/08/55            
 
SPORT RECIFE 1×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 688.390,00
Gols: Marinho e Gringo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Miguel; Osvaldinho, Eli e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliézer. Técnico: Gentil Cardoso
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Cláudio, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
 
08/08/55            
 
AMÉRICA 2×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 10.455,00
Gols: Macaquinho, Dario e Carioca.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Zezinho, Dario, Macaquinho, Franklin e Gilberto II. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Moreno e Antoninho. Técnico: Inaldo
 
10/08/55            
 
ESTUDANTES 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Pedro de Morais Sobrinho
Renda: Cr$ 5.320,00
Gols: Batuel, Alcidésio, Djalma e Baiaco.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Hélio Mota, Batuel, Djalma,  Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: Valentim Navamuel
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Bibiu e Simão; Neco, Geraldo, Baiaco, Geraldo Silva e Sancho. Técnico: José Augusto.
 
Segundo Turno
 
17/08/55            
 
SANTA CRUZ 2×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 62.100,00
Gols: Carioca, Marinho e Luiz Marine.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Calico, Job e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Marinho, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Moreno e Antoninho. Técnico: Inaldo
 
20/08/55            
 
NÁUTICO 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 25.725,00
Gols: Guedes (3) e Nelson.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Zequinha; Pinguela, Gago e Edmilson; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Carlos Alberto.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Almir, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Ernani, Escobar e Falcão.
 
21/08/55            
 
AMÉRICA 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 28.775,00
Gols: Macaquinho (2), Zezinho e Geraldo.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Humphrey e Mourão; Zezinho, Dario, Macaquinho, Dimas e Gilberto II. Técnico: Palmeira
FERROVIÁRIO: Azulão, Calado e Zeca; Simão, Bibiu e Arnaldo; Amaro Pipa, Geraldo, Baiaco, Geraldo Silva e Sancho. Técnico: José Augusto.
 
24/08/55            
 
SPORT RECIFE 6×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 48.105,00
Gols: Traçaia (3) e Naninho (3).
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Miguel; Osvaldo, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Hélio Mota, Batuel, Djalma, Alcidésio e Nilton Lopes.
 
27/08/55            
 
AMÉRICA 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 9.535,00
Gols: Zezinho, Dario, Dimas (pênalti).
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Humphrey e Mourão; Zezinho, Dario, Macaquinho, Dimas e Gilberto II. Técnico: Palmeira (equipe provável)
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Almir, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Arquimedes, Buchudo, Escobar e Falcão. Técnico: Arquimedes (equipe provável)
 
28/08/55            
 
FERROVIÁRIO 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 75.230,00
Gols: Baiaco, Reginaldo e Job.
FERROVIÁRIO: Azulão, Calado e Zeca; Catolé, Simão e Arnaldo; Amaro Pipa, Geraldo Silva, Baiaco, Pitôco e Reginaldo. Técnico: José Augusto.
SANTA CRUZ: Luiz Carlos, Arlindo e Lucas; Zequinha, Job e Ananias; Jorge de Castro, Luiz Marine, Natanael, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
 
31/08/55                           
 
NÁUTICO 4×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 32.565,00
Gols: Hamilton (2), Guedes, Ivson e Antoninho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Zequinha; Ivanildo, Gago e Gilberto; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Wilton. Técnico: José Fiorotti
ÍBIS: Durval, Pessoa e Bel; Ronaldo, Nego e Índio; Antoninho, Carioca, Elói, Veneno, Moreno e Airton.
 
03/09/55            
 
SPORT RECIFE 4×2 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jacy Costa
Renda: Cr$ 51.140,00
Gols: Traçaia (2), Gringo, Naninho, Chicão (pênalti) e Caroá.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Miguel; Osvaldinho, Ely e Pedro Matos; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
AUTO ESPORTE: Renê, Caroá e Chicão; Joquinha, Almir e Zé Augusto; Nelson, Ernani, Bigo, Escobar e Falcão.
 
04/09/55            
 
ESTUDANTES 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 31.130,00
Gol: Hélio Mota.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Nilton Lopes, Hélio Mota, Djalma, Alcidésio e Délio.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Humphrey e Mourão; Zezinho, Dario, Macaquinho, Dimas e Gilberto II.
 
07/09/55            
 
NÁUTICO 4×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 64.595,00
Gols: Hamilton (2), Wilton e Ivanildo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Edmilson; Guedes, Hamilton, Carlos Alberto, Rubinho e Wilton. Técnico: José Fiorotti
FERROVIÁRIO: Azulão, Calado e Zeca; Catolé, Simão e Arnaldo; Amaro Pipa, Geraldo, Baiaco, Geraldo II e Reginaldo. Técnico: José Augusto.
 
10/09/55            
 
SPORT RECIFE 4×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 53.895,00
Gols: Gringo (2), Traçaia e Naninho.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Ely, Itamar e Pinheirense; Carlinhos, Traçaia, Gringo, Naninho e Géo.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Veneno, Moreno e Antonino. (equipe provável)
 
11/09/55            
 
SANTA CRUZ 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 145.115,00
Gols: Luiz Marine, Mituca e Mitchell.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Job; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Mituca, Luiz Marine, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Antoninho; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Jarbas, Dimas, Mitchell, Moacir e Dario.
 
14/09/55            
 
ESTUDANTES 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jacy Costa
Renda: Cr$ 3.565,00
Gols: Berto, Kelson, Djalma (pênalti).
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Nilton Lopes, Hélio Mota, Djalma, Berto e Délio.
AUTO ESPORTE: Renê, Caroá e Chicão; Almir, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Escobar, Ernani, Buchudo e Falcão.
 
17/09/55            
 
FERROVIÁRIO 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 2.670,00
 
18/09/55            
 
SPORT RECIFE 3×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 380.20,00
Gols: Naninho (2), Gringo e Ivson.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Miguel, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Edmilson; Guedes, Hamilton, Ivson, Rubinho e Carlos Alberto.
 
21/09/55            
 
SANTA CRUZ 6×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 48.590,00
Gols: Zeca, Amauri, Luiz Marine (2), Jorge de Castro, Ernani, Mituca.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Job; Aldemar, Calico e Zequinha; Jorge de Castro, Mituca, Luiz Marine, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
AUTO ESPORTE: Renê, Caroá e Chicão; Almir, Euprépio e Zé Augusto; Nelson, Joquinha, Ernani, Escobar e Falcão. Técnico: Arquimedes
 
25/09/55            
 
NÁUTICO 2×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 39.275,00
Gols: Carlos Alberto e Jorginho.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Edmilson; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho. Técnico: José Fiorotti
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Hélio Mota, Batuel, Djalma, Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: Hélio Mota
 
28/09/55            
 
ÍBIS 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jacy Costa
Renda: Cr$ 1.020,00
Gols: Carioca, Nego e Ronaldo.
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Amaro, Moreno e Antonino. Técnico: Zépaulo
AUTO ESPORTE: Placido, Caroá e Chicão; Almir, Joquinha e Zé Augusto; Nelson, Ernani, Bochudo, Escobar e Falcão. Técnico: Arquimedes
 
01/10/55            
 
SPORT RECIFE 3×1 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jacy Costa
Renda: Cr$ 60.875,00
Gols: Gringo (2), Eliezer, Baiano.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Miguel; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Eliezer.
FERROVIÁRIO: Azulão, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Arnaldo; Geraldo II, Geraldo I, Baiaco, Pitôco e Reginaldo.
 
02/10/55            
 
NÁUTICO 4×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 241.015,00
Gols: Jorge de Castro, Ivson (2), Hamilton (2).
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Edmilson; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho. Técnico: José Fiorotti
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Job; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
 
09/10/55            
 
FERROVIÁRIO 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jacy Costa
Renda: Cr$ 243.350,00
 
11/10/55            
 
ESTUDANTES 0×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 330.000,00
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Fausto e Pereira; Batuel, Bartô, Djalma, Alcidésio e Nilton Lopes. (equipe provável)
ÍBIS: Durval, Inaldo e Bel; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Amaro, Moreno e Antonino. (equipe provável)
 
14/10/55            
 
ESTUDANTES 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 186.540,00
Gol: Batuel.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Berto, Fausto e Chico; Nilton Lopes, Batuel, Djalma, Alcidésio e Arlindo Lira.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Job; Zequinha, Lucas e Ananias; Wassil, Otávio, Isauldo, Amauri e Zeca. Técnico: Oto Glória
 
25/10/55            
 
ESTUDANTES 1×0 FERROVIÁRIO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 172.550,00
Gol: Nilton Lopes.
Expulsão: Djalma e Simão.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Berto, Fausto e Chico; Nilton Lopes, Batuel, Djalma, Alcidésio e Arlindo Lira.
FERROVIÁRIO: Renato, Nenem e Zeca; Catolé, Simão e Arnaldo; Geraldo I, Geraldo II, Baiaco, Pitôco e Reginaldo.
 
30/10/55            
 
SPORT RECIFE 1×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 201.145,00
Gols: Naninho e Luiz Marine.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Miguel; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Edinho; Wassil, Otávio, Isauldo, Amauri e Mituca.
 
Obs.: AMÉRICA foi suspenso por 30 dias e nesse período perdeu seus jogos contra NÁUTICO, Esporte e ÍBIS por WO.
                       
Terceiro Turno
 
01/11/55            
 
NÁUTICO 2×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 50.995,00
Gols: Guedes e Hamilton.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho. Técnico: José Fiorotti
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Berto, Fausto e Chico; Bartô, Batuel, Djalma, Alcidésio e Arlindo Lira. Técnico: Bada.
 
06/11/55            
 
SPORT RECIFE 4×1 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 66.060,00
Gols: Gringo, Traçaia (3) e Nilton Lopes.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Berto, Fausto e Chico; Hélio Mota, Batuel, Bartô, Alcidésio e Nilton Lopes.
 
17/11/55            
 
ESTUDANTES 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 7.855,00
Gol: Batuel.
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Silva, Chico e Pereira; Berto, Batuel, Bartô, Alcidésio e Nilton Lopes.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Gilberto Farias e Mourão; Zezinho, Jarbas, Macaquinho, Dimas e Dario.
 
23/11/55            
 
AMÉRICA 5×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 47.555,00
Gols: Luiz Marine (2), Macaquinho, Dimas, Zezinho, Lucas (contra) e Dario.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Moacir e Dario.
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Arlindo; Aldemar, Lucas e Ananias; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Amauri e Mituca.
 
27/11/55            
 
NÁUTICO 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Heitor de Oliveira
Renda: Cr$ 192.715,00
Gols: Hamilton, Ivson e Naninho.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
30/11/55            
 
SANTA CRUZ 3×0 ESTUDANTES
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 39.175,00
Gols: Luiz Marine (3, um de pênalti).
SANTA CRUZ: Mauro, Palito e Lucas; Zequinha, Aldemar e Arlindo; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Amauri e Mituca. Técnico: Valdomiro Silva
ESTUDANTES: Zeca, Elias e Duca; Fausto, Chico e Pereira; Berto, Batuel, Djalma, Alcidésio e Nilton Lopes. Técnico: Hélio Mota
 
04/12/55            
 
SPORT RECIFE 4×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 57.300,00
Gols: Traçaia (3), Gringo e Dimas.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Itamar e Pedro Matos; Osvaldinho, Djalma e Géo; Carlinhos, Traçaia, Gringo, Naninho e Ilo.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Moacir e Dario.
 
08/12/55            
 
AMÉRICA 2×1 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 109.195,00
Gols: Macaquinho, Dario e Caiçara.
AMÉRICA: Leça, Giroldo e Cido; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Zezinho, Dimas, Macaquinho, Moacir e Dario. Técnico: Palmeira
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Wilton, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho. Técnico: José Fiorotti
 
11/12/55            
 
SANTA CRUZ 3×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 252.265,00
Gols: Jorge de Castro (2) e Wassil.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Zequinha, Job e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Amauri e Zeca.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Itamar e Pedro Matos; Osvaldinho, Miguel e Géo; Ilo, Traçaia, Gringo, Naninho e Eliezer.
 
18/12/55            
 
NÁUTICO 2×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 289.190,00
Gols: Hamilton, Wassil, Zeca e Ivson (pênalti).
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Zequinha, Job e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Amauri e Zeca.
           
Jogo Extra:
 
25/12/55                           
 
NÁUTICO 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 240.280,00
Gol: Hamilton
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivanildo, Edmilson e Jorginho.
SANTA CRUZ: Barbosa, Palito e Lucas; Zequinha, Job e Edinho; Jorge de Castro, Wassil, Luiz Marine, Mituca e Zeca.
 
NÁUTICO classificado para Final
 
FINAL
 
01/01/56            
 
SPORT RECIFE 2×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 280.880,00
Gols: Traçaia e Gringo.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho.
 
06/01/56            
 
NÁUTICO 0×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Vicente Lobão
Renda: Cr$ 317.860,00
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Nenzinho; Guedes, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
08/01/56            
 
NÁUTICO 2×3 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 354.125,00
Gols: Traçaia (3), Wilton, Ivanildo, Naninho.
NÁUTICO: Celso, Caiçara e Lula; Edmilson, Gilberto e Nenzinho; Wilton, Hamilton, Ivson, Carlos Alberto e Jorginho.
SPORT RECIFE: Osvaldo, Bria e Pedro Matos; Osvaldinho, Ely e Pinheirense; Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Géo.
 
Sport campeão pernambucano de 1955.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Jornal Pequeno, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves, RSSSF Brasil.
 
Participantes:
 
América Futebol Clube do Recife
Associação Atlética Great Western do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno – Ida
 
13/06/54  
         
NÁUTICO 2×0 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 24.380,00
Gols: Ivson (2).
NÁUTICO: Peter, Genaro e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Ivson, Djalma, Rubinho e Wilton. Técnico: Palmeira.
GREAT WESTERN: Renato II, Neném e Renato I; Catolé, Simão e Arnaldo; Amaro Pipa, Geraldo, Baiaco, Zeca II e Reginaldo. Técnico: José Augusto.
 
17/06/54
 
AUTO ESPORTE 2×2 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 4.800,00
Gols: Carlito (2, um de pênalti), Tião, João do Vale.
AUTO ESPORTE: Matuto, Caroá e Chicão; Asdrulio, Joquinha e Marinheiro; Guaberinha, Tião, Bochudo, Geraldo e João do Vale.
ÍBIS: Durval, Bel e Biu; Sevi, Nego e Totinha; Ronaldo, Carioca, Amaro, Ivaldir e Carlito.
 
20/06/54
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 82.780,00
Gols: Ilo e Ênio.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria II, Wilson e Pinheirense; Ilo, Dimas, Ênio, Celi e Géo.
AMÉRICA: Vicente, Perinho e Dadá; Claudionor, Geraldo e Astrogildo; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Gilberto.
 
24/06/54
 
SANTA CRUZ 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 60.315,00
Gols: Tonho (2) e Jorge de Castro (2).
Expulsão: Jaime e Caroá.
SANTA CRUZ: Neves, Santana e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Tonho, Jaime, Mituca e Natanael.
AUTO ESPORTE: Matuto, Caroá e Chicão; Asdrulio, Joquinha e Euclides; Pedro, Pereirinha, Tião, Geraldo e João do Vale.
 
27/06/54
 
ÍBIS 2×1 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 1.290,00
Gols: Carlito (pênalti), Zeca II (pênalti) e Ivaldir.
ÍBIS: Durval, Bel e Biu; Totinha, Nego e Índio; Guido, Antonino, Amaro, Ivaldir e Carlito.
GREAT WESTERN: Renato II, Neném e Renato I; Catolé, Simão e Arnaldo; Amaro Pipa, Geraldo, Baiaco, Zeca II e Reginaldo.
 
01/07/54
 
SPORT RECIFE 6×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anísio Morgado
Renda: Cr$ 25.235,00
Gols: Ênio (2), Dimas (2) e Wilson (2 de pênalti).
Expulsão: Celi, Geraldo, Marinheiro e Guaberinha.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Pereira, Wilson e Pinheirense; Géo, Dimas, Ênio, Celi e Ilo.
AUTO ESPORTE: Matuto, Caroá e Chicão; Silva, Marinheiro e Euclides; Pedro, Pereirinha, Bochudo, Geraldo e Guaberinha.
 
04/07/54
 
AMÉRICA 4×3 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 95.840,00
Gols: Hamilton, Rubinho, Jarbas (2, um de pênalti), Bujan, Moacir e Ivson.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Dadá; Claudionor, Arrupiado e Astrogildo; Jarbas, Moacir, Vivinho, Bujan e Dario.
NÁUTICO: Peter, Kleber e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Zeca.
 
07/07/54
 
SANTA CRUZ 2×0 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 28.330,00
Gols: Tonho e Jaime.
SANTA CRUZ: Neves, Santana e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Tonho, Jaime, Geraldo e Mituca.
GREAT WESTERN: Renato II, Neném e Renato I; Catolé, Simão e Zeca; Caio, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Reginaldo.
 
11/07/54
 
NÁUTICO 3×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 33.600,00
Gols: Gago (2) e Hamilton.
NÁUTICO: Peter, Kleber e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Zeca.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Naval; Mila, Euprépio e Euclides; Pé de Ferro, Pereirinha, Tião, Geraldo e João do Vale.
 
14/07/54
 
SPORT RECIFE 2×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 21.130,00
Gols: Amaro, Dimas (2).
Expulsão: Carlito
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Dimas, Ênio, Celi e Ilo.
ÍBIS: Durval, Bel e Biu; Totinha, Nego e Índio; Guido, Carioca, Amaro, Ivaldir e Carlito.
 
18/07/54            
 
NÁUTICO 0×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 248.290,00
Gol: Tonho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Zeca.
SANTA CRUZ: Neves, Santana e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Tonho, Jaime, Mituca e Paraíba.
 
21/07/54            
 
AUTO ESPORTE 3×1 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 3.315,00
Gols: Chicão (pênalti), Geraldo, Guaberinha (2).
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Mila, Euprépio e Euclides; Pedro, Pereirinha, Guaberinha, Geraldo e Pé de Ferro.
GREAT WESTERN: Renato II, Neném e Renato I; Catolé, Simão e Zeca; Caio, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Reginaldo.
 
25/07/54
 
NÁUTICO 6×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 26.460,00
Gols: Ivanildo (3), Rubinho, Hamilton, Djalma, Ivaldir.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Kleber; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Djalma, Rubinho e Wilton.
ÍBIS: Durval, Zildo e Biu; Totinha, Nego e Índio; Antonino, Carioca, Guido, Ivaldir e Carlito.
 
01/08/54
 
SPORT RECIFE 3×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 382.825,00
Gols: Zé Maria, Ênio (2).
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Dimas, Ênio, Celi e Ilo.
SANTA CRUZ: Neves, Santana e Palito; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Tonho, Jaime, Mituca e Paraíba.
 
04/08/54
 
AMÉRICA 2×0 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Leon Markan
Renda: Cr$ 4.030,00
Gols: Jarbas e Vivinho.
Expulsão: Jarbas e Simão por jogo violento.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Dadá; Claudionor, Geraldo e Astrogildo; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
GREAT WESTERN: Renato I, Neném e Renato II; Catolé, Simão e Zeca; Amaro Pipa, Caio, Baiaco, Geraldo e Sancho.
 
08/08/54
 
SANTA CRUZ 6×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 254.320,00
Gols: Jaime (3), Geraldo (2), Paraíba e Guido.
SANTA CRUZ: Neves, Lucas e Palito; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Geraldo, Jaime, Mituca e Paraíba.
ÍBIS: Heraldo (Amaro), Bel e Biu; Totinha, Wlademir e Índio; Ivan, Carioca, Amaro, Ivaldir e Guido.
Obs.: O goleiro Heraldo, tendo sido seriamente contundido, foi retirado de campo, não mais voltando. Para o seu lugar, foi deslocado o dianteiro Amaro, que fez o possível para evitar uma goleada.
 
11/08/54            
 
AMÉRICA 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 194.080,00
Gols: Bujan e Vivinho.
AMÉRICA: Espanhol, Procópio e Antoninho; Claudionor, Geraldo e Mourão; Zezinho, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Pedro, Pereirinha, Guaberinha, Geraldo e Pé de Ferro.
 
15/08/54            
 
SPORT RECIFE 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 172.365,00
Gols: Hamilton, Géo, Dimas e Gago.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Dimas, Ênio, Celi e Ilo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Kleber; Ivanildo, Gago e Jaminho; Rubinho, Hamilton, Djalma, Marcos e Wilton.
 
18/08/54            
 
AMÉRICA 8×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 5.115,00
Gols: Vivinho, Jarbas (4) e Dario (3).
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Antoninho; Claudionor, Geraldo e Mourão; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
ÍBIS: Durval, Ronaldo e Biu; Totinha, Nego e Índio; Ivan, Guido, Rina, Ivaldir e Carlito.
 
22/08/54
 
SPORT RECIFE 1×2 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 25.025,00
Gols: Dimas, Baiaco (2).
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria I, Zé Maria II e Pinheirense; Batuel, Dimas, Ênio, Celi e Géo.
GREAT WESTERN: Renato I, Neném e Renato II; Catolé, Simão e Arnaldo; Amaro Pipa, Baiaco, Geraldo, Reginaldo e Sancho.
 
29/08/54
 
AMÉRICA 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 177.870,00
Gols: Vivinho, Dario e Jorge de Castro.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Antoninho; Claudionor, Geraldo e Mourão; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
SANTA CRUZ: Milton Barreto, Decadela e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Tonho, Jaime, Geraldo e Paraíba.
 
Jogo Extra para eliminação:
 
01/09/54            
 
AUTO ESPORTE 3×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 2.820,00
Gols: Guaberinha, Pereirinha e Shiller.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Pereirinha, Shiller, Guaberinha, Geraldo e Pé de Ferro.
ÍBIS: Durval, Bel e Nego; Totinha, China e Índio; Guido, Carioca, Amaro, Ivaldir e Carlito.
Obs.: Íbis eliminado
 
Primeiro Turno – Volta
 
12/09/54            
 
AMÉRICA 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 20.275,00
Gols: Vivinho (2), Dario e Euprépio (contra).
AMÉRICA: Espanhol, Procópio e Antoninho; Claudionor, Geraldo e Mourão; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario. Técnico: Dante Bianchi
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Pedro, Pereirinha, Guaberinha, Geraldo e Pé de Ferro. Técnico: Guaberinha
 
19/09/54            
 
SANTA CRUZ 1×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 89.305,00
Gols: Geraldo e Hélio Miranda.
SANTA CRUZ: Neves, Ananias e Lucas; Aldemar, Calico e Fagundes; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Nilton Lopes.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Batuel, Hélio Miranda, Claudinho e Mainha.
 
22/09/54            
 
NÁUTICO 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 21.095,00
Gols: Ivson (3).
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Jorginho, Hamilton, Ivson, Marcos e Wilton.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Jorginho, Euprépio e Euclides; Pereirinha, Schiller, Pedro, Arquimedes e Pé de Ferro.
 
26/09/54            
 
SANTA CRUZ 5×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 91.540,00
Gols: Tonho (2), Jorge de Castro, Geraldo, Mituca.
SANTA CRUZ: Neves, Ananias e Lucas; Aldemar, Calico e Fagundes; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Jaime.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Antoninho; Claudionor, Geraldo e Mourão; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
 
29/09/54            
 
SPORT RECIFE 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 27.175,00
Gol: Claudinho.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Claudinho, Ênio, Celly e Ilo.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Nelson, Pereirinha, Bochudo, Geraldo e Pedro.
 
10/10/54            
 
NÁUTICO 4×2 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 107.960,00
Gols: Gago (2), Ivson, Hamilton, Jarbas e Vivinho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Marcos e Wilton.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Antoninho; Gilberto, Geraldo e Mourão; Jarbas, Moacir, Vivinho, Bujan e Dario.
 
14/10/54            
 
SANTA CRUZ 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Leon Markman
Renda: Cr$ 45.250,00
Gol: Jorge de Castro.
SANTA CRUZ: Milton, Palito e Lucas; Aldemar, Calico e Paulinho; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Jaime.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Joquinha; Teixeirinha, Nelson, Bochudo, Geraldo e Pereirinha.
 
17/10/54            
 
SPORT RECIFE 1×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 189.067,00
Gol: Celly.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Géo, Claudinho, Ênio, Celly e Ilo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Marcos e Wilton.
 
24/10/54            
 
SPORT RECIFE 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 112.870,00
Gol: Géo.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Zé Maria II; Géo, Ilo, Hélio Miranda, Claudinho e Mainha.
AMÉRICA: Vicente, Procópio e Antoninho; Arrupiado, Gilberto e Mourão; Zezinho, Macaquinho, Vivinho, Claudionor e Dario.
 
31/10/54            
 
SANTA CRUZ 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 92.250,00
Gols: Hamilton (2), Hélio e Mituca.
SANTA CRUZ: Milton, Palito e Barreto; Lucas, Aldemar e Calico; Fagundes, Geraldo, Paraíba, Mituca e Jaime.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
                        
Segundo Turno – Ida
 
07/11/54            
 
SPORT RECIFE 2×2 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 63.915,00
Gols: Macaquinho, Wilson, Dario e Hélio Miranda.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria I, Wilson e Zé Maria II; Géo, Ilo, Hélio Miranda, Claudinho e Mainha.
AMÉRICA: Vicente, Dadá e Antoninho; Gilberto Faria, Geraldo e Mourão; Zezinho, Moacir, Macaquinho, Claudionor e Dario.
 
10/11/54            
 
SANTA CRUZ 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 19.805,00
Gols: Calico e Amauri.
SANTA CRUZ: Milton, Palito e Lucas; Aldemar, Calico e Fagundes; Geraldo, Tonho, Paraíba, Amauri e Hélio.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Teixeirinha, Shiller, Pereira, Joãozinho e Nelson.
 
14/11/54            
 
NÁUTICO 1×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 135.273,00
Gol: Ivson.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria II, Wilson e Itamar; Géo, Claudinho, Hélio Miranda, Celly e Mainha.
 
21/11/54            
 
AMÉRICA 6×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 15.030,00
Gols: Macaquinho (3), Jarbas (2, um de pênalti),  Vivinho.
AMÉRICA: Espanhol, Dadá e Antoninho; Claudionor, Gilberto e Astrogildo; Jarbas, Macaquinho, Vivinho, Bujan e Dario.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Teixeirinha, Túlio, Pereirinha, Geraldo e Nelson.
 
24/11/54            
 
NÁUTICO 2×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 183.689,00
Gols: Ivson (2).
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
SANTA CRUZ: Milton, Arlindo e Lucas; Aldemar, Calico e Fagundes; Geraldo, Jaime, Paraíba, Mituca e Hélio.
 
28/11/54            
 
SPORT RECIFE 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 25.000,00
Gol: Celly
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria I, Wilson e Pinheirense; Géo, Claudinho, Hélio Miranda, Celly e Zingoni.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Naval; Doquinha, Euprépio e Euclides; Túlio, Pereirinha, Bochudo, Geraldo e Nelson.
Obs.: Aos 21’ do primeiro tempo após o gol de Celly, o jogador Pereirinha não permitiu o reinicio do jogo e o juiz encerrou a partida.
 
05/12/54            
 
SANTA CRUZ 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 111.856,00
Gol: Palito.
SANTA CRUZ: Milton, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Tonho, Tim, Mituca e Hélio.
AMÉRICA: Espanhol, Dadá e Antoninho; Claudionor, Gilberto e Astrogildo; Jarbas, Moacir, Macaquinho, Bujan e Dario.
 
08/12/54            
 
NÁUTICO 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 21.231,00
Gols: Ivson (2), Hamilton e Wilton.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Naval; Silva, Euprépio e Euclides; Pereirinha, Schiller, Arquimedes, Geraldo e Nelson.
 
12/12/54            
 
SPORT RECIFE 1×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista Laurito
Renda: Cr$ 202.101,00
Gols: Claudinho e Mituca.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria I, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Claudinho, Géo, Celly e Zingoni.
SANTA CRUZ: Milton, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Hélio.
 
19/12/54            
 
NÁUTICO 4×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Anisio Morgado
Renda: Cr$ 80.436,00
Gols: Hamilton (3), Ivanildo e Moacir.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
AMÉRICA: Vicente (Jarbas), Dadá e Antoninho; Claudionor, Gilberto e Mourão; Jarbas, Moacir, Dario, Bujan e Gilberto II.
 
Segundo Turno – Volta
 
23/12/54            
 
SANTA CRUZ 4×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José Barbosa de Albuquerque
Renda: Cr$ 30.000,00
Gols: Tonho (2), Jorge de Castro, Hélio e Arquimedes.
Expulsão: Palito
SANTA CRUZ: Milton, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Hélio.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Chicão; Silva, Euprépio e Euclides; Túlio, Schiller, Arquimedes, Geraldo e Nelson.
 
30/12/54            
 
AMÉRICA 1×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Waldomiro Breda
Renda: Cr$ 63.511,00
Gols: Ênio e Dario.
AMÉRICA: Espanhol, Dadá e Antoninho; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Jarbas, Moacir, Dario, Bujan e Gilberto II.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria II, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Claudinho, Ênio, Géo e Zingoni. Técnico: Alheiros
 
04/01/55            
 
NÁUTICO 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição.
Renda: Cr$ 21.660,00
Gols: Hamilton (2) e Geraldo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Zeca.
AUTO ESPORTE: Murilo, Caroá e Naval; Silva, Euprépio e Euclides; Ivo, Schiller, Arquimedes, Geraldo e Nelson.
 
06/01/55            
 
SANTA CRUZ 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 156.200,00
Gols: Geraldo, Wilson (pênalti) e Jorge de Castro.
Expulsão: Bria, Hélio.
SANTA CRUZ: Milton, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Edinho; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Hélio.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria I, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Laicinho, Claudinho, Celly e Géo.
 
09/01/55            
 
NÁUTICO 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Willer Costa
Renda: Cr$ 100.029,00
Gols: Jorginho, Marcos e Dario.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Jorginho.
AMÉRICA: Espanhol, Decadela e Antoninho; Claudionor, Gilberto e Mourão; Zezinho, Jarbas, Dario, Bujan e Gilberto II.
 
16/01/55            
 
SPORT RECIFE WxO AUTO ESPORTE  
 
21/01/55            
 
SANTA CRUZ 0×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: José Barbosa de Albuquerque
Renda: Cr$ 82.206,00
SANTA CRUZ: Neves, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Geraldo, Tonho, Mituca e Hélio.
AMÉRICA: Miguel, Perinho e Antoninho; Claudionor, Gilberto Faria e Mourão; Zezinho, Dario, Vivinho, Macaquinho e Gilberto II.
 
23/01/55            
 
SPORT RECIFE 3×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Amilcar Ferreira
Renda: Cr$ 154.330,00
Gols: Ênio, Géo e Zé Maria.
SPORT RECIFE: Carijó, Elias e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Claudinho, Ênio, Celly e Géo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Ivanildo, Gago e Jaminho; Wilton, Hamilton, Ivson, Marcos e Jorginho.
 
26/01/55            
 
AUTO ESPORTE WxO AMÉRICA  
 
30/01/55            
 
SANTA CRUZ 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do retiro
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 259.486,00
SANTA CRUZ: Neves, Arlindo e Palito; Aldemar, Calico e Ananias; Jorge de Castro, Geraldo, Amauri, Mituca e Hélio.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Gilberto Carvalho, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
                        
FINAL
 
06/02/55            
 
SPORT RECIFE 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Serafim Moreno
Renda: Cr$ 226.261,00
Gols: Ivson, Rubinho, Wilson e Ênio.
SPORT RECIFE: Carijó, Elias e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Claudinho, Ênio, Celly e Géo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
 
10/02/55            
 
SPORT RECIFE 2×3 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Diogo di Leo
Renda: Cr$ 224.195,00
Gols: Ivson (3), Ilo e Ênio.
SPORT RECIFE: Cazuza, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Ilo, Ênio, Celly e Géo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Gilberto, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
 
13/02/55            
 
SPORT RECIFE 1×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Mário Vianna
Renda: Cr$ 274.450,00
Gols: Hamilton e Géo.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Claudinho, Ênio, Celly e Géo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Cuíca e Lula; Gilberto Carvalho, Gago e Jaminho; Ivanildo, Hamilton, Ivson, Rubinho e Jorginho.
 
NÁUTICO campeão pernambucano de 1954.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Jornal Pequeno, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves.
 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Associação Atlética Great Western do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
19/07/53        
   
ÍBIS 4×4 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 30.418,00
Gols: Carioca, Airton, Jorge de Castro, Paraiba (2), Hamilton, Ivaldir e Antoninho.
ÍBIS: Zeca, Bel e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Airton, Ivaldir e Antoninho.
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Duca; Diogo, Figueiras e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraiba, Amauri e Natanael.
 
22/07/53            
 
AMÉRICA 4×3 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 6.248,00
Gols: Macaquinho (2), Belchior (2), Baiaco, Sancho, Procopil.
AMÉRICA: Borracha, Dadá e Pádua; Pedrinho, Geraldo e Astrogildo; Zezinho, Fernando, Macaquinho, Santos e Belchior.
GREAT WESTERN: Renato II, Nenem e Renato I; Laerte, Simão e Arnaldo; Caio, Procopil, Baiaco, Pitôco e Sancho.
 
26/07/53            
 
SPORT RECIFE 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 33.451,00
Gols: Tonho e Guaberinha
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Jason, Carlinhos, Dimas, Tonho e Zingone.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Guaberinha e Arlindo; Marinheiro, Amaro e Euclides; Pedro, Jonjoca, Tião, Geraldo e João do Vale.
 
29/07/53            
 
NÁUTICO 4×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 35.833,00
Gols: Ivson (3), Ivanildo e Antonino.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Wilton, Ivanildo, Ivson, Marcos e Zeca.
ÍBIS: Zeca, Bel e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Airton, Ivaldir e Antonino.
 
02/08/53            
 
SANTA CRUZ 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 105.200,00
Gols: Hamilton (2),
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Paulinho; Diogo, Figueiras e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Hélio, Amauri e Natanael.
AMÉRICA: Borracha, Dadá e Pádua; Pedrinho, Tomires e Mila; Zezinho, Biu, Macaquinho, Santos e Fernando.
 
05/08/53            
 
SPORT RECIFE 9×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 20.170,00
Gols: Ênio (4), Wilson, Carlinhos, Batuel, Zingone (2).
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Batuel, Ênio, Ilo e Zingone.
GREAT WESTERN: Silvio, Nenem e Renato; Laerte, Simão e Arnaldo; Amaro, Procopil, Babaino, Caio e Sancho.
 
09/08/53            
 
NÁUTICO 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 64.630,00
Gols: João do Vale, Amaro, Ivson e Caiçara (pênalti).
Expulsão: Elói e Wilton.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Ivanildo, Ivson, Djalma, Marcos e Wilton.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Guaberinha e Arlindo; Marinheiro, Amaro e Euclides; Jonjoca, Tião, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
 
12/08/53            
 
AMÉRICA 1×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 8.770,00
Gol: Biu.
AMÉRICA: Borracha, Dadá e Pádua; Pedrinho, Tomires e Mila; Santos, Biu, Macaquinho, Fernando e Belchior.
ÍBIS: Nemias, Beu e Biu; China, Nego e Índio; Valter, Carioca, Airton, Ivaldir e Antonino.
 
15/08/53            
 
NÁUTICO 6×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 17.208,00
Gols: Alcidésio, Djalma, Ivson (2) e Zeca (2).
NÁUTICO: Vicente, Genaro e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Djalma, Ivanildo, Ivson, Alcidésio e Zeca.
GREAT WESTERN: não encontrado.
 
16/08/53            
 
SPORT RECIFE 4×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 212.399,00
Gols: Jorge de Castro, Ênio (2), Hamilton, Tonho (2).
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Batuel e Zingone.
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Paulinho; Diogo, Figueiras e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Hélio, Amauri e Natanael.
 
19/08/53            
 
AUTO ESPORTE 3×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 2.848,00
Gols: Buchudo, João do Vale, Osvaldo.
AUTO ESPORTE: Matuto, Jonas e Arlindo; Marinheiro, Amaro e Euclides; Jonjoca, Tião, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
ÍBIS: Paulo, Ronaldo e Biu; China, Nego e Índio; Antonino, Carioca, Airton, Ivaldir e Carlitos.
 
23/08/53            
 
NÁUTICO 3×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 96.441,00
Gols: Djalma (3)
Expulsão: Pádua
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Wilton, Ivanildo, Djalma, Rubinho e Zeca.
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Bernardo, Biu, Macaquinho, Santos e Belchior.
 
26/08/53            
 
SANTA CRUZ 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 29.192,00
Gols: Natanael, Jorge de Castro, Hamilton e Diogo.
Expulsão: Amauri.
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Palito; Diogo, Figueiras e Paulinho; Jorge de Castro, Velau, Hamilton, Amauri e Natanael.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Guaberinha e Arlindo; Marinheiro, Amaro e Euclides; Ivo, Tião, Jonjoca, Geraldo e João do Vale.
 
30/08/53            
 
SPORT RECIFE 5×3 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 85.631,00
Gols: Ênio (2), Bernardo, Zingone, Wilson (2), Fernando e Macaquinho.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
AMÉRICA: Zé Paulo, Mila e Dadá; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Bernardo, Testinha, Macaquinho, Santos e Fernando.
 
02/09/53            
 
GREAT WESTERN 4×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 3.740,00
Gols: Ita, Baiaco, Procopil, Arlindo (contra), Geraldo e Zeca II (contra)
Expulsão: Guaberinha, por ter atirado areia nos olhos do goleiro Renato II.
GREAT WESTERN: Renato II, Zeca I e Zeca II; Caio, Simão e Arnaldo; Procopil, Ita, Baiaco, Pitôco e Sancho.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Renato e Arlindo; Marinheiro, Amaro e Euclides; Guaberinha, Jonjoca, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
 
06/09/53            
 
AUTO ESPORTE 1×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: não encontrado
Renda: Cr$ não informada
Gol: João do Vale (pênalti).
AUTO ESPORTE: Espanhol, Caroá e Arlindo; Asdrúlio, Amaro e Euclides; Jonjoca, Tião, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Arnaldo e Tomires; Zezinho, Biu, Macaquinho, Santos e Fernando.
 
07/09/53            
 
SPORT RECIFE 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 37.010,00
Gols: Wilson, Carlinhos e Carlito.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
ÍBIS: Nemias, Bel e Biu; China, Nego e Índio; Carioca, Airton, Ronaldo, Ivaldir e Carlitos.
 
13/09/53            
 
SANTA CRUZ 4×3 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 226.426,00
Gols: Natanael, Zeca, Djalma, Hamilton (3), Rubinho.
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Palito; Diogo, Figueiras e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraiba, Hélio e Natanael.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Djalma, Ivanildo, Ivson, Rubinho e Zeca.
 
13/09/53
             
GREAT WESTERN 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 2.793,00
Gols: não encontrado
GREAT WESTERN: Silvio, Nenem e Renato; Laerte, Simão e Arnaldo; Amaro, Procopil, Babaino, Caio e Sancho. (time provável)
ÍBIS: Nemias, Bel e Biu; China, Nego e Índio; Carioca, Airton, Ronaldo, Ivaldir e Carlitos. (time provável)
 
16/09/53            
 
SPORT RECIFE 1×0 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 204.875,00
Gol: Wilson.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
NÁUTICO: Manuelzinho, Kleber e Lula; Gilberto, Elói e Jaminho; Wilton, Ivanildo, Ivson, Hélio Mota e Zeca.
 
20/09/53            
 
GREAT WESTERN x SANTA CRUZ
Obs.: Great Western ganhou por W.O.
                        
Segundo Turno
 
04/10/53            
 
AMÉRICA 2×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 8.159,00
Gols: Fernando (pênalti) e Testinha.
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Mila; Testinha, Célio, Macaquinho, Santos e Fernando.
GREAT WESTERN: Renato, Bibiu e Zeca II; Caio, Simão e Zeca I; Procopil, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
07/10/53            
 
NÁUTICO 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 31.335,00
Gols: Ivson, Rubinho, Chicão e Djalma.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Wilton, Djalma, Ivson, Rubinho e Zeca.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Chicão e Arlindo; Asdrúlio, Caroá e Euclides; Amaro, Guaberinha, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
 
11/10/53            
 
SANTA CRUZ 3×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 119.263,00
Gols: Paraíba, Hamilton e Velau.
SANTA CRUZ: Milton, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Natanael, Hamilton, Paraíba, Amauri e Velau.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Mila; Vivaldo, Wilton, Macaquinho, Moacir e Fernando.
 
14/10/53            
 
SPORT RECIFE 7×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 23.090,00
Gols: Ênio (2), Tonho (3), Zingone e Wilson.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
GREAT WESTERN: Renato, Bibiu e Zeca; Caio, Simão e Zeca II; Procopil, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Amaro Pipa.
 
18/10/53            
 
SANTA CRUZ 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 58.136,00
Gols: Velau, Amauri, Paraíba e Hamilton.
SANTA CRUZ: Milton, Godofredo e Palito; Diogo, Nélio e Ananias; Natanael, Hamilton, Paraíba, Amauri e Velau.
AUTO ESPORTE: Durval, Chicão e Arlindo; Asdrúlio, Caroá e Euclides; Jonjoca, Guaberinha, Tidão, Geraldo e João do Vale.
 
21/10/53            
 
AUTO ESPORTE 5×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 8.071,00
Gols: Buchudo (2), Jonjoca (2) e Geraldo.
Expulsão: Buchudo e Simão.
AUTO ESPORTE: Matuto, Guaberinha e Chicão; Asdrúlio, Caroá e Pedro; Jonjoca, Lulu, Buchudo, Geraldo e Amaro.
GREAT WESTERN: Moacir, Bibiu e Zeca II; Caio, Simão e Zeca I; Procopil, Geraldo, Baiaco, Pitôco e Sancho.
 
25/10/53            
 
AMÉRICA 3×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 96.640,00
Gols: Vivaldo, Fernando e Testinha
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Mila; Testinha, Vivaldo, Macaquinho, Moacir e Fernando.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
 
30/10/53            
 
SPORT RECIFE 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Batista da Conceição
Renda: Cr$ 43.892,00
Gols: Tonho (2), Celly (2), Ilo, Geraldo.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
AUTO ESPORTE: Durval, Pedro Lima e Chicão; Asdrúlio, Caroá e Euclides; Jonjoca, Guabera, Lulu, Geraldo e João de Deus.
 
01/11/53            
 
NÁUTICO 4×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 256.773,00
Gols: Ivson (2, um de pênalti), Paraíba (2), Rubinho e Djalma. 
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Hélio Mota, Djalma, Ivson, Rubinho e Zeca.
SANTA CRUZ: Milton, Silva e Palito; Diogo, Bria e Ananias; João de Castro, Hamilton, Paraíba, Hélio e Natanael.
 
04/11/53            
 
SANTA CRUZ 7×1 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Leon Markman
Renda: Cr$ 14.708,00
Gols: Hélio (2), Natanael, Paraíba (2), Jorge de Castro, Caio (contra) e Amaro Pipa (pênalti).
SANTA CRUZ: Neves, Silva e Lucas; Diogo, Bria e Nélio; João de Castro, Hélio, Paraíba, Amauri e Natanael. Técnico: Ricardo Diez.
GREAT WESTERN: Renato, Nenem e Zeca II; Caio, Simão e Jorge; Amaro Pipa, Procopil, Baiaco, Ita e Gilberto.
 
08/11/53            
 
SPORT RECIFE 3×1 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 170.561,00
Gols: Ênio (2), Wilson e Ivson.
Expulsão: Hélio Mota e Jaminho.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Zingone.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Hélio Mota, Djalma, Ivson, Rubinho e Wilton.
 
11/11/53            
 
AMÉRICA 4×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 11.170,00
Gols: Fernando (2), Pedrinho e Moacir.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Mila; Testinha, Vivaldo, Macaquinho, Moacir e Fernando. Técnico: Dante Bianchi
AUTO ESPORTE: Espanhol, Guaberinha e Chicão; Joquinha, Caroá e Euclides; Amaro, Lulu, Ilo, Geraldo e João do Vale.
 
15/11/53            
 
SANTA CRUZ 2×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 22.930,00
Gols: Hamilton (2)
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraíba, Amauri e Hélio.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ilo, Celly e Zingone.
 
18/11/53            
 
NÁUTICO 4×1 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 9.666,00
Gols: Djalma (2), Ivson, Ivanildo e Zeca.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Kleber; Rubinho, Alcidésio, Djalma, Ivson e Wilton.
GREAT WESTERN: Renato, Nenem e Zeca II; Caio, Jorge e Arnaldo; Amaro Pipa, Procopil, Baiaco, Zeca e Gilberto.
 
22/11/53            
 
NÁUTICO 3×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 65.372,00
Gols: Ivanildo, Rubinho, Moacir e Ivson.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Wilton, Rubinho, Ivson, Marcos e Zeca.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Mila; Testinha, Vivaldo, Macaquinho, Moacir e Fernando.
 
25/11/53            
 
SPORT RECIFE 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 19.060,00
Gols: Tonho (3), Celly, Zingone e Pedro Matos (contra).
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Ávila e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ilo, Celly e Zingone.
AUTO ESPORTE: Matuto, Guaberinha e Chicão; Marinheiro, Caroá e Euclides; Jonjoca, Lulu, Amaro, Geraldo e João do Vale.
 
29/11/53            
 
NÁUTICO 1×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 45.246,00
Gol: Ivson.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Djalma, Rubinho, Ivson, Marcos e Wilton.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Ribamar e Astrogildo; Testinha, Wilson, Macaquinho, Vivaldo e Fernando.
 
02/12/53            
 
SANTA CRUZ 1×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 160.113,00
Gol: Hamilton.
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Lucas; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraíba, Amauri e Hélio.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Dimas, Celly e Zingone.
 
06/12/53            
 
SANTA CRUZ 1×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 66.354,00
Gol: Paraíba.
SANTA CRUZ: Neves, Nélio e Lucas; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraíba, Hélio e Amauri.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Geraldo, Ribamar e Astrogildo; Zezinho, Moacir, Macaquinho, Vivaldo e Gilberto.
 
08/12/53            
 
NÁUTICO 3×2 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 104.391,00
Gols: Ivson (2), Rubinho, Ilo, Dimas.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Djalma, Rubinho, Ivson, Marcos e Zeca.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Dimas e Ilo.
 
13/12/53            
 
SANTA CRUZ 1×0 NÁUTICO
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 184.902,00
Gol: Hamilton.
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraíba, Hélio e Amauri.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Kleber; Djalma, Rubinho, Ivson, Marcos e Zeca.
 
14/02/54            
 
SPORT RECIFE 4×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 27.239,00
Gols: Carlinhos, Wilson (pênalti), Tonho, Celly, Vivaldo e Moacir.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Pedro Matos; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Dimas, Celly e Ilo.
AMÉRICA: Borracha, Claudinho e Dadá; Geraldo, Ribamar e Astrogildo; Zezinho, Moacir, Vivaldo, Fernando e Gilberto.
 
17/02/54            
 
AUTO ESPORTE 1×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Hans Lutzkart
Renda: Cr$ 2.090,00
Gol: Guaberinha.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Chicão e Arlindo; Joquinha, Caroá e Asdrúlio; Guaberinha, Lulu, Tião, Geraldo e João do Vale.
GREAT WESTERN: Renato, Nenem e Zeca II; Simão, Arnaldo e Bibiu; Amaro Pipa, Baiaco, Ita, Pitôco e Sancho.
 
21/02/54            
 
SPORT RECIFE 5×2 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Horst Harden
Renda: Cr$ 8.525,00
Gols: Dimas, Amaro Pipa, Celly, Batuel, Carlinhos (2), Gilberto.
Expulsão: Nenem.
SPORT RECIFE: Cazuza, Bria e Pedro Matos; Zé Maria II, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Batuel, Dimas, Celly e Ilo.
GREAT WESTERN: Renato, Nenem e Zeca II; Simão, Arnaldo e Bibiu; Gilberto, Amaro Pipa, Baiaco, Caio e Sancho.
 
18/03/54            
 
SANTA CRUZ 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 76.610,00
Gols: Amauri, João do Vale e Hélio.
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hélio, Paraíba, Amauri e Natanael.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Caroá e Arlindo; Totinha, Joquinha e Euclides; Guaberinha, Tião, Buchudo, Geraldo e João do Vale.
 
NÁUTICO e AMÉRICA não jogaram contra o GREAT WESTERN e AUTO ESPORTE e foram considerados perdedores por W.O.
SANTA CRUZ também não jogou contra o GREAT WESTERN e foi considerado
perdedor por W.O.    
                   
FINAL
 
18/04/54            
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago.
Renda: Cr$ 189.320,00
Gol: Carlinhos.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Ilo.
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Jorge de Castro, Hamilton, Paraíba, Hélio e Amauri.
 
25/04/54            
 
SPORT RECIFE 3×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago.
Renda: Cr$ 178.838,00
Gols: Wilson (2), Tonho e Amauri.
SPORT RECIFE: Carijó, Bria e Djalma; Zé Maria, Wilson e Pinheirense; Carlinhos, Tonho, Ênio, Celly e Ilo.
SANTA CRUZ: Neves, Godofredo e Palito; Diogo, Bria e Ananias; Velau, Natanael, Paraíba, Amauri e Mituca.
 
Sport campeão pernambucano de 1953.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Pequeno Jornal, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″, Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro.
 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Associação Atlética Great Western do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
30/07/52            
 
ÍBIS 2×1 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 1.160,00
Gols: não encontrado
ÍBIS: Rubão, Pessoa e Nego; China, Capuco e Ronaldo; Walter, Schiller, Elói, Ivaldir e Carlito. Técnico: Zé Miguel (equipe provável).
GREAT WESTERN: Renato I, Euprepio e Luiz; Reginaldo, Pereira e Arnaldo; Caio, Procopil, Géo, Edmilton e Dapixe. Técnico: Badu (equipe provável).
 
02/08/52            
 
SPORT RECIFE 0×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 24.080,00
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Diogo; Zé Maria, Miguel e Bria; Jorge de Castro, Lulu, Franklin, Ananias e Lira. Técnico: Ricardo Diez.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Arlindo; Totinha, Lucas e Euclides; Silô, Jorginho, Amaro, Geraldo e Pedro. Técnico: Guaberinha.
 
06/08/52            
 
SANTA CRUZ 4×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 6. 660,00
Gols: Paraíba (2), Mituca e Diogo.
SANTA CRUZ: Milton, Ananias e Palito; Cláudio I, Wilson e Cláudio II; Natanael, Amauri, Paraíba, Diogo e Mituca. Técnico: Felix Magno
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Renato II; Caio, Panqueca e Tota; Géo, Tóia, Veneno, Pitôco e Dapixe.
 
09/08/52            
 
AUTO ESPORTE 4×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 4.310,00
Gols: Geraldo (2), Lucas e João do Vale.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Arlindo; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Amaro, Geraldo e João do Vale.
ÍBIS: Rubão, Índio e Nego; Ronaldo, China e Pedrinho; Carioca, Schiller, Elói, Ivaldir e Correia.
 
10/08/52            
 
NÁUTICO 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 53.810,00
Gols: Marcos (2).
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Ivanildo, Alheiros e Jaminho; Wilton, Fernandinho, Djalma, Marcos e Zeca.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Geraldo, Tomires e Astrogildo; Zezinho, Hamilton, Macaquinho, Santos e Belchior.
 
13/08/52            
 
SPORT RECIFE 5×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ 10.272,00
Gols: Herculano (3), Tonho e Jorge de Castro.
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Diogo; Zé Maria, Miguel e Bria; Jorge de Castro, Lulu, Franklin, Ananias e Lyra.
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Renato II; Caio, Panqueca e Tota; Géo, Toia, Veneno, Pitôco e Dapixe.
 
15/08/52            
 
SANTA CRUZ 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Batista da Conceição
Renda: Cr$ 29.380,00
Gol: Mituca. 
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio e Palito; Diogo, Wilson e Ananias; Natanael, Mituca, Paraiba, Amauri e Délio.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Arlindo; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Amaro, Geraldo e João do Vale.
 
17/08/52            
 
AMÉRICA 6×0 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro.
Juiz: Batista da Conceição.
Renda: Cr$ 6.170,00
Gols: Hamilton (3), Macaquinho (2) e Fernando.
AMÉRICA: Zé Paulo, Pádua e Dadá; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Zezinho, Hamilton, Macaquinho, Santos e Fernando.
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Renato II; Caio, Alexandre e Tota; João, Procopil, Géo, Toia e Dapixe.
 
20/08/52            
 
NÁUTICO 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 13.020,00
Gols: Marcos e Helio Mota
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Ivanildo, Gilberto e Alheiros; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Marcos e Zeca.
ÍBIS: Expedito, Indio e Biu; China, Nego e Pedrinho; Carioca, Schiller, Eloi, Ivaldir e Antoninho.
 
31/08/52            
 
SANTA CRUZ 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molina
Renda: Cr$ 154.224,00
Gols: Natanael, Noca e Paulo Izidro.
Expulsão: Dedeco e Wilson.
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio I e Palito; Cláudio II, Wilson e Ananias; Noca, Mituca, Paraiba, Amauri e Natanael. Técnico: Felix Magno.
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Herculano, Zildo, Dedeco e Paulo Izidro. Técnico: Ricardo Diez.
 
06/09/52            
 
AMÉRICA 2×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 53.180,00
Gols: Hamilton (pênalti), Izaias e Herculano.
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Herculano, Zildo, Dedeco e Paulo Izidro. Técnico: Ricardo Diez.
 
07/09/52            
 
NÁUTICO 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 125.540,00
Gols: Marcos, Ivanildo e Mituca.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Elói, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Zeca.
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio I e Palito; Cláudio II, Wilson e Ananias; Noca, Mituca, Paraíba, Amauri e Natanael.
 
10/09/52            
 
AUTO ESPORTE 3×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 1.770,00
Gols: Geraldo (2) e Jorginho.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Cacará e Silva; Totinha, Lucas e Procopio; Guaberinha, Jorginho, Amaro, Geraldo e João do Vale.
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Renato II; Alexandre, Panqueca e Tota; Géo, Veneno, Procopil, Pitôco e Escobar.
 
13/09/52            
 
AMÉRICA 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 45.030,00
Gols: Paraíba, Hamilton, Neca e Izaias.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Dario, Hamilton, Macaquinho, Neca e Izaias.
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio I e Palito; Cláudio II, Wilson e Ananias; Noca, Mituca, Paraiba, Amauri e Natanael.
 
14/09/52            
 
SPORT RECIFE 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 17.880,00
Gols: Zildo e Dedeco.
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Bria; Amauri, Trajano e Miguel; Jorge de Castro, Tonho, Zildo, Dedeco e Ananias.
ÍBIS: Rubão, Indio e Biu; China, Nego e Pedrinho; Carioca, Pernambuco, Eloi, Ivaldir e Antoninho.
 
17/09/52            
 
NÁUTICO 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 34.710,00
Gol: Marcos
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Elói, Irani e Gilberto; Hélio Mota, Ivanildo, Djalma, Marcos e Wilton.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Carcará; Silva, Lucas e Euclides; Jorginho, Amaro, Geraldo e Guaberinha.
 
20/09/52            
 
SANTA CRUZ 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 10.140,00
Gols: Hugo, Paraiba e Eloi.
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio I e Duca; Wilson, Diogo e Ananias; Noca, Mituca, Paraiba, Amauri e Hugo.
ÍBIS: Expedito, Indio e Biu; Ronaldo, Nego e Pedrinho; Carioca, Pernambuco, Eloi, Schiller e Ivaldir.
 
21/09/52            
 
NÁUTICO 1×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 141.690,00
Gols: Ivanildo e Tonho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Elói, Irani e Gilberto; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Tonho, Dimas, Dedeco e Ananias.
 
24/09/52 
           
AMÉRICA 3×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 6.210,00
Gols: Macaquinho, Hamilton (2, um de pênalti), Biu (pênalti).
Expulsão: Pernambuco e Dario.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
ÍBIS: Expedito, Índio e Biu; Rivaldo, Nego e Pedrinho; Carioca, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Antonino. Técnico: Pedrinho.
 
27/09/52            
 
NÁUTICO 6×1 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 7.360,00
Gols: Ivson (2), Hélio Mota, Fernandinho, Ivanildo (2) e Dapixe.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula, Elói, Alheiros e Gilberto; Fernandinho, Ivanildo, Ivson, Hélio Mota e Wilton.
GREAT WESTERN: Silvio, Luiz e Nenem; Reginaldo, Alexandre e Pereira; Zezinho, Caio, Procopil, Escobar e Dapixe.
 
28/09/52            
 
AUTO ESPORTE 1×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 23.860,00
Gols: João do Vale e Hamilton.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Cacará e Arlindo; Silva, Lucas e Euclides; Jorginho, Tidão, Amaro, Geraldo e João do Vale. Técnico: Guaberinha
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Jorge; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
01/10/52            
 
SANTA CRUZ 6×1 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 7.310,00
Gols: Noca (2), Hugo, Dodô, Mituca, Luiz (contra) e Procopil.
SANTA CRUZ: Milton, Cláudio I e Duca; Wilson, Diogo e Ananias; Noca, Mituca, Dodô, Amauri e Hugo.
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Nenem; Reginaldo, Alexandre e Caio; Zezinho, Escobar, Procopil, Veneno e Dapixe.
 
04/10/52            
 
SPORT RECIFE 1×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 19.730,00
Gol: Paulo Izidro.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Tonho, Dimas, Ananias e Paulo Izidro. Técnico: Ricardo Diez
ÍBIS: Expedito, Índio e Biu; China, Nego e Pedrinho; Ronaldo, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Antonino.
 
05/10/52            
 
NÁUTICO 4×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 44.350,00
Gols: Ivson (3), Wilton, Jorginho, João do Vale.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Ivson, Hélio Mota e Wilton.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Carcará e Arlindo; Silva, Lucas e Euclides; Geraldo, Jorginho, Tidão, Amaro e João do Vale.
 
09/10/52            
 
SANTA CRUZ 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 16.920,00
Gols: Wilson e Noca.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Duca; Wilson, Cláudio II e Ananias; Noca, Hélio, Paraíba, Amauri e Hugo.
ÍBIS: Expedito, Índio e Biu; Pedrinho, Nego e China; Ronaldo, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Carioca.
 
11/10/52            
 
AMÉRICA 6×1 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 3.020,00
Gols: Neca (2), Hamilton (3), Veneno e Macaquinho.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Jorge; Pedrinho, Tomires e Pádua; Zezinho, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
GREAT WESTERN: Silvio, Luiz e Nenem; Reginaldo, Alexandre e Pereira; Escobar, Caio, Adamastor, Veneno e Dapixe.
 
12/10/52            
 
AUTO ESPORTE 1×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 44.000,00
Gols: Herculano (pênalti) e Guaberinha.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Mourão; Herculano, Carlinhos, Dimas, Zildo e Jorge de Castro.
 
15/10/52            
 
NÁUTICO 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 20.160,00
Gols: Fernandinho (2) e Ivanildo.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Hélio Mota e Wilton.
ÍBIS: Expedito, Ronaldo e Biu; China, Nego e Índio; Valdomiro, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Antoninho.
 
18/10/52            
 
SPORT RECIFE 4×0 GREAT WESTERN
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 9.310,00
Gols: Herculano (2) e Dimas (2).
SPORT RECIFE: Peter, Chicão e Diogo; Zé Maria, Trajano e Mourão; Herculano, Carlinhos, Dimas, Zildo e Jorge de Castro.
GREAT WESTERN: Silvio, Luiz e Nenem; Caio, Reginaldo e Dapixe; João, Procopil, Adamastor, Escobar e Veneno.
 
19/10/52            
 
AMÉRICA 3×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição.
Renda: Cr$ 75.510,00
Gols: Neca (2) e Macaquinho.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Ananias e Noca; Mituca, Paraíba, Amauri e Hugo. Técnico: Felix Magno.
 
22/10/52            
 
AUTO ESPORTE 3×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 2.120,00
Gols: Guaberinha, Nenem (contra) e Tidão.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale.
GREAT WESTERN: Renato I, Luiz e Nenem; Caio, Reginaldo e Renato II; João, Escobar, Procopil, Pitôco e Dapixe.
 
25/10/52            
 
ÍBIS 1×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 7.911,00
Gols: Ivaldir (pênalti) e Macaquinho.
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Carioca, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Ronaldo.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Santos, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
26/10/52            
 
SPORT RECIFE 1×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 130.620,00
Gols: Fernandinho, Irani e Herculano.
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Bria; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Herculano, Carlinhos, Dimas, Dedeco e Jorge de Castro.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Ivson, Hélio Mota e Zeca.
 
29/10/52            
 
ÍBIS 4×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 770,00
Gols: Carioca, Reginaldo (contra) e Elói (2).
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Carioca, Pernambuco, Elói, Ivaldir e Ronaldo.
GREAT WESTERN: Silvio, Reginaldo e Eupreprio; Caio, Arnaldo e Nenem; Escobar, Procopil, Luiz, Pitôco e Dapixe.
 
30/10/52
 
SANTA CRUZ 3×2 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 27.050,00
Gols: Tidão, Hélio (2), Lucas (pênalti), Natanael.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Cláudio II e Ananias; Natanael, Hélio, Dodô, Amauri e Hugo.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale.
 
01/11/52            
 
AMÉRICA 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 31.060,00
Gols: Miguel, Santos e Neca.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Santos, Macaquinho, Neca e Dario.
SPORT RECIFE: Peter, Mourão e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Carlinhos, Zildo, Dedeco e Ananias.
 
05/11/52            
 
NÁUTICO 2×0 GREAT WESTERN
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 6.450,00
Gols: Hélio Mota e Ivanildo.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Ivson, Hélio Mota e Zeca.
GREAT WESTERN: Renato, Nenem e Renato II; Reginaldo, Arnaldo e Euprépio; Procópio, Caio, Adamastor, Pereira e Escobar.
 
08/11/52            
 
AUTO ESPORTE 0×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 2.130,00
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale. Técnico: Julinho (equipe provável)
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Dija. Técnico: Pedrinho (equipe provável)
 
09/11/52            
 
NÁUTICO 0×0 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 118.170,00
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Hélio Mota, Ivson e Milton. Técnico: Palmeira.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Cláudio II e Ananias; Noca, Hélio, Dodô, Amauri e Hugo. Técnico: Milton
 
15/11/52            
 
AMÉRICA 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 22.410,00
Gols: Silô, Neca (2) e Hamilton.
Expulsão: Geraldo e Jorginho.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Silva e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Silô, Jorginho, Tidão, Amaro e João do Vale.
 
16/11/52            
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 54.020,00
Gol: Zildo.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Zildo, Dimas, Dedeco e Ananias.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Cláudio II e Ananias; Paraíba, Hélio, Dodô, Amauri e Hugo.
 
23/11/52            
 
NÁUTICO 0×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 90.230,00
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Zeca.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Pádua; Pedrinho, Tomires e Astrogildo; Isaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario.
 
Segundo Turno
 
30/11/52            
 
ÍBIS 2×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 27.780,00
Gols: Elói (2)
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Dija. Técnico: Pedrinho
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Chicão; Amaury, Trajano e Miguel; Jorge de Castro, Zildo, Dimas, Dedeco e Paulo Izidro. Técnico: Barbosa
 
03/12/52            
 
NÁUTICO 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 30.120,00
Gols: Djalma (2), Ivanildo, Fernandinho, Zeca e Tidão.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Marcos e Zeca.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Procópio; Totinha, Caruá e Euclides; Jorginho, Tidão, Amaro, Geraldo e Pedro.
 
07/12/52            
 
AMÉRICA 2×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 54.920,00
Gols: Santos, Dario e Hélio.
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Geraldo e Astrogildo; Izaias, Neca, Dario, Santos e Belchior.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Cláudio II e Ananias; Noca, Hélio, Dodô, Amauri e Hugo.
 
08/12/52            
 
NÁUTICO 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 30.240,00
Gols: Marcos e Fernandinho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Marcos e Wilton. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Dija. Técnico: Pedrinho
 
14/12/52            
 
AUTO ESPORTE 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 32.150,00
Gols: Amaro, Herculano e Pedro.
AUTO ESPORTE: Durval, Arlindo e Procópio; Totinha, Caroá e Cacará; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e Pedro.
SPORT RECIFE: Agripino, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Jorge de Castro, Herculano, Dimas, Dedeco e Paulo Izidro.
 
17/12/52            
 
AMÉRICA 2×2 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: José Barbosa de Albuquerque – Barbosão
Renda: Cr$ 8.840,00
Gols: Izaias, Carioca, Dija e Dario.
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Geraldo e Jorge; Izaias, Santos, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Schiller e Dija.
 
21/12/52            
 
SANTA CRUZ 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 85.760,00
Gols: Ivson (2), Hélio e Natanael.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Cláudio II, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
 
28/12/52            
 
AMÉRICA 2×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Geraldo Fernandes
Renda: Cr$ 182.703,00
Gols: Macaquinho, Bria (contra) e Jorge de Castro.
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Tomires e Jorge; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
SPORT RECIFE: Ribamar, Bria e Chicão; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Carlinhos, Herculano, Tonho, Dimas e Jorge de Castro. Técnico: Álvaro Barbosa.
 
04/01/53            
 
SANTA CRUZ 5×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Leon Markman
Renda: Cr$ 28.390,00
Gols: Natanael (4), Amauri (pênalti), Pedro.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo. Técnico: Milton
AUTO ESPORTE: Durval, Arlindo e Procópio; Totinha, Caroá e Cacará; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e Pedro. Técnico: Julinho.
 
08/01/53            
 
ÍBIS 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: José Barbosa de Albuquerque – Barbosão
Renda: Cr$ 2.390,00
Gol: Ivaldir (pênalti).
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Schiller e Dija.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Carcará e Procópio; Totinha, Caroá e Pedro; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale.
 
11/01/53            
 
NÁUTICO 2×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 70.430,00
Gols: Neca, Ivson, Ivanildo e Macaquinho.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Tomires e Jorge; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
14/01/53            
 
SANTA CRUZ 3×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 22.090,00
Gols: Carioca, Hélio e Natanael (2).
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo.
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Dija.
 
18/01/53            
 
NÁUTICO 2×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 133.760,00
Gols: Ivson e Hélio Mota.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Pinheirense; Carlinhos, Lulu, Franklin, Dimas e Jorge de Castro.
 
21/01/53            
 
AMÉRICA 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago.
Renda: Cr$ 8.550,00
Gols: Hamilton (pênalti) e Amaro.
AMÉRICA: Zé Paulo, Dadá e Pádua; Pedrinho, Geraldo e Jorge; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Procópio; Totinha, Lucas e Cacará; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Amaro e João do Vale. Técnico: Julinho.
 
25/01/53            
 
SANTA CRUZ 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 52.100,00
Gols: Amauri (pênalti), Hélio e Jorge de Castro.
Expulsão: Ananias.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo. Técnico: Milton.
SPORT RECIFE: Peter, Bria e Diogo; Zé Maria, Miguel e Chicão; Carlinhos, Lulu, Franklin, Tonho e Jorge de Castro. Técnico: Álvaro Barbosa.
 
28/01/53            
 
NÁUTICO 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 22.030,00
Gols: Ivanildo e Marcos
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Carlito.
 
01/02/53            
 
SANTA CRUZ 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 36.610,00
Gols: Wilson (pênalti), Mituca e Tidão.
Expulsão: Arlindo e Dodô.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Lamparina; Dodô, Hélio, Natanael, Mituca e Paraíba. Técnico: Milton.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Amaro e João do Vale. Técnico: Julinho.
 
04/02/53            
 
SPORT RECIFE 5×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 15.070,00
Gols: Dimas (3), Carlinhos e Miguel.
SPORT RECIFE: Peter, Diogo e Miguel; Dedeco, Trajano e Bria; Carlinhos, Dimas, Franklin, Tonho e Zingoni.
ÍBIS: Expedito, Querrenca e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Schiller e Carlito.
 
08/02/53            
 
NÁUTICO 0×0 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 172.420,00
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Mituca e Hugo.
 
11/02/53            
 
AMÉRICA x ÍBIS  
Obs.: O AMÉRICA ganhou por W.O.
 
22/02/53            
 
AUTO ESPORTE 0×0 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 36.810,00
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Amaro, Jorginho, Tidão, Hélio Mota e João do Vale.
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Djalma, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
 
25/02/53            
 
SANTA CRUZ 4×3 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 28.210,00
Gols: Carioca (2), Carlito, Amauri, Natanael, Wilson (2).
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo. Técnico: Milton
ÍBIS: Expedito, Dionisio e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Carlito. Técnico: Pedrinho.
 
01/03/53            
 
SPORT RECIFE 2×2 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 75.510,00
Gols: Tonho (2), Hamilton e Macaquinho.
SPORT RECIFE: Peter, Diogo e Miguel; Dedeco, Trajano e Pinheirense; Carlinhos, Dimas, Franklin, Tonho e Zingoni. Técnico: Álvaro Barbosa
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Jorge; Santos, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
04/03/53            
 
AUTO ESPORTE 3×3 ÍBIS
Local: Aflitos
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 2.181,00
Gols: Carlito (3), Jorginho (3).
AUTO ESPORTE: Espanhol, Arlindo e Procópio; Totinha, Lucas e Cacará; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale. Técnico: Julinho.
ÍBIS: Jarbas, Dionisio e Biu; China, Nego e Índio; Ronaldo, Carioca, Elói, Ivaldir e Carlito. Técnico: Geraldo Melo.
 
08/03/53            
 
AMÉRICA 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 124.303,00
Gols: Hamilton (pênalti)
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Jorge; Santos, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
SANTA CRUZ: Neves, Cláudio I e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Dodô, Hélio, Natanael, Amauri e Hugo. Técnico: Milton Barreto
 
14/03/53            
 
SPORT RECIFE 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 10.372,00
Gols: Geraldo e Franklin.
SPORT RECIFE: Peter, Diogo e Miguel; Dedeco, Trajano e Pinheirense; Carlinhos, Lulu, Franklin, Tonho e Jorge de Castro.
AUTO ESPORTE: Espanhol, Cacará e Arlindo; Silva, Totinha e Euclides; Guaberinha, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale.
 
15/03/53            
 
NÁUTICO 2×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Carlos de Oliveira Monteiro – Tijolo
Renda: Cr$ 107.616,00
Gols: Helio Mota e Caiçara
NÁUTICO: Manuelzinho, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Jorge; Santos, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario.
 
22/03/53            
 
SANTA CRUZ 1×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 51.263,00
Gol: Natanael.
SANTA CRUZ: Neves, Duca e Palito; Wilson, Diogo e Ananias; Natanael, Mituca, Paraíba, Amauri e Dodô.
SPORT RECIFE: Peter, Diogo e Miguel; Zé Maria, Trajano e Bria; Carlinhos, Dedeco, Dimas, Tonho e Falcão.
 
25/03/53            
 
AUTO ESPORTE 0×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Juiz: Luiz Zago
Renda: Cr$ 9.324,00
AUTO ESPORTE: Espanhol, Cacará e Procópio; Totinha, Lucas e Euclides; Amaro, Jorginho, Tidão, Geraldo e João do Vale. Técnico: Julinho
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Pedrinho, Tomires e Jorge; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Neca e Dario. Técnico: Dante Bianchi
Obs.: Izaias contundiu-se seriamente aos 4’ do 1° tempo.
 
29/03/53            
 
SPORT RECIFE 0×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Juiz: Carlos de Oliveira Monteiro – Tijolo
Renda: Cr$ 123.263,00
Gols: Ivson e Marcos.
SPORT RECIFE: Peter, Diogo e Miguel; Dedeco, Trajano e Bria; Carlinhos, Dimas, Dadá, Tonho e Falcão.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Gilberto, Irani e Jaminho; Hélio Mota, Ivanildo, Ivson, Marcos e Wilton.

 FINAL

Não houve final devido o Náutico ter vencido os dois Turnos.
 
Náutico campeão pernambucano de 1952.

Fontes: Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″, Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Diário Pernambucano, Jornal Pequeno.

 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Auto Esporte Clube do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
05/08/51            
 
AUTO ESPORTE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ 20.880,00
Gol: João Magro 11’ do 2°.
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Carneiro, Amaro, Pedro e João Magro.
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Duca; Diogo, Mariano e Pedrinho; Eloi, Amauri, Paraiba, Santos e Charuto.
 
12/08/51            
 
SPORT RECIFE 3×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Aristocílio Rocha
Renda: Cr$ 36.050,00
Gols: Belchior 17’ e Dadá 35’ do 1°; Enio 20’ e Ivanildo 38’ do 2°.
Expulsão: Gilberto aos 42’ do 1°, por insultos ao juiz.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; João do Vale, Dadá, Enio, Dengoso e Belchior.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Alheiros; Carmelo, Ivanildo, Djalma, Alcidésio e Zeca.
 
15/08/51            
 
AMÉRICA 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 33.390,00
Gols: Izaias 1’, Macaquinho 9’, Valeriano 17’ do 1°; Eloi 39’ do 2°.
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Luiz; Valeriano, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Varejão e Dario.
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Duca; Diogo, Mariano e Pedrinho; Eloi, Natanael, Paraiba, Amauri e Charuto.
 
19/08/51
 
SPORT RECIFE 0×0 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ 25.630,00
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; João do Vale, Tonho, Enio, Dengoso e Belchior.
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Lulú, João Magro, Tião, Amaro e Geraldo.
 
23/08/51            
 
NÁUTICO 3×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 26.390,00
Gols: Fernandinho, Alcidésio, Ivanildo e Hamilton.
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Caiçara; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Alcidésio e Zeca.
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Luiz; Tomiris, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario.
 
26/08/51            
 
SANTA CRUZ 3×0 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 37.601,00
Gols: Diogo, Amauri e Eloi.
SANTA CRUZ: Brasil, Pessoa e Duca; Diogo, Mariano e Pedrinho; Eloi, Natanael, Paraiba, Amauri e Charuto.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Dengoso e Pinheirense; Carlinhos, Dadá, Enio, João do Vale e Belchior.
 
30/08/51            
 
AUTO ESPORTE 2×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 17.280,00
Gols: Lulú, Pedro, Dario (2).
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; João Magro, Lulú, Tião, Amaro e Pedro.
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Geraldo; Tomiris, Sevi e Astrogildo; Haroldo, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario.
 
02/09/51            
 
NÁUTICO 3×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 66.440,00
Gols: Ivanildo, Paraiba, Fernandinho (2)
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Lula; Caiçara, Gilberto e Dico; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Alcidésio e Zeca.
SANTA CRUZ: Brasil, João de Maria e Duca; Diogo, Mariano e Pedrinho; Natanael, Eloi, Paraiba, Amauri e Charuto.
 
07/09/51            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ não informada
Gols: Tonho e Belchior.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; Tonho, Dadá, Enio, João do Vale e Belchior.
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Geraldo; Tomiris, Sevi e Astrogildo; Haroldo, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario.
 
09/09/51            
 
AUTO ESPORTE 6×3 NÁUTICO
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 35.575,00
Gols: Dico 5’, Amaro 12’, Zeca 32’ e Lulú 40’ do 1°; Pedro 9’, Zeca 10’, Geraldo 12’, Guaberinha (pênalti) 27’ e Lulú 31’ do 2°.
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Tião, Amaro e Pedro.
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Lula; Caiçara, Gilberto e Dico; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Alcidésio e Zeca.
 
14/09/51            
 
AUTO ESPORTE 2×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ 45.040,00
Gols: Paraiba, Lulú (2) e Amauri.
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Jonas; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Tião, Amaro e Pedro. Técnico: Guabera
SANTA CRUZ: Brasil, Pessoa e Palito; Diogo, Mariano e Duca; Natanael, Eloi, Paraiba, Amauri e Charuto. Técnico: Tará
 
16/09/51            
 
NÁUTICO 1×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ 51.652,00
Gols: Arlindo 23’ do 1°; Bororó 10’ do 2°.
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Caiçara; Gilberto, Alheiros e Dico; Fernandinho, Alcidésio, Bororó, Hélio Mota e Zeca. Técnico: Palmeira
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; João de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
 
23/09/51            
 
AMÉRICA 2×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ 35.795,00
Gols: Macaquinho, Izaias, Amauri (2 de pênalti).
Expulsão: Pádua, Astrogildo, Decadela e Valeriano
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Sevi, Pádua e Astrogildo; Izaias, Macaquinho, Varejão, Valeriano e Dario.
SANTA CRUZ: Brasil, Palito e Diogo; Mariano, Duca e Eloi; Santos, Paraiba, Amauri e Charuto.
 
27/09/51            
 
SPORT RECIFE 3×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Waldomiro Breda
Renda: Cr$ 42.545,00
Gols: Guaberinha (pênalti), Lucas (contra), João de Castro, Enio e Guaberinha (pênalti).
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; João de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Tião, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
30/09/51            
 
AMÉRICA 2×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ 24.945,00
Gols: Valeriano 2’ e Dario 45’ do 1°; Fernandinho 35’ do 2°.
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Sevi, Pádua e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Bianchi
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Caiçara; Gilberto, Alheiros e Dico; Fernandinho, Ivanildo, Bororó, Hélio Mota e Zeca. Técnico: Palmeira
 
04/10/51            
 
SPORT RECIFE 2×0 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 66.045,00
Gols: Jorge de Castro 43’ e Arlindo 44’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Bria e Chicão; Pinheirense, Lilica e Arnaldo; João de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Palito; Diogo, Mariano e Totinha; Eloi, Santos, Paraiba, Amauri e Charuto. Técnico: Tará
 
07/10/51            
 
AUTO ESPORTE 1×0 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 21.425,00
Gols: Pedro 30’ do 2°.
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Nenem, Lulú, Tião, Amaro e Pedro. Técnico: Guabera
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Sevi, Pádua e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Bianchi
 
11/10/51            
 
SANTA CRUZ 2×1 NÁUTICO
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 24.125,00
Gols: Santos 12’ e 14’ do 1°; Caiçara (pênalti) 38’ do 2°.
SANTA CRUZ: Neves, Pessoa e Palito; Diogo, Mariano e Totinha; Eloi, Santos, Paraiba, Amauri e Charuto. Técnico: Tará
NÁUTICO: Paulinho, Sidinho e Caiçara; Ivanildo, Alheiros e Genaro; Carmelo, Schiller, Bororó, Alcidésio e Fernandinho. Técnico: Palmeira
 
14/10/51            
 
SPORT RECIFE 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ não informada
Gols: Enio 41’ do 1°; Tomiris 35’ e Chicão (pênalti) 41’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Arlindo Lira; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Sevi, Pádua e Astrogildo; Hamilton, Varejão, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Bianchi
 
18/10/51            
 
NÁUTICO 2×1 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 12.145,00
Gols: Alcidésio 28’ do 1°; Carmelo 2’ e Pedro 18’ do 2°
Expulsão: Pedro e Caiçara por troca de amabilidades.
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Caiçara; Ivanildo, Alheiros e Genaro; Carmelo, Schiller, Djalma, Alcidésio e Fernandinho. Técnico: Palmeira
AUTO ESPORTE: Pacifico, Dida e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Berto, Nenem, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 

Segundo Turno

21/10/51            
 
SPORT RECIFE 3×1 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 50.295,00
Gols: Amauri (pênalti) 12’e Enio 14 do 1°; Arlindo 3’ e 6’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Pinheirense e Arlindo Lira; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
SANTA CRUZ: Neves, Pessoa e Palito; Diogo, Totinha e Duca; Eloi, Santos, Paraiba, Amauri e Charuto. Técnico: Tará
 
25/10/51            
 
AMÉRICA 6×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 14.550,00
Gols: Valeriano 3’, Hamilton 14’, Izaias 20’ do 1°; Valeriano 14’, Macaquinho 17’ e Hamilton (pênalti) 45’ do 2º.
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Geraldo, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Bianchi
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Nenem, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
28/10/51            
 
NÁUTICO 2×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Juan Cativa Tolosa (uruguaio)
Renda: Cr$ 35.680,00
Gols: Fernandinho 4’ e 9’ do 1°; Paraiba 21’ e Santos 42’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Genaro; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SANTA CRUZ: Neves, Pessoa e Palito; Diogo, Totinha e Pedrinho; Eloi, Santos, Paraiba, Amauri e Charuto. Técnico: Tará
 
30/10/51            
 
SPORT RECIFE 1×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Juan Cativa Tolosa
Renda: Cr$ 28.415,00
Gols: Enio 29’ do 1°: Nenem 52’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Pinheirense e Arlindo Lira; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Nenem, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
04/11/51            
 
AMÉRICA 2×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Juan Cativa Tolosa (uruguaio)
Renda: Cr$ 30.805,00
Gols: Macaquinho 10’, Hamilton 17’ e Hélio Mota 24’ do 1°; Alcidésio 12’ do 2°.
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Geraldo, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Dante Bianchi
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula; Ivanildo, Gilberto e Genaro; Fernandinho, Jandir, Djalma, Alcidésio, Hélio Mota. Técnico: Palmeira
 
08/11/51            
 
SANTA CRUZ 4×3 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Juan Cativa Tolosa (uruguaio)
Renda: Cr$ 27.795,00
Gols: Charuto 30’’, Guaberinha (pênalti) 12’ e Natanael 25’ do 2°; Lulú 8’, Charuto 12’, Miguel 20’ e Guaberinha (pênalti) 44’ do 2°.
SANTA CRUZ: Neves, Pedrinho e Palito; Diogo, Artur e Totinha; Miguel, Santos, Paraiba, Natanael e Charuto. Técnico: Tará
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Geraldo, Lulú, Nenem, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
11/11/51            
 
SPORT RECIFE 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Juan Cativa Tolosa (uruguaio)
Renda: Cr$ 48.355,00
Gols: Enio 5’ e Tonho 26’ do 1°; Hamilton 7’ do 2º.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, João do Vale e Tonho. Técnico: Ricardo Diez
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Tomiris; Pádua, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
15/11/51               
 
NÁUTICO 2×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 20.085,00
Gols: Hélio Mota e Djalma.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Caiçara; Ivanildo, Gilberto e Genaro; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
AUTO ESPORTE: Pacifico, Arlindo e Jonas; Silva, Lucas e Amaro China; João Magro, Lulú, Nenem, Amaro e Geraldo. Técnico: Guaberinha
 
18/11/51            
 
SANTA CRUZ 4×2 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 56.685,00
Gols: Hamilton 16’, Miguel 35’ do 1°; Miguel 5’, Hamilton (pênalti) 9’, Natanael 18’, Tomiris (contra) 41’ do 2°.
SANTA CRUZ: Neves, Pedrinho e Palito; Diogo, Artur e Totinha; Miguel, Mauri, Santos, Natanael e Charuto. Técnico: Tará
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Tomiris; Pádua, Sevi e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
22/11/51            
 
NÁUTICO 5×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Mário Viana
Renda: Cr$ 64.525,00
Gols: Tonho 2’, Alcidésio 27’, Djalma 32’ do 1°: Zeca 3’, Hélio Mota 31’ e Fernandinho 43’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente (Lula), Sidinho e Caiçara; Ivanildo, Gilberto e Lula; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Bria, Lilica e Pinheirense; Jorge de Castro, Tonho, Enio, Arlindo e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
Obs.: no inicio do jogo o goleiro Vicente sofreu uma distensão, saindo do jogo. Isto fez que o jogador Lula fosse para o gol.
 
25/11/51            
 
SANTA CRUZ 3×1 AUTO ESPORTE
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 49.055,00
Gols: Charuto 15’’, Natanael 29’, Santos 40’ e Tião 45’ do 1°.
SANTA CRUZ: Milton, Pedrinho e Palito; Diogo, Artur e Totinha; Miguel, Mauri, Santos, Natanael e Charuto. Técnico: Tará
AUTO ESPORTE: Pacifico, Amaro China e Arlindo; Silva, Lucas e Guaberinha; Nenem, Lulú, Tião, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
29/11/51            
 
SPORT RECIFE 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Mário Viana
Renda: Cr$ 36.920,00
Gols: Enio 43’ do 1°; Arlindo 8’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Arnaldo; Orlando, Lyra e Pinheirense; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, Ananias e João do Vale. Técnico: Ricardo Diez
AMÉRICA: Zépaulo, Decadela e Luiz; Tomiris, Geraldo e Astrogildo; Izaias, Hamilton, Juarez, Valeriano e Dario. Técnico: Dante Bianchi
 
16/12/51            
 
SPORT RECIFE 2×0 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 82.700,00
Gols: Enio 38’ e Lyra 43’ do 2°.
Expulsão: Arlindo e Miguel aos 18’ e Chicão e Artur aos 20’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Orlando; Arnaldo, Pinheirense e Lyra; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, Ananias e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
SANTA CRUZ: Milton, Pessoa e Palito; Diogo, Artur e Totinha; Miguel, Mauri, Santos, Natanael e Charuto. Técnico: Tará
 
20/12/51            
 
AMÉRICA x AUTO ESPORTE
Obs.: O América ganhou por W.O.
 
24/12/51                    
 
NÁUTICO 2×0 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ 46.465,00
Gols: Djalma 12’ e 32’ do 1°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Caiçara; Ivanildo, Gilberto e Lula; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SANTA CRUZ: Milton, João de Maria e Palito; Diogo, Totinha e Duca; Miguel, Eloi, Paraiba, Santos e Charuto. Técnico: Tará
 
30/12/51            
 
SPORT RECIFE 1×0 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Ivanildo Bezerra
Renda: Cr$ 30.020,00
Gol: João do Vale
SPORT: Manuelzinho, Orlando e Arnaldo; Bria, Lira e Pinheirense; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, Ananias e Belchior. Técnico: Ricardo Diez
AUTO ESPORTE: Durval, Dida e Arlindo; Silva, Lucas e Amaro China; Nenem, Lulú, Guaberinha, Tião e Pedro. Técnico: Guaberinha
 
06/01/52            
 
NÁUTICO 3×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Luiz Zago
Renda: Cr$ 34.750,00
Gols: Fernandinho (2), Djalma e Hamilton (pênalti).
NÁUTICO: Vicente, Lula e Caiçara; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Hélio Mota, Fernandinho, Djalma, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Luiz; Tomiris, Geraldo e Astrogildo; Dario, Hamilton, Macaquinho, Valeriano e Celedino. Técnico: Dante Bianchi
 
13/01/52            
 
AMÉRICA 2×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: João Batista da Conceição
Renda: Cr$ 11.035,00
Gols: Eloi 30 do 1°; Valeriano 1 e Hamilton 14 do 2°.
AMÉRICA: Zé Paulo, Decadela e Dadá; Tomiris, Geraldo e Astrogildo; Macaquinho, Hamilton, Juarez, Valeriano e Dario. Técnico: Dante Bianchi
SANTA CRUZ: Milton, Lamparina e Palito; Diogo, Diniz e Ananias; Maury, Eloi, Paraiba, Santos e Mituca. Técnico: Tará
 
20/01/52            
 
SPORT RECIFE 2×3 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Jimenez Molinas
Renda: Cr$ 117.895,00
Gols: Hélio Mota 10, Zeca 20 do 1°; Jorge de Castro 20, Enio 25 e Djalma 45 do 2°.
SPORT: Zeca, Orlando e Arnaldo; Bria, Lira e Pinheirense; Jorge de Castro, Arlindo, Enio, Ananias e João do Vale. Técnico: Ricardo Diez
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Caiçara; Dico, Gilberto e Lula; Fernandinho, Ivanildo, Djalma, Hélio Mota e Zeca. Técnico: Palmeira
 
27/01/52            
 
NÁUTICO 3×2 AUTO ESPORTE
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 7.410,00
Gols: Jandir (2), Schiller, Tião e Guaberinha.
NÁUTICO: Paulinho, Lula e Genaro; Dico, Alheiros e Jaminho; Carmelo, Jandir, Paulistinha, Schiller e Aredo. Técnico: Palmeira
AUTO ESPORTE: Pacifico, Guaberinha e Jonas; Silva, Lucas e Amaro China; Nenem, Geraldo, Tião, Amaro e Pedro. Técnico: Guaberinha

FINAL

03/02/52            
 
NÁUTICO 3×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Gimenez Molina
Renda: Cr$ 86.125,00
Gols: Caiçara, Hélio Mota, Fernandinho e João do Vale.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula, Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Jandir, Fernandinho, Djalma, Arlindo e Zeca.
SPORT RECIFE: Zeca, Orlando e Arnaldo; Mourão, Arlindo Lira e Pinheirense; Jorge de Castro, Tonho, Ênio, Arlindo e João do Vale.
 
10/02/52            
 
SPORT RECIFE 1×1 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Carlos de Oliveira Monteiro (Tijolo)
Gols: Djalma e Dadá.
SPORT RECIFE: Zeca, Orlando e Arnaldo; Mourão, Arlindo Lira e Pinheirense; Jorge de Castro, Tonho, Ênio, Arlindo e João do Vale.
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula, Ivanildo, Gilberto e Genaro; Carmelo, Fernandinho, Djalma, Hélio Mota e Zeca.
 
17/02/52            
 
NÁUTICO 1×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Carlos de Oliveira Monteiro (Tijolo)
Renda: Cr$ 118.600,00
Gol: Fernandinho
NÁUTICO: Vicente, Caiçara e Lula, Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Fernandinho, Djalma, Hélio Mota e Zeca.
SPORT RECIFE: Zeca, Bria e Arnaldo; Mourão, Arlindo Lira e Pinheirense; Jorge de Castro, Arlindo, Dadá, Ananias e João do Vale.
 
NÁUTICO campeão pernambucano de 1951.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Jornal Pequeno, livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″, Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves.

 

 
Participantes
 
América Futebol Clube do Recife
Associação Atlética Great Western do Recife
Clube Náutico Capibaribe do Recife
Íbis Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube do Recife
Sport Club do Recife
 
Primeiro Turno
 
18/05/50    
     
ÍBIS 4×4 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 12.170,00
Gols: Raimundo 6’, Veneno 15’, Walter 30’, Breno no 1°; Veneno 6’, Varejão, Carlito 20’ e Breno (pênalti) no 2°.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Raimundo, Rubinho e Duca; Veneno, Ivaldir, Valter, Euri e Carlito.
SPORT: Paulinho, Chicão e Almir; Vavá, Alheiros e Amaro; China, Jonjoca, Breno, Varejão, Dega e Dario. Técnico: Perini.
 
21/05/50            
 
AMÉRICA 3×3 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 26.640,00
Gols: Santos, Dija, Amauri (pênalti), João do Vale, Dija e Guilherme.
AMÉRICA: Amaury, Cido e Procópio; Decadela, Dequinha e Astrogildo; Guilherme, Juarez, Amaro, Valeriano e Dija. Técnico: Rosenfeld.
SANTA CRUZ: Flávio (Guaberinha), Palito e Biu; Mergulho, Dawson e Guaberinha; Eloi, Santos, Milton, Amaury e João do Vale. Técnico: Navamuel.
Obs: no lance do primeiro gol, o arqueiro coral se machuca, fraturando o dedo mínimo, sendo então retirado de campo. Guaberinha o substitue no arco.
 
28/05/50
           
NÁUTICO 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 29.100,00
Gols: Amorim 38’ do 1°; Ivanildo 4’ e Amorim 8’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Raimundo, Ivaldir, Valter, Veneno e Carlito.
 
04/06/50        
    
SPORT RECIFE 3×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 18.635,00
Gols: Zildo 4’, Breno 39’ do 1°; Varejão 2’ e Julinho 23’ do 2°.
SPORT: Paulinho, Luiz e Chicão; Vavá, Alheiros e Amaro; China, Zildo, Breno, Varejão, Detinho e Janjoca. Técnico: Perini.
AMÉRICA: Amaury, Cido e Procópio; Decadela, Dequinha e Astrogildo; Guilherme, Julinho, Amaro, Valeriano e Dija. Técnico: Rosenfeld.
 
11/06/50          
 
NÁUTICO 4×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 66.165,00
Gols: Amorim 25’ do 1°; Amorim 4’, Ivanildo 22’, Guaberinha (pênalti) 25’, Amorim 35’ e Milton 40’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SANTA CRUZ: Flávio, Pedrinho e Palito; Mergulho, Nonato e Guaberinha; Eloi, Santos, Milton, Amaury e João do Vale. Técnico: Navamuel.
 
18/06/50            
 
AMÉRICA 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 3.685,00
Gols: Valeriano 27’ e Carlos 43’ do 1°.
AMÉRICA: Amaury, Cido e Procópio; Julinho, Juarez e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Carlos, Amaro e Decadela. Técnico: José Miguel.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Duca; Galego, Rubinho e China; Raimundo, Ivaldir, Valter, Veneno e Carlito. Técnico: Laudenor Pereira
 
25/06/50            
 
SPORT RECIFE 3×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 91.125,00
Gols: Zildo 27’ e Santos 33’ do 1°; Zildo 17’, Eloi 25’ e Chicão 26’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Luiz e Chicão; Vavá, Alheiros e Brias; Zildo, Breno, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Perini.
SANTA CRUZ: Flávio, Pedrinho e Palito; Mergulho, Dawson e João de Maria; Eloi, Santos, Milton, Amaury e Guaberinha. Técnico: Navamuel.
 
13/07/50            
 
SANTA CRUZ 2×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 2.600,00
Gols: Galego 21’, Santos 40’ e Eloi 43’ do 2°.
SANTA CRUZ: Flávio, Pedrinho e Palito; Mergulho, Dawson e João de Maria; Eloi, Santos, Milton, Amaury e Guaberinha.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, Rubinho e Duca; Veneno, Raimundo, Julinho, Carlito e Sancho. (equipe provável)
 
23/07/50            
 
NÁUTICO 4×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 59.955,00
Gols: Amorim 13’ do 1°; Ivanildo 17’, Dega, Luiz (contra) 37’ e Gilberto (pênalti) no 2°.
Expulsão: Manuelzinho
SPORT: Manuelzinho (Chicão), Luiz e Chicão; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Dega, Breno, Varejão, Detinho e Dario.
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
 
30/07/50            
 
AMÉRICA 1×1 NÁUTICO
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 31.810,00
Gols: Alcidésio 20’ do 1°; Macaquinho 32’ do 2°.
AMÉRICA: Amaury, Cido e Procópio; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amaro e Hilton. Técnico: José Miguel.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
 
06/08/50            
 
SPORT RECIFE 2×0 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 14.885,00
Gols: Jonjoca 9’ e 27’ do 1°.
SPORT: Paulinho, Luiz e Chicão; Alheiros, Adésio e Arnaldo; Zildo, Jonjoca, Varejão, Detinho e Dario.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, Rubinho e Duca; Carlito, Julinho, Veneno, Raimundo e Sancho.
 
13/08/50            
 
AMÉRICA 2×2 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 38.645,00
Gols: Macaquinho 12’, Eloi 27’ e Valeriano 39’ do 1°; Pedrinho 41’ do 2°.
AMÉRICA: Amaury, Cido e Procópio; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amaro e Hilton. Técnico: Zémiguel.
SANTA CRUZ: Neves, Guaberinha e Palito; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Amaro, Santos, Eloi, Amaury e João. Técnico: Navamuel.
 
20/08/50            
 
NÁUTICO 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 8.910,00
Gols: Amorim 43’ do 1°; Amorim 8’ e Ivanildo 13’ do 2°,
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Zacarias, Pessoa e Caiçara; Walter, China e Indio; Milton, Julinho, Eure, Ivaldir e Sancho. Técnico: Laudenor Pereira.
 
27/08/50            
 
SPORT RECIFE 2×1 AMÉRICA
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 22.720,00
Gols: Zildo 20’, Dario 25’ e Valeriano (pênalti) 40’ do 1°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Luiz; Vavá, Adesio e Alheiros; Zildo, Breno, Nenem, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi.
AMÉRICA: Borracha, Cido e Procópio; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amaro e Hilton. Técnico: Zémiguel.
 
10/09/50            
 
NÁUTICO 1×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 40.200,00
Gols: Zeca 17’ do 1°; Santos 42’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca.
SANTA CRUZ: Flávio, Palito e João de Maria; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Milton, Santos, Eloi, Amaury e Guaberinha. Técnico: Navamuel
Obs: Aos 25’ do 1° tempo, Amaury fraturou o maxilar num encontro casual com Gilberto, daí por diante o tricolor passou a atuar com apenas 10 homens.
 
14/09/50            
 
AMÉRICA x ÍBIS
Obs: O América ganhou por W.O.
 
17/09/50            
 
SANTA CRUZ 1×0 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 40.000,00
Gol: Eloi 15’ do 2°.
SANTA CRUZ: Flávio, Palito e João de Maria; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Milton, Eloi, Tará, Santos e Guaberinha. Técnico: Navamuel
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Luiz; Vavá, Adesio e Alheiros; Zildo, Breno, Nenem, Dega e Detinho. Técnico: Bianchi.
 
21/09/50            
 
NÁUTICO 4×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 26.300,00
Gols: Carmelo (2), Ivanildo, Gilberto, Izaias e Macaquinho.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Fernandinho e Zeca. Técnico: Bianchi
AMÉRICA: Borracha, Cido e Procópio; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amaro e Hilton. Técnico: Zémiguel.
 
24/09/50            
 
ÍBIS 1×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ não informada
Gols: Carlito 18’ do 1°; Milton 4’ do 2°.
ÍBIS: Durval, Brasil e Caiçara; Galego, Pessoa e Duca; Joca, Walter, Carlito, Ivaldir e Sancho.
SANTA CRUZ: Flávio, Palito e João de Maria; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Milton, Eloi, Tará, Santos e Guaberinha.
Obs: Tará, aos 15’ do primeiro tempo, saiu de campo seriamente contundido.
 
01/10/50            
 
SPORT RECIFE 3×3 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 29.640,00
Gols: Varejão no 1°; Zeca 1’, Gilberto (pênalti) 13’, Zeca 27’, Detinho 30’ e 40’ do 2°.
SPORT: Manuelzinho, Chicão e Luiz; Vavá, Adesio e Alheiros; Zildo, Breno, Varejão, Detinho e Paulo Ramos. Técnico: Bianchi.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
 
Segundo Turno
 
08/10/50            
 
AMÉRICA 2×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Harry Leça
Renda: Cr$ não informada
Gols: Isaias 43’ do 1°; Guaberinha 2’ e Valeriano 15’ do 2°.
AMÉRICA: Borracha, Decadela e Cido; Julinho, Sevi e Jairo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amaro e Hilton.
SANTA CRUZ: Flávio, João de Maria e Biu; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Milton, Eloi, Guaberinha, Santos e Popó.
 
12/10/50            
 
NÁUTICO 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 5.345,00
Gols: Caiçara (contra) 28’ do 1°; Zeca 22’ do 2°.
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Lula; Fausto,  Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Carlito, Walter, Carlito, Veneno, Ivaldir e Sancho. Técnico: Laudenor Pereira
 
15/10/50            
 
AMÉRICA 2×1 SPORT RECIFE
Local: Ilha do Retiro – Recife
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 19.130,00
Gols: Eumário 8’ do 1°; Varejão 10’ e Julinho 36’ do 2°.
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Decadela, Sevi e Astrogildo; Izaias, Eumário, Macaquinho, Julinho e Hilton. Técnico: Brasil
SPORT: Paulinho, Chicão e Almir; Vavá, Adesio e Alheiros; Paulo Ramos, Zildo, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi.
 
19/10/50            
 
NÁUTICO 3×1 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 40.690,00
Gols: Ivanildo 45 do 1°; Fernandinho 15’’, Eloi 10’ e Amorim 26’ do 2°.
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Lula; Ivanildo, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Fernandinho, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SANTA CRUZ: Flávio, João de Maria e Palito; Mergulho, Alencar e Pedrinho; Eloi, Arquimedes, Santos, Amaury e Mituca. Técnico: Navamuel
 
22/10/50            
 
SPORT RECIFE 3×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 5.165,00
Gols: Varejão 25’ e Zildo 43’ do 1°; Dario 30’ do 2°.
SPORT: Paulinho, Bria e Almir; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Raimundo, Walter, Veneno, Ivaldir e Sancho. Técnico: Laudenor Pereira
 
26/10/50            
 
AMÉRICA 4×1 NÁUTICO
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 31.566,00
Gols: Jaminho (contra) 27’ e Izaias 45’ do 1°; Hilton 3’, Amorim 18’ e Julinho 43’ do 2°.
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Hélio Mota e Hilton. Técnico: Brasil
NÁUTICO: Azulão, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Carmelo, Ivanildo, Amorim, Fernandinho e Zeca. Técnico: Palmeira
 
29/10/50            
 
SANTA CRUZ 2×0 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 6.000,00
Gols: Eloi 13’ e 29’ do 1°.
SANTA CRUZ: Neves, Guaberinha e Palito; Mergulho, Dawson e Pedrinho; Eloi, Amaury, Arquimedes, Santos e Popó.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Raimundo, Walter, Celio, Ivaldir e Carlito.
 
01/11/50            
 
NÁUTICO 0×1 SPORT RECIFE
Local: Aflitos
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 30.360,00
Gol: Dario
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Jorginho, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
SPORT: Paulinho, Bria e Almir; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Dario.
 
05/11/50            
 
ÍBIS 2×0 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ não informada
Gols: Cido (contra) 28’ do 1°; Walter 13’ do 2°.
Expulsão: Julinho, Procópio, Sancho e Walter.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Joca, Ivaldir, Celio, Walter e Sancho. Técnico: Laudenor
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Julinho, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Hélio Mota e Hilton. Técnico: Brasil
Obs: O ÍBIS utilizou o jogador Célio irregular e perdeu os pontos. O TJD deu ganho de causa ao AMÉRICA por 4 x 2.
 
12/11/50            
 
SPORT RECIFE 2×2 SANTA CRUZ
Local: Ilha do Retiro – Recife
Árbitro: Mr. Fred Lowe (inglês)
Renda: Cr$ 47.694,00
Gols: Breno 2’, Eloi 32’, Alheiros 43’ do 1°; Palito 36’ do 2°.
SPORT: Paulinho, Bria e Almir; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Palito; Mergulho, Dawson e Pedrinho; Eloi, Amaury, Arquimedes, Santos e Guaberinha. Técnico: Navamuel.
 
15/11/50            
 
NÁUTICO 4×2 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 8.525,00
Gols: Caiçara (contra), Pessoa (contra), Amorim 10’, Carlito 20’ do 1°; Gilberto (pênalti) 7’ e Ivaldir 25’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Edvaldo, Gilberto e Jaminho; Jorginho, Ivanildo, Amorim, Fernandinho e Zeca. Técnico: Palmeira
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Raimundo, Ivaldir, Carlito, Walter e Sancho. Técnico: Neco Parafuso.
 
19/11/50            
 
SANTA CRUZ 1×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 27.075,00
Gols: Amauri 15’ e Macaquinho 25’ do 2°.
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Palito; Mergulho, Dawson e Pedrinho; Eloi, Amaury, Arquimedes, Santos e Guaberinha. Técnico: Navamuel.
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Decadela, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Amauri e Hilton. Técnico: Brasil
 
23/11/50            
 
SPORT RECIFE 4×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 6.735,00
Gols: Breno, Varejão, Zildo e Detinho.
Expulsão: Walter aos 42’ do 1° por jogada desleal.
SPORT: Manuelzinho, Bria e Luiz; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Pedrinho, Ivaldir, Veneno, Walter e Sancho. Técnico: Neco Parafuso.
 
26/11/50            
 
NÁUTICO 3×3 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 29.460,00
Gols: Arquimedes 9’, Eloi 17’, Santos 29’, Ivanildo 34’ e Amorim 36’ do 1°; Fernandinho 43’ do 2°.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Edvaldo; Jorginho, Ivanildo, Amorim, Fernandinho e Zeca. Técnico: Palmeira
SANTA CRUZ: Neves, João de Maria e Palito; Mergulho, Guaberinha e Pedrinho; Eloi, Santos, Amaury, Arquimedes e Mituca. Técnico: Navamuel.
 
30/11/50            
 
SPORT RECIFE 2×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 26.200,00
Gols: Detinho (pênalti) 36’ do 1°; Izaias 28’ e Breno 29’ do 2°.
SPORT: Paulinho, Bria e Almir; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Decadela e Hilton. Técnico: Brasil
 
03/12/50            
 
SANTA CRUZ 4×1 ÍBIS
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 4.600,00
Gols: Arquimedes, Sancho, Amaury, Eloi e Santos.
Expulsão: Galego e Santos
SANTA CRUZ: Neves, Guaberinha e Palito; Hercilio, Dawson e Pedrinho; Eloi, Santos, Amaury, Arquimedes e Popó.
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Raimundo; Walter, Carlito, Ivaldir e Sancho.
 
08/12/50            
 
NÁUTICO 1×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Félix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 28.555,00
Gols: Fernandinho 34’ e Macaquinho 44’ do 1°;
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Amorim, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Hélio Mota e Wilton. Técnico: Brasil
 
10/12/50            
 
SPORT RECIFE 1×0 SANTA CRUZ
Local: Aflitos
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 37.000,00
Gol: Breno 11’ do 1º
SPORT: Paulinho, Bria e Almir; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Nenem, Varejão, Detinho e Dario. Técnico: Bianchi
SANTA CRUZ: Neves, Palito e João de Maria; Mergulho, Dawson e Pedrinho; Eloi, Santos, Arquimedes, Amaury e Guaberinha. Técnico: Navamuel.
 
14/12/50            
 
AMÉRICA 5×1 ÍBIS
Local: Aflitos
Árbitro: Jurandir Galindo
Renda: Cr$ 3.335,00
Gols: Walter, Macaquinho (2), Hilton, Izaias e Cido (pênalti).
Expulsão: Caiçara, Walter e Astrogildo.
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Izaias, Valeriano, Macaquinho, Hélio e Hilton. Técnico: Brasil
ÍBIS: Durval, Pessoa e Caiçara; Galego, China e Duca; Walter, Eure, Carlito, Ivaldir e Bonifácio.
 
17/12/50            
 
SPORT RECIFE 1×2 NÁUTICO
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Leucio de Souza Leão
Renda: Cr$ 50.045,00
Gols: Gilberto 20’ do 1°; Varejão 3’ e Bororó 43’ do 2°.
SPORT: Paulinho, Almir e Bria; Vavá, Alheiros e Arnaldo; Breno, Zildo, Varejão, Detinho e Janjoca, Técnico: Bianchi.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Amorim, Bororó e Zeca. Técnico: Palmeira
                        
FINAL
 
07/01/51            
 
NÁUTICO 1×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 39.380,00
Gols: Fernandinho e Macaquinhos.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Ivanildo; Fernandinho, Amorim, Bororó, Alcidésio e Zeca. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Izaias, Amaro, Macaquinho, Hélio Mota e Hilton. Técnico: Brasil
 
14/01/51            
NÁUTICO 3×1 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 34.505,00
Gols: Bororó (2), Fernandinho e Macaquinhos.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Bororó, Amorim e Zeca. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Guilherme, Valeriano, Macaquinho, Hélio Mota e Hilton. Técnico: Brasil
 
21/01/51            
 
NÁUTICO 3×2 AMÉRICA
Local: Aflitos
Árbitro: Argemiro Felix de Sena – Sherlock
Renda: Cr$ 50.565,00
Gols: Ivanildo, Fernandinho, Amorim, Macaquinho e Cido.
NÁUTICO: Vicente, Sidinho e Lula; Dico, Gilberto e Jaminho; Fernandinho, Ivanildo, Bororó, Amorim e Zeca. Técnico: Palmeira
AMÉRICA: Borracha, Procópio e Cido; Tomires, Sevi e Astrogildo; Amaro, Valeriano, Macaquinho, Hélio Mota e Hilton. Técnico: Brasil
 
Náutico campeão de 1950.
 
Fontes: Diário de Pernambuco, Jornal Pequeno, Livro “Campeonato Pernambucano – 1915 a 1970″ – Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro, Livro “85 Anos de Bola Rolando” – Givanildo Alves.
 

 

 

FONTE: Diário de Pernambuco 

 

Apresento dois modelos de distintivo diferente dos conhecidos do Central Sport Club da cidade de Caruaru (PE). O Alvinegro foi Fundado no dia 15 de Junho de 1919, por jovens esportistas de Caruarú, liderados por Francisco Porto de Oliveira e  Faustino Vila Nova, que também foi seu 1º presidente.

A sua Sede fica localizada na Avenida Agamenon Magalhães, 425 – B. Mauricio de Nassau, em Caruarú. O Central manda os seus jogos no Estádio Luiz José de Lacerda, com capacidade para 25 mil pessoas.

 

FONTES E FOTOS: Site do clube – Wikipédia – Diário de Pernambuco

 

 

 

Primeiro Turno

27/05

Água Verde 2 x 1 Britânia
Local: Estádio Franklin Delano Roosevelt (Batel)
Juiz: Ataíde Santos
Renda: Cr$ 2.490,00
Gols: Beneval (contra) 4’ do 1°; William 40’ e Carraro 41’ do 2°.
Água Verde: William, Zaleski e Nhoca; Tibica, Rubio e Nilseu; Barbosinha, Lobatinho, Belmonte, Carraro e Waldomiro.
Britânia: Toigo, Beneval e Gouveia; Bettini, Claudio e Bujão; Paulino, William, Darli, Adonis e Menezes.
28/05

Ferroviário 3 x 1 Jacarezinho
Local: Estádio Durival de Brito e Silva (Vila Capanema)
Juiz: Francisco Khon Filho.
Renda: Cr$ 25.536,00
Gols: Isauldo (2), Hélio, Casnock.
Ferroviário: Pianoski, Nelson e Tico; Nelsinho, Tocafundo e David; Rosinha, Darci, Isauldo, Casnock e Altevir.
Jacarezinho: Muca, Saci e La Luna; Doro, Hugo e Oscar; Geraldinho, Hélio, Amarelinho, Angelo e Gaucho.
Continue reading »

 

O Associação Athletica Great Western foi uma agremiação da Cidade do Recife (PE). O ‘Ferroviários’ foi Fundado no dia 17 de Março de 1928, por funcionários da empresa britânica The Great Western of Brazil Railway Company Limited, que atuava no Nordeste na construção e exploração de ferrovias.

O clube não se limitava apenas no futebol, mas se estendia em outros esportes como: o atletismo, basquete, voleibol e tênis. O Great Western disputou o seu último estadual em 1954, justamente quando a empresa encerrou as atividades e se transformou na Rede Ferroviária do Nordeste e em seguida na Rede Ferroviária Federal S/A (RFFSA).

Após essa mudanças, o clube mudou de nome, passando a se chamar Clube Ferroviário do Recife. O Great Western tinha a sua Sede na Rua Cel. Suassuna, 790 / 1º andar – Bairro do Sancho, em Tejipió, no Recife. Em meados dos anos 30, mudou-se para Avenida João de Barros, 1.583, na Soledade.

O time rubro e depois Tricolor (alvirrubro-verde) treinava no campo da Avenida Malaquias (foi o 1º estádio do Sport Recife). No Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão, o Great Western participou 14 vezes: 1936 (8º lugar), 1937 (9º lugar), 1938 (6º lugar), 1940 (4º lugar), 1941 (4º lugar), 1942 (2º lugar), 1943 (5º lugar), 1944 (5º lugar), 1945 (5º lugar), 1946 (5º lugar), 1949 (4º lugar), 1952 (7º lugar), 1953 (6º lugar)  e 1954  (7º lugar).

 Time-base de 1935: Piancó; Telephone e Armando; Meleiro, Carioca e Bebé; Caruaru, Zuza, Jota, Tutu e Parahybano.

Time-base de 1937: Sylvestre; Zeca e Antenor; Popó, Agostinho e Bebé; Gringo, Plínio, Geofredo (Teddy), Zé Vicente e  Caruaru (Badú).

 

Fontes: Diário de Pernambuco – Jornal de Recife

 

O Atheniense Foot-Bball Club foi uma agremiação da cidade do Recife (PE). Fundado no dia 03 de Dezembro de 1922, o clube possuía algumas alcunhas: ‘Alvinegros de Campo Grande’, ‘Gregos de Campo Grande‘ ou ‘Pae Suburbano’. A sua Sede ficava localizada na Avenida Bernardo Vieira, s/n, enquanto o seu Estádio Campo Grande, se localizava na Rua Othon Mendes, 28, no bairro de Campo Grande.

A partir do final da década de 1920, o futebol suburbano recifense teve um grande impulso, com a criação da Associação Suburbana dos Desportos Terrestres (ASDT), em 1º de fevereiro de 1929. Seus primeiros afiliados foram os seguintes times:

Tráfego, Aurora, Fluminense, Afogadense, Arruda Diversional, Monteirense, Santos Dumont, Independência, Varzeano, Cordeirense, Rio Branco, Palmeiras, Torre, Associação Atlética do Arruda, Auto Sport, Nacional, Pina, Recife, Rio Corrente, Jutaí, Atheniense, Tuyuti, ABC, Íris, Great Western e Tejipió.

Com a criação da ASDT, o futebol suburbano cresceu tanto, que os jogos da primeira divisão do campeonato pernambucano começaram a ficar vazios quando coincidia ter algum clássico suburbano. Vários desses times, incentivados pelo bom futebol e pelas torcidas, ingressaram na primeira divisão do futebol pernambucano, como o Atheniense, Great Western, Associação Atlética do Arruda, Fluminense, Israelita, Encruzilhada e Íris.  Um jogo entre o Íris e o Atheniense, por exemplo, levava uma multidão ao campo onde fosse realizada a partida pelos bairros do Recife.

Em 1929, o Atheniense foi Campeão do Torneio Início  da Liga Pernambucana dos Desportos Terrestres (L.P.D.T.). No ano seguinte, no dia 1º de maio de 1930,   conquistou o Campeonato Suburbano, promovido pela Associação Suburbana de Desportos Terrestres (ASDT). O ‘Gregos de Campo Grandevenceu o Auto Sport Club por 1 a 0 (gol de Marcionillo, na etapa final), conquistando o título da Zona do Norte.

 

ATHENTINENSE ENFRENTOU O BANGU, DE DOMINGOS DA GUIA

Três meses após a conquista do título, o Atheniense fez a entrega das faixas contra o Bangu A.C. (RJ). Então, na quinta-feira, do dia 07 de agosto de 1930, o ‘Alvinegros de Campo Grande’ não foi páreo para o Bangu, que goleou por 5 a 0, no Estádio Avenida Malaquias. Os gols da peleja foram assinalados por Dininho (duas vezes) e Brôa, autor de três gols.

 

ATHENIENSE F.C.                        0          X         5          BANGU A.C.

 LOCAL: Estádio Avenida Malaquias, no Recife (PE)

DATA: quinta-feira, do dia 07 de agosto de 1930

HORÁRIO: 15h48min.

ÁRBITRO: Togo Renan

ATHENIENSE FC: Garapão; Themistocles e Chocolate; Frederico, Marçal e Melleiro; Walfrido, Marcionillo, Pellado (Zé Maria), Raphael e Izaias.

BANGU AC: Médio; Domingos da Guia e Sá Pinto;  Zé Maria, Solon e Eduardo; Cezar, Ladislau, Brôa, Dininho, Jaguarão.

GOLS: Brôa aos 28 minutos;  Dininho aos 36 minutos do 1º tempo. Brôa aos oito e 15 minutos; Dininho aos 25 minutos do 2º tempo.

PRELIMINAR: Força e Luz          2          X         2          Aurora

 

 DA ASCENSÃO A QUEDA

Em 1933, o Atheniense se filiou a Federação Pernambucana de Desportos (FPD). No mesmo ano disputou pela primeira e única vez o Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão. O ‘Gregos de Campo Grande‘ terminou em 3º lugar no seu grupo. Foram 10 jogos, com seis vitórias, dois empates e duas derrotas; marcando 23 gols e sofrendo 11.

 Em 1937, foi reorganizado, trocou o ‘Foot-Ball’ pelo ‘Sport’, passando a se chamar Atheniense Sport Club, se mudou de endereço: Sítio Novo. A partir daí, o clube ainda disputou alguns campeonatos suburbanos até os anos 40, quando desapareceu de vez.

 

Time-base de 1929: Garapão; Themistocles e Melleiro; Baptista, Dezesseis e Lopita; Zequinha, Walfrido, Pellado, Gato e Raphael.

Time-base de 1930: Garapão; Themistocles e Machinho (Chocolate); Frederico, Marçal e Melleiro; Walfrido, Marcionillo, José Maria (Pellado), Raphael e Izaias.

Time-base de 1940: Ayrton; Sylvio e Cara de Rato; Neguinho, Orlandinho e Biu; Euclides, Cancio, Toinho, Casado e Miguel.

 

 

Fontes: Diário de Notícias – - Diário de Pernambuco – Jornal A Província – Jornal de Recife

 

O Centro Sportivo do Peres (Perez) foi uma agremiação da cidade de Recife (PE). O Viuvinha’ foi Fundado numa terça-feira, do dia 15 de Junho de 1909, com o nome de Tigipió Foot-ball Club, em homenagem ao bairro de Tigipió (atual Tejipió), onde nasceu o Perez. Em 1911, o clube adotou o Centro Sportivo do Peres (Perez).

Nos anos 10, a sua Sede ficava localizado na Rua, 58. Depois passou para o Largo (atual Rua) do Hospício, 779, no Recife. Em 1926, a sua Sede passou para a Rua do Livramento, 65-1. Em 1927, a Sede se transferiu para a Rua Imperatriz, 146/ 2º andar. Na década de 20, a equipe ‘Alvi-Violeta’ treinava no campo João de Barros ou no campo do Torre, no Bairro de Magdalena, na Zona Norte do Recife.

PEREZ AJUDA A FUNDAR A LPDT

Seis anos depois do seu surgimento, no dia 03 de Agosto de 1915, o Centro Sportivo do Peres (Perez) juntamente com o Sport Club Flamengo, João de Barros Foot-Ball Club, Coligação Sportiva Recifense, Santa Cruz Foot-Ball Club e Torre Sport Club, fundaram a Liga Pernambucana dos Desportos Terrestres (L.P.D.T.).

 No mesmo ano, o Perez, juntamente com o Santa Cruz, Flamengo, Torre, América e Coligação S.R. entraram para a história ao participar do primeiro Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão.

Ao todo, o clube ‘Alvi-violeta’ participou do Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão em nove oportunidades: 1915 (4º lugar), 1916 (5º lugar), 1917 (5º lugar), 1919 (7º lugar), 1920 (7º lugar), 1921 (7º lugar), 1922 (8º lugar), 1923 (8º lugar) e 1924 (8º lugar).

 

EXCURSÕES

Na quarta-feira, do dia 07 de setembro de 1921, o Perez viajou até Maceió (AL), onde enfrentou o Clube de Regatas Brasil, conhecido popularmente por CRB. No final, empate em 1 a 1. No confronto dos Segundos Quadros outro empate sem gols.

Numa quarta-feira, do dia 15 de novembro de 1922, o Perez foi convidado para a partida inaugural do Estádio Gustavo PaivaMutange, de propriedade do CSA (Centro Sportivo Alagoano). No final, melhor para o CSA que venceu por 3 a 0, sendo o atacante Odulfo quem fez o primeiro gol no Mutange.

 

PEREZ ROMPE COM A LPDT

Em 1924, sob a presidência de João Duarte Dias, o Perez, insatisfeito com a LPDT, decidiu abandonar o Estadual daquele ano. Logo em seguida se licenciou. Em 1926, se desfilou da entidade para ingressar na Associação Pernambucana de Esportes Athleticos (APEA), juntamente com o Sport Recife (campeão Estadual pela LPDT em 1925), América Football Club, Palestra Itália Football Club e Israelita Club de Pernambuco. O Viuvinha’ participou da APEA tanto no Torneio Início quanto nas demais competições até desaparecer em definitivo.

Time-base de 1915: Misael; Abelardo e Carlos; Benedicto (capitão), Severino e José; Honório, Rogério, Amaury, Couceiro e Carlos II.

Time-base de 1917: Jacome; Guilherme e Epaminondas; Ferreira, Horácio e Bonine; Eliezer, Ariosto, Berger, Balthazer e Muca.

Time-base de 1918: Zé Macaco; Apolônio e Nilo II; Maxombomba, Cleto e Moreira; Manta, Joel, Jones, Amil (capitão) e Raphal.

Time-base de 1920: Eduardo; Euclydes e Nóbrega (Edesio); Sylcosta, Carneiro (Sá) e Almeida (Manta); Pimentel (Pinto), Mário, Freire (Ozório), Theodorico (Aldo) e Arnaldo.

Time-base de 1921: Costa; Euclydes e Ricardo; Deoclecio, Mario e Sylcosta; Matta, Theo, André, Ernani e Pinto.

Fontes: Jornal A Província – Rsssf Brasil

 

O Íris Sport Club foi uma agremiação da cidade de Recife (PE). O Azulino Simpático foi Fundado no dia 23 de fevereiro de 1920, por funcionários da fábrica de tijolos da Olaria Torre Ltda, no bairro da Torre. No inicio dos anos 1950 o clube migrou para  o bairro de Santo Amaro. A princípio, o clube iria se chamar Olaria Sport Club por causa da olaria (torre que são feitos os tijolos) que se encontra no centro do bairro e deu o nome ao lugar.  O seu Estádio era o Campo de Santo Amaro, enquanto a sua Sede ficava na Avenida Norte, 500, no Bairro de Santo Amaro, no Recife.

Entretanto, em uma reunião entre funcionários, decidiram mudar o nome para Íris em relação da cor do time o azul e branco. O mascote era o ‘Periquito Azul’. Na ‘galera de títulos’, do Íris SC há o Vice-Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1932. Além desse, a equipe ‘Azulina’ foi campeã da Liga Suburbana de 1928; e o Tri da Copa Torre: 1925, 1931 e 1933.

O Íris Sport Club participou do Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão oito vezes: 1930 (6º lugar), 1931 (7º lugar), 1932 (2º lugar), 1933 (4º lugar), 1934 (8º lugar), 1936 (6º lugar), 1937 (6º lugar) e 1938 (7º lugar).

 

VICE EM 1932

A melhor campanha aconteceu em 1932 quando terminou com o vice. A competição contou com a presença de 11 clubes divididos em duas chaves de cinco e seis equipes cada. As equipes se enfrentaram em turno e returno na mesma chave e os campeões decidiriam o título.

O Íris foi o vencedor do Grupo I, superando o Náutico, Sport Recife, Torre e Encruzilhada. O time somou 12 pontos em oito jogos, com seis vitórias e duas derrotas, marcando 23 gols e sofrendo 13. Na decisão, acabou sendo superada pelo Santa Cruz, que venceu os dois jogos pelo mesmo placar: 4 a 1.

Nessas oito participações, o time ‘Azulino’ disputou 93 jogos, somando 74 jogos. Foram 30 vitórias, 14 empates e 49 derrotas; marcando 199 gols e sofrendo 278, com saldo negativo de 79.

AMÉRICA VERSUS ÍRIS, EM 1936

No dia 18 de Outubro de 1936, válido pela 13ª rodada do Estadual, teve o confronto entre o América e o Íris Sport Club. A partida começou com o América colocando pressão dando muito trabalho à defensiva do Íris que levou o primeiro gol ainda no início.

Aos 19 minutos de jogo, Casado acerta uma forte cabeça no canto do goleiro Cícero e fez o primeiro gol. Três minutos depois, Léo recebeu um belo passe e fuzilou a meta do goleiro, ampliando.

Logo no início da etapa final, o América marcou o terceiro. Aos 6 minutos, Casado aproveitou a falha da defesa do Íris e aumentou o placar. O time azul e branco não repetia nem de perto a desenvoltura do jogo do primeiro turno, no qual saiu vencedor e o América aproveitou.

Aos 12 minutos, Lula recebeu a bola e quase de frente à meta ampliou a vantagem dos esmeraldinos, transformando o triunfo em goleada. Aos 25 minutos o América fez o quinto. Léo recebeu a bola e sem marcação empurrou a pelota para dentro nas redes, dando números finais ao jogo.

 

AMÉRICA FC          5          X         0          ÍRIS SPORT CLUB

LOCAL: Estádio da Jaqueira, no Bairro da Jaqueira, no Recife (PE)

DATA: Domingo, no dia 18 de outubro de 1936

HORÁRIO: 15h42min.

ÁRBITRO: Oswaldo Salsa

AMÉRICA FC: Heitor; Allemão e Aloísio; Vadinho, Martorelli e Machado; Quincas, Léo, Casado, Guilherme e Lula.

ÍRIS SC: Cícero; Popó e Miguel; Ramalho, Caboclo e Gato; Tenente, Guerra, Calixto, Miolo e Duda.

GOLS: Casado aos 19 minutos; Léo aos 22 minutos do 1º tempo. Casado aos 6 minutos; Lula aos 12 minutos; Léo  aos 25 minutos do 2º tempo.

 

Fontes: Wikipédia- Cordeiro, Carlos Celso & Luciano Guedes. (2001) – Campeonato Pernambucano 1915 a 1970. Recife: Ed. dos autores - Blog do Mequinha -  Rsssf Brasil - Diário da Tarde – Jornal A Província 

 

 

O Equador Football Club foi uma agremiação da Cidade do Recife (PE). O ‘Equatoriano de Recife’ surgiu em 1922, e, mandava os seus jogos no saudoso Estádio Jaqueira, com capacidade de 6 mil pessoas, localizado no Bairro da Jaqueira. Tendo o  ‘Canário‘ como mascote, a equipe auriverde disputou seis vezes consecutivas o Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão, nos anos de 1922, 1923, 1924, 1926, 1927 e 1928.

Na sua estreia em 1922, o time Equatista terminou na 7ª posição (num total de oito clubes): somou três pontos em sete jogos, com uma vitória, um empate e cinco derrotas; marcando quatro gols e sofrendo 10. Apesar da campanha ruim, o Equador obteve o seu único triunfo em cima do Náutico, vencendo por 2 a 1 (no dia 13 de agosto de 1922).

Na sua segunda participação, em 1923, novamente um 7º lugar. Foram nove pontos em 14 partidas, com três vitórias, três empates e oito derrotas; marcando 17 gols e sofrendo 33. Nessa temporada, conseguiu dois empates em 1 a 1 com o Santa Cruz (03 de Junho de 1923) e 2 a 2 com o Náutico (09 de dezembro).

Em 1924, O Equador disputou os dois primeiros jogos. Depois acabou sendo excluído da competição, perdendo os jogos restantes por W.O. Só não terminou na lanterna porque CS Perez abandonou a competição. Terminou na 7ª posição. Foram dois pontos em 14 partidas, com uma vitória e seis derrotas; marcando três gols e sofrendo nove.

Após o incidente, o ‘Equatoriano de Recife’ retornou em 1926. Dessa vez, terminou na lanterna, com apenas três pontos em sete jogos. Venceu uma, empatou outra e foi derrotado cinco vezes; marcando sete gols e sofrendo 24. A grande resultado foi o empate em 3 a 3 com o Santa Cruz (no dia 26 de dezembro).

Veio o ano 1927, e novamente o Equador amargou a lanterna do Estadual. O time somou apenas quatro pontos em 12 jogos: com duas vitórias e 10 derrotas; marcando 15 gols e sofrendo 36.

Na sua última temporada, antes de sumir no ‘mapa’, terminou da mesma forma. Em 1928, na 7ª e última colocação, com três pontos em 12 jogos: com uma vitória, um empate e 10 derrotas; marcando sete gols e sofrendo 42.

Com isso, a história do Equador no Estadual foi decepcionante. Das seis participações, terminou três vezes na penúltima e as outras três na lanterna. Ao todo, foram 66 jogos, com 21 pontos. Foram nove vitórias, seis empates e 51 derrotas; marcando 53 gols e sofrendo 154.

Após esse certamente o Equador Football Club permaneceu filiado a Liga Pernambucana dos Desportos Terrestres (LPDT) até o dia22 de maio de 1930, disputando partidas amistosas. Após essa data pediu a sua desfiliação, prontamente atendida pela entidade máxima de Pernambuco. O ‘Equatoriano de Recife’  ainda disputou alguns amistosos até se extinguir.

DERROTA DIANTE DO FUTURO CAMPEÃO

Era o seu segundo jogo da sua história no Estadual, e o Equador enfrentou o América, no dia 23 de julho, que se tornaria o campeão de 1922. O apito inicial do árbitro foi seguido imediatamente por um belo passe de Licor para Zé Tasso no ataque do América, que dentro da área, foi calçado pelo zagueiro Pinheiro. Pênalti, que Zé Tasso cobrou no canto esquerdo do goleiro Nô para abrir o marcador.

Talvez, tomados pela euforia da abertura do placar na primeira chance da partida, os defensores americanos não tenham se entendido e aos 5 minutos, o meio-campista Alves do Equador tocou a bola para o atacante Fraga que driblou Cunha Lima e Rômulo,  para tocar no canto direito do guarda-meta Nozinho, para deixar tudo igual.

O ritmo da partida era eletrizante, com as duas equipes se empenhando ao máximo para ficar à frente de seu oponente, mas, foi o América que aos 10 minutos Faustino, que passou pelo zagueiro Souto, e cruzou rasteiro para Zé Tasso, que a dominou e bateu sem chances para estufar mais uma vez as redes do goleiro Nô.

Os equatorianos de Recife só reagiram aos 21 minutos, quando o atleta Izídio cruzou a bola para João Dantas, mas este teve seu chute desviado pelo zagueiro Cunha Lima do América de forma parcial e no rebote, Jesus chutou forte, entretanto, a pelota passou por cima das traves, assustando o goleiro Nozinho.

O clube auriverde queria o empate e quase conseguiu aos 34 minutos por meio da jogada de Santos, que encontrou o companheiro Ferreira livre de marcação dentro da grande área e lhe cedeu a bola, todavia, o chute de Ferreira foi interceptado por Nozinho no centro do gol.

No último lance do primeiro tempo, o América subiu ao ataque com Zé Tasso, que enxergou o atacante Jujú livre de marcação e lhe tocou a bola para este, desferir um potente chute rasteiro no canto baixo do arqueiro adversário e ampliar a vantagem dos esmeraldinos.

 

EQUADOR F.C.      1          X         3          AMÉRICA F.C.

LOCAL: Estádio da Jaqueira, no Bairro da Jaqueira, no Recife (PE)

DATA: Domingo, no dia 23 de julho de 1958

HORÁRIO: 16 horas

ÁRBITRO: Gastão Bittencourt

AMÉRICA FC: Nozinho; Rômulo e Cunha Lima; Lindolfo, Licor e Faustino; Meirinha, Fabinho, Zé Tasso, Jujú e Araújo.

EQUADOR FC: Nô; Souto e Pinheiro; Alves, Raphael e Izídio; Santos, Ferreira, João Dantas, Fraga e Jesus.

GOLS: Zé Tasso a um, 10 e 45 minutos (América); Fraga aos cinco minutos do 1º tempo (Equador).

 

FONTES: Cordeiro, Carlos Celso & Luciano Guedes. (2001) – Campeonato Pernambucano 1915 a 1970. Recife: Ed. dos autores - Blog do Mequinha -  Rsssf Brasil - Jornal O Pequeno – Jornal A Província 

 

O Estudantes Football Club foi uma agremiação da cidade de Recife (PE). O clube ouro-anil tinha a sua Sede no Bairro do Barro, localizado na zona oeste do Recife. O time Estudantino participou do Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão em quatro oportunidades: 1955, 1956, 1957 e 1958.

O Estudantes debutou na elite do futebol pernambucano de 1955, terminando na 5ª posição. Foram 14 pontos em 18 jogos: seis vitórias, dois empates e 10 derrotas; marcaram 15 gols e sofreram 38, saldo negativo de 23.

Na temporada de 1956, a campanha foi aquém e o clube ouro-anil acabou na 7ª colocação. Foram 06 pontos em 14 jogos: duas vitórias, dois empates e 10 derrotas; marcaram 11 gols e sofreram 36, saldo negativo de 25.

A campanha em 1957 não foi muito diferente da anterior, e o Estudantes acabou em 7º lugar. Foram 14 pontos em 07 jogos: três vitórias, um empate e 10 derrotas; marcaram 11 gols e sofreram 37, saldo negativo de 26.

Da mesma forma que começou, o Estudantes encerrou a sua participação no Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão. Em 1958, mais uma campanha pífia, terminando na 7ª posição.  Foram 06 pontos em 16 jogos: três vitórias e 13 derrotas; marcaram sete gols e sofreram 52, saldo negativo de 45.

 

ESTREIA NO ESTADUAL DE 1958

A América e Estudantes faziam as suas estreias no Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1958. O América começou o jogo melhor e abriu o placar aos 8 minutos. Cruzamento veio pelo lado direito para a grande área para Mangaba, que testou  forte e no canto do goleiro Betoca do time estudantino.

As duas equipes tiveram boas oportunidades, até aos 43 minutos, num ataque do América pela esquerda a bola sobrou na entrada da grande área para Gilberto I, soltar um torpedo no canto do goleiro do Estudantes para ampliar o marcador.

Na segunda etapa, logos aos três minutos o atacante Paulo recebeu a bola cara a cara com o goleiro e, com tranquilidade tocou para o fundo das redes para transformar a vitória em goleada.

Então, para sacramentar o América fechou o placar aos 44 minutos do segundo tempo já no comecinho da noite em Recife, mais uma vez o atacante Paulo recebeu a bola e de fora da área arrematou um chute forte no canto do goleiro Betoca do Estudantes e fatura mais um tento para a equipe americana.

 

AMÉRICA F.C.        4          X         0          ESTUDANTES F.C.

LOCAL: Estádio Adelmar da Costa Carvalho, a Ilha do Retiro, em Recife (PE)

RENDA: Cr$ 7.643,00

DATA: Sábado, no dia 31 de maio de 1958

ÁRBITRO: Anísio Morgado (Boa atuação)

AUXILIARES: Manoel Bello e Ramon Charquero

AMÉRICA FC: Carijó; Geroldo e Cido; Gilberto I, Rosael e Beleu; Cebinha, Mangaba, Paulo, Zezinho e Gilberto II. Técnico: Palmeira

ESTUDANTES FC: Betoca; Americano e Miguel; Garrafa, Washington e Dema; Couceira, Cleto, Jerônimo, Brivaldo e Jarbas.

GOLS: Mangaba aos 8 min. (América); Gilberto I aos 43 minutos do 1º tempo (América). Paulo aos três e aos 44 minutos do 2º tempo (América).

 

Fontes: Blog do Mequinha -  Rsssf Brasil - Diário de Pernambuco

 

 

O Moinho Recife Esporte Clube foi uma agremiação da cidade de Recife (PE). O Grêmio Alviverde da Farinha de Trigo  foi Fundado no dia 31 de Janeiro de 1935, pela empresa Moinho Recife S/A, cuja função era o lazer e recreação de seus funcionários e familiares.A Sede ficava na Rua de São Jorge 215, em Recife (PE).

O Moinho disputava torneios amadores e amistosos pelo Estado durante uma década. Quando resolveu participar do Campeonato da Segunda Divisão fez bonito e se sagrou Bicampeão em 1944 e 1945. A partir daí seus dirigentes resolveram dar ‘um passo a frente’ e colocar a equipe para disputar as competições profissionais, mas acabou tendo uma vida efêmera na do futebol pernambucano.

O Moinho disputava torneios amadores e amistosos pelo Estado durante o Moinho acabou fazendo uma péssima campanha e foi eliminado logo no 1º turno. Terminou na lanterna, com apenas um ponto, em seis jogos. O único pontinho foi no empate em 1 a 1 com o Íbis, pela segunda rodada, no dia 27 de abril de 1947.

A equipe voltou a participar do Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1949. O Moinho chegou a completar o primeiro turno na 6ª colocação (quatro pontos em sete jogos: duas vitórias e cinco derrotas; marcando nove gols e sofrendo 16, com saldo de menos sete).

No entanto, a diretoria decidiu abandonar a competição por dificuldades financeiras, quando veio a se extinguir definitivamente devido à falta de investimento. As duas vitórias foram em cima do Flamengo por 5 a 0 (no dia 09 de junho) e 4 a 0 no Íbis (no dia 26 de junho).

Time-base de 1941: Ascendino; Querrenca e Armando; Zezé, Paizinho e Tota; Amaro, Fernando, Epaminondas, Odilon e Setenta.

 Time-base de 1942: Elias; Armando e Gonçalves; Zezé, Raimundo e Zezinho; Correia, Casado, Robson, Ari e Alberico.

 Time-base de 1943: Elias; Armando e Tempero (Dessete); Raimundo (Lobo),  Zezé e Arnaldo; Magro (Correia), Robson, Ramiro (Casado), Fernando e Alberico.

 Time-base de 1944: Caboré; Querrenca e Armando; Raimundo (Damata), Apolinário e Godoy (Zezé); Cachorrinho, Adauto (Neguinho), Ramiro (Casado), Robson e Alberico.

 Time-base de 1945: Santino (Oscar); Querrenca e Armando (Gonçalves); Raimundo, Arnaldo e Damata (João); Cachorrinho (Alcides), Casado, Magro (Barros), Robson e Alberico.

 Time-base de 1947: Oscar (Memeu); Ari (Diógenes) e Querrenca; Lobo, Pretinha e Zezé; Valdemar (Alcides), Casado (Clóvis), Ramiro (Robson), Magro (Lula) e Apolinário (Neco).

 Time-base de 1948: Oscar; Corrêa e Querrenca; Lobo, Cremildo e Zezé; Cabruna, Pedro, Ary, Lavor e Catende.

 Time-base de 1949: Dadá (Lulinha); Corrêa e Querrenca; Lucas, Damata e Zezé; Casado, Cabruna, Pedro, Lavor e Magro (Israel).

 

Fontes: Diário de Pernambuco – Jornal de Recife - Rsssf Brasil 

 

A Associação Sportiva Companhia Portela foi uma agremiação do Município de Jaboatão dos Guararapes (PE). O clube da fábrica de papel Companhia Portela S/A, foi Fundado no dia 19 de Março de 1937.  A sua Sede ficava localizado na Rua Conselheiro José Felipe, 63, no Bairro da Cascata, em  Jaboatão dos Guararapes.

Apesar da fraca campanha, o Portela arrancou um empate em 1 a 1 com o Náutico, venceu o Santa Cruz por 6 a 4 e, dentro de campo, empatou em 0 a 0 com o Sport Recife, mas a Federação Pernambucana depois deu os pontos para o rubro-negro, devido a irregularidades.O Portela de Jaboatão debutou no Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1944. Dentre as sete equipes participantes, que teve três turnos, a equipe alvianil terminou na 6ª posição. Foram 18 jogos e cinco pontos somados: foram uma vitória, três empates e 14 derrotas; marcaram 29 gols e sofreram 46, com um saldo negativo de 17.

Já na segunda e última participação no Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1945, novamente terminou em 6º lugar (num total de sete clubes). Foram 18 jogos e nove pontos somados: foram três vitórias, três empates e 12 derrotas; marcaram 32 gols e sofreram 58, com um saldo negativo de 26.

 PORTELA ENCAROU O CAMPEÃO DE 1944 

Embalado pela conquista do primeiro turno do Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão de 1944 (fato que lhe garantiu na final do estadual), o América (que se tornaria o campeão daquele ano) enfrentou o novato Portela de Jaboatão. No final, o América goleou por 4 a 1, nos Aflitos.  Leia abaixo como foi noticiado esta peleja:

Logo aos 5 minutos de jogo o meio-campista Capuco driblou João Vitor do Portela e avançou em velocidade pelo lado direito e cruzou a pelota para Julinho, que viu o goleiro Nico atordoado e tocou no canto, fora de seu alcance para abrir a contagem para o América

O clube da Companhia Portela não queria fazer um “papel feio” e aos 15 minutos o meio-campista Baixa se livrou da marcação de Capuco do América e cedeu a bola para o atacante Dega, que avançou em velocidade, não sendo parado pelo zagueiro Lucas e de frente com Leça deixou tudo igual no placar para o time de Jaboatão.

O América era só pressão e aos 35 minutos foi a vez de Pedrinho avançar e tocar para Edgard e mesmo sob forte marcação de Rubens conseguiu chutar, mas, Nico desviou por cima das traves. Aos 40 minutos Edgard encontrou o companheiro de ataque Oseas livre de marcação dentro da grande área e lhe tocou a pelota para de cabeça desempatar e recolocar o América na frente do placar.

Na etapa final, com apenas um minuto de bola rolando, o América atacou com Djalma, que após se livrar da marcação de Rubens, chutou no canto superior de Nico para aumentar a vantagem no placar.

Os jaboatonenses que já não haviam feito um bom primeiro tempo, voltaram com um futebol ainda mais tímido e com 5 minutos no segundo tempo, Capuco avançou até a entrada da área grande e tocou para o atacante Edgard, que se desmarcou de João Vitor e chutou firme para aumentar a vantagem verde nos Aflitos.

AMÉRICA F.C.        4          X         1          A.S.C. PORTELA

LOCAL: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)

DATA: Domingo, dia 20 de agosto de 1944

HORÁRIO: 15h15min

ÁRBITRO: Argemiro Félix de Sena (Sherlock)

AUXILIARES: Lourenço Ferreira e Henrique Silva

AMÉRICA FCLeça; Natal e Lucas; Pedrinho, Capuco e Rubem; Zezinho, Julinho, Djalma, Edgard e Oséas.

ASC PORTELANico; Rubens e Neno; João Vitor, Jorge e Baixa; Djalma, Clóvis, Mazinho, Dega e Vavá.

GOLS: Julinho aos 5 minutos (América); Dega aos 15 minutos (Portela); Oseas aos 35 minutos do 1º tempo (América). Rubens a um minuto (América); Edgard aos 5 minutos do 2º tempo (América).

 

Fontes: Blog do Mequinha - Jornal O Pequeno - Rsssf Brasil - Carlos Celso Cordeiro

 

O Nova Vila Futebol Clube foi uma agremiação da Cidade de Goiânia (GO). A equipe rubro-negra foi  Fundado no dia 22 de Maio de 1952. Aproveitando que a Federação Goiana de Desportos (FGD) aumentou o números de clubes em 1955, o Nova Vila aproveitou a oportunidade para ingressar no Campeonato Goiano da 1ª Divisão.

Contudo, o ‘primo pobre’ sentiu na pele as dificuldades de enfrentar clubes mais gabaritados e teve uma vida efêmera e logo desapareceu. Na sua breve vida, disputou dois Estaduais: 1955 e 1956.

No Torneio Início de 1955, o Nova Vila estreou diante do Vila Nova, e derrotou o adversário pelo placar de 1 a 0. A equipe rubro-negra só caiu nas semifinais, ao ser eliminado nos pênaltis pelo Goiânia. No Torneio Início de 1956, eliminou o São Luiz, nos pênaltis por 2 a 1, mas acabou eliminado nas Quartas de finais pelo Goiás por 1 a 0.

Na sua estreia, no Estadual de 1955, a campanha foi honrosa, terminando na 6ª posição (num total de oito times). Alguns resultados importantes, como o empate em 1 a 1 com o Vila Nova e Goiânia. Porém, o mais valioso aconteceu no 2º Turno, no dia 11 de setembro de 1955, quando goleou o Vila Nova por 5 a 2.

VILA NOVA: O FREGUÊS!

Veio o ano de 1956, e com ele o Nova Vila com uma campanha ruim, e, acabou rebaixado terminando na 9ª e penúltima colocação, com apenas sete pontos. O fato curioso foi que, o Vila Nova, novamente voltou a sofrer ao enfrentar a equipe Rubro-Negra.

No primeiro turno, empate em 1 a 1; e no returno, triunfo do Nova Vila por 3 a 1. Com isso, o Vila Nova viu o seu algoz se extinguir sem jamais tê-lo vencido. Foram, cinco jogos, com três vitórias e dois empates a favor do Nova Vila; que marcou 11 gols e sofreu cinco, com um saldo positivo de seis.

Nas duas temporadas, o Nova Vila Futebol Clube disputou 32 jogos, somando 15 pontos: foram cinco vitórias, cinco empates e 22 derrotas; assinalando 44 gols e sofrendo 103, com um saldo negativo de 59.

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho - Rsssf Brasil

 

Esta publicação merece muita cautela, uma vez que há algumas ‘peças soltas’.  O time em questão é a Associação Atlética União Goiana, que foi uma agremiação da Cidade de Velha Goiás (GO). A ‘primeira peça’ está na sua Fundação. Na postagem do amigo e membro Mario Ielo, que conseguiu  a lista dos clubes goianos (onde constam as fundações, e foi publicada no dia 13 de Agosto de 2010) da antiga Federação Goiana de Desportos (FGD), apresenta a seguinte data de fundação: 21 de Abril de 1924.

Já em outro escudo desta equipe há outra fundação: 1º de janeiro de 1936. Há muitas questões para serem desvendadas. A primeira é a possibilidade é deste clube ser ainda mais antigo, sendo o antigo União Goiana Esporte Clube,também de Velha Goiás, surgido em 1911. E, tenha sofrido uma reorganização em 1924, passando a se chamar A.A. União Goiana. Possíveis pistas: as cores são iguais, a cidade é a mesma, o surgimento da AAUG coincidiu com o desaparecimento da outra (UGEC), na foto aparece um escudo muito parecido com o União Goiana E.C.

Sobre as duas datas (1924 e 1936), há hipótese de que em 1936, o clube tenha sofrido uma reorganização. Portanto, o intuito desta postagem é para que tais questões sejam devidamente esclarecidas para descobrirmos se há algum parentesco entre o União Goiana Esporte Clube com a Associação Atlética União Goiana, de 1924 e/ou Associação Atlética União Goiana, de 1936.

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

O Ipiranga Atlético Clube foi uma agremiação da cidade de Anápolis (GO). O Gigante do Jundiaí foi Fundado no dia 15 de novembro de 1952, tendo como primeiro presidente Daas Bittar. A sua Sede ficava entre as Ruas Monsenhor Chiquinho e Ana Luísa, 310, no Bairro de Jundiaí, em Anápolis.

O primeiro jogo de uniforme foi doado pela Associação Atlética Anapolina. A maior rivalidade era com o Anápolis Futebol Clube. Os “Ipiranguistas” mandavam os seus jogos no Estádio Irani Ferreira Barbosa, ‘Ferreirão’.

O Ipiranga disputou pela primeira vez o Campeonato Goiano da 1ª Divisão de 1953. Em 1957 o participou do Torneio Cinquentenário, em homenagem aos 50 anos de fundação da cidade de Anápolis, contra o Goiás, Anápolis e a Anapolina.

O Gigante do Jundiaí acabou por se classificar para a decisão, mas tevê uma excursão. Então, a solução foi convidar o Anapolina, que usando as camisas do Ipiranga, venceu o Anápolis na final por 3 a 2.

Em 1959 e 1962, faturou o Bicampeonato da Cidade de Anápolis. No dia 31 de agosto de 1963, foi inaugurado o primeiro estádio de Anápolis. E o estádio Irani Ferreira Barbosa, viu o Ipiranga vencer o Uberlândia por 2 a 0.

Em 1978, o clube participou pela última vez do Campeonato Goiano da 1ª Divisão. Com o clube desativado e por sempre existir uma grande cordialidade com a Anapolina, e os antigos torcedores do Ipiranga torcem hoje pelo time Rubro.

Em 2006, o Ipiranga possuía uma R$ 2,8 milhões de impostos à Prefeitura Municipal, após longos anos de inadimplência. O resultado foi que o clube foi a leilão. Contudo, a melhor oferta pela sede foi cerca de 1 milhão de reais, valor considerado irrisório, diante da dívida anual de R$ 190 mil.

A avaliação imobiliária do clube, chega as R$ 2,7 milhões. A Administração Municipal e as partes interessadas estão em constante diálogo em busca de solução para o caso. Uma opção é a adjudicação da área para o Município, de modo a permitir sua utilização por parte da Prefeitura.

TÍTULOS

Citadino de Anápolis: 1957, 1959, 1963, 1968 e 1975;

Torneio Início da cidade de Anápolis: 1962;

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho – Wikipédia 

 

Como não foi possível redesenhar o Corinthians e o Goiás, ambos de Rio Verde, segue as páginas relacionadas as essas equipes.

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

O Goianésia Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Goianésia (GO).O ‘Azulão do Vale’ foi Fundado no dia 28 de Março de 1955. A sua Sede fica localizada na Rua 39, 375, no Bairro Santa Luzia. A equipe manda os seus jogos no Estádio Valdeir José de Oliveira, com capacidade  para 6 mil pessoas.

O Goianésia participou do Campeonato Goiano da 1ª Divisão em 10 oportunidades: 1971, 1984, 1986, 2000, 2001, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015. Na Segundona do Goianão foram 24 participações: 1980, 1981, 1982, 1983, 1985, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1997, 1998, 1999, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010.

Em 2013 o Goianésia foi a grande surpresa do último Campeonato Goiano. Com jogadores experientes, como Romerito e Nonato e Paulo Almeida bicampeão brasileiro pela equipe do Santos, o Azulão do Vale figurou entre as principais equipes desde as primeiras rodadas.

No fim, a terceira colocação foi a melhor da história do clube, que se classificou para o Campeonato Brasileiro Série D de 2013 e para a Copa do Brasil 2014.

As melhores colocações foram um 3º e 4º lugares, no Campeonato Goiano da 1ª Divisão, em 2013 e 2014 respectivamente. Já no Estadual da Série B foram três vice-campeonatos: em 1993, 1999 e 2010.

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho - Wikipédia – Página do clube no Facebook

 

São Luiz Futebol Clube é uma agremiação da cidade de São Luís de Montes Belos (GO). O ‘Galo da Montanha’ foi Fundado em 1953, tem a sua Sede na Rua Rio Vermelho, 391, no  Bairro Vila Eduarda, em São Luís de Montes Belos.

O São Luiz FC participou do Campeonato Goiano da 1ª Divisão em três oportunidades: 1963, 1964 e 1970. Já no Estadual da Série B, foram quatro participações: 1991 (8º lugar), 1992 (5º lugar), 1993 (3º lugar) e 1996 (2º lugar).

O ‘Galo da Montanha’ debutou no Campeonato Goiano da 1ª Divisão de 1963, e fez uma campanha regular. No entanto, na temporada seguinte, o time não conseguiu se manter na elite, terminando na 12ª e última colocação, com 10 pontos em 22 jogos (quatro vitórias, dois empates e 16 derrotadas; marcando 21 gols e sofrendo 55).

O retorno aconteceu em 1970, com uma boa campanha. O São Luiz FC terminou na 9ª posição (foram 23 jogos, com 16 pontos: três vitórias, dez empates e dez derrotas; assinalando 19 gols e sofrendo 33 tentos).

Em 1971, a Federação Goiana de Futebol (FGF), criou o Torneio Classificatório para definir as equipes que disputaram o Campeonato Goiano da 1ª Divisão daquele ano. O São Luiz FC caiu no Grupo com Jataiense e Rio Verde, e apenas o campeão se classificaria. E acabou em 2º lugar, atrás do Jataiense que venceu os quatro jogos.

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho - Rsssf Brasil – Wikipédia

 

O Itumbiara Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Itumbiara (GO). O ‘Tricolor da Fronteira’ foi Fundado no dia 09 de Março de 1970. A sua Sede fica localizada na Rua Dona Dulica, 29, no Centro da cidade. A equipe manda os seus jogos no  Estádio JK, com capacidade para 30 mil pessoas.

Foi campeão estadual goiano em 2008 e ganhou o direito de disputar a Copa do Brasil em 2009. Jogou contra o Corinthians em um jogo que marcou a estreia oficial do jogador Ronaldo Fenômeno no time paulista após vários anos jogando na Europa.

Na década de 60, Itumbiara possuía duas equipes de futebol que proporcionava o clássico denominado “NAGO(Nacional x Goiás). A rivalidade se expandiu não apenas no âmbito esportivo, mas inclusive no aspecto político partidário.

O Goiazinho não conseguindo acesso á primeira divisão e o Nacional amargando a queda para a segunda divisão motivaram, sobretudo o Sr. Modesto de Carvalho (membro da diretoria do nacional), a mobilizar a junção destas duas equipes com propósito de criar uma equipe mais competitiva e expressiva objetivando o envolvimento mais intenso e fiel dos torcedores.

No dia 4 de março de 1970, o Nacional Esporte Clube e o Goiás Esporte Clube reuniram-se para trata do afastamento de ambos das atividades profissionais junto á federação goiana de futebol cedendo seus patrimônios a títulos de empréstimo á nova entidade que surgia:Itumbiara Esporte Clube.

No dia 9 de março, às 19:30 horas, desportistas de Itumbiara, sócios do Goiás e do Nacional, reuniram-se para fundar a nova agremiação. Na mesma reunião decidiram aproveitar o azul do Goiazinho e o vermelho e branco do Nacional resultando assim no “tricolor“.

 

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho - Wikipédia

 

 

O Anápolis Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Anápolis (GO). A sua Sede fica  localizado na Avenida Brasil Central, s/n, no Bairro Boa Vista. O Galo da Comarca manda os seus jogos no Estádio Jonas Ferreira Alves Duarte, com capacidade para 14.400 lugares.

Fundado no dia 1º de Maio de 1946, por um grupo de carroceiros. Inicialmente, adotou o nome de Operário Futebol Clube. A ideia era de criação de um ‘Time do Povão’, para competir com outro já existente, a Anapolina, que era considerado o time da elite.

O time foi crescendo ano após ano e, em 1947, conquistou o seu primeiro título do Campeonato Goiano da 1ª Divisão, quebrando um tabu. Pela primeira vez um time do interior ganhava o campeonato que não é reconhecido pela federação goiana de futebol. Em 1951 muda de nome e passa a ser o Anápolis Futebol Clube.

Tudo isso porque o time que se chamava até então Anápolis mudara o seu nome para Anapolina. Mas a adoção do nome Anápolis F.C. não mudou o futebol de seus jogadores, que continuava a crescer a cada ano. Desta forma, ele conquistou o Campeonato Regional de 1954.

Na década de 1960, o Anápolis já era bastante conhecido e tinha vários apelidos, dentre os quais Galo da Comarca, Tricolor da Manchester e Time dos Carroceiros. Grandes desportistas comandaram o clube, como João Bezze, Munir Calixto, Altino Teixeira de Moraes, Amim Gebrim, Osvaldo Cunha Soares, Ronaldo Jaime, Sebastião Richelieu da Costa e Fadel Skaff. Em 1961, conquistou o vice-campeonato do primeiro torneio octogonal e finalizou nessa data sua fase de amadorismo.

Em 1965, sagra-se campeão Campeonato Goiano da 1ª Divisão pela segunda vez, vencendo o Vila Nova por 3 a 2 em uma virada histórica, no estádio Jonas Duarte. Nesse dia, recebendo público recorde, a torcida foi ao delírio quando o time entrou em campo, com: Sorriso, Nina, Osmar, Paraguaio e Áli; Genésio e Eudécio; Zezito, Dida, Nelson Parrila e Deca. No banco ficaram o goleiro Morais, Baiano, Wilson e outros craques. O técnico era Agnaldo Felisberto, o Caxambu. No ano seguinte disputou a Taça Brasil, sendo o primeiro clube do interior de Goiás a participar desta competição.

TÍTULOS

Campeão do Campeonato do Interior: 1947

Campeão do Super Campeonato Goiano: 1947*

Campeão Campeonato Goiano da 1ª Divisão: 1965;

Campeão do Torneio Início: 1966;

Campeão da Copa Goiás: 1967;

Campeão do Campeonato Goiano da 2ª Divisão: 1990 e 2012;

Campeão do Campeonato Citadino de Anápolis: 1954, 1958 e 2002;

Campeão do Seletiva Regional da Taça Brasil: 1966 e 1969.

Campeão do Torneio Octagonal Carlos Ribeiro do Nascimento: 1966;

Campeão do Torneio João de Queiroz: 1968;

Campeão do Torneio Incentivo: 1980;

Vice-campeão do Campeonato Goiano da 1ª Divisão: 1968, 1995, 1996 e 1998;

Vice-campeão do Campeonato Goiano da 2ª Divisão: 2002 e 2007;

* Segundo alguns jornais da época e o site Futebol de Goyaz, o Super Campeonato era o verdadeiro Campeonato Goiano, enquanto os Campeonatos Goianos que conhecemos na era amadora são meros citadinos.

 

Fontes: Wikipédia – Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

 

Escudo e uniforme atuais

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

 

 

 

Fontes: Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

O Pires do Rio Futebol Clube é uma agremiação do Município de Pires do Rio (GO). Com uma população de 30.469 habitantes (segundo o IBGE/2014), a ‘Cidade Poema’ fica a 145 km da capital goiana. A Locomotiva foi Fundada no dia 07 de Setembro de 1935, e possui a sua Sede na Rua Professor Zacharias, 56 – Bairro Colegial, em Pires do Rio. A equipe alvinegra manda os seus jogos no Estádio Edson Monteiro de Godoy, com capacidade para 5 mil pessoas.

O clube piresino disputou o Campeonato Goiano da 1ª Divisão em quatro oportunidades: 1952, 1991, 1992 e 1994. Já no Estadual da Série B, foram seis participações: 1989 (4º lugar), 1990 (2º lugar), 1995 (5º lugar), 1996 (1º lugar), 1998 (7º lugar) e 2000 (11º lugar).

Na sua estreia na elite do futebol goiano, em 1952, o Pires do Rio terminou na 4ª colocação (num total de seis clubes). nessa edição, a Locomotiva venceu o Goiás por 2 a 1 (15-06-1952) e o Atlético Goianiense por 3 a 0 (14-09-1952).

O retorno só aconteceu 39 anos depois, e o Pires do Rio repetiu o 4º lugar, no Goiano de 1991. Na temporada seguinte (1992), a equipe não repetiu a boa campanha e acabou na 10ª colocação. Em 1994, a Locomotiva saiu dos trilhos. Acabou na 18ª e última posição e foi rebaixado.

O seu único título aconteceu no Campeonato Goiano da Série B de 1996. O Pires do Rio FC foi campeão invicto. Com 14 pontos em seis jogos, com quatro vitórias e dois empates; marcando cinco gols e sofrendo apenas um.

 

Fontes:  Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

 

O Catalão Foot-Ball Club foi uma agremiação do Município de Catalão (GO). Fundado em 1913, a equipe catalano foi um dos primeiros clubes a surgirem em Goiás. Apesar de ficar a 256 km da capital goiana, na década de 10, Catalão possuía uma população de 30 mil habitantes mais do que o dobro de Goiânia (13 mil habitantes).

Enquanto o futebol ainda engatinhava, o Catalão Football Club já possuía um terreno para a construção de uma praça de esportes. Apesar de não ter participado oficialmente do Campeonato Goiano, o clube foi de estrema importância no desenvolvimento do futebol goiano.

 

Campeão Goiano ‘Extra-oficial’ em 1923

Abaixo um outro escudo do Catalão FBC, que não consegui identificar (apenas imagino como seja). Na dúvida, optei em não redesenhar para não criar um escudo ‘Fake’. Mas apresento para o caso de alguém enxergar melhor do que eu! Sobre as cores, o short é branco, camisa amarela com a gola e mangas na cor grená. O contorno do escudo é no estilo do ‘São Paulo F.C.’. O restante não consegui interpretar com exatidão.

 

Fontes e Fotos: Blog Nosso CatalãoPrimórdios do Futebol em Goiás de Cleber Dias - Livro ‘Arquivos do Futebol Goiano’, de autoria de João Batista Alves Filho 

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha