Toninho Sereno

 

O Lestinho Futebol Clube, do bairro da Água Rasa, Zona Leste da cidade de São Paulo, foi fundado na data de 1º de novembro de 1945.

Seus fundadores foram Dézio Guerra, José Preto, Antonio Guerra, José Pinheiro (Gariba), Albino Burion, José Ribeiro Miguel e Renaldo Esteves da Silva.

O Lestinho jogava no campo de futebol situado atrás do Cemitério Quarta Parada, onde também atuavam o Leste, o Leão do Norte, o Toledo Barbosa e o Redenção.

Sua sede fica na Rua Florindo Brás, número 56.

O Lestinho Futebol Clube, na foto de Campeão invicto do Torneio Varzeano de 1958, no Estádio do Pacaembu. Em pé: Mané (massagista), Soneca, Cascão, Cueca, Alcides, Edgar, Pascoal e Singilo (técnico); agachados: Nico Preto, Euclides, Mané, Paulinho e Nelsinho.

A equipe vice-campeã foi a S.E.R. 7 de Setembro, do bairro Freguesia do Ó

Fontes: Gazeta do Tatuapé, álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, meu acervo e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

 

https://youtu.be/5gOjYjnCGKo

https://youtu.be/YiMPclaoWPg

 

Fontes: meu acervo e Youtube

 

O RUVE – Recreativo União Vila Esperança Futebol Clube, do bairro de Vila Esperança – Zona Leste da Cidade de São Paulo, foi fundado na data 1º de janeiro de 1923.

Sua sede se situa na Rua Cumai número 170, no bairro de Vila Esperança.

O clube possui salão de festas na Rua Evans número 889, no mesmo bairro, onde também se pratica futebol de salão.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, site do clube e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

 

O Clube Desportivo e Recreativo São José, foi fundado na data de 13 de agosto de 1929.

O nome São José deve-se ao fato de que a maioria dos integrantes do time trabalhava na fábrica de juta São José.

Quando da fundação, sua denominação era Clube Esportivo e Recreativo São José, tendo sido alterada sua nomenclatura posteriormente.

O São José do Ipiranga possui diversas conquistas, dentre elas o honroso primeiro lugar obtido quando do torneio de inauguração do Estádio Municipal do Pacaembu no ano de 1940.

Hoje, sem o campo de futebol, que ficava na região da Rua Juntas Provisórias, o clube oferece outras recreações como bocha e xadrez, modalidades em que é associado às Federações Paulistas competentes.

Sua sede está estabelecida na Rua Dom Lucas Obes, 510, no bairro do Ipiranga.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, meu acervo e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

O Grêmio Recreativo Estrela do Ipiranga foi fundado na data de 15 de março de 1938.

Nos anos sessenta, o clube ficou conhecido como o “Terror da Várzea”, devido a inúmeras vitórias conseguidas, tendo, inclusive, se sagrado campeão varzeano no ano de 1961.

A especulação imobiliária, que avançou pelo nobre bairro do Ipiranga, fez com que o Estrela perdesse seu campo e também que fechasse as portas do departamento de futebol.

Atualmente o clube se dedica apenas a jogos de salão.

Hoje, a sede do Estrela, está situada na Rua Gama Lobo, 1056.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, google maps, meu acervo e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

A Sociedade Esportiva Palmeirinha do Carandiru, foi fundada na data de 21 de abril de 1946.

Sua sede se situa na Rua Taquara Branca, número 245, no bairro do Carandiru, na Zona Norte da cidade de São Paulo.

Porém, durante vários anos, sua sede social funcionou na Rua Maria Cândida, próximo a sede atual.

Seu campo de futebol era localizado na Rua Miguel Mentem, onde hoje está instalado o Shopping Center Norte.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, site do clube e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

Na maioria dos jogos que disputou, a formação da equipe campeã foi a seguinte:

Rachou, Urbano e Salerno. A. Rhein, T. Collet e O. Egydio. W. Meirelles, Eurico, Irineu. M. Egydio e Deodoro.

Fonte: Correio Paulistano

 

O Esporte Clube Vila Monumento foi fundado na data de 6 de dezembro de 1924.

Sua sede se situava na Rua Doutor José Maria Azevedo número 163, no bairro do mesmo nome, divisa com o bairro do Ipiranga.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, meu acervo e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

O Sport Lisboa e Benfica do Brasil, do bairro de Vila Maria, Zona Norte da cidade de São Paulo, foi fundado na data de 9 de julho de 1938.

Seu estádio se situa na Avenida Morvan Dias de Figueiredo número 213, próximo a Marginal do Rio Tietê.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, o historiador Waldevir Bernardo (Vie), meu acervo e google maps.

 

O Paulista Sport Club, da cidade de São Carlos, conhecido como “Águia de Aço”, foi fundado na data de 1º de setembro de 1903.

Foi o pioneiro dos clubes da cidade e o segundo clube de futebol mais antigo do interior do Estado.

Seu estádio foi inaugurado na data de 21 de março de 1926. O jogo inaugural foi um amistoso realizado contra o Club Athletico Paulistano, da Capital. O Paulistano venceu por 1 a 0, gol de Seixas.

Nos anos quarenta incorporou o Ruy Barbosa Futebol Clube, o “Azulão”, que havia sido fundado no ano de 1929.

O Paulista Sport Club sagrou-se campeão do Campeonato Amador de São Carlos nos anos de 1931 (invicto), 1942, 1944, 1946 e 1947.

Posteriormente, na data de 21 de março de 1951, o Paulista foi incorporado pelo São Carlos Clube.

 

Fontes: A Gazeta, Diário Nacional, Correio Paulistano e wikipedia.

 

Fonte: A Gazeta

 

O Club Athletico Villa Nova Mazzei, do bairro de Vila Mazzei, foi fundado na data de 20 de setembro de 1925.

O “Tigre da Cantareira”, como era conhecido, teve uma participação no campeonato paulista, mais precisamente na 2ª divisão no ano de 1935.

Conforme artigo publicado na data de 30 de maio do corrente, o Vila Mazzei sagrou-se o grande campeão da “Taça de São Paulo de 1931”, campeonato organizado pelo jornal A Gazeta, em que participaram 203 agremiações.

Sua sede se situa na Rua Manuel Gaya número 375, Vila Mazzei, porém, atualmente, o clube se dedica apenas a boccia.

Fontes: A Gazeta, Diário Nacional, Correio de São Paulo, Correio Paulistano e livro “Os Esquecidos – Arquivos do Futebol Paulista”, de Rodolfo Kussarev.

 

O Club Athletico Sant´Anna, do bairro de Santana, foi fundado nos anos vinte e, inicialmente, chamou-se Estrella do Norte Football Club.

Integrou a 2ª Divisão do Paulista no ano de 1926.

Conforme artigo publicado na data de 30 de maio do corrente, o Tricolor da Zona Norte ficou com o vice-campeonato da “Taça de São Paulo de 1931”, campeonato organizado pelo jornal A Gazeta, em que participaram 203 agremiações.

A final (melhor de três pontos) foi realizada contra o Club Athletico Villa Nova Mazzei, que se sagrou campeão do torneio.

Fontes: A Gazeta, Diário Nacional, Correio Paulistano, Correio de São Paulo e livro “Os Esquecidos – Arquivos do Futebol Paulista”, de Rodolfo Kussarev.

 

Fonte: A Gazeta

 

No ano de 1931 o jornal A Gazeta, da cidade de São Paulo, organizou um grande campeonato de futebol envolvendo clubes amadores, onde se inscreveram e participaram duzentas e três agremiações, a seguir relacionadas:

RELAÇÃO DOS CLUBES INSCRITOS E RESPECTIVOS BAIRROS

 

001 – ATLÂNTICO F.C. – Canindé

002 – CISPLATINA F.C. – Ipiranga

003 – C.A. FLUMINENSE – Lapa

004 – A.A. 5 DE JULHO – Villa Esperança

005 – C.A. TURUNAS TIETÊ – Belém

006 – PRIMAVERA F.C. – Penha

007 – E.C. LEÃO DA SOROCABANA – Barra Funda

008 – UNIÃO R. AZ DE OURO F.C. – Moóca

009 – E.C. FLOR DA VILLA EDE – Villa Ede

010 – E.C. VILLA MONUMENTO – Villa Monumento

011 – A.A. BIQUINHA DE OURO – Braz

012 – E.C. ITAQUERA – Itaquera

013 – C. FLORIANOPOLIS – Villa Marianna

014 – A.A. MASCOTTE – Sant´Anna

015 – ATHLETICO JUVENTUS F.C. – Villa Marianna

016 – ELDORADO F.C. – Itaquera

017 – E.C. LIBERTAS – Braz

018 – E.C. MINERVA – Bella Vista

019 – A.A. SERRA MORENA – Canindé

020 – C.A. FLOR DA ALEGRIA – Braz

021 – VILLA MARIA F.C. – Villa Maria

022 – A.A. NOVA YORK – Jardim Paulista

023 – E.C. CENTENARIO – Bom Retiro

024 – E.C. DEMOCRATICO – Casa Verde

025 – E.C. 21 DE MAIO – Casa Verde

026 – BANDEIRANTE BRASIL F.C. – Acclimação

027 – UNIÃO F.C. – Barra Funda

028 – EDU CHAVES F.C. – Edu Chaves

029 – C.A. VILLA MONTE ALEGRE – Villa Monte Alegre

030 – TUPY F.C. – Jardim Paulista

031 – HORIZONTE F.C. – Glycério

032 – FLOR DA ACCLIMAÇÃO F.C. – Acclimação

033 – E.C.R. GUARANY – Jardim América

034 – A.A. VICTORIA – Braz

035 – C.A. LAPA – Lapa

036 – UNIÃO A. 24 DE OUTUBRO – Braz

037 – A. CAPRICHOSOS F.C. – Villa Azevedo

038 – UNIÃO FLORESTA F.C. – Villa Prudente

039 – E.C.A. CONCORDIA – Bom Retiro

040 – JUVENTUS FLOR DO MAR – São Bernardo do Campo

041 – G.R. LUIZ GAMA F.C. – Aclimação

042 – C.A. BELLO HORIZONTE – Braz

043 – C.A. VILLA BUARQUE – Villa Buarque – Santa Cecília

044 – FLOR DA ÁGUA BRANCA F.C. – Água Branca

045 – A.A. FLAMENGO – Lapa

046 – C.A. XI PAULISTAS – Moóca

047 – TRÊS DE MAIO F.C. – Consolação

048 – E.C. SOROCABANOS – Ipiranga

049 – C.A. FLAMENGO DA 5ª Parada – Belém

050 – C.A. 25 DE NOVEMBRO – Cantareira

051 – ELECTRO AÇO PAULISTA A.C.R. – Jardim Paulista

052 – C.E. SÃO JOSÉ – Ipiranga

053 – BOTAFOGO F.C. – Sant´Anna

054 – E.C. LIBERTADORES – Braz

055 – ALLIANÇA LIBERAL F.C. – Santo Amaro – Indianópolis

056 – SANTA MARIA F.C. – Santa Cecília

057 – C.E.R. CHORA MENINO – Chora Menino

058 – RUGGERONE F.C. – Água Branca

059 – C.A. DEMOCRATICO – Carandiru

060 – ÁGUA FUNDA F.C. – Água Funda

061 – A. BANDEIRANTES DE MOÇOS – Cambucy

062 – A.A. LUA NOVA – Cambucy

063 – E.C. OLAVO BILAC – Ipiranga

064 – E.C. PAULISTA – São Caetano do Sul

065 – A.A. ASSUCENA – Bairro do Limão

066 – A. MOÓCA F.C. – Moóca

067 – E.C. CAMERINO – Barra Funda

068 – E.C. MARCONI – Luz

069 – A.A. PALMEIRINHA – Cambucy

070 – A.A. SÃO JOSÉ – Belém

071 – SUL AMERICA F.C. – Bom Retiro

072 – E.C.R. 8 DE MAIO – Casa Verde

073 – UNIÃO UNIVERSAL F.C. – Casa Verde

074 – G.D.R. ATLAS – Villa Marianna

075 – C.A. VILLA BRASIL

076 – A.A. PALMEIRAS – Água Branca

077 – VILLA ZILDA F.C. – Braz

078 – A.A. PAULISTANA – Parque São Jorge

079 – A.E. CAMBUCYENSE – Cambucy

080 – E.C. ONZE DE AGOSTO – Glycerio

081 – ALMIRANTE TAMANDARÉ F.C. – Cambucy/Glicério

082 – JACEGUAY F.C. – Bella Vista

083 – DEMOCRATICO F.C. – Villa Nova Conceição

084 – C.A. BARRA FUNDA – Barra Funda

085 – A.A. 5 DE OUTUBRO – Moóca

086 – E.C. TEUTONIA – São Caetano do Sul

087 – G.D.R.E. CARLOS GOMES – Barra Funda

088 – E.C. JARDIM – São Bernardo do Campo

089 – E.C. SABRATI – Braz

090 – AMERICA F.C. – Villa Marianna

091 – VILLA HARDING F.C. – Tucuruvy

092 – C.A. PIQUERY – Freguesia do Ó

093 – C.A. PARADA INGLEZA – Parada Ingleza

094 – A.A.R. VILLA AZEVEDO – Villa Azevedo

095 – LUZO PALESTRA F.C. – Pinheiros

096 – JARDIM PAULISTA F.C. – Jardim Paulista

097 – TRIESTE F.C. – Belém

098 – A.A. RUY BARBOSA – Bella Vista

099 – DEMOCRATICO ITAQUERENSE F.C. – Itaquera

100 – SOUZA F.C. – Jardim Paulista

101 – SÃO JOÃO F.C. – Canindé

102 – E.C. SANTA CRUZ – Ipiranga

103 – E.C. FAISCA DE OURO – Barra Funda

104 – C.A. ACCLIMAÇÃO – Acclimação

105 – E.C. HONORIO DE MAIA – Belém

106 – C.A. FALCÃO PAULISTA – Moóca

107 – UNIÃO RADIUM F.C. – Belém

108 – A.A. PAULISTA – Moóca

109 – C.A. ITACOLOMY – Belém

110 – A.A. SALDANHA DA GAMA – São Caetano do Sul

111 – SANTA MARINA F.C. – Água Branca

112 – ELITE ITAQUERENSE F.C. – Itaquera

113 – A.A. COLOMBO – Barra Funda

114 – E.C. SÃO BENTO – Sant´Anna

115 – C.A. ARICANDUVA – Aricanduva

116 – PALMEIRAS F.C. – São Bernardo do Campo

117 – G.D.R. VASCO DA GAMA – Villa Guilherme

118 – S. UNIÃO PORTUGUEZA DE E. – São Bernardo do Campo

119 – A.A. ALMIRANTE BARROSO – Ipiranga

120 – BOTAFOGO F.C. – Belém

121 – C.A.R. ESTADOS UNIDOS – Barra Funda

122 – AQUIDABAN F.C. – Santa Cecília

123 – C.A. TUCURUVY – Tucuruvy

124 – ÁGUA BRANCA F.C. – Água Branca

125 – A.A. VASCO DA GAMA – Jardim Europa

126 – SÃO CHRISTOVAM F.C. – Braz

127 – A.A.R. CALIFORNIA – Belém

128 – E.C. GLORIOSO – Jardim América

129 – A.A. PARAHYBA – Braz

130 – C.A. PAULISTANO – Lapa

131 – E.C. HUMBERTO I – Villa Marianna

132 – E.C. SÃO PAULO – Braz

133 – E.C. CORINTHIANS BERTIOGA – Braz

134 – C.A. SÓS – Bella Vista

135 – PAULISTA F.C. – Villa Marianna

136 – ATLAS LAGEADENSE F.C. – Lageado

137 – C.A. PORTUGUEZ – Lapa

138 – A.A. CASALE PAULISTA – Cambucy

139 – A.A. TROPICAL – São Caetano do Sul

140 – E.C. FIAÇÃO – Santo Amaro/Indianópolis

141 – C.A. FIDALGOS – Cantareira

142 – A.A. SAMARONE – Cambucy/Glicério

143 – PAZ E UNIÃO F.C. – Ipiranga

144 – E.C. OLAVO EGYDIO – Sant´Anna

145 – PAULISTA F.C. – Acclimação

146 – GARIBALDI F.C. – Barra Funda

147 – E.C. INDIANOPOLIS – Indianopolis

148 – BARQUEIROS F.C. – Pinheiros

149 – E.C. BUTANTAN – Butantan

150 – BANDEIRANTES F.C. – Acclimação

151 – UNIÃO SANT´ANNA F.C. – Sant´Anna

152 – E.C. FLOR DO BOSQUE – Barra Funda

153 – C.A. BANDEIRANTES – Bom Retiro

154 – ROYAL F.C. – Bom Retiro

155 – C.A. BANDEIRANTES – Lapa

156 – E.C. UNIÃO LAVAPÉS – Glycério

157 – A.A. EDEN BRASIL – Bom Retiro

158 – A.A. FLOR DE ITAHYN – Itahyn

159 – IDEAL DE MARTE F.C. – Canindé

160 – PHENIX F.C. – Moóca

161 – E.C. SAMPAIO MOREIRA – Tatuapé

162 – E.C. BRAZ PALMEIRAS – Braz

163 – A. BRASIL F.C. – São Caetano do Sul

164 – C.A. OSASCO – Osasco

165 – E.C. MACHADO DE ASSIS – Villa Marianna

166 – C.A. FLOR DA MOCIDADE – Villa Clementino

167 – E.C. CORINTHIANS VARZEANO – Pinheiros

168 – VITAL BRASIL F.C. – Pinheiros

169 – E.C.R. JOÃO PESSOA – Pinheiros

170 – BELLO HORIZONTE F.C. – Luz

171 – C.A. PENHENSE – Penha

172 – GUAYANAZES F.C. – Lapa

173 – E.C. SANTOS

174 – C.A. SANT´ANNA – Sant´Anna

175 – UNIÃO VASCONCELLOS F.C. – Cambucy/Glycério

176 – C.A. VILLA NOVA MAZZEI – Villa Mazzei

177 – C.A. ROSARIO

178 – GLETTE F.C. – Santa Cecília

179 – C.A. SOUZA LIMA – Luz

180 – BRAZ CUBAS CLUBE

181 – A.A. GRAPHICA DE ESPORTES – Centro

182 – A.A. BELLA CINTRA – Villa America

183 – MONTE VERDE F.C. – Belém

184 – A.A. OLYMPICA – Bom Retiro

185 – GUAYCURUS F.C. – Lapa

186 – BANDEIRANTES BARCEANOS F.C.

187 – JACARÉ F.C. – Água Branca

188 – C.A. BOM PASTOR – Ipiranga

189 – S. PEDRO CLUBE – Cantareira

190 – A.A. CRUZ VERMELHA – Indianópolis

191 – A.A. GUAYAUNA – Penha

192 – FLOR DO JARDIM AMÉRICA – Jardim América

193 – CERAMICA F.C. – São Caetano do Sul

194 – RUBENS SALLES F.C. – Villa Clementino

195 – E.C. 1º DE MAIO – Pinheiros

196 – ITALO LUZITANO F.C. – Pinheiros

197 – C.A. PIRACICABANO – Barra Funda

198 – A.A. GUAPIRANA – Cantareira

199 – MADRID F.C. – Belém

200 – GENERAL COUTO DE MAGALHÃESF.C. – Jardim Paulista

201 – GUARANY A.C.

202 – PAVILHÃO PAULISTA F.C. – Jardim Paulista

203 – BOASSAVA F.C.

 

Após muitos domingos e diversas eliminatórias, classificaram-se para a grande final as equipes do Club Athletico Villa Nova Mazzei e do Club Athletico Sant´Anna, ambas representantes dos bairros que lhes emprestavam os nomes. O título de campeão foi disputado em uma melhor de três pontos, sagrando-se campeã a agremiação da Villa Mazzei.

 

MELHOR DE TRÊS

PRIMEIRA PARTIDA

Data do jogo: 26 de dezembro de 1931 – Sábado

C.A. Villa Nova Mazzei 2 x 1 C.A. Sant´Anna

Local: Chácara da Floresta

Início: a noite

Juiz: Thomaz Clearelli (1º tempo) e J. Chiavone (2º tempo)

Gols: Seraphim e Caetano (CAVNM) e Gallett (CAS)

VILLA MAZZEI – Ismael, Orlando e Ophir. Parras, Ilhéo e Vallão. Seraphim, Caetano, Dudu, Armandinho e Mellinho.

SANT´ANNA – Paula, Anagé e Persio. Bahiano, Bottacini e Tony. Apparicio, Armandinho, Nino, Paulo e Gallett.

 

Antes do jogo principal foram realizadas duas preliminares:

1ª preliminar: C.A. Tucuruvy (Tucuruvy) x Bello Horizonte F.C. (não consegui o resultado)

2ª preliminar: A.A. Casale Paulista (Cambucy) 3 x 3 E.C. Humberto I (Villa Marianna)

 

SEGUNDA PARTIDA

Data do jogo: 6 de janeiro de 1932 – Quarta-feira

C.A. Villa Nova Mazzei 4 x 0 C.A. Sant´Anna

Local: Parque Antarctica

Início: 17 horas

Juiz: Attilio Grimaldi

Gols: Seraphim e Dudu (3) (CAVNM)

VILLA MAZZEI: Ismael, Haroldo e Ophir. Parras, Ilhéo e Vallão. Seraphim, Caetano, Dudu, Armandinho e Mellinho.

SANT´ANNA – Paula (Rotondi), Anagé e Persio. Bahiano, Canhoto e Tony. Apparicio, Armandinho, Nino, Paulo e Gallett.

 

Antes do jogo principal foram realizadas duas preliminares:

1ª preliminar: C.A. Lapa (Lapa) 2 x 1 C.A. Barra Funda (Barra Funda)

2ª preliminar: Extra Palestra (Parque Antarctica) 3 x 1 E.C. São Paulo (Braz)

 

 

CAMPEÃO: Club Athletico Villa Nova Mazzei

 

VICE-CAMPEÃO: Club Athletico Sant´Anna

OBS: foi preservada a escrita da época

Fontes: A Gazeta, Correio Paulistano, Correio de São Paulo e Diário Nacional

 

O Roma Football Club, do bairro da Água Branca, foi fundado na data de  1º de junho de 1918.

O clube era conhecido como o time dos “cardeaes” (escrita da época), numa alusão as cores vermelho e branco do seu uniforme.

Tinha seu campo na Rua Moxell e no ano de 1930 inaugurou sua sede na Rua Guaycurus número 121, onde realizou uma festa para a rainha da agremiação.

O Roma Football Club participou dos campeonatos paulistas de futebol em nove oportunidades, sendo quatro delas na 3ª divisão, nos anos de 1923, 1924, 1925 e 1928 e cinco delas na 2ª divisão, nos anos de 1927, 1929, 1930, 1931 e 1932.

FONTES: A Gazeta, Diário Nacional, Correio Paulistano e Almanaque do Futebol Paulista.

 

O Esporte Clube Humberto Primo, do bairro de Villa Marianna, foi fundado na data de 1º de setembro de 1919.

O nome do clube é uma homenagem a  Humberto Primo de Savoya, rei da Itália entre os anos 1878 e 1900.

Seu primeiro campo para a prática do futebol situava-se na Rua França Pinto número 135, no bairro de Villa Marianna.

Esse estádio foi inaugurado na data de 22 de junho de 1931.

Disputou os campeonatos paulistas em cinco oportunidades, sendo três delas na 2ª Divisão, nos anos de 1932, 1933 e 1934 e duas na 1ª Divisão, nos anos de 1935 e 1936.

Esporte Clube Humberto Primo no ano de 1936 – A Gazeta

Quando da 2ª Guerra Mundial, os clubes que ostentavam nomes estrangeiros foram obrigados a mudar suas denominações.

Desta forma, na data de 30 de outubro de 1942, o Esporte Clube Humberto Primo mudou seu nome para Esporte Clube Vila Mariana.

Atualmente sua sede se situa na Rua Domingos de Moraes número 1768, no bairro de Vila Mariana.

Fontes: A Gazeta, Diário Nacional, Correio Paulistano, Almanaque do Futebol Paulista e site do clube.

 

O Clube Atletico Parque da Moóca foi fundado na data de 26 de agosto de 1924 por imigrantes e descendentes de espanhóis da família Gongora e por alguns amigos.

Sua sede se situa na Rua Padre Raposo número 837, no bairro da Moóca, na Zona Leste da cidade de São Paulo.

foto: Diário Nacional – 1932

Foram estas suas participações nos campeonatos paulistas:

1929 – Divisão Municipal da APEA

1931 – Campeonato Municipal da APEA – equivalente a 4ª Divisão

1932 e 1933 – 2ª Divisão da APEA – campeão em 1932, com direito ao acesso a 1º Divisão

1934 – 1ª Divisão da APEA

1968 e 1969 – Campeão amador da Cidade de São Paulo

1971 – Campeão amador do Estado de São Paulo

Nos anos de 1979 e 1980 aventurou-se no futebol profissional

1979 – 5ª Divisão da Federação Paulista de Futebol

1980 – 3ª Divisão da Federação Paulista de Futebol – neste ano foi campeão da 1ª Taça São Paulo

Equipe campeã da 2ª Divisão da APEA, no ano de 1932

foto: A Gazeta – 1933

Fontes: Diário Nacional, Correio Paulistano, A Gazeta e site do clube.

 

O Club Athletico São Paulo Gaz foi fundado na data de 25 de maio de 1928, e era filiado a ACEA (Associação Commercial de Esportes Athleticos), da cidade de São Paulo.

Inicialmente sua sede se situou na Rua do Carmo, no Centro da cidade e, posteriormente, foi transferida para a Rua do Gazometro, 126, no bairro do Braz.

 

Os GAZISTAS, como eram conhecidos, possuíam estádio de futebol situado na Avenida do Estado, no bairro do Braz, o qual era mantido pela Companhia de Gaz de São Paulo.

O estádio foi inaugurado na data de 21 de maio de 1932. Nesse dia o São Paulo Gaz enfrentou a equipe do Club Athletico Britannia e venceu pelo placar de 4 a 0.

O árbitro foi o senhor Francisco Ganovez Sobrinho.

Os gols foram marcados por Edmundo, Cayuba, Moreno e Cesar, nessa sequência.

As equipes assim alinharam:

SÃO PAULO GAZ: Mathias, Orestes e Bertinelli. Josias, Cayuba e Edmeu. Edmundo, Victorino, Puttin, Cesar e Moreno.

BRITANNIA: Skinner, Lipdhim e Chitchester. Tairot, Pettigrew e Melvile. Toal, Hilton, Jamieson, Maclean e Dowaldsch.

OBS: A denominação Club Athletico São Paulo Gaz foi encontrada escrita dessa forma no Almanaque Esportivo Olympicus, do autor Tomaz Mazzoni, publicado no ano de 1943.

Entretanto, cumpre informar que, em todas as citações feitas a esse clube, encontradas nos diversos periódicos consultados, a denominação é São Paulo Gaz Futebol Clube.

Fontes: Diario Nacional, A Gazeta, Correio Paulistano e Almanaque Esportivo Olympicus, de Tomaz Mazzoni.

 

O União Vasco da Gama Futebol Clube, do bairro da Moóca, na cidade de São Paulo, foi fundado na data de 1º de maio de 1924.

Foto de 1929 do jornal A Gazeta

O clube teve nove participações no campeonato paulista, nos seguintes anos e divisões: 1927 (3ª), 1928 (2ª), 1929 (2ª), 1931 (4ª), 1932 (4ª), 1935 (2ª), 1938 (2ª) 1939 (2ª) e 1940 (2ª).

Anos 60

Antiga e histórica sede do clube, situada na Rua da Moóca, 3297.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, o historiador Waldevir Bernardo (Vie), Portal da Moóca, A Gazeta, e Almanaque do Futebol.

 

Fonte: A Gazeta

 

 

A Associação Atlética Açucena foi fundada na data de 8 de agosto de 1924.

Tinha sua sede estabelecida na Avenida Thomaz Edson número 2352, no bairro do Limão, Zona Norte da Cidade de São Paulo.

O clube era conhecido como “O Mais Querido da Várzea”.

Na reunião realizada para a fundação desse clube, havia dúvidas quanto ao nome que ele receberia. Naquela época, havia existido no bairro vizinho da Barra Funda, uma agremiação carnavalesca denominada AÇUCENA CLUBE, que um mês antes havia sido extinta. Foi sugerido esse nome, que teve aceitação geral.

Os fundadores da Associação Atlética Açucena foram os senhores Antonio Carvalho Leite, Bruno Barbosa, Manoel Fernandes Balsero, Eugenio Cavalini, Aparício da Silva, Fernando Iacovantuono, Salvador Iacovantuono (primeiro presidente), José Fernandes Mourão, Antonio da Silva, José A. Luciano, Salustiano da Silva (Lilico), Tarquinio Belmonte e Domingos Rosa.

Primeiro jogo: A.A. Açucena 2 x 1 União Progresso da Casa Verde (o famoso Esmaga Sapo).

Estreia do uniforme: A.A. Açucena 1 x 1 Sete de Setembro F.C. (Freguesia do Ó).

A A.A. Açucena formou com Henrique, Fernando e Zé Bento. Bruno, Salvador e Medaglia. Aparício, Tarquinio, Lilico, Tonico e Eugenio.

Significado de Açucena

Açucena é uma planta que pode corresponder ao gênero Amaryllis, Hippeastrum, Worsleya e Zephyranthes, da família das amarilidáceas. A flor desta planta, originária da América do Sul, também é conhecida como amarílis, flor-de-lis do Japão e flor-de-lis de São Tiago.

Fontes: “A Gazeta Esportiva Ilustrada”, revista “Futebol Total-Futebol Amador Varzeano” álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, significados.com.br e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

 

OBS: a história do clube já está inserida neste blog.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60 e o historiador Waldevir Bernardo (Vie).

 

Na data de 6 de julho de 1932, quando se iniciava a Revolução Constitucionalista de 1932, a Associação Athletica Alpargatas trocou seu nome para Clube Atlético Albion,  sendo certo que este clube desligou-se por completo da fábrica que lhe emprestava o nome.

Com a revolução, as atividades futebolísticas de todos os clubes paulistas sofreram um recesso, somente retomadas no final daquele ano.

E no início do ano de 1933, o Clube Atlético Albion disputou com o Luzitano Futebol Clube, numa melhor de duas partidas, o título de campeão da Primeira Divisão do futebol de São Paulo.

Na primeira partida aconteceu um empate por um ponto.

E na data de 15 de janeiro de 1933, no campo do Sport Club Internacional, o Clube Atlético Albion venceu o Luzitano Futebol Clube pelo placar de 4 a 1, sagrando-se o campeão de 1932, título esse que lhe garantiu o acesso a Divisão de elite de São Paulo.

Nessa partida final, as equipes assim alinharam:

ALBION: Rêde, Batata e Cachimbo. Sebastião, Nino e Moura. Frederico, Imparato, Celeste, Renato e Rolando.

LUZITANO: Rodrigues, Alfredo e Roxo. Accacio, Nobre e Accacio II. Paulo, Tatu, Toneco, Bianchini e Serrone.

 

Fonte: A Gazeta.

 

 

 

 HISTÓRIA

Segundo relatos históricos de Jacomo Alves com 84 anos de idade.

O Vasco começou com a junção de Sacadura Cabral e Gago Coutinho e foi batizado de Grêmio Dramático Recreativo Vasco da Gama por Antônio Borges, aonde o Dramático origina-se de que o clube realizava peças dramáticas antecipando os bailes.

O primeiro campo do Vasco foi na Rua Padre Caldas Barbosa na década de 20 e teve passagem de grandes jogadores, dando ênfase ao time tri-campeão da liga de Santana (João Xatulé, Brasílio, Pereirinha, Filhote, Toninho da Chácara, China, Olívio, Diamantino, Angé, Ulisses, Tatu, Agostinho, De Maria etc…). Foi com esse time em que o clube ficou conhecido, aonde até as mulheres e crianças ocupavam os caminhões que acompanhavam o clube em suas disputas.

Dentre as grandes figuras destaca-se a Dona Antonia Castino considerada a maior torcedora do clube, chegando a brigar com árbitros nos jogos e Oswaldo Monteiro Brandão, nosso massagista, que trabalhou 35 anos da federação universitária de esportes (FUPE) e foi massagista da seleção brasileira de volley.

A origem do mascote Galo Azul foi criada por Adolfo, que pintou um galo de azul para soltar no campo do Flamengo da Vila Maria.

O Vasco teve vários times, dentre os quais se destaca o time da década de 60, composto por: Soares, Octavio Solto, Zé Colméia, Nardão, João XXI, Lagartixa, Carlinhos, Lingüiça, Zé Mau, Pinga e Walter.

A primeira sede social foi situada na esquina da Avenida Joaquina Ramalho com a Rua João Ventura Baptista.

Nessa época fazia-se muitos bailes animados por Jacomo e sua orquestra, porém o melhor da época eram os bailes de carnaval.

Em 1968, o Vasco comprou a sua sede atual, na Rua José Bernardo Pinto, 486 na Vila Guilherme, onde está situado um ginásio de esportes com uma quadra de Futsal e um campo de Bocha Sintético com um time que participava de campeonatos, sendo presidente Dionízio Lopes Martins, 1º Vice-Presidente Carlos Alberto Reimão, 2º Vice-Presidente Antônio Francisco dos Santos.

Após estes, tivemos vários presidentes: Carlos Alberto Reimão, Eleotério Herrera, Jadir Silvestre, José dos Santos Estevão, Lúcio Martins, Luiz Henrique Gobby, Osvaldo Reimão, Raul Vilar, Vitorino Augusto Nascimento Morgado, Wolney Reimão, José Soares…
E foi na gestão de Carlos Alberto Reimão que o Vasco comprou um terreno e ampliou nosso clube com um lindo salão social de 374m².

A diretoria atual, trabalha para desenvolver um projeto social para crianças, jovens, adultos e idosos com arte marcial, escolinha de futebol e ginástica.

Fontes: álbum de figurinhas “Varzeana Paulista” dos anos 50/60, o historiador Waldevir Bernardo, o “Vie”, site “Vila Guilherme, a Pérola da Zona Norte” e site do clube (de onde foi retirada sua história).

Especiais agradecimentos ao ex-arqueiro José Soares.

 

Sua formação principal era Vucel, Monte e Cocodé. Zico, Romana e Armando. Luizinho, Olegario, Gouveia, Sebastião e Alarico.

O Paulista Futebol Clube participou do Campeonato Paulista da Segunda Divisão nos anos de 1948, 1949, 1950, 1952 e 1954.

Fonte: Diário Nacional

 

Fonte: A Gazeta.

 

Campeonato Paulista de 1932 – Associação Atlética São Bento (Capital) 1 x 1 Sport Club Germânia

Partida realizada na data de 26 de maio de 1932, no campo da A.A. São Bento.

Juiz: Victorio Sylvestre.

Gols: Fidé (AASB) e Mayrena (SCG)

São Bento: Annibal, Mesquita e Votorantim. Ruiz, Paco e Rubens. Caetano, Moacyr, Barriloti, Fidé e Waldemar.

Germânia: Damião, Moura e Antunes. Cayuba, Carnera e Ferreira. Antoninho, José, Nenê, Mayrena e Patrício.

 

Fonte: Diário Nacional.

 

O alvinegro do bairro do Bom Retiro, fundado na data de 14 de dezembro de 1927, disputou o campeonato paulista da primeira divisão (atual segunda divisão) nos anos de 1932,1933, 1934 e 1935.

Fonte: Diário Nacional

 

Fonte: Diário Nacional.

© 2017 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha